FMO - Previnir é a melhor forma de lutar

11/09


2006

João Paulo admite trocar Prefeitura por Ministério de Lula

 Patinando nas pesquisas eleitorais para o Senado em Pernambuco dentro da margem de erro, entre três a cinco pontos percentuais, o vice-prefeito do Recife, Luciano Siqueira (PCdoB), já tem um consolo: pode virar prefeito do Recife a partir de 2007. Em entrevista, há pouco, ao signatário deste blog, o prefeito João Paulo (PT) admitiu abrir mão do seu cargo, num eventual segundo mandato de Lula, caso o presidente o convoque para o seu Ministério.

“Convocação não se discute. Estarei lá para bater continência ao presidente”, disse João Paulo, adiantando, entretanto, que não faz parte do seu projeto deixar a Prefeitura do Recife. “O próprio presidente sabe da importância para o PT de uma Prefeitura do porte da do Recife”, disse, tentando amenizar o impacto da sua declaração anterior.

Ao longo da entrevista, o prefeito combateu o otimismo dos aliados de Lula, que já contam com sua reeleição e fazem planos para o segundo mandato. Embora ressalte que a situação do presidente petista é privilegiada frente ao tucano Geraldo Alckmin, João Paulo prefere recorrer a velha máxima de que cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

“É melhor a gente aguardar o resultado do voto na urna. Nada contra as pesquisas, mas nós já tivemos experiências aqui que nos levam a ficar com uma pulga atrás da orelha. Eu mesmo, em 2000, comecei com 4% a campanha para prefeito e fui eleito no segundo turno, quando todas as pesquisas indicavam cenário de que seria decidida no primeiro turno”, disse, para acrescentar:

“Já em 2004, parti com mais de 50% de rejeição, aqui em Recife. Em Olinda, Luciana dos Santos tinha mais de 70% de rejeição e acabamos ganhando a eleição em primeiro turno”.

Quanto a Lula, João Paulo vê um cenário bastante favorável, mas acha que não se deve cantar vitória antecipada. “Nenhuma campanha é beneficiada com o já ganhou. Esse já ganhou é muito perigoso”, adverte.

A entrevista completa do prefeito recifense será postada no blog amanhã, logo cedo. Ele fala, ainda, da sucessão estadual, dos seus planos para dois anos seguintes  em que ficará sem mandato (2009 e 2010), critica os que acham que ele antecipou a discussão de 2008, ao admitir que seu nome para prefeito é o ex-secretário João da Costa e dá outro furo ao blog. Outro, claro, porque o primeiro está aí em cima: sua provável ida para o Ministério de Lula.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Drácula

AEEEEEE JANJÃO MINISTRO...MENDONCINHA GOVERNADOR... DUDU MINISTRO... E O VAMPIROLA PRESIDIÁRIO.....TÁ COMPLETO O QUADRO..."SE O ASSUNTO É SANGUE... HUMBERTO ENCOSTA".....

Francisco Filho

PRONTO. SÓ FALTA JOÃO PAULO DIVULGAR QUE SEU NOME ESTÁ CERTO PARA A SUCESSÃO DO PAPA BENTO 16. J.P. TÁ NUM NÍVEL DE HUMILDADE ZERO. CAUTELA E CALDO DE GALINHA NÃO FAZ MAL A NINGUEM. DESCE DO PEDESTAL NOBRE ALCAIDE, ESSE MUNDO DÁ MUITAS VOLTAS.

guilherme alves

O fato real é que a grande pesquisa será em 01.10.2006. Vamos aguardar o resultado.

josé arnaldo amaral

Os comuno-patrimonialistas do PCdoB ganharam a eleição em Olinda graças ao uso desbragado da coisa pública em proveito próprio, e à fragilizada candidatura Jacilda Urquiza . De resto, dona Santos vem governando para a elite da Beira Mar, onde reside, em desprezo do sofrido Povão. 45 nella !!!

guilherme alves

A pesquisa citada lá embaixo é do instittuto DATABRAIN QUE TRABALHA PARA iSTOÉ, e tá registrada no TRE.


Jaboatão - regularizacao-fundiaria

11/09


2006

Humberto concorda com investigação da Justiça

Na semana em que o Ministério Público Federal (MPF) deve anunciar o seu parecer sobre a denúncia apresentada pela Polícia Federal em relação à “máfia dos vampiros”, que denunciou 42 pessoas, entre elas o ex-ministro da Saúde, Humberto Costa (PT), o candidato ao Governo de Pernambuco acredita que é “certo” o encaminhamento da denúncia contra ele para a Justiça. “O Ministério Público invariavelmente acompanha a decisão do inquérito policial. Então, vou ter que me defender na Justiça”, afirmou, em entrevista à Rádio Folha 96.7 FM, hoje. Segundo ele, com a decisão do MPF, o fato deverá ser ainda mais explorado pelos adversários políticos.

 

Humberto, no entanto, acredita que o caso não terá o efeito esperado pelos seus opositores. “A campanha está pegando volume. E a baixaria também tem outro efeito: o de indignar as pessoas”, afirmou Humberto, que espera “uma reedição da onda vermelha no Estado”.

 

Humberto Costa, mais uma vez, questionou o processo conduzido pela Polícia Federal. “Independente de qualquer coisa, eu não fui julgado pela Justiça em nenhum momento. Quando se fala em indiciamento, foi o julgamento de um delegado que acredita que há indícios de que eu pudesse ter relação com esse processo, a partir do depoimento de um bandido”, disse. E completou. “Acho estranho esse processo. Como você investiga um fato e depois você é colocado como se estivesse envolvido com este fato? É como se um cidadão resolvesse roubar um cidadão e depois ligasse para denunciar o roubo”. Com informações da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

REVERENDO

BRASILEIROS: A ONDA VERMELHA DE HUMBERTO NÃO EXISTE MAIS, VAI ACONTECER É A ONDA DE TUBARÓES EM BOA VIAGEM PARA MORDER E BEBER O SANGUE DELE QUE É MUITO!

Drácula

"SE O ASSUNTO É SANGUE.....HUMBERTO ENCOSTA".....

José Carlos-Serra Talhada

Cacá di Serrat, tú fica calado que é melhor

Francisco Filho

TEM MAIS É QUE CONCORDAR E ADMITIR OS FATOS. CABE A IMPRENSA DIVULGAR MAIS DADOS SOBRE ESSE PROCESSO, POIS SABEMOS QUE LOGO PODE APARECER UM TAL "SEGREDO DE JUSTIÇA". DAÍ O RESULTADO TODOS NÓS SABEMOS. O ELEITOR TEM O DIREITO DE SABER A REAL SITUAÇÃO DE SEUS CANDIDATOS.

josé arnaldo amaral

Humberto Costa guardasse mínimo resquício de dignidade teria renunciado sua espúria candidatura ao governo de Pernambuco desde seu indiciamento como assaltante das burras da Nação. E agora, se denunciado pelo MPF ? Que vergonha !!! 45 nelle !!!


Cabo - Pavimentação e Drenagem

11/09


2006

Alckmin quer direito de resposta contra Lula

A coligação Por um Brasil Decente (PSDB-PFL) e seu candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin, ajuizaram representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), contra a propaganda eleitoral veiculada na televisão, na noite deste sábado, pela coligação A Força do Povo (PT-PRB-PCdoB), do candidato à reeleição Luiz Inácio Lula da Silva. Na ação, protocolada na noite de domingo, a coligação de Geraldo Alckmin alega que a coligação rival difundiu mensagem injuriosa no horário eleitoral gratuito, ao criticar a propaganda do candidato do PSDB que seria exibida posteriormente sobre as condições de abandono das estradas federais.

De acordo com a transcrição apresentada pelos advogados, o programa do presidente Lula mencionou notícia do jornal Folha de S.Paulo, publicada no sábado, segundo a qual o candidato Geraldo Alckmin teria fretado um avião e um helicóptero para tentar alcançar a equipe do Jornal Nacional que fazia reportagem sobre a rodovia BR-316, no Maranhão. Ao comentar o fato, o programa do PT afirmou que ''essa atitude do candidato que, segundo o jornal, vai exibir imagens no seu programa, é a prova de que a demagogia é uma praga difícil de ser eliminada da política brasileira''.

Para os advogados de Geraldo Alckmin, a propaganda ofendeu a dignidade do candidato, configurando injúria, ao dizer que a atitude dele ''é uma praga difícil de ser eliminada''. Por essas razões, pedem que o TSE garanta a Geraldo Alckmin o exercício do direito de resposta, pelo tempo de um minuto, no programa eleitoral em bloco da coligação A Força do Povo de sábado à noite. O direito de resposta está previsto na Lei das Eleições. Com informações do Portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Geraldo, vá para casa descansar! E lá espere o convite para uma nova posse do presidente Lula, porque o Brasil não merece ter um picolé de chuchu como presidente.

guilherme alves

Chamar um fato de demagógico, quando de fato foi, é ser injuriosa. Só cabe na cabeça do Geraldo. O problema é que, mais uma vez, o Geraldo comeu mosca, além de ter sido pautado pela Globo. Quem fala bem sobre o assunto é o jornalista Etevaldo no seu Blog do ET - portal do IG.

Drácula

E VAI RESPONDER O QUE? ALCKMIN É AQUELE SUJEITO QUE PASSOU PELA VIDA PÚBLICA...NÃO VIU NADA ACONTECENDO DO LADO... E AGORA COBRA O DIREITO DE COEXISTIR NO MEIO DE UM RAPOSÁRIO POLÍTICO, QUE NÃO LHE É PECULIAR.....


Petrolina setembro 2

11/09


2006

Aécio Neves minimiza carta de FHC

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), candidato à reeleição, disse que tem sido dada "uma valorização muito grande" à carta publicada no site do partido pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, e que não comentaria seu conteúdo porque FHC "deve ter tido suas razões".

A carta publicada por FHC faz duras críticas ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), candidato à reeleição, e o tucano afirma que o PSDB "tapou o sol com a peneira" no caso do ex-governador Eduardo Azeredo, quando foi acusado de ter usado caixa dois na campanha de 1998.

"A maior contribuição que eu dou ao grande projeto do PSDB é não criar mais polêmica. A contribuição que dou é essa, pedindo votos para Geraldo Alckmin [candidato à Presidência] para que o Brasil encerre este ciclo de governo do PT, que não tem sido bom para o país", afirmou o candidato mineiro.

Para ele, o que interessa ao PSDB é a campanha de Alckmin e que o melhor é evitar comentar ações que "mais desagregam do que agregam".

Aécio disse ainda que o fato de FHC ter publicado uma carta considerada polêmica em período eleitoral não denota que ele tenha se sentido "esquecido" pelos tucanos nas eleições, conforme acusam opositores.

"Quem faz campanha olha para a frente. Não faz uma campanha política apenas olhando para trás. O Geraldo tem lembrado sempre muitos aspectos positivos do governo Fernando Henrique. Eu não acho que ele tenha sido deixado de lado. Agora, o candidato é o Alckmin e nós estamos discutindo o governo a partir de 2007 e não os governos passados", completou o governador de Minas. Com informações da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josé arnaldo amaral

Pesadelos e ataques criminosos por todo lado vem causando a gang do MULLA/PT/CATERVA ao sofrido Povo brasileiro. Fora a gang do Planalto !! Abaixo mamadores !!!! 45 nelles!!!!

guilherme alves

Tem gente te4ndo pesadelo.

josé arnaldo amaral

Minas decide a eleição no País. Aécio Neves garantindo expressiva vitória de Alckmin sobre o Mulla no sacrossanto território das Gerais, garantirá preferência na sucessão posto que o ciclo paulista será finito. Ou se desfaça esse arremedo de federação. FHC custou mais chegou. É peroba 45 nelles!

Drácula

FICA O REGISTRO.... MAS LOGO QUEM O FAZ NÉ? O SUJEITO AÍ SÓ PENSA EM 2010... NÃO FEZ NADA PELO CHUCHU..... É CAPAZ DE BEIJAR O LULALÁ...PÔ ESCOLHAM OUTRO PARA COMENTAR A CAGADA DO FHC...HAHAHAHAHA...ESSE AECINHO É UM EMBUSTEIRO.....PAU NELE!!!!!!

guilherme alves

O trecho importante da entrevista do Aécio é quando afirma " que a atitude de FHC é desagregadora e não contribuí para a campanha tucana". Fica o registro.



11/09


2006

Conselho de Ética notifica deputados sanguessugas

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara está notificando os 67 parlamentares acusados de envolvimento no esquema de compra superfaturada de ambulâncias com recursos do Orçamento. Até sexta-feira, 44 deputados haviam sido notificados. Ao receber a notificação, eles têm o prazo de cinco sessões plenárias para apresentar defesa.

Como o Congresso está em recesso até as eleições, o prazo de defesa será mais longo que o usual, uma vez que não há sessões marcadas. Ou seja, a defesa deverá ter que ser apresentada somente após as eleições.

Na semana passada, foram sorteados os relatores dos casos. Para agilizar a tramitação dos processos, foram criadas nove subcomissões, com três deputados cada uma, para ouvir as testemunhas.

Ao final das investigações, o relator de cada processo deverá emitir um parecer do caso e poderá sugerir a perda de mandato. O parecer é votado no conselho de forma aberta e encaminhado para apreciação do plenário. Caso o conselho aprove a sugestão de cassação, caberá ao plenário a decisão final. Para cassar o mandato são necessários 257 votos favoráveis dos 513 deputados. Com informações da Agência Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Drácula

PERFEITO... É CONTRA ISSO QUE SE DEVE LUTAR...ENFIM... UM COMENTÁRIO COERENTE.....ESTE EU ESTOU APLAUDINDO DE PÉ....

Pedro Araújo

Senhor Guilherme, concordo com o senhor. Pelo que pude constatar, o senhor tem um bom senso.

guilherme alves

Há décadas que os eleitores votam do mesmo jeito,com a mesma motivação,levados pelas mesmas propagandas eleitorais de sempre( todos os políticos nas épocas de eleições não vendem utopias no vídeo e no rádio), todos nas campanhas não são homens de bem(ns). Como eleitor vota errado.

guilherme alves

Há décadas que os eleitores votam do mesmo jeito,com a mesma motivação,levados pelas mesmas propagandas eleitorais de sempre( todos os políticos nas épocas de eleições não vendem utopias no vídeo e no rádio), todos nas campanhas não são homens de bem(ns). Como eleitor vota errado.

Pedro Araújo

Para que mesmo? não viram o que aconteceu com os mensaleiros? Isto vai servir mesmo Magno, para que os eleitores votem novamente errado, como sempre.


Sindicontas

11/09


2006

PT já monta esquema de boca-de-urna em PE

O PT de Pernambuco saiu na frente e já está preparando um grande esquemão para fazer boca-de-urna nas eleições do próximo dia 1. Segundo informações chegadas aos comitês de Eduardo Campos (PSB) e Mendonça Filho(PFL), o PT vai mobilizar o pessoal que faz, hoje, a propaganda dos candidatos segurando os bandeirões pelas ruas do Recife.

O TRE já avisou que fará uma fiscalização ostensiva no combate à boca-de-urna. O engraçado dessa estória é que partiu dos próprios presidentes dos principais partidos na disputa, inclusive o PT, a iniciativa de procurar o TRE para cobrar providências em relação ao abuso no descumprimento da lei que veta o exercício da boca-de-urna.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Francisco Filho

PARA UM CANDIDATO INDICIADO PELA PF E DENUNCIADO PELO MPF, COMETER TRANSGRESSÃO ELEITORAL É GARAPA. VAMOS VER SE O TRE CUIDA PARA QUE ISSO NÃO ACONTEÇA. SE QUER GANHAR, GANHE NO VOTO E NÃO NO TAPETÃO.

guilherme alves

Realmente, os alquimistas estão chegando.

REVERENDO

BRASILEIROS: O LUIZ BOLOU UM SLOGAN ENGRAÇADO SOBRE O HUMBERTO ENCOSTA. ELE É UM VERDADEIRO CHUPA PREGO.

fernando gordinho

istão liberando a macohia por que não a poca de urna

fernando gordinho

istão liberando a macohia por que não a poca de urna


Ipojuca - Outubro

11/09


2006

Frente a frente estréia hoje na Net às 22 horas

Mais um lembrete aos leitores: o programa Frente a frente, ancorado pelo signatário deste blog, estréia hoje, às 22 horas, no Canal 14, da Net Recife. O tema - eleições 2006 - será debatido com quatro convidados.

O desembargador Carlos Moraes, do Tribunal Regional Eleitoral; o ex-ministro Fernando Lyra; o cientista político Túlio Velho Barreto e o diretor do Instituto Exata, Tonico Araújo, são os meus convidados. Antônio Lavareda, da MCI, que havia confirmado sua presença, teve que cancelar, porque foi chamado para uma reunião em Brasília.

Foi substituído por Tonico Araújo. Para quem não é assinante da Net Recife, uma boa notícia: estou providenciado a exibição do programa através do blog. Depende apenas de ajustes técnicos que estão sendo feitos.

O programa tem uma hora de duração, divididos em quatro blocos. Os dois primeiros tratarão da sucessão presidencial; os dois restantes da sucessão estadual. Espero que o leitor e agora telespectador goste e depois faça suas críticas para chegarmos ao modelo ideal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Drácula

ESSE PRUDÊNCIO E ESSE ARNALDO SÃO DOIS VIADINHOS.... QUEREM COMER A ANINHA.. E FICAM ME USANDO...ISSO AQUI NÃO É BLOG DE RELACIONAMENTOS NÃO SEUS VIADINHOS.. VÃO LÁ PRO ORKUT ACHAR UM TOCO QUE OS AGASALHE...HAHAHAHAHA

O Magno está nos dando oportunidades, para mostrarmos nossa tendências políticas, ajudando o crescimento do país, essas agressões pessoais, não levam a nada, e quanto a intelectualidade de cada um tem que ser respeitada, afinal vivemos em um país democrático. Vamos comentar politicamente os fatos.

Pedro Araújo

Prudencio, Arnaldo, parabéns, nada mais digno que tratar bem uma dama. Não que queira aqui também tratar mal o Luiz, más temos que ser educados com quem quer que seja. Este programa do Magno será bom, não temos dúvida, esperamos em Deus claro.

josé arnaldo amaral

Ana Paula Moraes nome de Deusa. Se o conteúdo é proeminente imagine-se o continente. Com todo respeito. E repúdio às agressões. 45 é ser decente com Geraldo presidente. Abandone a ilusão basista. Estamos aguardando-a com rosas nas mãos para lhe dar. Chegue logo !!!

prudencio godoy de melo galvao

Minha cara Ana, não a conheço, mas estou solidário com vc,quanta agressão,acho q esse pessoal nunca escutou Capiba(em mulher não se bate nem com uma flor), taí explicado um dos motivos de Pe, ser campeão de assassinatos de mulheres, quantos aos "erros", ortográficos, só implicância,vc tem conteúdo.


Caruaru - Transparência em 1° Lugar

11/09


2006

Tasso está preocupado com candidatura de Moroni

O presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissati, mostra-se preocupado, em análise com interlocutores, com os números das pesquisas sobre a disputa pelo Senado para o Ceará. Apesar da liderança de Moroni Torgan, apoiado por Tasso, o temor é que a diferença entre os candidatos Cid Gomes e Lúcio Alcântara se reflita em transferência de votos para Inácio Arruda. Tasso não quer perder a eleição para o Senado e, por essa razão, vai desenvolver ações mais firmes para os últimos dias da campanha de Moroni.

O presidente nacional do PSDB tem motivos para essa preocupação. Três exemplos: em Minas Gerais, a liderança do governador Aécio Neves, do PSDB, que tem mais de 70% das intenções de votos, alavancou a candidatura do ex-ministro dos Transportes, Eliseu Resende (PFL), ao Senado. O ex-governador Newton Cardoso (PMDB) ainda lidera a pesquisa de intenções de votos para senador, mas tem apenas 27% contra 26% do candidato apoiado por Aécio Neves.

No Pará, a confortável situação eleitoral do candidato do PSDB ao Governo, Almir Gabriel, deu popularidade ao candidato tucano ao Senado, Mário Cuomo, que hoje lidera as pesquisas contra o senador Luis Otávio, que disputa um novo mandato. Em Tocantins, esse fenômeno, também, se repete: o candidato a governador Marcelo Miranda (PSDB) levou à liderança na corrida ao Senado a candidata Kátia Abreu. O adversário Eduardo Siqueira Filho está ameaçado de perder a eleição. Esse cenário gera preocupação para o presidente nacional do PSDB, Tasso Jereissati, padrinho político da candidatura de Moroni Torgan. Informações do site Ceará Agora.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jeressati, é bom sxe preocupar com seu candidato ao senado para ser derrotado completamente no seu estado. Abra os olhos. O cearense cansou.

Drácula

TASSO COCO....


Serra Talhada 2021

11/09


2006

ACM quer 350 prefeitos do NE com Alckmin hoje na BA

Os senadores Antônio Carlos Magalhães(PFL-BA) e José Jorge(PFL-PE) estão na expectativa de atrair 350 prefeitos da Bahia e de outros estados do Nordeste para a reunião de hoje à tarde, em Salvador, com o candidato do PSDB a presidente da República, Geraldo Alckmin. Os primeiros prefeitos já começaram a chegar a capital baiana para a reunião, marcada para as 16h num hotel de Salvador.

A iniciativa partiu das lideranças da campanha na Bahia, com o objetivo de recuperar a desvantagem que o candidato tucano enfrenta em toda a região Nordeste, com a maioria dos estados nordestinos fechada com a candidatura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva(PT).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

De fato, o Tourinho decolou. Já chegou a 16% pesquisa IBOPE/TV BAHIA publicada hoje.

guilherme alves

Será dessa vez saí a decolagem do Tourinho?


Pousada da Paixão

11/09


2006

Aldo Rebelo dispara contra FHC

O presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo (PC do B-SP), acusou nesta segunda-feira o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso de ter deixado sua formação como sociólogo se contaminar pela atual disputa política brasileira. Aldo reagiu às recentes críticas de FHC ao governo federal e ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, publicadas em carta aberta ao país divulgada na última quinta-feira.

Mesmo sem ser questionado a respeito da carta, Aldo disparou: ''Parece que o sociólogo tão arguto, tão capaz de compreender o Brasil, perde espaço para a política quando não vê que o país precisa da disputa, mas também precisa do diálogo.''

Para Aldo, Fernando Henrique se diminuiu com a carta. ''Acho que as análises erradas sobre o que são essas eleições no Brasil diminuem o papel dele, que é relevante não apenas como líder da oposição, mas como figura representativa do nosso país'', disse.

O presidente da Câmara foi mais além. Afirmou que FHC deve ter lido, como a maioria dos brasileiros, clássicos de Guimarães Rosa para compreender a realidade do país e perceber que ela ''nem sempre se enquadra na sociologia da USP'' -- onde o ex-presidente foi professor.

Assim como diversas lideranças governistas, Aldo atribuiu a carta de FHC à disputa presidencial. ''Não devemos substituir a crítica, a militância, pelo desespero. Creio que o ex-presidente tem uma larga folha de serviços prestados ao país. (...) Ele não deve ser um líder da oposição, mas um líder do país, da negociação.''

Na carta, FHC faz duras críticas ao governo Lula, mas diz que seu partido errou ao ''tapar o sol com a peneira'' em relação às acusações de corrupção que envolveram o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) em 1998. Com informações da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Geraldo pra presidente do Carandirú! Cadê as 68 CPIs que o Geraldo não deixou funcionar em São Paulo? Esse tucano é mesmo da escola lamacenta do FHC, não senhor José Arnaldo do Amaral?

josé arnaldo amaral

Aldo Rebelo/ PCdoB navegam no mar de lama e no mesmo barco furado comandado pelo MULLA. Vai faltar pulseiras prateadas. Xô vampiragem comunista !!! Guantamano NELLES!!! Brasil decente ! Geraldo presidente !!!

Drácula

QUEM TOMA CACHAÇA NO EXPEDIENTE... NÃO FAZ CAMPANHA AOS DOMINGOS PORQUE TÁ DE PORRE....PAGOU DEPUTADO PRA TER APOIO.. QUEBOU SIGILO DE TRABALHADOR EM BANCO OFICIAL... TAMBÉM NÃO DEVE DIZER ASNEIRAS....NÉ ANINHA CIENTISTA POLÍTICA--HAHAHAHAHAHAHA

Hélio noronha

Aldo falou e disse!

Ana Paula Moraes

Quem comprou metade do Congresso para aprovar a emenda da reeleição, promoveu a roubalheira das privatizações e outros escândalos que foram abafados pela mídia tucana não tem moral pra falar nada. Faça um bem ao Brasil FHC fique calado, pra não dizer asneiras.


SESC Outubro 2021

11/09


2006

Panfleto apócrifo prejudica Cid e Ciro Gomes

Um panfleto apócrifo está causando estrago na candidatura de Cid e Ciro Gomes em Juazeiro do Norte, na região do Cariri. O panfleto resgata uma matéria antiga da revista Veja, na qual Ciro Gomes fala sobre o componente político-coronelista da atuação de padre Cícero. A declaração de Ciro está contextualizada, mas o panfleto coloca Ciro como um detrator do líder religioso, o que para Juazeiro soa como blasfêmia. Pior que o estrago do panfleto, são a versões que já tomam conta do eleitorado devoto de padim Cícero. Há sobras desse estrago também para Cid Gomes, o candidato a governador do PSB. Com informações do site Ceará Agora.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josé arnaldo amaral

A figura verborrágica e apoplética ofendendo padre Cícero ataca o Ceará e desrespeita a fé dos romeiros do mundo. Também pudera, se é capaz de ridicularizar a própria mulher perante a Nação inteira. 45 nelle !!!

Cearenses, vocês não podem entrar em um jogo baixo como este, Ciro Gomes é uma expoência Moral nesse país. Os cearenses estão orgulhosos de ter um político da capacidade de Ciro.Vamos mudar a página dessa história, para juntamente com PE. sermos dois estados de reconhecimento nacional.

José Rodrigues da Silva

Ciro é, depois de Lula, a maior pulha política desta triste república brasileira. É compatível com o povo a quem servem, só que é muita infelicidade prá um povo só!

Drácula

A ÚNICA COISA QUE ESSE CARA FEZ BEM FOI TRAÇAR A PATRÍCIA PILAR.....


Bandeirantes Agosto 2021

11/09


2006

Tasso: "Ou cadeia ou um quadro de desordem total"

 O presidente nacional do PSDB, o senador Tasso Jereissati(CE), voltou a falar em impeachment após a denúncia veiculada neste fim de semana pela revista ''Veja'' sobre a confecção de cartilhas pelo governo federal que foram distribuídas pelo PT. ''Se mais esta irregularidade ficar comprovada, é caso de impeachment'', disse Tasso.

Reportagem da ''Veja'' afirma que 2 milhões de folhetos sobre realizações do governo Lula produzidos com recursos da Secretaria de Comunicação da Presidência da República foram destinados ao PT para distribuição.

Em outubro do ano passado,  auditoria do TCU apontou que não havia comprovantes de que os folhetos tinham sido confeccionados. A revista revela que, ao responder ao tribunal, a Secom informou que os folhetos foram entregues diretamente ao PT para diminuição de custos de distribuição.

Tasso disse que ''ou os envolvidos vão para a cadeia, ou se instalará no Brasil um quadro de desordem total''. ''Quando a gente pensa que acabou, esse governo volta a surpreender. Agora foram R$ 11 milhões que sumiram em uma publicação fajuta. É absolutamente horripilante''.(Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

Antes do Azeredo o processo começou lá embaixo com o Marcelo Alencar e o Duda Mendonça quando fazia campanha para tucano de alta plumagem. Tem até processo correndo. O PT não descobriu a rodo, quem inventou foram os tucanos. O negócio é que agora estão todos senís.

Jeressati, o Azeredo cometeu comprovadamente erros similares aos do PT em 1998, e vocês ficaram de bico calado, agora vocês querem cadeia, e até que concordo, só não entendo porque o Azeredo não está na cadeia desde o governo do teu querido FHC. Vai cuidar do teu estado melhor, 1º/10/06 vem aí.

guilherme alves

Primeiro era os alquimistas,acharam pouco.Assumiram de vez a condição de golpistas.Primeiro foi o FHC,depois o homem do caixa-dois legítimo do FHC - Bresser Pereira,hoje é o Tasso. Velhos udenistas travestidos de tucanos.Para eles seria bom se não houvesse povo.

Drácula

UAI.. NÃO SABIA QUE O GOVERNO TINHA COLOCADO DINHEIRO EM DESTILARIA DE ÁLCOOL AÍ EM PERNAMBUCO...MAS O HOMEM GOSTA MESMO DE UMA CHACHAÇA HEIM?...

Ana Paula Moraes

Tasso tem saudades do tempo em que FHC tratava o Ceará de forma diferenciada. No fundo tem inveja pelo fato de que com Lula os investimentos vieram para Pernambuco. O coronelzinho dos olhos azuis se mostra bastante provinciano.