FMO - Processo Seletivo 2024

Ouça agora o Sextou em homenagem a Orquestra Super Oara

Se o leitor não conseguiu acompanhar a entrevista com Elaque Amaral, vocalista e pianista da Orquestra Super Oara, ao quadro “Sextou”, do programa Frente a Frente, ancorado por este blogueiro e exibido pela Rede Nordeste de Rádio, não se preocupe. Clique aqui e confira. Está incrível!

A Aena, administradora do Aeroporto Internacional do Recife Guararapes Gilberto Freyre e a Gol Linhas Aéreas foram condenadas solidariamente pelas 1ª e 2ª Instâncias do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) a pagarem indenização no valor de R$ 8 mil a duas passageiras. De acordo com a decisão judicial, a falha na iluminação na pista forçou o voo que partiu de Guarulhos com destino ao Recife a pousar em Natal, obrigando as viajantes a ficarem retidas dentro do avião por uma hora. Além disso, tiveram que completar o trajeto por via terrestre, o que resultou no atraso de 12 horas.

“A falha na iluminação da pista, consequência da manutenção inadequada realizada pela Aena, torna as empresas responsáveis pelo ocorrido. Destaque pela pontualidade, o Aeroporto do Recife precisa estar atento a todas as situações. As concessionárias de serviço público estão sujeitas às leis do Código de Defesa do Consumidor. É necessário ter mais zelo com o cliente.  Pelo lado da Gol, a empresa prestou péssimo atendimento nos quesitos assistência e informação”, explicou o advogado das passageiras Gabriel de Brito Nunes. Ainda de acordo com ele, a condenação tem função educativa, já que reforça a responsabilidade na melhoria dos serviços prestados aos consumidores.

A defesa da Aena argumentou a inexistência de qualquer dano indenizável, já que o fechamento da pista teria decorrido de força maior (queda do sistema de sinalização da pista/pane elétrica), e que, como concessionária de serviço público, não se aplica o Código de Defesa do Consumidor. Por sua vez, a Gol explicou que o ocorrido configura culpa de terceiro e que foi fornecido deslocamento via terrestre de Natal a Recife, com toda a assistência devida.

As decisões do TJPE são claras: a falha no sistema de sinalização da pista não pode ser enquadrada como força maior (excludente de responsabilidade civil), já que tal manutenção cabe à concessionária que explora economicamente a infraestrutura aeroportuária e que não há uma justificativa razoável para explicar o fato de que o transporte não tenha sido realizado integralmente pela via aérea, tal como contratado. Por essas razões, a Aena e a Gol foram condenadas solidariamente a pagarem a indenização de R$ 8 mil a cada autora, a título de indenização por danos morais.

O futuro ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, pode ter, na próxima segunda-feira, sua primeira reunião de trabalho com o antecessor no cargo, Flávio Dino, para discutir as estratégias da pasta que irá comandar. A nomeação de Lewandowski deve ser publicada nesta segunda. No entanto, ele só vai tomar posse em fevereiro, e com uma campanha publicitária pronta para ir ao ar, divulgando as principais ações do governo na área da segurança pública. As informações são do blog do Valdo Cruz

O encontro entre Lewandowski e Flávio Dino vai acontecer na semana que vem, quando o novo ministro da Justiça começa a fazer uma transição na pasta. A princípio, a reunião pode ser um jantar na segunda, mas os dois ainda estão acertando a data certa. Lewandowski já está fechando os principais nomes de sua futura equipe: Ana Neves como chefe de gabinete, Manoel Carlos Neto como secretário-executivo e Mário Sarrubbo na Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Em relação à campanha publicitária, o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta, que já havia revelado que o governo estava preparando as peças, disse que as publicidades já estão em produção e devem estar prontas nos próximos dias. O material servirá para mostrar que Lewandowski já vai receber um ministério com ações que, na avaliação do governo, foram bem-sucedidas no combate ao crime organizado e ao crime ambiental na Amazônia.

A campanha visa combater mensagens de opositores nas redes sociais divulgando que a crise da segurança pública só fez piorar depois que o presidente Lula assumiu o governo. O objetivo é mostrar que operações realizadas desde a posse do petista mostram aumentos na apreensão de drogas e armas, com base em trabalhos de inteligência.

Petrolina - Bora cuidar mais

Criada em 1958 em Arcoverde, Sertão do Estado, a 250 km do Recife, pelo trombonista Beto, que virou maestro e, com o tempo, uma lenda, hoje com 92 anos,  a Orquestra Super Oara será homenageada no “Sextou” de logo mais, às 18h. Um dos dez herdeiros do herói sertanejo, o múltiplo artista Elaque Amaral, vocalista e pianista, gravou uma bela entrevista para o programa.

O “Sextou” é um programa musical, ancorado por mim, que vai ao ar todas as sextas-feiras, das 18 às 19 horas, pela Rede Nordeste de Rádio, formada por 48 emissoras em Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Bahia, tendo como cabeça de rede a 102.1 FM, no Recife.

Se você deseja ouvir pela internet, clique no link do Frente a Frente acima em destaque ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio na play store.

Ipojuca - App 153

No tatame, Renata Sales encanta com sua performance, mas é fora dele que aprendeu a superar desafios, nos proporcionando uma valiosa lição sobre o verdadeiro espírito de um campeão.

Confeccionando trufas pessoalmente, Renata dedicou-se a custear seu sonho de representar o Brasil no campeonato europeu de jiu-jitsu, em Paris. Sua história chegou a Antonio Souza, empresário sertanejo cuja história de superação encanta a todos, resultando em um gesto generoso: Antonio assumiu todas as despesas de Renata, garantindo que sua jornada não incluísse mais vender trufas nas ruas.

Antonio Souza, conhecido por seu apoio a atletas, já havia proporcionado a Keiver Nogueira a oportunidade de representar o Brasil em competições internacionais, custeando suas despesas. Mesmo enfrentando desafios, como uma contusão no pé, Keiver trouxe para casa a taça de 3º lugar das Américas, assegurando sua vaga no mundial no Japão em 2024.

Diante dessas inspiradoras histórias, Renata Sales está prestes a realizar seu grande sonho, contando com o apoio incansável de Antonio Souza. Independentemente dos resultados, para Antonio, todos são campeões na vida real. “O importante é estender a mão para transformar histórias individuais e oferecer oportunidades”, diz o empresário.

Citi Hoteis

Jornal O Poder

O presidente Lula fez um gesto às Forças Armadas, órgão em que busca aproximação desde o início de seu terceiro mandato. De acordo com o petista, é preciso agradecer a atuação do Exército na proteção ambiental em algumas regiões do País, tal como o trabalho na Escola de Sargentos das Armas, no Recife.

“Eu sei da vocação e da capacidade de luta dos nossos ambientalistas. Sei de tudo isso, mas o que a gente tem que fazer é agradecer alguma coisa. Se não fosse o Exército ter essa área, ainda teria alguma árvore aqui ou seria tudo transformado em favela e ocupação desordenada, comentou. A declaração ocorreu hoje em evento referente à Escola de Sargentos das Armas.

A região onde está localizada a escola é contestada por ambientalistas. No ano passado, o grupo procurou o Ministério do Meio Ambiente para barrar a construção da obra. No debate, o cálculo feito por ecologistas envolvia o desmate de cerca de 150 hectares no Campo de Instrução Marechal Newton Cavalcanti (CIMNC), uma área de 12 mil hectares na cidade de Paudalho, na zona da mata.

Ao ressaltar que o empreendimento seria de quase R$ 2 bilhões, o ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, declarou que a Escola de Sargentos de Pernambuco “marcará a região como importante polo de formação de recursos humanos para o Exército Brasileiro” e indicando que a ESA teria um “profundo alcance social na nossa região” que a garantia de novas obras nos espaços próximos ao empreendimento. “Somente a folha de pagamento dos militares injetará R$ 200 milhões por ano na economia”, indicou José Múcio como uma das vantagens da Escola de Sargentos no Estado. Lula também participou da cerimônia de troca de comandante do Comando Militar do Nordeste.

Cabo de Santo Agostinho - Refis 2023

O processo de definição do candidato do grupo do prefeito Evandro Valadares (PSB), em São José do Egito, continua na estaca zero. Os dois pré-candidatos naturais – o vice-prefeito Ecleriston Ramos (PSB) e o atual prefeito de Ouro Velho, Augusto Valadares (União Brasil) – jogaram a toalha.

Segundo o blog de Marcelo Patriota, o vice-prefeito elencou motivos pessoais, familiares e profissionais. Já Augusto alegou ter sido rifado da disputa pelo secretário de Saúde, Paulo Jucá, genro do prefeito. A rusga entre o grupo de Paulo e Augusto ficou pública nos últimos meses. No caso de Augusto, mesmo este afirmando que não seria mais candidato, ainda resta uma pequena possibilidade no seu retorno à disputa, caso sejam resolvidos os problemas familiares.

Caruaru - Geracao de emprego

O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Álvaro Porto, comemorou, hoje, o anúncio da construção da Escola de Sargentos do Exército em Pernambuco. A cerimônia de assinatura do termo de compromisso aconteceu na sede do Comando Militar do Nordeste e contou com a presença do presidente Lula, que cumpriu agenda de dois dias no estado. Assinaram o documento o ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, a governadora Raquel Lyra e o Comandante do Exército, General Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva.

“A Escola de Sargentos é uma aquisição de grande importância para Pernambuco. É um investimento que vai injetar quase R$ 2 bilhões na economia, gerando 10 mil empregos diretos e outros 17 mil indiretos no Estado. Além disso, vai criar um ambiente de formação humana, com geração de conhecimento para 6,2 mil pessoas que vão residir numa Escola cuja folha de pagamento girará em torno de R$ 250 milhões por ano. Ou seja, trata-se de um empreendimento que trará oportunidades e desenvolvimento econômico e social para Pernambuco”, disse Álvaro Porto.

O deputado já anunciou, inclusive, que apresentará projetos de resolução propondo a concessão da Medalha Joaquim Nabuco ao ministro José Mucio Monteiro, e o título de cidadão pernambucano ao General Tomás, em reconhecimento ao esforço dos dois para trazer a Escola de Formação de Sargentos para Pernambuco. Os projetos serão encaminhados à Mesa Diretora retomada dos trabalhos da Alepe, em fevereiro.  

Belo Jardim - Patrulha noturna

A Secretaria de Saúde de Brejo da Madre de Deus divulgou os resultados quantitativos referentes ao ano de 2023. Foram mais de 400 mil atendimentos nos diversos setores da saúde, superando as metas estabelecidas. Um dos setores que se destacou foi o de Saúde Bucal, que atendeu 15.270 pacientes na atenção básica, com 46.098 procedimentos realizados; e realizou 118.650 procedimentos no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO).

O Hospital José Carlos de Santana realizou 7.625 exames de raio-x, 334 internamentos e, somando todas as formas de atendimento, alcançou a marca de 60.030 atendimentos, sendo 52.071 atendimentos de urgência. O Hospital Teófilo Sales Asfora, habilitado em 2023, superou as expectativas ao registrar 50.765 atendimentos, dos quais 16 partos foram realizados na unidade. A Policlínica Jerônimo César Tavares Brejo Sede realizou 7.983 consultas e exames nas diversas especialidades de ginecologia, cardiologia, nutrição, psicologia, psiquiatria, neurologia, pediatria, fonoaudiologia, pré-natal de alto risco, ultrassonografia e ecocardiograma.

O sucesso do AME – Atendimento Multiprofissional Especializado também merece destaque, com mais de 10.000 atendimentos em Brejo Sede e São Domingos, nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, psicologia, nutrição e assistência social. O AME é destaque no estado de Pernambuco, oferecendo um atendimento integral e humanizado aos pacientes com deficiência ou necessidades especiais.

Vitória Reconstrução da Praça

O PSOL Pernambuco inicia 2024 com novo presidente. O dirigente Samuel Herculano toma posse da presidência do diretório estadual no lugar de Tiago Paraíba, que passará a ser tesoureiro do PSOL Nacional. Samuel é formado em Educação Física e cumpre importante papel na legenda desde 2007. “Assumo a missão pelos próximos três anos cheio de metas. Uma delas é a ampliação psolista no estado. O partido foi o que mais cresceu no país em 2023. Temos que fortalecer os quadros existentes e trabalhar para nas próximas eleições municipais ocupar as câmaras legislativas com ainda mais força. O PSOL Pernambuco deverá apresentar candidaturas em mais de 40 municípios, do litoral ao sertão”, disse Samuel.  

Durante sua passagem por Pernambuco, o presidente Lula (PT) recebeu a direção estadual do PT, no hotel em que ele ficou hospedado. O objetivo do encontro foi debater o posicionamento da legenda nas eleições municipais deste ano no Estado. Se reuniram com Lula o deputado federal Carlos Veras, a senadora Teresa Leitão e o presidente estadual do partido, deputado Doriel Barros.

O grupo discutiu com Lula o cenário nos municípios de Recife, Caruaru, Petrolina, Jaboatão, Paulista, Serra Talhada, entre outros. Após o encontro, o deputado Carlos Veras informou que o PT não desistirá de estar na majoritária no Recife. Com esta decisão, cabe a própria legenda decidir quem será indicado para a avaliação do prefeito João Campos (PSB). Além de Veras, o assessor especial da Secretaria de Relações Internacionais, Mozart Sales, e a vereadora do Recife Liana Cirne, também estão na disputa.

No segundo dia da visita a Pernambuco, o presidente Lula (PT) acompanhou, hoje, a assinatura do Termo de Compromisso entre o Exército e o governo do estado para a construção da Escola de Sargentos, na Zona da Mata. No evento, ele disse que é preciso agradecer às Forças Armadas pela preservação do meio ambiente no local do projeto.

“Eu sei da vocação e da capacidade de luta dos nossos ambientalistas, sei de tudo isso, mas o que a gente precisa fazer, a gente precisa agradecer alguma coisa. Se não fosse o Exército nessa área, ainda teria alguma árvore aqui ou tudo teria se transformado em favela, em ocupação desordenada?”, afirmou Lula. As informações são do portal G1/PE.

Essa declaração do presidente é uma resposta às críticas feitas por ambientalistas ao projeto, que gerou polêmica por ser instalado em uma área de preservação ambiental (APA) de Aldeia, numa região de Mata Atlântica.

Na quarta-feira (17), o Exército informou que reduziu de 180 hectares para 90 hectares a área de supressão vegetal do projeto. Isso aconteceu, entre outras medidas, por causa da mudança de localização das vilas militares para moradia dos oficiais e suas famílias.

Com um investimento de R$ 1,8 bilhão, a construção da escola foi anunciada em 2021, durante o governo Bolsonaro (PL), que participou do lançamento da pedra fundamental da obra, em 23 de março de 2022.

Segundo o Exército, cerca de 30 mil empregos diretos e indiretos devem ser abertos pelas obras. “A economia local nunca mais será a mesma. Novos negócios serão criados para atender a população de alunos, instrutores e familiares que viverão na escola. Se antes os pernambucanos e demais nordestinos que ingressaram na carreira militar tinham que ir para o Sul ou Sudeste para fazer sua formação, a nova escola representa o caminho inverso”, declarou Lula.

O ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, disse que a Escola de Sargentos vai travar “a desafiadora guerra contra desigualdade, a falta de oportunidade, a miséria e o desemprego”.

“Esta também é uma obra de profundo alcance social para a nossa região. […] Os municípios da região não serão os mesmos depois da implantação de um dos maiores centros de formação do mundo, cuja finalidade principal é centralizar e aperfeiçoar o processo de formação e graduação de sargento da carreira, que compõem cerca de 62% do efetivo profissional do Exército”, declarou o ministro.

Na cerimônia, Lula reclamou da existência de obras inacabadas e abandonadas durante mudanças de governo. Ele citou a obra da Ferrovia Transnordestina, que em 2023 entrou para o novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas deveria ter sido inaugurada em 2012.

“Já estamos em 2024 e nós ainda estamos retomando a construção da ferrovia. Eu, sinceramente, confesso que uma das desgraças do nosso país é a descontinuidade das obras públicas feitas nas prefeituras, nos estados, feitas pelo governo. Ou seja, basta mudar de governo para que sejam paralisadas, porque cada governante quer deixar a sua marca, cada governante quer deixar o seu legado. E não é o legado para o povo. É o legado pessoal. ‘Essa obra é minha, esse viaduto é meu, essa ponte é minha’, quando deveria ser ao contrário. ‘Essa ponte é do Brasil, de Pernambuco’”, disse Lula.

Participaram das solenidades o ministro da Defesa, José Múcio Monteiro; o comandante do Exército brasileiro, Tomás Paiva; a governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB); o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT); os ministros André de Paula, da Pesca e Aquicultura; Silvio Costa Filho, dos Portos e Aeroportos; Luciana Santos, da Ciência, Tecnologia e Inovação; a senadora Teresa Leitão (PT); e o prefeito do Recife, João Campos (PSB), que chegou ao local em um carro junto com Lula.

Após as duas cerimônias, o presidente chegou de helicóptero, às 11h35, à Base Aérea do Recife, onde embarcou no avião da presidência. A aeronave decolou às 11h48 para Fortaleza.

Blog da Folha

O Governo Federal e o Governo do Estado assinaram um termo de compromisso para a construção da escola de sargentos, na manhã de hoje. O termo foi assinado pelo presidente Lula (PT), o ministro da Defesa, José Mucio Monteiro; governadora Raquel Lyra (PSB), e o comandante do Exército, General Tomas Paiva.

Estiveram presentes na assinatura do termo de compromisso o prefeito do Recife, João Campos (PSB), o presidente do Banco do Nordeste, Paulo Câmara; o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Álvaro Porto (PSDB); governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues; a senadora Teresa Leitão (PT), e os deputados federais Augusto Coutinho (Rep), Mendonça Filho (UB), Maria Arraes (SD), Valdemar de Oliveira (Avante), Clodoaldo Magalhães (PV), Pedro Campos (PSB), Carlos Veras (PT) e Eriberto Medeiros (PSB).

A obra prevê investimentos de R$ 1,8 bilhão e deve gerar cerca de 10 mil empregos diretos e outros 17 mil indiretos. A unidade de ensino vai centralizar a formação dos sargentos de carreira, que ocorre em estabelecimentos de ensino militar localizados em diferentes guarnições do Exército no país. Área do projeto alterada A área do projeto foi alterada, passando de 180 hectares (projeto inicial) para 90 hectares.

Uma das modificações diz respeito à transferência da vila militar para uma área adjacente, fora do campo e da Área de Proteção Ambiental (APA) Aldeia-Beberibe. A alteração atende o pleito da sociedade civil e movimentos ambientalistas pela preservação da região.

Durante a solenidade de assinatura do Termo de Compromisso para a construção da Escola de Sargentos, no Comando Militar do Nordeste (CMNE), no bairro do Curado, Zona Oeste do Recife, o ministro da Defesa José Mucio Monteiro, afirmou que o evento representa o início da construção de uma oportunidade para os jovens do Nordeste.

“Essa não é uma obra de caráter eleitoral, mas estruturante. Digna de países de primeiro mundo. Obra de profundo alcance social”, diz o ministro José Mucio Monteiro, sobre Escola de Sargentos. As informações são do Blog Folha.

O ministro fez questão de ressaltar que a obra gerará empregos e renda para toda a região. “Além das instalações militares, a Escola de Sargentos trará obras de infraestrutura para a região e oportunidades de emprego, ampliação de comércio, rede hoteleira”, completou.

Folha de Pernambuco

Acontece, neste momento, a passagem do Comando Militar do Nordeste (CMNE), no bairro do Curado, Zona Oeste do Recife. O presidente Lula, que está em cumprimento de agenda em Pernambuco, e o ministro da Defesa, José Mucio Monteiro, participam da solenidade. Quem acompanha o presidente é o comandante do Exército, General Tomas Paiva.

O presidente do Grupo EQM, Eduardo de Queiroz Monteiro, também prestigia a solenidade. A partir de agora, quem assume o posto do comando é o general Murilo Ribeiro, no lugar de Kleber Vasconcellos, que está na posição desde março do ano passado.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) cumpre, hoje, o segundo dia de agenda no Estado. O primeiro compromisso acontece no bairro do Curado, na Zona Oeste do Recife. Na pauta, a cerimônia de transmissão de cargo do Comando Militar do Nordeste (CMNE) e a assinatura do Termo de Compromisso para construção da Escola de Sargentos.

A solenidade promove a transferência do general do Exército Kleber Nunes de Vasconcelos para o general Maurílio Miranda Netto Ribeiro. O novo comandante é carioca e foi promovido ao posto atual, no fim de novembro de 2023. Ele assinala 40 anos de carreira militar.

Ao convidar o prefeito do Recife, João Campos (PSB), para um jantar reservado ontem, depois de ter recusado convite da governadora Raquel Lyra (PSDB) para um banquete no Palácio das Princesas, o presidente Lula (PT) deu uma demonstração pública de que lado estará nas eleições municipais deste ano na capital pernambucana. 

Ao mesmo tempo, seu gesto foi interpretado como um sinal de que a sua relação com a governadora se restringe apenas ao campo administrativo. João jantou com Lula no hotel em que ele está hospedado. 

E ainda levou os irmãos Pedro, deputado federal, Eduarda, José e Miguel, o caçula. Também presente Renata Campos, mãe do prefeito, viúva do ex-governador Eduardo Campos. 

Lula estava na companhia apenas de assessores mais próximos. Janja, a primeira-dama, não acompanha o périplo do marido pelo Nordeste.

O registro foi postado no Instagram do prefeito com a seguinte mensagem: “Após um dia muito emocionante, de passar aquele filme na cabeça – com tantos bons momentos, de tanta coisa vivida pelo meu pai com o presidente Lula, a gente se reuniu pra conversar um pouco. Lembrar, rir de coisas curiosas daquela época e, claro, se emocionar mais ainda. Obrigado, presidente Lula, pelo carinho de sempre e por tudo que você tem feito”, afirmou.