ArcoVerde

11/12


2018

Vai à Câmara parecer de projeto que inibe cartéis

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou, hoje, na última sessão do ano, parecer do senador Armando Monteiro (PTB-PE) a projeto de lei que desestimula a prática de cartel (combinação de preço e domínio de mercado por um grupo de empresas). Como foi votado em caráter terminativo, o projeto irá direto ao exame da Câmara dos Deputados.

“A cartelização é prejudicial aos pequenos e médios produtores, que compram insumos mais caros de oligopólios, e aos consumidores, onerados com preços mais elevados dos produtos finais”, ressaltou Armando em seu relatório, elogiado, entre outros senadores, por Tasso Jereissati (PSDB-CE), presidente da CAE, Simone Tebet (MDB-MS) e José Serra (PSDB-SP).

“O senador Armando Monteiro não só defende com competência os interesses de Pernambuco como se envolve diretamente em todas as grandes questões nacionais”, pontuou Serra.

Segundo Armando, apesar de avanços na legislação sobre a concorrência, “o Brasil ainda se ressente de um ambiente concorrencial mais saudável, porque temos na base da nossa estrutura econômica grupos oligopolizados que podem criar cartéis, deformando e negando o sentido de um sistema capitalista moderno e a função social da livre iniciativa”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

11/12


2018

Paulo destaca importância de Múcio e Ana Arraes no TCU

O governador Paulo Câmara e a primeira-dama Ana Luiza participaram, hoje, da Sessão Extraordinária de Posse dos ministros José Múcio Monteiro, no cargo de presidente, e Ana Arraes, no cargo de vice-presidente, do Tribunal de Contas da União (TCU). Conforme o regimento do órgão de controle, os dois mandatos têm a duração de um ano, com possibilidade de reeleição por igual período. A solenidade, que ocorreu no edifício-sede do TCU, em Brasília, reuniu autoridades e personalidades importantes da sociedade brasileira.

"A posse de José Múcio na presidência do Tribunal de Contas da União e de Ana Arraes na vice-presidência é motivo de alegria e orgulho para Pernambuco. São duas grandes figuras públicas, que vão honrar o nosso Estado, atuando com correção, transparência e espírito republicano em defesa da boa aplicação dos recursos públicos", destacou o governador Paulo Câmara.

José Múcio acumula experiências no Legislativo, com cinco mandatos na Câmara Federal, e no Executivo, tendo comandado o Ministério de Relações Institucionais da Presidência da República no segundo governo Luiz Inácio Lula da Silva, e governado o município de Rio Formoso, na Mata Sul. Ele está no TCU desde 2009. Ana Arraes é filha do ex-governador Miguel Arraes e mãe do ex-governador Eduardo Campos. Ana teve duas passagens pela Câmara Federal, onde exerceu mandato até 2011, quando ingressou no TCU.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/12


2018

Bolsonaro pede para desarquivar queixa contra Jean Wyllys

Do G1

A defesa do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL-RJ), recorreu, ontem, pedindo que o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), reconsidere o arquivamento de uma queixa apresentada por ele contra o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) por injúria e calúnia.

Em novembro do ano passado, o ministro arquivou a queixa afirmando que os advogados de Bolsonaro, então deputado, perderam o prazo para entrar com a ação, o que a defesa refuta.

A queixa foi apresentada em agosto do ano passado por suposto crime contra a honra, por entrevista transmitida ao vivo em rede social mantida pelo jornal “O Povo”.

Segundo Bolsonaro, o deputado Jean Wyllys o acusou de ter praticado lavagem de dinheiro, chamando-o de "fascista", "burro", entre outros.

Segundo a defesa, embora não tenha mencionado o nome de Bolsonaro, a entrevista deixava claro que se tratava dele, porque o deputado se referia a alguém filiado ao PP (antigo partido de Bolsonaro).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Depoimento de motorista derruba presidente! Jair Bolsonaro terá mesmo destino de Collor e cairá precocemente? Tal como o ex-presidente Fernando Collor de Mello, Jair Bolsonaro tem também um motorista que pode levá-lo a um impeachment precoce. Tal como Collor, Bolsonaro tem também um motorista — Fabrício Queiroz — que pode lhe derrubar. Queiroz depositou R$ 24 mil na conta de dona Michelle Bolsonaro, foi denunciado à Procuradoria Geral da República e terá que depor. Seu depoimento pode levar Jair Bolsonaro a uma queda precoce. Após o anúncio, confira semelhanças entre os casos Collor e Bolsonaro. Eu torço.



11/12


2018

Rodrigo Novaes pode ser secretário de Paulo

EXCLUSIVO

Por Arthur Cunhaespecial para o blog

O deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD) pode ser convocado pelo governador Paulo Câmara (PSB) para seu secretariado. Parlamentar combativo, com atuação em diversos segmentos, Novaes reelegeu-se bem para um novo mandato este ano. Ele tem boa relação com o governador; trabalhou com Paulo antes mesmo de ser deputado, como advogado. Na Alepe, entre outras coisas, foi vice-líder do governo de Câmara e teve seu nome lembrado para o primeiro escalão estadual.

Dessa vez, contudo, o nome do sertanejo tem ganhado força, faltando, ainda, definir qual seria a pasta. A convocação de Rodrigo, dizem fontes palacianas, serviria, ainda, para mostrar que o PSD vai além do grupo do seu presidente em Pernambuco, o deputado federal André de Paula. A informação de bastidores é que a cúpula do governo não ficou satisfeita com o desempenho da legenda na Secretaria das Cidades e no Detran.

Outro ponto que reforça o ingresso de Rodrigo Novaes no primeiro escalão estadual é que a sua convocação abriria vaga na Assembleia Legislativa para o primeiro suplente da Frente Popular, Sivaldo Albino (PSB). Esse, inclusive, já pode encomendar o terno porque, com certeza, assumirá o mandato. Sua missão será fazer oposição ao atual prefeito de Garanhuns, Izaias Régis (PTB), ligado ao senador Armando Monteiro (PTB).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

arnaldo luciano da luz alencar ferreira

Excelente Quadro, Honesto, competente e muito batalhador, considero Rodrigo Novaes o substituto de Osvaldo Coelho na luta pelo nosso SERTÃO .



11/12


2018

Obras da BR-104 avançam

Uma das principais obras de infraestrutura viária da atual gestão do Governo de Pernambuco, a restauração e duplicação do trecho de 13,2 quilômetros da BR-104, continua avançando. O trecho contemplado vai do km 19,8, no distrito de Pão de Açúcar, em Taquaritinga do Norte, até o km 33, no município de Caruaru.

Essa iniciativa conta com investimento aproximado de R$ 80 milhões, provenientes de um convênio firmado entre os governos Estadual e Federal. Quando concluída, beneficiará diretamente mais de 384 mil moradores dos dois municípios das microrregiões Central e Setentrional do Agreste pernambucano.

Atualmente, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria de Transportes, segue realizando os trabalhos de terraplenagem e instalação dos dispositivos de drenagem. Foram concluídos 17,11% do total dos serviços previstos nessa intervenção. O fluxo de veículos segue sem maiores transtornos no local, sendo necessário utilizar o sistema de controle de tráfego “Pare e Siga”, em algumas ocasiões.

A BR-104 é uma das vias mais importantes de Pernambuco e essa iniciativa vai melhorar o deslocamento dos usuários com boas condições de trafegabilidade, rapidez, conforto e segurança, além de trazer grandes benefícios para o polo de Confecções do Agreste, o incremento do turismo local e geração de novos postos de trabalho, contribuindo imensamente para o desenvolvimento dessa região do Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/12


2018

PEC do foro na agenda

A comissão especial da Câmara que analisa a PEC da redução do foro privilegiado se reúne, na tarde de hoje, para votar a proposta do deputado Efraim Filho (DEM-PB). A proposta restringe o foro ao presidente da República e ao vice, aos presidentes da Câmara dos Deputados, do Senado e do Supremo Tribunal Federal.

Deixariam de contar com o direito para crimes comuns “ministros, governadores, prefeitos, chefes das Forças Armadas e todos os integrantes, em qualquer esfera de poder, do Legislativo, do Ministério Público, do Judiciário e dos Tribunais de Contas”. A PEC só deverá ser analisada pelo plenário da Casa no ano que vem. As informações são do Portal BR18


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/12


2018

José Múcio toma posse como presidente do TCU

O ministro José Múcio tomou posse, hoje, como presidente do Tribunal de Contas da União (TCU). O mandato de Múcio, no entanto, só terá início no dia 1º de janeiro de 2019. A ministra Ana Arraes também tomou posse como vice-presidente do tribunal.

Múcio ocupará o cargo que hoje é do ministro Raimundo Carreiro. O mandato no comando do tribunal tem prazo de um ano e pode ser renovado por mais um.

A cerimônia de posse contou com a presença de diversas autoridades, como o presidente Michel Temer; o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli; o presidente da Câmara, Rodrigo Maia; o presidente do Senado, Eunício Oliveira; além de governadores e ministros, deste e do próximo governo.

Em meio à solenidade, o ministro Benjamin Zymler foi destacado para discursar em nome do TCU. Zymler relembrou a trajetória de Múcio na política pernambucana e disse que o Brasil vive um período de "grande inquietude", no qual as instituições públicas estão mais do que nunca em permanente observação pela sociedade.

“Não serão tempos fáceis. No horizonte de 2019, avizinham-se graves dificuldades no campo da economia e das finanças públicas, e ninguém as esconde. Neste cenário, há forte tendência de que a Corte de contas adquira maior visibilidade, ampliando a responsabilidade de todos nós que aqui atuamos e mais ainda dos que são responsáveis pela sua condução. A missão é desafiadora”, declarou Benjamin Zymler.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/12


2018

Deputado cobra melhores condições de trabalho para os conselheiros tutelares

O deputado Ossesio Silva (PRB) apresentou algumas indicações cobrando melhores condições de trabalho para os Conselhos Tutelares na Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata, Agreste e Sertão do estado. O apelo foi feito para os governos Federal, Estadual e municipal. O objetivo das proposições é uma reestruturação, com melhoria da estrutura física e de pessoal, possibilitando o acompanhamento e o acolhimento das mulheres e crianças em situação de vulnerabilidade.

Na justificativa da solicitação o deputado destacou a importância dos conselhos tutelares na defesa dos direitos da criança e do adolescente. “O papel dos conselheiros é fundamental para o desenvolvimento da sociedade. É de suma importância fortalecer as condições dos conselhos, ampliação do número de unidades e melhoria salarial para os profissionais” frisou.

Segundo o parlamentar, o Executivo e o legislativo devem buscar soluções para as questões apresentadas, destacando que a criança e o adolescente devem ser tratados como prioridade absoluta, como determina a Constituição. “Devem ser revistos novos critérios para estatuto e regimento interno, e propor maneiras para que os conselheiros possam trabalhar com mais autonomia” ressaltou.

Ossesio é autor do projeto que originou a Lei Estadual nº 15.840/2016. A proposição prevê a afixação de cartaz informativo em instituições públicas e privadas com o número dos Conselhos Tutelares e de outros serviços para denúncias e emergências. A ação visa propagar o contato direto por meio do número de telefone e pretende-se conseguir mais efetividade ao trabalho.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 4

11/12


2018

PT pode ficar com Conselho de Ética

As articulações na disputa pela presidência do Senado passam pela possibilidade de o PT ficar com a presidência do Conselho de Ética. O partido deve apoiar Renan Calheiros (MDB) para o comando da Casa. Nos últimos seis anos, o conselho foi presidido por João Alberto Souza (MDB).

O presidente do Conselho de Ética tem poder para instaurar ou arquivar numa canetada pedidos de investigação contra colegas, informou a Coluna do Estadão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/12


2018

Coluna da terça-feira

Cúpula da segurança estadual será quase toda mantida

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Após o nome do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, ser cogitado para a Secretaria de Defesa Social do estado, fontes palacianas foram unânimes em garantir que o atual titular da pasta, Antônio de Pádua, só não ficará no cargo se não quiser ou se não puder. É prego batido! Os palacianos foram bem mais além e cravaram que, praticamente, toda a cúpula da segurança pública estadual será mantida – as mudanças serão cirúrgicas.

Ficarão nos seus cargos os atuais chefes das polícias Militar e Civil, coronel Vanildo Maranhão e Joselito Kehrle, respectivamente. Mudança confirmada mesmo só no comando da Casa Militar, com a saída do coronel Eduardo Pereira. A permanência do comandante do Corpo de Bombeiros, Manoel Cunha, não está definida; ele pode ser trocado.

O motivo para a manutenção da cúpula de segurança é bem óbvio: os números são positivos para o governo. No mês passado, foram batidas, mais uma vez, as metas do Pacto Pela Vida. Os palacianos argumentam que não há motivos para mudar um time que está ganhando. Os índices de criminalidade têm sido reduzidos nos últimos 12 meses. Esse fator, avaliam, pesou na reeleição em primeiro turno do governador Paulo Câmara.

Antônio de Pádua tem a total confiança do governador, garantem as fontes palacianas. Se ele não ficar – o que eles acham difícil –, quem figura na lista com mais força para ocupar o posto é Humberto Freire, o número dois da SDS, também delegado federal; outro que tem a confiança do governador. Eles só voltarão ao seu órgão de origem se o futuro ministro da Segurança, Sérgio Moro, cumprir a promessa de chamar todos os delegados que estão fora da corporação.

Prescritos – A transição dos inquéritos da Decasp para o Draco, realizada com participação do Ministério Público, revela que, até o momento, 250 inquéritos então conduzidos pela delegada Patrícia Domingos (ex-chefe da Decasp) estão prescritos. O MPPE está atuando em cima dessas investigações, por meio de uma força-tarefa, e buscando soluções para evitar a impunidade pela a perda dos prazos legais. A transição observou que grande dos inquéritos inconclusos envolvia policiais acusados.

Faxineiro das polícias – A ausência de uma estrutura preparada para investigar e punir policiais corruptos e envolvidos com o crime organizado foi um dos motivos que fizeram a Secretaria de Defesa Social redefinir o papel do Grupo de Operações Especiais (GOE), vinculado ao Draco. Antes focado na repressão aos sequestros, que praticamente deixaram de existir em Pernambuco, o GOE será o faxineiro das polícias. Para isso, recrutou delegados blindados contra o corporativismo.

“Missão dada, missão cumprida” – O nome mais forte para assumir a Casa Militar é o do coronel Felipe Oliveira, atual segundo em comando da secretaria. Felipe é eficiente, prestativo e articulado. Com ele é “missão dada, missão cumprida”. Vem dos tempos de Eduardo Campos, de quem foi ajudante de ordem nos dois mandatos. Por isso, tem o apreço de todos da família do ex-governador. Também é muito querido no governo.

Para bom entendedor – Questionado, durante entrevista ao programa Frente a Frente, ontem, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, negou que iria para a SDS, mas disse que seria uma “honra” servir ao seu estado. Jungmann tem sintonia com Paulo Câmara e escolheu ficar na situação quando seu antigo partido, o PPS, passou para a oposição depois de o deputado federal Daniel Coelho assumir a sigla. Jungmann fez um balanço de sua atuação no Governo Temer e adiantou que pretende ir para o setor privado. Mas...

CURTAS

CHAMINÉ II – A segunda operação do Draco em uma semana ocorreu na manhã de ontem. Intitulada Chaminé II, a operação resultou na prisão de Ivan Domício (irmão do ex-presidente da Câmara do município, Iranildo Domício, detido na primeira fase da Chaminé), a assessora de Ivan, Paula Monteiro, e uma pessoa que prestava serviços de motorista, Pedro Paulo. O grupo responde pelos crimes de peculato, fraude em licitações, lavagem de dinheiro e organização criminosa, envolvendo um desvio estimado em mais de R$ 5 milhões.

PIADA PRONTA – A diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro no dia em que a Declaração Universal dos Direitos Humanos completou 70 anos não passou em branco. Derrotado nas urnas pelo ex-capitão que defendeu a “memória” do torturador Brilhante Ustra, Fernando Haddad chamou a coincidência de “paradoxo”. Verdade. Mas também é paradoxo um partido como o PT, com a história que teve, ter seu presidente de honra preso por corrupção. As duas constatações parecem piada pronta, mas, infelizmente, não são. Pior para nós.

RESISTÊNCIA – Os servidores da Fundação Joaquim Nabuco estão tendo uma certa resistência ao nome do deputado federal e ex-ministro Mendonça Filho para comandar o órgão. Eles não têm boas lembranças do tempo em que o parlamentar era o titular do Ministério da Educação. Essa resistência é o que tem emperrado a ida de Mendonça para a entidade. O pernambucano aderiu a Bolsonaro na reta final da campanha. Seus aliados avaliam que, se o fizesse antes, o deputado teria se elegido senador na onda do “Bolsonarismo”. 

Perguntar não ofende: Vai ter lugar no estado para abrigar todos os deputados que perderam a eleição?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Depoimento de motorista derruba presidente! Jair Bolsonaro terá mesmo destino de Collor e cairá precocemente? Tal como o ex-presidente Fernando Collor de Mello, Jair Bolsonaro tem também um motorista que pode levá-lo a um impeachment precoce. Tal como Collor, Bolsonaro tem também um motorista — Fabrício Queiroz — que pode lhe derrubar. Queiroz depositou R$ 24 mil na conta de dona Michelle Bolsonaro, foi denunciado à Procuradoria Geral da República e terá que depor. Seu depoimento pode levar Jair Bolsonaro a uma queda precoce. Após o anúncio, confira semelhanças entre os casos Collor e Bolsonaro. Eu torço.

Fernandes

Atirador invade Catedral de Campinas, atira em 9, mata 4 e se mata em seguida. Era Bozo chegando… Faz arminha…

Fernandes

marco Btralha. Bozo além de corrupto é também covarde! Usa a esposa para receber propinas, esse é o mito de algumas pessoas! Aceita que dói menos.

marcos

Alguém explica como Mariza Letícia uma ex empregada doméstica deixou R$ 11 Milhões de herança?

marcos

Chora não Menina Fascista o nosso Mito vai baixar o preço da mortadela



11/12


2018

Bolsonaro leva pastor ao TSE e faz oração com ministros

Bernardo Mello Fanco – O Globo

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, levou um pastor evangélico à cerimônia de diplomação no Tribunal Superior Eleitoral.

A pedido dele, o religioso Josué Valandro Jr fez uma oração na sala reservada aos ministros da Corte, antes do início da solenidade.

Também estavam presentes os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira.

O pastor Josué celebra cultos na Igreja Batista Atitude, na Barra da Tijuca. O templo é frequentado pela futura primeira-dama Michelle Bolsonaro.

A oração constrangeu alguns dos presentes. Um ministro disse ao blog que o tribunal não é o local apropriado para manifestações religiosas.

Na semana passada, Bolsonaro indicou a pastora Damares Alves, da Igreja Quadrangular, como futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos.

A bancada evangélica também deu aval à escolha do novo ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Depoimento de motorista derruba presidente! Jair Bolsonaro terá mesmo destino de Collor e cairá precocemente? Tal como o ex-presidente Fernando Collor de Mello, Jair Bolsonaro tem também um motorista que pode levá-lo a um impeachment precoce. Tal como Collor, Bolsonaro tem também um motorista — Fabrício Queiroz — que pode lhe derrubar. Queiroz depositou R$ 24 mil na conta de dona Michelle Bolsonaro, foi denunciado à Procuradoria Geral da República e terá que depor. Seu depoimento pode levar Jair Bolsonaro a uma queda precoce. Após o anúncio, confira semelhanças entre os casos Collor e Bolsonaro. Eu torço.

marcos

Chora não menina fascista, mito é mito

Fernandes

Tenho certeza que o motorista milionário é peça fundamental no Bolsogate! E só espremer esse pano sujo que vai sair muita lama.

Fernandes

Quanta hipocrisia.



11/12


2018

MP reforça segurança de promotor após ameaça do PCC

Lincoln Gakiya, responsável por pedir à Justiça a transferência de lideranças da facção para o sistema prisional federal, sofreu ameaças do PCC

Estadão Conteúdo

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) montou uma força-tarefa para investigar a ameaça do Primeiro Comando da Capital (PCC) ao promotor Lincoln Gakiya, (foto) responsável por pedir à Justiça a transferência de lideranças da facção para o sistema prisional federal. Considerado referência no combate ao crime organizado e autor de denúncias contra membros do PCC, o promotor já contava com esquema de segurança. A escolta, no entanto, foi reforçada, segundo o MP-SP.

"O promotor já está devidamente amparado, com toda segurança necessária para que continue o exercício regular do seu trabalho", afirmou nesta segunda-feira, o procurador-geral de Justiça de São Paulo, Gianpaolo Smanio, que também disse que o MP-SP não iria "ser intimidado" com as ameaças, serão os 2 mil promotores ou promotoras atuando"

O "salve", comunicado da facção com ordens ou pronunciamentos de sua cúpula e a resposta dos subordinados, foi decodificado pelo setor de inteligência da polícia. Os bandidos afirmam à cúpula que estão com o levantamento completo de Medina, chamado pelos criminosos de "frango". "Dá pra fazer ele a hora que quiser. Nóis (sic) já tem o carro e o orário (sic) tudo dele", diz o documento. A comunicação continua afirmando que o outro "frango", o "japonês" (o promotor Lincoln Gakiya) "é um pouco mais complicado": "A cidade dele é bem maior".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/12


2018

Força-tarefa: 40 denúncias contra João de Deus em um dia

Autoridades já começaram a agendar os depoimentos de mulheres que afirmam ter sido abusadas sexualmente pelo médium

Estadão Conteúdo

força-tarefa do Ministério Público e da Polícia Civil de Goiás, criada para investigar as suspeitas contra João Teixeira de Faria, o João de Deus, recebeu quarenta denúncias de abuso sexual em seu primeiro dia de trabalho. Os agentes foram contatados por quarenta mulheres que afirmam ter sido vítimas do médium e já começaram a agendar os depoimentos.

No fim de semana já haviam sido registrados dois boletins de ocorrência contra o líder religioso, que faz seus atendimentos na cidade goiana de Abadiânia.

Luciano Meireles, coordenador do centro de apoio operacional criminal do Ministério Público de Goiás, afirmou que vítimas de outros estados podem buscar também o Ministério Público mais próximo para prestar depoimento. As investigações ficarão concentradas em Goiás.

Diante das denúncias, as autoridades podem pedir o fechamento preventivo da Casa Dom Inácio de Loyola, onde os atendimentos de João de Deus são realizados. “Temos ainda que avaliar os depoimentos que forem formalizados. Dependendo do que for constatado, essa hipótese não está descartada”, disse Meireles.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Depoimento de motorista derruba presidente! Jair Bolsonaro terá mesmo destino de Collor e cairá precocemente? Tal como o ex-presidente Fernando Collor de Mello, Jair Bolsonaro tem também um motorista que pode levá-lo a um impeachment precoce. Tal como Collor, Bolsonaro tem também um motorista — Fabrício Queiroz — que pode lhe derrubar. Queiroz depositou R$ 24 mil na conta de dona Michelle Bolsonaro, foi denunciado à Procuradoria Geral da República e terá que depor. Seu depoimento pode levar Jair Bolsonaro a uma queda precoce. Após o anúncio, confira semelhanças entre os casos Collor e Bolsonaro. Eu torço.

marcos

Esse tem mais denúncia do que Hadad

Fernandes

Fascista.



11/12


2018

Niterói: novas eleições com prisão do prefeito

Artigo 61 da Lei Orgânica do Município (LOM) prevê que em caso de vacância do cargo de prefeito e inexistente vice-prefeito nos três primeiros anos do mandato, novas eleições serão feitas no prazo de 90 dias

O DIA - RAFAEL NASCIMENTO

Com a prisão do prefeito Rodrigo Neves (PDT), na manhã desta segunda-feira, na Operação Alameda, desdobramento da Lava-Jato, o município de Niterói poderá ter novas eleições nos próximos meses. É porque segundo a o artigo 61 da Lei Orgânica do Município (LOM) prevê que em caso de vacância do cargo de prefeito e inexistente vice-prefeito nos três primeiros anos do mandato, novas eleições serão feitas no prazo de 90 dias.

Só no decorrer do inquérito, que poderá classificar a prisão de Neves como "vacância do cargo" ou "impedimento temporário". Só após essa indefinição que será possível definir o que acontecerá com a prefeitura da cidade. Ou seja, se haverá ou não eleições.

Neves foi preso acusado de irregularidades no transporte público de Niterói. Agentes chegaram ao prédio em que ele mora, em Santa Rosa, por volta das 6h, e realizam buscas no local. Os policiais esperavam Neves tomar café e ele deixou o local às 8h26, indo até o carro da Polícia Civil acompanhado da esposa, que chorou muito após ele entrar no veículo. Ao todo, a operação busca cumprir cinco mandados de prisão e 19 de busca e apreensão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Depoimento de motorista derruba presidente! Jair Bolsonaro terá mesmo destino de Collor e cairá precocemente? Tal como o ex-presidente Fernando Collor de Mello, Jair Bolsonaro tem também um motorista que pode levá-lo a um impeachment precoce. Tal como Collor, Bolsonaro tem também um motorista — Fabrício Queiroz — que pode lhe derrubar. Queiroz depositou R$ 24 mil na conta de dona Michelle Bolsonaro, foi denunciado à Procuradoria Geral da República e terá que depor. Seu depoimento pode levar Jair Bolsonaro a uma queda precoce. Após o anúncio, confira semelhanças entre os casos Collor e Bolsonaro.

marcos

Essa esquerda fascista ladra nos envergonha



11/12


2018

MBL contra Haddad: abuso de poder econômico

Do Site Poder 360

O MBL (Movimento Brasil Livre) protocolou uma ação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra Fernando Haddad (PT) por abuso de poder econômico durante a campanha da eleição de 2018. O petista perdeu a eleição presidencial no 2º turno para Jair Bolsonaro (PSL). A ação foi movida no último sábado (8.dez.2018) pelo deputado federal eleito Kim Kataguiri (DEM-SP), 1 dos líderes do movimento, que pede a inelegibilidade de Haddad por 8 anos.

Distribuída pela Corregedoria Eleitoral, a ação será julgada pelo ministro Jorge Mussi, que, antes, precisa comunicar as partes envolvidas e solicitar uma manifestação de Haddad e da Procuradoria-Geral Eleitoral. Não há prazo para os procedimentos.

A acusação do MBL é de que Haddad apresentou pagamentos de R$ 1,2 milhão para empresa, mas as notas fiscais têm valor inferior a isso. A ação aponta que foram apresentadas duas notas fiscais (números 92 e 99) para a contratação do serviço de R$ 1,2 milhão. Para justificar os pagamentos foram utilizadas notas diferentes (números 84 e 99), que somam o valor de R$ 817,1 mil.

O QUE DIZ O PT

Assessoria do PT disse que o partido considera a ação movida pelo MBL é “de má-fé” e afirmou que os pagamentos correspondentes às notas foram efetuados pela campanha conforme foi declarado no TSE.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Depoimento de motorista derruba presidente! Jair Bolsonaro terá mesmo destino de Collor e cairá precocemente? Tal como o ex-presidente Fernando Collor de Mello, Jair Bolsonaro tem também um motorista que pode levá-lo a um impeachment precoce. Tal como Collor, Bolsonaro tem também um motorista — Fabrício Queiroz — que pode lhe derrubar. Queiroz depositou R$ 24 mil na conta de dona Michelle Bolsonaro, foi denunciado à Procuradoria Geral da República e terá que depor. Seu depoimento pode levar Jair Bolsonaro a uma queda precoce. Após o anúncio, confira semelhanças entre os casos Collor e Bolsonaro. Eu torço.