FMO janeiro 2020

03/10


2011

Gravatá vive praticamente em torno do turismo

  

Localizada a 80 km de Recife, na rodovia BR-232 que liga Recife a Caruaru, com altitude de 447 m acima do nível do mar e com um clima agradável, temperatura média de 24 graus, Gravatá é uma das cidades do Nordeste que mais cresce com o turismo. No São João e na Semana Santa, duas das tradicionais festas da cidade que mais atraem turistas, é impossível andar na cidade sem enfrentar longos estacionamentos. A cidade precisa de intervenções urgentes na parte viária e em projetos de mobilidade urbana.

Gravatá tem aproximadamente 85 mil habitantres, mas nos fins de semana quando ocorrem eventos essa população atinge cerca de 140 mil pessoas: turistas de todo o mundo que vêm desfrutar do clima agradável e gracioso da cidade. Contempla o 5º melhor microclima do mundo.

Em janeiro, no segundo domingo, promove a sua tradicional Festa de Reis.  Em fevereiro, blocos carnavalescos fazem a semana pré-carnavalesca e animam os foliões da cidade e os turistas que vem se hospedar na cidade.  Durante a Semana Santa, em abril, Gravatá é um dos maiores polos de animação do Estado, estando incluída no Roteiro das Paixões.
 
Nesse período, atores locais encenam a Paixão de Cristo e são promovidos grandes shows musicais, no Pátio de Eventos, com atrações de todos os gêneros. (Estima-se que 500 mil pessoas em média visitam a cidade nesta época).  No mês de maio, abre-se espaço para o turismo religioso, com as Festividades de Frei Damião. Uma grande caminhada sai da Igreja Matriz de Sant’ana e vai até a capela do Riacho do Mel, onde Frei Damião celebrou sua primeira missa no Brasil. 


 
Em junho, o São João, que apesar de explorado há pouco tempo, já é considerado um dos maiores e melhores do país.  Na segunda quinzena, no Pátio de Eventos, totalmente decorado com bandeirinhas e balões, são realizados concursos de quadrilha matuta e shows de artistas nacionais, além de atrações locais e regionais. (Neste período, a visitação à cidade chega a marca de 500 mil pessoas).
 
Em julho é comemorado o mês da padroeira da cidade, Sant''Ana, com missa todos os dias e procissão no dia 26, que lhe é dedicado.  Na primeira semana de agosto, acontece a Feira da Estação, encerrando o Circuito do Frio, evento realizado pelo Governo do Estado, que percorre cidades de Pernambuco com oficinas e apresentações culturais e musicais. 

Em setembro, os setores da economia (móveis, artesanato, gastronomia, flores e morangos) promovem o Festival Cultural.  Em dezembro, as principais ruas e praças da cidade são contempladas com uma decoração e iluminação toda especial para o Natal. Artistas de todos os estilos (academias de dança, corais, teatro e bandas) se apresentam em praças do centro.
 
Falei no auditório do centro cultural 3 S, que fica na parte histórica da cidade, para uma plateia formada basicamente por estudantes do ensino médio e fundamental da rede municipal. O evento teve a participação da secretária de Educação, Da Paz, e de blogueiros bem conhecidos da cidade, como Cláudio Castanha, um velho companheiro do batente e a jornalista Fernanda Tavares, que tem ali um dos blogs mais acessados da região.


 
O município de Gravatá teve origens numa fazenda, em 1808, pertencente a José Justino Carreiro de Miranda, local esse que servia como hospedagem para os viajantes que iam comercializar o açúcar e a carne bovina, principais produtos da época, que eram levados em embarcações do Recife até o interior. Como a navegação pelo rio Ipojuca era difícil, os comerciantes eram obrigados a fazer paradas estratégicas para evitar também que o gado perdesse peso.
 
Uma dessas paradas ficou conhecida como Crauatá, denominação, que deriva do tupi Karawatã (''mato que fura''), por conta da predominância de uma planta do gênero da família das bromélias, também chamada caraguatá, caroatá, caroá e gravatá.
 
Foi nos fins do século XVIII que José Justino Carreiro de Miranda tomou posse da Fazenda Gravatá que, por muito tempo, serviu de hospedagem para viajantes e, como consequência natural, surgiram dois arruados, um em cada margem do rio.

 
 
Em 1810 iniciou-se a construção de uma capela dedicada a Sant''Ana que, doze anos depois, seria concluída por seu filho João Felix Justiniano. Em seguida, as terras foram divididas em 100 lotes e vendidas aos moradores, dando início ao povoado de Gravatá, sendo um distrito do município de Bezerros.
 
Em 1875, foi criada a freguesia, que seria elevada à categoria de vila em 30 de maio de 1881, através da Lei Provincial nº 1.560, e sua capela transformada em Igreja Matriz.
 
Em 13 de junho de 1884, a sede do município foi elevada à categoria de cidade (Lei Provincial nº 1.805), porém sua emancipação política só veio a ocorrer após a Proclamação da República, pela Lei Orgânica dos Município, de 15 de março de 1893, quando a cidade adquiriu sua autonomia municipal e elegeu o seu primeiro prefeito, Antônio Avelino do Rego Barros.

 
 
No final do século XIX, com a inauguração da Ferrovia Great Western Railways, ligando o Recife ao sertão pernambucano, a cidade tomou considerável impulso e, aos poucos, foi definida sua vocação para o turismo, sobretudo com a construção da BR-232, em 1950, o que permitiu um melhor acesso, encurtando o tempo de viagem e vencendo o desafio da Serra das Russas. Atualmente comemora a emancipação do município no dia 15 de março.
 
Fotos: Adriano Roberto


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

03/10


2011

A charge do dia

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

adalberto ribeiro

Atualmente existem 38 ministérios. O improvável 39o. seria o "Ministerio das Mágoas Profundas". Yo no creo.


O Jornal do Poder

03/10


2011

Ministro ameaça levar PSB a disputar eleição no Recife

Ao saber da decisão do deputado Odacy Amorim, de trocar o PSB pelo PT para viabilizar sua candidatura a prefeito de Petrolina, o ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, reagiu ameaçando levar o PSB a disputar a eleição para prefeito com candidato próprio em várias cidades para competir com o PT, inclusive Recife, conforme carta que enviou ao próprio Amorim. Veja seus princjpais pontos abaixo:

- Não fui informado previamente da decisão de Odacy Amorim. Acho que ele não conseguiu superar o episodio da convenção do PSB em 2008.

II- Contou com o nosso apoio para ser vice-prefeito e depois prefeito, bem como foi novamente apoiado na sua eleição para a Assembleia Legislativa do Estado. Agora toma a decisão de romper com o PSB no momento que o mesmo PSB me confia a responsabilidade em representar Pernambuco no Governo da Presidente Dilma.

III- Esta decisão só consultou os interesses dele. Claramente não concordo com a decisão. Acho muito estranho que no momento em que toda a Frente Popular se esforça para segurar o Deputado Federal João Paulo no Partido dos Trabalhadores e se manter unida no Recife, o PT seja instrumento de divisão das forcas do PSB no principal colégio eleitoral do interior.

IV- É preciso que fique claro que se o PT quer apoio no Recife, tem que estar disposto a apoiar em outras importantes cidades do estado. Caso contrário vamos combinar que todos os partidos estão livres para lançar candidaturas em todas as cidades, começando pelo Recife''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joselanio Bernardino Filho

ESSE CORONELZINHO NÃO TEM MORAL PRA AMEAÇAR NINGUÉM NO MÁXIMO NO SEU TERREIRO E NEM LÁ ELE TÁ MANDANDO QUE JÁ PERDEU UMA ELEIÇÃO QUANDO APOIOU JARBAS TE CUIDA TIMOTINHO.

João Bosco Nogueira de Lima

Com essas declarações coronelescas do Ministro, ele que se cuide na permanencia do cargo.

Ednaldo Ferreira

JP deveria tomar umas aulinhas com FBC que pelo menos nas palavras foi cabra macho, vamos ver se segura o que falou...

joao carlos da silva

AS RAPOSAS COMEÇARAM A SE DESENTENDER. É CHEGADA A HORA DE TOMAR CONTA DA VIUVA E TODOS QUEREM MAMAR.

barbosa

Que liberem os partidos em geral para candidaturas próprias! As siglas não podem ser tratadas como caudas do PSB em Pernambuco. Se o PT topar a candidatura de Odacy fará muito bem a Petrolina. Viva a democracia!



03/10


2011

Alô, Gravatá!

Daqui a pouco, conto como foi minha passagem por Gravatá na última sexta-feira, onde falei sobre inclusão digital e o avanço da internet como meio de informação para estudantes e profissionais liberais. O evento foi no auditório 3 S, no centro da cidade. A partir de amanhã, volto ao Sertão do Pajeú. Tenho agenda de palestras em Itapetim, São José do Egito e Carnaíba.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/10


2011

Coluna da segunda-feira

         Eduardo quer esmagar Evandro

 

Na última sexta-feira, ao receber o deputado Inocêncio Oliveira para tratar especificamente da sucessão em Serra Talhada, o governador Eduardo Campos (PSB) não só negou apoio ao candidato Luciano Duque, lançado e indicado pelo prefeito Carlos Evandro, como reafirmou a sua disposição de impor uma derrota a ele (Evandro), com quem não se bica.

 

Ao seu estilo coronelesco e ditatorial, Eduardo disse que marchará em Serra Talhada com a candidatura do deputado estadual Sebastião Oliveira. Sabendo da disposição do governador de esmagá-lo por pura vingança – em várias oportunidades Evandro divergiu dele e até o criticou de público pela falta de obras e investimentos em seu município – o prefeito cuidou de filiar Duque no PT, 40 dias após tirá-lo do PMDB para o PR.

 

No sábado, um dia após comunicar a Inocêncio que não se aliará ao prefeito, o governador apareceu em dois eventos na Região Metropolitana ao lado de Sebastião e reafirmou que em Serra Talhada só terá um palanque – o de Sebá, como o trata na intimidade.

 

Mas, Carlos Evandro, um dos prefeitos mais bem avaliados do Sertão, que se nega a apoiar Sebastião Oliveira, como já deixou claro, não teme enfrentar o rolo compressor do Governo e já ganhou o aval do PT para abrigar o seu candidato.

 

O estranho disso tudo é que quem abrigou Luciano Duque na legenda petista foi o senador Humberto Costa, a quem o prefeito negou apoio nas eleições passadas, tendo votado e trabalhado para Marco Maciel DEM).

 

CONFUSÃO EM PETROLINA – Em Petrolina, o deputado Odacy Amorim mostrou que não tem medo de enfrentar as forças poderosas do PSB, entre as quais o governador e o ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho. E assinou a ficha de filiação ao PT, por onde disputará a Prefeitura. Só que sua transferência para a legenda petista gerou ruídos. O PSB ameaça lançar candidato próprio no Recife, caso o PT banque a candidatura de Amorim.

 

Tremeu e pode se afogar O que se diz em Brasília é que a presidente Dilma criará o Ministério das Águas Profundas, para administrar o pré-sal e absorver a secretaria especial da Pesca. E o entregará ao deputado João Paulo. O ex-prefeito recifense disse que o Recife ia tremer com sua saída do PT. Mas, quem tremeu foi ele em troca de um gabinete na Esplanada dos Ministérios. Resta saber se ele não vai se afogar.

 

 

 

 

Tragédia eleitoral – Por falar em pré-sal, o Congresso pode votar esta semana a emenda Ibsen-Simon, o que pode tirar do Rio de Janeiro receitas da ordem de R$ 6,7 bilhões. O governador Sérgio Cabral (PMDB) já ameaça romper com Dilma fazendo terrorismo. “A presidente terá uma tragédia eleitoral no Rio”, disse, ontem, em entrevista ao jornal O Globo.

Bancada atômica – A revista IstoÉ desta semana traz reportagem apontando a “bancada atômica”, formada por deputados que defendem a instalação de usinas nucleares. De Pernambuco aparecem Sílvio Costa (PTB), Gonzaga Patriota (PSB) e Fernando Filho (PSB). Dizem que o desejo do governador é instalar uma usina em Itacuruba.

 

Calote no sertão O secretário de Agricultura, Ranilson Ramos, ainda não mandou pagar os cinco meses atrasados dos pipeiros que abastecem as áreas atingidas pela seca no sertão. O débito foi remetido à conta do IPA, órgão da estrutura gerencial de Ramos. Os pipeiros estão anunciando um protesto pelas ruas das principais cidades sertanejas.

 

 

 

CURTAS –

 

OLHO NO PSDB – No dia seguinte ao não do governador ao seu candidato, o prefeito de Serra Talhada, Carlos Evandro, foi visto na casa do presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, em Piedade. Certamente, estava lá a procura de apoio para Luciano Duque.

 

NO PSB – O comerciante Gabriel Planta não ingressou, ontem, no PSD, conforme noticiamos, mas no PSB, num ato que contou com a presença do secretário de Turismo, Alberto Feitosa.

 

PERGUNTAR NÃO OFENDE – João Paulo vai tomar posse no Ministério das Águas Profundas trocando o paletó por roupa de mergulho?

 

''Aquele que encobre a transgressão busca a amizade, mas o que revolve o assunto separa os maiores amigos''. (Provérbios 17:9)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Carlos da Silva

Espero que João mergulhe bem fundo e fique por lá mesmo.

Francisco de Assis dos Santos

Esse Carlos Evandro é como chuva no deserto, faz muita zuada e só, os maiores administradores do Sertão do Pajeú são: Marconi Santana de Flores e Achieta Patriota de Carnaíba.

Cris

O "fico" de João Paulo foi um verdadeiro suicídio político! Jogou todos os votos que tinha na lixeira...Lamentável!!!!!

adriano da mota silveira

Esse tal ministerio das aguas profundas para Joao Paulo só pode ser brincadeira. Claro que a presidente Dilma nao ia entrar numa barganha dessa.

Flavio

Carlos Evandro é um dos prefeitos que tem maior aprovação em Pernambuco.



03/10


2011

Silvio: ''''Nem Humberto nem João; é João da Costa''''

 Para o deputado Sívio Costa(PTB), o prefeito João da Costa terá mesmo de ser o candidato governista para disputar a eleição em 2012, segundo disse em entrevista a Manoel Guimarães, publicada hoje na Folha de Pernambuco, descartando especulações que apresentam Humberto Costa ou João Paulo como alternativas com maior poder de fogo. Eis um trecho da enrevista:

Se mudar o candidato, a emenda sai pior do que o soneto. Por exemplo, todo mundo sabe que o povo do Recife elegeu João da Costa a pedido de João Paulo em 2008. Se o PT decidir colocar João Paulo, qual é a justificativa da candidatura? João Paulo vai chegar para o povo e dizer: “Olha, pessoal, em 2008 eu pedi para vocês votarem em João da Costa, mas lamentavelmente o governo não deu certo. Eu tirei ele e agora o candidato sou eu”. Isso não existe! Tem uma corrente que diz que o senador Humberto Costa pode ser candidato. Como ele pode ser candidato, se faz um ano que ele se elegeu senador para passar oito anos? Como ele pode abrir mão de oito anos de mandato para dizer: “Olha, fui indicado pelo meu partido, porque nosso companheiro João da Costa não estava dando certo, e serei candidato”. Essa equação não fecha. Por tudo isso, tenho certeza que o candidato será João da Costa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sergio Murilo Pereira Araujo

Hum!

bruno da silva ferreira barbosa

Será que eu li bem, Silvio costa prefeito e Silvio costa jr. vice chega a ser comico.

Cris

A equação de Sílvio está incompleta...João da Costa vai se tornar inviável para a vitória... portanto, entrará outro candidato na disputa... quem será, quem será? Está claro: candidato de Dudu beleza!!!!!

altamir jose bezerra rodrigues

Em boas mãos,meu DEUS do ceú,já assaltaram os cofres do governo do estado,agora querem assaltar os cofres da prefeitura,o povo do recife ainda não endoidou de vez não,pra colocar assaltante na prefeitura.

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

O dep. Sílvio Costa se mostra Capaz de ser o candidato a prefeito da cidade do Recife pelo PTB e com vice o seu filho Sílvio Costa Filho, pois, tenho certeza de que a cidade estará em boas mãos.



03/10


2011

Eduardo mantém PSB longe do anzol de Kassab

 O governador Eduardo Campos manteve até agora o seu PSB imune às investidas do prefeito de São Paulo, que faz uma pesca predatória entre os partidos, na busca de reforços para seu recém-gerado PSD. Como conta Renata Lo Prete, hoje, na Folha de S.Paulo:

''''O que Gilberto Kassab mais espera na derradeira semana de filiações é levar o petista Assis do Couto, do Paraná, para o seu PSD. Se vingar a negociação, conduzida por Eduardo Sciarra, terá pescado em todas as siglas, menos no PSB do aliado Eduardo Campos.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/10


2011

Na mira supersalários como o de Sarney: R$ 60 mil

O governo não quer mais pagar a conta dos chamados supersalários. A Casa Civil enviará este ano ao Congresso um projeto para regulamentar o teto salarial dos servidores públicos nos três Poderes. Hoje, o limite equivale à remuneração de um ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), de R$ 26,7 mil. Mas há autoridades cujos vencimentos rompem a marca dos R$ 60 mil. Essa seria a quantia recebida pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), conforme estimativa do Ministério Público Federal. A conta inclui o salário mensal de R$ 26,7 mil e mais duas aposentadorias, uma do Tribunal de Justiça do Maranhão e outra como ex-governador do Estado. A Constituição diz que o vencimento no Executivo, no Legislativo e no Judiciário não pode ultrapassar o limite legal. Mas nenhuma lei define quais benefícios são classificados como salário. Resultado: cada Poder cria seu entendimento e frequentemente paga além do teto.

A ausência de um critério único criou uma elite ironicamente batizada de ''sem-teto.Segundo o texto do projeto da Casa Civil, ''''serão consideradas remuneração verbas referentes a aposentadoria ou pensão especial dadas a agentes políticos''''. O Planalto decidiu enviar um projeto próprio para evitar contestações futuras, já que cabe ao Executivo apresentar esse tipo de norma.(Informações da Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LUCIANA ALVES

Esse tipo de reportagem não faz mais eco, haja vista que só falam de Sarney quando sabemos que nesse naipe há muitos marajás. Aqui mesmo tem o senador JArbas que acumula com os subsidios de senador as aposentadorias como deputado e procurador da Assembléia.



03/10


2011

Dilma peita Fifa: "Minha querida, é lei brasileira!"

Segundo informa Mônica Bergamo, hoje, na sua coluna da Folha de S.Paulo, a presidente Dilma Rousseff pretende resistir à pressão da Fifa e não deve recuar da decisão de permitir a meia-entrada nos jogos da Copa de 2014.:

''Minha querida, isso é uma lei brasileira'', disse ela à coluna. ''E não pode mudar. Não é uma questão de querer ou não querer''''. A meia-entrada para os que têm mais de 60 anos está prevista no Estatuto do Idoso. Ingressos de estudantes são regulados por leis estaduais. Dilma pode se reunir hoje com a cúpula da Fifa, em Bruxelas. E deve comunicar a má notícia aos cartolas.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/10


2011

Frente anticorrupção nas ruas e pressiona Congresso

 A Frente Parlamentar de Combate à Corrupção pretende voltar  às ruas e pressionar o Congresso Nacional para aprovar os projetos que propõem medidas para enfrentar a corrupção. Hoje, há na Casa 160 propostas que tratam de temas como aumento do combate e tipificação dos crimes de corrupção, restrições a ocupantes de cargos públicos com informações privilegiadas e maior fiscalização na liberação de recursos públicos na contratação de obras e serviços. A Frente pretende conversar com os líderes partidários para iniciar um movimento na Câmara em favor da análise dos projetos.

Entre os projetos de combate à corrupção que tramitam na Câmara Federal, 23 estão prontos para votação em plenário. Alguns estão na fila de espera há dez anos, como o de autoria do então deputado Custódio Matos, que aumenta a pena para os crimes contra a administração pública. Na mesma situação está a proposta do então deputado Antônio do Valle, que estabelece que o prazo de prescrição da pena começa a partir do momento em que o fato se torna conhecido, e não quando o crime foi cometido.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha