FMO - Processo Seletivo 2024

Comsefaz: Apenas dez estados elevaram o ICMS, e Pernambuco foi o que mais aumentou

Levantamento do Comitê Nacional de Secretários Estaduais da Fazenda (Comsefaz) divulgado nesta sexta (5) pelo jornal O Globo confirma: apenas nove estados e o Distrito Federal elevaram o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em 2024. Pernambuco teve o maior incremento – de 2,5 pontos percentuais –, o que faz da gestão de Raquel Lyra (PSDB) e Priscila Krause (Cidadania) a que mais aumentou a carga tributária na história recente do Estado. Além de afetar a competitividade, a medida isolou Pernambuco em relação à falta de justiça fiscal, já que outros 17 estados mantiveram ou diminuíram o ICMS.

No mês passado, o Espírito Santo revogou o aumento do tributo que havia conseguido aprovar na Assembleia Legislativa. No Rio Grande do Sul, o projeto foi retirado de pauta depois da sinalização de que os deputados estaduais rejeitariam o texto. Em São Paulo, também houve desistência do Poder Executivo. Esses movimentos ocorreram porque a Reforma Tributária, aprovada em dezembro pelo Congresso Nacional, deixou de prever a média de arrecadação dos estados nos próximos cinco anos como base para a partilha de receitas até 2077, o que derrubou o principal argumento dos governos estaduais para elevar o ICMS em 2024.

Em Pernambuco, estudo da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio) prevê uma redução de 8,4% nas vendas de hipermercados, supermercados e gêneros alimentícios com a entrada em vigor da nova alíquota do ICMS, de 20,5%, na última segunda-feira (1º), afetando, sobretudo, bens não duráveis (alimentos e bebidas) e semiduráveis (vestuários e calçados). A entidade tem feito apelos pela revogação do aumento, juntamente com a Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe), a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Pernambuco (FCDL), o Grupo Atitude, políticos e outras instituições.

Para o deputado Sileno Guedes (PSB), que, em dezembro, enviou ofício à governadora Raquel Lyra (PSDB) pedindo a revogação do aumento do ICMS, levantamentos como o divulgado hoje mostram a necessidade de o governo ser sensível ao cenário que se apresenta. “O ranking mostra Pernambuco isolado na dianteira, como estado que praticou o maior aumento em um imposto universal, que impacta o consumo de todas as pessoas, sobretudo as que têm renda menor. Há estudo estimando queda nas vendas do comércio. Vários estados recuaram nessa medida. Ou seja, quem está governando Pernambuco precisa ter a grandeza de observar esse cenário e tomar uma atitude, que é um pleito das entidades e da sociedade de forma geral”, avalia Sileno.

Se o leitor não conseguiu acompanhar a entrevista com o cantor e compositor Guilherme Arantes ao quadro “Sextou”, do programa Frente a Frente, ancorado por este blogueiro e exibido pela Rede Nordeste de Rádio, não se preocupe. Clique aqui e confira. Está incrível!

O Globo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou havia um “pacto” entre o ex-presidente Jair Bolsonaro, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, a Polícia do Distrito Federal e a Polícia do Exército durante os ataques a Brasília no dia 12 de dezembro de 2022. Na data da diplomação de Lula no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), houve queima de veículos e tentativa de invasão da sede da Polícia Federal.

Além desta ação, houve um atentado frustrado a bomba nos arredores do aeroporto de Brasília, na véspera do Natal daquele ano. O movimento escalou e, em oito de janeiro do ano passado, houve a invasão às sedes dos três Poderes.

“Tinha havido aquela atuação canalha que envolveu inclusive gente de Brasília, quando tacaram fogo em ônibus no dia em que fui diplomado. Eu estava no hotel assistindo a eles queimando ônibus, carros, e a polícia acompanhando sem fazer nada. Havia na verdade um pacto entre o ex-presidente da República (Jair Bolsonaro), o governador de Brasília (Ibaneis Rocha) e a polícia, tanto a do Exército quanto a do DF (Distrito Federal). Isso havia, inclusive com policiais federais participando. Ou seja, aquilo não poderia acontecer se o Estado não quisesse que acontecesse”, afirmou Lula ao O Globo, hoje, ao responder a um questionamento sobre o marco de um ano dos ataques de 8 janeiro.

A atuação de militares e integrantes da Polícia Militar do DF na trama golpista está sendo investigada. A Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou uma denúncia contra sete integrantes da PM – eles estão presos preventivamente.

Lula afirmou que temia que alguma tentativa golpista pudesse ocorrer na sua posse, em 1º de janeiro, especialmente após os episódios de dezembro.

“Não tinha visto o que eu vi aqui. Foi uma coisa inusitada, depois de uma eleição… Eu imaginava que eles tentassem fazer alguma coisa na posse. Acho que eles ficaram com medo porque havia muita gente”, afirmou Lula.

‘Não tive as informações corretas’

Ao recordar os primeiros dias do terceiro mandato, Lula revelou incômodo com os acampamentos que persistiam em frente aos quartéis e afirmou que antes de viajar para Araraquara (SP), onde estava na data do ataque, conversou com o ministro da Defesa, José Múcio, e disse não ter recebido as informações corretas sobre o risco dos ataques.

“Antes de viajar para São Paulo, conversei com o ministro Múcio, ele disse que estava tranquilo, que as pessoas iam sair. Viajei tranquilo. Não me passava pela cabeça que eu ia ser pego de surpresa com aquela manifestação. Sinceramente, não tive as informações corretas que tinha possibilidade de acontecer aquilo. Tinha informação de que acampamentos estavam acabando, mas depois tive informação que, no sábado, começou a chegar gente de ônibus nos acampamentos. Não imaginei que pudessem chegar à invasão”, disse o presidente.

Durante os ataques às sedes dos três poderes em Brasília, Lula estava em Araraquara, interior de São Paulo, visitando a cidade que havia sofrido com estragos de uma tempestade. Foi na sede da prefeitura, comandada por Edinho Silva (PT-SP), que Lula traçou a estratégia de reação do governo federal. Do local, Lula falou com auxiliares, ministros e integrantes do Supremo. À noite, Lula retornou a Brasília e visitou o Palácio do Planalto para ver os estragos. O presidente avalia que os ataques de 8 de janeiro devem servir de exemplo para as pessoas “levarem a sério a democracia”

“Nós precisamos levar muito a sério o significado da palavra democracia. Democracia é o direito de a gente divergir, discordar, falar o que quer desde que respeite os direitos dos outros e as instituições que nós criamos para garantir a própria democracia”, afirmou.

Lula afirmou ainda “nunca ter vivido” algo semelhante e lembrou onde estava quando soube do Golpe Militar de 1964. “Olha, eu nunca tinha vivido um episódio como esse. Estava dentro da Metalúrgica Independência, na Vila Carioca, quando eu recebi a notícia do golpe militar de 1964. Naquele tempo as pessoas mais velhas que trabalhavam comigo falavam assim: ‘Ah, os militares vão dar jeito no Brasil, acabou com comunismo no Brasil.’ Era isso eu que eu via em abril de 1964, em 31 de março. Lembro como se fosse hoje, a gente tinha parado para almoçar, eu comia de marmita, quando a notícia apareceu na fábrica”, disse.

Na próxima segunda-feira, data que marca um ano dos ataques, haverá uma cerimônia no Congresso Nacional para lembrar o acontecimento. Lula se empenhou pessoalmente em convidar lideranças do Senado, da Câmara e governadores para o ato e pediu a presença de todos os ministros.

Petrolina - Bora cuidar mais

O primeiro Sextou do ano traz, logo mais, às 18h, o cantor, compositor e pianista Guilherme Arantes, de tantos sucessos consagrados no Brasil e no exterior, como ‘Cheia de charme’, ‘Meu mundo e nada mais’, ‘Um dia, um adeus’ e ‘Planeta Água’. 

O programa vai ao ar das 18 às 19 horas pela Rede Nordeste de Rádio, formada por mais de 40 emissoras em Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Bahia, tendo como cabeça de rede a 102.1 FM, no Recife. 

Se você deseja ouvir pela internet, clique no link do Frente a Frente em destaque acima ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio na play store.

Ipojuca - App 153

A ex-prefeita Madalena Britto (PSB) usou suas redes sociais, na tarde de hoje, para reafirmar sua pré-candidatura à Prefeitura de Arcoverde. Nos últimos dias, aliados as pré-candidatura do ex-deputado Zeca (Podemos) e do atual prefeito Wellington (MDB) vinham tentando plantar notícias em contrário, algo que foi refutado veementemente pela socialista, demonstrando que a pré-candidatura da socialista mexeu fortemente no tabuleiro de 2024. O comentário foi feito durante andanças de Madalena pela cidade, registrado em encontro com populares.

“Arcoverdenses queridos, nossa caminhada como pré-candidata à prefeitura está mais forte do que nunca! Estamos aqui para ouvir cada voz, sentir cada pulso da nossa amada cidade… Ninguém pode segurar a força da transformação que juntos almejamos para Arcoverde e nossa pré-candidatura nasceu exatamente da vontade do povo. Os que falam em contrário, temem a verdadeira mudança”, disse Madalena.

A socialista, ao defender que sua pré-candidatura nasceu da vontade popular, afirma que irá escrever um novo capítulo para o município. ela prega a participação população, a transparência e a construção de pontas para superar os desafios que o município atravessa no momento, convocando para mudar Arcoverde.

“Juntos, somos mais fortes. Juntos, construímos pontes, superamos desafios e escrevemos um novo capítulo para Arcoverde. A Mudança Começa Agora, e você faz parte dessa história! Sua voz importa, suas ideias contam, e sua participação é fundamental. Vamos construir, juntos, o futuro que Arcoverde merece. Estou pronta para caminhar junto com você. Vamos mudar Arcoverde”, finaliza Madalena.

Citi Hoteis

A Praça das Corujas, localizada no bairro Nossa Senhora da Conceição, em Paulista, foi implantada em função da preservação ambiental das corujas da espécie ‘buraqueira’ que habitam o local. Foram construídas áreas de preservação em círculos para manter os ninhos existentes. Um monumento de escultura em madeira foi fixado em reverência as corujas, onde os olhos delas são de luzes de led’s e acendem.

O novo espaço de convivência também possui uma pista de cooper, parque, mesas para jogos, equipamentos de ginástica, postes decorativos, banheiros, além de calçadas com acessibilidade. A Secretaria de Infraestrutura foi a responsável pelo projeto e construção do equipamento.

“O trabalho foi todo montado para não prejudicar a preservação das corujas que não saíram do local. Quem passa pela praça, vez por outra, tem a oportunidade de contemplar as aves. Elas costumam aparecer no início da manhã e no final da tarde. Os ninhos foram todos localizados e em cada um deles existe uma área de preservação com um raio de 5 metros em torno e a vegetação natural permaneceu. A inauguração da praça está prevista para o final do mês de janeiro”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Lídio Valença.

Cabo de Santo Agostinho - Refis 2023

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL) anunciou a liberação de R$ 5,5 milhões, frutos de suas emendas parlamentares para municípios pernambucanos. Em reunião com o superintendente da Codevasf, Edilazio Wanderley, em Petrolina, o deputado oficializou os investimentos. Entre as ações, estão obras de infraestrutura, pavimentação asfáltica e compra de equipamentos para os trabalhos agrícolas em diversas comunidades rurais, através de associações de produtores de municípios do Agreste Meridional.

“É bom iniciar o ano garantindo investimentos do nosso mandato para os municípios. Essas ações começarão a ser efetivadas nos próximos 15 dias, com a distribuição dos equipamentos, como retroescavadeiras, caminhões pipa e caminhões caçamba. Em seguida, serão executadas as obras de infraestrutura e perfuração de poços artesianos. Vamos seguir trabalhando para fazer o dinheiro chegar na ponta, para quem mais precisa”, destacou Fernando Rodolfo.

Caruaru - Geracao de emprego

Folha de São Paulo

A governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, do PSDB, vai participar da cerimônia, na próxima segunda-feira (8), que marcará um ano dos ataques golpistas contra as sedes dos três Poderes em Brasília, em mais um aceno em direção ao governo Lula (PT).

Ela ainda não liberou a agenda, mas interlocutores próximos à tucana confirmam que ela participará do ato no Congresso Nacional, na tarde de segunda. Em meio a desgastes na articulação política do Estado, a governadora tem se aproximado do petista, após ficar neutra na disputa eleitoral de 2022. Ao mesmo tempo, há rumores de que Raquel Lyra pode trocar de partido para integrar uma legenda da base do governo Lula.

Belo Jardim - Patrulha noturna

A primeira-dama, Janja da Silva, visitou, na tarde de hoje, a Praça dos Três Poderes, em Brasília. Durante o passeio, ela criticou o estado de conservação do local. “Não é possível o principal, vamos falar, ponto turístico de Brasília, que é a Praça dos Três Poderes e, agora em janeiro, final de ano, todo mundo vem conhecer, está abandonada”, disse.

A primeira-dama caminhou até a praça, em frente ao Palácio do Planalto. Janja passou pelo local e retornou em seguida ao palácio, quando conversou com jornalistas. As informações são do portal G1.

A primeira-dama afirmou que, após pedido da ministra da Gestão, Esther Dweck, o governo do Distrito Federal fez o corte da grama na área que, segundo Janja, já estava “a meio metro de altura”. Ela também disse que buscará esforços para recuperação do local.

“Vamos recuperar a praça porque a Praça dos Três Poderes é um símbolo da democracia. E ela precisa estar apresentável para os turistas que vem”, afirmou.

A manutenção do espaço de responsabilidade do governo do Distrito Federal. Em fevereiro do ano passado, o governo local apresentou para análise do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) uma proposta para reforma do piso da Praça dos Três Poderes. No entanto, até junho do ano passado, o plano não tinha sido aprovado.

Vitória Reconstrução da Praça

Pelo segundo ano consecutivo, o presidente Lula (PT) e o vice Geraldo Alckmin (PSB) não irão ao Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, que será realizado entre os dias 15 e 19 de janeiro de 2024. A possível ausência de Lula havia sido adiantada pelo colunista do Metrópoles Igor Gadelha e foi confirmada pelo Palácio do Planalto hoje.

Enquanto isso, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, ainda avalia a ida. Na edição de 2023, ele e a ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, foram os representantes do governo Lula no evento. As informações são do portal Metrópoles.

Haddad está de férias até 12 de janeiro, mas vai interromper o período de descanso entre os dias 8 e 9 de janeiro, para participar do ato alusivo ao primeiro ano das invasões golpistas de 8 de Janeiro, em Brasília. A presença de todos os 38 ministros no evento foi uma demanda de Lula.

No ano passado, a invasão às sedes dos Três Poderes transformou a presença do Brasil em uma das mais aguardadas pela elite política internacional. A comunidade internacional era crítica ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e deposita confiança em Lula no que se refere à pauta ambiental.

Neste ano, porém, Haddad se vê às voltas com a agenda econômica e as negociações com o Congresso Nacional. Uma crise contratada na virada do ano envolve a reoneração da folha de pagamentos, em uma queda de braço que coloca a Fazenda de um lado e empresas e sindicatos de outro.

Além dos auxiliares de Lula, também é comum que o fórum conte com a presença de governadores. No ano passado, o recém-eleito Tarcísio de Freitas (Republicanos), de São Paulo, e os governadores do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), e do Pará, Helder Barbalho (MDB).

Por Antônio Campos*

Temos denunciado o escancarado uso da máquina, pelo prefeito de Olinda, Professor Lupércio, em favor da sua pré-candidata Mirella, a Marajá de Olinda. Contudo, ele agora persegue também os humildes e os que tentam uma vida nova.

Lamentamos saber que os reeducandos que deram entrevista na Rede Globo, como no vídeo acima, foram demitidos por apenas reivindicar os seus salários atrasados, embora estejam trabalhando sem receber por 3 meses.

São gestos como esse que se conhece o caráter de um homem, como o do prefeito Lupércio. Esse é o prefeito que se diz evangélico e humilde?

*Advogado e escritor

Caro Magno,

Estou passando esta semana na Ilha de Itamaracá e posso afirmar que a situação está uma vergonha. Um desafio a saúde. Montanhas de lixo em todas as ruas, canais e praias. Não existe coleta de lixo pela Prefeitura desde o Natal. Ninguém vê um caminhão de lixo, nem por um milhão de reais. A Ilha está abandonada.

Também falta água nas torneiras, a rede de iluminação pública não funciona e a escuridão aumenta a insegurança. As ruas estão com poças enormes de água. Em alguns lugares, a máquina de asfalto não passa há anos. A verdade é que esse e os Governos anteriores abandonaram o Litoral Norte.

É uma pena que uma das mais bonitas praias do Nordeste, com beleza natural imbatível, história, excelente para a prática de esportes náuticos e áreas fantásticas para turismo náutico e ecológico, se encontre nesta situação.

Duvido que uma maravilha da natureza como é a Ilha de Itamaracá, em qualquer outro estado do Brasil, e principalmente do Nordeste, estivesse na lamentável situação de abandono em que se encontra. Lamentável!

O prefeito de Bonito, Gustavo Adolfo, publicou um vídeo, em suas redes sociais, repudiando a saída de uma linha de produção da multinacional Yazaki do município. Segundo o prefeito, a linha está se transferindo para Aracaju e a responsabilidade pela saída da cidade é do Sindicato dos Metalúrgicos de Pernambuco. Confira!

Vinte novos leitos de retaguarda em traumato-ortopedia foram abertos no Hospital e Maternidade Santa Maria, localizado no município de Araripina, na última terça-feira. Os novos leitos são voltados para o atendimento cirúrgico de pacientes adultos, com quadros agudos ou crônicos e foram recebidos por um convênio com a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE).

“A entrega ajuda na diminuição do número de transferências para as unidades de saúde da capital e vai atender as regiões do Estado, principalmente a IV Macrorregião (VII, VIII e IV Geres). O Estado está contratualizando a partir de agora 20 novos leitos de retaguarda para ortopedia que vão ajudar na região, além de cooperar com as cirurgias do Programa Cuida PE para diminuir a demanda reprimida por cirurgias ortopédicas. O investimento foi de mais de R$ 5 milhões de reais do tesouro do Estado de Pernambuco, seguindo o nosso propósito de cuidar da população pernambucana”, destaca a secretária estadual de Saúde, Zilda Cavalcanti.

A abertura destes novos leitos fortalece o Sistema Único de Saúde (SUS) e proporciona que os moradores do Sertão do estado contem com uma melhor assistência à saúde, mais direcionada e resolutiva, principalmente para essa especialidade. Atualmente o Hospital e Maternidade Santa Maria conta com 303 leitos para atender toda a IV Macrorregião de Saúde, distribuídos em diversas especialidades, sendo 40 leitos de UTI (20 Adulto e 20 pediátricos).

Além disso, há 26 leitos materno-infantil, 52 leitos de clínica médica, sendo 40 de retaguarda, seis leitos de saúde mental e 31 leitos de clínica cirúrgica. A unidade, que tem 57 anos de assistência à população do Araripe, também realiza 130 cirurgias mensais vinculadas ao programa Cuida PE, estratégia do Governo de Pernambuco voltada para redução do tempo de espera por cirurgias, consultas e exames.

“Há casos de pacientes que ficam internados aguardando exames para realização de cirurgias, assim como pacientes de casos crônicos. Esses leitos significam uma grande conquista, não somente para a Região do Araripe, como para a IV Macro, abrangendo 25 municípios. A gestão estadual vem trabalhando fortemente para promover a regionalização dos serviços de saúde da região”, afirmou a diretora do Instituto Social das Medianeiras da Paz, irmã Fátima Alencar.

Estadão

O ano de 2024 será de articulações para a definição dos nomes na disputa pelo comando das duas Casas do Congresso Nacional, que ocorre no início de 2025. Na Câmara dos Deputados, há ao menos três candidatos já colocados, com o desafio do atual presidente Arthur Lira (PP-AL) de manter relevância na escolha do sucessor, evitando o que ocorreu com o antecessor, Rodrigo Maia, que demorou a articular a candidatura de um aliado e foi atropelado pelo próprio Lira em 2021.

No Senado, por sua vez, o ex-presidente Davi Alcolumbre (União-AP) despontou primeiro como candidato, com o apoio de Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e agora tenta se consolidar como favorito. Nos dois casos, o governo federal acompanha a disputa de perto, mas evitando acenos mais diretos, para afastar as consequências de um passo em falso que possa colocar desafetos no comando das Casas do Legislativo.

A avaliação no Congresso é de que 2024 será decisivo para o futuro de Arthur Lira. A capacidade do deputado alagoano de controlar a própria sucessão, para manter influência interna, será testada. Segundo apurou o Broadcast/Estadão, o parlamentar tem dito a interlocutores que só quer discutir a eleição para a presidência da Câmara, que ocorrerá em fevereiro de 2025, depois de agosto. Mas os próprios aliados admitem que a disputa avança nos bastidores, mesmo contra a vontade de Lira.

O ano de 2023 terminou com três pré-candidatos em plena campanha pelo cargo: o líder do União Brasil, Elmar Nascimento (BA), favorito de Lira; o primeiro vice-presidente da Casa, Marcos Pereira (Republicanos-SP); e o líder do PSD, Antonio Brito (BA). O deputado Isnaldo Bulhões (AL), que lidera a bancada do MDB, também é citado, mas até agora não entrou completamente na corrida pela cadeira de presidente da Câmara.

Se conseguir eleger seu sucessor, Lira sairá fortalecido politicamente, dizem integrantes do Congresso. O deputado alagoano quer manter sua influência na Câmara para concorrer ao Senado em 2026, quando a vaga de seu maior rival político, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), estará em jogo. A aproximação com o governo Lula é parte dessa estratégia, avaliam interlocutores de Lira.

Alguns membros do Congresso dizem que a vontade de Lira é comandar um ministério quando deixar a presidência da Câmara em 2025. Mas outros afirmam que o maior trunfo do deputado alagoano seria manter influência interna na Casa legislativa. Há quem tenha visto o movimento do parlamentar para turbinar as emendas de comissão – serão R$ 16,6 bilhões em 2024 – como um indicativo de que ele deseja presidir a Comissão Mista de Orçamento (CMO).

O Governo de Pernambuco fará uma homenagem inédita a três grandes vozes da cultura pernambucana no Carnaval 2024: Alceu Valença, Claudionor Germano e Lia de Itamaracá. Ícones da festa e cantores reverenciados no mundo todo, Claudionor Germano e Lia de Itamaracá são Patrimônios Vivos do Estado. Alceu Valença, por sua vez, é detentor da Medalha da Ordem do Mérito Guararapes, título concedido ao artista pela sua representatividade na cultura pernambucana.

“O Carnaval de Pernambuco deste ano será uma linda e grande festa que vai reverenciar a história de artistas que contribuem para Pernambuco, para o Brasil e para o mundo. Lia de Itamaracá, Claudionor Germano e Alceu Valença representam o encanto na nossa cultura e vão abrilhantar ainda mais o nosso Carnaval, assim como fizeram em todas as suas trajetórias. Por isso me sinto muito feliz e honrada por ter feito esse convite e por eles terem aceitado serem os grandes homenageados”, destacou a governadora Raquel Lyra.

Para Cacau de Paula, secretária estadual de Cultura, os três homenageados são responsáveis por elevar e fortalecer o nome e a imagem de Pernambuco. “Quando pensamos nas vozes do Carnaval de Pernambuco é inevitável lembrar destes três artistas, nomes que representam não só a cultura popular como a música pernambucana das últimas décadas. Artistas que levam o nome do nosso Estado para todas as partes do mundo e que enchem o coração do nosso povo com canções que fazem parte da nossa história e da memória coletiva”, observou.

A presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Renata Borba, ressaltou que o trabalho dos artistas é um legado para a cultura. “É importante destacar que Claudionor e Lia são Patrimônios Vivos do Estado, assim como Alceu é comendador de Pernambuco, o que por si só já demonstra a força de suas artes. Neste ano, serão reverenciados pelo governo estadual como representantes da nossa cultura que merecem reconhecimento e respeito”, disse.

Tomei um café, há pouco, na loja de conveniência do posto Cruzeiro, em Arcoverde, com o juíz Mozart Valadares Pires, ex-presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros. Ele está a caminho de São José do Egito para o encontro anual da família Valadares. Entre os que estarão presentes, o prefeito Evandro Valadares e o ex-prefeito de Afogados da Ingazeira, Totonho Valadares, ambos do PSB.

Antes de pegar a estrada, Mozart adquiriu mais um exemplar do livro ‘O Estilo Marco Maciel’, para presentear um amigo em São José. Disse que já leu, gostou muito e que está recomendando como leitura nessas férias de janeiro a muitos amigos do mundo jurídico. 

À propósito, o estoque do ponto de venda no posto Cruzeiro em Arcoverde já está renovado, mais uma vez. Aqui e o posto Cruzeiro de Tacaimbó batem recorde de venda da biografia de Marco Maciel.