Congresso Nordestino de Educação Médica

18/06


2019

Bolsonaro vai à Marcha Para Jesus. Moro convidado

Moro foi convidado pelo deputado Marco Feliciano (Pode-SP) para participar da Marcha Para Jesus, na quinta (20), em SP. É o maior evento evangélico do Brasil –em 2018, a marcha reuniu 1,5 milhão de pessoas. Bolsonaro já confirmou participação na marcha, segundo os organizadores.

E a bancada evangélica defende que Bolsonaro nomeie alguém do grupo para comandar a Secretaria-Geral da Presidência –caso, como esperado, o general Floriano Peixoto deixe o cargo.

Feliciano seria o nome natural —é da bancada, está próximo de Bolsonaro, é amigo de Olavo de Carvalho, guru do presidente, não faz sombra para Onyx Lorenzoni, da Casa Civil, e se dá bem com Fabio Wajngarten, da Secom (Secretaria de Comunicação).

Um outro nome que passou a circular para assumir a articulação política é o de Rogério Marinho, secretário especial da reforma da Previdência e braço direito do ministro Paulo Guedes, da Economia. Depois da reforma, ele passaria a trabalhar no palácio, como articulador de outros temas.  (Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

18/06


2019

Moro terá ambiente hostil em audiência no Senado

Dos 54 deputados que integram a CCJ, 23 devem bater duro no ex-juíz

Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo

O ministro Sergio Moro, da Justiça, deve enfrentar ambiente hostil na audiência da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, na quarta-feira (19). Dos 54 parlamentares que a integram, 23 devem bater duro no ex-juiz. E 8 estariam dispostos a defendê-lo de forma enfática.

escândalo das mensagens apenas aprofundou, segundo senadores, uma resistência a Moro que já estava consolidada no Senado.

 “Se Jair Bolsonaro indicar o nome de Moro para ser ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), assistiremos a algo inédito: a rejeição, no Senado, de um candidato do presidente à corte”, diz o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que sempre foi um apoiador da Lava Jato.

SOU FÃ

Depois de gravar entrevista com o apresentador Ratinho, do SBT, Moro almoçou com Íris Abravanel, mulher de Silvio Santos, na segunda (17). Ela é fã do ministro. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Caruaru

18/06


2019

Folha corrida: esqueceram de onde Montezano veio

A versão da equipe econômica para a escolha de Gustavo Montezano para o BNDES é a de que, “pela primeira vez”, o BNDES terá um banqueiro no comando. “Guido Mantega, Carlos Lessa, Luciano Coutinho, nenhum deles era banqueiro”, disse um auxiliar de Paulo Guedes, mencionando nomes da era PT.

Ele esqueceu, porém, que Maria Silvia Bastos Marques, que comandou o Goldman Sachs, Persio Arida, que foi sócio do BTG, e Francisco Gros, que começou em Wall Street, também passaram pela cúpula do banco estatal.

Padrinho mágico -  Vindo da área bancária, Gustavo Montezano era um executivo discreto. A principal referência mencionada por colegas do setor foi o trabalho ao lado de Salim Mattar, na Secretaria de Desestatização. Para a equipe de Guedes, Montezano pode fazer uma dobradinha com o ex-chefe e fazer andar a agenda de privatizações. 

Publicitários acreditam que a saída do general Santos Cruz da Secretaria de Governo abrirá as torneiras do governo Bolsonaro à mídia tradicional. O agora ex-ministro travou muitas batalhas para conter gastos com comunicação, desagradando inclusive a equipe econômica, que queria bombar propagandas pela reforma da Previdência.(Daniela Lima – Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

São João Petrolina

18/06


2019

Rodrigo Maia e a “covardia sem precedentes

A declaração do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que chamou de “covardia sem precedentes” a demissão de Joaquim Levy do BNDES dividiu o DEM. Integrantes da sigla acham que ele não precisava ter se exposto para defender um quadro que não era querido por ninguém.

 

TIROTEIO

Do deputado Júlio Delgado (PSB-MG), sobre o presidente ter rifado Joaquim Levy do BNDES em praça pública no fim de semana:

Com a pseudoforça que ganhou nos atos, Bolsonaro faz mudanças entre os que foram seus aliados de primeira hora    (Folha – Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/06


2019

Guedes apaixonado pelo eco das redes

'Guedes precisa saber que está numa democracia'

A pressão que emerge das redes sociais em consonância com o discurso do ministro Paulo Guedes (Economia), pelo endosso da proposta de reforma da Previdência entregue por ele, não teve guarida na Câmara. Até entre colaboradores do Ministério da Economia há o temor de que o ministro tenha se apaixonado pelo eco das redes, colocando em risco apoio que havia agregado no Congresso. 

A comissão até está blindada. Só quem não gostou da proposta que fizemos foi o Guedes”, diz o presidente da comissão especial que analisa o tema, Marcelo Ramos (PL-AM).

”Guedes precisa saber que está numa democracia. A experiência dele de vida pública foi na ditadura do Pinochet. O Parlamento tem tanta legitimidade quanto o presidente, representa também as minorias. O texto foi bem recebido pelo mercado, pelos investidores. Seguiremos”, finaliza Ramos.   (Folha Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/06


2019

Estratégia do PT para ouvir ou peitar Moro no Senado

PT é orientado a não tratar oitiva de Moro como plebiscito sobre Lula

Daniela Lima – Painel – Folha de S.Paulo

Diante dos esforços de aliados para blindar Sergio Moro (Justiça) na audiência no Senado na qual ele vai falar do vazamento de conversas com procuradores da Lava Jato, o PT busca estratégia para enfrentar o ministro. Quem acompanha as conversas diz que as assessorias da sigla na Câmara e no Senado estão mobilizadas para encontrar o melhor caminho. A indicação, até agora, é a de que os integrantes da legenda evitem fulanizar a discussão a ponto de transformá-la em um plebiscito sobre Lula.

O entendimento que se impôs é o de que nem todos os senadores que se incomodaram com o teor das conversas reveladas pelo The Intercept Brasil entre Moro e procuradores da Lava Jato são a favor de mudanças no caso que levou Lula à prisão –por isso seria improdutivo partir daí.

A pregação pela libertação do ex-presidente divide até parlamentares do campo progressista. Diante dessa constatação, o partido foi aconselhado a tratar as dúvidas sobre a atuação de Moro a partir de prisma mais amplo.

Para a assessoria do PT, Moro deve ser apresentado como protagonista de decisões que deram fôlego ao discurso da antipolítica, cujo produto final foi a eleição de Jair Bolsonaro. Nesse cenário, o ingresso do ex-juiz no Ministério da Justiça deve ser explorado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

18/06


2019

Cabos e soldados: patrimônio milionário

Diretores de associação de cabos e soldados têm patrimônio milionário

Cinco PMs aposentados acumulam imóveis e carros; bens vêm de bicos, afirmam policiais

Rogério Pagnan   Folha de S.Paulo

O motorista estaciona o Volkswagen Tiguan na chácara com piscinas e campo de futebol em Itanhém, litoral paulista, às 12h17 da última quinta (13). O patrão, com uma lata de cerveja na mão, conversa com o caseiro enquanto retira do porta-malas equipamento de jardinagem.

O homem é um cabo aposentado que faz parte de um grupo de cinco policiais militares de São Paulo, integrantes da cúpula da Associação de Cabos e Soldados, que acumularam patrimônio milionário.

São bens estimados em R$ 11 milhões, apesar de os cabos e soldados da PM paulista ganharem um dos piores salários da categoria no país. Os cinco policiais dizem que acumularam o patrimônio trabalhando na PM e fazendo bicos.

Entre os bens deles estão sobrado na praia, apartamento de alto padrão, chácaras e veículos de luxo, inacessíveis à maioria dos cabos e soldados paulistas, que enfrentam dificuldades financeiras após anos sem reposição salarial.

O homem que desembarcava na chácara é o presidente da associação desde 1995, Wilson de Oliveira Morais, 65. Além dele, integram o grupo quatro diretores, todos cabos aposentados, cujas aposentadorias líquidas variam de R$ 2.436,10 a R$ 5.678,62, e têm patrimônios estimados de R$ 1,5 milhão a R$ 2,9 milhões.

O levantamento dos bens foi realizado pela Folha nos últimos seis meses. Foram consultados cartórios de imóveis em 11 cidades de São Paulo e da Bahia. A reportagem também foi aos endereços que constam nos documentos.

Os nomes dos cinco foram indicados por colegas de farda como tendo padrão de vida incompatível com seus ganhos. Além do cabo Wilson, a lista tem o diretor financeiro Edmilson Aparecido da Silva; o presidente do conselho fiscal, Gilson Braga; o diretor jurídico Marcelo Aparecido Camargo; e o vice-presidente da entidade, Antônio Carlos do Amaral Duca.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/06


2019

Moro quer mudar o país, diz Bolsonaro

'Moro é um símbolo e quer mudar seu País', afirma Bolsonaro

Presidente elogia ministro ao assinar MP que trata da venda de bens de apreendidos de traficantes

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou a cerimônia de assinatura da medida provisória que trata da venda e utilização de bens apreendidos de traficantes para elogiar o ministro da Justiça, Sérgio Moro. "Um homem símbolo e que quer mudar seu País", afirmou o presidente ao se referir a Moro, que tenta fazer da crise dos vazamentos de conversas entre ele o procurador Deltan Dallagnol um plebiscito da Lava Jato.

O presidente lembrou que Moro abriu mão de 22 anos de magistratura para compor o seu governo, para seguir sua vontade de "combater o crime organizado, a lavagem de dinheiro e a corrupção". "Não é qualquer pessoa que faz isso pela sua pátria", afirmou Bolsonaro. Em seguida, completou: "É motivo de honra, satisfação, orgulho, não só para mim, mas todos os brasileiros de bem, tê-lo nessa função em que se encontra."

O presidente destacou o decreto das armas e disse que "quem quer desarmar o povo é quem quer o poder absoluto". "Quero que o povo também tenha direito de legítima defesa."


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 3