FMO - Processo Seletivo 2024

Câmara deve convocar Lewandowski para prestar esclarecimentos sobre fuga de presos

O deputado federal Coronel Meira (PL) apresentou, hoje, um pedido de convocação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, para prestar, pessoalmente, no Parlamento, esclarecimentos sobre a fuga da Penitenciária Federal de Mossoró–CE, dos presos Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento, ligados ao Comando Vermelho (CV).

Ontem, foi constatada pelos agentes federais, a fuga de dois detentos da Penitenciária Federal de Mossoró, uma das cinco prisões de segurança máxima do país, sendo a primeira fuga registrada na história do sistema penitenciário federal. Os fugitivos cumpriam a pena em Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), submetidos a regras mais rígidas que as do regime fechado. Apura-se que, às 3h17 da madrugada, os fugitivos escalaram uma das luminárias, tiveram acesso ao teto, cortaram a cerca e pularam, e a principal suspeita é de que teriam usado materiais de uma obra do pátio da penitenciária como instrumentos na ação. 

Até o momento, o Governo Federal não esclareceu publicamente as circunstâncias da fuga, bem como se os fugitivos tiveram auxílio interno para facilitar a saída, uma vez que não há respostas sobre como foi possível terem atravessado despercebidos a cela, o corredor, o pátio e o circuito fechado de câmeras de TV.

“É imprescindível a presença do Ministro, a fim de esclarecer questões envolvendo a referida fuga, aos parlamentares da Câmara, principalmente quanto à postura do Ministério sob a nova gestão, em relação ao combate ao crime organizado e ao fortalecimento das Forças de Segurança Pública no País”, disse Meira.

Apesar de durar apenas 30 minutos, a forte chuva que caiu, há pouco, em Arcoverde, a 250 km do Recife, foi o suficiente para inundar várias partes da cidade, inclusive o centro, como mostram os vídeos enviados por leitores.

Jaboatão dos Guararapes - Dengue 2024

Em entrevista à Rádio Jornal, a governadora Raquel Lyra (PSDB) disse que houve uma redução de 17% em mortes violentas no carnaval deste ano, em comparação aos anos anteriores. “Aumentamos o efetivo e trabalhamos para garantir o máximo de segurança aos foliões. Quero aproveitar para agradecer a todos os homens e mulheres, policiais civis, militares, Corpo de Bombeiro, as parcerias com as prefeituras, que permitiram a gente ter índices de registro menor do que aconteceu no ano passado durante o período carnavalesco”, afirmou.

Mas ela esqueceu ou não quis revelar os números oficiais da violência durante a folia. Segundo o Sinpol, o Sindicato dos Policiais Civis, ocorreram 62 homicídios e 34 tentativas de homicídios. O Sinpol considerou o Carnaval mais violento dos últimos anos.

Petrolina - Bora cuidar mais

Homenageando Paulista, o Bloco Flabelo Encantado se apresentou, no último sábado, em Olinda, num cortejo em frente à Prefeitura, pelo Projeto “Meu mundo é Frevo”. A noite, o bloco foi ao encontro de Blocos do Morro da Conceição.

Na segunda-feira, a agremiação subiu ao palco do Marco Zero, cantando os Frevos de Bloco, de Ricardo Andrade e de Getúlio Cavalcanti, onde foi muito aplaudido. Pela noite, encerrou em Porto de Galinhas, em uma linda apresentação,.com muita participação popular. No próximo sábado, o bloco participará do Encontro de Blocos do Eu Quero Mais, em Olinda, às 18h, e no domingo desfilará pelas ruas de Maranguape I, em Paulista, às 16h.

Ipojuca - App 153

Hoje, a partir das 17h, a Prefeitura de Abreu e Lima inaugura, na Rua Rosa Pereira da Cruz, no bairro de Desterro, o primeiro CRIE, Centro de Referência Integral de Ensino. Implantado num terreno com cerca de 8 mil metros quadrados e contando com um total de 5,6 mil metros quadrados de área construída, o equipamento será entregue como a maior Escola Municipal do Litoral Norte.

O novo Centro de Referência dispõe de 25 salas distribuídas estrategicamente para atender às diversas necessidades educacionais e de convivência dos mais de 700 alunos e das equipes que nela atuarão. A Área Acadêmica compreende as salas de aula climatizadas, Laboratório de Ciência, de Informática, Biblioteca, Auditório, Sala de Atendimento Educacional Especializado (AEE), Sala de Redes e o Setor Administrativo.

Já nas esferas de Convivência e Esportiva, o equipamento dispõe de Piscina Semi-Olímpica (com mais de 900 m2), Quadra Poliesportiva, Campo Society e oferecerá uma variedade de oficinas destinadas a enriquecer o desenvolvimento cognitivo, motor e intelectual dos estudantes, destacando-se Literatura e Letramento, Música, Teatro, atividades físicas diversas, dentre outras.

Citi Hoteis

Pouco mais de dois dias após a convocação do ex-presidente Jair Bolsonaro para que seus apoiadores participem de uma manifestação na Avenida Paulista, bolsonaristas organizam caravanas de outros lugares no Brasil para irem à principal via de São Paulo.

A reportagem do portal Estadão detectou movimentos em Divinópolis (MG), Indaiatuba (SP), Pouso Alegre (MG), São José dos Campos (SP) e São Gonçalo (RJ). Os valores dos veículos fretados variam entre R$ 60 e R$ 200. Bolsonaristas usam, sobretudo, as redes sociais abertas para divulgar a iniciativa e alcançar mais pessoas. As publicações foram encontradas no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Telegram.

Nelas é possível ter informações do local de onde partirão os ônibus, valor de passagem, horário de partida dos veículos e telefone dos organizadores. Os usuários são então redirecionados para os grupos organizadores. Alguns dos grupos já beiram as centenas de pessoas que desejam fazer a viagem.

Nesses grupos, usuários repetem instruções que são compartilhadas em outros endereços de bolsonaristas: proibida a exibição de cartazes, faixas, armas ou bebidas alcoólicas. Em alguns dos grupos, há a orientação para uma revista de cada um que subir no ônibus.

Bolsonaro convocou apoiadores na noite desta segunda-feira, 12, para participar de um ato “pacífico” e recomendou que os manifestantes não levem faixas “contra quem quer que seja”.

“Olá, amigos de todo Brasil, em especial em São Paulo. No último domingo de fevereiro, dia 25, as 3h da tarde, estarei na Paulista, realizando um ato pacífico em defesa do nosso estado democrático de direito. Eu peço a todos vocês que compareçam trajando verde e amarelo e, mais que isso: não compareçam com qualquer faixa e cartaz contra quem quer que seja”, disse, no vídeo encaminhado em seu perfil nas redes sociais.

O evento foi recompartilhado por perfis de bolsonaristas mais conhecidos, como as deputadas Bia Kicis (PL-DF) e Carla Zambelli (PL-SP). “Convite de Bolsonaro para você que o apoia”, publicou Bia em sua página no X (ex-Twitter). Será a primeira grande manifestação a favor do ex-presidente desde os ataques golpistas do 8 de Janeiro.

Uma outra publicação feita por Bolsonaro mobiliza apoiadores: na tarde desta terça-feira, 13, o ex-presidente publicou uma imagem quando criança, ao lado de uma traíra que ele pescou. Em reunião ministerial feita por Bolsonaro em julho de 2022, Bolsonaro se refere a ex-aliados como “traíras”. Bolsonaristas interpretam a mensagem como um revide àqueles que abandonaram o ex-presidente. “Aos traidores da pátria… Serão engolidos pelas suas próprias ganâncias todos, autores, cúmplices e seguidores que não se contentam com o que tem, se afogarão nas águas da perdição, o massacre contra o povo”, escreveu uma usuária bolsonarista em mensagem em que ela própria assina em um dos grupos das caravanas, no WhatsApp.

Cabo de Santo Agostinho - Refis 2023

O reinado de Momo também fez girar a roda da economia em Olinda, promovendo a inclusão e a oportunidade de trabalho e renda. Ao todo, um montante de R$ 400 milhões foi movimentado, impactando a quem mais precisa e ampliando as fronteiras da folia. A geração de empregos diretos e indiretos atingiu a meta dos 35 mil postos. Na edição deste ano, a ocupação hoteleira chegou ao seu patamar total, assinalando um salto de 10% na ocupação, por causa do aumento do número de leitos oferecidos. Em 2024, a folia movimentou os amantes do frevo e fez a economia girar, mostrando que Carnaval é muito mais do que apenas uma festa.

O prefeito de Olinda, Professor Lupércio, destacou o trabalho de todas as pessoas envolvidas para dar a estrutura que o folião merece. “Quero aproveitar esse momento para gradecer a todos e todas que trabalharam no Carnaval. Ninguém faz nada sozinho, a começar por mim. Eu pude visitar os polos e constatei o trabalho diuturno do pessoal da saúde, da limpeza. E estava tudo funcionando para dar mais comodidade aos nossos foliões, tanto que teve uma repercussão muito positiva, inclusive fora do país. Como eu venho falando, é esse reconhecimento que faz do nosso carnaval o melhor do mundo”, ressaltou.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia, Inovação e Turismo, Mirella Almeida, lembrou que as expectativas foram superadas com a quantidade de empregos geradas e a ocupação hoteleira, que teve um incremento de 10% a mais de vagas e chegou a 99% de ocupação. “Foram mais de 35 mil empregos de forma direta e indireta gerados, ou seja, inúmeras famílias que puderam garantir o seu sustento advindo da festa, deste Carnaval. Também mais de R$ 400 milhões que foram injetados na nossa economia, na economia local, que faz com que o município cresça”, enfatizou.

Já a secretária de Patrimônio e Cultura, Gabriela Campello, comemorou a receptividade positiva da grade de programação, não só dos polos, mas dos blocos e troças nas ruas, que ratificaram a força da cultura olindense. “A nossa responsabilidade aqui é a garantia que todos venham aqui para brincar, que as pessoas que venham de fora, os turistas, eles possam sentir o que é o nosso carnaval, a essência do nosso Carnaval. Então estaremos sempre preservando a nossa história, as nossas tradições e a nossa cultura. E isso é a cara da gente, é esse carnaval democrático e plural”, explicou.

Caruaru - Geracao de emprego

Circula pelas redes sociais um vídeo em que seguranças da Prefeitura de Pesqueira agridem duas mulheres, na última segunda-feira, na entrada dos camarins dos artistas que se apresentavam durante o Carnaval da cidade. Veja no vídeo acima.

Testemunhas relataram que as vítimas queriam apenas uma foto com uma renomada artista que estava no camarim, quando foram brutalmente agredidas pelos seguranças da Prefeitura. Em resposta ao ocorrido, a gestão municipal emitiu a seguinte nota:

A Prefeitura de Pesqueira, mediante recentes acontecimentos amplamente divulgados nas redes sociais, esclarece sua posição e medidas tomadas diante do suposto incidente envolvendo um segurança do palco e do camarim durante o Carnaval 2024.

Embora não formalmente comunicada sobre o ocorrido, a administração municipal tomou ciência dos fatos por meio das mídias sociais e está diligenciando a abertura de um procedimento administrativo para investigar a conduta do segurança em questão, em consonância com a empresa contratada pelo município para a prestação de serviços.

Após a conclusão do processo legal, serão adotadas as medidas cabíveis no âmbito do direito administrativo, caso se comprove a responsabilidade da empresa contratada, seja por culpa ou dolo.

É importante salientar que todas as informações obtidas durante essa investigação serão repassadas às autoridades policiais para que possam ser devidamente apurados quaisquer possíveis crimes relacionados aos envolvidos nesse lamentável episódio. A Prefeitura está colaborando integralmente com as autoridades, inclusive disponibilizando imagens das câmeras de monitoramento instaladas na cidade para garantir a segurança e a ordem durante o período do Carnaval.

Adicionalmente, esclarece-se que o segundo indivíduo, que aparentemente figura agredindo as mulheres no vídeo em circulação, não tem qualquer vínculo com a Prefeitura Municipal de Pesqueira, seja direta ou indiretamente.

A administração municipal assegura que as vítimas da agressão estão recebendo assistência da Coordenadoria da Mulher, que já está em contato para oferecer apoio jurídico e psicológico, inclusive auxiliando no registro da ocorrência na Delegacia de Polícia.

Ressaltamos ainda que qualquer outra reclamação relacionada a agentes públicos ou prestadores de serviços que atuaram durante o Carnaval 2024 poderá ser feita através da Ouvidoria Municipal, garantindo que todas as denúncias serão devidamente investigadas.

Prefeitura Municipal de Pesqueira – 14 de Fevereiro de 2024

Belo Jardim - Patrulha noturna

Aury Amazonas, ex-vereador de São Lourenço da Mata, foi assassinado a tiros, na noite de ontem, no centro do município, localizado na Região Metropolitana do Recife (RMR). Aury estava jogando dominó em uma praça, quando um homem se aproximou e efetuou disparos de arma de fogo. O ex-vereador morreu no local.

A polícia segue as investigações para apurar o caso e em busca do suspeito que efetuou os disparos. Recentemente, o filho do ex-vereador também havia sido morto, mas, até o momento, não está esclarecido se há alguma relação entre as mortes. As informações são da TV Jornal.

Vitória Reconstrução da Praça

Por Roberta Jansen

Quando há amor, tudo acontece! O Galo Gigante da Paz, criação do querido amigo Leopoldo Nóbrega, traz em suas cores, brilhos e beleza muitas histórias. Por isso, quero contar aqui a minha história de amor e de amizade, de quase vinte anos, para dizer por que fiquei pessoalmente tão feliz com o Calunga Maior do Carnaval da Cidade do Recife 2024, símbolo do Galo da Madrugada.

Em 2004 e 2005 eu e Josildo Sá aprovamos no FUNCULTURA o Projeto ARCA TACARATU, em que fizemos o mapeamento cultural da cidade finalizando com dois festivais, um em abril de 2005 e outro em janeiro de 2006. 2004 foi também o ano de fundação da Coopertextil, que já expôs nos festivais. Vale salientar que o 2º Festival contou com exposição de artesanato de mais de 100 artesãos e 72 apresentações de palco, sendo 66 delas de Tacaratu.

Logo após o segundo festival, em 2007, apresentamos um projeto para o FUNCULTURA para levar Leopoldo Nóbrega a Tacaratu com o objetivo de implantar um ateliê para criação de uma coleção de moda e sustentabilidade produzida nos teares do lugar. O projeto não foi aprovado, infelizmente, mesmo assim Josildo levou Leopoldo a Caraibeiras e, dessa visita, inspirado nos teares, Léo produziu o cenário do show “Samba de Latada – Josildo Sá e Paulo Moura”, no Teatro de Santa Isabel, em parceria com a Rede Globo, Arisio Coutinho, Helder Vieira e Fábrica Estúdios. Em 2009, Leopoldo produziu, inspirado nos teares, uma linha de 20 camisetas para que fossem da marca Samba de Latada e produziu diversos figurinos para Josildo cantar no Galo e na Missa do Vaqueiro.

Por isso que, quando fui nomeada Diretora de Cultura de Tacaratu, pelo prefeito Washington, pensei em retomar com Leopoldo os nossos projetos para Caraibeiras, pensados em 2007, para que ganhassem forma nos dias de hoje.  Pensei em Leopoldo pelo respeito dele pelos artesãos tradicionais e a sua forma de criar junto, sem impor suas formas de fazer.

Finalmente, em fins de maio de 2022, conduzimos uma visita de Leopoldo a Tacaratu, onde ele pôde visitar a nossa casa, conhecer o Santuário, tomar um vinho e reencontrar os teares 14 anos após sua primeira visita com Josildo. E posso dizer que presenciei um momento incrível! Leopoldo viu o tear de madeira, foi até a Coopertextil e cocriou peças têxteis com Cleonice Nunes e Cia, reutilizando peças riquíssimas!

Outro momento realmente muito emocionante foi conduzir Leopoldo para vivenciar uma tradição Pankararu.  No dia 1º. de junho de 2022 pudemos acompanhar Ubirajara Pankararu comandar um grupo de guerreiros pankararus pelas matas em busca de uma árvore de mastro muito alto que pudesse servir para ser o mastro da bandeira, evento que dá início ao trezenário de Santo Antônio, de 1 a 13 de junho.  A jornalista e cantora Marília Parente e o fotógrafo Rafael Bandeira, que estavam nos acompanhando, registraram tudo e ganharam até prêmio para o portal Leia Já. Tenho certeza de que, naquele momento, Leopoldo foi tocado por aquela energia milenar do povo originário que pôde presentear o Galo Gigante da Paz com sua energia e o “filtro dos sonhos”. O resto da história, já foi contada pela Coopertextil e por Leopoldo.

Sim, o Galo Gigante da Paz tem esse jeito de Leopoldo de fazer a gente amar a arte e o mundo dele. Mas não é só isso, ele também passa a amar e se apaixonar por aquilo que a gente ama, pelas artes que têm história, que tem conteúdo, que tem garra e força, como é o caso do artesanato de Caraibeiras.  É muito lindo quando nossos amigos mais queridos, amigos de anos de luta cultural, de resistência cultural, de valores éticos e de muita bem-querença passa a ter amor pelas coisas que a gente ama. 

Foi amor sim, desse jeitinho mesmo! Leopoldo me fez amar a história dele e do que ele faz. Josildo me fez amar Tacaratu. E assim, eu e Josildo, juntos num amor em comum, fizemos nosso amor chegar e preencher Leopoldo, que passou a amar Tacaratu, o artesanato têxtil de Caraibeiras, as tradições, cultura e fé do Povo Pankararu.

Eita… são quase 20 anos de trabalhos, encontros e muita admiração e respeito.  E essa é a minha história que compõe o Galo Gigante da Paz que quero juntar com tantas outras histórias de cada um que pintou cada pena do Galo, que deu cada nó de macramê, que colou cada peça, que criou e sonhou junto. Ninguém faz nada só, não é mesmo?!

Não tenho como estar mais feliz com tudo isso. Só o amor constrói e sim, há muito amor envolvido.

O Governo Lula estuda liberar o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo e Serviço) Futuro para auxiliar a população de baixa renda na compra da casa própria. A medida pode começar a valer em março.

A modalidade do FGTS foi criada no “apagar das luzes” do Governo Bolsonaro, em 2022, perto do segundo turno das eleições, e foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Curador do FGTS no mesmo ano. Porém, até agora, não foi implementada.

A medida permite que trabalhadores de baixa renda possam usar depósitos futuros no fundo – valores que seu empregador ainda vai depositar em sua conta – para amortizar ou liquidar dívidas imobiliárias no Minha Casa, Minha Vida. Assim, ao antecipar e pegar o valor do FGTS, quando a empresa depositar o valor na conta, o dinheiro vai direto para a prestação da moradia.

A iniciativa será testada, primeiro, entre famílias que ganham mensalmente até R$ 2.640 – a Faixa 1 do Minha Casa, Minha Vida. Depois, o plano é ampliar o atendimento para todas as faixas, chegando ao limite de R$ 8 mil.

A possibilidade de o trabalhador com carteira assinada somar, à sua renda familiar, os valores do FGTS a receber funciona como uma espécie de caução. Isso eleva a sua capacidade de pagamento e, em tese, reduz a taxa de juros cobrada pela instituição financeira contratada.

Para que a modalidade vire realidade, o conselho do FGTS deve aprovar as regras e permitir que a Caixa Econômica Federal libere o valor do FGTS do trabalhador.

Vale lembrar que não é a primeira vez que a ideia de utilizar essa modalidade é ventilada: em junho de 2023, a própria Caixa afirmou que iria começar a ofertar a opção no segundo semestre de 2023 – o que não aconteceu.

No relatório que embasou a Operação Tempus Veritatis, a Polícia Federal (PF) aponta a necessidade de apurar se o comandante do Exército, Freire Gomes, e o da Aeronáutica, Carlos Almeida Baptista Junior foram omissos em relação a tentativa de golpe de Estado para manter o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) no poder.

Segundo o relato feito pelo ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, Mauro Cid, o comandante da Marinha, Almir Garnier, teria sinalizado adesão a um eventual golpe de Estado. Ele é o único dos três comandantes alvos da operação. Contudo, a PF indica que a postura de Batista Junior e de Freire Gomes poderia indicar omissão.

“Conforme o exposto, os fatos apresentados revelaram a adesão e participação de vários militares aos atos que estavam sendo desenvolvidos pelo grupo investigado na tentativa de golpe de Estado e abolição violenta do Estado Democrático de Direito”, diz o documento obtido pelo blog da Andréia Sadi.

“Em relação ao general Freire Gomes e ao brigadeiro Baptista Junior, os elementos colhidos, até o presente momento, indicam que teriam resistido às investidas do grupo golpista. No entanto, considerando a posição de agentes garantidores, é necessário avançar na investigação para apurar uma possível conduta omissiva por omissão pelo fato de terem tomado ciência dos atos que estavam sendo praticados para subverter o regime democrático e mesmo assim, na condição de comandantes do Exército e da Aeronáutica, quedaram-se inertes”.

A Operação Tempus Veritatis foi deflagrada em 8 de fevereiro para apurar uma tentativa de golpe articulada dentro do governo Bolsonaro. Ao todo, 16 militares foram alvos.

Por Magno Martins – exclusivo para a Folha de Pernambuco 

Em meio a tensão entre Congresso e Executivo, impostas, principalmente, pelo veto presidencial de R$ 5,6 bilhões em emendas de comissão no Orçamento da União, o legislativo brasileiro estendeu o recesso do Carnaval até a próxima semana. Por lá, os trabalhos devem retomar só a partir da segunda-feira.

Não há, porém, nenhuma votação de temas espinhosos, a exemplo da Medida Provisória sobre a reoneração da folha de pagamento e o fim do Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse), agendada até o momento. Apenas início de sessões deliberativas, ou seja, apenas leituras de comunicados e realização de discursos.

No entendimento do Governo, o Perse não trouxe benefícios à economia e custou, no ano passado, R$ 17 bilhões em isenções fiscais. O montante, de acordo com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, é R$ 13 bilhões a mais do que o previsto pelo Executivo Nacional, o que contraria a meta do ministro de alavancar a arrecadação.

A iniciativa de Haddad, porém, desagrada deputados e senadores, principalmente o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP), que já deu início ao ano legislativo, no último dia 5, subindo o tom contra o Executivo por conta do veto às emendas de comissão. Por isso, a votação dessa MP 1.202 de 2023 promete provocar ainda mais entraves entre os poderes.

Vale ressaltar que no meio a essa medida provisória, que pode acabar, a partir de abril, com a isenção ou redução de impostos sobre os tributos do setor de eventos, há também a reoneração da folha de 17 setores da economia, também a partir de abril.

No ano passado, os parlamentares aprovaram a prorrogação do benefício até 2027, com impacto fiscal estimado em R$ 20 bilhões por ano. O projeto, contudo, foi vetado pelo presidente Lula e, após o Congresso derrubar o veto, terminou sendo revogado por uma medida provisória, o que contribuiu ainda mais para o clima de tensão entre os poderes.

Na tentativa de apaziguar os ânimos, teve início entre o ministro da Fazenda e lideranças do Congresso, semana passada, a construção de um diálogo para se chegar a um meio-termo que contemple a modificação do prazo do retorno da reoneração, assim como seu alcance. Na ocasião, o Governo aceitou a possibilidade de retirar a reoneração da MP para enviar um PL com uma proposta que contemple um maior tempo para a retomada da cobrança integral, que passaria de 2028 para 2029.

A confirmação de um acordo sobre o tema, segundo Fernando Haddad, depende do aval do presidente Lula, que eventualmente deve ceder à pressão do Congresso na tentativa de distensionar os recentes embates entre o Executivo e Legislativo.

Afogados da Ingazeira, solo sagrado da minha nascença, é vanguardista na radiofonia no Sertão. Pioneira nas ondas do rádio AM em terras euclidianas, a Rádio Pajeú rompeu o isolamento imposto pelos grandes centros urbanos aos que pagaram o preço caro da discriminação por ter vindo ao mundo em plagas tão distantes. Botou música e notícia no rádio a partir de 4 de outubro de 1959 pelo bispo vanguardista Dom Mota. 

Minha cidade é amostrada, como diz o matuto. Também saiu na frente na abertura das cortinas da sétima arte. Fundado em 23 de novembro de 1942, pelo comerciante Helvécio Lima, o Cine São José tem 82 anos. Na época a cidade sequer contava com uma rede elétrica. Seu Helvécio inovou: comprou um gerador próprio para garantir as sessões em dias de feira. 

Na década seguinte, o cinema foi vendido à Diocese Bom Senhor Jesus dos Remédios, representação da Igreja Católica no Sertão do Pajeú. Administrado pela igreja e por alguns arrendatários, não resistiu ao modismo da TV e chegou a fechar. Deteriorado, seu prédio ficou em ruínas, mantendo apenas a estrutura das paredes externas. 

A partir de 1994, através de um movimento liderado pelo meu irmão Augusto Martins, hoje secretário de Cultura do município, o cinema renasceu, com um projeto cujas obras preservaram sua fachada original. A reinauguração se deu em 2003. Até hoje o cinema está vivinho e, de vez em quando, vou lá pegar uma telinha para matar a saudade dos velhos tempos de Tarzan e os cowboys americanos. 

Afogados da Ingazeira também foi vanguardista na introdução do cinema pornô. Olavo Vitorino Moura, apelidado de Olavo Corró, baixinho, metido a cavalo do cão, enfrentou o conservadorismo da sociedade afogadense e abriu um cinema para concorrer com o cine São José. 

Mas só exibia filmes para maiores de 21 anos explorando o sexo em toda sua plenitude. Menores como eu e meu irmão Marcelo, parelha de infância e adolescência em Afogados da Ingazeira, subíamos no telhado das casas vizinhas para curiar os filmes pornôs. 

Olavo foi um revolucionário. Passou por cima de todas as regras da lei do conservadorismo de uma sociedade feudal com seu cinema pornográfico, que visava exclusivamente o estímulo da sexualidade humana. Foi discriminado, perseguido, xingado e apontado como pornográfico, um fora da lei. 

Por vezes, os telespectadores atraídos para os filmes pornôs de Olavo Corró chegavam a se masturbar ou até mesmo a praticar sexo dentro da sala de exibição. Olavo pagou um preço caro. Quando isso se espalhou na cidade, seu cinema foi censurado e fechado. 

Olavo, coitado, queria apenas ser diferente. Os filmes pornográficos existem desde a época do cinema mudo, e eram usualmente rodados em bordéis. Em 1970, nos Estados Unidos, o cinema pornô ganhou forte impulso, graças à eliminação do Código das Produções e à instituição da classificação de filmes por faixa etária, deixando de ser um produto do submundo criminal e se constituindo numa indústria publicamente instalada. 

Passaram a ser exibidos em cinemas próprios, conhecidos por “Salas Especiais”. Nessa época, alguns filmes entraram para a história, como Garganta Profunda (ou “Garganta Funda”, como ficou conhecido em Portugal), O Garanhão Italiano, Atrás da Porta Verde e O Diabo na Carne de Miss Jones, que foi uma superprodução para a época.

Olavo, ainda lembro, fez grande sucesso com o Garganta Profunda!

Quem não se comunica…

Por Juliana Albuquerque – repórter do Blog

O saudoso Chacrinha não cansava de repetir a frase: “Quem não se comunica, se trumbica”. Virou jargão e serve, até hoje, de referência quando se trata de saber se comunicar. A comunicação vai muito além de falar bem, principalmente quando se trata de política. Na área, além de mostrar resultados concretos em benefício do povo, ela é o saber falar a linguagem do povo.

Nesse campo, o prefeito do Recife, João Campos (PSB), tem dado uma verdadeira aula. Apesar da pouca idade, outrora motivo de desconfiança, tem conseguido se comunicar com maestria, sem atrapalho ou qualquer dificuldade. O seu “nevou”, por exemplo, comprovou isso em números, com mais de 22,5 milhões de visualizações no Instagram. O feito rendeu ao prefeito, além da admiração da população da periferia recifense, um baita alcance que transcende a esfera municipal.

A brincadeira despretensiosa fez com que o prefeito recifense saísse de 1,6 milhão de seguidores, para 2,1 milhões de admiradores na rede social. Tais números devem deixar a governadora Raquel Lyra (PSDB) de cabelos em pé. Sem o menor carisma, embora tente, sem sucesso, se comunicar com a massa pelas redes sociais, o fracasso da tucana é evidente pelo número de seguidores, menos de 1 milhão no Instagram.

Podem até dizer que número de seguidores não é o de eleitores, mas a julgar pela diferença grotesca entre João e Raquel nas redes sociais, 2026 promete ser de grandes emoções. Principalmente se, até lá, a tucana continuar sem mostrar a que veio, e João Campos continuar a entregar resultados palpáveis para os recifenses. Afinal, não se deve desprezar o fato de que Pernambuco tem pouco mais de 7 milhões de eleitores e que boa parte desse contingente acompanha a rotina do prefeito.

Por fim, Raquel pode até achar que ganha mais ao entrar de cabeça no xadrez político, ampliando seu palanque de partidos apoiadores com o jogo do ‘toma lá, dá cá’, mas, no fim das contas, não há melhor cabo eleitoral do que o próprio eleitorado quando satisfeito com o seu gestor.

Carnaval em números – O Carnaval do Recife atraiu 3,4 milhões de foliões durante os seis dias de festa, 20% a mais do que o registrado no ano passado. De acordo com a Prefeitura da Cidade, no período, foram criados 57 mil postos de trabalho temporários e foi movimentado R$ 2,4 bilhões na economia local.

Satisfação – Em pesquisa de satisfação encomendada pela Secretaria de Turismo do Recife, pasta sob comando de Antonio Coelho, 98% dos entrevistados afirmam que pretendem voltar para brincar o Carnaval do Recife no próximo ano. O mesmo percentual informou que recomenda a festa, enquanto cerca de 84% disseram que a festa recifense superou e/ou atendeu às expectativas. No item segurança, 68% dos foliões afirmaram que se sentiram muito seguros/seguros e 10% inseguro/muito inseguro.

Ocupação – De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Pernambuco (ABIH-PE), entre 9 e 13 de fevereiro, mais de 32 mil turistas se hospedaram na rede hoteleira do Recife, o que resultou em uma taxa de ocupação de 96% nos principais hotéis da cidade.

Soneca – Postado nos stories da governadora Raquel Lyra, na última segunda-feira, bombou entre os grupos de WhatsApp um vídeo no qual um funcionário aparece dormindo enquanto a tucana cumprimenta os demais atendentes que se revezavam entre os turnos, durante o Carnaval, para atender as queixas de emergência na Central do 190.

Violência – Os números de ocorrências levantados pelo Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE) colocam em xeque o discurso da governadora Raquel Lyra de que o Carnaval 2024 seria o mais seguro da história. Pelo contrário, segundo o Sinpol, foram 62 homicídios, três deles em polos de folia, e 34 tentativas de homicídios no período de 8 a 13 de fevereiro, o que torna o Carnaval deste ano o mais violento de todos os tempos.

CURTAS

JABOATÃO – Mais de 450 mil pessoas circularam entre os sete polos de festa durante os cinco dias de Carnaval em Jaboatão dos Guararapes. Segundo o prefeito Mano Medeiros, a festa proporcionou a criação de 4,6 mil empregos diretos e movimentou mais de R$150 milhões na economia local.

FIES – Estudantes de instituições privadas de ensino superior interessados em financiar até 100% do valor da mensalidade pelo Banco do Nordeste (BNB) têm até o dia 29 de fevereiro para realizar a solicitação do crédito no portal do banco na Internet. O prazo e o meio é o mesmo para os clientes que irão renovar seu financiamento.

EXTERIOR – Já de volta ao visual habitual após “nevar” o cabelo no Carnaval, o prefeito do Recife, João Campos, embarcou, ontem, para Nova Iorque. Na cidade, recebe o Prêmio de Serviço Público pelo Compaz como iniciativa que melhor contempla os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e excelência no serviço público da ONU.

Perguntar não ofende: Quando a SDS vai divulgar o balanço do Carnaval 2024?

O Partido Liberal (PL) planeja um protocolo para impedir a comunicação entre Jair Bolsonaro e Valdemar Costa Neto, alvos da Operação Tempus Veritatis. Por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, eles estão proibidos de manter contato.

O advogado Fábio Wajngarten, um dos responsáveis pela defesa do ex-presidente e ex-secretário de Comunicação do governo Bolsonaro, afirmou nesta quarta-feira, 14, que o partido pretende delimitar um plano de ação para o cumprimento da medida “nos próximos dias”.

No despacho que autorizou os mandados de busca e apreensão pela Polícia Federal (PF), Moraes determinou aos alvos do inquérito a proibição “de manter contato com os demais investigados, inclusive através de advogados”.

Por mais que a decisão judicial não limite a distância física entre os dois, Valdemar e Bolsonaro frequentam a sede do PL, em Brasília. Além disso, o escritório da legenda fica no mesmo conjunto de edifícios onde mora o dirigente partidário. No momento, ele está em liberdade provisória.

O Exército exonerou dos postos de comando dois militares que foram alvos da operação da Polícia Federal, deflagrada na semana passada, que investiga a organização de um golpe de Estado. As exonerações, assinadas pelo comandante do exército, general Tomás Paiva, foram publicadas hoje no “Diário Oficial da União”. Os militares são:

  • o tenente-coronel Guilherme Marques de Almeida, que deixa o comando do 1º Batalhão de Operações Psicológicas em Goiânia
  • o tenente-coronel Hélio Ferreira Lima, que deixa o posto de comandante da 3ª Companhia de Forças Especiais em Manaus

De acordo com as investigações da Polícia Federal, o grupo investigado — que abrange militares, o ex-presidente Jair Bolsonaro e políticos de seu entorno — se articulou para minar a credibilidade das instituições e promover um golpe de Estado, com o objetivo de manter Bolsonaro no poder.

Segundo a PF, o grupo investigado se dividiu em dois “eixos”, ou núcleos de atuação para tentar minar o resultado das eleições 2022. O primeiro “eixo” era voltado a construir e propagar informações falsas sobre uma suposta fraude nas urnas, apontando “falaciosa vulnerabilidade do sistema eletrônico de votação”.

“[…] Discurso reiterado pelos investigados desde 2019 e que persistiu mesmo após os resultados do segundo turno do pleito em 2022”, pontua a Polícia Federal.

O segundo “eixo”, por sua vez, praticava atos para subsidiar a abolição do Estado Democrático de Direito – ou seja, para concretizar o golpe. Essa etapa, de acordo com as investigações, tinha o apoio de militares ligados a táticas e forças especiais.