FMO - Processo Seletivo 2024

Coluna da sexta-feira

Raquel não escapou de vaias

Não foi com tamanha intensidade quanto na primeira passagem de Lula por Pernambuco, no ano passado, no Recife, mas a governadora Raquel Lyra (PSDB) não escapou de uma vaia discreta, ontem, no ato em Ipojuca, com a presença do presidente da República, no qual foi anunciada a retomada das obras de ampliação da refinaria Abreu e Lima.

A vaia, observada na apresentação inicial, não foi maior porque houve uma seleção rigorosa na seleção da plateia, formada em sua maior parte por trabalhadores da refinaria e militantes do PT. A fala da tucana se constituiu, como se esperava, numa rasgação de seda com o chefe da Nação, afirmando que sem o apoio do Governo Lula o Estado não estava recebendo novos investimentos.

A volta de Lula à refinaria teve um simbolismo, mas negativo. Há 18 anos, quatro mil pessoas acompanharam os discursos inflamados dele e do então presidente venezuelano Hugo Chávez por mais de duas horas sob o sol de 35 graus em Ipojuca, para o lançamento daquele que seria o maior investimento da Petrobras em mais de 25 anos: a construção da refinaria Abreu e Lima (Rnest).

Após revirarem em concreto e posarem para fotos naquela sexta-feira, 16 de dezembro de 2005, o petista e o “amigo irmão”, como definiu o ditador sul-americano, selaram o início das obras da refinaria que se tornaria um dos maiores símbolos do mau uso do dinheiro público do País.

O que deveria ser o início da independência para o refino de petróleo brasileiro, se tornou um dos símbolos das investigações da Operação Lava Jato no escândalo do “petrolão”, um esquema de desvio de recursos da Petrobras. A obra foi alvo ainda de processos na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e no Tribunal de Contas da União (TCU).

Com um custo inicial de R$ 7,5 bilhões, as obras do empreendimento – tocadas pelas empreiteiras Odebrecht, OAS, Camargo Corrêa e Queiroz Galvão – consumiram quase R$ 60 bilhões. De acordo com a delação premiada do ex-executivo da Odebrecht Márcio Faria da Silva, as obras na refinaria teriam rendido R$ 90 milhões em propinas a ex-executivos da estatal ligados ao PP, ao PT e ao PSB.

Palito de dente – Na Bahia, pela manhã, por onde começou seu périplo pelo Nordeste, o presidente Lula autorizou o início das obras do Parque Tecnológico Aeroespacial. O parque vai comportar empresas nacionais e internacionais de tecnologias, terá cerca de 800 mil metros quadrados e mais de 100 mil metros quadrados de construções. Na sua fala, anunciou que, a partir de agora, estará com o pé na estrada, visitando vários Estados para anunciar e entregar obras. “Onde tiver uma fábrica, mesmo que seja de palito de dente, estaremos presentes. O Brasil precisa de boas notícias”, disse.

Jantar recusado pela ciumeira – De nada adiantou a cortesia da governadora Raquel Lyra (PSDB), o presidente Lula recusou seu convite para um jantar no Palácio do Campo das Princesas. Alegou cansaço pela maratona que começou cedo pela Bahia, mas, na verdade, o petista quis evitar ciumeira no PSB. Na campanha municipal deste ano, o seu palanque será o da reeleição do prefeito João Campos (PSB).

Olho nos idosos – Durante discurso em Salvador, o presidente Lula prometeu criar estratégias para o cuidado com os idosos. “Essa é uma coisa que nós vamos criar, um pouco de trabalho, para pensar direitinho, porque o Brasil está ficando um país velho, está tendo uma população velha, e nem todo mundo tem a felicidade de ser um velho forte como eu, como e Otto [Alencar], como [Jaques] Wagner”, brincou. Lula detalhou que está preocupado com a situação atual e que pretende apresentar um projeto focado na atenção aos mais velhos.

Defesa do Nordeste – O presidente Lula se emocionou ao falar sobre o Nordeste durante sua passagem por Pernambuco. O petista disse que a região não pode se conformar em ser definida por problemas sociais. “O Nordeste não pode se conformar de que nasceu para ser visto pela imprensa como um lugar em que tem mais mortalidade infantil, que tem mais analfabeto, que tem mais evasão escolar, que tem mais gente recebendo o Bolsa Família, que tem mais gente morrendo de desnutrição. Não é esse o Nordeste”, disse, com a voz embargada.

Apoiador ou golpista? – O deputado Carlos Jordy, do PL do Rio de Janeiro, afirmou, ontem, à Polícia Federal que Carlos Victor de Carvalho, com quem a Procuradoria-Geral da República (PGR) apontou “forte ligação”, é apenas um apoiador. Mais cedo, Jordy foi alvo de uma operação da PF autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, no âmbito das investigações do 8 de janeiro. O deputado bolsonarista também afirmou no depoimento que é contra qualquer tentativa de golpe de Estado ou de enfraquecer as instituições.

CURTAS

MENOS VIOLÊNCIA – De Lula em seu discurso, ontem, em Ipojuca: “Custa muito pouco a gente investir no pobre desse País, e investir na melhoria de vida deles. Quando a gente melhorar a vida das pessoas, sabe o que vai acontecer? Vai ter menos assalto, menos violência”.

PROTESTO – Na passagem, ontem, por Pernambuco, o presidente Lula enfrentou protesto dos metroviários, liderados pelo Sindmetro, contra a estadualização e posterior privatização do Metrô do Recife. O protesto dos metroviários ocorreu na frente da Refinaria Abreu e Lima.

NOVA CONDENAÇÃO – O pernambucano Thiago Brennand foi condenado, ontem, a oito anos de prisão pelo crime de estupro em regime inicial fechado. A sentença ainda cabe recurso. Esta é a terceira condenação do empresário, réu em outros processos em Porto Feliz (SP) e em São Paulo (SP). Ele está preso preventivamente.

Perguntar não ofende: A governadora foi obrigada a se curvar às pressões do Governo Federal para o Estado sediar a Escola de Sargentos?

Esse dia é muito importante para o Brasil, para a Petrobras, para Pernambuco, para o povo trabalhador brasileiro e, pessoalmente, para mim. Essa refinaria, quando estiver funcionando totalmente, vai faturar US$ 100 bilhões por ano”, declarou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, hoje, durante a cerimônia de retomada das obras da Refinaria Abreu e Lima, na cidade de Ipojuca, em Pernambuco.

Com a ampliação da unidade, a Petrobras e o Governo Federal projetam uma geração de cerca de 30 mil empregos diretos e indiretos e um acréscimo de cerca de 13 milhões de litros de Diesel S10 (de baixo teor de enxofre) por dia à capacidade de produção nacional.

O investimento na Refinaria Abreu e Lima está previsto no Plano Estratégico 2024-28+ da Petrobras e faz parte do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Já em fase de contratação, a construção do Trem 2 da refinaria tem data para finalização em 2028, quando passará a ter capacidade para processar 260 mil barris de petróleo por dia. As obras estão previstas para o segundo semestre deste ano.

“Estamos inspirados para fazer uma ampliação do projeto que havia de ser, e será a segunda maior refinaria brasileira, e a refinaria mais moderna de todo o continente americano, inclusive Estados Unidos e Canadá”, disse Jean Paul Prates, presidente da Petrobras.

Além da conclusão do Trem 2, o projeto prevê a construção da primeira unidade SNOX do refino brasileiro, que será responsável por transformar óxido de enxofre (SOx) e óxido de nitrogênio (NOx) em um novo produto para comercialização. As obras já estão em andamento e a unidade começa a operar em 2024.

Ainda este ano, também começam as obras para a ampliação da produção do Trem 1 (Revamp), que proporcionará aumento de carga, melhor escoamento de produtos leves e maior capacidade de processamento de petróleo do Pré-sal. A expectativa de conclusão do Revamp (ampliação) do Trem 1 é no primeiro trimestre de 2025. “Todos esses investimentos vão fazer com que os sonhos dos pernambucanos voltem a estar na ordem do dia”, disse o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho.

A governadora do estado, Raquel Lyra, por sua vez, pontuou que a retomada de obras da Refinaria é um ganho para a população pernambucana. “Ver esse sonho de milhares de pernambucanos que viram essa região com efervescência em razão da construção da refinaria, e ver a decadência desses empregos em razão de tudo que aconteceu nos últimos anos, nos coloca de maneira muito clara no dia de hoje, que estamos verdadeiramente vivendo tempos de mudança”, destacou.

INVESTIMENTOS – Nos próximos cinco anos, a Petrobras vai investir US$ 17 bilhões em projetos de refino, transporte e comercialização no Brasil para ampliar a capacidade de produção de diesel e aumentar gradualmente a oferta de produtos para mercado de baixo carbono.

AUTONOMIA E RENDA – Lançado também neste evento pela Petrobras, o Programa Autonomia e Renda oferecerá cursos de capacitação, nas modalidades de formação inicial continuada e cursos técnicos, a pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A primeira fase conta com parceria do SESI-SENAI e Institutos Federais de Tecnologia, Ciência e Inovação.

Os selecionados serão treinados para atuação no setor de Energia, em localidades da área de abrangência das operações da Petrobras e com vistas a contribuir com a implementação do Plano Estratégico 2024 – 2028+. Serão priorizados grupos como mulheres, pessoas negras, pessoas com deficiência e refugiados.

Serão mais de 19 mil vagas, entre cursos no SENAI e nos Institutos Federais (IFs), além de vagas para cursos técnicos, também no SENAI e nos IFs. Os estados a serem atendidos na primeira fase são Pernambuco, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo, sendo que 37% das vagas serão destinadas a Pernambuco.

Os participantes contemplados nos processos seletivos vão receber bolsa-auxílio no valor de R$ 660 mensais durante o período em que estiverem realizando os cursos. Para as mulheres com filho (s) até 11 anos, a bolsa auxílio será no valor de R$ 858 mensais. Além da bolsa-auxílio, a iniciativa ainda apresenta como diferenciais: reforço de Português e Matemática para melhoria da escolaridade; conteúdo obrigatório de Segurança, Meio Ambiente Saúde (SMS) para fortalecer a segurança nas obras e operações, acompanhamento psicossocial e oferta de cursos para o desenvolvimento de competências socioemocionais e pessoais.

O deputado Antônio Moraes esteve, hoje, com a governadora Raquel Lyra, no Palácio do Campo das Princesas, para tratar, entre outros assuntos, das obras de recuperação das rodovias que ligam o distrito de Ibiranga, no município de Itambé, às cidades de Camutanga, Ferreiros e Timbaúba. Moraes esteve acompanhado dos empresários Gilberto Tavares de Melo e Bruno Tavares, diretores da Usina Olho D’Água, situada naquela região do Estado.

“Precisamos promover melhorias urgentes nessas rodovias, para garantir o escoamento da produção de cana de açúcar e outros insumos. A governadora se mostrou bastante sensível ao nosso pedido e se dispôs a analisar a questão com prioridade”, afirmou Antônio Moraes, que tem atuado como um dos principais interlocutores do governo Raquel Lyra na Assembleia Legislativa.

Ainda no Palácio, o deputado aproveitou para uma audiência com o secretário da Casa Civil, Túlio Vilaça, acompanhado dos prefeitos Paulo Batista (Itamaracá), Edmilson Cupertino (Moreno) e Paulo Barbosa (Macaparana). Na pauta, solicitações de apoio do governo para os festejos de Carnaval nos três municípios, além de questões de infraestrutura e outros pleitos levados ao secretário pelos três prefeitos, todos ligados politicamente a Antônio Moraes.

Petrolina - Bora cuidar mais

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL) teceu duras críticas ao deputado estadual Izaías Régis (PSDB), após o tucano afirmar que garantiu a implantação de UTIs pediátricas no Hospital Dom Moura, em Garanhuns. A iniciativa foi assegurada ainda em outubro por Fernando, em reunião com a secretária estadual de Saúde, Zilda Cavalcante, quando foram definidos R$ 2,5 milhões de emendas parlamentares. Ontem, foi realizada uma audiência pública em Garanhuns para debater a obra, mas Izaías não compareceu.

“Izaías está a todo momento constrangendo a própria governadora, no afã de se promover. Ele é líder do Governo na Assembleia, mas não consegue levar ações para Garanhuns e quer tomar para si o trabalho dos outros. Tratamos com a secretária Zilda, garantimos R$ 2,5 milhões para a UTI Pediátrica de Garanhuns, e também tratamos com o secretário Túlio Vilaça (Casa Civil). Além disso garantimos os recursos para o Hospital Infantil Palmira Sales, uma instituição filantrópica, implantar uma UTI neonatal, que tem previsão de entrega para julho deste ano”, destacou Fernando Rodolfo.

O deputado também criticou a ausência de Izaías na audiência pública em Garanhuns, pois como líder do Governo e ex-prefeito do município deveria ter comparecido para debater com a população. “Enquanto eu estava sozinho defendendo o governo, Izaías faltou para ir ao Recife tirar uma foto e espalhar mentiras em vez de cumprir seu papel de líder. Mas o povo de Garanhuns que compareceu em peso confirmou o que todo mundo já sabe: que Izaías não trabalha pelo seu povo”, disparou.

Ipojuca - App 153

O prefeito de São Bento do Una, Alexandre Batité, transmitiu o cargo ao seu vice, Paulo Renato Araújo, para um curto período de férias. Em suas redes, o gestor fez o comunicado e disse confiar na capacidade do seu companheiro. “Entreguei o comando da Prefeitura ao nosso vice-prefeito, Paulo Renato Araújo. Vou aproveitar algumas merecidas férias para recarregar as energias. Confio plenamente na capacidade de Paulo Renato e desejo a ele muita serenidade no comando do nosso município”, disse.

Citi Hoteis

Em mais uma importante conquista para as mulheres brasileiras, o Ministério da Saúde incluiu os absorventes higiênicos no rol de produtos distribuídos gratuitamente pelo Programa Farmácia Popular do Brasil.  A ação faz parte do Programa de Proteção e Promoção da Saúde e Dignidade Menstrual, criado pela Lei 14.214/2021, de autoria da vice-presidente nacional do Solidariedade, Marília Arraes, durante mandato na Câmara dos Deputados. Mais de 24 milhões de pessoas serão beneficiadas. 

O PFPB tem como objetivo complementar a disponibilização de medicamentos utilizados na Atenção Primária à Saúde (APS), por meio de parceria com farmácias e drogarias da rede privada. Dessa forma, além das Unidades Básicas de Saúde e/ou farmácias municipais, o cidadão pode obter medicamentos nas farmácias e drogarias credenciadas ao PFPB.

“Garantir da dignidade menstrual para as brasileiras sempre esteve entre as minhas prioridades. Foi uma luta muito dura que enfrentei, com o apoio de outras muitas pessoas, para fazer avançar o projeto que criou o Programa Proteção e Promoção da Saúde. Mas tudo valeu a pena e hoje estamos vendo os resultados chegarem a cada vez mais mulheres em todo o Brasil”, destacou Marília.

A distribuição será feita em mais de 31 mil unidades credenciadas no programa Farmácia Popular em todo o território nacional. De acordo com o Ministério da Saúde, a oferta é direcionada a grupos que vivem abaixo da linha da pobreza e estão matriculados em escolas públicas, em situação de rua ou em vulnerabilidade extrema. A população recolhida em unidades do sistema prisional também será contemplada. 

Podem receber absorventes brasileiras ou estrangeiras que vivem no Brasil, com idade entre 10 e 49 anos, inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e que contam com renda familiar mensal de até R$ 218 por pessoa. Estudantes das instituições públicas de ensino também devem estar no CadÚnico, mas, neste caso, a renda familiar mensal por pessoa vai até meio salário-mínimo (R$ 706). Para pessoas em situação de rua, não há limite de renda.

A iniciativa envolve um conjunto de áreas do Governo Federal como: Saúde; Direitos Humanos e Cidadania; Justiça e Segurança Pública; Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome; Mulheres e Educação.

Cabo de Santo Agostinho - Refis 2023

O empresário e radialista Marcos Oliveira foi em possado, hoje, como presidente do diretório municipal do PSDB em Serra Talhada. O ato aconteceu na sede da legenda em Recife, na presença do presidente estadual do partido, Fred Loyo, e do assessor da Casa Civil, Mário Viana Filho.

Com olhos voltados para as eleições de 2024, Marcos terá como missão consolidar e fortificar o partido, estabelecendo-se como peça-chave na articulação política local. O novo presidente é conhecido como aliado de longa data da governadora Raquel Lyra.

Caruaru - Geracao de emprego

Durante a sua passagem pelo município de Ipojuca, na tarde de hoje, para o evento que marcou a retomada das obras na Refinaria Abreu e Lima, o presidente Lula (PT) fez duras críticas aos seus opositores. Lula afirmou e acusou juízes e procuradores, segundo ele subordinados ao departamento de Justiça dos EUA, de iniciarem uma perseguição para “acabar com ele”.

Lula disse que os seus adversários desejavam para ele o mesmo fim trágico do ex-presidente Getúlio Vargas, que cometeu suicídio em 1954. “Ele se matou. Eu acho que eles imaginavam que iriam fazer o mesmo comigo […]. Eu poderia ter entrado numa sala, ter dado um tiro na cabeça, ‘escrever’ uma carta falando ‘acabou’, mas eu aprendi com minha mãe que dignidade não se compra em shopping”, disse o presidente.

Belo Jardim - Patrulha noturna

Portal Poder 360

O coordenador-geral da Frente Única dos Petroleiros (FUP), Deivyd Bacelar, disse, hoje, que a operação Lava Jato tentou destruir a Refinaria Abreu e Lima (Rnest), localizada em Ipojuca. Na visão do líder sindical, a paralisação das obras de ampliação da refinaria em 2015 pela investigação foi um “crime” contra a Petrobras e contra o Brasil.

“Essa é a realização de um sonho, um sonho que tentou ser destruído pela operação Lava Jato e infelizmente teve o apoio de alguns brasileiros e brasileiras. Essa obra ficou paralisada por anos, um crime contra nossa Petrobras, um crime contra o Brasil”, disse Bacelar em seu discurso durante a cerimônia de retomada das obras de ampliação da Rnest.

Bacelar também afirmou que a Petrobras deve lutar para recuperar a Rlam (Refinaria Landolpho Alves), na Bahia. O líder sindical pediu que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, realizem esse objetivo. “A Rlam voltará a Petrobras, com fé no presidente Lula, com fé no presidente Jean Paul Prates”, disse.

Vitória Reconstrução da Praça

Devido a uma série de graves problemas registrados após fiscalizações, o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) realizou a interdição cautelar ética parcial do Hospital Barão de Lucena (HBL), decidida por unanimidade, em plenária extraordinária que ocorreu na noite de ontem.

A unidade, que integra a rede estadual de saúde, sofre com um grande desabastecimento de medicamentos e insumos básicos. A medida tomada pelo Cremepe já havia sido notificada no último mês de dezembro à direção do complexo, que teve 30 dias para solucionar os problemas encontrados pela autarquia.

Uma vez constatada a continuidade das irregularidades notificadas, a interdição tem como objetivo preservar a dignidade do atendimento à população e a segurança do ato médico. A medida suspende o trabalho médico nos internamentos para cirurgias eletivas programáveis, com exceção das oncológicas, devendo todas as demais serem imediatamente comunicadas ao Cremepe, acompanhadas da efetiva justificativa de sua necessidade.

RESOLUÇÃO

A interdição cautelar ética parcial baseia-se nos princípios fundamentais II, IV, VIII e XII do Código de Ética Médica (Resolução CFM nº 2217/2018), complementados pela Resolução CFM nº 997/80, artigo 35 da Res. CFM nº 1.541/98, capítulos II e III da Res. CFM nº 2.056/13 (Manual de Vistoria e Fiscalização da Medicina no Brasil) e suas alterações, e, principalmente, a Res. CFM nº 2.062/13, com a alteração realizada através da Resolução 2.120/2015.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) desembarcou no Estado, na tarde de hoje, para cumprir uma série de agendas. O primeiro ato é o anúncio de investimentos que serão feitos na Refinaria Abreu e Lima, em Ipojuca. Clique no link disponível e acompanhe a cerimônia ao vivo.

Com agenda em Pernambuco, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), desembarcou na Base Aérea do Recife, Zona Sul da cidade, há pouco. Na ocasião, o petista foi recebido por aliados como o prefeito do Recife, João Campos (PSB), a governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), e a senadora Teresa Leitão (PT). Os gestores fizeram questão de registrar a chegada do chefe do Executivo em suas redes sociais. Os dois seguem de helicóptero com Lula para a Refinaria Abreu e Lima.

Na comitiva do chefe do Executivo, estavam os ministros da Defesa, José Múcio Monteiro, de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho (Republicanos), e da Ciência e Tecnologia, Luciana Santos (PCdoB). Lula vem a Pernambuco com duas missões administrativas importantes, entre elas está a retomada das obras da Refinaria Abreu e Lima, em Ipojuca. As informações são do Blog da Folha. Inicialmente, a previsão de desembarque era para às 14h10, mas houve atraso, devido um ato que Lula participou em Salvador, pela manhã. Ele chegou ao solo recifense às 15h13.

O presidente Lula (PT), que aterrissou, há pouco, na base aérea do Recife, foi convidado para jantar com a governadora Raquel Lyra (PSDB) no Palácio do Campo das Princesas, mas declinou do convite. O chefe do Executivo Nacional, que não veio com a primeira-dama, Janja Lula, optou por descansar no Atlante Plaza, hotel onde sempre fica hospedado quando vem ao Recife. Desta forma, Lula não terá encontro reservado nem com a governadora Raquel Lyra e nem com o prefeito João Campos (PSB). As informações são do blog da Roberta Jungmann.

Dirigentes da Prefeitura do Paulista receberam, na manhã de hoje, uma equipe da Fecomércio, entidade de fomento ao comércio no estado. O objetivo do encontro foi avançar nas ações do convênio para a formação e formalização de novos empreendedores do município.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Agropecuária e Pesca, Raimundo Lopes, reuniu-se, com o superintendente do Instituto Fecomércio, Ricardo Santos, e a secretária executiva do Instituto Fecomércio, Wilma Fonseca, além da coordenadora de Programas e Projetos do Senac, Viviane Cerqueira.

De acordo com Ricardo Santos, o Instituto Fecomércio “está sendo colocado à disposição do município para capacitar micro e pequenos empresários, visando qualificá-los para o mercado”, disse.

Para o secretário Raimundo Lopes, que esteve com o presidente da Fecomércio no início do mês, a parceria chega em boa hora. “O crescimento econômico do município passa por ações como essa, que é a capacitação de empreendedores e trabalhadores. Paulista vem expandindo sua economia em todas as direções de forma robusta, gerando empregos e renda”, disse.

O debate público sobre Turismo e Cultura na geração de empregos que aconteceu em Olinda, na noite de ontem, organizado pelo PL, mostrou que o partido já deu a largada para as eleições municipais. Com a presença do presidente estadual do PL, Anderson Ferreira, deputados federais, estaduais e candidatos a prefeitos e vereadores, ficou clara a proposta dos presentes para a gestão dos municípios.

“Problemas como a falta de segurança, a falta de mobilidade urbana e na saúde pública geram um efeito dominó entre os municípios. Se a saúde tá ruim em uma cidade, o cidadão corre e sobrecarrega a demanda não atendida na cidade vizinha. Se tem engarrafamento em Recife, reflete nas vizinhas Olinda, Paulista e Jaboatão e por aí vai”, alertou Gilson Machado, pré-candidato à Prefeitura do Recife.

Durante sua fala, Gilson também ressaltou a renovação que a pré-candidata a prefeita da cidade de Olinda, Izabel Urquiza, representa. E desafiou quem acha que a eleição já está ganha. “Não existe WO em eleição não. A gente vai trazer debate, abrir pra população desabafar suas insatisfações com as cidades, dar voz a quem quer a mudança e espaço para mostrar o que está dando certo a exemplo da gestão de Mano Medeiros, em Jaboatão”, ressaltou Gilson.

Gilson Machado demonstrou que a experiência como ministro de turismo e cultura do governo Jair Bolsonaro faz a diferença no olhar de uma gestão de parcerias e deixou clara a força de sua representatividade no partido nesta eleição.

O vereador Edielson Beserra Lins (MDB), do município de Itamaracá, no Grande Recife, foi preso em flagrante, ontem, por racismo e homofobia. De acordo com a Polícia Civil, ele enviou áudios com ofensas contra uma pessoa durante uma discussão num grupo de WhatsApp.

“Você é uma mulher se passando por homem. Isso aí todo mundo, em Itamaracá, sabe: que você é uma mulher. […] Você é maloqueiro e, além do mais, você é ‘viado’. Você é ‘viado’, você dá o ‘caneco’. Isso aí a gente sabe, que você é conhecido como menino de ouro”, disse Lins num dos áudios.

O crime é inafiançável, e o parlamentar foi liberado em audiência de custódia. O advogado que representa o político, Severino Cirino, disse que houve uma “troca de insultos” entre os dois. O delegado responsável pelo caso, Gilmar Rodrigues, contou que os xingamentos começaram depois que a vítima afirmou que o vereador – que foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio qualificado após colidir com um motociclista em outubro de 2022 – já tinha sido preso anteriormente.

“Por conta disso, o vereador passou a ofender a vítima com injúria homofóbica e racista, com palavras de baixo calão, ofendendo a sua dignidade. Foram muito ofensivas as suas palavras, o que levou a vítima a ser ridicularizada”, falou o delegado.

De acordo com Rodrigues, a discussão teve início há alguns dias, mas as ofensas se intensificaram na terça-feira (16). “A vítima, nesse desespero, foi violentada no seu caráter, na sua intimidade, e despertou um ódio homofóbico na população, em várias pessoas, por conta das palavras do vereador, já que ele é formador de opinião aqui na Ilha de Itamaracá. E isso levou a vítima a temer pela própria vida e pela sua família porque ficou sem condições de transitar dentro da ilha por conta das piadas e das ofensas”, declarou o delegado.

O vereador foi levado para audiência de custódia, realizada na manhã desta quinta-feira (18) no Fórum de Olinda, no Grande Recife. Na sessão, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) concedeu liberdade provisória a Edielson.

Durante sua participação na assinatura do acordo para a implantação do Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia, o presidente Lula (PT) ressaltou que a elite brasileira nunca teve a intenção de ‘educar o nosso povo’.

“Eu digo isso repetidas vezes e vou dizer o porquê, esse país foi descoberto em 1500, a américa espanhola foi descoberta em 1498. Em 1554, o Peru já tinha a sua primeira universidade e a nossa só veio em 1920, 420 anos depois da descoberta”, disse ele. As informações são do portal BNews.

“E por que nós tivemos a primeira Universidade chamado Libertar do Brasil? É porque o rei da Bélgica vinha pra cá e para viajar naquele tempo ele tinha que receber um título. Então juntaram várias faculdades que o país tinha e criaram a Universidade”, continuou o presidente.

O petista também afirmou que não existe país do mundo que se desenvolveu sem ter antes, o investimento na educação. “Quando vamos ter um vale do Silício? Como pode a China que até outro dia tinha o PIB menor que o Brasil, ter acontecido uma revolução através da educação. A quantidade de chineses estudantes de Engenharia no mundo inteiro é muito maior do que temos no país, porque aqui nunca foi se pensado na educação”, finalizou.