FMO janeiro 2020

08/07


2020

Provas do Enem serão em janeiro e fevereiro de 2021

Do G1

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 serão aplicadas em janeiro e fevereiro de 2021, anunciou o Ministério da Educação (MEC) nesta quarta-feira (8).

Adiado após pressão de estudantes e parlamentares por causa da pandemia de Covid-19, o novo cronograma do Enem prevê:

  • Provas impressas: 17 e 24 de janeiro, para 5,7 milhões inscritos
  • Prova digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro, para 96 mil inscritos
  • Reaplicação da prova: 24 e 25 de fevereiro (para pessoas afetadas por eventuais problemas de estrutura)
  • Resultados: a partir de 29 de março

O anúncio foi feito pelo secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, durante coletiva de imprensa, em Brasília.

A nova data foi definida mais de quatro meses após a suspensão das aulas presenciais e fechamentos das escolas em todo o Brasil por causa da disseminação do coronavírus.

"Entendemos que essa decisão não seja perfeita e maravilhosa para todos", afirmou Vogel. "Mas buscamos uma decisão técnica, que melhor se adequava para todos."

Segundo o MEC, a data não prejudicará o ingresso dos aprovados nas universidades no primeiro semestre de 2021.

"Se a gente deixasse para maio do ano que vem, os ingressos [nas faculdades] seriam somente no segundo semestre do ano que vem", justificou Vogel, afirmando que a definição da data do Enem traz uma "reação em cadeia" em relação a processos e programas como Sisu, Prouni, Fies e as matrículas públilcas e privadas no ensino superior.

O secretário-executivo do MEC também afirmou que um segundo Sistema de Seleção Unificada, Sisu, poderá ser aplicado em 2021.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

08/07


2020

Grupo Mulheres do Brasil promove encontro online

Na próxima sexta-feira, às 16h30, o Núcleo Recife do Grupo Mulheres do Brasil promoverá um evento online, denominado “Portas Abertas”, com a participação da presidente do Grupo Mulheres do Brasil, Luiza Helena Trajano e com o psicólogo, palestrante e escritor Rossandro Klinjey.

O encontro tem como objetivo convidar as pessoas para refletirem sobre o nosso papel transformador na sociedade e convidar mulheres para fazerem parte dessa rede que atua em todo Brasil, atualmente com quase 44 mil mulheres que sonham e que trabalham voluntariamente por um Brasil melhor.

O Grupo Mulheres do Brasil é organizado em Núcleos, distribuídos em diversas cidades brasileiras e também em 18 cidades no exterior. O evento online será no canal do Youtube Grupo Mulheres do Brasil. Desde agosto de 2019, o Núcleo Recife é liderado pelas empresárias Carla Bensoussan, Roseana Faneco e Simone Monte que vêm realizando um trabalho de relevância social em prol das comunidades e do protagonismo feminino.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

08/07


2020

2020, a eleição dos comunicadores

Blog do Heron Cid

O ano de 2020 abriu a temporada de pré-candidaturas de radialistas e apresentadores na Paraíba. O efeito Nilvan Ferreira (MDB), em João Pessoa, se espraia. A produtora e jornalista Djane Barros disputará vaga na Câmara da capital. Em Patos, os polêmicos comunicadores Jamerson Ferreira e Abrantes Júnior, ambos do PL, pleiteiam um lugar no legislativo. Em Cajazeiras, Gorety Videris, Marcya Rejane e Ivanildo Dunga também estarão na peleja. Eugênio Rodrigues em Sousa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

08/07


2020

Live com ministro é daqui a pouco

A live deste blog no Instagram será com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. Devido à agenda do ministro, a entrevista será daqui a pouco, às 18 horas, com transmissão automática para a Rede Nordeste de Rádio durante o programa Frente a Frente.

Marinho, que é ex-deputado federal pelo Rio Grande do Norte, vai tratar dos investimentos do Governo Bolsonaro no Nordeste e a retomada de estruturadoras obras, como a Transposição do São Francisco e também do marco do saneamento, além do novo papel da Sudene e de linhas de financiamentos para estimular investimentos privados na região. Se você ainda não segue o Instagram do blog anote o endereço: @blogdomagno.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/07


2020

Prefeito de Salgueiro emite carta aberta à população.

Após ter áudios polêmicos vazados, onde disse que “eleição não é gestão, eleição é dinheiro” e que a Saúde de Salgueiro estava “entregue às baratas”, o prefeito Clebel Cordeiro (MDB) emitiu, há pouco, uma carta aberta à população, na qual alega ser vitima de montagem por parte da oposição no município. Confira o documento na íntegra:


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

08/07


2020

Pelo menos um castigo, Bolsonaro merece

Caro Magno,

Concordo com você em relação ao comentário de hoje em sua coluna, condenando os mais exaltados nas redes sociais, que pedem a morte do presidente Bolsonaro depois do teste positivo dele para a Covid-19. Não deseje ao próximo o que não quer para si.

Até porque o mal por si só se destrói, mas Bolsonaro desobedeceu todas as regras da OMS e as recomendações da Ciência. Por isso, foi contaminado. Ao comparar o terrível coronavírus com a chuva, fenômeno da natureza de uma das estações do ano imprescindível à humanidade, ele demonstrou falta de humildade e soberba. Como cristão, também não desejo a morte dele nem de ninguém.

Mas como cidadão confinado em casa há quatro meses, gostaria que ele ficasse de castigo internado, vendo e sentindo o que é uma UTI. Quem sabe não desceria das tamancas e calçaria as sandálias da humildade. Serviria de exemplo a ele e a todas as pessoas que brincam de desafiar a morte.

Abraços,

Muciolo Ferreira – jornalista


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Ô Miciolo por que você não pede castigo pra quem Rouba o dinheiro do combate a pandemia? Compraram até respiradores para Porcos e você nada, peraí!

marcos

Senhor Muciolo essa sua vontade é a mesma dos Governadores e Prefeitos, levar o paciente para a UTI. Acontece que o nosso Presidente defende o tratamento ainda na fase inicial da doença com Ivermectina ou Hidroxicloroquina + Azitrmicina + Sulfato de Zinco. Desde o início da pandemia ele sinalizava este protocolo, Vamos aguardar alguns dias e vê quem tem razão!



08/07


2020

Asas FM de Lajedo volta ao Frente a Frente

Depois de uma curta interrupção, a Asas FM 91,1, de Lajedo, volta a integrar a Rede Nordeste de Rádio para retransmitir o programa Frente a Frente, ancorado por este blogueiro, de segunda à sexta-feira, no horário das 18 às 19 horas.

Líder de audiência no Agreste Meridional, a emissora tem uma grade bastante diversificada e passa, em uma nova fase, a ocupar mais espaço com programas jornalísticos. Aos seus diretores, o nosso abraço!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/07


2020

Discurso difícil de fazer

O pré-candidato a prefeito do Recife pelo PSB, João Campos, tem realmente tido dificuldade em encontrar um discurso convincente. Depois da morte do pai, o ex-governador Eduardo Campos, deu uma guinada para o centro-direita e agora quer voltar à esquerda, só que no caminho da volta não contava em remover uma pedra chamada Marília Arraes, pré-candidata do PT.

Algumas lembranças são difíceis de apagar, como essa da foto, em que ele está ao lado do atual prefeito Geraldo Júlio e do candidato à Presidência da República pelo PSDB em 2014, ano em que Eduardo morreu num acidente aéreo, Aécio Neves. Hoje, o ex-candidato está prestes a ser preso por corrupção na Lava Jato e em outros escândalos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Esse menino é muito fraco, Isso é um Supositório para enfiar no cu dos idiotas úteis do PSB.



08/07


2020

Juninho Pernambucano: Não falo com 90% da minha família

O ex-jogador Juninho Pernambucano, ídolo do Vasco da Gama e do Lyon, disse que parou de falar com "80% ou 90%" de sua família e amigos devido ao apoio que eles deram ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas eleições de 2018.

"Bolsonaro é um filhote do WhatsApp e das fake news. As pessoas que apoiavam Bolsonaro eram maioria e foi minha decisão me afastar delas", afirmou o ex-jogador em entrevista concedida ao jornal britânico The Guardian e publicada hoje.

De esquerda, Juninho criticou o que chamou de falta de empatia da elite brasileira no trato da desigualdade.

"O establishment no Brasil não tem empatia e quer que nós não tenhamos também. A elite [econômica brasileira] não entende o tamanho das desigualdades financeiras no país que, se aumentarem, causarão violência. Estamos assistindo isso se desenrolar agora", disse Juninho. Clique aqui e confira a matéria na íntegra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Esse Bosta é o famoso Esquerda Caviar. Já tirou dinheiro do bolso pra dar comida aos irmãos Nordestinos, venha para o corpo a corpo com a extrema pobreza e depois venda seus imóveis em Paris Hipócrita!



08/07


2020

O exercício diário da democracia

Por Jarbas Vasconcelos*

Dediquei boa parte da minha vida para restabelecer a democracia em meu País aprendendo ao longo dessa jornada duas coisas. A primeira delas é que sua conquista não se dá por nocaute. É exercício diário, exigindo paciência, conversa, transigência e obstinação. A outra é que quando se imagina que possa estar ameaçada por algum desvio, a melhor reação é fustigar com mais democracia, entendendo que mesmo com dores e espasmos ela tem o condão de corrigir excessos e oportunizar a participação popular.

Em uma pesquisa recente elaborada pelo Instituto Datafolha foi vista uma expressiva aprovação da população brasileira à democracia. Os números mostraram que 75% dos entrevistados apoiam nosso regime democrático. Em dezembro de 2019, última vez em que o instituto fez a pergunta em seu levantamento, esse número foi 62%. Os dados mostram que o índice de apoio à democracia hoje é o maior desde 1989, ano em que o Datafolha incluiu a pergunta em suas pesquisas.

Em um momento de tanta dificuldade pelo qual passamos - com líderes e grupos segmentados espalhados pelo País fomentando a disputa entre poderes e até sugerindo a atuação das Forças Armadas além do que prevê a nossa Constituição Federal -, ver esses números e entender que a população reconhece e apoia os pilares democráticos que nos sustentam é alentador. Só reforça que o que foi conquistado depois de um dos períodos mais sombrios de nossa história, o período da ditadura, segue firme e cada vez mais fortalecido.

Aos 12% dos entrevistados que nessa mesma pesquisa do Datafolha afirmaram que tanto faz estarmos numa democracia ou numa ditadura eu sugiro apenas que leiam. Que busquem conhecimento maior sobre a história do nosso País. Ao fazerem isso talvez entendam que a democracia é muito mais do que a participação em eleições. Talvez entendam também que a democracia é a possibilidade permanente do cidadão de participar, cobrar, acompanhar, se expressar e fazer valer seus direitos e deveres.

A manutenção e o fortalecimento da democracia são lutas diárias que transcendem todo tipo de disputa política e está acima de qualquer forma de polarização. Ameaças aos seus princípios contará não só com atuação dos nossos poderes, mas, como apontou a pesquisa do Datafolha, atenderá a vontade da maioria do nosso povo.

*Senador da República pelo MDB de Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/07


2020

MP ajuíza ação para que Caruaru distribua kit alimentar

Blog Cenário

Para persistir no fornecimento da alimentação escolar durante o período de isolamento social, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da Promotoria de Justiça da Infância e Juventude de Caruaru, ajuizou ação civil pública, ontem, para que o município de Caruaru seja obrigado a fornecer a alimentação escolar para todos os alunos matriculados na rede municipal de ensino, sem exclusão de ninguém. O art. 5º do Decreto municipal nº033/2020 estabelece a distribuição de um kit alimentação por aluno e a família que tem dois ou mais alunos da rede pública limita-se a entrega a apenas dois kits independente do número exato de alunos matriculados da mesma família.

O critério chamou a atenção da Promotoria de Justiça de Defesa da Infância e Juventude de Caruaru, quando neste contexto, é de conhecimento público e notório que a alimentação escolar configura a principal refeição para parcela dos alunos crianças e adolescentes vulneráveis, que ficará prejudicada durante a suspensão das aulas em razão da pandemia de COVID-19. Para o MPPE, a alimentação escolar é direito de todos os alunos matriculados na rede e uma de suas características é sua universalidade e o acesso igualitário, ou seja, a ela todos os alunos matriculados na rede têm direito, sem qualquer exceção. Esse é o texto literal da Lei Federal 11947/2009, que dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar e do Programa Dinheiro Direto na Escola aos alunos da educação básica.

Segundo consta na ação civil pública firmada pela promotora de Justiça da Infância e Juventude de Caruaru, Sílvia Amélia de Melo Oliveira, os fatos narrados se tornam ainda mais grave quando o Município afirma ter merenda escolar em estoque nos depósitos da Secretaria Municipal de Educação e ainda, ter dinheiro em conta decorrente dos recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE, mas que, novamente, por opção política, decidiu  comprar os “kits de alimentação” com recursos próprios e não usar os recursos do PNAE. E como os recursos próprios são insuficientes para garantir “kits de alimentação” para todos os alunos matriculados, o Município optou por excluir um grupo de alunos, a quem foi negado o direito humano à alimentação, o direito à igualdade, o direito ao acesso universal e igualitário à alimentação escolar.

Para o MPPE, o que se observa é uma sucessão de erros que colocam em risco a vida e a saúde de um grupo de alunos matriculados na rede pública municipal, qual seja, aqueles que têm mais de um irmão, e que só por isso, foram violentamente excluídos e  não recebem o alimento.

Por fim, o MPPE requer ainda na Justiça que o município de Caruaru seja obrigado a fornecer mensalmente a alimentação escolar estabelecendo um calendário de entrega que não ultrapasse trinta dias entre uma distribuição e outra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha