Ipojuca

25/06


2018

Gilmar solta mais um da “Câmbio, desligo”

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo, mandou soltar mais um acusado da Operação ‘Câmbio, desligo’, Marcelo Rzezinski. A investigação, deflagrada no início de maio, aponta lavagem de US$ 6 bilhões que envolve cerca de 50 doleiros, entre eles os mais notórios do País desde os anos 1980. É o sexto alvo da ‘Câmbio, desligo’ que Gilmar solta.

O ministro impôs a Rzezinski duas cautelares – proibição de manter contato com os demais investigados, ‘por qualquer meio’, e proibição de deixar o País, devendo entregar seu passaporte em até 48 horas. A decisão do ministro foi tomada na última sexta-feira.

A prisão de Rzezinsk – e de um irmão dele – foi decretada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7.ª Vara Criminal Federal do Rio, onde corre a ‘Câmbio, desligo’. O magistrado anotou que delatores indicaram que os irmãos fizeram operações supostamente ilícitas no montante de R$ 12 milhões, entre os anos de 2011 e 2017.

De acordo com delatores, ‘a atividade dos irmãos consistia na transferência de dólares para conta no exterior e, em contrapartida, recebiam reais no Brasil’.

Segundo os doleiros, Marcelo atuava como operador financeiro de pessoas ligadas ao PMDB, outro indicativo de que se trata de movimentação de valores provenientes de ilícitos de corrupção e lavagem de dinheiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Gravatá

25/06


2018

“Navegabilidade do Rio Capibaribe se arrasta”, diz Silvio

Prometido como alternativa para a mobilidade urbana da Região Metropolitana do Recife, o projeto da navegabilidade do Rio Capibaribe é mais uma obra abandonada pelo Governo Estadual. Se arrastando há quase seis anos, o projeto, com 13.9 km de extensão, divididos em dois ramais (Norte e Oeste) deveria ficar pronto para a Copa do Mundo de 2014, com sete estações espalhadas pelas margens do rio.

O deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), cobrou na tribuna da Casa, por respostas do Governo do Estado ao povo de Pernambuco de quando a obra deve ser concluída. Segundo o parlamentar, apenas na dragagem, foram gastos mais de R$76,4 milhões, e o serviço terá que ser feito novamente. “O projeto da navegabilidade seria uma alternativa para fugir do trânsito e daria uma maior rapidez ao transporte de passageiros que escolhessem trocar o ônibus, mas infelizmente isso sequer saiu do papel. Além de não apresentar nenhum projeto novo, o governador Paulo Câmara e o prefeito Geraldo Júlio não dão respostas sobre o andamento do serviço”, pontuou.

Entre os problemas encontrados pela Bancada de Oposição, que visitou as estações, estão a não remoção das palafitas das margens do Capibaribe, que impedem a dragagem da calha do rio e a construção das cinco estações do Ramal Oeste, além de problemas na licitação e falta de licenciamento ambiental. “Segundo as informações da Caixa, todas as quatro metas do projeto estão com pendências sob responsabilidade do Estado ou da Prefeitura do Recife, que mais uma vez tropeçam nas próprias pernas”, criticou o parlamentar.

Lançado em 2012, o projeto está com as obras paradas em todas as suas frentes desde 2016, apesar de já ter recebido R$76,4 milhões dos recursos previstos, de um total estimado de R$ 289 milhões. Os recursos já repassados ao Estado representam 26,4% do orçamento inicial da obra, que acumula atualmente 1853 dias de atraso. Para Silvio, o projeto, que integra o PAC da Mobilidade do Governo Federal, é mais um exemplo da ineficiência administrativa do Governo do Estado.

“Sempre ouvimos do Estado e da Prefeitura do Recife que os projetos de Pernambuco estão parados por causa do Governo Federal, mas, nesse caso, o dinheiro foi repassado, mas foi gasto com um serviço que precisará ser refeito”, enfatizou.

O líder da Oposição vai solicitar informações detalhadas sobre o projeto ao governador Paulo Câmara e à Secretaria das Cidades, a fim de ter detalhes sobre a paralisação e os prazos para entrega do projeto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

25/06


2018

Grupo Ferreira e PSC anunciam apoio a Armando

O grupo Ferreira anunciará, amanhã, o apoio ao pré-candidato a governador de Pernambuco, Armando Monteiro Neto, e a integração à Frente Pernambuco Vai Mudar. O ato está marcado para as 9h, na galeria The Garden Mall, em Piedade.

Na última quinta-feira, o presidente regional do PSC, deputado estadual André Ferreira; e o prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira, anunciaram o rompimento com o Governo do Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de camaragibe

25/06


2018

Marília e Sílvio iniciam agenda conjunta pelo Estado

Pré-candidatos ao governo do Estado e a senador por Pernambuco, a vereadora Marília Arraes (PT) e o deputado federal Sílvio Costa (Avante) começaram juntos a pré-campanha eleitoral, neste final de semana, com caminhadas nos polos de São João de Caruaru, no Agreste, e Arcoverde – no Sertão – e visita a festejos juninos de distritos e povoados. Nas ruas, a petista e o vice-líder da oposição na Câmara foram recebidos com entusiasmo e palavras de incentivos de populares e de militantes petistas.

Enquanto as pré-candidaturas aguardam a definição do PT sobre a candidatura própria e a coligação, Marília Arraes e Sílvio Costa abriram a agenda conjunta de atividades, encontros políticos e visitas a municípios, passando por Arcoverde, Caruaru e Tacaimbó, de sexta-feira (22) a ontem. A agenda visa a ampliar os contatos com a população, ouvir as demandas, conversar sobre renovação na política e trocar ideias sobre uma futura gestão do PT, que pode ser a primeira de uma mulher em Pernambuco.

Os pré-candidatos fizeram caminhadas, contatos, visitas a camarotes e deram entrevistas à imprensa local. A pré-candidata ao governo estadual criticou, em Caruaru, a ausência do governador do PSB, Paulo Câmara, dos pólos juninos no Estado, o que significa um descompromisso com as tradições populares. "Para governar Pernambuco tem que prestigiar sua cultura, valorizar e estar presente nas manifestações do povo", disse Marília.

Pré-candidato ao Senado, Sílvio Costa destacou que Marília está percorrendo o Estado e tem sido aclamada nas ruas e áreas rurais, o que demonstra a esperança da população numa mudança. "O povo tem dito queremos mudar Pernambuco. A decisão será do PT, e eu respeito. Mas, o PT sempre escuta e atende ao povo. É uma marca do partido. Acredito que Marília será candidata", revelou Sílvio a confiança na aprovação do PT.

Na primeira agenda de visitas aos municípios, fechada ontem, os pré-candidatos Marília Arraes e Sílvio Costa foram acompanhados pela deputada estadual Teresa Leitão (PT), o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Carlos Veras, prefeitos e ex-prefeitos, vereadores e líderes políticos municipais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/06


2018

PF ataca tráfico de drogas em cinco Estados

A Polícia Federal deflagrou, hoje, a Operação Laços de Família contra o tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro. A investigação mira ‘uma forte e pujante organização criminosa, que tinha seu foco principal de atuação a partir da fronteira sul do Estado de Mato Grosso do Sul com o Paraguai’.

Em nota, a Federal informou que aproximadamente 211 policiais federais participam da ação que ocorre simultaneamente nos estados do Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo, Goiás e Rio Grande do Norte.

A Justiça Federal da 3ª Vara de Campo Grande, em atendimento à representação da Polícia Federal, expediu contra a organização criminosa 20 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de prisão temporária, 35 mandados de busca e apreensão em residências e empresas, 136 mandados de sequestros de veículos terrestres, 7 mandados de sequestro de aeronaves (helicópteros), 5 mandados de sequestro de embarcações de luxo, 25 mandados de sequestro de imóveis. Também foi decretado o sequestro geral de todos os bens de 38 investigados, em todo o território nacional, inclusive em nome de suas empresas de fachada.

Segundo a PF, o esquema ‘tinha traços de um clã, de forma assemelhada à máfia, eis que seus principais cabeças eram de um mesmo grupo familiar e tinha estreita ligação com a facção criminosa paulista PCC’.

“Grandes carregamentos de droga eram remetidos da região fronteiriça para várias regiões do Brasil, geralmente escondidos em caminhões e carretas com cargas aparentemente lícitas, tudo a serviço da criminalidade. Em contrapartida, a organização criminosa recebia joias, veículos de luxo e dinheiro por meio de depósitos em contas bancárias de laranjas e de empresas de fachada, como pagamento das cargas criminosas, que garantiam vida luxuosa e nababesca aos patrões do tráfico internacional de drogas, que incutiam o temor e o silêncio na região pela sua violência e poderio”, afirma PF.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru - São João

25/06


2018

Missa do Vaqueiro encerra ciclo junino de Petrolina

Pela 77ª vez, os vaqueiros de Petrolina celebraram a fé e a tradição do homem e da mulher mais simples da caatinga. Na manhã de ontem, foi realizada na orla petrolinense a Missa do Vaqueiro. A solenidade religiosa e cultural reuniu mais de 8 mil pessoas às margens do Rio São Francisco para acompanhar as celebrações de fé e os shows artísticos.

O ritual começou logo cedo, quando montados em cavalos, os sertanejos saíram do Estádio Paulo Coelho em direção à Avenida Cardoso de Sá, na Orla. Após o trajeto, cerca de 800 vaqueiros chegaram à estrutura montada às margens do “Velho Chico” para acompanhar a missa celebrada pelo padre José Guimarães. 

Antes de iniciar a celebração, um momento marcante. Bastante emocionado, o padre Guimarães anunciou que seria sua última Missa do Vaqueiro, “esse é um dia doloroso e especial para mim, minha 11ª missa e me despeço pedindo desculpas”, disse causando aplausos e comoção no público presente na orla. 

A solenidade também teve a apresentação do Coral de Aboios de Serrita, que entoou canções do imaginário do povo da caatinga como Asa Branca e Ave Maria Sertaneja. Por fim, foi realizada a bênção dos instrumentos usados pelos vaqueiros no dia a dia como gibão, chapéu de couro e luvas. “Esse é um ponto alto de nossa cultura e do São João de Petrolina. Os vaqueiros são a essência de nossa tradição e devem ser valorizados sempre”, ressaltou o prefeito Miguel Coelho, que participou do ritual às margens do rio.

Depois da Missa, foi entregue o Troféu Carlos Augusto Amariz para homenagear um grupo de vaqueiros. A programação foi encerrada com o show de Elenildo do Acordeon com muito forró na orla de Petrolina.

A Missa do Vaqueiro de Petrolina, segundo os mais antigos participantes, foi iniciada em 1941 por conta de um acidente envolvendo um sertanejo ferido por um pedaço de pau durante uma cavalgada pela caatinga. A queda e o ferimento profundo deixaram o vaqueiro chamado Timóteo em condições graves. Para auxiliar na recuperação, amigos do sertanejo pediram uma missa ao padre Américo Soares. O vaqueiro Timóteo conseguiu sobreviver e voltar a montar a cavalo pouco tempo depois e, desde então, a cerimônia é realizada anualmente para pedir proteção a toda vaqueirama de Petrolina.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 3

25/06


2018

Moro condena ex-gerente da Transpetro

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, condenou, na manhã de hoje, o ex-gerente da Transpetro, José Antônio de Jesus; o engenheiro civil Adriano Silva Correia; e o empresário Luiz Fernando Nave Maramaldo.

Os três foram alvos da 47ª fase da Operação Lava Jato, em novembro de 2017.

José Antônio de Jesus foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro; Luiz Fernando Nave Maramaldo, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro; e Adriano Silva Correia, por lavagem de dinheiro.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), Jesus é suspeito de ter recebido R$ 7,5 milhões em propinas, da empresa NM Engenharia. Os valores, conforme a denúncia, foram pagos entre 2009 e 2014.

Em troca da propina, os procuradores dizem que Jesus ajudou a NM Engenharia a firmar contratos que somaram R$ 1,5 bilhão. A propina de Jesus correspondeu a 0,5% desses contratos. Conforme o MPF, a propina recebida por Jesus foi repassada a integrantes do Partido dos Trabalhadores.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/06


2018

O pastoril punk pornô

MONTANHAS DA AL-JAQUEIRA EM MOSCOW – Por falar em Copa, o Profeta Adalbertovsky está com NeyMar e não abre nem para o trovão azul. “Pobrezinho do NeyMar, virou a Geni. Está sendo esculachado, humilhado. Ninguém me ama, ninguém me quer, nem Bruna Marquezine. Vai devolver a Ferrari, os diamantes, os perfumes do Boticário, as cartas de amor”.

“A mão que afaga é a mesma que apedreja”, NeyMar, reza uma prece do abençoado poeta Augusto dos Anjos e dos pecadores. Sou mais NeyMar que os locutores da Globo. Acho que o comentarista Galvão Bueno deveria ser capado. Aproveita para também capar Faustão. Nesta aldeia global, o olho telescópico do super espião fotografa as cafajestices de torcedores brasileiros na copa da Fifa em Moscow. Um bando de patifes assedia jovens moscovitas e as induz a falar expressões obscenas sobre genitálias e atos sexuais. Surpresa zero em matéria de patifarias. A bagaceira cultural foi construída no Brazil ao longo de décadas, tijolo sobre tijolo.

“Feito novos bárbaros, hordas de turistas brasileiros no Exterior  são conhecidos por roubar talheres em hotéis e restaurantes, fazer bagunça nas ruas e cometer furtos. As novelas de televisão transmitem diariamente aulas de prostituição, surubas, traições e mudança de sexos. No brega escrachado, a linguagem é do baixo meretrício”.

“O Brazil é um pastoril. Havia o Veio Mangaba e o Veio Faceta, criaturas inocentes. Agora quem comanda o Pastoril punk pornô são os MCs Lacraia, Katraia, os cantores Safadão, Pablo Vitarela. As novas manifestações politicamente corretas no Brazil têm cheiro de gambá. O fedor faz parte da natureza dos gambás, eles merecem perdão, são bichos inocentes. Patifarias de gambás humanoides são outros quinhentos”. A crônica do Profeta Adalbertovsky está postada no Menu Opinião. Metam os peitos!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

25/06


2018

A charge do dia


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/06


2018

Lula bateu o pé: prisão domiciliar não pede e nem quer

profunda discordância entre os advogados que fazem a defesa de Lula se agravou na tarde de sexta-feira passada. 

Quando, consultado, o petista disse que não queria a prisão domiciliar e que não concordava com o pedido.

Lula já havia manifestado posição semelhante meses atrás.

O ex-presidente sustenta sua rejeição à pena alternativa no discurso de que se considera inocente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Quentura

BOLSONARO É TÃO HONESTO QUE A JBS TINHA O NÚMERO DA CONTA BANCÁRIA DELE.DEPOSITOU R$ 200.000,00. TÁ NO SITE DO TSE. OLHA ESSE HONESTO

Quentura

Mortes violentas e roubos aumentam em área laboratório da intervenção no Rio. Esses aumentos foram na contramão da expectativa de moradores, que esperavam uma redução da criminalidade com a presença das tropas federais. Eita!

sonia

BOLSONARO BOLSONARO BOLSONARO BOLSONAROBOLSONARO BOLSONARO BOLSONARO BOLSONARO

sonia

Quem está na frente nas pesquisas ? BOLSONARO

sonia

Oh magno eu quero a lista dos deputados pernambucanos que assinaram a lista da CPI da Lava Jato, ou falar que tem um tal de GONZAGA PATRIIOTA, digo não VÃO se reeleger. Traidores da Pátria.



25/06


2018

Dirceu vai contra prisão imediata. STF discute hoje

STF deve voltar a discutir prisão em 2ª instância ao julgar ação de Dirceu

Defesa alega que a súmula do TRF-4 é inconstitucional

O STF (Supremo Tribunal Federal) deve discutir novamente as premissas para a prisão de um condenado em segunda instância nesta semana, ao julgar uma reclamação de José Dirceu (PT-SP).

Na ação, o petista se insurge contra a decisão do TRF-4 (Tribunal Regional da 4ª Região) de prendê-lo imediatamente depois da condenação em segundo grau —como determina súmula daquele tribunal.

A defesa alega que a súmula do TRF-4 é inconstitucional, já que o Supremo não obriga, apenas permite a prisão em segunda instância, desde que fundamentada. O que, dizem os advogados, não seria o caso.

Pelo menos três magistrados da 2ª Turma, que analisará o pleito, já mandaram soltar presos por considerar que a necessidade de detenção não estava justificada e não poderia se dar de forma automática (Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/06


2018

Josué aceita ser vice do PT. Mas Valdemar cobra caro

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, se reuniu há alguns dias com Josué Alencar (PR).

A informação é de Daniela Lima, no Painel da Folha de S.Paulo. Segundo a colunista, o empresário mineiro indicou, conforme relatos, que só aceitaria ser vice de um candidato a presidente do PT.

A dobradinha seria perfeita para os petistas.

Mas a sigla desconfia que Valdemar Costa Neto, o cacique do PR, cobraria um preço muito alto pela associação. (Folha Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/06


2018

Medo: o colete a prova de balas de Bolsonaro

Jair Bolsonaro (PSL) tem mesmo expressado receio de sofrer um atentado.

A tensão é tanta que, eventualmente, ele usa coletes à prova de bala em atos.

Bolsonaro vai usar uma nova leva de vídeos que prepara para a internet para apresentar esboços de propostas para diversas áreas.

Parte da equipe que o auxilia acredita que ele precisa qualificar o discurso para conquistar novos apoiadores.(Coluna Painel - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Quentura

Por que Bolsonaro foge de entrevistas e debates?

Quentura

Em 2003, Bolsonaro parabenizou esquadrões da morte por substituir pena de morte no País. Enquanto o Estado não tiver coragem de adotar a pena de morte, esses grupos de extermínio, no meu entender, são muito bem vindos.

Quentura

Ipsos: desaprovação a Bolsonaro sobe a 64%. Depois de três meses de estabilidade, a desaprovação ao pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) subiu de 60% para 64%, enquanto a aprovação caiu de 23% para 20%. Esta é a principal novidade da pesquisa Barômetro Político

Quentura

BOLSONARO É TÃO HONESTO QUE A JBS TINHA O NÚMERO DA CONTA BANCÁRIA DELE.DEPOSITOU R$ 200.000,00. TÁ NO SITE DO TSE. OLHA ESSE HONESTO



25/06


2018

Remendo para substituir o auxílio-moradia dos juízes

As entidades que representam juízes e procuradores trabalham para que a AGU (Advocacia Geral da União) dê parecer favorável a mudanças legislativas que aumentam o salário das categorias e criam um bônus por tempo de carreira. As medidas compensariam a provável extinção do auxílio-moradia

As associações de magistrados calculam que hoje seis ministros do STF sejam favoráveis ao fim do auxílio.

Essas entidades tentam construir acordo segundo o qual a extinção do benefício só seja decretada após garantia de que  haverá compensações.

A Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho pediu que o Conselho Nacional de Justiça revogue determinação do corregedor João Otávio de Noronha que vedou manifestação política de juízes nas redes sociais.   (Painel – Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/06


2018

Deputado é cobrado por dívidas de prostituição

Réu na Lava Jato, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro, o deputado federal José Otávio Germano, do PP, foi alvo de uma cobrança por duas transexuais, em frente ao prédio onde mora, no bairro de Petrópolis, em Porto Alegre, por não ter quitado dívidas pelos trabalhos sexuais. Segundo reportagem do jornal Zero Hora, ele fez o pagamento de R$ 2,5 mil na hora, em dinheiro, por intermédio de um policial.

A Brigada Militar foi chamada pelos vizinhos, que se incomodaram com a cobrança barulhenta em frente ao prédio. As transexuais aceitaram então ir embora mediante a promessa de que o restante da dívida será pago em breve. 

Em abril desse ano, Germano foi um dos 367 votos favoráveis ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. "O país precisa se reencontrar com a estabilidade política, fortalecendo as instituições democráticas", justificou na época. Leia mais no texto de Miguel Enriquez, no DCM.  (BR 247)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/06


2018

EUA formulam plano contra impacto de asteroide

Salvador Nogueira – Folha de S.Paulo

Na semana que passou, o governo americano mostrou que leva a sério o risco de impactos de asteroide contra a Terra, ao divulgar um plano de ação, envolvendo diversas agências e departamentos, para lidar com um evento desse tipo.

Claro que só o fato de esse relatório existir é um prato cheio para os incansáveis teóricos da conspiração que vivem pelo mantra “Nasa mente”. E claro que a agência espacial americana de imediato informou que no momento não há qualquer bólido espacial perigoso que tenha sido identificado em rota de colisão com a Terra, esclarecendo que o estudo governamental tem por objetivo apenas antecipar ações e decisões para o inevitável dia em que a ameaça for real.

Inevitável, sim senhor. Mais dia, menos dia, haverá um asteroide perigoso com nosso nome marcado nele. As probabilidades jogam contra ser amanhã, mas já aconteceu muitas vezes antes na história da Terra e com certeza vai acontecer de novo.

O estudo descarta um “apocalypse now”, ao indicar que praticamente todos os asteroides ameaçadores com 1 km ou mais — tamanho capaz de estrago em escala global — já foram identificados, e nenhum deles vai bater nos próximos séculos.

Para mais informações, deem uma passada no site do CASP, clicando aqui.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/06


2018

Quem será o candidato de Lula à Presidência?

Carlos Brickmann

Muita gente pensa que, depois da falta de gentileza de Dilma, que fez questão de se candidatar à reeleição em vez de ceder a vez a Lula, ele preferiria escolher algum nome de outro partido, que não pudesse disputar com ele o comando do PT. Pode ser; e, afinal, Jaques Wagner, fiel entre os fiéis, tem conversado muito com Ciro Gomes, o que não faria sem a aprovação de Lula.

Mas as coisas são mais complexas: se Ciro ganha, passa a liderar toda a ala bolivariana da política brasileira, e Lula fica em segundo plano. O PT vai conversar com Ciro até o último instante; mas seu candidato deve ser do partido, alguém abertamente fiel a Lula e que não tenha ambições futuras. Haddad, talvez.

O candidato tucano Geraldo Alckmin continua parado: não teve novos apoios, não subiu nas pesquisas, não se tornou empolgante. Mas, apesar de tudo, pode chegar ao segundo turno. E, se tiver a sorte de disputar contra radicais, pode ganhar a eleição. Meirelles, emparedado (se for apresentado como candidato do Governo, é ruim; se for apresentado como oposição, é pior), não tem onde buscar apoio e é ainda menos empolgante do que Alckmin. A tendência da maior parte do MDB – não unânime, já que haverá emedebistas dando apoio de Ciro Gomes a Bolsonaro – é aliar-se a Alckmin. O mesmo ocorre com o DEM, o PSD, e os partidos do Centrão, PR, PTB, PP, eventualmente o PRB.

Isso dá voto? Não, claro; mas dá tempo de TV e ajuda no essencial trabalho de acompanhar de perto a campanha e as apurações. Urnas venezuelanas têm seus mistérios.

Há ainda Bolsonaro. Líder nas pesquisas, em ascensão, falta-lhe a base partidária. Seu tempo de TV é minúsculo. Pode chegar ao segundo turno (como Ciro também pode), mas precisará demonstrar sua força eleitoral. Por enquanto, vai bem; quando a campanha começar, como fica, sem TV?

Marina é empolgante, pessoalmente, mas não tem base. Como um cometa, aparece de quatro em quatro anos, brilha e some. Falta-lhe o trabalho de base, a ser realizado no intervalo das eleições. E Ciro vai bem, mas não resiste à tentação de ofender pessoas e grupos, até que se perca.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Quentura

Ipsos: desaprovação a Bolsonaro sobe a 64%. Depois de três meses de estabilidade, a desaprovação ao pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) subiu de 60% para 64%, enquanto a aprovação caiu de 23% para 20%. Esta é a principal novidade da pesquisa Barômetro Político



25/06


2018

Reação da Lava Jato para impedir domiciliar de Lula

Helena Chagas - Blog Os Divergentes

Vamos tentar entender o que ocorreu:

1) a pedido do relator Edson Fachin, a Segunda Turma do STF marcou para a próxima terça o julgamento de recurso que pedia a suspensão da prisão do ex-presidente Lula até que o próprio STF e o STJ julgassem seus recursos finais, que ainda teriam que ser admitidos pelo TRF-4;

2) a defesa de Lula entregou aos ministros um memorial pedindo que, se negasse a soltura, a turma determinasse a prisão domiciliar;

3) a sexta amanheceu sob o zunzunzum, registrado na imprensa, de que a turma daria a domiciliar;

4) no mesmo dia, o TRF-4, com os recursos parados desde abril, decidiu, por sua vice-presidente, negar o do STF e admitir só o do STJ;

5) uma hora depois, Fachin, alegando mudança na situação processual, tira de pauta e arquiva o assunto.

Não tem mais novo julgamento para Lula, a não ser que a Segunda Turma reaja e acolha um novo recurso da defesa – só que este teria que ser encaminhado a ela pelo próprio Fachin, que já mostrou aonde está nessa história toda.

O que advogados de Brasília estão concluindo desse enredo quase autoexplicativo é que, diante do alto risco de serem derrotadas na Segunda Turma, as forças da Lava Jato – que tem como pilar de apoio no STF o próprio Fachin – rapidamente se mobilizaram para impedir que o ex-presidente seja solto ou ganhe o benefício da prisão domiciliar, o mais provável.

Ou seja, alguém fez as contas e percebeu que Dias Toffoli, Ricardo Lewndowski e, possivelmente, Gilmar Mendes – ou Celso de Mello – tenderiam a uma decisão favorável a Lula desta vez. E agora?

Em tese, se de fato existir essa correlação de forças na Segunda Turma, Lula ainda poderá ganhar uma domiciliar antes das eleições – de preferência até setembro, quando Dias Toffoli troca de lugar com Cármen Lúcia na presidência do STF e muda a correlação de forças na Turma, que ficaria menos propensa a beneficiar o ex-presidente. Daí a pressa em examinar logo o recurso.

Na prática, porém, o que fica claro é que as forças lavajatistas nas instâncias superiores estão atentas e vigilantes em sua determinação de manter Lula na cadeia até as eleições de outubro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Quentura

BOLSONARO É TÃO HONESTO QUE A JBS TINHA O NÚMERO DA CONTA BANCÁRIA DELE.DEPOSITOU R$ 200.000,00. TÁ NO SITE DO TSE. OLHA ESSE HONESTO



25/06


2018

Portos: PF colabora com inquérito que investiga Temer

Diretoria da PF coloca servidor de armazenamento de dados à disposição de investigadores do inquérito dos portos

Blog de  Matheus Leitão

A Diretoria de Tecnologia de Informação da Polícia Federal colocou um servidor de armazenamento de dados à disposição dos peritos de informática que extraíram todas as informações e fizeram espelhamento dos dados do chamado inquérito dos portos.

inquérito investiga o presidente Michel Temer. A finalidade é saber se um decreto editado pelo presidente teve por objetivo favorecer empresas do setor portuário. Temer nega.

Os investigadores trabalharão de forma ininterrupta, inclusive nos finais de semana e dias dos jogos do Brasil na Copa do Mundo.

Como revelou o blog, a PF mobilizou 25 policiais federais, incluindo alguns ligados à área que apura desvio de recursos públicos e de inteligência para a análise desses dados obtidos durante todo o período de investigação.

A solução de colocar o servidor de armazenamento de dados à disposição da investigação, um “storage”, foi adotada neste fim de semana, como parte de um “mutirão” para concluir a investigação até o próximo dia 10.

Nessa data, se esgota o prazo de 60 dias estipulado pelo ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso no Supremo Tribunal Federal (STF), para conclusão do inquérito. Barroso autorizou duas vezes a prorrogação do prazo do inquérito.

O inquérito

Na ocasião da abertura do inquérito, em setembro ano passado, Barroso afirmou que as provas colhidas mostravam, à época, que Rodrigo Rocha Loures, ex-deputado e ex-assessor de Temer, mencionava intermediários de repasses ilícitos para o presidente em troca de favorecimento da empresa Rodrimar. Temer sempre negou.

Durante a investigação, houve pedido de quebra de sigilo dos investigados. Policiais que atuam no caso chegaram a desarquivar um processo que tramitou nos anos 1990 e é relacionado a um ex-presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (estatal administradora do porto de Santos) indicado para o cargo por Temer.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/06


2018

PT preso a Lula

Partido que venceu últimas quatro eleições não consegue apresentar uma ideia para o País

Vera Magalhães, O Estado de S.Paulo

Pouco antes de ser preso, numa das cenas da narrativa épica em que tentou transformar o que, na verdade, era uma derrota sem precedentes, Lula cunhou a frase segundo a qual não era mais uma pessoa, mas uma ideia. Passados mais de dois meses de sua prisão, não houve comoção nacional, minguou a vigília, as tentativas de levar a sua soltura fracassam uma a uma e o PT, seu partido, segue preso à pessoa de Lula, sem uma única ideia a apresentar ao País.

Os debates presidenciais já começaram, a despeito do calendário eleitoral oficial ter sido propositalmente empurrado para a frente. Pré-candidatos reais e figurativos se revezam em encontros com associações, entrevistas e sabatinas de imprensa e ocupam as redes sociais com estratégias políticas e esboços de propostas.

Instados por jornais, portais, rádio e emissoras, expõem aos eleitores ainda muito céticos suas propostas para temas cruciais para o Brasil, como reforma da Previdência, reforma tributária, educação, segurança pública e ajuste fiscal.

O PT, por vontade própria, insiste em se ausentar deste debate. O partido que venceu as quatro últimas eleições presidenciais no País não consegue formular um programa com o qual se apresentar de novo ao eleitor depois do impeachment de Dilma Rousseff e da prisão de seu maior líder.

PUBLICIDADE

inRead invented by Teads

Insiste ad infinitum na tese segundo a qual foi vítima de um golpe envolvendo o Supremo Tribunal Federal, as duas Casas do Congresso, quase todos os partidos, a imprensa, as demais instâncias do Judiciário, o Ministério Público Federal, a Polícia Federal e quantas mais instituições houver. Haja perseguição!

Os principais parlamentares petistas se abstêm de exercer seus mandatos, debater os projetos em pauta e os grandes temas nacionais. Se revezam na tribuna, nas visitas à carceragem de Curitiba e nas redes sociais com a mesma cantilena de #LulaLivre, sem perceber que esse discurso está restrito cada vez mais aos já convertidos e não terá o condão de dar ao partido um plano de futuro.

Diretamente do cárcere, Lula insiste em se fazer onipresente, não hesitando em atar o destino do partido que fundou ao seu próprio. Segura o quanto pode uma escolha que, dia após dia, se mostra irrefutável. O PT terá de escolher outro candidato, pois a candidatura de Lula será barrada pela Lei da Ficha Limpa, que ele próprio sancionou quando era presidente.

Escolher entre Fernando Haddad e Jaques Wagner implica definir por estratégias, estilos e discursos diferentes. As alianças possíveis a partir da nomeação de um ou de outro são distintas, pela característica de cada um. 

Alheio a isso, o partido segue como um assistente da defesa do ex-presidente, atando seu destino aos sucessivos e malsucedidos recursos para tentar tirá-lo da prisão.

A absolvição de Gleisi Hoffmann na semana que passou deu ao partido um alento de que a mesma Segunda Turma relaxaria a prisão de Lula. Mas ele durou só até sexta, quando duas notícias acabaram com a euforia petista: no mesmo dia, o TRF-4 negou a admissão de recurso extraordinário da defesa ao STF (o que fez o ministro Edson Fachin retirar um pedido da defesa da pauta de terça) e homologou a delação de Antonio Palocci.

Essas decisões mostram que, a despeito da tentativa petista de negar o que amplas e fartas investigações já comprovaram – a existência do petrolão em toda a sua gravidade, com o concurso de Lula e de outras estrelas petistas, em consórcio com o MDB e demais partidos aliados –, a Justiça seguirá seu caminho. 

Resta ao partido optar entre acertar contas com esse passado recentíssimo – que legou ao País recessão e um escândalo de corrupção sem precedentes – e tentar engendrar algum futuro ou seguir preso a Lula. A opção, até aqui, parece ser a segunda


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores