Prefeito de Itapetim batalha por liberação de emendas

O prefeito de Itapetim, Adelmo Moura (PSB), está em Brasília para destravar as emendas que viabilizem obras nas áreas de saúde e infraestrutura. “No ano passado, os recursos das emendas nos ajudaram fechar o ano com chave de ouro e, desta forma, entregar o mandato todo organizado com as contas em dia para que o próximo gestor possa pegar o município organizado e tocar para frente”, disse.

No ano passado, só o deputado Filipe Carreras (PSB) empenhou para Itapetim mais de R$ 6 milhões em emendas. Este ano, ele já colocou R$ 2 milhões, que já está em conta. A previsão, segundo o prefeito, é que o parlamentar consiga um total que pode variar entre R$8 milhões e R$ 10 milhões. “Mas espero que os deputados Pedro Campos (PSB) e Carlos Veras (PT), além do senador Humberto Costa (PT) e da senadora Teresa Leitão (PT), possam destravar recursos e começar as obras em Itapetim”, disse.

Segundo Adelmo, as emendas empenhadas o ano passado foram essenciais para a manutenção dos serviços prestados na área de saúde em Itapetim. “No ano passado, tivemos uma crise grande na área da saúde. Na área dos recursos que dependiam do FPM e a gente cortou em tudo, mas menos na saúde, porque o dinheiro da saúde a gente garantiu e conseguiu tocar a atenção básica e a média complexidade do nosso município com as emendas. Por conta delas, a gente conseguiu se salvar e não deixar a saúde entrar em colapso no nosso município”, disse o gestor.

Por Juliana Albuquerque – repórter do Blog

Vice de Miguel Coelho nas eleições para o Governo de Pernambuco em 2022, pelo União Brasil, Alessandra Vieira é a mais nova aposta do PL para ampliar o número de prefeitos pela legenda este ano. O ato de filiação ocorreu hoje e contou com a presença do presidente estadual da legenda, Anderson Ferreira, e de Gilson Machado, ex-ministro do governo Bolsonaro. Pelo PL, Alessandra vai disputar a preferência do eleitorado em sua cidade Natal, Santa Cruz do Capibaribe, onde, até 2020, foi administrada por seu marido, Edson Vieira.

Consultas de diversas especialidades estão sendo ofertadas no Sertão do Araripe, no Hospital Regional Fernando Bezerra (HRFB), em Ouricuri. O novo Ambulatório Médico Especializado (AME) do HRFB já atende pacientes da IX Gerência Regional de Saúde. O serviço é direcionado à população dos municípios de Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena e Trindade.

O novo espaço de saúde, com cinco consultórios totalmente equipados, oferece consultas nas áreas de cirurgia geral, traumato-ortopedia, cardiologia, endocrinologia, psiquiatria, urologia, nefrologia, oftalmologia, neurologia, neurocirurgia, neuropediatria, proctologia, leishmaniose e cirurgia buco-maxilo facial. O acesso aos serviços do AME se dá a partir da regulação de cada município, por meio da Central de Marcação de Consultas e Exames (CMCE). 

Para a secretária estadual de Saúde, Zilda Cavalcanti, trata-se de mais um avanço na descentralização da saúde do Estado. “O novo ambulatório do Hospital Regional Fernando Bezerra cuida dos moradores das onze cidades que compõem a IX Gerência Regional de Saúde, beneficiando a população perto de sua casa”, sinalizou. O novo Ambulatório Médico Especializado (AME) fica localizado na Rua Antônio Lino Ferreira Lins, n°120, na cidade de Ouricuri. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

Estimular ações sustentáveis que unam desenvolvimento econômico, preservação dos biomas presentes no Nordeste e inovação é um dos principais objetivos dos projetos “Rede Impacta Bioeconomia” e “Fruitech”, iniciativas que serão apresentadas pela Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e pela Universidade do Vale do São Francisco (Univasf) na próxima segunda (19), em Petrolina. O evento tem início às 9h no cineteatro da Univasf e contará com a presença do superintendente da Sudene, Danilo Cabral, e do reitor Telio Nobre Leite.

A “Rede Impacta Bioeconomia” parte do olhar para a biodiversidade como ativo estratégico para o desenvolvimento regional. A partir da identificação de bioativos e bioinsumos que possam ser extraídos de forma sustentável do território, a rede irá produzir desde suplementos alimentares até medicamentos, gerando renda, industrialização, desenvolvimento socioeconômico e proteção ambiental.

O Fruitech, por sua vez, apoiará a cadeia produtiva da fruticultura através da implementação do programa “Trilha de Inovação”. A medida consiste na implantação de uma infraestrutura de cooperação, difusão e transferência de tecnologias com base em agricultura inteligente, incluindo desafios de negócios, mentorias e maratonas para desenvolvimento de soluções de TI com base nas demandas do setor.

Serviço

O quê? Lançamento da Rede Impacta Bioeconomia e do Fruitech

Quando? 19/02/2024, às 9h

Onde? Cine Teatro da Univasf (Av. José de Sá Maniçoba, S/N, Centro, Petrolina – PE)

Faleceu, hoje, o vereador do município de Trindade, no Sertão de Pernambuco, Francisco de Assis Pereira Freire, mais conhecido como Serra Branca, aos 70 anos de idade. Não há informações sobre a causa da morte do parlamentar.

A prefeitura de Trindade divulgou uma nota nas redes sociais lamentando a morte do vereador. “Serra Branca dedicou grande parte de sua vida ao serviço público, tendo ocupado cargos de destaque como vice-prefeito e presidente da Câmara de Vereadores por vários mandatos. Sua atuação incansável e experiência foram fundamentais para o desenvolvimento e progresso de nossa cidade”, destacou a prefeitura.

Francisco Ferreira era delegado aposentado da Polícia Civil. Ele deixa esposa e filho. Ainda não há informações sobre horário e local do velório e sepultamento.

O Tribunal de Contas da União (TCU) emitiu, hoje, uma decisão que ecoou como um trovão em Salgueiro. O ex-prefeito Clebel Cordeiro foi condenado a pagar multa de R$ 20.000,00 devido a uma dívida superior a 5 milhões de reais ao Fundef.

A decisão do TCU é referente à dívida deixada na conta municipal dos precatórios do Fundef, no valor de R$ 5.654.840,00. O ex-prefeito Clebel Cordeiro, que atualmente reside no município de Petrolina, terá o prazo de 15 dias para efetuar o pagamento da multa aplicada pelo TCU.

O cenário levanta questões cruciais sobre a gestão financeira e a responsabilidade do ex-líder municipal, que esteve à frente da gestão municipal de 2017 a 2020, não sendo reeleito após ser derrotado nas urnas pelo socialista Dr. Marcones Sá, atual prefeito de Salgueiro.

Clebel Cordeiro, ao apresentar razões de justificativa rejeitadas, agora enfrenta não apenas as consequências da multa, mas também a possibilidade de cobrança judicial da dívida.

Bandidos explodiram um carro-forte, na tarde de hoje, na BR-316, entre os municípios de Parnamirim e Salgueiro, no Sertão do Estado. Imagens que circulam nas redes sociais mostram o veículo totalmente destruído. Até o momento, não há relatos se os assaltantes conseguiram levar alguma quantia ou se houve feridos.

Prezado amigo Magno,

Em atenção à matéria publicada em seu blog, onde já menciona estar decidido o candidato da oposição nas próximas eleições em São José do Egito, esclareço que o grupo mantém o posicionamento anterior, que é da formulação das pré-candidaturas de alguns integrantes. Ninguém desistiu do pleito.

Mantemos o diálogo com todos e procuramos refletir isso na união para escolha de um candidato. Essa decisão não foi tomada ainda por nenhuma das partes envolvidas.

Tenho afirmado ser favorável à escolha mediante pesquisa que, inclusive, foi critério combinado pelo grupo. O pré-candidato que apontar como aquele que une mais certamente será o escolhido.

Temos bons quadros e em breve teremos uma definição que satisfaça nossos apoiadores. Tanto o empresário Fredson Brito quanto o médico e ex-prefeito Romério Guimarães, o vereador João de Maria, além de mim que coloco meu nome à disposição, estão pré-candidatos.

Queremos o melhor para São José do Egito e nenhuma decisão será tomada sem amplo debate.

Como político que já passou por diversos mandatos tanto em prefeitura, câmara ou na Assembleia Legislativa, vejo todas as possibilidades de construção de um governo municipal que possa mudar os rumos de São José do Egito, que nos últimos anos tem sofrido com uma gestão ineficaz. Prego o fortalecimento da oposição para reverter esse quadro.

Estamos sempre à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Zé Marcos – ex-deputado e pré-candidato à Prefeitura de São José do Egito

Leitor fiel e fanático do blog, segundo o termo que usou, Zé Valmir de Oliveira me deu um tremendo susto, logo cedo, em Arcoverde. Ao me reconhecer correndo pelas ruas da cidade, parou o carro, deu um grito e gesticulou em minha direção. 

Como não agrado a gregos e troianos, pensei que se tratasse de algo fora dos padrões convencionais. Mas ele foi logo gritando: “Pare aí, pelo amor de Deus”!

Pensei nos meus botões: “Veio me prender”. Mas longe de qualquer intimidação, o que Zé Almir queria, na verdade, era me conhecer pessoalmente, pois já me acompanha no blog, segundo ele, desde a sua fundação, há 18 anos. E também minha voz é muito familiar a ele pelas ondas sonoras do rádio. 

Em Arcoverde, a emissora que retransmite o Frente a Frente é a Itapuama, do meu amigo João Ferreira. Zé Almir sabe de cor todas as vinhetas do programa, principalmente o meu bordão: “Magno Martins, falou tá falado”.

Só resta, ao fazer esse registro, mandar um abraço para ele.

Em São José do Egito, Sertão do Pajeú, a 400 km do Recife, não se revelou em surpresa alguma a primeira pesquisa registrada sobre a sucessão municipal do Opinião em parceria com este blog. Líder absoluto com 43% das intenções de voto, o pré-candidato do União Brasil, Augusto Valadares, embora hoje seja prefeito de Ouro Velho, cidade vizinha, já no Estado da Paraíba, tem militância política, identificação e um histórico de serviços prestados a São José do Egito. 

Ali, foi secretário do atual prefeito Evandro Valadares na sua primeira gestão. Um auxiliar fortíssimo e influente. Com o tempo, Augusto conquistou o coração da pequena Ouro Velho, quase quintal de São José, de tão próxima geograficamente. Eleito prefeito em 2020, faz uma excelente gestão, com aprovação beirando quase a unanimidade: percentuais acima de 90% na soma do ótimo com o bom entre os eleitores que aprovam o seu governo. 

Isso tem forte repercussão em São José do Egito, berço da origem política de Augusto. Ele enfrenta, entretanto, divergências dentro do seu grupo, mas aparentemente sanáveis na base do diálogo, arma feroz e infalível da boa política e do político que se preza. 

Augusto deve polarizar a disputa com o empresário Fredson Brito (PV), que trabalha para unir as oposições em torno do seu nome. É de fato, como Augusto, a cara nova da sucessão municipal em São José do Egito. Embora percentualmente esteja um pouquinho a frente de Fredson, o ex-prefeito Romério (PP) não deve ser candidato. Quanto ao ex-deputado Zé Marcos, este já disse que está fora e que seu candidato será Fredson.