FMO janeiro 2020

18/09


2006

Advogado sai em defesa de assessor de Lula

O advogado do assessor especial da Secretaria Particular da Presidência Freud Godoy, Augusto Botelho, afirmou que as acusações contra seu cliente são ''inverídicas e absurdas''. Ele não confirmou a acareação entre Godoy e o advogado Gedimar Pereira Passos e afirmou que seu cliente somente pediu afastamento temporário do cargo ''enquanto durarem as investigações''.

Passos foi preso pela PF (Polícia Federal) na sexta-feira em São Paulo juntamente com Valdebran Padilha, filiado ao PT do Mato Grosso. Com eles a PF apreendeu R$ 1,7 milhão. O dinheiro seria usado na compra de um dossiê que vincularia José Serra, candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, com a máfia das ambulâncias.

Segundo a PF, Gedimar teria dito que o dinheiro veio do PT e que seu contato no partido seria alguém chamado ''Freud''. Godoy pediu demissão do cargo nesta segunda-feira e confirmou que se encontrou com Gedimar, mas negou que tenham conversado sobre compra de dossiês. Segundo Godoy, Gedimar seria contratado para cuidar da segurança do comitê do PT em Brasília

''Isto é absurdo. Ele (Godoy) não intermediou nada e não sabe dizer porque o seu nome foi citado'', disse Botelho. ''Ele (Godoy) pediu afastamento temporário para que as investigações prossigam com a maior clareza possível'', disse o advogado, que também não confirmou se Godoy teria entrado em contato com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição.

Godoy se apresentou à Superintendência da PF por livre e espontânea vontade por volta das 14h30 de hoje e se retirou de lá às 17h20, sem falar com a imprensa. Segundo seu advogado, seu depoimento não durou mais que 20 minutos, sendo que por cinco minutos ele teria ficado frente a frente a Gedimar, porém não houve o confronto de depoimentos. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

Ele tem amor à vida meu caro.Estás lembrado que na sua opinião era um absurdo o envolvimento do governo na quebra de sigilo do caseiro Guilherme? E no entanto deu no que deu.Não se apresse em defender este governo.É muito perigoso.

guilherme alves

Tá lá no portal Terra que já houve a acareação, e o acusador ficou calado perante o acusado. Segundo o portal o depoimento demorou vinte minutos na PF.


Prefeitura de Jaboatão

18/09


2006

Novo escândalo: oposição já prevê segundo turno

A denúncia de que um assessor especial da Presidência da República seria o suposto operador da compra de um dossiê contra tucanos, mudou os ânimos na campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República. A avaliação é que o escândalo, pela proximidade com o gabinete de Lula, deve afetar a campanha do petista e pode garantir o segundo turno.

O líder do PSDB no Senado, José Agripino Maia (RN), disse que é um novo "Waldomiro" que surge, em referência a Freud Godoy. "Trata-se de um assessor direto do presidente. Essa bomba cai dentro do Palácio do Planalto. Freud é uma pessoa do Gilberto Carvalho [chefe de gabinete do presidente Lula]. Nós estamos com a reedição do caso Waldomiro, mas de forma mais explosiva", disse Agripino.

Waldomiro Diniz foi flagrado cobrando propina de empresários de casas de jogos. A denúncia veio à tona quando ele era assessor do então ministro José Dirceu.

Assessor da Presidência e ex-coordenador de segurança das últimas quatro campanhas de Lula ao Planalto, Freud foi apontado pelo advogado Gedimar Passos como o responsável pela operação que resultaria no pagamento de R$ 1,7 milhão pela compra de material contra José Serra, candidato do PSDB ao governo de São Paulo, e Geraldo Alckmin. O material teria sido encomendado pelo PT de São Paulo, que nega a denúncia. A divulgação do seu nome, o fez pedir demissão hoje.

O senador Álvaro Dias (PSDB-PR), disse que se o escândalo for "bem administrado" pela oposição pode trazer ganhos para a campanha de Alckmin. "Nós precisamos mostrar para o eleitorado que o modelo de corrupção do PT não se esgotou com as CPIs. É o modelo de corrupção implantado pelo PT, onde os fins justificam os meios", disse.

O menos entusiasmado é o vice na chapa de Alckmin, senador José Jorge (PFL-PE). "Não sei [se terá repercussão na campanha]. Acho que enquanto não aparecer a foto do dinheiro não pega", disse. Em discurso no plenário do Senado, José Jorge levantou suspeitas de que Freud também teve seu nome envolvido no escândalo do morte do ex-prefeito de Santo André Celso Daniel.

A Folha Online entrou em contato com o deputado Romeu Tuma, na época delegado do caso, e o promotor de São Paulo Roberto Wider. Ambos negaram terem ouvido citação a Freud Godoy.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

edilson joao dos santos

Este dossiê, se existir, deve ser uma bomba pra valer tanto dinheiro. Serra deve está aflito.

Paulin de Caruaru.

Mais um homem do presidente que cai.Já virou rotina.Foi exonerado a pedido,depois vem o presidente dizer que afastou os suspeitos.É demais...

Allan

DESISTE CHUCHU, NÃO TEM JEITO PRA TU NÃO...HEHEHEH, JOSÉ JORGE JÁ JOGOU A TOALHA..

guilherme alves

Mesmo precipitadíssima a oposição tá no papel dela, inclusive orquestrada com os maiores jornais do país. Ao mesmo tempo, leio nota distribuida pela Istoé e tem um tópico que o deitor fala" deve-se ficar atento ao fator diversionista, tirando o foco das graves denúncias dos novos sanguessugas".


Cabo de Santo Agostinho

18/09


2006

CPI pode convocar envolvidos no dossiê

O vice-presidente da CPI dos Sanguessugas, deputado Raul Jungmann (PPS-PE), defendeu hoje a convocação dos envolvidos na elaboração e na compra do dossiê contra candidatos tucanos. Jungmann prometeu apresentar à CPI nesta terça-feira requerimento pedindo a convocação de Gedimar Pereira Passos e Valdebran Padilha da Silva, presos na sexta-feira com o dinheiro que seria usado na compra do dossiê.

O deputado também quer convocar o empresário Luiz Antonio Vedoin, sócio da Planam, e seu tio, Paulo Roberto Trevisan, apontados como responsáveis pela elaboração do dossiê.

"A CPI entende que esse é um domínio da Justiça e da Polícia Federal neste momento. Mas se a comissão considerar os depoimentos necessários, isso será feito. Eu pessoalmente sou favorável às convocações", disse o deputado.

Jungmann também defende a convocação do assessor especial da Presidência, Freud Godoy, apontado por Gedimar como o suposto responsável por repassar os recursos que seriam utilizados na compra do dossiê. "Estamos diante de um esquema muito mais amplo. Há conexão entre a máfia dos sanguessugas e esse dossiê. É preciso tirar a limpo da conexão desses recursos", afirmou.

O deputado vai sugerir à Mesa Diretora da comissão que pelo menos dois membros da CPI acompanhem nesta terça-feira a acareação marcada em Cuiabá entre os quatro envolvidos no dossiê. "Essa acareação é do nosso interesse. Minhas sugestão é enviar membros da CPI ao Mato Grosso", disse. Informações da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

As ascéticos Gabeira/Jungmann deviam deixar de emitir habeas-corpus preventivo e apura todas denúncias envolvendo tanto os ex-ministros quanto os elaboradores do dossiê. Agora, é muita burrice de um favorito fazer isso. Por esse motivo, muita água ainda vai correr debaixo da ponte. Queremos luz.

guilherme alves

Para o Jugmann ser coerente e prestar um real serviço ao país deve convocar o Serra e o Barjas, seu ex-companheiros de ministério,ou vai ser corporativista?Para ser honesto tem de apurar a fundo essa novas denúncias dos sanguessugas. Papel da CPI.Os achacadores é papel da PF,que tem poder de polícia

Paulin de Caruaru.

Daqui a pouco tão chamando o Gabeira de "vestal".Enquanto não estiver todo mundo no lamaçal a corja petista não sossega.Mais 4 anos e todo cidadão honesto deste país será chamado pejorativamente de "vestal".ô raça...

José Rodrigues da Silva

Esse deputado o Jungmann, há muitíssimo vem "defendendo" os interresses do "povo", desde os tempos do FHC e de muito antes também! Trata-se de um perfeito descarado, dele já disseram: "um espumoso"!


Prefeitura de Serra Talhada

18/09


2006

Vampiros: oposição envolve ex-secretário de Jarbas

Deputados da oposição ao Governo de Pernambuco convocaram uma entrevista coletiva, há pouco, para cobrar uma investigação mais ampla sobre casos levantados pela CPI que investigou a máfia dos vampiros envolvendo pessoas ligadas ao ex-governador Jarbas Vasconcelos (PMDB).

Um dos citados é o ex-secretário de Saúde, Guilherme Robalinho, que teria obtido insucesso na inclusão de uma empresa, no Ministério da Saúde, para produção de hemoderivados de sangue. Batizada de Octapharma, a empresa não chegou a receber recursos da União, porque a Procuradoria Geral da União encontrou inúmeras ilegalidades nelas.

Formado pelos deputados Paulo Rubem Santiago (PT-PE), Fernando Ferro (PT-PE) e Armando Monteiro Neto (PTB-PE), dentre outros, o grupo identificou ainda, nos documentos levantados na CPI da Vampiragem, suposta ligação de Robalinho com a máfia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

A verdade.O Jornalista tem o dever de buscar e divulgar a verdade.Ele não é juíz ou promotor de justiça,mas deve ser imparcial.Escamoteá-la ou dizê-la pela metade denota cumplicidade com um lado ou com o outro.Diz a Bíblia:CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ.A verdade cabe em todo lugar.

Paulin de Caruaru.

Raça aqui não está no contexto genetico meu caro,mas no de parcialidade,de falta de isenção,de ética relativa sacou?

guilherme alves

Paulin, não o conheço e acho que respeito é bom. Com esse comentário, igualou-se aos facistas externando todo o preconceito contido no seu âmago. Acho que é fiel seguidor do Dr. Jorge Borhause. De alma tão pequena não se pode esperar nada. Os nazistas sempre tentaram vencer na marra, e sem respeito.

Paulin de Caruaru.

Mauríci Rands,Fernando Ferro e Paulo Rubem....Só faltou Guilherme para completar a roda da isenção.Ô raça...

guilherme alves

Como é sábio o Paulin, quando a oposição denuncia é coisa normal, quando a situação denuncia é apelação. Durma com um barulho desse. Durante o período da CPI dos vampiros houve sussurros na cidade sobre o tema. Para muitos é notícia requentada.



18/09


2006

MP deve indiciar Costa, mas aliados reagem

O procurador Gustavo Pessanha, que analisa os desdobramentos da Operação Vampiro, deve divulgar amanhã os resultados das investigações. Nos bastidores, a informação é que Pessanha pode indiciar Humberto Costa por envolvimento na máfia dos vampiros.

Deputados aliados de Costa já prometem uma ação em defesa do candidato ao governo de Pernambuco, se o parecer de Pessanha se confirmar. A Coligação Melhor para Pernambuco convocou entrevista coletiva para esta tarde de vários deputados aliados do candidato, que defendem maior apuração do caso. Nomes como Maurício Rands (PT), Fernando Ferro (PT), Armando Monteiro (PTB) e Renildo Calheiros (PCdoB) vão participar da entrevista.

Alguns aliados de Costa insistem em lembrar que, entre os envolvidos com a máfia dos vampiros, estão parlamentares ligados a Jarbas Vasconcelos. Tudo na tentativa de tirar Humberto Costa do foco às vésperas das eleições.

Só para lembrar: a Polícia Federal propôs o indiciamento de 42 pessoas suspeitas de envolvimento com a máfia, que promovia a compra superfaturada de derivados do sangue no Ministério da Saúde.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

Parece filme de terror com aquelas criaturas abomináveis esticando o braço para fora do lamaçal para a puxar a perna de todos.Mais um pouco vão dizer que Dom Heldér nas horas vagas mexia com ambulância.Ô raça...

roberto lima

Que "turma" essa convidada para a coletiva (rands, ferro, etc...).........Platão lembra que "semelhantes procuram semelhantes" .Tá aí a explicação

Irandir Alves de Almeida

Cara amigo leitor tenho que repeti realmente tudo isso é muito engraçado.Você é sanguessuga e eu não voto em você, você é sanguessuga e eu não voto em você, tudo que eu queria era saber por quê ? tudo que eu queria era saber por quê ? Você é um vampiro e eu não voto em vocêvocê é um vampiro e eu não

Irandir Alves de Almeida

Cara amigo leitor tenho que repeti realmente tudo isso é muito engraçado.Você é sanguessuga e eu não voto em você, você é sanguessuga e eu não voto em você, tudo que eu queria era saber por quê ? tudo que eu queria era saber por quê ? Você é um vampiro e eu não voto em você, você é um vampiro e eu

Edmar Lyra Cavalcanti Júnior

Você é sanguessuga e eu não voto em você, você é sanguessuga e eu não voto em você, tudo que eu queria era saber por quê ? tudo que eu queria era saber por quê ? Você é um vampiro e eu não voto em você, você é um vampiro e eu não voto em você, tudo que eu queria era saber por quê ?


Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

18/09


2006

Ministro não descarta risco de impugnação de Lula

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Marco Aurélio Mello não  descartou  hoje  um pedido de  impugnação  da  candidatura do  presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que concorre a reeleição pelo PT. O   ministro se   reuniu  nesta tarde  na sede   do  Centro Cultural da Justiça Federal,  no  Rio, com  os presidentes do PFL e PSDB Jorge Bornhausen e Tasso Jereissati, respectivamente.

Os senadores  solicitaram ao ministro  investigação sobre o caso do dossiê   dos donos da Planam, principal empresa envolvida na máfia das ambulâncias, que supostamente seria vendido a militantes do PT que foram presos com R$ 1,7 milhão em um hotel, em São Paulo, na última sexta-feira. O dossiê conteria informações que incriminariam o candidato tucano ao governo de São Paulo José Serra, ex-ministro da saúde.

Marco Aurélio disse, no entanto, que é preciso ter o respaldo das investigações e aguardar o resultado para tomar qualque decisão. As investigações, segundo o ministro, podem se estender até o fim do ano, depois das eleições.

O ministro disse que se comprovada as ligações dos dois militantes do PT presos com o presidente Lula, caso ele seja reeleito haverá o risco de o petista perder o mandato.

- Há um instrumental na Constituição Federal que é a ação de impugnação do mandato alcançado, e ela alcança qualquer cidadão, pouco importando que seja a do presidente.

Apesar de citar esse instrumental, Marco Aurélio evitou fazer qualquer préjulgamento da situação.

- Temos que caminhar com muita calma, sem afobamento. Paga-se um preço por se viver uma democracia. Em Direito, o meio justifica o fim, não o fim justifica o meio. As instituições estão funcionando. É claro que não gostaríamos de ter o ocorrido, mas já que veio à tona teremos que atuar.

Marco Aurélio lamentou ainda a descoberta de grampos telefônicos em linhas fixas no TSE e no Supremo Tribunal Federal (STF) na noite de sábado.

- É muito difícil descobrir os culpados porque a coisa ocorre de maneira dissimulada. Contratamos uma empresa pelo TSE a pedido do ministro Carlos Velloso. Informações do JBOnline. 

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Drácula

ui ui ui.... o guilherme tem olhos sensíveis...deve ser do PV....

guilherme alves

A falta de argumentos leva comentarista a usar expressão chula contra o alto mandatário da nação.

guilherme alves

As posições tomadas pelo cidadão Marco Aurélio levanta suspeição quanto a presidência do pleito de uma forma imparcial. As declarações de hoje quanto ao grampo é de uma irresponsabilidade cristalina, sua aversão ao Lula é gritante. Como prsidente da alta corte eleitoral não deveria proceder como est

Paulin de Caruaru.

Desista Marco Aurélio,nem o presidente assaltando uma lotérica em dia de pagamento do bolsa família.

Edmar Lyra Cavalcanti Júnior

Era o mínimo que poderia acontecer... Impugnar a candidatura de Lula, já que o impeachment não foi teve clamor popular. Pela ética e pela moral, é justo uma impugnação da candidatura de lula, pois, se reeleito, vai dar uma prova de que roubar é certo.


Banco de Alimentos

18/09


2006

Bornhausen não confia na imparcialidade do ministro

O presidente do PFL e um dos coordenadores da campanha à presidência de Geraldo Alckmin pelo PSDB, anunciou, na tarde desta segunda-feira, no Rio, que a coligação pediu a investigação criminal do caso da prisão dos dois militantes do PT com R$ 1,7 milhão, que supostamente pagariam um dossiê dos donos da Planam contra o candidato ao governo de São Paulo e ex-ministro da Saúde, José Serra.

Bornhausen disse ao entrar no Centro Cultural da Justiça Federal, no Centro do Rio, onde acontece hoje sessão extraordinária do Supremo Tribunal Federal (STF), que não confia na investigação do governo federal, comanddada pelo ministro da Justiça.

- É muito grave a acusação. Vem, portanto, do Palácio do Planalto a pista e nós queremos que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que é obrigado a zelar pela vigilância do pleito, faça a investigação, já que não confiamos na imparcialidade do ministro da Justiça - acusou Bornhausen, em referência ao ministro Márcio Thomaz Bastos. Informações do JBOnline.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

cristiano lins de amorim

BEM QUE EU DIZIA, LULA FAZ COMO SEUS ANTECESSORES FICA NA MOITA E NÃO DEIXA ISSO IR PARA IMPRENSSA.AGORA OLHA AI PENSE NUM POVO DESIMBESTADO.

cristiano lins de amorim

ISTO SERÁ UMA TENTATIVA DE GOLPE DESFARÇADO,COMO ANTIGAMENTE MAS O POVO NÃO É BURRO NÃO E O MOMENTO POLITICO É OUTRO MAS SE QUISEREM PODEM TENTAR.

Drácula

"Jamanta não sabiaaaaaaa"

irania Olivia Benicio

Dissesse bem, estúpido e "desimbestado"!!!

Raimundo Eleno dos Santos

O incômodo que causa os reflexos de uma derrota anunciada é terrível.Especialmente quando se tem o costume antigo de sempre estar no poder.Já vi tudo.Recorrem ao judiciário e querem q este cooneste s/malévolas intenções.O Golpe do Tapetão.Marco Aurélio q se cuide.Não há lei para 1 povo desimbestado.


O Jornal do Poder

18/09


2006

TSE quer identificar autores do grampo contra ministros

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Marco Aurélio de Mello, irá solicitar ao Supremo Tribunal Federal (STF) e à Procuradoria-Geral da República (PGR) providências para identificar os responsáveis pela instalação de grampos contra ministros da corte eleitoral e do STF. A informação foi dada nesta segunda-feira pela assessoria de imprensa do TSE, após coletiva do diretor-geral do tribunal, Athayde Fontoura, na qual foram anunciados reforços nos procedimentos de segurança da Casa.

Na sexta-feira, o TSE recebeu relatório feito por uma empresa especializada em segurança que acusou a existência de escutas telefônicas instaladas em linhas utilizadas pelos ministros Marco Aurélio e Cezar Peluso, no STF, e também pelo ministro Marcelo Ribeiro, no TSE. No rastreamento, segundo relatório apresentado pela empresa contratada, a Fense Consultoria Empresarial, não foram localizadas as origens dos grampos ou mesmo possíveis responsáveis.

As comunicações ao STF e à PGR para que sejam tomadas providências no sentido de identificar os responsáveis pelos grampos serão feitas, segundo o TSE, por meio de ofícios que serão encaminhados à presidente do Supremo, Ellen Gracie, e ao procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza. De acordo com Athayde, as varreduras nas linhas do TSE são feitas mensalmente há pelo menos nove anos e, a partir de agora, serão realizadas semanalmente para evitar monitoramento de conversas dos magistrados. Durante o procedimento, cerca de 60 linhas são vasculhadas a um custo aproximado de 250 reais a unidade, segundo o TSE.

- É preciso intensificarmos esse procedimento preventivo - disse o diretor.

Segundo a assessoria de imprensa do STF, a ministra Ellen Gracie, irá esperar comunicação oficial para anunciar providências. Informações do JBOnline.

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Tudo está indo bem para em 1º de outubro o povo editar mais quatro anos para Lula. A coisa funcionará como numa partida de futebol quando já houve um primeiro campeonado e o vencedor foi Lula.De um lado os que querem ser campaões, do outro a disputa do bi. Nesse caso, BI-LULA.


Potencial Pesquisa & Informação

18/09


2006

Ministro vai investigar grampos no TSE

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, garantiu, nesta segunda-feira (18), que a Polícia Federal (PF) vai instaurar imediatamente um inquérito para apurar a autoria dos grampos nas linhas telefônicas de dois integrantes do Supremo: Marco Aurélio Mello, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e Cezar Peluso, vice-presidente do TSE, e também no fax do gabinete do ministro do TSE Marcelo Ribeiro. 

A informação é do presidente do TSE, Marco Aurélio Mello, que conversou por telefone com o ministro da Justiça. Os dois e também o diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Lacerda, devem se encontrar ainda hoje para discutir o assunto.

Segundo o presidente do TSE, Márcio Thomaz Bastos ficou perplexo com a descoberta dos grampos. ''''Ele me ligou e conversamos sobre a instauração do inquérito. O ministro se comprometeu a iniciar a investigação imediatamente. É claro que os grampos são feitos de forma dissimulada, é difícil chegar aos autores'''', disse Marco Aurélio.

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Ellen Gracie, ainda não foi comunicada oficialmente da descoberta dos grampos. A ministra também embarcou para o Rio para participar da solenidade em comemoração aos 178 anos do STF. 

Ellen Gracie aguarda um comunicado oficial para tomar as medidas legais cabíveis a fim de apurar a origem dos grampos, descobertos na sexta-feira (15) por uma empresa que presta serviços para o TSE.

Entre as medidas que devem ser tomadas pela presidente do STF está uma varredura em todos os telefones do Supremo. A Procuradoria Geral da República (PGR), que também vai ser comunicada oficialmente pelo TSE nesta segunda-feira, deve pedir uma investigação da Polícia Federal (PF). Com informações do Portal Globo de Notícias.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Francisco Filho

AQUI ESTÁ UMA ALVISSAREIRA NOTICIA. A RAPOSA VAI COMANDAR UMA INVESTIGAÇÃO PARA DESCOBRIR QUEM ROUBOU OS OVOS DO GALINHEIRO...RESULTADO: "NÃO SEI DE NADA, NÃO VÍ NADA, NÃO TENHO NADA COM ISSO" E ALGUMAS "GALINHAS" SERÃO SACRIFICADAS, SÓ ISSO. A FRASE "QUE PAÍS É ESSE?" NUNCA ESTEVE TÃO ATUAL.

guilherme alves

Em um dos jornais desta capital,numa coluna politica, tinha uma informação de que em nosso estado tem onze mil telefones grampeados, será?



18/09


2006

Ex-vereador seqüestrado pelo PCC em Alagoas

Bandidos do Primeiro Comando da Capital (PCC), uma facção criminosa paulista, são suspeitos do seqüestro do advogado Edmar José dos Santos, ex-vereador de Teotônio Vilela (AL).

Edmar foi atacado por homens armados na noite do último sábado, num trecho da Rodovia BR-101, naquele município. Além do ex-vereador, foram levados pelos seqüestradores um cidadão, identificado como Cláudio Paulista e um adolescente de 17 anos.

O grupo foi levado para uma residência, que a polícia não sabe onde fica localizada. Os primeiros contatos com a família começaram, logo em seguida.

Segundo o delegado local, Mário Jorge Barros, os seqüestradores fizeram várias exigências, inclusive que a polícia ficasse afastada, enquanto estivesse em negociação o valor do resgate.

Apesar da orientação de que não deveriam negociar, os parentes de Edmar, pessoa de classe média alta de Teotônio Vilela, decidiram efetuar o pagamento. O valor não foi revelado pela família do ex-vereador.

Ele acabou libertado pela madrugada, juntamente com os outros dois seqüestrados. Eles foram deixados numa estrada vicinal da região.

A Polícia levantou a hipótese de que os seqüestradores são do PCC de São Paulo, porque eles declararam para a vítima que precisavam de dinheiro para ir embora, visto que o assalto ao Banco do Brasil tinha sido frustrado pela Polícia Federal (PF).

Além do delegado de Teotônio Vilela, policiais rodoviários federais, sob o comando do inspetor José Edson, se engajaram nas diligências. O veículo Eco Sport do ex-vereador, que tinha sido levado pelos bandidos foi abandonado no município de Palmeira dos Índios, no sertão do Estado. Informações da Gazetaweb.
 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores