FMO

06/12


2019

Rorró na festa do meu amigo Ciro

A festa de 10 anos do programa "O Povo na TV", comandado pelo jornalista Ciro Bezerra na TV Jornal, foi ponto de encontro da sociedade pernambucana no dia de hoje.

Ciro Bezerra recebeu diversas atrações musicais e personalidades. Na foto, a diretora de jornalismo da Rádio e TV Jornal Mônica Carvalho recebe, ao lado de Ciro, a ex-prefeita de Floresta Rorró Maniçoba e seu esposo Dario Novaes Ferraz.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

06/12


2019

Tião do Gesso dá sua versão sobre operação do MPT

O empresário Tião do Gesso, cujas empresas foram fiscalizadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego, na última quarta-feira, e pelo Ministério da Defesa, ontem, afirma que nenhuma de suas empresas foi fechada ou multada por irregularidade. As operações, segundo ele, são rotineiras, chegando a três por ano e não ocorrem mediante denúncias e sim para acompanhamento das atividades do setor e prevenção.

“Os autos lavrados na fiscalização estão disponíveis à imprensa e ao público em geral. Eles atestam a legalidade e regularidade das operações. Os documentos exigidos pelo exército com abertura de prazo para apresentação estão todos em dia e encontram-se na sede da empresa”, diz o empresário.

Por fim, o empresário Tião do Gesso esclarece que suas empresas continuam funcionado, gerando emprego e renda. “Para tristeza de quem torce contra o progresso e, sobretudo contra aqueles que saíram do andar de baixo para ocupar lugar ao sol no ramo empresarial, envio breve filme de máquinas operando para extrair o “Ouro Branco do Araripe”. Esta é a nossa rotina. Trabalhar duro, gerar empregos e desenvolver nossa terra. Fazer de Araripina um lugar mais feliz e próspero é a nossa missão e dela não arredaremos jamais”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Paulista

06/12


2019

Itacuruba: Cientistas debatem prós e contras de usina

A comunidade científica fez, hoje, no auditório do Espaço Ciência, as suas considerações sobre a hipótese de construção de uma usina nuclear em Itacuruba, no Sertão de Pernambuco. Promovido pela Academia Pernambucana de Ciências (APC), com o apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (SECTI), o evento reuniu especialistas e representantes da sociedade civil para discutir de maneira técnicas os impactos positivos e negativos da possibilidade.

O secretário Aluísio Lessa destacou a importância de trazer a público a opinião dos cientistas. “Não se tem oficialmente uma decisão, apenas a intenção do Governo Federal em investir US$ 30 bilhões em seis plantas, sendo Itacuruba uma delas. Diante disso, precisamos debater com a comunidade científica e a sociedade civil para chegar a um denominador comum e saber se é ou não viável para Pernambuco ter um empreendimento deste tipo”, ressaltou.

Para o conselheiro da Associação Brasileira para o Desenvolvimento de Atividades Nucleares, Carlos Henrique Mariz, as consequências da instalação de uma usina são amplamente favoráveis. “Estudos criteriosos selecionaram Itacuruba como local provável para a instalação de uma usina nuclear e nós somos a favor disso. O risco de acidente nuclear é mínimo. Estamos na terceira geração dessas usinas, não existe a ameaça eminente de poluição ou de evacuação da população”, comentou.

O professor aposentado da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Heitor Scalambrini enumerou as razões que o fazem ser contrário à hipótese. “Sou contra por vários fatores. É uma energia cara e isso vai incidir na conta do consumidor; todo o processo de construção do combustível nuclear tem emissão de gases do efeito estufa; a sociedade não está sendo consultada neste processo; e como vamos deixar para as gerações futuras o lixo atômico sem saber como armazená-lo de forma definitiva?”, declarou.

Na ótica do ex-ministro de Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, o desenvolvimento econômico e social que pode ser gerado para a região precisa ser levado em consideração. "Possivelmente, os profissionais que irão trabalhar na usina nem brasileiros serão. Mas a população de Itacaruba vai ter oportunidades que nunca antes tiveram. Desprezar o investimento de 20 bilhões de reais no Sertão de Pernambuco é um erro histórico", disse.

A professora de sociologia da Universidade de Pernambuco, Vânia Fialho, defendeu o impacto negativo que a usina pode trazer ao povo de Itacuruba. "Esse projeto tem como vetor o vazio demográfico da região. As pesquisas de viabilidade estão sendo conduzidas por empresas privadas, que têm seus próprios interesses e deixam de lado as políticas públicas. Além disso, tem que se levar em consideração a estrutura da cidade e condição de vida da população diante deste empreendimento. E todos os segmentos da sociedade precisam ser ouvidos. Em Paulo Afonso, por exemplo, os povos tradicionais vêm sendo impactados desde a implantação da usina da Chesf. Os danos foram graves", salientou.

O presidente da APC, José Aleixo, comemorou o resultado do evento e falou que serão promovidas novas rodadas da iniciativa. “Não queremos ser contra ou a favor, apenas trazer o embasamento científico para a discussão. Para se construir uma usina nuclear existem aspectos positivos e negativos, que estão ligados à economia, a sociedade, o meio ambiente, a ciência e tecnologia. Trouxemos à sociedade a visão técnico-científica destes pontos. Este foi o primeiro debate e é possível que façamos outros mais, inclusive na região de Itacuruba, onde a população parte interessada”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Ipojuca

06/12


2019

Meu editorial no Frente a Frente – 06/12/2019

Se você perdeu o Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, no Recife, escute agora o meu editorial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/12


2019

André elogia Sebastião e congresso do Avante

Três dias depois de ser paparicado em Brasília pelo governador Paulo Câmara e sinalizar que não desistirá da sua pré-candidatura a prefeito do Recife, o líder do PSD, André de Paula, foi o único presidente de partido no Estado a prestigiar o congresso estadual do Avante, partido que será comandado, oficialmente, no futuro, pelo deputado Sebastião Oliveira, hoje em fase de despedidas do PL.

Como André, Sebastião está distanciado do Palácio das Princesas, construindo uma espécie de terceira via no Estado em oposição ao Governo. Articulado e bom de voto – foi o quarto deputado federal mais votado em 2018 – Sebá, como é mais conhecido, mostrou força ao fazer um evento de peso, gigantesco, atraindo um número de lideranças expressivas dos mais diversos municípios e regiões do Estado.

"Eu não tenho a menor dúvida de que o Avante está em boas mãos, com a cara de uma liderança de expressão como Sebastião", disse André de Paula.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Abreu e lima

06/12


2019

Avante faz congresso de partido majoritário

O congresso estadual do Avante, que ocorre neste momento em Gravatá, atraiu uma penca de lideranças dos mais diversos municípios e regiões do Estado. Lotou o auditório do Hotel Canariu’s e contou com a presença do presidente nacional da legenda, Luís Tibet, deputado federal por Minas.

Além do deputado federal Sebastião Oliveira e do seu irmão Waldemar Oliveira, presidente estadual da legenda, o evento contou também com a presença do presidente estadual do PSD, André de Paula, líder da Câmara dos Deputados.

Após a minha palestra sobre o político e as redes sociais, o evento contou também com a explanação do advogado Eraldo Inácio, sobre regras eleitorais e a condução dos debates foi feita por Alan Pereira, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, em Serra Talhada.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

06/12


2019

Candangos de Lança promovem festa em Brasília

A Associação Cultural Candangos de Lança realizará, amanhã, um evento onde os apreciadores da autêntica cultura popular nordestina poderão desfrutar de muito frevo, forró, maracatu e outros gêneros musicais típicos da região. O nome do evento, “Me Segura no Cerrado”, remete ao mais tradicional ritmo pernambucano tomando como palco o cerrado, numa referência ao clássico frevo “Me segura senão eu caio”, imortalizado na interpretação de Alceu Valença. A ideia é celebrar essa conexão entre Brasília e Nordeste e ressaltar o rico e democrático mosaico de influências que tornam a identidade cultural brasilense única.

Virão, especialmente de Recife para a festa, artistas consagrados no cenário musical, como Benil, expoente da nova geração de músicos pernambucanos, Gustavo Travassos, puxador oficial do maior bloco carnavalesco do mundo, o Galo da Madrugada, e Ed Carlos, que em 2019 completou 30 anos de uma sólida carreira dedicada ao frevo e ao forró. Radicados em Brasília, completam o time de atrações a Orquestra Popular Marafreboi, regida pelo maestro Fabiano Medeiros, e o Maracatu Baque Mulher, grupo feminino símbolo do ritmo afro-brasileiro.

Apoiam o evento os tradicionais blocos carnavalescos brasilienses Suvaco da Asa, Galinho de Brasília e Virgens da Asa Norte, que erguerão seus estandartes e desfilarão juntos em um encontro histórico. Na ocasião, também serão prestadas homenagens a personalidades que se destacaram pela atuação em prol da cultura pernambucana.

A festa acontecerá no Galpão 17, no SIA. A Associação Cultural Candangos de Lança, ou simplesmente Candangos de Lança, é uma associação civil sem fins lucrativos fundada em setembro de 2019 em Brasília com o objetivo de congregar a comunidade pernambucana do Distrito Federal e promover a cultura, a identidade e as tradições do Estado de Pernambuco por meio de eventos artísticos, sociais e filantrópicos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

06/12


2019

DNOCS libera R$ 15 milhões para Sertânia

O coordenador estadual do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS, Marcos Rueda, assinou, hoje, uma ordem de serviço no valor de R$ 15 milhões para que a empresa MRM inicie, de imediato, as obras que consistem na construção da captação definitiva em Sertânia. A obra visa melhorar de forma definitiva o abastecimento de água para a região.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

06/12


2019

Justiça inocenta ex-prefeito de Buíque

A Justiça Federal julgou improcedente a ação civil-pública de improbidade administrativa que o Ministério Público Federal ajuizou contra o ex-prefeito de Buíque Jonas Camelo, alegando a prática de conduta improba em prejuízo à União Federal.

A decisão foi proferida hoje, pelo juiz Allan Veras, por entender que o ex-prefeito não praticou os atos de improbidade administrativa apontados pelo MPF e, assim, o inocentou de qualquer cometimento de ato ímprobo em detrimento daquele município e da União Federal. Atuaram na defesa do ex-prefeito os advogados Edilson Xavier, de Arcoverde, e Fábio Bezerra, de Buíque.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Shopping Aragão
Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores