FMO janeiro 2020

12/03


2012

Queda de juro faz governo negociar dívida dos Estados

 A redução da taxa de juro no Brasil exigirá uma mudança no acordo de renegociação das dívidas estaduais e municipais feito com a União em 1997, um dos marcos históricos da regularização das contas públicas no país. Os custos financeiros previstos nos contratos - com juros de 6% a 9%, mais correção pelo IGP-DI - durante muito tempo implicaram subsídios, mas, com os cortes da Selic, superam as taxas cobradas pelo próprio mercado. O governo está ciente do problema e a presidente Dilma Rousseff já disse a interlocutores que aceita negociar com os governadores as novas condições contratuais, desde que a agenda também inclua temas de interesse da União.

Os senadores que lideram o movimento por condições financeiras mais favoráveis para Estados e municípios avaliam que não adianta mais só trocar o IGP-DI pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) como indexador, dos contratos das dívidas renegociadas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

12/03


2012

Sem Lula, candidatura de Haddad faz água em SP

 A candidatura de Fernando Haddad (PT) a prefeito de São Paulo, que navegava em águas tranquilas até o início deste mês, sofreu um revés com a saída de cena de seu principal comandante, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e agora padece de problemas externos e também internos, como a ausência de partidos coligados e a disputa dentro do próprio PT pelos cargos de comando na campanha. O câncer de Lula até agora impede que o ex-presidente repita com Haddad a tática levada a cabo com Dilma em 2010.

O cenário era bem diferente no final de janeiro, quando o prefeito Gilberto Kassab (PSD) sinalizava a Lula sua disposição de integrar a nau petista na eleição municipal. Na costura traçada, traria junto a fragata socialista do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), evangélicos e outras siglas que integram a administração paulistana, além da própria força da máquina municipal.  Mas Serra resolveu concorrer, e os ventos que sopravam na popa do barco do pré-candidato Fernando Haddad (PT) passaram a ventar na direção contrária.(O Estado de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

12/03


2012

Brecha faz senadores multiplicarem cargos comissão

 Graças a uma brecha nas normas internas, senadores estão praticando a multiplicação de cargos comissionados - aqueles que não exigem concurso público,informa o jornal O Globo. Eles fracionam as 12 vagas a que têm direito e aumentam em até cinco vezes o número de contratações. É o caso do senador Ivo Cassol (PP-RO), que tem 67 contratados. O resultado do inchaço no quadro funcional é o aumento da despesa em até 157%, se forem levados em conta apenas os gastos com vale-refeição. Este benefício é pago individualmente e, por isso, o gasto anual saltou de R$ 7,441 milhões para R$ 19,178 milhões. Muitos senadores também estão liberando seus servidores da exigência de ponto para controle de frequência.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

12/03


2012

Crivella quer criar a Petrobras da pesca, a Pescobras

O novo ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, disse querer criar uma empresa brasileira para atuar no ramo dos pescados. Essa "Pescobras" não seria uma estatal, mas prosperaria por meio de incentivos oficiais, sobretudo dinheiro do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Para Crivella, essa empresa teria de ter porte comparável ao da Petrobras no setor do petróleo ou ao da Vale no setor de mineração.

"Na aquicultura eu acho que a gente vai precisar de uma empresa campeã. Agora, é preciso que essa campeã tenha na sua cadeia de produção um viés social, incorpore também o pequeno produtor", diz ele, que licenciou-se de seu mandato de senador pelo PRB do Rio de Janeiro para assumir o ministério. O político deseja também a criação de uma escola nacional para pescadores. (Folha de S.Paulo - Fernando Rodrigues)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio

Esse rapaz vai dar muito trabalho a Presidente..



12/03


2012

Dilma: votações no Congresso só com base pacificada

 Na tentativa de evitar novas derrotas no Congresso, a presidente Dilma Rousseff decidiu suspender as votações polêmicas para o governo até pacificar a sua relação com os partidos aliados. A presidente quer retomar o diálogo com sua base de apoio e atender às principais demandas, especialmente do PMDB, antes de incluir projetos de interesse direto do governo na pauta. Dilma quer transformar sua ida ao Senado na terça, sessão em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, quando recebe o prêmio Bertha Lutz, num gesto político. Sem o hábito de participar de cerimônias no Legislativo, a visita ocorre no momento em que o governo tenta ampliar o diálogo com os seus principais aliados.

Em conversas com interlocutores, Dilma avaliou que o momento não é de crise, mas de "turbulência" política. O governo teria entendido o recado do Senado, não pretende retaliar sua base de apoio, mas espera não ser derrotado em matérias que considera essenciais para o país. Apesar de estar decidida a liberar emendas para apaziguar a base, Dilma determinou que o destino dos recursos seja orientado pelo governo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

12/03


2012

Galinha preta: para Haddad deu tudo errado até agora

 De uma alma petista impressionada com a urucubaca que se abateu sobre o candidato do PT à prefeitura de São Paulo: “Por enquanto, nada deu certo para o Fernando Haddad. Para ser exato, tudo deu 100% errado. O Lula adoeceu, a Marta sumiu, o Kassab deu o chapéu, os velhos aliados trocam de calçada e o partido perdeu o tempo de tevê a que teria direito no primeiro semestre. Já vi gente sem sorte. Nunca vi ninguém com tanto azar. Se o nosso candidato for chupar um sorvete na rua, periga ser atropelado pela carrocinha do sorveteiro.”  (Do blog de Josias de Souza)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Roberto Teixeira

Não tem sorte, não tem talento, não tem competência, não tem carisma... Enfim, a rejeição dos "companheiros" é por pura falta de atributos de Haddad, porém, o que conta a seu favor é a vontade de Lula, que parece aos poucos vai perdendo força.



12/03


2012

Deputados contratam empresa ligada a neto de Sarney

 Uma empresa ligada a um neto do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), recebeu verbas da Câmara dos Deputados nos últimos meses, driblando normas criadas para evitar que parentes de congressistas sejam beneficiados dessa maneira. Gabriel Cordeiro Sarney, 24, é filho do deputado Sarney Filho (PV-MA) e é um dos três sócios da Ideaspread Participações, criada em agosto do ano passado. A Metagov Comunicação, empresa controlada pelos dois sócios de Gabriel na Ideaspread, foi contratada por gabinetes de vários deputados, entre eles Sarney Filho, para dar consultoria política e criar sites e aplicativos.

Gabriel e Sarney Filho negaram que a contratação da Metagov tenha ocorrido por influência política. Desde o ano passado, a Metagov recebeu pelo menos R$ 260 mil de gabinetes de deputados, segundo prestações de contas disponíveis no site da Câmara. Sarney Filho repassou R$ 72,5 mil.  Além dele, outros deputados usaram verbas da Câmara para pagar a empresa, entre eles Romário (PSB-RJ), Roberto Freire (PPS-SP), Renan Filho (PMDB-AL), Júlio Delgado (PSB-MG) e Wilson Filho (PMDB-PB).(Informações da Folha de S.Paulo) 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/03


2012

Conselho do Ministério Público faz farra com seu dinheiro

 Órgão de controle externo, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) não tem quem o controle. Em 2011, gastou mais de R$ 2 milhões em diárias. Ana Rita Cerqueira Nascimento, membro-auxiliar do Conselho, encabeça a farra: R$ 123 mil. Luiz Moreira Gomes Jr, preside a Comissão de Controle, mas não controla a gastança: em 2011, ele acrescentou diárias de R$ 106 mil aos salários de R$ 27 mil. Protegido de José Genoino, a quem sempre empresta o carro oficial, Luiz Moreira Gomes Jr representa a Câmara dos Deputados no CNMP. O CNMP alega que Luiz Moreira Gomes Jr gastou muitas diárias em Brasília para cuidar do caso de Leonardo Bandarra e Deborah Guerner. Sobre as diárias não incide Imposto de Renda. O CNMP justifica que, por ser nacional, “exige deslocamento” para outros estados. Ah, bom.  (Cláudio Humberto)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/03


2012

Lula volta à vida normal em poucas semanas, diz médico


Antes e depois: à esquerda, Lula antes de ser internado com penumonia, ainda sem cabelos devido ao tratamento contra o câncer; à direita, ao ter alta neste domingo, já com os cabelos voltando a crescer
Foto: Divulgação / Instituto Lula

Antes e depois: à esquerda, Lula antes de ser internado com penumonia, ainda sem cabelos devido ao tratamento contra o câncer; à direita, ao ter alta neste domingo, já com os cabelos voltando a crescerDivulgação / Instituto Lula

O médico pessoal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o cardiologista Roberto Kalil Filho, disse neste domingo (11) que ele deve retomar sua vida normal nas próximas semanas. Lula deixou na tarde de ontem o hospital Sírio-Libanês, onde estava internado havia uma semana, devido a uma pneumonia. O tratamento ainda vai durar mais uma semana. O ex-presidente vai continuar tomando antibióticos e deve retornar mais algumas vezes ao hospital, segundo Kalil. Nas imagens deste domingo, é possível perceber que seu cabelo e sua barba -- que haviam caído com o tratamento -- já voltaram a crescer.

Moacyr Lopes Junior/Folhapress
Lula acena ao deixar o Hospital Sírio-Libanês depois de sete dias de internação
Lula acena ao deixar o Hospital  depois de sete dias de internação para se tratar de uma pneumonia

Kalil voltou a explicar que é normal que pacientes em tratamento contra o câncer peguem pneumonia, pois a quimioterapia e a radioterapia deixam o sistema imunológico fragilizado. Sua voz também melhorou, mas o ex-presidente continua um pouco rouco, disse o cardiologista. A recomendação médica é que ele fique esta semana ainda de repouso em casa e retome sua rotina ''aos poucos, com bom senso''. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/03


2012

Centrais querem enquadrar Dilma; o risco é o inverso

 Ficou para quarta-feira o encontro entre a presidente Dilma Rousseff e os presidentes e dirigentes das centrais sindicais. Queixas eles terão, do governo, principalmente diante do fato de não serem ouvidos em decisões com as quais poderiam colaborar, no plano social. Resta saber se terão coragem, pois desde a posse do Lula até hoje, tornaram-se apêndices desimportantes da política do PT. Mesmo o Paulinho, da Força Sindical, hesita em levar reivindicações de maior participação dos trabalhadores nas decisões nacionais. Como anda falando o contrário nos corredores da Câmara, convém aguardar.  (Carlos Chagas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha