Gilvandro abre 50 pontos de frente em Belo Jardim contra Maneco

Na primeira pesquisa sobre a sucessão municipal em Belo Jardim, numa parceria do Instituto Opinião (Campina Grande-PB) com este blog, o prefeito Gilvandro Estrela (UB) desponta como franco favorito a emplacar um novo mandato. Se as eleições fossem hoje, ele teria 62,3% dos votos e Doutor Maneco (Republicanos), atual vice, que rompeu e se apresenta como principal adversário, aparece com apenas 11,7%. Uma diferença, portanto, de mais de 50%.

Vicente Galvão, do Solidariedade, pontuou apenas 2,9% e Julião, do PL, 0,9%. Brancos e nulos somam 12% e indecisos chegam a 10,2%. Na espontânea, modelo pelo qual o entrevistado é forçado a lembrar o nome do seu candidato sem o auxílio da lista com todos os postulantes, Gilvandro também aparece disparado. Tem 44,6%, Doutor Maneco com 2,9%, Julião 0,6% e Vicente Galvão 0,3%. Brancos e nulos somam 8,3% e indecisos sobem para 43%.

No quesito rejeição, Julião lidera. Entre os entrevistados, 23,7% disseram que não votariam nele de jeito nenhum. Em seguida, aparece Vicente Galvão. Entre os entrevistados, 18,6% disseram que não votariam nele de jeito nenhum. Por fim, aparecem Doutor Maneco, com 17,4% dos entrevistados afirmando que não votariam nele de jeito nenhum e em último Gilvandro, com 10,3% dos eleitores que dizem não votar nele de jeito nenhum.

O Opinião testou ainda os cenários de confrontos entre os pré-candidatos. Se o adversário do prefeito fosse Doutor Maneco, Gilvandro venceria com 64,6% dos votos contra 16,9%. Já se o adversário viesse a ser Julião, a vitória do prefeito seria mais ampla ainda – 70,9% dos votos a 8%. Diante de Vicente Galvão, também seria fácil: Gilvandro teria 68% dos votos e o adversário 11,4%.

No detalhamento do levantamento, o prefeito tem seus maiores percentuais de intenção de voto entre os eleitores jovens, na faixa etária entre 16 e 24 anos (78,8%), entre os eleitores com grau de instrução superior (70%) e entre os eleitores com renda familiar entre dois e cinco salários (68,8%). Por sexo, 63% dos seus eleitores são homens e 61,6% são mulheres.

Já Doutor Maneco tem seus maiores indicativos de voto entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (19,1%), entre os eleitores com renda familiar acima de cinco salários (17,9%) e entre os eleitores com grau de instrução até o 9º ano (13,1%). Por sexo, 12,7% dos seus eleitores são homens e 10,8% são mulheres.

A pesquisa foi a campo entre os dias 15 e 16 deste mês, sendo aplicados 350 questionários. O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 5,2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais (face a face) e domiciliares. O registro na justiça eleitoral tem o protocolo com o número PE-09993/2024.

AVALIAÇÃO DE GESTÃO

O Opinião também aferiu o sentimento da população de Belo Jardim em relação aos três níveis de poder – federal, estadual e municipal. O municipal é o mais bem avaliado. Segundo o levantamento, quase 80% da população aprova a gestão de Gilvandro – exatos 78,9% ante 14% de desaprovação. Já o Governo Lula tem 71,1% de aprovação e 21,7% de desaprovação, enquanto o Governo Raquel tem 51,1% de aprovação e 32,6% de desaprovação. 

Logo mais, exatamente à meia-noite, este blog começa uma nova rodada de pesquisas sobre a corrida municipal em outubro, em parceria com o instituto Opinião, de Campina Grande (PB). Desta feita, para prefeito de Belo Jardim, a 180 km do Recife, importante colégio eleitoral do Agreste, polo econômico com destaque para o grupo Baterias Moura. Um motivo especial para a população da cidade dormir um pouco mais tarde hoje.

Na manhã deste domingo (19), o prefeito de Caruaru, Rodrigo Pinheiro, participou da celebração da Santa Missa, onde expressou seu desejo de trazer os restos mortais de Frei Damião para a cidade, mais precisamente para o chamado Memorial Frei Damião, um notável complexo religioso que a gestão municipal deseja construir. Uma iniciativa, com o apoio da governadora Raquel Lyra, por meio do Governo do Estado, que visa homenagear o legado do frade capuchinho, que dedicou grande parte de sua vida ao Nordeste brasileiro, e atrair fiéis e turistas para Caruaru.

Durante a missa, o prefeito destacou a importância espiritual e cultural de Frei Damião para a região. “Frei Damião é uma figura reverenciada por todos nós nordestinos. Trazer seus restos mortais para Caruaru seria uma forma de eternizar sua presença entre nós e fortalecer a fé da nossa gente”, ressaltou Rodrigo Pinheiro, que entregou uma Carta de Intenção aos freis Jaciel e Thiago endereçada ao Frei Franklin Alves de Edimar Teixeira Diniz, ministro Provincial da Província Nossa Senhora da Penha do Nordeste do Brasil (PRONEB).

A carta, assinada por Pinheiro, diz que: conscientes da significativa influência de Frei Damião na devoção popular e na fé católica, reconhecemos a imperiosa necessidade de prover um espaço condigno e reverente para a veneração e memória deste ilustre religioso. O Memorial Frei Damião, além de ser destinado ao sepultamento dos restos mortais, será concebido como um santuário de oração, reflexão e acolhimento dos fiéis e devotos, promovendo, assim, a disseminação dos valores de amor, paz e caridade tão incutidos por Frei Damião.

Além disso, a carta também justifica que o município de Caruaru está localizado a 135 quilômetros de distância do Recife, perpassado pelas rodovias federais BR-104 e BR-232, e ainda pela rodovia estadual PE-095, sendo uma importante interseção pernambucana, conectando os estados da Paraíba e Alagoas, importantes rotas de circulação de bens e serviços do Agreste pernambucano. O município conta, ainda, com o Aeroporto Oscar Laranjeira, que está em processo de ampliação, com maior capacidade de voos e de passageiros, importante equipamento vetor de desenvolvimento.

Após as últimas polêmicas envolvendo o Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns, que passou por uma recente fiscalização da Comissão de Saúde da Alepe, a governadora Raquel Lyra (PSDB) promoveu mudanças na unidade.

A confusão começou no mês passado, quando o líder do governo, Izaías Régis (PSDB), se queixou no plenário, pedindo uma atenção maior à Saúde em Garanhuns e região, por parte do Estado. Dias depois, os deputados Gilmar Junior (PV), Sileno Guedes (PSB) e Abimael Santos (PL) foram à Cidade das Flores realizar uma “blitz” no Dom Moura. As informações são do Blog Cenário.

Ao chegar no local, foram impedidos de entrar na unidade e só conseguiram depois de um intenso diálogo. Eles identificaram que muitos dos responsáveis, chefes de setores, plantonistas e médicos não estavam no local, chegando aos poucos, depois do início da fiscalização.

Neste sábado (18), o Diário Oficial do Estado trouxe designações para gerências e demais cargos de diversas unidades de saúde espalhadas em todas as regiões. Entretanto, chamou atenção o número de nomes para o Hospital Dom Moura, sendo nove no total.

Confira a lista:

  • Rogério Bellini Figueirêdo Filho – gerente de cirurgia do Hospital Regional Dom Moura;
  • Josenilton Rodrigues da Silva – gerente de contratos do Hospital Regional Dom Moura;
  • Érico Novaes Primo – gerente de clínicas do Hospital Regional Dom Moura;
  • Duane Guimarães Militão Rios – gerente de emergência do Hospital Regional Dom Moura;
  • Jonny Vitor Diniz – gerente do núcleo interno de regulação do Hospital Regional Dom Moura;
  • Roni Aparecido Ribeiro Vanderlei – gerente jurídico do Hospital Regional Dom Moura;
  • Cláudia Mota dos Santos – chefe da unidade de nutrição do Hospital Regional Dom Moura;
  • Laudiceia Patricia dos Santos – chefe da unidade psicossocial do Hospital Regional Dom Moura;
  • Luciana Cleide dos Santos Moraes da Cunha – superintendente técnico do Hospital Regional Dom Moura (esta última com efeito retroativo a 10 de fevereiro de 2024).

Ao lado do cantor e compositor Onildo Almeida, o prefeito de Caruaru, Rodrigo Pinheiro (PSDB), inaugurou a pavimentação da rua da Rádio Cultura, no bairro Indianópolis. Uma estrutura merecida para essa história da radiofonia já com 42 anos, da família Almeida, e tão importante para a comunicação da Capital do Agreste e de todo o Nordeste.

Lotada no hospital de Ibirajuba, no Agreste, a técnica em Enfermagem Daniele Arandas está muito feliz. Foi agraciada com uma menção honrosa da Assembleia Legislativa pela sua luta histórica em favor do piso nacional da categoria. A iniciativa foi do deputado Gilmar Júnior (PV), que também é enfermeiro e representa o segmento na Casa.

O prefeito de João Alfredo, Zé Martins (PSB), fez um pronunciamento duro contra os deputados da base aliada da governadora Raquel Lyra (PSDB), no Agreste Setentrional. Em vídeo publicado no Instagram oficial do prefeito, Zé cobrou a reabertura da 3ª Companhia da Polícia Militar, que ficava localizada em Bom Jardim, atendendo os municípios de Bom Jardim, João Alfredo e Orobó.

O prefeito também criticou o Governo do Estado pelo número baixo de efetivo policial nas ruas da região, como também o funcionamento das Delegacias – não funcionando durante o período noturno. “Os números de mortes aqui no Agreste Setentrional são assustadores. Estamos à mercê da bandidagem, com roubos, assaltos e homicídios a todo instante, em plena luz do dia”, destacou o gestor.

Zé Martins finalizou o vídeo cobrando os deputados da região e esperando providências da governadora. “Os deputados daqui da região não sei por qual motivo não se pronunciam, ficam omissos para tamanha falta de segurança. Espero que a governadora se sensibilize. Independente de cor partidária, ela é a governadora de todos e como já foi delegada, sabe que as coisas não andam bem aqui no Agreste Setentrional. O povo merece respeito e precisa voltar a conviver com a paz e a segurança”, afirmou o prefeito.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) está investigando possíveis irregularidades nos festejos juninos de Sanharó, no ano passado, “acerca da inexistência de licitação para concessão dos espaços públicos explorados pela iniciativa privada, além da falta de transparência na venda dos ingressos dos camarotes para o público em geral, dando indícios de preferências a grupos específicos nesses espaços”, diz o documento do MP.

O promotor de Justiça Jefson Romaniuc reforçou que a cessão gratuita de espaços públicos é excepcional e depende de um procedimento prévio escrito e público que justifique o interesse público, sendo inexistente a legitimidade de qualquer cessão verbal sem a devida publicidade. Além disso, o promotor destacou a “ausência de publicação de aviso no site do município de Sanharó em relação a qualquer tipo de licitação para a permissão do uso oneroso de espaço público e para a contratação da empresa responsável pelas estruturas metálicas do São João”.

Diante das possíveis irregularidades no São João do ano passado, o Ministério Público de Pernambuco, por meio da Promotoria de Justiça de Sanharó, recomendou ao prefeito que realize um processo licitatório, com a devida antecedência, para a contratação da empresa responsável pela montagem da estrutura metálica do São João 2024 no município, bem como para a cessão de espaço público nos locais do Ciclo Junino de Sanharó, nos quais haverá a montagem de camarotes, restaurantes e barracas.

Além disso, o MPPE insta o município a tratar a cessão gratuita como pública e excepcional, sob o fundamento do interesse público concreto, a ser transparente em divulgar o início das vendas e o valor dos ingressos dos camarotes, bem como a disponibilizar um meio eletrônico confiável para a venda dos ingressos. A medida tem finalidade de proporcionar condições para que todos os interessados possam realizar a compra por ordem de chegada e, consequentemente, afastar a possibilidade de escolha parcial e política em favor de grupos que estarão presentes no São João 2024 de Sanharó.

O MPPE estabeleceu um prazo de 10 dias para que o município encaminhe resposta por escrito à Promotoria de Justiça de Sanharó sobre o atendimento ou não da recomendação, bem como quais as providências adotadas. A recomendação foi publicada integralmente na edição do Diário Oficial do MPPE do dia 9 de maio de 2024.

Por Edward Pena – repórter do Blog

Durante sessão realizada ontem, na Câmara Municipal de Capoeiras, no Agreste, uma votação inusitada marcou o encontro. Um vereador da cidade rejeitou as contas da Prefeitura do período no qual ele era o prefeito interino. José Ernandes da Costa (Republicanos) assumiu a gestão da cidade de 1º de janeiro a 13 de novembro de 2021, devido a uma decisão da Justiça Eleitoral, que não acatou o resultado da eleição de 2020.

Na sessão de ontem, os vereadores votaram por rejeitar as contas do período de interinidade e, quando perguntado pelo presidente da casa se alguém iria se opor ao parecer, o próprio ex-prefeito interino se calou, o que deu à votação tom de unanimidade. Com a decisão, o parlamentar pode se complicar e até ficar inelegível.

A Prefeitura do Brejo da Madre de Deus, por meio da Secretaria de Saúde, inaugura, amanhã, a Unidade de Saúde da Família – Anexo Sítio Bandeira. O evento de inauguração está marcado para as 9h da manhã e contará com a presença de autoridades locais, membros da comunidade e profissionais da saúde.

A nova Unidade de Saúde da Família – Anexo Sítio Bandeira oferece serviços essenciais e de qualidade para os moradores do Sítio Bandeira e áreas próximas. Essa nova estrutura irá oferecer atendimento médico, enfermagem, odontológico, acompanhamento pré-natal, vacinação, visitas domiciliares, entre outros serviços essenciais para a promoção da saúde e prevenção de doenças.