FMO janeiro 2020

05/08


2012

Terceiro mundo? gringos aprendem português para quê?

Marcelo Justo/Folhapress
Os estudantes coreanos Sung Won Ahn (Ryan), 35, Jung Yun Soo Jung (Ian), 35 e Hee Taek Lee (Francisco), na sala de aula onde aprendem português
Os estudantes coreanos Sung Won Ahn (Ryan), 35, Jung Yun Soo Jung (Ian), 35 e Hee Taek Lee (Francisco), na sala de aula onde aprendem português

O mexicano Marcilio Maclean, 21, chegou há cerca de um mês a São Paulo. O norte-americano Gaetano Iaccarino, 22, ficará na cidade por um ano. Já a espanhola Beatriz Puyol, 21, está quase no fim de sua estada de dois meses. Todos têm um propósito: vieram aprender português.

Os três jovens são donos de um discurso parecido. Acreditam que saber o idioma se tornou um diferencial profissional para o futuro e, por isso, escolheram São Paulo para um intercâmbio.

Para eles (e para muitos), o Brasil se tornou o país do presente --as permissões temporárias de trabalho dadas a estrangeiros aumentaram 65%, entre 2009 e 2011. No mesmo período, a emissão de vistos de estudantes cresceu 34% e a entrada de turistas no país subiu 33%.

O reflexo disso pode ser conferido nas salas de aula. Dez dos principais cursos e professores de português de São Paulo são unânimes em dizer: a procura por aulas do idioma disparou.

Na Espanha Aquí, aberta por um espanhol para atuar principalmente em multinacionais de seu país com sede no Brasil, os 400 estudantes atuais representam um aumento de 87% em relação ao ano passado (eram 215). Na Berlitz já houve, neste semestre, 70% da quantidade de aulas de todo o ano passado (20 mil). Na Alumni, o número passou de 15 alunos mensais para 40.

A Faap (Fundação Armando Álvares Penteado) registrou um aumento de 110% no número de intercambistas estrangeiros entre os primeiros semestres de 2009 (123) e de 2012 (260) nos cursos de graduação. A maioria precisa fazer aulas extracurriculares de português, idioma das aulas.

Já a USP, que dá aulas para universitários estrangeiros, diz que a cada semestre tem que incluir mais opções de horários na grade.

VAI DAR SAMBA

A maior parte dos estrangeiros que procura aulas de português ainda é composta por trabalhadores de empresas multinacionais, como o coreano Ryan Ahn, 35.

Funcionário da área de marketing de uma grande empresa coreana, Ahn descobriu o Brasil por meio da ''Antes [das aulas], não sabia sobre o país'', diz ele, que veio a São Paulo estudar por um ano com um grupo de 16 colegas da empresa.

Mas um outro tipo de estudante começa a se destacar nas salas: os jovens, especialmente norte-americanos e europeus, que querem fugir das crises em seus países e veem o Brasil como uma terra de oportunidades.
''Meu sonho é ter uma empresa de organizações de eventos'', diz a espanhola Beatriz, que faz um ''intensivão'' de português na PUC-SP.

''Volto a Madri no mês que vem para terminar a universidade, mas o Brasil está nos meus planos futuros de trabalho'', empolga-se.

''Meus amigos disseram: ''Ah, você vai fazer samba em (sic) Brasil''?'', brinca o norte-americano Iaccarino.
''O país tem muito mais do que isso. Faz parte dos Brics'', diz, referindo-se ao grupo de nações em desenvolvimento composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. ''Tem, tem... Opportunities'', conta, enquanto estala os dedos à procura da palavra ''oportunidades''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo de Santo Agostinho

05/08


2012

Barbosa e Lewandowiski: briga na prova do líder

DO BLOG TRÁGICO E CÔMICO - DIOGO SALLES - JT

Bem vindos à nave-mãe no mensalão! Mal começou o julgamento, Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski já tiveram o primeiro entrevero. E assim será pelos próximos 40 dias. Será que nossos heróis aguentarão o confinamento? Quem está sendo autêntico e quem está só jogando? Vamos dar mais uma espiadinha?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

05/08


2012

Data venia

CARLOS HEITOR CONY*

Esta crônica foi escrita logo após a primeira sessão do Supremo Tribunal Federal que rejeitou o pedido de desmembramento do processo do mensalão. Não farei considerações políticas e muito menos jurídicas, pela evidente ignorância que tenho sobre tais assuntos. Não discutirei o conteúdo em si, mas o formato dos votos, expressos na linguagem ainda em uso nas práticas forenses e cartoriais.

Tenho respeito pelo Supremo, corte na qual o meu advogado, Nelson Hungria, ganhou um habeas corpus (9 a 1) a meu favor num processo que Costa e Silva, ex-ministro da Guerra e mais tarde presidente da República, me denunciou como incurso na Lei de Segurança Nacional então em vigor.

Foi, aliás, a primeira manifestação daquela corte após o movimento militar de 1964. Concedendo a mesma medida a outros contestadores daquele regime, o Supremo sofreria represálias, tendo três de seus ministros cassados.

Há gordura demais na linguagem com que juízes e advogados se expressam. Na imprensa e na literatura em geral, procura-se a contenção, a transparência, a economia verbal. Nos jornais, desde o advento dos copidesques, um texto com mais de duas laudas é cascata.

Sem prejuízo da qualidade, Balzac não faria tão extensa a sua ''Comédia Humana''. Reduziria o texto de cada um de seus romances à metade. Quando Zola publicou ''La faute de l''Abbé Mouret'', um contemporâneo seu, Ernesto Renan, comentou: ''Duzentas páginas para descrever um jardim? Alguma coisa está errada com os naturalistas''.

A defesa que Cícero fez de seu amigo Milão ( ''Pro Milone'', em 52 a.C.) é até hoje citada como uma das obras-primas da literatura latina. Um voto, perfeito como expressão da justiça, não precisa de tantas palavras, ''intelligentibus pauca''.  (* Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

05/08


2012

Fernando Fillho tem candidatura impugnada em Petrolina

No último dia permitido para impugnações de candidaturas chegam notícias de Petrolina que o juiz eleitoral do município anulou o registro da candidatura do deputado Fernando Filho, candidato pelo PSB. Em Palmares, a justiça impugnou o prefeito Beto da Usina, que tenta a reeleição.

Já em Paudalho, ficou impedido de disputar o candidato do PTB, José Pereirade Araújo, enquanto em Verdejantes, no Sertão, Francisco Tavares também sofreu impugnação. Em todos os casos, cabe recurso.

No caso de Petrolina, a motivação da impugnação de Fernando Fillho se deu por causa do seu vice, Genedy Patriota, que apresentou documentação sem atender as exigências legais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Randineli

ESPERO QUE O TRE NÃO SE RENDA AO PODER DO MINISTRO, E CUMPRA O SEU PAPEL. NO CASO DAS ELEIÇÕES, O FILHO DO MINISTRO NÃO IRIA GANHAR MESMO E CASO O RECURSO SEJA ACEITO, A CANDIDATURA DELE JÁ ESTÁ IMPUGNADA PELO POVO.VÁRIOS CANDIDATOS A VEREADORES DA SUA COLIGAÇÃO JÁ PARARAM DE PEDIR VOTOS PARA ELE.

Antonio Sobrinho

MAS TEM MUITO BABACA NESSA PETROLINA VIU... POIS VAMOS VER SE FERNANDO BEZERRA É ESSA TAMPA DE CRUSH MESMO. VAMOS VER SE ELE MANDA NA JUSTIÇA MESMO. BEM FEITO CHAMAR ESTE ADVOGADOZINHO DE MEIA TIGELA PARA SER VICE. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Antonio Sobrinho

MAS ME DIGA UMA COISA... GENNEDY NUM É ADVOGADO?? SE ELE NÃO É BOM ADVOGADO PARA RESOLVER AS CAUSAS DELES IMAGINE PARA GOVERNAR PETROLINA.

ingrid

VAMOS VER QUEM TEM MAIS FORÇA NA CIDADE: UM JUIZINHO ELEITORAL OU NOSSO MINISTRO FERNANDO BEZERRA. DA-LHE 40!

Erica Silveira

Todos aqui em Petrolina sabem que essa união de filho de patriota e fernando filho foi por conveniência,pra tomar o poder e o povo sabe disso.Agora a justiça que tarda mais não falha reconheceu a falta de capacidade deles pra ser prefeito e vice.Petrolina quer mais e merece muito mais.Fora Fernandin



05/08


2012

O risco: ''''Senão, só restará ao STF absolvê-lo''''

Um dos ministros mais antigos do STF disse ao jornal O Estado de S.Paulo que, para comprovar a prática de corrupção ativa, o MPF deveria ter ouvido depoimento de algum parlamentar dizendo ter sido procurado pela Casa Civil com a promessa de dinheiro em troca de apoio político. Se não o fez, só restará ao STF absolvê-lo, disse o ministro.

Os ministros do Supremo procuram, nos autos, elementos que comprovem que José Dirceu foi o “mentor intelectual” do chamado mensalão. O próprio Roberto Gurgel, o procurador-Geral da República, falou, durante sustentação oral, da dificuldade em produzir provas contra Dirceu. “O autor intelectual quase sempre fica na sombra”, disse Gurgel.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

PRÁ VARIAR NO BRASIL NÃO TEM CULPADOS, TODO CRIME FICA ÓRFÃO. VAMOS LÁ RELEMBRANDO. COLLOR, SARNEY, RENAN, HUMBERTO COSTA, SERGIO GERRA, EDUARDO CAMPOS, PALOCI, MALUF, JADER BABALHO, PEDRO CORREIA. SENDO ASSIM É MELHOR DEMITIR JUIZ, PROMTOR, PROCURADOR E OUTROS CARGOS SUPERFLUOS DA NOSSA CONSTITUIÇA

Julio Povoas de Arruda Miranda

''''A minha luta era com o José Dirceu. Ele me derrubou, mas eu salvei o Brasil dele. Ele não foi, não é e não será o presidente do Brasil. Caímos os dois. Estou satisfeito'''', disse Roberto Jefferson, ao sair do hospital andando, acompanhando da mulher.

Wellington Antunes

É isso Raimundo, eu tenho até evitado emitir alguma opinião sobre essa questão das provas, julgamento do mensalão etc. porque tem uns doentes aqui no Blog que partem logo para agressões. Prefiro deixar que surjam a opinião de juristas e aguardar o veredicto final. Se comprovado que paguem pelo crime

Raimundo Eleno dos Santos

A PROVA TESTEMUNHAL É FALHA. NÃO EXISTE DOCUMENTO QUE PROVE OU COMPROVE O ATO CRIMINOSO NOS AUTOS DA AÇÃO PENAL 470 ( MENSALÃO ). SEM DOCUMENTO QUE DEMONSTRE COM CLAREZA NÃO HÁ CRIME E, CONSEQUENTEMENTE,A SENTENÇA SERÁ INOCENTAR OS INDICIADOS.NÃO SE PODE,POR OUVIR DIZER,CONDENAR A NINGUÉM!

SANTOS

Pena que o nosso País estar a mercer uma turma tão maquiavélica como o PT. Acredito que possa haver uma mundança através desse julgamento. José Dirceu tem que responder por aquilo que estava escondido para os brasileiros, principalmente os menos favorecidos vítima desse sistema cheio de INCOERÊNCIA.


Banco de Alimentos

05/08


2012

Iguaracy: justiça abre janela para prefeito sair candidato

O Tribunal de Justiça tornou sem efeito a convenção que o PR - Partido Republicano - entrou na coligação do candidato do PTC a prefeito de Iguaracy, Francisco Dessoles. Iguaracy fica a 340 km do Recife e ali o PR impediu à força que o prefeito Albérico Rocha fosse candidato a reeleição. A decisão do TJ é o primeiro passo para o prefeito conseguir na justiça comum o direito de entrar na disputa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

05/08


2012

As abelhas do mensalão

 CARLOS BRICKMANN

O ex-presidente Lula disse que não quer assistir ao julgamento do Mensalão, porque tem mais o que fazer. O advogado Márcio Thomaz Bastos apresentou de novo um pedido já rejeitado três vezes, de desmembrar o processo; o ministro Ricardo Lewandowski levou quase uma hora e meia dando um voto em favor de Márcio, sendo derrotado por 9x2 - o que, para os réus do Mensalão, foi uma vitória: para eles, é importante ganhar tempo, até que se aposentem os ministros César Peluso e Ayres de Brito, já que a falta de ministros atrapalha o julgamento. E é para não facilitar a criação de mais atraso que o procurador-geral Roberto Gurgel, convencido de que deveria fazê-lo, não pede o impedimento do ministro Dias Toffoli, amigo de boa parte dos réus e que já defendeu José Dirceu.

É como um enxame de abelhas: há quem voe, há quem faça cera.

E a Justiça? Não se preocupe: o caso do Mensalão foi denunciado em 2005, há mais de sete anos. Como dizia Ruy Barbosa, ícone dos juristas brasileiros, "Justiça tardia não é Justiça, é injustiça manifesta".

Culpados ou inocentes? O Supremo é que deve decidir, não colunistas e editorialistas da imprensa. Mas é estranho que um grupo lute para que o julgamento demore, em vez de querer que termine logo para encerrar seu pesadelo. É estranho que um advogado faça um pedido verbal e um ministro puxe na hora um longo voto escrito sobre o tema, prontinho.

E é estranho lembrar que toda a urgência atual decorre só da lentidão com que o processo andou por tantos anos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Republicano

Por ser extremamente atrevido e petulante, indago: O que existe neste mundo que possa ocupar o Liz Ináçu? Depois de brevíssima passagem por trabalho formal, enfiou o dedinho na máquina e, ulalá: aponsentadoria! Daí avante, nunca soube o que seja trabalho... conchavos e safadezas sim. Trabalho, vôte!


Potencial Pesquisa & Informação

05/08


2012

Jefferson: Dirceu não foi nem será presidente do Brasil

 - Wilton Júnior/AE

''''A minha luta era com o José Dirceu. Ele me derrubou, mas eu salvei o Brasil dele. Ele não foi, não é e não será o presidente do Brasil. Caímos os dois. Estou satisfeito'''', disse Roberto Jefferson, ao sair do hospital andando, acompanhando da mulher.  Jefferson afirmou que o mensalão já não é o seu foco. Ele voltou a inocentar o ex-presidente Lula de envolvimento no mensalão. O ex-deputado elogiou a acusação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, mas considerou as provas contra os réus frágeis. ''Ele tem razão em muitas coisas que ouvi e não tem em outras tantas. A partir de segunda, 6, falarão as defesas. Torço para que haja justiça''.

Jefferson contou que recebeu o diagnóstico do tumor no pâncreas com serenidade e que acredita no restabelecimento de sua saúde. ''Sou um guerreiro. Peitei o PT sozinho. Não vai ser um cancerzinho de pâncreas que vai me derrubar''. Ele demonstrou cansaço durante a entrevista e estava com a respiração ofegante. Tossiu algumas vezes e reclamou da retirada do tubo que estava em sua garganta. Jefferson ainda fará quimioterapia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/08


2012

Paulo Rubem ''baixa a bola'' e resolve apoiar Geraldo Júlio

 

Depois de protagonizar uma das maiores “confusões” do período pré-eleitoral, ou seja, na definição de candidaturas, o deputado federal Paulo Rubem (PDT), enfim, aderiu ao palanque socialista Geraldo Julio no Recife. Inicialmente, o trabalhista pensava em lançar um projeto isolado, mas foi logo indeferido pela executiva nacional de seu partido. Prometeu recorrer, mas optou por seguir a recomendação do seu partido no estado, principalmente a posição do presidente estadual, o prefeito de Caruaru e candidato à reeleição, José Queiroz, aliado de primeira ordem do governador Eduardo Campos.

A “bandeira branca” foi lançada hoje pela manhã, na inauguração do comitê da candidata à Câmara do Recife pelo PDT, Isabela Roldão. Segundo Geraldo Julio, que comunicou a novidade à imprensa num almoço com o vereador Carlos Gueiros (PTB) no Clube Líbano, no bairro do Pina, a entrada de Paulo Rubem no seu palanque vai agregar mais forças à sua campanha. “Ele sempre defendeu o que acredita, é uma grande referência na política pernambucana. Um homem com fortes ideais”, destacou. Ainda de acordo com Geraldo, Paulo Rubem reconheceu que sua postulação “é a melhor para o Recife”. (Do portal Diario de Pernambuco.com.br)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Vieira

ESSE QUE ESTÁ NA FOTO É WELLINGTON BATISTA SAIU DE CARUARU CORRIDO, DEVENDO UMA FORTUNA E ZÉ QUEIROZ ACOITOU ELE pagou suas dividas é um serviçal de zé das mentiras.

Carlos Neves

Pois é, aos poucos as coisas e os embusteiros vão ocupando seus devidos lugares e apoios. Nunca acreditei nesse Paulo Rubem, só bla,bla,bla. Cabestro nele Eduardo e Jarbas.

Wellington Antunes

Caso João da Costa venha a apoiar Humberto a notícia desse apoio se limitará apenas a uma pequena nota nos Portais de Notícias, com reprodução em alguns blogs, dando ênfase mais ao apoio político, ou vai ser matéria de repercussão dos conflitos até nos guias eleitorais? Aposto na divulgação do racha

Wellington Antunes

Ainda de acordo com Geraldo Júlio,Paulo Rubem reconheceu que sua postulação “é a melhor para o Recife”. Quer dizer que antes, a postulação de Paulo Rubem para a PCR era um equívoco? E hoje Rubem reconhece que Júlio é a melhor opção para Recife? E os que acreditaram em Paulo Rubem, como ficam?

Wellington Antunes

De Geraldo Júlio sobre Paulo Rubem: “Ele sempre defendeu o que acredita, é uma grande referência na política pernambucana. Um homem com fortes ideais”,." É isso aí.



05/08


2012

Cecílio entrega a ministro projetos para área de seca

 O prefeito de Serrita, Carlos Cecílio entregou ao Ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho, sexta-feira passada, projetos para a construção de abastecimentos de água e açudes no município, como a adutora do Frazão -- que irá atender 11 comunidades -- o abastecimento d''água do sitio Vassoura até o Gergelim, a adutora do Areal até a Barra do Cedro, e, também, o Canto Escuro e a construção dos açudes do Bezerro e do sitio Lajes. A urgência do prefeito na liberação dos recursos na ordem de R$ 4.640,000, 00 se dá por conta da seca, que a cada dia se torna mais grave.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha