FMO - Processo Seletivo 2024

Concurso da Polícia Civil: Defensoria Pública consegue liminar para garantir adaptação do TAF

A Defensoria Pública, por meio do Núcleo de Defesa e Promoção de Direitos Humanos, obteve, na última segunda-feira, em Ação Civil Pública, uma decisão judicial para determinar que haja adaptação razoável dos testes de avaliação física (TAF) para os candidatos habilitados como pessoas com deficiência no Concurso da Polícia Civil do Estado de Pernambuco. Também foi determinado o afastamento da exclusão dos candidatos unicamente em razão da aplicação do item 11.17 do edital, que prevê exclusão daqueles com determinadas condições clínicas, sintomas ou sinais.

Em caso de descumprimento, a juíza da 3ª Vara da Fazenda Pública da Capital fixou multa no valor de R$ 5.000 (cinco mil reais) para cada candidato eliminado por aplicação genérica do item 11.17 ou que seja obrigado a realizar o teste física sem a devida adaptação razoável. A ação civil pública foi ajuizada pela Defensoria Pública após o recebimento de denúncias por candidatos que se sentiram prejudicados pelo edital nº 01.2023 – SAD/SDS, o qual não garantiu a observância da legislação vigente no que diz respeito à acessibilidade e inclusão.

O Republicanos anunciou, hoje, mais um nome para disputar as eleições majoritárias de outubro. Trata-se do vereador Augusto de Cido do Sindicato. O presidente licenciado do partido, Silvio Costa Filho, ressaltou a importância de uma liderança jovem e comprometida como a de Augusto para impulsionar o desenvolvimento de Manari. “Estamos confiantes de que sua experiência como vereador e sua visão para o desenvolvimento de Manari o tornam a escolha certa para liderar o município rumo ao progresso”, afirmou.

Jaboatão dos Guararapes - Dengue 2024

O prefeito de Betânia, Mário Flor (Republicanos), já escolheu o nome de quem vai sucedê-lo politicamente nas eleições que ocorrem este ano. Será Aline Araújo, que atuou como secretária de Administração de Mário em seu primeiro mandato e, na atual gestão, é a responsável pela Secretaria de Saúde.

“Aline é a minha opção e vou apresentá-la ao nosso grupo político. É uma pessoa capacitada, já foi secretária de administração e hoje vem desempenhando um bom trabalho na Secretaria de Saúde do município”, destacou o prefeito durante entrevista à Rádio Vila Bela FM, de Serra Talhada.

Petrolina - Bora cuidar mais

A prefeita de Serra Talhada, Márcia Conrado (PT), marcou presença em Brasília, nesta semana, para integrar a importante mobilização política em torno do processo eleitoral da Confederação Nacional de Municípios (CNM). Representando a Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE), a gestora reforça sua relevância no cenário regional e nacional.

Na reunião foram debatidos os cargos de Conselho Diretor, Conselho Fiscal e Conselho de Representantes Regionais da gestão 2024-2027 da Confederação. Durante o evento, gestores municipais de todo o país formalizaram o processo eleitoral, quebrando a tradição de chapa única na CNM. A chapa “CNM com Renovação” reflete um desejo de democratização e representatividade, especialmente voltado para o Norte e Nordeste.

“Estamos aqui nesse importante evento em torno da CNM reforçando o compromisso de Serra Talhada e de toda a região Nordeste na busca por uma representação mais democrática e inclusiva. É fundamental estarmos presentes e atuantes em espaços que impactam diretamente na gestão dos nossos municípios. Estou aqui para defender os interesses de Serra Talhada e contribuir para uma gestão municipalista forte e representativa”, afirmou Márcia.

Mesmo encabeçada por Julvan Lacerda (MG), os principais cargos de vice-presidente e secretários são ocupados por representantes nordestinos. Com isso, a chapa evidencia a força dos municípios nordestinos na gestão da CNM, fator defendido pela prefeita de Serra Talhada.

A participação de Márcia Conrado destaca seu engajamento e relevância política em âmbito nacional. “A nossa presença em Brasília nesse evento histórico é uma oportunidade única para fortalecermos os laços e a representatividade do Nordeste no cenário político nacional. Estou aqui para reafirmar nosso compromisso com a renovação e a democratização da gestão municipal, garantindo que as vozes dos municípios nordestinos, sobretudo da nossa Serra Talhada, sejam ouvidas e consideradas nas decisões que impactam diretamente o desenvolvimento das cidades”, finalizou a prefeita.

Ipojuca - App 153

Hoje, o prefeito de Itapetim, Adelmo Moura, utilizou suas redes sociais para comunicar o falecimento de sua mãe, Cândida Maria dos Santos Moura, aos 89 anos. “É com imensa tristeza e o coração dilacerado que comunico o falecimento da minha adorada e querida mãe, Dona Cândida, que nos deixou hoje”, escreveu o prefeito em sua publicação.

O velório está sendo realizado na casa deu seu filho, Argemiro Moura, no Sítio Clarinha, na saída para São Vicente. O sepultamento acontecerá amanhã, às 8h, no Cemitério João XXIII.

Citi Hoteis

A Prefeitura de Araripina adquiriu, com recursos próprios, três novas máquinas patrol (Motoniveladora John Deere modelo 620G) que foram, simbolicamente, entregues hoje, durante a reunião do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS). O investimento inédito na história do município foi de cerca de R$ 3,6 milhões e vai beneficiar, principalmente, todas as comunidades rurais, na continuidade e ampliação das ações de recuperação das estradas da zona rural.

De acordo com o prefeito Raimundo Pimentel, a entrega das três novas patrols é um marco para a cidade, pois, pela primeira vez na história, o município compra equipamentos com recursos próprios. Para Pimentel, esta conquista é fruto da seriedade com que a gestão trata os recursos do povo de Araripina.

“Nossa cidade está vocacionada para o progresso e desenvolvimento e a gestão municipal trabalha todos os dias para entregar novas conquistas para o povo de Araripina. Desta vez, nossas agricultoras, agricultores e moradores da zona rural são presenteados com novos equipamentos que vão melhorar a mobilidade rural para quem precisa se deslocar pelas estradas. Durante o período chuvoso, iremos fazer manutenções emergenciais e, após o inverno, faremos uma grande operação de manutenção e ampliação das nossas estradas rurais”, afirmou.

Cabo de Santo Agostinho - Refis 2023

Por Juliana Albuquerque – repórter do Blog

Reconhecendo ou não o erro na seleção simplificada de gestores e adjuntos da rede estadual de ensino, o fato é que a Secretaria de Educação e Esportes concedeu, em edição extra publicada no Diário Oficial do Estado, a possibilidade de os candidatos que tiveram suas inscrições indeferidas, anexarem os documentos pendentes até o próximo dia 28.

Vale ressaltar que tais candidatos não tiveram culpa pela ausência do envio da documentação, que teve origem em um problema no próprio sistema disponibilizado pela SEE, que não fez o upload dos arquivos enviados.

Com mais essa trapalhada, somam-se 11 erratas no edital do certame, cujas inscrições foram abertas em 26 de outubro e deve ser finalizada no dia 18 de março, quando caberá a governadora Raquel Lyra (PSDB) escolher, de uma lista tríplice, o nome de diretor e adjunto das escolas da rede estadual.

O modelo de seleção é alvo de críticas do Sintepe, que discorda da forma em que a seleção para 897 gestores e adjuntos foi conduzida pela gestão estadual. Em comunicado, o Sindicato dos Profissionais em Educação de Pernambuco afirma que um processo seletivo dessa natureza oferece inúmeras possibilidades de ingerências políticas, contrários à própria legislação da educação, que prevê transparência e participação social na educação.

“Ao final, o processo seletivo é coroado com a famigerada lista tríplice para que unicamente a Governadora do Estado escolha o diretor/a e o/a vice-diretor/a”, diz o comunicado.

Caruaru - Geracao de emprego

Convocado para depor amanhã, na Polícia Federal, o ex-ministro da Justiça e ex-secretário de Segurança do Distrito Federal, Anderson Torres, vai alegar que as provas colhidas até agora não provam sua participação efetiva no golpe. As informações são do blog da Andréia Sadi.

A Polícia Federal encontrou em materiais apreendidos do ex-ajudante de ordens Mauro Cid o vídeo de uma reunião ministerial na qual Torres faz sérios ataques às urnas eleitorais e diz que colocaria uma estrutura da própria PF para atuar de forma “mais incisiva”.

“Isso tudo que o presidente [Jair Bolsonaro] falou é muito difícil de ser identificado. Os questionamentos serão feitos. A gente vai atuar de uma forma mais incisiva do que já estamos atuando. Mas acho que o mais importante é cada um entender que o momento é agora”, argumenta.

Diante das novas evidências, interlocutores do ex-ministro afirmam que ele alegará se tratar de opinião pessoal e que expressá-la em uma reunião privada, fechada, não constituiria crime. Tentará caracterizá-las como “falas infelizes” e “bravatas”. O ex-ministro da Controladoria-Geral da União (CGU) Wagner Rosário chegou a questionar se o encontro estava sendo filmado, mas Bolsonaro negou e afirmou que somente sua fala seria registrada.

Para eles, no entanto, fica evidente que o registro das falas traz um prejuízo de imagem. Por isso, a estratégia é se concentrar em negar materialidade de crime.

Além disso, Torres irá insistir que não há provas de participação efetiva em reunião para tratar de minuta, nem ida a acampamentos golpistas ou procedimentos da PF para dar andamento ao golpe.

A Polícia Federal, no relatório da operação Tempus Veritatis, dá centralidade à fala de Torres na reunião de 5 de julho de 2022. De acordo com a corporação, as teses propagadas “sem compromisso com a verdade” dariam mais credibilidade à narrativa o que, para a PF, evidencia uma “atuação com dolo, consciência e livre vontade, na produção e divulgação, por diversos meios, de narrativas sabidamente não verídicas ou sem qualquer lastro concreto”.

Belo Jardim - Patrulha noturna

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu, hoje, com o secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, em Brasília.

Blinken chegou ao Palácio do Planalto pouco depois das 9h e foi recebido por Lula para uma reunião a portas fechadas com assessores dos dois governos. Na pauta, segundo Brasil e EUA, estão “questões bilaterais e globais”.

Questionado pela TV Globo na chegada, Blinken respondeu que estava “ansioso” pelo encontro – mas evitou comentar sobre o conflito entre Israel e Hamas na Faixa de Gaza.

Já dentro da sala, enquanto equipes de reportagens faziam imagens do encontro, Lula perguntou a Blinken sobre a data das eleições presidenciais norte-americanas.

O secretário americano informou que a votação é em novembro e disse que, em razão da polarização no país, grande parte dos votos já está decidida.

“Apenas seis ou sete estados ainda estão em disputa. Então, quase toda a campanha provavelmente será focada em seis ou sete estados como Pensilvânia, Michigan, Wisconsin e Nevada”, relatou Blinken.

Vitória Reconstrução da Praça

Por Magno Martins – exclusivo para a Folha de Pernambuco 

O que se diz em Brasília, tanto na oposição quanto em setores do próprio Governo, é que o presidente Lula (PT), ao comparar o Governo de Israel e os judeus em geral com Hitler, criou um problema incomensurável para ele e o seu governo e que pode se refletir fortemente no projeto da sua reeleição, em 2026.

O confronto com Israel e o povo judeu envolve reações de poderosíssimos grupos econômicos que controlam desde redes de lojas, jornais, revistas, controle de propaganda nas grandes mídias, além de megas corporações financeiras, capazes de eleger ou derrotar qualquer candidato que se exponha numa disputa política.

Lula entregou o próprio destino político a meia dúzia de homens poderosos, que podem destrui-lo, caso o considerem inimigo do povo judeu. Esse episódio é muito mais grave do que imagina a superficialidade da imprensa.

Ontem, o ministro de Relações Exteriores israelense, Israel Katz, voltou a exigir um pedido de desculpas do presidente Lula pela fala em que compara os ataques de Israel na Faixa de Gaza ao extermínio de judeus promovido por Adolf Hitler durante a 2ª Guerra Mundial. No X (ex-Twitter), o chanceler subiu o tom e disse que a declaração de Lula é “um cuspe no rosto dos judeus brasileiros”. Declarou que não é tarde para que o presidente “aprenda História” e “peça desculpas”.

“Milhões de judeus em todo o mundo estão à espera do seu pedido de desculpas. Como ousa comparar Israel a Hitler? É necessário lembrar ao senhor o que Hitler fez?”, escreveu Katz. O chanceler afirmou que conflito no Oriente Médio é uma “guerra defensiva” contra “os novos nazistas”, em referência ao grupo extremista palestino Hamas.

Reiterou que Lula continua sendo “persona non grata” em Israel caso não se retrate. “Não importava para eles se eram idosos, bebês, deficientes. Eles assassinaram uma garota em uma cadeira de rodas. Eles sequestraram bebês. Se não tivéssemos um exército, eles teriam assassinado mais dezenas de milhares. Que vergonha. Sua comparação é promíscua, delirante. Vergonha para o Brasil e um cuspe no rosto dos judeus brasileiros. Ainda não é tarde para aprender História e pedir desculpas. Até então – continuará sendo persona non grata em Israel”, disse.

O Republicanos será o primeiro partido a formalizar o apoio à pré-candidatura de Simão Durando para a reeleição de prefeito de Petrolina. O ato político está marcado para a próxima sexta (23), a partir das 18h, no Hotel Grande Rio. O evento terá a presença da principal liderança do Republicanos, o ministro Silvio Costa Filho, e o presidente estadual da legenda, Samuel Andrade. 

“O Republicanos é um dos mais importantes partidos do Brasil. Nosso trabalho tem sido de unir forças, construir pontes e fico entusiasmado com o gesto do ministro Silvio Costa Filho e do presidente Samuel Andrade, que virão a Petrolina para demonstrar o reconhecimento a tudo que vem sendo feito em nossa cidade nos últimos anos. É o começo de uma construção coletiva que vai ouvir muitos grupos políticos e principalmente a população para saber qual a Petrolina que queremos para os próximos anos”, afirma Simão, que é filiado ao União Brasil.

O Ministério das Relações Exteriores informou que o embaixador brasileiro em Israel, Frederico Meyer, deve chegar, hoje, ao Brasil. Com isso, o diplomata Fábio Moreira Farias passará a ser o encarregado de negócios do país em Tel Aviv – o que, na prática, o colocará na chefia interina da representação.

Frederico Meyer foi chamado para consultas pelo presidente Lula. A medida é excepcional e, na linguagem diplomática, representa uma forma de o Brasil demonstrar insatisfação a Israel. Ao menos dois episódios motivaram a medida adotada pelo Brasil: o presidente Lula ter sido declarado “persona non grata”, e o tratamento dado pelo chanceler israelense, Israel Katz, a Meyer.

Cunhado na folha da Perpart

Em meio a uma vassourada na Perpart (antiga Emater e Cisagro, além de outros órgãos rurais), promovida pela governadora Raquel Lyra (PSDB), chegou a este blog, ontem, cópias do contracheque de Fábio Henrique, no valor de R$ 8.792,00, que, segundo consulta a vários servidores do órgão, nunca deu um só dia de trabalho na instituição.

O suposto “fantasma” não é uma pessoa qualquer. Trata-se do cunhado da governadora, irmão gêmeo de Fernando Lucena, ex-marido da tucana, vítima de um infarto fulminante no dia da eleição de primeiro turno para o Governo de Pernambuco, em outubro de 2022.

Numa simples consulta ao Portal da Transparência, é possível comprovar que Fábio passou a receber salário da Perpart, sem bater o ponto um único dia da semana, desde maio do ano passado. Se o cunhado da governadora estiver de fato na folha como fantasma, segundo todos os indícios, comprova, mais uma vez, que o discurso do “Estado de mudança”, da propaganda oficial, se revela numa tremenda farsa.

Em nota, o deputado Waldemar Borges (PSB) tomou as dores dos servidores demitidos. “Isso fragiliza tremendamente o apoio que precisa ser dado à agricultura familiar no Estado”, disse. Da tribuna, o parlamentar leu uma nota de repúdio contra as demissões, assinada pela Associação dos Empregados da Perpart, pelos Empregados do Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA e pelos Ex-Servidores da Emater-PE – ASSER-PE, além do Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Agricultura e Meio Ambiente do Estado de Pernambuco (Sintape).

Não pega bem para uma chefe de Estado, embora eleita pelo clamor da comoção da morte do marido, tirar com uma canetada o pão da mesa de centena de servidores da Perpart, enquanto o portal da Transparência confirma um parente bem próximo dela, que nenhum servidor de carreira da instituição conhece, sugando dos cofres públicos mais de R$ 8 mil por mês.

“Os povos têm os governantes que merecem”, reza, apropriadamente, um velho adágio judaico.

Cadê os técnicos, Raquel? – Chamou atenção, ontem, uma postagem neste blog apontando que relatórios técnicos da gestão Raquel estão sendo produzidos com recursos da Inteligência Artificial (IA). Estuário dos que não concordam com as trapalhadas do governo, este blog recebeu, ontem, diversos recortes de um relatório testado em plataformas que verificam a probabilidade para sua elaboração e observou que precisou ser utilizado inúmeras vezes. Muitos dos trechos com probabilidade de 100% de chances de socorro ao recurso da IA.

Turismo para o PP – Sem sequer um taco de espaço no latifúndio do primeiro escalão de Raquel, o PP, que tem oito deputados na Assembleia Legislativa, pode emplacar a Secretaria de Turismo em abril, com o afastamento de Daniel Coelho, atual titular, para disputar a Prefeitura do Recife. Pelos menos é a versão que corre solta na bancada federal. Só que diferente do modelo atual, o PP quer o Turismo com a Empetur, seu principal braço de gestão.

O outro lado – Outra notícia do rádio corredor da Assembleia Legislativa, entretanto, sopra o vento numa direção contrária: a pasta de Turismo já teria sido prometida pela governadora ao atual presidente da Empetur, Eduardo Loyo, filho do presidente estadual do PSDB, Fred Loyo. Quem vai ganhar essa queda de braço, só o tempo dirá, mas o fato é que o PP há muito já deveria estar representado no secretariado de Raquel, devido ao tamanho da sua bancada.

Cuspida nos judeus – O ministro de Relações Exteriores israelense, Israel Katz, voltou a exigir, ontem, um pedido de desculpas do presidente Lula pela fala em que compara os ataques de Israel na Faixa de Gaza ao extermínio de judeus promovido por Adolf Hitler durante a 2ª Guerra Mundial. No X (ex-Twitter), o chanceler subiu o tom e disse que a declaração de Lula é “um cuspe no rosto dos judeus brasileiros”. Declarou que não é tarde para que o presidente “aprenda História” e “peça desculpas”.

Quem cala… – Por falar em judeus, estranhamente a vice-governadora de Pernambuco, Priscila Krause (Cidadania), que é judia, não fez nenhuma manifestação, pelo menos até ontem, nas suas redes sociais, sobre as declarações agressivas do presidente Lula à comunidade judaica, que é bem expressiva também no Estado, especialmente no Recife. Quem cala, consente, ouvi muito minha mãe Dó me dizer, por várias vezes, em Afogados da Ingazeira.

CURTAS

INVASÃO – Não é semana de marcha, mas Brasília está invadida, literalmente, por prefeitos esta semana. Tudo porque vence no próximo domingo o prazo para realocar emendas parlamentares dentro do orçamento da União para 2024.

ITAPETIM – O prefeito de Itapetim, Adelmo Moura (PSB), foi um dos que foram vistos, ontem, em Brasília em visita aos deputados da bancada federal. Ele quer garantir pelo menos R$ 6 milhões para obras em seu município. Seu federal é o deputado Felipe Carreras (PSB).

TEM PEDIGREE – Em Tabira, as oposições podem se unir em torno de um nome fortíssimo: o advogado Flávio Marques (PT), herdeiro político do ex-prefeito e poeta Sebastião Dias, que morreu no início de dezembro do ano passado em consequência de complicações pós-infarto.

Perguntar não ofende: Tende a crescer o número de deputados que vão assinar o pedido de abertura do impeachment de Lula?

O Senado aprovou, há pouco, o texto principal do projeto que acaba com a saída temporária dos presos, conhecida como “saidinha”, em feriados e datas comemorativas, como Dia das Mães e Natal. Senadores ainda precisam concluir a análise da matéria votando os destaques – sugestões de mudança que são votadas separadamente.

O texto ainda precisará passar por uma nova votação na Câmara. Só depois de aprovado pelos deputados é que o projeto poderia virar lei. O projeto é resultado de uma pressão dos parlamentares de oposição, que argumentam que detentos aproveitam a saidinha para fugir da cadeia e praticar outros crimes. As informações são do portal G1.

A discussão no Congresso para restringir as saídas temporárias vem desde 2013. A proposta ganhou força depois de o policial militar Roger Dias ser morto por um preso beneficiado pela saidinha em Belo Horizonte, em janeiro. O relator do projeto, senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), inclusive sugeriu que, se o texto virar lei, deve levar o nome “Sargento PM Dias”. Welbert Fagundes, acusado de matar o PM, foi preso novamente e cumpre agora a pena em regime fechado.

Segundo levantamento, a saída temporária de Natal de 2023 – a mais recente concedida – beneficiou pouco mais de 52 mil presos. Desses, 95% (49 mil) voltaram às cadeias dentro período estipulado. Os outros 5% (pouco mais de 2,6 mil), não.

Em entrevista, o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) defendeu o projeto. “Hoje está muito liberal. As pessoas estão saindo… grande parte volta, mas tem um percentual razoável que continua não voltando, praticando crime, praticando assassinato, e a gente precisa proibir isso definitivamente”, disse.

Catorze secretários municipais de Segurança Pública participaram, hoje, da reunião comandada pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco. O encontro faz parte das ações do ‘Juntos pela Segurança’ e tem como objetivo traçar estratégias para diminuir a criminalidade, sobretudo os índices de Mortes Violentas Intencionais (MVIs) nestes municípios.

Além de secretários de Segurança municipais, participaram também os comandantes das Guardas de cada município, estabelecendo não só o diálogo como também o entendimento de que Segurança Pública não se faz sozinha.

“Hoje tivemos a oportunidade de falar sobre Segurança com os comandantes das guardas municipais e secretários de Segurança de 14 municípios na presença do subcomandante da Polícia Militar, Coronel Lopes, do chefe da Polícia Civil, Renato Rocha, e integrantes da SDS. Como foi pedido pela governadora Raquel Lyra, discutimos atuação conjunta e o Sistema Único Integrado entre prefeituras e o Estado. Não tenho dúvida que iremos avançar muito”, comentou a secretária executiva da SDS, Dominique de Castro Oliveira.

Para o secretário de Segurança Cidadã de Olinda, Coronel Pereira Neto, a reunião era uma demanda solicitada há muitos anos e que a viabilização dela traz muita esperança. “Precisamos atuar de forma integrada trocando expertises e estabelecendo estratégias que vão beneficiar toda a população”, comentou.

Participaram da reunião representantes de Olinda, Camaragibe, Jaboatão, Paulista, Igarassu, São Lourenço da Mata, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Ipojuca, Petrolina, Vitória de Santo Antão, Serra Talhada, Santa Cruz e Toritama. A próxima reunião será em março.

Motoristas que trafegam pela PE-085, no trecho entre os municípios de Cortês e Barra de Guabiraba, realizarão, amanhã, um protesto que irá bloquear a rodovia, impedindo o tráfego de veículos, exceto ambulâncias. O protesto se dá em razão das péssimas condições de trafegabilidade da rodovia, devido aos buracos no asfalto.

A ministra do Meio Ambiente e presidente nacional do partido Rede Sustentabilidade, Marina Silva, vem ao Recife, no próximo dia 2 de março, para anunciar a pré-candidatura do deputado federal Túlio Gadelha (Rede) a prefeito da capital.

Até lá, entretanto, ela terá que convencer a deputada estadual Dani Portela (PSol) a retirar sua pré-candidatura. Os partidos dos dois pré-candidatos fazem parte de uma federação partidária (PSOL-REDE) e, portanto, só podem apresentar um pré-candidato.