FMO

29/06


2011

Filho de ex-prefeito preso com R$ 3 milhões no Ceará

Um dos filhos do ex-prefeito de Tianguá (CE), Gilberto Moita, foi preso em Fortaleza, na manhã de ontem com mais de R$ 3 milhões em cheques, euros e dólares. Os valores foram encontrados na casa de Gilberto Moita Filho, na capital cearense. O dinheiro surpreendeu a Polícia e até mesmo o promotor de Justiça Igor Pereira Pinheiro, que investiga as fraudes em processos licitatórios para contratação de transportes escolares.

O montante estava dividido em cheques, que, somados, se aproximam a R$ 3,6 milhões. O restante distribuído em cédulas: 107 mil reais, 43 mil dólares e 20 mil euros. A ação faz parte da Operação Caça Fantasma, deflagrada pela Polícia nos municípios de Tianguá, Ubajara e Santana do Acaraú. Dos sete mandados de prisão temporária expedidos, cinco foram cumpridos. Duas pessoas ainda estão foragidas, entre elas, o outro filho do ex-prefeito, Vitor Castro Moita, segundo o site Ceará Agora.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE - Redução nos Homicídios

29/06


2011

Chantagem: aqui é ''''negociação política''''

 A PEC 300 é a proposta de emenda constitucional que fixa um piso salarial nacional de policiais militares (e bombeiros) igual ao de Brasília, onde os vencimentos são mais altos; e determina que, se necessário - e sempre será - a União forneça aos Estados o dinheiro necessário para cobrir a diferença. Tem pontos positivos - a Polícia, hoje, é muito mal paga - e negativos, como não criar fontes adicionais de recursos para cobrir os novos gastos. Dá uma boa discussão, que pode ser produtiva e de alto nível. Mas está sendo usada como moeda de troca: parlamentares que apóiam o Governo ameaçam aprová-la, estourando o orçamento federal, se não forem liberadas as verbas que reivindicam.

Os americanos chamam isso de blackmail. Os franceses, de chantage. Nós, brasileiros, sempre cordiais, gentis e afetuosos, de negociação política.  (Carlos Brickmann)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

acolher

29/06


2011

Se você não pode com os hackers, contrate-os

 Soou como capitulação a declaração do ministro da Ciência e Tecnologia, Aloízio Mercadante, nesta segunda, sobre o inacreditável movimento dos hackers, que atacaram os principais órgãos federais, expondo a fragilidade do sistema. De criminosos investigados pela polícia federal, os hackers saltaram para o status de “jovens talentosos e criativos” que o ministro pretende, inclusive, “ levar para o Ministério” – isto é, se eles ainda não tiverem sido presos, supõe-se.

O discurso de Mercadante busca neutralizar o método provocativo dos hackers e funciona como uma espécie de bandeira-branca para os poderosos e articulados manipuladores da tecnologia digital, hoje caçados até pelos agentes da Abin – a Agência Brasileira de Inteligência. Vinda do ministro da Ciência e Tecnologia, a declaração lembra o pragmático ditado: “se você não pode com os inimigos, junte-se a eles”.   (Do blog de Christina Lemos)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

29/06


2011

Sobe o prestígio do homem junto a Ela

 O prestígio do ministro Antonio Patriota (Relações Exteriores) junto à presidente Dilma cresceu depois da eleição de José Graziano para o comando da FAO.

O Brasil nunca ocupou cargo dessa envergadura nas Nações Unidas.

Já na Esplanada dos Ministérios existem secretários-executivos do governo que costumam, nas reuniões com a iniciativa privada, invocar o nome da presidente Dilma Rousseff. É um tal de "a presidente quer", "a presidente deseja", sem fim.   (IIimar Franco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Volta Já

ESTÃO MUITO ENGANADOS E TÊM MEMÓRIA CURTA OU SÃO RACISTAS. O PRIMEIRO BRASILEIRO A OCUPAR ESSE CARGO FOI O GRANDE PERNAMBUCANO E BRASILEIRO, JOSUÉ DE CASTRO. FAÇAM JUSTIÇA COM UM HOMEM DA ENVERGADURA DE JOSUÉ DE CASTRO! MAGNO, SUGIRO QUE VOCÊ CORRIJA NO SEU BLOG, POIS ESTAREI ATENTO E CERTO QUE VOCÊ



29/06


2011

Amiga, ou inimiga?

 A presidente Dilma Rousseff enviou o ex-presidente Lula para Malabo, na Guiné Equatorial, para chefiar a missão brasileira na 17ª Sessão Ordinária da Assembléia Geral da União Africana. Malabo tem chuvas fortes praticamente diárias, a temperatura média é de 29 graus, poucas são as ruas pavimentadas, 80% da população não têm acesso a eletricidade nem a água encanada. O país é governado pelo ditador Teodoro Nguema desde 1979. Eleições, nem pensar.

Dilma anunciou que pretende entregar missões internacionais a ex-presidentes, que atuarão como seus representantes. E justo Lula, seu amigo de fé, seu principal cabo eleitoral, seu companheiro de partido, ela enviou a Malabo.  (Carlos Brickmann)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

29/06


2011

As drogas europeias: o sujo falando...

 Em conversas reservadas, o ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) faz duras críticas ao relatório da ONU que aponta aumento de 442% na quantidade de cocaína apreendida na Europa depois de passar pelo Brasil. Para Cardozo, os europeus deviam olhar para seu próprio umbigo. Cita o caso das drogas sintéticas, que fazem o caminho inverso, da Europa para o Brasil, e são colocadas no relatório em segundo plano. "Esse relatório foi feito com a lógica europeia. Cadê as drogas sintéticas?", questionou ele.  (Ilimar Franco - O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

29/06


2011

Petulância estrangeira: a hora de engrossar

 Que um perigoso atraso envolve a reforma de  estádios e de aeroportos, nem se discute. Por conta disso, dias atrás, a presidente Dilma deu um puxão de orelhas em governadores e prefeitos  de estados e cidades onde se realizarão os jogos da Copa do Mundo de futebol, em 2014.  Mesmo assim, não há porque o Brasil aceitar em silêncio a grosseria de dirigentes da Fifa, como ainda agora Jerome Valcke, secretário-geral da entidade, para quem há preocupação a respeito da realização do certame, por falta de condições. A Fifa lucra horrores com cada Copa, ou melhor, também no intervalo entre elas, faturando com publicidade e outras fontes de renda. Não seria o caso de, em vez de nos criticar, seus responsáveis viessem ajudar? De quem será o prejuízo maior, se não dispusermos de aeroportos e estádios à altura das necessidades? Dará empate.  (Carlos Chagas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/06


2011

Preconceito: bancada feminina se volta contra ACM Neto

Acima, a deputada Rose de Freitas conduzindo a sessão; abaixo, a parlamentar discursando no plenário após deixar a presidência (Foto: Agência Câmara)
Acima, a deputada Rose de Freitas conduzindo a sessão; abaixo, a parlamentar discursando no plenário após deixar a presidência (Foto: Agência
Câmara)

A vice-presidente da Câmara, deputada Rose de Freitas (PMDB-ES), afirmou na noite desta terça (28) que não voltará a assumir a presidência da Casa, em substituição ao presidente Marco Maia (PT-RS), enquanto continuar, segundo ela, a ser ''desrespeitada'' por colegas. A deputada tentava colocar em votação um dos destaques à medida provisória sobre licitação de obras da Copa do Mundo. Deputados de oposição protestavam aos gritos, sob o argumento de que o destaque ainda estava em fase de discussão e não de votação. Eles afirmavam que a deputada estava descumprindo o regimento da Casa.

A discussão gerou uma onda de protestos de representantes da bancada feminina e de deputados governistas, que correram aos microfones para prestar solidariedade à vice-presidente. As deputadas apontavam um suposto preconceito do deputado ACM Neto (BA), líder da bancada do DEM, um dos mais enfáticos nas reclamações contra a forma de condução da sessão por Rose de Freitas.

Em razão do tumulto, a deputada deixou a presidência da sessão, que voltou a ser ocupada por Marco Maia. Ela então se dirigiu ao plenário, pediu a palavra e, com a voz embargada, afirmou: ''Eu só volto à Presidência quando este plenário entender que tomo decisões com base no regimento''. ACM Neto negou que tivesse se manifestado de forma preconceituosa.'' Não venham com esta história de preconceito porque eu não admito isso'', declarou o deputado. Ele disse que foi ''duro'', mas não desrespeitoso. ''Estaria eu sendo eu discriminatório se agisse com ela diferente da forma como ajo com outros'', afirmou.  (Portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/06


2011

Revista polemiza ao ''ressuscitar'' Diana, aos 50 anos

Capa da

A princesa Diana ''ressuscitou na capa da nova edição da revista semanal ''Newsweek'', numa foto que imagina como ela estaria se tivesse chegado viva aos 50 anos - idade que completaria na próxima sexta-feira. A foto e a reportagem - que especula que Diana teria voltado a se casar duas vezes, usaria botox e ficaria ligeiramente com ciúmes da sua nova nora, Kate Middleton - causaram indignação ao chegar às bancas dos EUA, na mesma semana em que o príncipe William e Kate iniciam uma visita oficial à América do Norte.  ''Chocante, brilhante ou simplesmente vulgar?'', questionou o ''Los Angeles Times''.

O blog Mediaite.com, especializado em jornalismo, considerou a ideia ''desrespeitosa em muitos níveis'', e a ''Atlantic Wire'' deu a manchete: ''Quão horripilante é o fantasma da princesa Diana?''.

A britânica Tina Brown, editora-chefe da ''Newsweek'' e autora de uma popularesca biografia da princesa lançada em 2007, imagina na reportagem que Diana - se não tivesse morrido num acidente de carro em 1997 em Paris - teria se mudado para Nova York, continuaria ''linda'', ficaria amiga do seu ex-marido, o príncipe Charles, e da atual mulher dele (e antiga rival de Diana), Camilla, e teria 10 milhões de seguidores no Twitter.

Mas foi a foto da capa - digitalmente manipulada, mostrando Diana ainda magra e chique, mas ligeiramente enrugada - que mais causou ultraje. Diana aparece andando ao lado da nora, que está sorridente e com olhar de admiração.

''Ah, isso é TÃO de mau gosto... Deixem a pobre mulher descansar em paz... Se eu fosse parente dela, estaria muito ofendida e chateada com isso'', escreveu uma mulher na página de comentários da ''Newsweek''. Outros leitores disseram que cancelariam suas assinaturas da revista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/06


2011

Sem competência e probidade, nada feito

Carlos Chagas

Longe de estar superado,  o  confronto entre  o PMDB e  Dilma Rousseff caminha para dias piores. Porque a presidente não abre mão de só aceitar indicações para cargos no segundo escalão afinadas com as condições  expostas nos primeiros dias de seu governo: competência e probidade, aliás,  também necessárias a sugestões de outros partidos da base oficial.  Na composição do ministério precisou fechar os olhos a certas imposições não propriamente acordes com seus requisitos, mas agora, em se tratando do segundo escalão, mantém férrea a determinação inicial. Fica  até mais  fácil rejeitar nomes que não conseguiu recusar para o ministério, em se tratando,  aquelas,   de reivindicações  apresentadas pelo PMDB inteiro. Agora, são grupos peemedebistas que se empenham  nesta ou naquela indicação. Evidência disso é o empenho  um tanto esmaecido  do vice-presidente Michel Temer.

Caso antes do recesso parlamentar entre em pauta na Câmara ou no Senado algum projeto de interesse especial do palácio do Planalto, valerá à pena atentar para o comportamento das bancadas do PMDB. Com toda certeza, porém, a temperatura subirá no  segundo semestre, se a maioria das nomeações não tiver sido atendida. Esta semana a ministra  Ideli Salvatti, da Coordenação Política, fará mais uma tentativa para compor as duas tendências aparentemente inconciliáveis, claro que sustentando as concepções da chefe do governo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Timbira Borges

Leia-se: ... para formação do seu staf...

Timbira Borges

... staf, exigência antecedida por outra: a idoneidade, que, como se sabe, não se encontra em qualquer esquina. É Eduardo, é!!!!!!!!!!!!!!

Timbira Borges

Seria ideal que em todos os níveis de governo os critérios para a formação das equipes, quer de 1º, 2º ou quaisquer escalões, fossem os citados pelo jornalista. Em Pernambuco, o governador usou um termo pouco conhecido, a "meritocracia", como exigência para a formação dos que fazem parte do seu ...


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores