Congresso Nordestino de Educação Médica

18/06


2019

Desmandos do dia-a-dia

Por Cássio Rizzonuto

“O Brasil é o único país em que os ratos conseguem colocar a culpa no queijo”. Millôr Fernandes

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, foram à Rússia, na última semana, dias depois de hackers invadirem celulares de membros da Lava-Jato. O que foi divulgado, até agora, em nada compromete o trabalho realizado por procuradores e pelo então juiz federal Sérgio Moro.

A viagem dessas duas personagens abre espaço para especulações, principalmente quando se sabe que, na Rússia, vive o norte-americano Edward Snowden, gênio da informática que criou vários programas de vigilância e teve de fugir para a Rússia durante a gestão Barack Obama. Corria o risco de ser executado nos EUA como espião.

Quem quiser saber quem é Snowden não pode deixar de ver o filme, cujo título é o seu nome, em que é personagem principal. Na película aparece Glenn Greenwald, jornalista que divulgou documentos roubados pelo hacker, mostrando que a gestão Obama espionou governos da Europa e do Continente Sul-Americano.

Pessoalmente, acredito que Snowden imaginava estar agindo em defesa do chamado “mundo livre”, até porque suas ações (ali apontadas), deixam Obama em péssimos lençóis. Mas ele foi o único a perder tudo. Afinal, não pode mais sair da Rússia sob o risco de ser preso e recambiado para os EUA. Encontra-se confinado.

Dilma, cujo cérebro transmite a impressão de possuir avaria (não liga nada com coisa alguma), deve ter ido à Rússia para emprestar seu peso de ex-presidente. Mas o que foram fazer? Conversar com a equipe de Snowden? Pagar algum serviço prestado? Essas questões ainda sem respostas são bem interessantes.

O fato é que as ações de Greenwald, no Brasil, deveriam suscitar investigação aprofundada para gerar processo de expulsão. Por menos do que isso, só por ter escrito artigo em que chamava Lula de alcoólatra, o então presidente baixou decreto de expulsão de Larry Rohter, jornalista do New York Times.

Ah! Irão argumentar: mas Glenn Greenwald é “casado” com um brasileiro, o deputado federal David Miranda, e apesar de não terem filhos, ele tem direito a permanecer no país. A contrapartida das ações cibernéticas já mostra que a história da renúncia de Jean Wyllys ao mandato pode ter dinheiro na jogada.

David Miranda era primeiro suplente de Wyllys e assumiu o mandato com a renúncia. A ascensão do marido de Greenwald ofereceu ferramenta necessária para que o norte-americano começasse a interferir diretamente na política interna do país. E Dilma, e Gleisi, que foram fazer na Rússia? Eis o mistério.

O que se pode esperar do STF? Nem bem se mostraram gravações, o ministro Marco Aurélio afirmou que “Moro não tem vocação para juiz”. Gilmar, por sua vez, deu saltos e piruetas e recuou, pois, as redes começaram a mostrar gravações dele fazendo acertos com Aécio Neves e com o então governador (MT) Silval Barbosa.

É como se o STF estivesse torcendo pelo fim da Lava-Jato, como se os ministros (valha-nos Deus), estivessem a favor dos bandidos e contra os mocinhos. Por isso que as novas manifestações de rua, convocadas para o próximo dia 30, têm de ser fortes e maciças. No Brasil, qualquer cochilo mais forte libera criminosos e ladrões às pencas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

\"Não reconhecem os diálogos, mas dizem que não tem nada de mais nos diálogos. Apostam em dois cavalos ao mesmo tempo\", (Jornalista Leandro Demori)

Wellington Antunes

Tentativa de justificar o injustificável, peraí, né? Ninguem é bobo.


Governo de PE

18/06


2019

CCJ aprova prioridade no atendimento do Cartão Reforma

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara (CCJC) da Câmara Federal aprovou, hoje, o projeto de lei 7.744, do deputado Danilo Cabral (PSB/PE), que acrescenta um dispositivo à lei 13.439, de 27 de abril de 2017, do Programa Cartão Reforma, e estabelece prioridade no atendimento para famílias vítimas de tragédias ou desastres naturais.

O parlamentar apresentou o projeto em 2017, após as tragédias causadas pela chuva em Alagoas e Pernambuco. A proposta acrescenta essa alteração ao artigo 8º da lei, para especificar os grupos familiares com prioridade de atendimento no âmbito do Programa, especificamente quem atenda aos requisitos citados. Em sua justificativa, Danilo Cabral, disse que cabe ao poder público o recebimento dos recursos, não havendo previsão legal de repasse diretamente para os cidadãos vítimas ao perderem suas moradias em razão de desastre natural.

“Neste ano de 2019, vários estados da federação já tiveram vítimas de desastres naturais, como por exemplo o que aconteceu no Rio de Janeiro e em Pernambuco. O que nós queremos é dar o direito dessas pessoas reconstruírem suas vidas”, explica o parlamentar.

Quando o debate sobre a criação do Cartão Reforma chegou à Câmara dos Deputados, como a Medida Provisória 751, Danilo Cabral apresentou uma emenda para que o programa priorizasse o atendimento às pessoas vítimas de desastres naturais. Na época, a relatora, senadora Ana Amélia (PP-RS) rejeitou a proposta, justificando que a sistemática de destinação de recursos para a população atingida por catástrofes naturais já é prevista na lei 12.340, de 2010.

“Pernambuco tinha vivenciado essas experiências em 2010 e vimos a importância de um atendimento especial para que as pessoas tivessem um suporte para reconstruírem suas vidas. Infelizmente, a proposta não foi acatada. O fato é que não há, na lei do Cartão Reforma (lei 13.439), que as pessoas vítimas de desastres naturais têm prioridade no atendimento do programa, por isso, reapresentamos a sugestão, em forma de projeto de lei”, explica Danilo Cabral.

O Cartão Reforma oferece subsídio para que famílias de baixa renda comprem materiais de construção destinados para reforma, ampliação, promoção de acessibilidade ou à conclusão de imóveis. Agora o projeto segue para votação no Plenário da Câmara


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Caruaru

18/06


2019

Prefeita implanta escola modelo em São Bento do Una

A prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida (PSB), vem investindo bastante na educação da sua cidade. A novidade agora fica por conta de uma escola modelo que está sendo construída no Loteamento Maria Cordeiro. Com previsão de apenas 120 dias para a conclusão, esse equipamento vai atender crianças da 6º ao 9º ano com um investimento de R$ 2.018.450,96.

Esses investimentos têm feito a diferença, já que São Bento do Una tem se destacado como a 13ª melhor educação de Pernambuco. Outras três unidades de ensino estão sendo reformadas e ampliadas, além de duas novas creches que serão implantadas até o início do ano que vem.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

São João Petrolina

18/06


2019

Armar toda a população põe em risco decreto de armas

A revelação do presidente Jair Bolsonaro de que quer ver a população armada com finalidade política ajuda a colocar ainda mais em risco o seu decreto de liberação da posse de armas.

O Senado vota hoje um projeto de lei para derrubar o texto presidencial.

No sábado, em sua primeira visita ao Rio Grande do Sul, o presidente declarou, durante um evento do Exército (vídeo acima), que defende o armamento individual do povo "para que tentações não passem pela cabeça de nossos governantes".

"Ao que tudo indica, Bolsonaro quer organizar sua 'guarda bolivariana' de direita. De tanto fugir da Venezuela estamos a caminho dela com sinal trocado", disse ao blog o senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP). Clique aqui e confira a matéria do jornalista Tales Faria na íntegra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/06


2019

Prefeito deixou o Assaí na lama

Caro Magno,

A cidade de Serra Talhada foi tomada por muita expectativa, em virtude da instalação de uma unidade da rede do supermercado Assaí Atacadista, que está presente em várias cidades de Pernambuco e de outros estados.

Um empreendimento desse porte traz diversos benefícios para o município, com destaque para o aumento da arrecadação de impostos e a geração de empregos.  

Como cidadãos serra-talhadenses, estamos tomados por dois sentimentos neste momento. O primeiro deles é a satisfação por ter sido a Capital do Xaxado a escolhida para receber tamanho investimento.

Porém, passada a euforia inicial, hoje, sentimo-nos envergonhados pelo descaso com que a gestão da nossa cidade tratou a chegada desse importante grupo empresarial.

O mínimo que a prefeitura deveria fazer, mas não fez, era preparar as condições mínimas para que a população pudesse chegar ao Assaí sem precisar passar o constrangimento de se sujar no barro e na lama. Foi simplesmente horrível o cenário que nos deparamos. Por alguns instantes, achamos que estávamos num lugar qualquer da Selva Amazônica.

Uma gestão competente, acima de tudo, necessita de saber planejar e realizar as ações que a cidade precisa. A ausência desses quesitos coloca Serra Talhada de fora da rota do desenvolvimento.

Antônio de Antenor, Pinheiro do São Miguel e Jaime Inácio

Vereadores de Serra Talhada


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/06


2019

Bolsonaro lança Plano Safra 2019/2020

Do G1

O governo anunciou, hoje, durante cerimônia no Palácio do Planalto, a liberação de R$ 225,59 bilhões em financiamentos por meio do Plano Safra 2019/2020 para os pequenos, médios e grandes produtores.

O valor é pouco acima dos R$ 225,3 bilhões anunciados na safra passada. A liberação dos recursos do plano agrícola começará em julho e seguirá até junho do ano que vem.

O valor total do plano deste ano será distribuído da seguinte maneira:

  • R$ 169,33 bilhões para o custeio, comercialização e industrialização;
  • R$ 53,41 bilhões para investimentos;
  • R$ 1 bilhão para seguro rural;
  • R$ 1,85 bilhão para apoio à comercialização.

O Ministério da Agricultura informou que as taxas de juros, para custeio, comercialização e industrialização, serão de:

  • 3% e 4,6% ao ano para pequenos produtores, participantes do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).
  • 6% ao ano para os médios produtores;
  • 8% para os grandes produtores.

Nas linhas destinadas a investimentos, os juros cobrados variarão de 3% a 10,5% ao ano.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

18/06


2019

Direção da rodoviária de Limoeiro agora é da Prefeitura

A Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI) e a Prefeitura de Limoeiro assinaram o Termo de Cessão de Uso de Bem Imóvel, que transfere ao município a administração do Terminal Rodoviário da cidade.

O convênio entre as partes estabelece que a rodoviária estará sob direção da gestão municipal por 20 anos.

Com o acordo, a Prefeitura passa a colaborar efetivamente com o Estado na conservação de um bem público tão importante. “Montaremos uma equipe com auxiliares de serviços gerais, vigia, recepcionista e gerente, que vai trazer mais conforto e segurança aos usuários e lojistas. O São João está chegando e vamos deixar tudo pronto para receber os visitantes e passageiros que desembarcam em Limoeiro. Quero agradecer o empenho do deputado estadual Aluísio Lessa que correu atrás deste benefício para o povo de Limoeiro", disse o prefeito Joãozinho, sobre as ações iniciais na rodoviária.

A iniciativa contou com a articulação do Secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, que destacou a importância da parceria. "Parabenizo a diretora presidente da EPTI, Marília Bezerra, e o prefeito Joãozinho pela providencial parceria. A Prefeitura é o poder público mais próximo dos usuários, com maior sensibilidade para entender a realidade do equipamento e administrá-lo", afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/06


2019

Fundador da banda de Pífanos completa 100 anos

Na véspera de São João, 23 de junho, uma lenda da música brasileira completa 100 anos de idade. Sebastião Biano, um dos fundadores da Banda de Pífanos de Caruaru, é uma referência cultural e estética para o Nordeste brasileiro. Na quinta-feira a Capital do Agreste rende homenagens ao artista com a exibição do documentário “Pipoca Moderna”, que conta a trajetória dele. O próprio Sebastião Biano irá à sessão, que começa às 19h no Polo do Repente e faz parte da programação do projeto São João Cultural. Na sequência, teremos um bate-papo com o roteirista e diretor, o jornalista Hélder Lopes. Esta será a primeira exibição do filme em Pernambuco, que foi lançado oficialmente no último domingo em São Paulo, durante o festival In-Edit.

O documentário é uma produção da Luni Produções, com apoio do estúdio Carranca. Gravado entre os anos de 2016 e 2018, em Recife, Caruaru e Riacho das Almas, no agreste pernambucano, “Pipoca Moderna” é um road-movie que acompanha o mestre Sebastião Biano desde em momentos íntimos com seus familiares, até em shows públicos, homenagens e encontro com musicistas mais jovens. “Fizemos uma homenagem a um artista de grande talento, com reconhecimento internacional, e que merece ser reverenciado por sua obra e trajetória”, afirma Hélder. O diretor biografou outro ícone da cultura pernambucana, o compositor Onildo Almeida, autor de grandes sucessos de Luiz Gonzaga, como “A Feira de Caruaru”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bm4 Marketing 7