Jaboatão - Nova UBS PET

03/09


2006

Tia de Lula reclama da sorte na esquecida Caetés

 Ao viajar para São Paulo, com sete anos de idade, depois de esperar três dias a passagem de um caminhão pau-de-arara, o ainda Luiz Inácio da Silva (sem Lula), em 1952, partiu em busca de seu destino. Durante estes anos, familiares ficaram para trás, e sobrevivem como a maioria dos brasileiros.

Pobres e esquecidos, primos e uma tia do presidente ainda sofrem com os problemas do cotidiano. Mesmo assim, poucos ousam criticar o familiar ilustre, revela o repórter Edwilson Ruas, em matéria especial na Folha de Pernambuco.

Corina Guilhermina da Silva, 77 anos, irmã de Eurídice Ferreira Mello, a dona Lindu, mãe de Lula, é a única tia do presidente viva e residente no Estado. Doente, ela precisa de atendimento médico constante, percorre diversas vezes durante a semana oito quilômetros em uma estrada de barro irregular e estreita. Ao lado do seu companheiro, o Seu Dezinho e de uma neta, ela “se vira e vive”.

Sem veículo, a aposentada conta com a ajuda do seu genro e da filha para fazer exames e buscar remédios. Ostentando uma foto com o sobrinho ilustre na sala da casa, Dona Corina, como é conhecida, revela que, apesar de não ter sido procurada por ninguém em quatro anos de governo petista, não perdeu a fé em ser beneficiada pela família.

“Ele ganhou e estou levando a vida. Nunca mais eu o vi. Apenas quando veio aqui, depois que ganhou. Nem veio mais Lula, nem os irmãos. Mas quem tem vida, tem esperança. Voto nele”, confessou.

Assim que nos recebeu, em sua casa, questionou: “O Lula vem mesmo para cá?”, disse em referência a Caetés. Ao saber que ele viria a Pernambuco, mas não à cidade natal, a aposentada mudou o semblante e explicou. “O Vavá - Genival Inácio da Silva, 65, irmão mais velho de Lula - antes de ganhar tinha prometido construir uma cisterna (que não possui água encanada) e ajeitar a casa. Até hoje! Meu teto está caindo. Quando chove, alaga tudo dentro de casa. Está em tempo de cair”, afirmou, apontando para as madeiras danificadas que sustentam as telhas.

De acordo com ela, o pequeno Lula era um pouco diferente dos meninos da época. “Era da escola para o trabalho e do trabalho para casa. Era quieto e calmo. Nunca foi de se meter em confusão”, disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josé arnaldo amaral

O MULLA deixou de ser nordestino e solidário desde que bateu dos pés a poeira de Caetés. É paulistano dos ruins. Só coça para cima. Você vai votar num presidente de República que deixa a própria tia na miséria ? Quem pensa muda. 45 nelles!!!


Cabo - Pavimentação e Drenagem

03/09


2006

PDT vira "laranja" do PT em São Paulo

 A direção nacional do PDT estuda tirar do ar o seu candidato ao Governo de São Paulo, pastor Carlos Apolinário, que aparentemente fez um acordo com o PT e usa o horário gratuito para atacar o candidato tucano a governador, José Serra. Apolinário poupa o petista Aloizio Mercadante, o que levantou suspeitas. Dirigentes históricos estão revoltados com a hipótese de o PDT virar partido de aluguel em São Paulo. Falam até em expulsar Apolinário. As informações são da coluna de Cláudio Humberto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

O suco de laranja em pernambuco, segundo notícias publicadas, é feito com ingredientes do PSDC. É só pedir que o Luiz Vidal vende o copo rico em vitamina M ao preço de 1,00.

Eita Brizola, tanto trabalho pra construir um partido, pra tudo se acabar dessa maneira:LANCHONETE de beira de estrada, com especialidade em SUCO DE LARANJA,é duro hen.

ARY SIQUEIRA DA CUNHA FILHO

Eleitores de São Paulo, não temos dúvidas que Aluizio Mercadante é o melhor para São Paulo, os escândalos com políticos paulistas do PT, minaram Mercadante, analisem friamente que Mercadante sempre foi sério e não pode ser prejudicado por causa de picaretas que já foram afastados. Pensem nisso.


Petrolina Julho 2

03/09


2006

TSE permite imagens de Lula no guia de Alckmin

 O ministro Marcelo Ribeiro, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou representação da coligação A Força do Povo (PT-PRB-PC do B), de apoio à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, que queria impedir o uso da imagem de Lula, na campanha de 2002, na propaganda eleitoral gratuita de Geraldo Alckmin, candidato à presidência da República pela coligação Por Um Brasil Decente (PSDB-PFL).

A coligação de apoio a Lula alegava que ''a propaganda eleitoral deve respeitar o direito do autor'', e argumentava que o artigo 5º da Constituição assegura que ''a utilização de qualquer fruto da criação intelectual depende da autorização de seu autor ou titular''.

No entanto, o ministro decidiu que ''não houve, em princípio, ilegalidade que justifique a suspensão liminar da reapresentação das inserções''. Para ele, ''não há direito autoral a proteger. Procura-se, apenas, confrontar declaração do então candidato com fatos posteriores que, ao ver da coligação adversária, a infirmariam''.

A representação dos petistas também defendia que a legislação eleitoral atual não permite o uso de imagens externas na propaganda eleitoral gratuita, conforme usado no programa de Geraldo Alckmin, veiculado às 19h15 de ontem.

O programa do tucano mostrou imagem externa de Lula na campanha de 2002 dizendo: ''A cada eleição o PT cresce mais, porque sabe governar com planejamento, dedicação e, sobretudo, com seriedade e respeito pelo seu dinheiro''.

Em seguida, entrou um locutor com a declaração: ''Mensalão, Waldomiro, caixa 2 no PT, corrupção nas estatais, dólar na cueca, máfia das ambulâncias. O Brasil vive a maior crise de corrupção da sua história'', somada a imagens de revistas e jornais.

A coligação do apoio a Lula pedia a proibição da propaganda eleitoral impugnada, e recomendava que a Justiça Eleitoral determinasse às emissoras de televisão que não exibissem a referida propaganda, sob as penas da lei. Também solicitava que a coligação de apoio a Alckmin fosse penalizada com ''a perda do tempo equivalente ao dobro do usado na prática do ilícito''. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Sindicontas

03/09


2006

Lula escolherá ministros em novembro se for reeleito

 Se reeleito em primeiro turno, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará pausa para descanso após 1° de outubro para se isolar um pouco e pensar na montagem do novo ministério. Sua intenção é começar o mês de novembro com alterações na equipe.

As pesquisas atuais mostram muita chance de a maioria das principais eleições estaduais serem decididas logo no primeiro turno. A região Sudeste é o melhor exemplo. Hoje, os tucanos José Serra e Aécio Neves ganhariam as eleições em São Paulo e em Minas. E os peemedebistas Sérgio Cabral Filho e Paulo Hartung venceriam as disputas no Rio de Janeiro e no Espírito Santo.

Lula ainda mantém, por exemplo, a esperança de que o amigo Jacques Wagner (PT) consiga ir ao segundo turno na Bahia contra o governador Paulo Souto (PFL). No entanto, crê que uma articulação com os eleitos no Sudeste será fundamental para a formação do governo e de uma base de sustentação no Congresso.

São Paulo, Minas e Rio têm grandes bancadas no Congresso Nacional. Com cerca de 70% de intenção de voto no Nordeste, espera contar com o suporte de parte das bancadas parlamentares dessa região. É sabido que Lula deseja formar um governo de coalizão com o PMDB. Assim, teria em torno de 200 deputados federais na Câmara (estimativa da soma das futuras bancadas peemedebista, petista e socialista).

A partir daí, selaria alianças menos fisiológicas com as siglas mais afetadas pelos escândalos do mensalão e do sanguessugas: PL, PTB e PP. Faltaria a ''agenda comum'' com setores da oposição. ''A idéia do presidente é trazer o PMDB para o conjunto e conversar com algumas lideranças do PSDB sobre a reforma política e outros assuntos fundamentais para uma governabilidade madura'', diz reservadamente um auxiliar presidencial.

Serra e Aécio serão os ''vencedores'' do PSDB com os quais Lula tentará estabelecer alguma convivência pacífica no início do eventual segundo mandato. Claro que Serra tenderá a fazer contraponto mais duro ao petista. O presidente sabe disso e o entende.

No entanto, Lula e Serra têm pontos em comum sobre reforma política. Vêem com simpatia o final da reeleição em todos os níveis do Executivo e a volta de um mandato de cinco anos para o presidente. Alguns perguntam o que Serra ganharia com isso, já que, se eleito, poderia concorrer a governador em 2010 na hipótese de naufrágio do projeto presidencial.

A proposta de final de reeleição em debate reservado entre membros da cúpula do governo e da oposição prevê a manutenção do direito de concorrer a um segundo mandato para os eleitos em 2006 que possam aplicá-lo em 2010.

Ou seja, como deverá ser reeleito em Minas, Aécio não poderia concorrer ao governo das Alterosas daqui a quatro anos. O mesmo valerá para Lula. Já Serra fará parte da leva de governadores eleitos pela primeira vez, como Sérgio Cabral.

Nesse contexto, o tucano paulista teria duas opções eleitorais em 2010. E poderia bancar as opiniões já sabidas de que acha a reeleição prejudicial ao país e de que um mandato de cinco anos para presidente seria melhor.

Além do final da reeleição, esse acordo com os tucanos preveria a instituição da fidelidade partidária e a criação de um fundo público para financiar os candidatos. As informações são do colunista Kennedy Alencar, da Folha de S. Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto lima

ele comporá seu ministerio com o LIXO das eleições. é so esperar.Acrescentará alguns nomes de fora , por exemplo, o sr jobin, que dever´´a certamente ir para a previdencia, acabar de matar os aposentados.

josé arnaldo amaral

Quanta soberba ! ! ! O MULLA está parecendo alma sebosa paulista tipo barão de araruna já no segundo reinado. Quero, mando e posso. Você vota nessa vampiragem ? Quem pensa muda.45 nelles !!!

Gostaria de saber desse blog, porque na matéria sobre os futuros ministros do presidente Lula, colocaram Dirceu? Lembrem-se que realmente Dirceu foi ministro de Lula, porém foi destituído por ações não compatíveis. E o novo ministério terá perfil de compromisso com o povo brasileiro, senão fora.



03/09


2006

PCC: policiais de São Paulo suspeitos de envolvimento

 A polícia de São Paulo e a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) do Estado realizam operação conjunta para investigar o envolvimento de agentes penitenciários e o Primeiro Comando da Capital, informou o jornal O Estado de S. Paulo. Dez funcionários são suspeitos de fornecer celulares e drogas a membros do PCC em presídios do oeste paulista.

A operação ocorre com a participação do Ministério Público, Polícias Civil, Militar e Federal, além da SAP. Representantes se reuniram nos últimos dias em prisões do oeste de São Paulo, onde estão presos os principais líderes do PCC.

Segundo o jornal, na sexta-feira foi preso o agente Marcos Antônio Garcia, 32 anos, funcionário da Penitenciéria de Junqueirópolis. Ele estaria facilitando a entrada de celulares e drogas a membros da facção criminosa no presídio.

Agentes penitenciários haviam apreendido em 17 de agosto um caderno dos detentos com o número da conta bancária de Valdevino Garcia, irmão do acusado. No último mês a conta mostrou movimentação no valor de R$ 6 mil.

Garcia negou qualquer participação no caso e disse que a conta havia sido emprestada à mulher de um dos detentos para bancar as visitas ao marido. De acordo com jornal, foi decretada a prisão temporária do agente, indiciado por tráfico de drogas e corrupção. As informações são do portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

A administração píblica está minada.Parece até os campos de Angola.De repente estoura uma mina.Outro de repente,outra mina, mais uma, mais outra.É lastimável.A culpa é do recrutamento.Tem que haver exames psicotécnicos para cada área.Excluir os q não têm o perfil para servir bem,com honra e dignidad


Ipojuca - Microempreendedores

03/09


2006

Senador sanguessuga também atuou na época de Serra

 O senador Antero Paes de Barros (PSDB-MT) negociou diretamente com o Ministério da Saúde, na gestão do tucano José Serra, a liberação de verba para comprar uma ambulância, segundo o jornal Folha de S. Paulo. A licitação foi posteriormente vencida pela Planam. A empresa operava o esquema de desvio de verbas da Saúde conhecido como quadrilha das Sanguessugas.

O senador indicou municípios em emendas para o Mato Grosso (MT) que receberam ambulâncias vendidas pela Planam. Segundo o jornal, documentos apontam que em 2000 a bancada do MT incluiu no Orçamento da União emenda totalizando R$ 3 milhões para a compra de ambulâncias.

Na época, ainda segundo a Folha, Pedro Henry (PP), coordenador da bancada, enviou para o então secretário-executivo do Ministério da Saúde, Barjas Negri, um documento com indicações feitas pelos parlamentares da bancada sobre os municípios atendidos pela emenda. Antero escolheu três municípios, com R$ 80 mil para cada um. Dois municípios receberam ambulâncias da Planam.

Antero negou envolvimento com o caso e disse à CPI dos Sanguessugas que, em novembro de 2001, mandou suspender as indicações para a compra de ambulâncias. As informações são do portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fabio Henrique Cavalcanti Pedrosa

Uma dúvida cruel : por que será que só os saguessugas do PT e aliados é que são investigados. Por que a quadrilha que José Serra colocou no Ministério da Saúde não é investigada?

Raimundo Eleno dos Santos

Se a CGU fizer uma incursão nos dez anos passados terá muito o que contar. FHC e companhia não resistirá a uma perfunctória análise. Baterá em retirada e vai morar fora do Brasil. Dará uma de Fuji Mori. Se voltar será trancafiado junto com o outro Fernando. Sim, o beira-mar.

guilherme alves

O rabo tá começando a aparecer. Agora se for feito um rastreamento em todas as emendas dos parlamentares e sua execução, em todos os governos, vai ser um show de negociatas. O fato é como são todos os partidos ninguém tem interesse, e ficam jogando para a platéia. E o Antero hein?

josé arnaldo amaral

PSDB está repetindo o mesmo erro cometido no caso Eduardo Azeredo. Quem deve paga conforme as regras. O vacilo tucano dá margem ao petismo se mostrar como exemplo por ter penalizado dirigentes criminosos. Acorda tucanada !!! 45 nelles!!!


Caruaru volta as aulas 2021

03/09


2006

Alckmin culpa Lula pelas demissões na Volkswagen

 O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, usou o programa noturno deste sábado na TV para defender a geração de emprego e citou como exemplo a crise da Volkswagen, que nesta semana anunciou a demissão de 1.800 na unidade Anchieta a partir de novembro. O tucano também explorou visita que o ex-deputado federal José Genoíno fez nesta semana ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Alckmin disse que o assunto emprego é muito importante para todos os brasileiros, mas que ''nessa área as coisas não estão indo bem''. O tucano também citou o fato de o país ter registrado crescimento de 0,5% no PIB do segndo trimestre. ''Enquanto países concorrentes crescem 6%, 7%. O atual presidente gasta muito e gasta mal''

Em contraposição a Lula, apresentou-se como o ''presidente do imposto cada vez mais baixo''. Para ele, muitos impostos ''sufocam o trabalhador e os empregos'' e, com isso, as empresas ''pisam no freio''. Alckmin também disse que o programa do petista prevê aumento de impostos para o próximo ano.

O tucano também defendeu projetos implementados quando exercia cargo de governador de São Paulo e afirmou que o Bolsa Família ''vai continuar, vai ser melhorado e fiscalizado para evitar injustiças''.

Por meio da apresentadora, criticou o fato de o ex-deputado José Genoíno ter visitado o presidente Lula no Palácio do Planalto no último dia 30. O ataque foi feito logo após Alckmin afirmar que vai ''tirar essa praga da corrupção''. Sobre Genoíno, o programa do tucano explorou a visita a Lula, disse que o ex-deputado foi acusado de envolvimento com o mensalão e apresentou imagens de outros petistas envolvidos com escândalos, como José Dirceu, Delúbio Soares e Silvio Pereira. O programa terminou com a indagação: ''Será que a turma do Lula quer voltar?''

O presidente Lula, por sua vez, se apresentou como o ''candidato que não agride e não calunia''. E gastou a maior parte do seu horário de propaganda eleitoral com informações sobre o programa do governo federal Bolsa Família.

''Em muitos países ouço elogios ao Bolsa Família. Alguns pensam em copiá-lo. Porque o Bolsa Família é o maior e mais eficiente programa de transferência de renda. É um instrumento contra a fome e a favor da família'', disse o presidente, que teve 2 minutos e 54 segundos do programa cassados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Lula disse ainda que o programa Bolsa Família beneficia 44 milhões de pessoas e incentiva a agricultura familiar, além de movimentar a economia.

Depois de atacar diretamente o candidato à reeleição durante a semana, a candidata Heloísa Helena (PSOL) mudou um pouco o discurso neste sábado. Fez menção aos ''banqueiros e à roubalheira dos políticos'', e convocou aqueles que ''não perderam a vergonha na cara'' a aderir a uma ''campanha vitoriosa''.

O candidato do PDT, Cristovam Buarque, usou o seu espaço para propor ações que valorizem o professor, ao qual o governo deveria ''prestigiar e privilegiar''. Ele defendeu que a categoria tenha carreira federal e piso salarial de R$ 800

Luciano Bivar, do PSL, falou para os camelôs. Como solução para a realidade dos trabalhadores informais, propôs imposto único sobre cheques. Não avançou, contudo, na apresentação da medida.

José Maria Eymael (PSDC) reapresentou seu programa em que critica o presidente Lula por ''ser valente em cima de pessoas idosas'', em referência ao registro dos aposentados no INSS. ''Eles não votam mais, presidente. Mas merecem respeito. Na hora que o Brasil precisou de um presidente que os defendessem, quando o Exército boliviano invadiu a Petrobras, o que ele fez? Nada. Nenhuma reação. Como você chamaria alguém que agisse dessa maneira?'', disparou.

Ana Maria Rangel (PRP) aproveitou o espaço para se apresentar ao eleitor. ''Você vai me conhecer e as minhas idéias para mudar o Brasil'', disse. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Lula também é culpado de ter,como metalúgico, fabricado os pregos q foram usados na crucifixão de Cristo.Também por ter colocado mau cheiro na urina do gambá.Lula é um horror.Vamos puní-lo.Façamos o seguinte:Quando for votar digite o 13 e detone a tecla verde-CONFIRME. Prenda-o em Brasília por 4anos

guilherme alves

durante o prazo de cinco anos.Os operários perderiam algumas vantagens e teriam estabilidade até 2006.O problema é a antiquada planta da fábrica.Além do mais a empresa tá se reestruturando em todos os países.Informações recentes é que mais de vinte mil serão demitidos em outras unidades.

guilherme alves

Tou com saudade do Ponte Preta pois o festival de besteira que assola o país tá um show. Novamente o Geraldo pisa na bola. A crise dessa fábrica começou em 2001 - mesmas alegações de agora e no seu governo e no do FHC- e paliativamente uma comissão de operários que foi à Alemanha conseguiu um acordo

josé arnaldo amaral

O lullismo, para manter poder,vem ofertando esmolas à parte da população necessitada sem exigir contrapartida de educação e trabalho comunitários a quem recebe. Isso vicia o povo.É a emulação do estado criminoso informal com o não menos criminoso peleguismo estatal do MULLA e caterva. 45 nelles !!


Serra Talhada 2021

02/09


2006

Humberto acusa Mendonça de usar a máquina

 Na visita que fez, hoje, ao município de Petrolina, o candidato a governador de Pernambuco pelo PT, Humberto Costa, comentou as últimas pesquisas eleitorais no Estado, apontando uma dianteira de Mendonça Filho em torno de 17 pontos em relação ao segundo colocado, Eduardo Campos(PSB), que, pela primeira vez, passou o petista, segundo o Vox Populi.

 

O que está acontecendo é o uso indiscriminado da máquina do Estado para favorecer um candidato de forma explícita", disse o ex-ministro, ao encerrar o roteiro de visitas ao Sertão do São Francisco.

 

Provocado sobre as declarações do ex-governador Jarbas Vasconcelos, de que devia explicações por ter levado um vampiro para trabalhar no Ministério da Saúde assim que assumiu o cargo, no caso o pernambucano Luiz Claúdio, também indiciado na máfia dos vampiros, o petista bateu duro no candidato a senador.

 

“Uma pessoa que exerceu  um cargo de relevância não tem o direito de apelar  da forma que vem sendo feita politicamente nessa situação. O que não devo aceitar é o que ele deseja: decidir a sucessão comigo quando o candidato dele é Mendonça Filho. Ele que cuide de pedir votos para chegar ao Senado”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Francisco Filho

OS MARQUETEIROS DE HUMBERTO QUEREM QUE ELE INSISTA MESMO NA TESE DO "ATIRAR PARA TODOS OS LADOS MESMO TENDO UM BELISSIMO TELHADO DE VIDRO TRINCADO". CERTAMENTE, JUNTO AOS MARQUETEIROS, TEM UMA PROVIDENCIAL BANCA DE ADVOGADOS, PREPARANDO A DEFESA DO INDICIAMENTO.

Raimundo Eleno dos Santos

Questão moral e legal.Moral, porque não se deve julgar sem provas e não fazê-lo com as próprias mãos;legal,porque temos uma Constituição,a qual, mesmo não sendo uma obra perfeita,é a que temos, e não devemos fugir dos seus princípios.Por isso não façamos julgamentos, nem sejamos precipitados.É isso.

Raimundo Eleno dos Santos

Já houve, no Brasil, inocentes que foram enforcados.Existe uma Constituição que promete ao cidadão tê-lo como inocente até uma sentença transitada em julgado.Logo,parto para sustentar a inocência de Humberto,até prova em contrário.O julgamento do palanque do adversário é crime e deve ser punido.MP??

Miguel Campos Góes Neto

Somente Humberto e seus poucos coligados, não enxergam a inexpressividade do mesmo, e num momento como esse se desespera, bate em Mendonça, Bate em Jarbas, daqui a pouco vai dar um kcete no pai ou na mãe. é 25 !!!!!!!!!

josé arnaldo amaral

Um espelho urgente para o bat-candidato !!!! 45 nelle!!!


Pousada da Paixão

02/09


2006

Brinde o sucesso do blog: 720 mil acessos em agosto

 Criado em abril deste ano, quando ao final do mês alcançou a marca de 150 mil acessos, este blog bateu seu recorde de audiência em agosto: 720 mil visitas. Em julho, mês de referência para o comparativo do crescimento, superamos a casa dos 300 mil, ou seja, crescemos mais que o dobro.

 

As visitas únicas subiram de 49.953 em julho para 196.912 em agosto. Segundo Luiz Rodrigues Neto, técnico responsável pela manutenção do blog na web, nesse ritmo alcançaremos, rapidamente, uma média de 1 milhão de acessos/mês.

 

“Para quem não tem por trás nenhum grande provedor, nenhum grande portal na Internet, nenhum jornal, rádio ou emissora de televisão como chamariz, isso é fantástico”, diz Rodrigues.

 

Ele não tem dúvida de que, no caso de Pernambuco, onde o blog tem sua maior audiência, houve uma forte migração dos leitores da coluna que o signatário do blog tinha na Folha de Pernambuco.

 

“Isso é incontestável. As pessoas que estavam acostumadas a ler Magno Martins na Folha, desde que o jornal foi criado em Pernambuco, foram em sua grande maioria para o blog”, acrescenta.

 

Fico muito feliz com o sucesso e quero compartilhar minha alegria com todos vocês, leitores fiéis, particularmente os que entram todos os dias no espaço dos comentários e deixam lá sua opinião. Porque esta é a razão da sobrevivência do blog, ou seja, a permanente saudável troca de idéias numa corrente de interação. É o que podemos chamar de ''a magia do blog''.

 

Hoje, quando batemos a marca dos 720 mil acessos, tenho quatro boas notícias para os nossos leitores. A primeira: já fui convidado por uma emissora de rádio para ancorar um programa político no Recife, com duração de uma hora, no mesmo modelo da Rádio Folha FM, criado por mim, com destaque para as entradas ao vivo de Brasília.

 

Segunda: estamos inaugurando a sede do blog, que será no Recife, precisamente na Agamenon Magalhães, nos próximos 15 dias. E teremos uma sucursal em Brasília, nossa segunda principal base de atuação. Vamos fazer um coquetel e, desde já, o convite está feito a todos vocês. Quando marcar a data, deixarei aqui o endereço e o horário.

 

Terceira notícia: no início deste mês, começaremos uma campanha publicitária do blog com outdoors apenas no Recife e Região Metropolitana.  E a quarta e última - esta vocês já sabiam - é que teremos um programa semanal na televisão.

 

Será na Net Recife, Canal 14, todas as segundas-feiras, às 22 horas. Já gravei as chamadas, que começam a ser veiculadas neste fim de semana. A estréia será no próximo dia 11.

 

Muito obrigado por tudo e não esqueçam: confiram a nossa marca dos 720 mil acessos no seguinte endereço: www.blogdomagno.com.br/estatistica/ . Agora, deixe a sua mensagem aqui. Ela é muito importante para o blog.

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Roberto Santos

Inveja dos meios de comunicação e principalmente dos que vibraram com a saída do grupo folha, está agora tendo que engolir o sucesso deste meio de comunicação que é o mais visto e lido pela internet, o blog do Magno. Um conquista sua e de seus leitores. Vamos em frente que nibguem segura

Roberto Santos

O blog do Magn o já é um sucesso e isto é incontestável, mesmo que fosse 199.000 mil visitas, o que não foi, não é facil em Pernambuco, 720.000 acessos mesnsais via internet. Agora vai ser na Televisão o sucesso.

Mariana

Magno, parabéns vc conseguiu implantar a cultura do blog em Pernambuco. Seu blog é o melhor do Estado e não deixa nada a desejar aos demais blogs do País. Mas vou te dar um conselho, tem algumas pessoas que trabalham para alguns meios de comunicação que estão bastante inciumadas.

Dá-lhe Magno!

Democracia é forte quando tds tem direito de emitir sua opinião, quem se acha intocavél, ta + pra Ditador, ñ vejo problema nenhum, alguém contestar numeros, issso ñ vai diminuir o brilho do competente jornalista, é preciso aprender a escutar a todos, nem sempre o que agente quer, é a verdade.


SESC Agosto 2021

02/09


2006

Sérgio Guerra admite mudanças na campanha de Alckmin

 A 29 dias do primeiro turno das eleições, o comitê do presidenciável Geraldo Alckmin se deu conta de que a campanha não vai bem nos estados. Há problemas de toda ordem, da falta de material de propaganda a desentrosamento entre lideranças regionais do PSDB e do PFL, os dois partidos que compõem a aliança. Num esforço emergencial, o alto comando da campanha tucana toma providências para tentar atenuar os prejuízos.

 

A desestruturação é maior no Nordeste. Justamente a região em que Lula, com uma média superior a 60% das intenções de voto, dá uma surra eleitoral em Alckmin, com pouco mais de 10%. Os problemas foram esquadrinhados em viagem de quatro dias que os dois coordenadores nacionais da campanha –Sérgio Guerra (PSDB-PE) e Heráclito Fortes (PFL-PI) –fizeram à região entre segunda e quinta-feira.

 

“A viagem foi para acertar como vai se dar a colaboração do comitê nacional com os estados”, disse Sérgio Guerra ao blog. “Não é dinheiro, são mecanismos de colaboração para a campanha. Verificamos onde a gente pode entrar, como se dará essa participação. São ajustes necessários”.

 

De volta a Brasília, a primeira providência adotada por Guerra e Heráclito foi repassar ao comitê central encomendas para a confecção de santinhos. São pequenos retângulos de papel, com a foto e o número do candidato. Trarão a imagem de Alckmin grudada à foto de candidatos a deputado federal, a senador e a governador pelo PFL e pelo PSDB. É um tipo de material que deveria ter chegado aos estados antes do início da campanha oficial.

 

Decidiu-se também contratar pessoas para empunhar a bandeira de Alckmin nos cruzamentos das capitais nordestinas. A idéia é repetir a experiência do Recife (PE). Na capital pernambucana há 150 “ativistas” nas ruas. Algo que não ocorre em cidades como Maceió (AL), São Luiz (MA), Teresina (PI) e Aracaju (SE), por exemplo.

 

De resto, decidiu-se reestruturar comitês eleitorais de Alckmin em alguns estados. Embora não se admita formalmente, trata-se de uma tentativa de controlar desde Brasília uma campanha que, em nível local, lideranças do PFL e do PSDB hesitam em assumir. Ora porque não querem associar sua imagem à de um candidato em baixa nas pesquisas, ora porque brigam entre si.

 

A despeito dos problemas, Sérgio Guerra tenta manter o tom otimista: “Minha impressão é a de que a gente não terá a menor dificuldade para duplicar as intenções de voto do nosso candidato no Nordeste”, diz ele. “Esse eleitorado já é nosso. Só precisamos chegar a ele”. Para chegar ao eleitor, ecoa Heráclito Fortes, “a campanha precisa ganhar as ruas”.

 

Guerra diz ter constatado em suas andanças que os problemas não são uma exclusividade da campanha de Alckmin. “Não há nas ruas campanha nenhuma do PT também”, diz ele. “O que há são candidatos débeis pendurados no Lula”.

 

O que o tucanato não diz é que não são apenas os candidatos petistas que se penduram em Lula. Ao levar imagens do presidente às suas propagandas televisivas, o tucano Lúcio Alcântara (CE) e o pefelista Mendonça Filho (PE), mostraram que também os “aliados” de Alckmin atribuem ao “adversário” o condão de puxar votos''. As informações são do blog de Josias de Souza, da Folha de S. Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

Apareceu uma talibã.

Mariana

Tem que mostrar sangue senão a vaca vai para o brejo...

Raimundo Eleno dos Santos

A verba para a construção de presídios deverá ser quintuplicada. A lotação das penitenciárias por delinquentes comuns já está exaurida.Com o aporte de mais bandidos(políticos)a população carcerária vai aumentar sobremodo.Mas não é só de politicos não, tem mutos casacudos por aí...Arre égua!

guilherme alves

Na paraíba os candidatos tucanos são moralistas e éticos demais. Vide reportagem na Isatoé sobre o Cícero Lucena e nota sobre um bronca cabeluda que tá para estourar entre o Cássio(governador) e um grande banco nacional. Esses tucanos fazem escola de cinismo. Tem bronca na Infraero - 10 milhas.

guilherme alves

Tá lá na coluna Confidencial da revista Istoé nas bancas: " apesar dos escândalos, fala gente envolvida com marqueting, o caixa-dois nunca estve tão forte - maior do que em 2002 e 1998". Esse país não tem jeito. Não adianta ficar fazendo jogo de cena.Não adianta o Marco Aurélio ficar chiando.


Bandeirantes Agosto 2021

02/09


2006

Pesquisas: Fernando Lyra critica manchete dos jornais

 O ex-ministro Fernando Lyra disse, há pouco, que tomou um susto ao ver o gazeteiro nas ruas do Recife estampando as manchetes do Jornal do Commercio e do Diário de Pernambuco, que trazem novas pesquisas sobre a sucessão no Estado, mostrando o governador e candidato à reeleição, Mendonça Filho, na frente, em ambas as sondagens.

A manchete do JC é a seguinte: "Mendonça abre 17 pontos de vantagem". Segundo Lyra, a impressão que o título passa é a de que o pefelista está com igual percentual frente a todos os candidatos, quando a diferença é apenas em relação ao socialista Eduardo Campos e não ao conjunto dos candidatos da oposição. Eduardo, na pesquisa do JC/Vox Populi, tem 20%, enquanto Mendonça aparece com 37%.

"Só a soma de Eduardo com Humberto dá 38%. A manhete foi bastante infeliz", avalia Lyra. Com relação ao Diário de Pernambuco, que abre a manchete "Mendonça tem 36% e Humberto 17%", Fernando Lyra estranha a omissão aos percentuais de Eduardo Campos. "Ora, a diferença de Humberto para Eduardo na pesquisa do DP é de apenas 1%. Não dá para entender  a razão de Eduardo não ser citado", desabafa o ex-ministro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Luiz Inácio Lula da Silva, q é luz até no nome,ñ precisa de defensores.A s/obra tem alcançado os s/julgadores de outubro,o eleitor,a maioria deles, vai sufragar o seu nome para mais 4 anos.As bases montadas até hoje é a catapulta que arremessará o Brasil para o 1º Mundo.Irania,você verá. Nós veremos

guilherme alves

Fernando Lyra foi um politico de grande destaque em pernambuco, inclusive nos anos de chumbo, fazendo parte com o Jarbas Vasconcelos do grupo autentico do PMDB. A atuação desse grupo foi a infantaria para que a redemocratização fosse conseguida. Falar hoje é fácil. Duro era naqueles tempos.

Boa Ministro Fernando Lyra, esse é um pernambucano que nos enche d orgulho, precisa falar + ministro, ocupe tdos os espaços possíveis, lembro bem quando o sr, era ministro e tdas as noites vinha de Brasília pra carregar nas costas o candidato Jarbas, contra a PEFELÂNDIA, ele ganhou e traiu, a tdos.

ARY SIQUEIRA DA CUNHA FILHO

É exatamente este direcionamento jornalístico que nos deixa triste, já que falamos tanto em transparência, mais nós temos a obrigação de passar o correto para o povo, para o povo saber que Eduardo tem crescimento permanente, e iremos chegar ao segundo turno para vencer as eleições.

Mariana

Quem é mesmo Fernando Lira???



02/09


2006

Mendonça: "Humberto está feito peru embriagado"

 O candidato do PFL a governador de Pernambuco, Mendonça Filho(PFL), também fez campanha, hoje, no Sertão do São Francisco, onde participou de uma carreata em Santa Maria da Boa Vista, organizada pelo prefeito Leandro Duarte (PFL), com quem desfilou ao lado do deputado estadual Geraldo Coelho (PFL).

 

Lá,  participou de um comício  na sede da AABB, que reuniu lideranças da região, entre eles os ex-prefeitos de Lagoa Grande, Jorge Garziera (PMDB), e de Santa Maria da Boa Vista,  José Gualberto (PMDB), além do deputado federal e candidato à reeleição, Osvaldo Coelho(PFL). 

 

“É importante que vocês exerçam  a capacidade de influenciar, mostrando o trabalho que temos feito nessa região. Tenho plena certeza que a gente vai sair daqui com a missão de chegar a  vitória que não será tão somente de Mendonça como governador e nem de  Jarbas como senador, mas do povo pernambucano e principalmente  do Vale do São Francisco”, disse Mendonça.

 

O pefelista evitou rebater as constantes críticas dos adversários, mas em entrevista voltou a ironizar o candidato do PT, Humberto Costa, que afirmou em Cabrobó que o candidato governista só tem feito visitas relâmpagos ao sertão por ter alergia ao povo sertanejo.

 

“Não adianta ficar respondendo a esses ataques vazios, feitos por quem se desespera por causa de pesquisas e por outras coisas. Ele talvez esteja muito  nervoso e não  consegue sair do canto por conta das complicações em que tem se metido. Aí, fica rodeando feito peru embriagado”, comparou o pefelista. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

quem deve está com o BUXO, empanturrado de PERU, é ele poís com o dinheiro do povo que seu papai(MENDONÇA MEIO BI), sacou do Banco do Nordeste e se nega a pagar, quem é Mendonça filho pra ta dando conselho bom pra alguém, se la na sua casa seu propio pai é o 1a da o mau exemplo, ou seja:DEVE E Ñ PAG

ARY SIQUEIRA DA CUNHA FILHO

Capacidade de influenciar todo mundo tem, agora candidato que tem expressão política na garupa do fazedor de estradas é de lascar. Pedimos explicações sobre o solicitado por Edilson do PSOL, Quando vai ser pago o débito de R$ 375,mil, tá pensando que BNB é a SUDENE? Por isso que a mãe SUDENE se foi.

Francisco Filho

NÃO FOI NO GOVERNO ARRAES QUE HOUVE UM PLANEJAMENTO PARA TENTAR UMA ANTECIPAÇÃO EM TORNO DA VENDA DA CELPE? É SÓ DAR UMA OLHADA NAS MANCHETES DOS JORNAIS DA ÉPOCA. ENTÃO DE REPENTE ELES SÃO CONTRA A VENDA DA ESTATAL? SRS. PELA MANHÃ NÃO PASSEM LOÇÃO APÓS BARBA E SIM ÓLEO DE PEROBA

Mendonça , homem de bem e nosso fururo governador, tem razão . Humberto está perdido. Enquanto isso, Eduardo, que comandou a privatização da Celpe, pode ser segundo. Essa eleição vai ser decidida no primeiro turno . Dá-lhe Mendonça!

Raimundo Eleno dos Santos

Dom Hérder,de saudosa memória,do alto de sua sapiência declarava:" - Quem diz que o povo não pensa! O povo pensa!" Creio que haverá uma reviravolta.A eleição em Pernambuco não está definida.Haverá 2 turno. Aí, a porca vai torcer o rabo. Ah! Se vai! Vai, sim!


Coluna do Blog
Publicidade

Publicidade

Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Opinião

Publicidade
Apoiadores
Parceiros