FMO janeiro 2020

07/09


2011

Dilma: Não à "concorrência desleal" de estrangeiros

A presidente Dilma Rousseff afirmou ontem que a crise econômica que o mundo enfrenta ''é mais complexa'' do que a de 2008, mas ''não ameaça fortemente'' o Brasil.
Em um pronunciamento de 11 minutos ontem à noite em rede nacional de rádio e TV, Dilma usou a mensagem na véspera do 7 de Setembro para falar de sua preocupação com o cenário mundial. ''O mundo enfrenta os desafios de uma grave crise econômica e cobra respostas novas para seus problemas. (...) Os países ricos se preparam para um longo período de estagnação ou até de recessão, mas a crise não ameaça fortemente porque o Brasil mudou para melhor'', disse. Segundo ela, o governo ''não irá permitir ataques às nossas indústrias e aos nossos empregos. Não vai permitir, jamais, que artigos estrangeiros venham concorrer, de forma desleal, com os nossos produtos''.(

Ela citou os bons índices de geração de emprego e renda para reforçar que o Brasil está preparado para enfrentar a crise internacional. ''O crédito continua crescendo e a inflação está sob controle. Os juros voltaram a baixar e a estabilidade da economia está garantida'', disse. Ao dizer que ficar atento à crise internacional não significa ''ficar com medo ou paralisado'', Dilma disse que é preciso ''continuar consumindo'' e que uma das formas de combater a crise é defender o mercado interno.(Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Maio

07/09


2011

CPMF: Dilma ordena, e governadores vão pedir a volta

 Ilimar Franco revela, na sua coluna de hoje em O Globo, que é para valer a manobra de bastidor no Planalto, em favor de um sucedâneo para a ''''saudosa'''' CPMF:

''''A exemplo do governador Sérgio Cabral (RJ), que ontem defendeu a volta da CPMF, outros governadores podem fazer declarações semelhantes. O Planalto está cobrando que eles arregacem as mangas na votação da Emenda 29, que regulamenta os gastos com a Saúde. O governo federal não quer arcar só com o ônus de qualquer aumento de imposto. Os governadores mais pressionados são de estados que não cumprem 12% dos gastos com saúde. Segundo o Ministério da Saúde, é o caso do Rio, que gasta 10,75%; dos tucanos Antonio Anastasia (MG), 8,85%, e, Beto Richa (PR), 9,84%; e, do petista Tarso Genro (RS), 4,37%.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

ACHAM POUCO E AINDA QUEREM MAIS IMPOSTOS PAR ALIMENTAR ESTES corruPTos E ALIADOS.


Prefeitura do Ipojuca

07/09


2011

Exército leva blindados de volta ao morro do Alemão

Militares trocam tiros no Complexo do Alemão - Foto: Pablo Jacob - O Globo

Um intenso tiroteio assustou moradores do Complexo do Alemão na noite desta terça-feira. Militares da Força de Pacificação, que estão na comunidade desde novembro do ano passado, interromperam o tráfego de veículos na Estrada do Itararé, na altura da Avenida Itaoca. O clima foi de tensão durante toda a note na sede da tropa na base do morro, onde ninguém além dos militares pode entrar. Por volta das 21h20m desta terça, dois veículos blindados do Exército, além de diversos carros da Polícia Militar entraram na comunidade para reforçar a ocupação. Um veículo do Batalhão de Operações Especiais (Bope), conhecido como "Caveirão", também chegou ao local. Diversas balas traçantes foram vistas da parte baixa da favela. (O Globo)



Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

07/09


2011

Rabo preso, ou, a defesa da bolsa da viúva

 Do comentário de Elio Gaspari, na sua coluna de hoje:

''''Está no Congresso uma proposta orçamentária que prevê um aumento de 14,7% para o Judiciário. Ela concede reajustes gerais que, no topo da pirâmide, elevam para R$ 30,6 mil mensais os vencimentos dos ministros do Supremo Tribunal Federal. Chegando à base dos servidores, custará cerca de R$ 7,7 bilhões. (Com o reajuste, os ministros do STF ganhariam mais que seus similares da Corte Suprema dos Estados Unidos.)  Como em todas as reivindicações salariais, há argumentos em sua defesa, sobretudo para o pessoal do andar de baixo. Caberá aos deputados e senadores fixar o percentual que julgam adequado. Infelizmente, um em cada dez parlamentares estão espetados em processos que aguardam julgamento no Supremo.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/09


2011

Inflação volta a subir e ameaça meta do governo

A inflação voltou a subir com força em agosto, lançando dúvidas sobre a estratégia usada pelo Banco Central para segurar os preços e atenuar o impacto da crise externa sobre a economia brasileira, diz a Folha de S.Paulo de hoje. O IPCA, principal índice de preços do país, subiu 0,37% em agosto e acumulou variação de 7,23% nos últimos 12 meses, a maior registrada pelo índice desde junho de 2005. O BC acredita que os preços devem subir num passo mais moderado daqui até o fim do ano, o que contribuirá para reduzir a taxa anual. Mesmo assim, alguns economistas preveem que o IPCA irá superar o teto da meta fixada pelo governo para a inflação deste ano, que é 6,5%.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

07/09


2011

Saudoso, PR aguarda momento de voltar para Dilma

 O PR aguarda ansioso a divulgação dos primeiros resultados da investigação da CGU sobre os Transportes.

A aposta é que o ex-ministro Alfredo Nascimento sairá "bem na foto", fornecendo a senha para que o partido encerre seu curto período de "independência" em relação ao governo.

(Renata Lo Prete - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

07/09


2011

Câmara deixa para o Senado a batata quente da CPMF

A Câmara deve jogar no colo do Senado a responsabilidade de encontrar uma nova fonte de financiamento para a Saúde. A votação da Emenda 29 está prevista para ocorrer somente no próximo dia 28, mas líderes governistas admitem ser difícil um consenso até lá diante de tantas propostas que estão em discussão entre os deputados. Caso a indefinição persista, a Câmara deve aprovar novos recursos para o setor sem apontar como essa conta será paga. “Deixa o Senado se virar também para encontrar uma saída. Por que as notícias ruins só devem ser dadas pelos deputados?”, questionou o líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes (GO). (Correio Braziliense)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/09


2011

Rio: madrugada tensa após tiroteio no Alemão

Do G1, com informações da Globo News

 

O clima permanece tenso após tiroteio no Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio, na noite desta terça-feira (6). Soldados ocuparam os acessos aos morros e onze blindados participam da ação e circulam com tropas fortemente armadas. De acordo com moradores da região, o Exército pediu para que todos permaneçam em casa.Os agentes interditaram ruas no entorno da comunidade, como a Avenida Itararé e a Joaquim de Queiroz. Moradores são revistados na entrada da favela.

Militares do Exército no complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, disparam durante confronto

Militares do Exército no complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, disparam durante confronto

Moradores se organizam em fila para conseguir entrar na favela em segurança. Mais cedo, o tiroteio assustou quem precisava circular pelo local. Balas traçantes puderam ser vistas saindo do Alemão em direção ao Morro do Adeus.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Shopping Aragão

07/09


2011

É ele de volta

 Delúbio Soares, que foi expulso do PT por algum tempo quando estourou o caso do Mensalão (e, aliás, até agora foi o único punido em todo o episódio), está de volta não apenas ao partido mas também à luta eleitoral. Ao que tudo indica, Delúbio pretende disputar uma Prefeitura em seu Estado natal, Goiás. É briga boa: em Goiás, há duas lideranças muito fortes, do governador Marconi Perillo (PSDB) e do ex-governador Íris Rezende (PMDB), que deixam pouco espaço para quem não se submete à sua liderança. Mesmo Ronaldo Caiado, DEM, que já foi até candidato à Presidência da República, não tem muita margem para crescer politicamente. O PT já foi mais forte em Goiás, já ganhou até a Prefeitura de Goiânia, mas hoje também está prensado entre Marconi e Íris.  (Carlos Brickmann)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/09


2011

Dilma fez ouvidos de mercador a incentivos de aliados

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) criticou a “desconsideração” do Planalto em relação ao movimento deflagrado por um grupo de senadores, que defendeu na tribuna a ”faxina” realizada pela presidenta Dilma Rousseff. Segundo Cristovam — que disse não ter assinado, ainda, requerimento para instalar a CPI da corrupção –, nenhuma “ministra ou auxiliar de ministra” fez sequer uma ligação para agradecer o apoio dos senadores.

– Não precisa ser para mim, nem precisa ser da própria presidenta, que tem muitas outras coisas para fazer. Mas alguém do Planalto deveria ter feito. Cria a suspeita aqui, nesse grupo, que talvez o Planalto não esteja tão contente — afirmou ao blog Poder Online.

Do blog Poder Online - Jorge Félix


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores