Blog do Magno 15 Milhões de Acessos

28/03


2013

Paulinho da Força elogia Eduardo e articula sua ida à São Paulo













Apesar dos esforços da presidente Dilma Rousseff (PT) para apaziguar o PDT, os focos de resistência dentro do partido ainda permanecem. Na semana passada, Dilma nomeou Manoel Dias (PDT-RS), indicado pelo presidente do PDT, Carlos Lupi, para substituir Brizola Neto (PDT-RJ) no Ministério do Trabalho.

Entretanto, Paulinho da Força tem feito cada vez mais acenos para o governador pernambucano Eduardo Campos (PSB). “Sempre tive boa relação com ele, com o deputado Márcio França [presidente do PSB de São Paulo] e estamos juntos na questão da medida provisória dos portos. O PSB tem muita relação com o PDT, com Lupi e acho que Eduardo deveria ser candidato. Ele é um bom candidato [à Presidência da República]”, afirmou o deputado.

No dia próximo dia oito de abril, Paulinho promoverá um evento na Força Sindical, em São Paulo, e tenta viabilizar a presença de Eduardo no ato. O sindicalista não é o único foco de resistência a Dilma dentro do PDT. Os senadores Pedro Taques (MT) e Cristovam Buarque (DF) também manifestam vontade de seguir outra direção.

Com informações de Julianna Granjeia (Poder Online).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

28/03


2013

José Dirceu propõe boicote a Marco Feliciano












O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (PT), condenado no processo do mensalão, se declarou a favor dos manifestantes que são contra a permanência do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal.

Em seu blog, Dirceu cobrou que seus companheiros do PT boicotem as sessões do colegiado presidido por Feliciano e criticou a “radicalização” do Partido Social Cristão no episódio. “Tem razão o deputado Jean Willys (PSOL-RJ), um dos líderes da resistência à permanência do deputado Feliciano no comando da comissão, ao considerar sua continuidade no posto uma radicalização do PSC. Longe de resolver a questão, o deputado na presidência da CDHM só mantém e amplia o impasse”, escreveu Dirceu, que conclui o texto com duas indagações: “Tem condições de continuar presidindo a Comissão? Por que continuar nesse clima?”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

George Alberto

Zé Diceu e Pt não mais são considerados referencia de luta e moral e sim de bandidagem. Vamos preserva a moral que resta neste país.

Carlos Odair da Luz Sá

Esse gângster deveria saber que sem clima é bandido na CCJ, como os comparsas dele, e que o Willis é um formador de quadrilha que financia o bando de arruaceiros que tumultua as seções do Feliciano. São farinha podre do mesmo saco.

bartolomeu acioli lins

Ô, Raimundo, que comentou. O Willys é mais chegado a uma marcha a ré! É a especialidade dele. Quanto ao chefe de quadrilha, Dirceu, devia se preocupar com os dois corruptos, quadrilheiros e peculatário do pt que estão na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara: João Paulo Cunha e José Genoino!

adilson jose da silva

Esse Zé Dirceu,corrupto diplomado pelo STF,deveria comentar o outro Ptralha,Corrupto,como ele, Jose Genuino, na Comissão de Jústiça da Câmara.Parabéns ao PSC pela posição.Fica Feliciano.

Raimundo Eleno dos Santos

Muito simples. É só colocar um Jeep(Willys) qualquer, que ele engata uma 3ª em 4x4 e sobe em qualquer obstáculo e ultrapassa qualquer Marco.


Abreu no Zap

28/03


2013

Eduardo homenageia atores da Paixão de Cristo do Recife
















Além de toda a estrutura cênica que ambienta os nove palcos onde se desenrola a narrativa da Paixão de Cristo do Recife, a abertura da 17ª edição, que ocorreu na última quarta-feira (27), no Marco Zero, contou com um ornamento precioso: a lua cheia. O prefeito Geraldo Julio (PSB) e o governador Eduardo Campos (PSB) compareceram ao espaço para conferir a produção teatral, dirigida pelo ator José Pimentel e que conta com o apoio da Secretaria de Cultura do Recife.
Geraldo subiu ao palco antes do início do espetáculo para homenagear a atriz Geninha da Rosa Borges, conhecida como a dama do teatro pernambucano. Aos 90 anos, esta é a primeira vez, desde 1996, que Geninha não participa da montagem da Paixão de Cristo do Recife, onde representava o papel de Marta.

Já o governador, que recentemente condecorou a atriz com a Ordem do Mérito Guararapes, a mais alta comenda concedida pelo Estado, ressaltou trajetória de Geninha. “Toda homenagem que se preste a Geninha da Rosa Borges é pouco por tudo que ela fez pelo teatro. Muitos atores e atrizes pernambucanos que hoje estão atuando passaram pela mão dela”, pontuou Eduardo Campos.

A Paixão de Cristo do Recife será encenada no Marco Zero até o domingo (31), sempre às 20 horas. A produção envolve cerca de 100 atores e 300 figurantes. Só no ano passado, 80 mil espectadores prestigiaram a montagem, que é orçada em aproximadamente R$ 450 mil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/03


2013

A charge do dia

  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Rosália lionete

Tem um braço a mais na charge

Quero Ver

Tá fazendo uso do cargo, dentro do espaço e do serviço público, kd o MP?



28/03


2013

Coluna da quinta-feira

      Boa ideia, mas velha

O ramal da ferrovia Transnordestina ligando Parnamirim a Petrolina, anunciado pela presidente Dilma em Serra Talhada com um aparte inusitado ao ministro Fernando Bezerra (Integração) sendo a grande boa nova pode até ser boa, mas não é nova.  

Nem muito menos um presente de Dilma e Fernando Bezerra Coelho.  No traçado original da ferrovia, o referido ramal já estava delineado. Na verdade, os primeiros trabalhos de execução da Transnordestina foram iniciados em duas frentes, uma em Petrolina e a outra em Salgueiro.

Isso aconteceu nos anos 90, durante o Governo de Fernando Collor. Uma empresa que faliu começou a fazer os trabalhos de base em Petrolina e em Salgueiro, onde ainda hoje existem as escavações para um grande ''corte'' na saída da cidade para Cabrobó.  

Já em Petrolina, o traçado foi iniciado bem próximo do centro urbano, margeando a rodovia 428, que liga a terra das carrancas a lagoa Grande. Os serviços em relação ao que está posto hoje eram apenas o começo. O fato é que o projeto fracassou e a empresa contratada, com origem (salve engano) no Paraná, quebrou.

Deixou um rastro de destruição devido à falta de pagamento de serviços. Quando se deu a decisão de dar continuidade ao projeto - que hoje é público-privado, uma PPP, mas tocado com grana do BNDES/Banco do Nordeste, apresentaram um novo traçado, mas o governador Eduardo Campos insistiu  que fosse colocado o ramal ligando Parnamirim a Petrolina.  

Tudo isso foi esquecido e somente agora relembrado. A ideia anterior, portanto, era mesmo fazer a interligação dos estados do Nordeste pela ferrovia, tanto que ainda hoje existe a linha férrea em Juazeiro.

SEM JANELA– Aos que estavam planejando trocar de partido uma notícia que cai como um balde de água fria: o relator da reforma política, Henrique Fontana, se recusa a incluir no texto a abertura de uma janela para mudança de legenda. Teme que sua ampla proposta fique resumida à aprovação dessa brecha e, como querem os grandes partidos, ao fim das coligações nas eleições proporcionais. Mas poucos acreditam que a reforma ande mesmo.

Tempo fechado - Cotado como uma alternativa da oposição para disputar o Governo do Estado, o prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), não está encrencado apenas na Câmara, onde projetos que priorizou não entram na pauta. Há uma reclamação geral dos credores, que não recebem faturas atrasadas há mais de seis meses.

 

Tapa e afago - Enquanto o ex-prefeito de Bom Jardim, João Lira, foi defenestrado da equipe do prefeito Miguel Batista, ambos do PP, por não terem mais diálogo, em Surubim o prefeito Túlio Vieira (PT) promoveu o seu vice Fábio Barbosa a secretário de Agricultura. E tem governado em sintonia com ele. O que se diz em Bom Jardim, no entanto, é que a vingança de Lira será maligna.

Luta pelo DNOCS - A bancada nordestina na Câmara começou um esforço para convencer o Governo a revitalizar o DNOCS, que perdeu sua vitalidade, embora ainda execute obras importantes, como a Adutora do Pajeú. “Já estivemos com o ministro Fernando Bezerra e estamos agendando um encontro com a presidente Dilma”, disse Pedro Eugênio, coordenador da bancada.

Apagões em debate - Os apagões em Pernambuco, que viraram rotina por causa das falhas no sistema Celpe, serão debatidos em audiência na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, presidida pelo deputado Eduardo da Fonte (PP). “É importante que o País tenha segurança do sistema de distribuição de energia elétrica. Não podemos admitir sucessivos apagões”, diz Da Fonte.

 

CURTAS

ANTECIPAÇÃO – O vice-governador João Lyra Neto pode antecipar para o início de abril a sua filiação ao PSB. Será um grande ato político com a presença do presidente nacional da legenda, Eduardo Campos; do líder da bancada na Câmara, Beto Albuquerque (RS), e de outras lideranças socialistas.

REGABOFE – O deputado estadual Sebastião Oliveira (PR) mantém a tradição e promove no próximo sábado, em sua casa de Gravatá, um regabofe com aliados e correligionários, entre os quais o deputado federal Inocêncio Oliveira. Vários secretários estaduais também estarão por lá.

Perguntar não ofende: Depois de Josenildo, quem será o próximo a abandonar o barco do PT?

''Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele''. (Provérbios 22:6)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

mauro silva

Parabéns a Dilma por ter a coragem de pegar uma ideia velha e transforma-la em uma ação do governo federal.

MARCOS BARBOSA

DNOCS tem a missão de executar projetos para minimizar os efeitos da estiagem, mas no decorrer dos anos, serviu apenas para cabide de emprego para os parasitas do governo e ser um grande foco de corrução nas obras dos açudes do nordeste.


Banco de Alimentos

28/03


2013

Frente a Frente chega a Alagoas e ganha o Nordeste

















O programa Frente a Frente, que apresente pelo Rede Nordeste de Rádio, de segunda a sexta-feira, das 18 às 19 horas, em companhia do jornalista Adriano Roberto, agora chegou ao Estado de Alagoas.

Fizemos a nossa estreia oficial, ontem, dos estúdios da Maragogi FM, a 150 km do Recife, com a participiação também do sonaplasta Cabral Lima, que integra a minha equipe.

Ao longo do programa, o diretor-presidente da emissorara alagoana, Gilson Machado Neto, falou sobre o potencial da Maragogi FM, cujo raio de influência atinge mais 40 municípios entre os Estados de Alagoas e Pernambuco.

O ingresso de Alagoas no Frente a Frente consolidada mais uma etapa do projeto da Rede Nordeste, antiga Rede Pernambucana de Rádio, que passa pela adesão de emissoras em todos os Estados nordestinos, isso sem falar em rádios já integrantes do sistema, que atingem Estados como a Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia e Piauí.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

adalberto ribeiro

Mister MM, tu sois bom. A rede Nordeste de Rádio/Frente a Frente é um empreendimento vitorioso. Uma salva de palmas!

milton tenorio

Feliz parceria...Conheço a Maragogi FM, tem uma excelente programação..Pela manhã o público interage c os problemas da cidade e a noite MPB de primeira qualidade....O Frente a Frente enriquece ainda mais essa maravilha de rádio..



28/03


2013

Acredite, mas é ao contrário

CARLOS BRICKMANN

 O senador Aécio Neves, provável candidato do PSDB à Presidência da República, conseguiu o apoio do governador paulista Geraldo Alckmin para presidir o partido e teve amplas promessas de apoio da liderança tucana de São Paulo. Saiu consagrado - desde que a gente acredite naquilo que os políticos dizem.

Aécio, de maneira ostensiva, não participou das campanhas presidenciais de Serra e de Alckmin. Na última campanha de Serra, fez duros ataques aos paulistas que tentavam obrigar os mineiros a participar da chapa (Serra o queria para vice). No segundo turno, depois de prometer empenhar-se na campanha tucana, deixou seu reduto, Minas, onde tem forte influência, e foi pedir votos no Norte e Nordeste, onde era menos conhecido do que plural em discurso de Lula. Deixou mágoas. As vítimas da época podem ficar a seus pés, mas na condição de calos.

Eduardo Campos trabalha em condições melhores. Tem bom relacionamento com Alckmin, Serra e Kassab; está formando uma frente pernambucana da qual só ficam de fora o PT de Dilma, e PSOL, PCdoB, PSTU, PCO e outros campeões de votos. Sua candidatura interessa ao PSDB, pois facilita a realização do segundo turno. E o PT é obrigado a fazer-lhe declarações de amor, sempre correspondidas - sabe-se lá o que o futuro lhes reserva? Mas tanto o PT quanto o PSB iriam ao enterro político um do outro com grande prazer, mantendo embora a tristeza no rosto besuntado de óleo de peroba.

Como não dizia o escritor francês Stendhal, a palavra foi dada aos políticos para esconder seu pensamento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

28/03


2013

Feliciano diz que ''a mão de Deus'' o pôs na Comissão

 Pela primeira vez, e na terceira tentativa, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) conseguiu levar até o final uma sessão da Comissão de Direitos Humanos, que preside. Nessa terceira reunião, ocorreu uma audiência pública sobre a contaminação da população de Santo Amaro da Purificação (BA) com chumbo, um problema que vem da década de 1960.

- Até ontem essa comissão era desconhecida. Talvez tenha sido a boa mão de Deus que nos colocou aqui, para mostrarmos as boas coisas. Com tantos deputados presentes (quatro ao todo) me sinto realizado. Quebramos uma barreira e demos uma lição. Santo Amaro da Purificação agora mora em meu coração - disse Feliciano. (O Globo - Evandro Éboli e Isabel Braga)

Clique aí e leia na íntegra  Feliciano diz que comissão era desconhecida ‘até ontem’ e ‘mão de Deus’ o colocou lá


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/03


2013

Líder de Feliciano manda o PT se olhar no espelho

DO BLOG DE JOSIAS DE SOUZA

 Se quisesse, o PT teria indicado um de seus deputados para a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Preferiu escolher outras comissões. Com isso, abriu a picada que permitiu ao deputado-pastor Marco Feliciano, do inexpressivo PSC, chegar aonde chegou. Agora, o petismo comanda a infantaria anti-Feliciano.

Abespinhado, o deputado André Moura (SE), líder do PSC, aconselhou o PT a observar mais detidamente o PT. “Por que não pegar um espelho e olhar para si mesmo e perguntar: por que o PT indica para a Comissão de Constituição e Justiça dois mensaleiros condenados pela mais alta Corte deste país, o STF? Será que julgar a indicação do Feliciano, pelo PSC, é correto para um partido como o PT, que, volto a repetir, indicou dois mensaleiros condenados?”.

Moura referia-se aos sentenciados José Genoino e João Paulo Cunha. Desde o início do mês, os dois são felizes integrantes da Comissão de Constituição e Justiça.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha