Prefeito de Belo Jardim assina ordem para calçamento e saneamento da Cohab I

O prefeito de Belo Jardim, Gilvandro Estrela, assinou a ordem de serviço para o calçamento e saneamento de várias ruas no bairro Cohab I, como parte do programa “Minha Rua Vai Ficar Top”. A obra, que tem previsão de entrega entre 30 a 60 dias, inclui a Travessa Agenor Barbosa Maciel e as ruas Maria Lídia Torres, Abílio Bezerra de Melo, Jesse Rodrigues Torres, Júlia Rodrigues Torres, Salustiano José Torres e Maria Leopoldina de Freitas. O calçamento começará pela rua Maria Leopoldina de Freitas, totalizando 1.470 metros quadrados.

Candidato à reeleição, o prefeito de Petrolândia, Fabiano Marques (Republicanos), marcou sua convenção para amanhã. Sua coligação inclui o PSD, PSB, Federação Brasil da Esperança (PT, PV e PC do B) e PMB. Será às 18h, no Velho Chico. “Contamos com sua participação para juntos continuar traçando caminhos para nossa Petrolândia”, escreveu o prefeito em convite publicado no Instagram.

A pré-candidatura de Maria Augusta à prefeitura de Iati recebeu a adesão de Ulisses Filho, popularmente conhecido como Ulissinho.

Ulisses é agropecuarista e filho do renomado produtor local Ulisses do Leite, já falecido. Ele já atuou como secretário de administração na gestão do ex-prefeito Padre Jorge e como assessor do atual gestor, Tonho de Lula.

“A chegada de Ulisses Filho ao grupo representa um importante apoio, fortalecendo ainda mais a campanha com sua expertise. Sua experiência e conhecimento no setor público e agronegócio certamente contribuirão para a construção de um plano de governo sólido e eficaz para a cidade”, declarou Maria Augusta.

A pré-candidata a prefeita de Araripina, vereadora Camila Modesto (Podemos), reuniu-se na noite de ontem com seus familiares para discutir sua indicação como candidata do grupo político do prefeito Raimundo Pimentel.

Camila, que está em seu terceiro mandato como vereadora, vem de uma família com longa tradição na política de Araripina.

Durante a reunião, Camila Modesto expressou sua alegria pela indicação: “A população de Araripina sabe que a cidade mudou para melhor nas duas gestões do prefeito Raimundo Pimentel. Um trabalho sério, honesto e feito por pessoas de bem, aprovado pela população da sede, da zona rural e dos distritos”, afirmou.

Pernambuco Meu País chega, hoje, a Bezerros. Conhecida como Terra dos Papangus, a cidade é rica culturalmente não apenas pelo carnaval, que tem na figura de Lula Vassoureiro outra legítima expressão das melhores tradições carnavalescas pernambucanas, mas também pelo grande J. Borges, cordelista e gravurista de talento reconhecido internacionalmente.

Tudo isso seria motivo mais do que suficiente para incluir Bezerros na rota do festival criado pelo Governo do Estado. Mas não é bem assim. A população que dá vida à folia no município, que vive o dia a dia na cidade e na zona rural vai ficar longe das atrações do Pernambuco Meu País, que preferiu montar seu palco em Serra Negra.

A serra atrai turistas e as pessoas que têm casa por lá devido ao friozinho gostoso e áreas verdes ainda existentes. É reduto de uma elite social e econômica com renda suficiente para pagar ingressos de shows de artistas como os que estão participando do festival da governadora, que a oposição batizou de Festival Racreche, criado apenas para concorrer com o tradicional FIG, o Festival de Inverno de Garanhuns.

É verdade que Preta Gil sumiu da lista das atrações de hoje, mas não faltou dinheiro para substituí-la apressadamente por The Fevers. 
Quando apresentou o Pernambuco Meu País, Racreche discursou para a mídia e os áulicos de plantão enaltecendo o compromisso de democratizar o acesso da população a shows que são realizados muito mais no Recife e Região Metropolitana do que em outros municípios.

Bezerros, por enquanto, é o melhor exemplo de que o discurso não passa de conversa fiada. Quem vai aproveitar os espetáculos sem gastar com ingressos hoje, sábado e domingo são os privilegiados de sempre. O povão fica na base do município, e, apesar do mau estado da rodovia, a elite sobe a serra.

Curtir artistas que nunca foram e dificilmente irão a Bezerros, lá na base do município, continuará a ser um sonho para a enorme maioria da população.

Por Cláudio Soares*

A Frente Popular confirmou oficialmente a candidatura da professora Roseane Borja (PT) ao cargo de vice-prefeita, integrando a chapa liderada pelo odontólogo George Borja (PSB). A decisão, amplamente celebrada e apoiada por centenas de famílias anteriormente indecisas, promete fortalecer a aliança entre PSB e PT, trazendo uma combinação de experiência técnica e habilidades políticas.

O anúncio foi marcado por um evento significativo, com a presença de diversas lideranças políticas, incluindo o prefeito Evandro Valadares, o vice-prefeito Ecleriston, além de vereadores e correligionários. O encontro simbolizou a união das duas legendas e a confirmação do compromisso com uma gestão inclusiva e representativa.

Roseane Borja, ex-secretária de Educação, é vista como um trunfo para a chapa devido à sua capacidade técnica e experiência no setor educacional. Sua inclusão na chapa visa agregar votos e consolidar apoio de eleitores que estavam hesitantes em apoiar a Frente Popular.

A presença de Roseane Borja na candidatura foi especialmente comemorada pelas mulheres da região, que se sentem representadas e fortalecidas pela escolha da ex-secretária. A adesão de Roseane ao projeto é vista como um passo importante para promover uma maior participação feminina na política local, alinhando-se aos princípios de igualdade e representatividade.

Com essa definição, a Frente Popular se prepara para uma campanha robusta e com uma proposta clara de inclusão e inovação para a gestão municipal.

*Advogado e jornalista.

Se as eleições para prefeito de Itacuruba, no Sertão de Itaparica, a 436 km do Recife, fossem hoje, o pré-candidato do PSB, Juninho Cantarelli, atual vice-prefeito, rompido com o prefeito Bernardo Maniçoba, seria eleito. Segundo pesquisa do Instituto Opinião, o socialista teria 51,8% dos votos e Kiba Maniçoba (PP), apoiado pelo prefeito, teria 41,4%.

Brancos e nulos somam apenas 2,5% e 4,3% se apresentam indecisos. Na espontânea, modelo pelo qual o entrevistado é forçado a lembrar o nome do seu candidato favorito sem o auxílio da lista com todos os nomes, a diferença de 10% de Cantarelli para Kiba se repete. O socialista aparece com 38,2% das intenções de voto contra 28,2% do adversário.

Brancos e nulos somam 3,6% e indecisos sobem para 29,6%. No quesito rejeição, Kiba lidera. Entre os entrevistados, 37,9% disseram que não votariam nele de jeito nenhum, enquanto 31,4% afirmaram que não votariam de jeito nenhum em Cantarelli. Os que dizem que têm certeza dos seus votos são 49,6% em Juninho Cantarelli e 39,9% em Kiba.

Estratificando o levantamento, os maiores percentuais de tendência de voto em Cantarelli se apresentam entre os eleitores na faixa etária de 45 a 59 anos (65,6%), entre os eleitores com nível de instrução superior (57,1%) e entre os eleitores com renda familiar com mais de dois salários (58,5%). Por sexo, 52,6% dos seus eleitores são homens e 51% são mulheres.

Já Kiba tem suas maiores indicações de voto entre os eleitores na faixa etária de 25 a 34 anos (47,5%), entre os eleitores com renda familiar até dois salários (44,1%) e entre os eleitores com grau de instrução no ensino médio (42,5%). Por sexo, 43,4% dos seus eleitores são mulheres e 39,3% são homens.

A pesquisa foi a campo no dia 12 deste mês, tendo sido aplicados 280 questionários. O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 5,9 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais (face a face) e domiciliares. O registro na justiça eleitoral tem o protocolo de número PE-07815/2024.

ADMINISTRAÇÃO

O Opinião também aferiu o nível de satisfação da população de Itacuruba com os gestores nos três níveis de poder. O Governo Lula é aprovado por 82,1% e desaprovado por 13,2%, enquanto a gestão de Raquel Lyra tem apenas 50,4% de aprovação e 33,9% de desaprovação. Já o Governo do prefeito Bernardo Maniçoba supera a governadora em aprovação. Tem 59,3% de bom e ótimo e 34,3% de ruim e péssimo.

A saga de Lampião e Maria Bonita será apresentada na Estação do Forró, em Serra Talhada, com o espetáculo “O Massacre de Angico – A Morte de Lampião”. A encenação, que narra a vida do famoso cangaceiro e sua amada, acontecerá de quarta-feira a domingo da próxima semana, sempre às 20h, com entrada gratuita.

A atriz Bruna Florie estreará no papel de Maria Bonita. “Interpretar Maria Bonita tem sido um presente especial, permitindo-me refletir sobre o sertão e a luta pelo coletivo e justiça social. Considero-me uma ‘neocangaceira’, lutando por igualdade social através da educação, arte e cultura”, afirmou Bruna.

Cleonice Maria, presidente da Fundação Cultural Cabras de Lampião, destacou a visão humana do espetáculo: “Este é um Lampião mais humano, que fala de morte, mas também de amor; que desafia o inimigo com um punhal, mas declara-se poeticamente à mulher amada sob a lua sertaneja.”

Com um elenco de 30 atores, 70 figurantes e equipe técnica, a peça é dirigida por Izaltino Caetano e escrita por Anildomá Willans de Souza, renomado pesquisador do Cangaço.

O escritor Álvaro Neves lançará seu novo livro, “SAF – Sociedade Anônima do Futebol: Um Manual para Torcedores, Clubes e Dirigentes,” na Livraria Imperatriz do Shopping Center Recife. A noite de autógrafos acontecerá no dia 14 de setembro, às 18h. No dia 09 de agosto, a obra será lançada em Buenos Aires, Argentina, na versão em espanhol.

Este é o quinto livro do autor. Trata-se de um manual didático e lúdico sobre o tema. Segundo Neves, “A transição para o modelo de Sociedade Anônima do Futebol (SAF) representa uma revolução silenciosa que está transformando a gestão dos clubes no Brasil. Este livro é um guia completo sobre essa transformação”.

A obra inclui uma pesquisa exclusiva com dirigentes dos principais clubes de futebol de Pernambuco, autoridades do futebol, jornalistas esportivos e um superintendente focado no desenvolvimento de micro e pequenas empresas no estado. O livro também discute as percepções e desafios na implementação do modelo SAF, além de trazer uma proposta de regulamentação e uma análise sobre as torcidas organizadas no contexto da SAF.

Na manhã de hoje, em uma coletiva de imprensa realizada em Surubim, o deputado e pré-candidato a prefeito do município, Cleber Chaparral, anunciou Ana Paula como sua pré-candidata a vice-prefeita.

Chaparral destacou a experiência, competência e dedicação de Ana Paula ao serviço público. “Ana Paula tem uma trajetória de sucesso e uma forte ligação com a comunidade. Sua inclusão na nossa chapa fortalece ainda mais nosso compromisso com o desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida em Surubim”, declarou Chaparral.

Ana Paula, por sua vez, agradeceu a confiança e reafirmou seu compromisso com os ideais da chapa. “Estamos unidos por um propósito maior, que é fazer de Surubim uma cidade mais justa, próspera e acolhedora para todos. Tenho certeza de que, com o apoio da população, alcançaremos grandes conquistas”, afirmou.