Lavareda

23/02


2013

Lula vira bombeiro dentro da aliança pró Dilma

 Além de lançar a recandidatura presidencial de Dilma Rousseff e de prontificar-se a correr o país em pré-campanha, Lula tornou-se uma espécie de ‘bombeiro’ da aliança partidária governista. Age para isolar os aliados desencapados e conter as desavenças mais acesas. Nos próximos dias tentará reparar um curto-circuito que ele próprio causou. Envolve a composição da chapa de Dilma.

Lula passou as últimas semanas estimulando a especulação segundo a qual não considerava absurda a ideia de desligar da tomada em 2014 o vice Michel Temer (PMDB). O plano era apagar o arroubo presidencial do governador pernambucano Eduardo Campos (PSB) oferecendo-lhe a segunda posição na chapa. Deu errado.

Eduardo Campos não deixou transparecer nenhum entusiasmo. Lula tenta encaixar nessa sua viagem ao Nordeste um tête-à-tête com o “companheiro Eduardo”. Em privado, revela-se convencido de que o mandachuva do PSB marcha com uma pisadura de candidato. Quer saber até onde vai a disposição.(Do blog de Josias de Souza)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

23/02


2013

Lei limitará gastos de empresas nos grandes jornais

:

Deputado Anthony Garotinho (PR-RJ), que é também líder do PR na Câmara dos Deputados, promete apresentar, nos próximos dias, projeto de lei que acaba com a exigência de que empresas publiquem seus balanços, editais e fatos relevantes em jornais impressos; uma página do jornal Valor, que pertence aos grupos Globo e Folha, custa R$ 40 mil; o projeto terá o apoio da bancada do PT e será apresentado como medida para redução do Custo Brasil; ''em todos os países civilizados, isso já migrou para a internet'', diz ele

GRANDE IMPRENSA


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

23/02


2013

Yoani chega ao Rio em clima de paz e quer ir à praia

Blogueira cubana Yoani Sánchez chegou ao Rio de Janeiro neste sábado (Foto: Fabio Motta/Estadão Conteúdo)Yoani Sánchez chegou ao Rio neste sábado (Foto: Fabio Motta/Estadão Conteúdo)

A blogueira cubana Yoani Sánchez chegou ao Rio de Janeiro, por volta de 17h30 deste sábado (23), no aeroporto Santos Dumont, vinda de São Paulo. O desembarque foi tranquilo, sem a presença de militantes favoráveis ao regime ditatorial cubano, como os que a vaiaram e xingaram em outras cidades do Brasil por onde ela passou durante a semana. Yoani Sánchez disse que, apesar de ter sido alvo de manifestações hostis em outras cidades do país, a acolhida no Brasil tem sido ótima e afirmou que as hostilidades são praticadas por uma "minoria".

"Vim ao Rio de Janeiro para vistar amigos, descansar, e conhecer a cidade que é maravilhosa, sobretudo as praias", afirmou a blogueira cubana, que deixou o aeroporto em um carro particular, acompanhada de Otavio Leite.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

23/02


2013

O pastor e os gays

HELIO SCHWARTSMAN *

Defender a liberdade de expressão é defender a possibilidade de os outros afirmarem exatamente aquilo que não queremos ouvir.

 Psicólogos podem tentar curar gays? A guerra de abaixo-assinados contra e a favor da cassação do registro profissional de psicólogo do pastor Silas Malafaia devido a suas declarações sobre o homossexualismo coloca essa candente questão na ordem do dia.

Em minha opinião, enquanto cidadãos, reverendos e despiciendos podem dizer o que pensam, pouco importando se o conteúdo das declarações é politicamente correto ou verdadeiro. Defender a liberdade de expressão é defender a possibilidade de os outros afirmarem exatamente aquilo que não queremos ouvir.

A coisa muda um pouco de figura quando o indivíduo fala na condição de psicólogo ou membro de outra categoria profissional que se apoie, ainda que imperfeitamente, numa ciência. Do mesmo modo que um médico não pode sair por aí dizendo que cura doenças incuráveis, um psicólogo não pode proclamar que possui terapias efetivas contra o que seu ramo de saber nem sequer considera moléstia. Não se pode bater de frente e em público contra os consensos da disciplina. Diversas disposições do Conselho Federal de Psicologia proíbem seus profissionais de ''patologizar'' o homossexualismo.

Se o pastor crê que a psicologia está errada, pode tentar demonstrá-lo através de trabalhos científicos, apoiados em argumentação técnica, nos fóruns adequados. Ao menos em teoria, se ele convencer os seus pares, mudará o consenso da área e, se não for, precisa resignar-se e abandonar o assunto ou a profissão.

O que complica o caso de Malafaia é que ele é a um só tempo clérigo e psicólogo e costuma restringir suas declarações polêmicas às ocasiões em que se manifesta como sacerdote. Se isso basta para limpar sua barra, é o que o conselho de psicologia do Rio, onde corre um processo ético, terá de decidir. Se fosse eu a julgar, no mínimo exigiria que ele avisasse que não fala como psicólogo quando se refere ao homossexualismo. (* Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/02


2013

Vaticano rebate boatos de corrupção e sexo na Igreja

 O Vaticano iniciou, neste sábado, uma verdadeira contraofensiva para rebater ''informações falsas'', ''boatos'' e ''calúnias'' publicadas pela imprensa italiana sobre uma trama de corrupção, tráfico de influência e sexo dentro da Cúria Romana, que seriam uma manobra para ''condicionar'' o conclave que escolherá o novo Papa.

''Se, no passado, eram as chamadas potências, ou seja, Estados, que queriam condicionar a eleição do papa, hoje se trata de envolver a opinião pública'', lamenta num comunicado pouco comum a Secretaria de Estado. ''Através dos séculos, os cardeais tiveram que enfrentar múltiplas pressões na hora de eleger o pontífice por parte de diferentes poderes, enfrentando lógicas de tipo político e mundano'', completa a nota da instituição vaticana presidida pelo cardeal Tarcisio Bertone.

Hoje, ''tenta-se alterar a opinião pública por meio de argumentos e avaliações que não percebem o sentir espiritual que a Igreja está vivendo''. ''É deplorável que ao aproximar-se o início do conclave se multiplique a divulgação de notícias não verificadas nem verificáveis e inclusive falsas, que causam graves dano a pessoas e instituições'', ressalta o comunicado.

Poucas horas antes, o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, rebateu ''a desinformação e, inclusive, as calúnias'', sobre possíveis intrigas na cúpula da Santa Sé e a existência do chamado lobby gay, denunciado pelo jornal ''La Repubblica'', uma das publicações de maior tiragem no país. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

O papa quer tapar o sol com uma peneira.


Banco de Alimentos

23/02


2013

Brasil e Nigéria firmam acordos e pedem reforma da ONU

 O Brasil estabeleceu parcerias com a Nigéria nas áreas de produção de energia e agropecuária. Os dois países também trocarão experiências sobre iniciativas de combate à pobreza e segurança alimentar. Esses acordos de cooperação foram firmados hoje (23) entre a presidenta Dilma Rousseff e o presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, em Abuja, capital da Nigéria.

Em discurso após reunião com Jonathan, a presidenta lembrou que a Petrobras está presente no país há 14 anos, produzindo petróleo. Ela disse que a empresa pretende ampliar a produção e estabelecer presença cada vez mais marcante na Nigéria.“Nós queremos ir além. Queremos estabelecer parceria também na área de energia elétrica, dada a capacidade do Brasil na área de geração hídrica e na construção de grande sistema de transmissão”, disse.

A presidenta disse que tem como objetivo intensificar o apoio ao governo nigeriano no desenvolvimento agropecuário, com a participação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O Brasil deve ajudar também na formação de profissionais da área. Dilma Rousseff acrescentou que estão em análise novos instrumentos de financiamento e investimento em infraestrutura. “Vamos ampliar a presença do Brasil em todas as áreas que o governo nigeriano julgar importante, como produção de vacinas antirretrovirais, medicamentos genéricos de alto custo”, destacou.

Para a presidenta, o governo nigeriano mostrou claro interesse pela presença do Brasil no país, em igualdade de condições, sem dependência financeira. Na África, a Nigéria é o país mais populoso com mais de 148 milhões habitantes. O principal desafio das autoridades nigerianas é o combate à pobreza.

A presidenta Dilma Rousseff e o presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, também defenderam uma reforma urgente do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), para tornar o órgão mais democrático. “Defendemos a necessidade da presença da África e da América Latina no Conselho de Segurança das Nações Unidas”, disse Dilma, em discurso na cerimônia de assinatura de atos de cooperação entre o Brasil e o país africano.

Os chefes de Estado do Brasil e da Nigéria destacaram ainda a relação de “amizade e cooperação” e acertaram trocar informação sobre os candidatos dos dois países a cargos internacionais e apoiar-se mutuamente. A Nigéria é candidata a membro não permanente do Conselho de Segurança e o embaixador brasileiro Roberto Azevedo aspira ao cargo de diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC).

A Nigéria é o principal parceiro comercial do Brasil no continente. De 2002 a 2012, o intercâmbio bilateral apresentou crescimento de 500%, passando de US$ 1,5 bilhão para US$ 9 bilhões. A pauta comercial é formada, principalmente, por combustíveis, açúcar e cereais, apresentando potencial de crescimento e diversificação. (Da Agência Brasil)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/02


2013

Dominados: menos de 40 pessoas no ato contra Renan

 No horário marcado (14h), menos de 40 manifestantes apareceram no Complexo Cultural da República em Brasília, ponto de encontro para uma manifestação contra o senador Renan Calheiros (OMDB-AL), que tomou posse como presidente do Senado no início do mês. O ato foi divulgado pela internet e tinha mais de 1.100 pessoas confirmadas.

“É o mal do Facebook. Muitas pessoas só são engajadas na frente do computador, mas já esperávamos que muito não viriam”, diz a estudante Taís Menezes. “É difícil vir para cá. Eu, por exemplo, tenho de estudar para uma prova, mas acho importante estar aqui”, acrescentou.

“A gente fica chateado porque o povo brasileiro está muito antipatriota. Ele prefere votar no Big Brother do que vir pra cá”, afirma Rogério Salvia, também à frente da marcha. Mesmo com um quórum muito aquém do esperado, Rogério considera este tipo de ato importante para a democracia. Ele participou da entrega da petição online contra Renan Calheiros, com 1,6 milhão de assinaturas, levada ao Senado na última quarta-feira.(Do Portal Terra)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Roberto Russo

Porque será que esse protesto não interessa aos camaradas do PT e PCdoB?



23/02


2013

Ex-presidente garante querer evitar o ''''Volta Lula!''''

 O lançamento da presidente Dilma à reeleição, quarta-feira, em festa do PT, pelo ex-presidente Lula serviu a uma estratégia: Ele quer
evitar a deflagração de um movimento ''Volta Lula'' no road show que fará pelo país a partir do dia 28.

Chamou a atenção dos petistas o tratamento do ex-presidente Lula à presidente Dilma ao lançá-la para a reeleição. Lá pelas tantas diz: “A primeira vez que votei para Presidente foi em mim mesmo, de tanto que gostava de mim (risos), na segunda votação também foi em mim (mais risos), na terceira, por azar, foi num poste (silêncio) que está iluminando o Brasil (novos aplausos)”.

Considerados dirigentes de partidos problemas, o que mais agradou ao Planalto, na festa do PT, foi o tom e o conteúdo dos discursos dos
presidentes do PR, Alfredo Nascimento, do PDT, Carlos Lupi, e do
vice-presidente do PSB, Roberto Amaral.(Ilimar Franco - O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Marcilio Paulino dos Santos

Este poste que o ladrão do lula fala, é Dilma Roussef.Porque, de tanto iluminar , o brasil viu o quanto os PTralhas roubaram os cofres públicos.Os brasileiros já perderam as contas de quantos ministros e assessores foram pegos roubando o dinheiro público, neste governo de ladrão que duram dez anos.



23/02


2013

FHC se vê como o pai a ser morto por Lula

:

''Num aspecto eles não podem mais falar, a ética. Porque eles têm o mensalão na testa''.

DO PORTAL BRASIL247

Na festa de 70 anos do economista Pedro Malan, realizada na Casa das Garças, no Rio de Janeiro, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso recorreu a Sigmund Freud, pai da psicanálise, para definir a relação entre PT e PSDB. Segundo Freud, em seu processo de afirmação, cada filho mata, metaforicamente, seu pai. E FHC se vê como o pai que plantou algumas conquistas do PT.

''A relação do PT comigo pessoalmente e com meu governo é de psicanálise. Tem que tirar o pai da frente, sabe. Eles sabem que quem fez a estabilização fomos nós, quem começou as políticas sociais fomos nós. Não é que eles não tenham melhorado, mas por que precisa dizer que a gente não fez nada?'', indagou o ex-presidente, demonstrando certa mágoa com o evento que, na última quarta-feira, comemorou os dez anos do PT no poder.

MENSALÃO NA TESTA

FHC também definiu Lula como uma espécie de ''presidente-adjunto'' do governo Dilma. ''Ele (Lula) está tão ligado às coisas do governo que dá impressão que é um presidente adjunto. Não acho que isso seja institucionalmente bom. Pergunta lá em São Paulo se eu indiquei alguém para o governador (Geraldo Alckmin — PSDB). Se o presidente Lula quer fazer isso, não é ilegal. Só acho um pouco estranho. Projetar uma sombra (sobre Dilma) tão grande... Não precisa. Ele devia fazer o que ele me aconselhou a fazer. Eu opino de vez em quando'', disse Fernando Henrique.

FHC também afirmou que não há uma dicotomia tão grande entre PT e PSDB e classificou as frequentes comparações entre os dois partidos como uma ''atitude irracional''.

''Para o bem do Brasil é preciso que as pessoas respeitem as regras. E que entendam que não podem tratar o adversário como inimigo. Infelizmente, a tática toda a vida do PT tem sido oposta a isso: nós somos bons, vocês são maus'', disse FH. Por fim, ele afirmou ainda que os petistas têm, agora, o mensalão grudado na testa. ''Num aspecto eles não podem mais falar, a ética. Porque eles têm o mensalão na testa''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha