Diocese apura flagrante de padre com armas

Após o padre Diozene Francisco, da Paróquia de Chã Grande, na Mata Sul de Pernambuco, ser preso na Paraíba, ontem, com armas e munições, a Diocese de Caruaru emitiu uma nota sobre o caso. A prisão do padre ocorreu em Campina Grande. O religioso, que estava em um carro, foi abordado durante uma blitz da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran).

Ao realizar uma revista no veículo, foram encontrados um revólver calibre 38 e uma pistola .40, esta última registrada no nome de um policial militar de Pernambuco. Também foram localizadas no carro 49 munições, algumas delas deflagradas, além dois rádios comunicadores e uma câmera portátil.

Informações repassadas pela polícia apontam que, inicialmente, o padre afirmou que as armas eram para sua própria proteção. Posteriormente, ele alegou que os objetos pertencem ao policial militar pernambucano cujo nome consta no registro de uma das armas. Ele foi autuado por porte ilegal de armas e munições e encaminhado para a Central de Polícia. Confira abaixo a nota na íntegra:

“Como não há registros anteriores de comportamento inadequado ou ilegal por parte do Padre, a Diocese está acompanhando de perto o desenrolar do caso e confiando na justiça para esclarecer o ocorrido.

Cumpre ressaltar que o padre está sendo acompanhado por advogados próximos a ele, os quais estão prestando todo o suporte necessário.

Após os devidos esclarecimentos legais, a Diocese tomará as medidas necessárias do ponto de vista canônico”.

Dom José Ruy Gonçalves Lopes – bispo diocesano de Caruaru

O cirurgião dentista Caio Almeida filiou-se ao partido Avante, em evento na noite de ontem, e confirmou a sua pré-candidatura à Prefeitura de Catende. O ato foi prestigiado pelo vice-presidente da legenda em Pernambuco, deputado federal Waldemar Oliveira. “Recrutamos importantes lideranças do município para formar uma chapa fortalecida pelo Avante e despontarmos como uma forte oposição. Caio será uma vitoriosa surpresa nas eleições de outubro em Catende. Essa é nossa certeza”, afirmou Waldemar.

O Republicanos segue avançando pelo estado com filiações e pré-candidaturas. Ontem, o partido filiou o prefeito de Quipapá, Pité. Num grande ato político, o evento de filiação contou com a presença do presidente do partido em Pernambuco, Samuel Andrade, do presidente da Alepe, Álvaro Porto; entre outras lideranças locais.

“Pité é um excelente quadro e tem feito um ótimo trabalho no município. Não restam dúvidas que o povo de Quipapá, junto com o ministro Silvio Costa Filho, abraçaram esse projeto, marcado pela união e pelo comprometimento do desenvolvimento da cidade”, enalteceu Samuel Andrade.

No ato, o prefeito Pité agradeceu todo o apoio da população e lideranças. “O sentimento é de gratidão, por todo o apoio que recebo e se filiar no partido do ministro de Lula, Silvio Costa Filho é receber a soma da confiança de pessoas comprometidas com o bem de Quipapá”.

O deputado federal Renildo Calheiros (PcdoB) declarou o seu apoio ao pré-candidato à Prefeitura de Palmares pelo PT, Felipe de Chiquinho. Neto do ex-prefeito Chiquinho, Felipe se consolida como uma alternativa à esquerda para gerenciar os destinos do município.

Por Juliana Albuquerque – repórter do Blog

Em Catende, a atual prefeita, Graça Braz (PRD), fez uma aliança histórica com o seu opositor nas eleições de 2020. Trata-se de Rinaldo Barros (PSB), que formalizou, ontem, seu nome como pré-candidato a vice na chapa encabeçada por Graça à reeleição.

O episódio pegou todos de surpresa, porque Rinaldo é ex-genro de Otacílio Cordeiro, que administrou a cidade por três ocasiões, e acontece apenas quatro dias após Otacílio ter se filiado ao Republicanos como pré-candidato pela sigla em Catende.

Com o apoio da maioria dos vereadores municipais, a chapa formada por Graça e Rinaldo tende a assumir a dianteira no pleito de outubro, deixando, dessa forma, o projeto do ex-prefeito de retornar ao comando da cidade, apenas em seus sonhos.

Um dos nomes que está despontando na Mata Sul de Pernambuco e pode ser uma surpresa nas eleições deste ano, em Catende, é do cirurgião dentista Caio Almeida. Com 34 anos, ele já foi candidato a vice-prefeito em 2020 e, de lá para cá, fortaleceu seu nome, que é lembrado pela população nas pesquisas para disputar a Prefeitura. O desgaste da gestão atual e a indefinição de Rinaldo Barros, de quem Caio foi candidato a vice, tem motivado várias pessoas que incentivam Caio para enfrentar o pleito que se avizinha.

As chuvas na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata Norte de Pernambuco vão seguir pela tarde e noite de hoje, se estendendo até o fim da manhã de amanhã. A previsão, que é de pancadas de chuva moderadas e pontualmente fortes, é da Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) em alerta divulgado no fim desta manhã. No alerta, a Apac também expandiu a previsão de chuvas para a Mata Sul do Estado. A previsão é válida para as próximas 24 horas.

Por Juliana Albuquerque – repórter do Blog

O pré-candidato a prefeito de Quipapá pelo PT, Luizinho do Posto, emitiu, há pouco, nota em que nega ter agredido o eletricista da Prefeitura José André Ribeiro da Silva e sua esposa, Edijane Maria da Silva. Segundo o comunicado, as recentes alegações de agressão física atribuídas a ele são inteiramente falsas e infundadas.

“A narrativa propagada, de forma irresponsável e difamatória, visa unicamente manchar minha imagem e reputação, especialmente como homem de família e cidadão comprometido com a comunidade”, esclarece Luizinho, que reafirma que jamais agrediu fisicamente qualquer pessoa, seja homem ou mulher.

Ele atribuiu as falsas alegações de agressões a adversários políticos, que recorreram a “táticas baixas e desesperadas na tentativa de prejudicar a sua integridade e trajetória”. No entanto, diz confiar plenamente na justiça e na imparcialidade do sistema legal para esclarecer a situação.

“O caso já foi judicializado e estamos cooperando integralmente com as autoridades competentes para que a verdade prevaleça. Estamos confiantes de que a minha inocência será comprovada, e que a minha reputação será restaurada de forma justa e digna”, complementa.

O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Álvaro Porto (PSDB), denunciou, hoje, na tribuna da Casa, a agressão cometida pelo pré-candidato a prefeito de Quipapá, Luizinho do Posto, contra o eletricista da prefeitura do município José André Ribeiro da Silva e sua esposa, Edijane Maria da Silva.

De acordo com o deputado, o pré-candidato tem circulado pela cidade acompanhando de policiais de Alagoas, que fazem sua segurança, levando medo à população de Quipapá. O ataque a André se deu durante conversa que acabou gerando uma discussão, seguida de agressão verbal e ameaças violentas, por parte de Luizinho. Em seguida o pré-candidato agrediu Edijane fisicamente e, por fim, furtou o aparelho celular do eletricista.

Porto destacou que o boletim de ocorrência teve de ser feito em Palmares, uma vez que a delegacia de Quipapá só contava com um único policial. “Infelizmente o município, mesmo em festa, contava com um único agente. Estamos aguardando que sejam tomadas as medidas cabíveis. Este episódio não se pode se repetir e o pré-candidato não pode ficar impune. Acima de tudo a população de Quipapá não pode viver aterrorizada pela violência do pré-candidato a prefeito”, disse.

O deputado informou ainda que vai acionar a corregedoria da Polícia Militar de Alagoas de modo a evitar que policiais do estado vizinho voltem a atuar em Quipapá, contribuindo para aumentar o terror no município, como ocorreu na disputa de 2020.