Blog do Magno 15 Milhões de Acessos

13/01


2021

Marília ensaia apoio à Raquel em 2022

A deputada federal Marília Arraes (PT), que disputou o segundo turno da eleição majoritária do Recife em 2020, acenou para a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), quanto a uma possível candidatura da tucana ao Governo do Estado. Em entrevista à Rádio Liberdade, hoje, a petista disse: "Pode ser que Caruaru tenha uma governadora em 2022. Vamos ver o que acontece."

Para Marília Arraes, chegou o momento das mulheres tomarem o protagonismo do cenário político de Pernambuco. Ainda durante a entrevista, ela aproveitou para fazer um balanço de sua atuação no ano passado na Câmara dos Deputados, além de falar sobre o cenário pandêmico. 

"2020 foi de muito aprendizado. Trabalhamos duro no plano nacional e local para ouvir as demandas da população e lutar pelos direitos e conquistas e buscar avanços. Vamos aproveitar toda essa experiência positiva para continuar trabalhando por Pernambuco. Tivemos muitos embates com o Governo Federal, que insiste em manter uma postura negacionista em relação a pandemia. Um dos primeiros projetos que pedia o auxílio emergencial, por exemplo, foi de minha autoria", comentou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/01


2021

João assume Lira e Câmara lava as mãos

O candidato governista à presidência da Câmara dos Deputados, Artur Lira (PP-AL), deixou, há pouco, o encontro com o governador Paulo Câmara e o prefeito do Recife, João Campos, ambos do PSB, no Palácio das Princesas, sem o apoio explícito do governador e aberto e declarado de João. Enquanto o governador disse apenas que ia respeitar a decisão de cada parlamentar, João foi incisivo. Afirmou que ia pedir votos para Lira aos deputados do PSB.

Mas tem que começar primeiro pelo seu suplente, que acabou de assumir sua vaga na Câmara, Milton Coelho, que já declarou voto para Baleia Rossi, candidato do MDB, oponente de Lira. O Avante também esteve presente ao encontro, com o presidente nacional da legenda, Luiz Tibe (MG), e o deputado Sebastião Oliveira, na foto ao lado de Dudu da Fonte, do PP.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

13/01


2021

Lira pede votos do PSB a Câmara e João

Embora o PSB esteja no bloco de oposição ao Governo Bolsonaro, o candidato oficial do Planalto à Câmara dos Deputados, Artur Lira (PP-AL), esteve, há pouco, com o governador Paulo Câmara pedindo empenho da sua parte para que os deputados socialistas da bancada do Estado apoiem sua candidatura. Câmara é adepto do projeto de  Lira, assim como o prefeito do Recife, João Campos, ex-deputado federal, que também participou do encontro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

13/01


2021

Governo de PE nega licença à delegada Patrícia

A delegada da Polícia Civil de Pernambuco Patrícia de Oliveira Domingos, que concorreu à Prefeitura do Recife em 2020, teve o pedido de licença indeferido. A solicitação foi negada pelo gerente geral Administrativo e Financeiro de Pessoal do Estado, Enéias Ferreira Leite de Oliveira, conforme publicado no Diário Oficial, hoje.

Para chegar a essa decisão, Enéias se baseou em notas técnicas da Polícia Civil e da Secretaria de Administração de Pernambuco, pesando o fato de a delegada responder a processo administrativo. Além disso, houve o entendimento de que ela poderia dificultar o andamento desse processo.

De acordo com apuração do Blog, Patrícia requereu licença por dois anos, com possibilidade de prorrogação de mais um, sem remuneração. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/01


2021

Prioridade para profissionais da saúde, educação e segurança na vacinação

O deputado federal Pedro Vilela (PSDB-AL) apresentou Indicação ao Ministro da Saúde para que o Plano Nacional de Vacinação Contra a Covid-19 estabeleça prioridade para profissionais de áreas essenciais, como saúde, educação e segurança.

No documento, que deverá ser remetido também ao presidente da República, Jair Bolsonaro, o parlamentar argumenta que o Brasil amarga a 3ª posição no número de profissionais de saúde vitimados pela doença.

Além disso, segundo Pedro Vilela, a necessidade de retomada das aulas presenciais deve garantir aos profissionais da educação a prioridade de que trata a Indicação. Para o deputado, “os prejuízos educacionais e psicossociais dos alunos no período de aulas virtuais exige a retomada das aulas presenciais, desde que garantidas as medidas sanitárias e preservação da saúde dos profissionais por meio da imunização”.

Por fim, o parlamentar defende a garantia de prioridade para os profissionais da área de segurança, já que a “essencialidade e as características do serviço prestado não admitem suspensão das atividades de segurança ou mesmo o exercício desse trabalho por home office”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

13/01


2021

PT sai do Governo e Humberto é candidato

Até o final desta semana, o PT será expurgado do Governo Paulo Câmara. As mudanças começam pela Secretaria de Agricultura. Sai Dilson Peixoto e em seu lugar assume o deputado estadual licenciado Claudiano Martins, na cota do PP. À propósito do futuro do PT no Estado, o senador Humberto Costa confidenciou, ontem, a um aliado, que recebeu carta branca do ex-presidente Lula para disputar o Governo do Estado em 22.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao carlos da silva

O vampiro endoidou. Quem é que vota numa desgraça dessa ora governador ,? A piada do dia. Kkkkk



13/01


2021

Lira tem agenda com Câmara e bancada

Candidato à Presidência da Câmara dos Deputados, o deputado federal alagoano Arthur Lira chega ao Recife, em instantes, atrás de voto com a bancada de 25 federais do Estado. Está desembarcando, logo mais, no aeroporto e, de lá, segue direto para o Palácio do Campo das Princesas para uma conversa com o governador Paulo Câmara, junto com alguns deputados e, ao meio dia, almoça com a bancada num restaurante.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

13/01


2021

Com R$ 335 milhões em empréstimos, BNDES cobra Ford

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) cobrou explicações à Ford, na última segunda-feira, sobre a decisão de fechar suas fábricas em Camaçari (BA), Taubaté (SP) e Horizonte (CE) – e encerrar a produção de veículos no Brasil.

Em nota, o BNDES informou que a companhia possui dois contratos de financiamento que somam R$ 335 milhões e foram contratados em 2014 e 2017. Os financiamentos, disse a instituição, já passaram da metade do prazo total e estão com "pagamento em dia".

"Eles [contratos] tiveram como objetivo projetos destinados ao desenvolvimento de novos produtos da companhia no Brasil, para o fortalecimento da engenharia nacional", acrescentou.

O BNDES disse também que estão em vigor 30 contratos de financiamento indiretos, por meio de parceiros e agentes financeiros, para a companhia, no valor total contratado de R$ 54,2 milhões.

Com as duas operações de crédito ainda ativas, o banco de desenvolvimento afirma que aguarda as respostas da Ford para avaliar os impactos da decisão sobre os contratos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/01


2021

Planalto usa mapa de cargos para garantir votos a Lira

O governo Bolsonaro (sem partido) montou uma verdadeira operação de campanha para garantir a vitória de Artur Lira (PP-AL) na eleição para a presidência da Câmara. As informações são do Blog da Andréia Sadi.

Desde o fim de dezembro, auxiliares presidenciais vêm levantando o mapa de cargos de deputados federais em cargos de segundo e terceiro escalão, para usar os postos como moeda de troca na disputa da Casa.

Nesta semana, o movimento foi intensificado. Desde ontem está autorizado pelos articuladores políticos do governo a publicação no Diário Oficial da União de trocas em postos importantes de segundo e terceiro escalão, principalmente de ministérios como Saúde, Desenvolvimento Regional e também da Secretaria do Patrimônio da União.

A prática vai na contramão do discurso de campanha de Bolsonaro em 2018, que condenava o chamado "toma lá dá cá", isto é, cargos em troca de votos. A estratégia visa desidratar a campanha do deputado federal Baleia Rossi, adversário de Lira. No entanto, interlocutores do presidente afirmam que os espaços hoje ocupados por parlamentares que vão votar em Baleia Rossi não serão completamente retirados- mas, sim, reduzidos.

Motivo: o governo teme que, se eleito, o deputado do MDB possa retaliar o governo. Além disso, não vê Baleia Rossi como inimigo, por se tratar de um deputado do MDB, partido com o qual Bolsonaro tem boa relação por meio do ex-presidente Michel Temer.

A disputa na Câmara representa, nos bastidores, uma queda de braço entre Rodrigo Maia (DEM) e o presidente da República. Bolsonaro quer derrotar Maia na Câmara, enquanto no Senado apoia o candidato do presidente do Senado, David Alcolumbre (DEM).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha