FMO janeiro 2020

07/12


2011

Coluna da quarta-feira

           Efeitos da crise

O Governo disfarça, mas a crise que atinge a Europa e os Estados Unidos já traz reflexos em alguns setores da economia brasileira. Não há recessão explícita, mas quer um exemplo do efeito colateral por aqui? Bastar dar uma olhada no nível de investimentos públicos e nas obras estruturadoras, principalmente no Nordeste.

A transposição do São Francisco, que anda a passos de tartaruga, conforme este blog antecipou e o jornal O Estado de São Paulo confirmou na semana passada, com matéria de primeira página. A ferrovia Transnordestina, embora uma PPA – Parceria Público Privada – também desacelerou, para usar uma expressão do ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho.

Já a refinaria Abreu e Lima, em Suape, ainda roda o pires na Venezuela, chalerando o ditador Hugo Chávez. Os estragos também se observam nos investimentos privados. O estaleiro Atlântico Sul, também em Suape, ainda não colocou um só navio no mar, mas jogou mais de mil trabalhadores no olho da rua, sem dar justificativas aos sindicalistas.

Há pouco, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, lançou um pacote de medidas para amenizar as consequências geradas pela crise mundial. Que bateu à nossa parte. Só não ver quem não quer. Ou tem interesses em continuar no faz de conta.

REAÇÃO – Três dias após a mídia nacional mostrar o abandono das obras da transposição, o ministro Fernando Bezerra (Integração) emitiu, ontem, uma ordem de serviço, no valor de R$ 134,8 milhões, para retomada das obras do lote 8 do Eixo Norte do projeto. É composto pela construção de três estações de bombeamento nos municípios de Cabrobó e Salgueiro, no sertão pernambucano. Vão bombear a água do rio suprindo o desnível do terreno.

Petrolina na frente - O deputado Fernando Bezerra Filho (PSB) mostrou mais prestígio do que as lideranças políticas de Serra Talhada, garantindo, na verdade, a primeira UPA do Sertão para Petrolina. “Não sei em que estágio se encontra a UPA de Serra, mas não sairá antes da nossa. A ordem de serviço já foi assinada pelo governador”, afirmou.

 

 

Euforia em Cabrobó - O prefeito de Cabrobó, Eudes Caldas (PSB), tem motivos para comemorar a retomada das obras da transposição no lote 8, que nasce em terras do seu município. Afinal, com a operação tartaruga do projeto, milhares de empregos foram jogados pela janela, muitas empresas foram embora de Cabrobó e o comércio teve uma queda violenta. Isso há quase dois anos, já.

Bateu duro - De Dom Fernando Saburido, ontem, no meu blog, sobre a campanha que lançamos contra bebida nos estádios: “A proibição é uma conquista da qual não deveríamos abrir mão. O consumo de álcool contribui sem dúvida para o acirramento dos ânimos e, consequentemente, o aumento da violência nos centros esportivos. O projeto é um retrocesso”.

Trabalho escravo - O Governo do Estado fez uma operação ostensiva na desarticulação de um esquema de sonegação de impostos no polo gesseiro, no Araripe, que tem as maiores reservas de gipsita do mundo. Deveria, ao mesmo tempo, ampliado com uma fiscalização trabalhista em cima das empresas que colocam trabalhadores as condições de verdadeiro trabalho escravo.

 

CURTAS

RETROCESSO – A bancada lagartixa na Assembleia deu aval, ontem, ao governador Eduardo Campos para continuar contratando servidores, sem concurso público, por dois anos, podendo prorrogar para mais dois anos ainda. Enquanto isso, quem passou em concurso não consegue ser chamado.

LULA LÁ– Num encontro com a presidente Dilma, ontem, num hotel em São Paulo, o ex-presidente Lula deu as coordenadas para a reforma ministerial de janeiro. Lula está preocupado com a repercussão internacional da queda de ministros provocada por atos de corrupção.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Quem Dilma nomeia na reforma de janeiro sem passar pelo crivo de Lula?

''Afasta de mim a vaidade e a palavra mentirosa; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; mantém-me do pão da minha porção de costume''. (Provérbios 30:8)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jair Lima Lopes de Vasconcelos

Esse Magno gosta de criar intrigas. Fernandinho jamais falaria isso. É por isso que perde credibilidade.

Marcelo Augusto Serra Diniz

Fernando Filho comete um erro grave: Com essa afirmação, pode sofrer prejuízos eleitorais futuros na cidade...

Raimundo Eleno dos Santos

Enquanto isso:O prefeito atual-João de Costas,para a cidade,deveria inaugurar e dar publicidade da à Pça Machado de Assis,Boa Vista,entrada p/Av Cd Boa Vista,saída pela rua Clube Náutico Capibaribe.Ela é muito bonita.Um Cartão.ostal!A R.Martins Junior nasce na R.do Hopício e termina na R.da Aurora??

Eduardo Silla

O TAL PROJETO PARA CONTRATAR SEM CONCURSO PODE ATÉ SER UMA SOLUÇÃO, MAS TEMOS QUE SABER O QUE VAI FAZER OS CONCURSADOS E O MINISTERIO PUBLICO QUE É FISCAL DA LEI, TAL ARGUMENTO DEVE SER INCOSTITUCIONAL, COM A PALAVRA DR. FENELON.

ALCEBIADES GREGORIO VIEIRA MENDES

Quem nos derá se todo homem público tivesse a coragem de denunciar o que está errado e lutar a favor do povo e contra o interesse das cervejarias e seus amigos lobistas.


Prefeitura de Serra Talhada

07/12


2011

Eduardo atiça: Fiat em Goiana dá briga de paraibanos

 Mais esta historinha do fogo ateado pelo governador Eduardo Campos, com suas ações, entre colegas da região, contada por Lauro Jardim, na sua coluna da VEJA:

''''O começo das atividades de uma fábrica da Fiat em Goiana, divisa de Pernambuco com a Paraíba, acabou por jogar mais combustível na fogueira da disputa política paraibana.

A maioria da bancada da Paraíba no Congresso reclama da sonolência do governador Ricardo Coutinho(PSB) ante Eduardo Campos na negociação da partilha dos 6 700 postos de trabalho da fábrica.

Segundo Vital do Rêgo (PMDB-PB), uma espécie de cláusula de reserva de mercado arranjada por Campos garantiria o preenchimento das vagas por trabalhadores pernambucanos.

Embora João Pessoa seja mais próxima de Goiana do que Recife, até o treinamento de pessoal seria feito em solo pernambucano. Os paraibanos ficariam a ver navios. Vital, que é oposição a Coutinho, alfineta:

– O nosso governador é sonolento, é tímido na relação com Eduardo Campos.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

07/12


2011

Coelho pede para TCU fiscalizar obras da transposição

 O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, pediu ajuda nesta terça-feira, 6, ao Tribunal de Contas da União (TCU) para a fiscalização das obras da transposição do Rio São Francisco. A iniciativa é uma reação do ministro diante das evidências de abandono da obra no ano de 2011. Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo domingo mostrou que a obra responsável por parte da votação expressiva de Dilma no Nordeste foi abandonada por construtoras em diversos lotes e que parte do trabalho feito começa a se perder. Estruturas de concreto quebradas, vergalhões de aço expostos ao sol e a chuva e obras deixadas pela metade passaram a fazer parte da paisagem do sertão nordestino. Auditoria do TCU nas obras do eixo leste mostrou ainda uma estimativa de prejuízo de R$ 8,6 milhões com irregularidades no empreendimento.

Pressionado, Bezerra decidiu procurar pessoalmente o presidente do tribunal, Benjamim Zymler. Pediu a ele que designe técnicos para auxiliar a Pasta na fiscalização da obra. Solicitou que auditores do TCU apontem em 30 dias se as medidas adotadas pelo Ministério têm sido suficientes para resolver os problemas no empreendimento.(Informações de O Estado de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Marcos Antonio da Silva Néri

Com toda essa incompetência, esse FBC ainda que ser Prefeito do Recife. Esse poste do Imperador EC I, não pode ser empurrado de guela abaixo para a PCR.

Marcos Antonio da Silva Néri

Com toda essa incompetência, esse FBC ainda que ser Prefeito do Recife. Esse poste do Imperador EC I, não pode ser empurrado de guela abaixo para a PCR.

jose carlos da silva

A anta e a estaca ganharam, levaram e ñ trabalham, só enrolam. Eu já sabia, só o povinho ñ. Em apenas um aninho nada feito só denúncias de corrupção.

claudio viana

Os governadores dos estados que serão beneficiados,com esta obra deveriam irem juntos a Brasilia perguntar a presidente o que vai ser feito, se vai ou não,ou como é que vai ficar, para que posam dar um resposta ao povo que deram uma grande votação a ela.

suricato

mais uma vez rouba-se o dinheiro da merenda das nossas criancinhas, o dinheiro que era para recuperar e construir estradas para empregar em obras do tipo sonrisal.Eu acho é pouco para o poviho que se iludiu com as promessas da anta de caetés e seu poste apagado.


Banco de Alimentos

07/12


2011

Negromonte finge ''''não querer querendo''''

 Sob ameaça de virar a "bola da vez" após a queda de Carlos Lupi, Mário Negromonte (Cidades) busca respaldo nos Estados para permanecer no posto. Deputados relatam ter recebido telefonemas de governadores pedindo uma forcinha pela manutenção do ministro.

De um observador da ofensiva de Negromonte: "Para quem disse não ter apego ao cargo, ele até que está indo bem". (Renata Lo Prete  Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose carlos da silva

Vejam a pouse de um canalha. E o povo se ferrando. Eu avisei!



07/12


2011

Ciro: ministro errou por querer ganhar dinheiro

 O ex-deputado federal Ciro Gomes disse ontem que o ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio) errou por "querer ganhar dinheiro" e que a presidente Dilma Rousseff não "tinha merecimento" para ter sido eleita. Pimentel recebeu pelo menos R$ 2 milhões por serviços prestados em sua empresa de consultoria nos anos de 2009 e 2010, entre sua saída da Prefeitura de Belo Horizonte e posse no governo federal.

"Eu acho que ele [Pimentel] tem a presunção da inocência, mas ele cometeu um erro: foi querer ganhar dinheiro", afirmou Ciro, em entrevista ao programa "Tema Quente", da RedeTV!. "Escritório de consultoria no Brasil não é consultoria, é tráfico de influência. Esse é o problema", completou.

"Se o Fernando Pimentel pudesse dizer: ''não, minha consultoria se deu aqui. Está aqui a consulta que me foi feita e está aqui a resposta que eu dei''. Mas não", completou. (Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Oráculo de Delfos

Veja bem uma frase de meu comentário abaixo, o quinto de baixo pra cima: "TODOS SABEMOS QUE AS TAIS CONSULTORIAS NÃO FORAM CRIADAS PELOS MEMBROS DO ATUAL GOVERNO, mas que se lambuzam, ah!, se lambuzam..." Tá vendo, quem mandou cabular a aula de leitutra e interpretação de textos...hehehe

Oráculo de Delfos

Daqui da Grécia, no alto da colina, enxergo tudo. A senhora, tão perto, outro dia defendia que o Zé Dirceu ganhava dinheiro com advocacia...hehehe Santa inocência! É bom aprender a ler...kkkk

Oráculo de Delfos

Se a LuciAnta não gazeasse as aulas de leitura e interpretação de texto, veria que não nego que a prática tem raízes fincadas na política nacional, apenas acho que isso não livra a cara dos antigos comunistas, que se lambuzam nela com desabrida desenvoltura...hehehe

Oráculo de Delfos

Por fim, é bom lembrar que nomeação para Conselhos Fiscais é uma maneira tradicional que os partidos tem de dar sinecuras a membros que perderam eleições. É questionável, mas não é ilegal. Já tráfico de influência é crime. É bom esclarecer, pois água turva é habitat natural de petista.

LUCIANA ALVES

Se há uma coisa incontestável é a verdade factual, e as " consultorias" fazem parte do mundo politico desde os tempos imemoriais, inclusive na terrinha muitos prosperaram utilizando-as . Quem é do ramo tem ciência disso. Como vive na Grécia, o Oráculo desconhece as mumunhas da politica brasileira.


O Jornal do Poder

07/12


2011

Planalto já teme que ministro seja ''''a bola da vez''''

O Palácio do Planalto emitiu nesta terça-feira sinais de preocupação sobre as revelações de que o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, recebeu cerca de R$ 2 milhões em consultorias prestadas a empresas relacionadas com a prefeitura de Belo Horizonte, como mostram reportagens do GLOBO desde domingo. O núcleo do governo teme que Pimentel, ex-prefeito da capital mineira, ''se torne a bola da vez'', com denúncias alimentadas, segundo crê a presidente Dilma Rousseff, pelo ''fogo amigo'' petista. No Congresso, cresce a cobrança da oposição. No governo, a ordem é tentar esvaziar o noticiário sobre o tema. A determinação de Dilma é que Pimentel preste os esclarecimentos sobre o caso.

Para amenizar o desgaste político, integrantes do Planalto ressaltaram dois pontos: os valores recebidos por Pimentel nos dois anos em que ficou sem cargo público (entre 2009 e 2010) seriam compatíveis com a remuneração de consultor; e o fato de seu trabalho de consultoria estar limitado, até agora, a Belo Horizonte, sem relação com a eleição presidencial. Apesar disso, porém, ele tinha acabado de deixar a prefeitura de BH.(O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose carlos da silva

Em apenas 9 anos e todos os comunas ficaram ricos, e imaginem se tivessem obtido êxito em 64. Só os imbecis é que ñ sabem o buraco em que meteram o Brasil.

Oráculo de Delfos

Em outras eras, o Fernado Pimentel participou do COLINA (Comando de Libertaçao Nacional). Sinal dos tempos. Hoje, os antigos comunistas ficam milionários como prósperos "consultores" do capitalismo tupiniquim...hehehe



07/12


2011

Lula admite que ainda não ''''desencarnou'''' do poder

A presidenta Dilma se encontra com o ex-presidente Lula em São Paulo

Quase um ano após deixar a Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva admitiu nesta terça-feira que ainda não ''desencarnou'' do cargo. Após se reunir com sua sucessora, Dilma Rousseff, em um hotel na zona sul de São Paulo, Lula deu uma rápida declaração aos jornalistas que o aguardavam no saguão do hotel.  ''Estou desencarnando ainda'', afirmou. A frase faz referência a uma declaração que o próprio Lula fez no início deste ano, de que ficaria longe dos assuntos do governo para poder ''desencarnar'' do cargo.

Dilma está na cidade para participar de um evento na noite de hoje e aproveitou a viagem para encontrar Lula. De acordo com a assessoria da Presidência, que não divulgou o encontro, Dilma tinha uma ''agenda privada'' no período da tarde. (Folha Online - Daniel Roncaglia)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Alberto Guerra Benning

A distancia entre Caetes (PE) e o Palacio do Planalto é muito grande para desapegar com facilidade



07/12


2011

Novo rico: Câmara aumenta cotas do Brasil no FMI

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira um aumento da participação brasileira nas cotas do Fundo Monetário Internacional (FMI). O texto, que é resultado de um acordo entre os integrantes do fundo, amplia o percentual brasileiro de 1,78% para 2,13% do total. A medida ainda depende do aval do Senado.

 Com a aprovação da Mensagem Presidencial 480/2011, o Brasil passa do 14º para 10º lugar na lista de nações que mais contribuem com o fundo. A  votação desta terça foi a única do dia na Câmara, já que a base aliada optou por paralisar o envio de Medidas Provisórias (MPs) ao Senado. Isso porque os senadores tentam votar o Código Florestal, e a chegada de MPs poderia alterar a ordem de prioridades em pauta.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/12


2011

Ciro: Dilma sem mérito político para disputar a eleição

 Durante a entrevista à Folha de S.Paulo, o ex-ministro Ciro Gomes disse que  presidente Dilma Rousseff não tinha "mérito político" para disputar a eleição presidencial, nem "estrada nem merecimento para ser presidente". Segundo Ciro, "o que ela tinha era os méritos extraordinários de uma grande administradora, uma pessoa muito decente, muito admirável", completou. O ex-deputado disse ainda ser testemunha da inocência de Lula no do mensalão. "Se tem um brasileiro que sabe que o Lula era inocente, completamente naquela história, sou eu", afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Oráculo de Delfos

Mais este "sincericídio" do pulha Ciro Gomes é reflexo de sua perda de prestígio entre os donos do poder. Aposta na metralhadora para chamar atenção e ganhar alguma sinecura. Fala muitas verdades, mas não tem credibilidade, pois só as revela quando está desesperado. Dessa vez o motivo é Dudu...

José Cláudio Soares de Oliveira

Eita Ciro Gomes - perdido só cego em tiroteio...Conversa demais.



07/12


2011

Mensalão: adiar é desmoralizar instituição democrática

CARLOS CHAGAS

AFIRMAÇÃO OBRIGATÓRIA - Consolida-se no Supremo Tribunal Federal a certeza de que o julgamento dos réus do  mensalão deve obrigatoriamente realizar-se no primeiro semestre do próximo ano. Qualquer adiamento resultará  na desmoralização não apenas das estruturas do Poder Judiciário, mas das instituições democráticas.  É preciso uma resposta a respeito dos mensaleiros, seja para absolvê-los,  seja para condená-los. Completada a composição da mais alta corte nacional de Justiça, não haverá como protelar a decisão a respeito de cada um dos 39 implicados. Caso,  por razões de saúde, ao ministro-relator  Joaquim Barbosa   faltem condições de trabalho, deveria o presidente do Supremo, César Peluzo, designar  um relator-adjunto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

EDSON COSTA DE SIQUEIRA

Nesse modelo de democracia à brasileira e de inDEPENDÊNCIA dos poderes, caso haja tal julgamento, o resultado será "estratégico"!