Do Pajeú à Presidência da República

Por José Adalberto Ribeiro

Em Vila Bela, Sertão de Pernambuco, lá onde o Rio Pajeú, afluente do São Francisco, corre nas veias dos sertanejos, no dia 21 de outubro de 1938 veio à luz o menino Inocêncio Gomes de Oliveira, filho de Vicente Ignácio de Oliveira e dona Maria do Socorro Andrada. O pai era proprietário da Fazenda Carnaúba e da mercearia Graciosa, onde vendia miudezas. Além das prendas domésticas, dona Socorro trabalhava com o marido na administração da fazenda e gerenciamento dos negócios da mercearia.

Católica fervorosa, dona Socorro era uma das organizadoras da Congregação Sagrado Coração de Jesus, responsável pelas tradicionais novenas no mês de setembro, data da padroeira Nossa Senhora da Penha.

Menino do rio, onde pescava piaba, dava flecheiros e também jogava bola com os seus amigos, Inocêncio cresceu ouvindo histórias sobre o cangaço e as crueldades do bando de Lampião, crendices e religiosidades dos devotos da Santa padroeira e o lendário político sobre a região e a distante capital Recife, distante muitas léguas em estradas de barro.

Havia um estigma em torno do bonito nome da cidade: Vila Bela, terra de Lampião. O nome só veio a mudar por decreto-lei do então poderoso interventor Agamenon Magalhães em 09/12/1938, justo o ano em que Inocêncio nasceu.

Depois da imersão nas águas do Pajeú e desasnar as primeiras letras e números, Inocêncio fez o Exame de Admissão e foi cursar o Ginásio no tradicional Colégio Cristo Rei, em Pesqueira.

Segue na mesma linha de educandários religiosos ao se transferir para Recife e estudar no Colégio Salesiano, da ordem de Dom Bosco, onde concluiu o Curso Científico rumo à Universidade.    

Foram boas amizades, bons ensinamentos de vida e bons saberes de matérias escolares em suas vivências no Colégio Cristo Rei de  Pesqueira e Colégio Salesiano de Recife. Final de uma etapa, adeus colégios, ficarão para sempre na boa memória do aluno.

Medicina

Formar o filho em Medicina sempre foi um desejo do pai, Seu Micena. Seja feita a vossa vontade, decidiu Inocêncio. Morando numa república de estudantes, começou a queimar as pestanas para ser aprovado no vestibular no ano de 1957. Foram noites e noites fazendo serão nos estudos. Ao final da jornada, foi aprovado nas duas faculdades, da Universidade Federal e de Ciências Médicas. Optou pela Federal, então chamada de Universidade do Recife.

A política nas veias

O DNA da política sempre esteve nas veias e na flor da pele de Inocêncio. O tio paterno Enock foi chefe político da UDN, oposicionista na década de 1940. Por influência dele, Seu Micena ingressou na política e foi eleito vice-prefeito de Serra Talhada em 1951.

Canudo de Medicina na mão, sonho profissional realizado aos 25 anos, o que fazer da vida? Até então não havia pensado em política, um ramo da genealogia familiar.

Decidiu voltar para fazer a vida em Serra Talhada. Vestiu o jaleco e mãos à obra. Instalou seu consultório numa vistosa casa da bem movimentada Rua 15.

O filho de Seu Micena e Dona Socorro começou a ganhar fama como bom médico nas redondezas. A clientela era variada: menino desnutrido, gestantes com enjoos, gente com perna quebrada, pressão alta, desmaios. Quando o paciente não tinha dinheiro, o doutor Inocêncio recebia de presente uma galinha gorda, cachos de banana, macaxeira – era um povo pobre e generoso.

Espírito empreendedor, o doutor Inocêncio começou a poupar dinheiro com os ganhos recebidos da clientela. Vendeu cinco casas que havia comprado de um familiar e começou a construir o Hospital e Maternidade São Vicente. Também adquiriu equipamentos de raio X e uma mamografia. Instalou uma UTI dotada de gerador próprio para ser acionada no caso de interrupção do fornecimento de energia da rede pública. Esta foi a sementeira do futuro polo médico do município e em torno do qual foram atraídos outros empreendimentos.

Em outro terreno adquirido da sua tia Benona, construiu uma clínica psiquiátrica que veio a se tornar pioneira e referência na região.

Primeiro mandato

Corria o ano de 1974. A semente do primeiro mandato de Inocêncio Oliveira como deputado federal foi lançada durante visita do governador Eraldo Gueiros a Serra Talhada para inaugurar uma estação do Terminal Rodoviário. “Termos aqui a liderança promissora de um jovem médico que poderá ser lançado candidato a deputado federal”. Inocêncio pegou na palavra. Havia um vazio de federais na região.  Eraldo recomendou o nome de Inocêncio para ser votado no município. 

Para encurtar a história, o doutor Inocêncio foi eleito com 31,879 votos, sem pertencer a grupo econômico e estreante na política. Aos 36 anos, trocou o jaleco de médico e vestiu terno e gravata para assumir o mandato em Brasília.

A partir daí foi uma sucessão de vitórias, sempre com votação ascendente. O governador Marco Maciel, que governou o Estado de 1979-1982, disse a Inocêncio que gostaria de tê-lo como sucessor no Palácio das Princesas. Mas, o governo do Estado não estava no radar de Inocêncio. Seu plano de voo era galgar os degraus na Mesa da Câmara dos Deputados. E assim aconteceu. Foram 10 mandatos consecutivos concluídos na sua  despedida em 2014. 

Cargos na Mesa: presidente, 1993-1994; 1º vice-presidente, 1989-1990, 2003-2005; 1º secretário 1991-1992, 2005-2007; 2º vice-presidente 2007-2009; 2º secretário 2007-2009; 2º secretário 2009-2010; 3º secretário 2011-2013. Este é um fato inédito na Câmara dos Deputados. Daí ter sido chamado de “deputado guardanapo”, por estar sempre presente na Mesa.

Mercê do seu desempenho, foi eleito 16 vezes consecutivas pelo DIAP como um dos mais influentes parlamentares e entre as principais cabeças pensantes do Congresso Nacional. Não é pouca coisa.

Presidente da Câmara em 1993-1994 e havendo o Impeachment do presidente da República, Fernando Collor, Inocêncio tornou-se o segundo na linha sucessória presidencial. Como tal, exerceu o cargo interino de presidente da República por 11 vezes e durante 63 dias.

Legado

Nesta data em que se celebra o transcurso de 85 voltas em torno do astro-sol, o vitorioso Inocêncio Oliveira apresenta um legado de realizações administrativas, políticas e institucionais em todas as regiões e em todos os municípios do Estado. Cumpriu a proverbial sentença: plantou árvores, escreveu um livro e teve filhos. Casado com Ana Elisa Nogueira, o casal gerou três filhos: Shely, Sheldon e Sheila.  

Correligionários e a população em geral reconhecem que Serra Talhada tem dois marcos divisórios: antes e depois de Inocêncio Oliveira, em termos de polo de saúde, educação e serviços. Interiorização do desenvolvimento, segurança hídrica e obras estruturadoras foram suas prioridades em ação administrativa.

Veja outras postagens

Os 78 anos do Comando Militar do Nordeste (CMNE) serão comemorados hoje com uma solenidade cívico-militar no Quartel-General Forte Guararapes, sede do Comando, no bairro do Curado, na Zona Oeste do Recife.

Durante a solenidade, vão ser homenageados os integrantes do CMNE que prestam ou prestaram relevantes contribuições para o cumprimento da missão do Exército Brasileiro na Região Nordeste.

Autoridades e personalidades civis e militares, dos mais diversos setores da sociedade pernambucana, também serão homenageadas com a entrega do Diploma de Amigo do Comando Militar do Nordeste. A homenagem será em reconhecimento pelas parcerias estabelecidas em prol do fortalecimento da capacidade do CMNE no atendimento das mais diversas demandas da Nação.

O evento, que começou às 09h30, também contará com um concerto da Orquestra Criança Cidadã.

Da Folha de Pernambuco.

A governadora Raquel Lyra e a vice-governadora Priscila Krause receberam, ontem, o pré-candidato a prefeito de São José do Egito, Fredson Brito, em uma reunião que também contou com a presença de Marcelo Gouveia, prefeito de Paudalho e presidente da AMUPE.

Durante o encontro, Fredson apresentou demandas voltadas para o desenvolvimento do município. Entre as prioridades discutidas, estavam a busca por soluções para o problema da água em regiões como Papagaio e Muquém, a perfuração de novos poços artesianos para melhorar o acesso à água potável, a construção de uma nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para aprimorar os serviços de saúde e a revitalização do Mercado Público.

O pré-candidato ressaltou a importância do apoio estadual. “A parceria com o governo do Estado é fundamental para que possamos realizar grandes projetos que beneficiem nossa população,” afirmou.

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, questionou em comício na noite de ontem, no estado de Aragua, os sistemas eleitorais do Brasil, dos Estados Unidos e da Colômbia. Ele afirmou, sem provas, que as eleições nos países não são auditadas.

Maduro também disse que a Venezuela tem “o melhor sistema eleitoral do mundo”. Segundo ele, são feitas 16 auditorias, sendo uma em tempo real, de 54% das urnas.

“Em que outra parte do mundo fazem isso? Nos Estados Unidos? O sistema eleitoral é auditável? No Brasil? Não auditam nenhuma ata. Na Colômbia? Não auditam nenhuma ata”, declarou o ditador a seus simpatizantes.

O ataque ocorreu um dia depois de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmar que está assustado com declarações do venezuelano sobre um “banho de sangue” caso ele seja derrotado nas eleições, marcadas para este domingo.

O pleito é visto com especial atenção na região porque pode representar o fim de dez anos do regime de Maduro e também do chavismo, há 25 anos no poder na Venezuela desde a ascensão, em 1999, de Hugo Chávez (1954-2013). Levantamentos mais recentes feitos pela empresa Consultores 21 e pelo Instituto Delphos indicam que o diplomata Edmundo González, candidato da oposição, tem 60% da preferência, ante uma média de 25% a 28% para Maduro.

No Brasil, o boletim de urna é um comprovante impresso emitido pela urna ao final da votação, com um resumo do que foi registrado. Ele permite que as pessoas (e partidos) confiram o resultado imediatamente após a eleição e também possibilita auditar que tanto a transmissão quanto a totalização dos votos ocorreram corretamente.

O documento é impresso obrigatoriamente em cinco vias, assinadas pelo presidente da seção e por fiscais dos partidos presentes. Depois disso, uma via é colocada na porta da seção, três são colocadas na ata e enviadas para o respectivo cartório eleitoral, e a última é entregue aos fiscais dos partidos.

O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela convidou organizações sociais brasileiras simpáticas ao chavismo para acompanhar as eleições.

Também fez um convite ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para organizar uma missão de organização, limitada a dois técnicos. O tribunal recusou em um primeiro momento, mas semanas depois decidiu enviar dois representantes para acompanhar o pleito.

Lula afirmou que Celso Amorim, seu assessor especial para assuntos internacionais, viajará à Venezuela para acompanhar as eleições presidenciais.

Da Folha de São Paulo.

A advogada, professora universitária e destaque na advocacia pernambucana, Ingrid Zanella, convida colegas de profissão para um almoço-adesão no dia 7 de agosto, no Terraço Carvalheira, em Boa Viagem, a partir do meio-dia.

O evento visa reunir profissionais do direito, especialmente jovens advogados, e interessados que apostam em mais conquistas para a categoria. “Será uma conversa de interesse coletivo. Venham participar, ajudar a decidir por uma nova etapa que nos acena, que nos aguarda como pessoas interessadas no desenvolvimento da boa prática da advocacia. Quando a gente acredita, a gente faz história”, afirmou Zanella.

Duas pessoas foram presas em flagrante, no Aeroporto Internacional do Recife, após tentar levar para Europa 214 cápsulas de cocaína no estômago. A dupla carregava 2,6 quilos da droga e foi encaminhada a um hospital para retirar o entorpecente dos corpos, segundo a Polícia Federal (PF).

As prisões, que foram divulgadas na manhã desta quarta-feira, aconteceram na noite da segunda-feira, por volta das 22h, durante o trabalho de fiscalização de rotina no aeroporto, localizado no bairro da Imbiribeira, na Zona Sul da cidade.

Em nota sobre esse caso, a PF informou que os presos, cujos nomes não foram divulgados, são uma mulher de 32 anos, natural de Fortaleza, e um homem de 21 anos, de Paragominas (PA). Eles foram impedidos de entrar em Lisboa pelo setor de imigração. No Recife, foram levados à sala da Polícia Federal no aeroporto, onde afirmaram ser casados e que estavam indo passar a lua de mel em Portugal, mas eles não tinham vínculo amoroso. Os policiais notaram o comportamento nervoso, inquieto e impaciente da dupla, que confessou estar carregando droga no estômago. Ao todo, foram encontradas 114 cápsulas de cocaína no corpo da mulher e 100 no homem, cada uma contendo 12 gramas da droga, com risco de rompimento e possível overdose fatal. Além da droga, foram apreendidos dois celulares, 195 libras e 400 euros. A dupla disse que o destino da cocaína era a Inglaterra, mas não revelou quem forneceu o entorpecente ou quem o receberia.

De acordo com o chefe de comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro, as pessoas cooptadas para fazer o transporte de droga no próprio corpo costumam passar por uma série de treinamentos por conta da dificuldade de engolir as cápsulas.

“[A cápsula] é completamente dura, até para que não haja o rompimento porque o estômago tem o mecanismo de ácido para fazer o bolo alimentar ser dissolvido. Já aconteceu várias vezes de uma cápsula dessas romper e, quando isso acontece, essas pessoas têm uma overdose”, disse.
Por causa desse risco de overdose, os presos foram levados a um hospital no Recife para expelir as cápsulas do corpo. Até a última atualização desta reportagem, eles continuavam internados e, assim que receberem alta médica, seguem para a sede da Polícia Federal, no Bairro do Recife, no Centro da cidade, e vão passar por audiência de custódia.

A PF também informou que ambos foram autuados por tráfico internacional de drogas e, caso sejam condenados, podem pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão.

Do G1 Pernambuco.

A Prefeitura de Camaragibe anunciou a aquisição de uma nova ambulância para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), adquirida através do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC). O novo equipamento está equipada com tecnologia de ponta.

A prefeita do município, Doutora Nadegi, destacou a importância do investimento. “Essa nova ambulância irá reforçar o atendimento de urgência e emergência no nosso município. Agradeço ao Senador Humberto Costa, que tem um incrível trabalho dedicado à saúde no nosso Estado e viabilizou esta conquista para a gente. Com o apoio do Novo PAC, do Governo Federal, estamos conseguindo melhorar a estrutura e os serviços oferecidos à população”, afirmou.

O prefeito e atual pré-candidato à reeleição, Eduardo Paes (PSD), lidera com larga distância de seus adversários a disputa pela Prefeitura do Rio de Janeiro, segundo pesquisa Quaest divulgada nesta quarta-feira.

Ele possui 49% das intenções de voto estimuladas em cenário com todos os pré-candidatos, ante 13% do segundo colocado, o deputado federal Alexandre Ramagem (PL). Em seguida, aparece Tarcísio Motta (PSOL) com 7%. São 4% os indecisos, e 15% os que disseram votar em branco ou nulo.

A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

A empresa de pesquisa e consultoria entrevistou presencialmente 1.104 eleitores de 16 anos ou mais na capital fluminense entre os dias 19 e 22 de julho. O levantamento foi encomendado pela Rádio Tupi e protocolado na Justiça Eleitoral sob o número RJ-03444/2024.

São números estáveis em relação à rodada anterior, realizada em junho e que continha apenas o cenário com menos postulantes. Nela, Paes tinha 51%, Ramagem tinha 11% e Tarcísio Motta, 8%. Isso significa que todos apenas oscilaram positivamente, dentro da margem de erro.

No levantamento espontâneo (quando não são apresentados os nomes dos candidatos), entretanto, ainda há uma grande quantidade de pessoas que se dizem indecisas, apesar da queda em relação a junho. Paes registra 22%, contra 12% antes, enquanto Ramagem tem 5% —eram 3% anteriormente. Os indecisos, nesse questão, são 70%, ante 81% no mês passado.

Com informações da Folha de São Paulo.

Um avião caiu e pegou fogo logo após tentar decolar do aeroporto de Katmandu, a capital do Nepal, matando 18 pessoas nesta quarta-feira, informaram autoridades do país. O comandante teria sido resgatado com vida, mas seu estado de saúde não foi informado.

Todos os ocupantes eram funcionários de uma companhia aérea. A aeronave transportava dois tripulantes e 17 técnicos para a cidade de Pokhara, para reparar outro avião. Um dos engenheiros era de nacionalidade iemenita, sendo todos os outros nepaleses.

“Apenas o comandante foi resgatado com vida e está recebendo tratamento em um hospital”, disse Tej Bahadur Poudyal, porta-voz do Aeroporto Internacional de Tribhuvan, em Katmandu.

O avião era um Bombardier CRJ-200, com capacidade para 50 pessoas. A aeronave pertencia à Saurya Airlines.

Imagens mostram bombeiros tentando apagar o incêndio e uma espessa fumaça preta no local do acidente. Um vídeo registrou o avião voando um pouco acima da pista e inclinando-se excessivamente para a direita antes de cair.

Imagens também mostram equipes de resgate vasculhando os restos carbonizados da aeronave, espalhados pelo local. O aeroporto da capital nepalesa foi temporariamente fechado.

“O avião estava programado para passar por manutenção por um mês a partir de quinta-feira. Não está claro por que ele caiu”, disse Mukesh Khanal, um executivo da Saurya Airlines.

Do G1.

Nos últimos 30 dias, entre 24 de junho e 24 de julho, o Instagram deste blog bateu um novo recorde: alcançou mais de 300 mil contas no período. Também teve 4 milhões de impressões, números que só reafirmam a liderança inconteste do blog no Nordeste, com relevância no País e no mundo.

Isso nos motiva ainda mais a continuar trabalhando a todo vapor, na busca de informações em primeira mão no universo da política, área especializada do blog, pioneiro no Nordeste, com 18 anos de funcionamento ininterrupto, sem nunca perder a liderança na Região, segundo medidores confiáveis e de referências mundiais, como o Alexa.com.

Obrigado, gente! Avante!

Recife não é uma ilha

Numa entrevista exclusiva, ontem, ao Frente a Frente, reproduzida na edição de hoje da Folha de Pernambuco, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse que Recife não se constituiu numa ilha isolada nas negociações com o PT. PSB e PT se entenderam em nível nacional. Se o PT cedeu no Recife, abrindo mão da vice, o PSB apoia candidatos petistas em cinco capitais, segundo ele.

“Entre colégios eleitorais expressivos e de porte médio, o PSB está apoiando o PT em cerca de 118 municípios, incluindo cinco capitais: Porto Alegre, Teresina, Fortaleza, Natal e Goiânia. De capitais, o PT nos apoia no Recife, Curitiba e São Luiz”, explicou Siqueira. O que se pode deduzir disso é que a lógica que rege uma eleição não pode nunca ser circunscrita a questões paroquiais quando estão em jogo interesses nacionais.

O PT pernambucano sempre se conduziu, em alguns momentos, olhando a política de forma cartorial e, neste episódio, se o presidente Lula não tivesse usado o seu poder de persuasão, principalmente nos momentos mais delicados e decisivos, com certeza a cúpula petista local teria criado um turbilhão de problemas para João Campos, inclusive lançando mão de uma candidatura própria.

Ressalte-se, igualmente, a postura e a altivez da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, que agiu como uma leoa, quebrando arestas, negociando os acordos em todo o País na maior paciência e abertura com o presidente socialista Carlos Siqueira, que vem da escola de Miguel Arraes e já dirige o partido há dez anos.

Entendimento nacional – De Carlos Siqueira, na mesma entrevista, ao reforçar a sua linha de raciocínio da ampla aliança que o PSB fechou com o PT nas eleições para prefeito: “Esse sempre foi o nosso argumento em todas as negociações – cede o PT onde não tiver condições de chegar, igualmente o PSB apoia o PT em capitais com chances de vitória. A negociação no Recife com o PSB não poderia ser apenas sobre o Recife, mas sobre o conjunto da relação política eleitoral que mantém o PSB com o PT em todo o País.

A ditadura do Ceará – O ex-ministro Ciro Gomes disse que o Ceará, Estado que já governou, vive uma “ditadura” do PT, partido do atual governador Elmano de Freitas. A declaração foi dada quando esteve no Crato para participar da convenção de Dr. Aloísio (União Brasil), candidato à Prefeitura da cidade. “O Ceará está sendo destruído pela incompetência, pela corrupção, pelo mandonismo. Há uma ditadura tentando ser construída, tirando inclusive o direito do povo de escolher suas alternativas. A violência política acontece em Juazeiro, a violência política já matou gente no Crato, já tirou candidatos que não podem mais ser. Tudo armado para que o novo ditador do Ceará não tenha sequer contraste, e eu tenho certeza de que o Cariri vai se levantar”, afirmou.

Ira do irmão – Ciro esteve em Barbalha juntamente com o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), para participar da convenção do candidato, que tem como vice Zé Adega (PL). Também participou do evento de candidatura à reeleição do prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra (Podemos), onde dividiu palanque com o deputado estadual do PL, Carmelo Neto. O ex-presidenciável apoiou Cláudio na disputa pelo governo do Ceará em 2022, o que motivou o fim da aliança histórica PT-PDT na região, e o rompimento com o seu irmão e senador Cid Gomes (PSB). Este defendia o nome da então vice-governadora Isolda Cela (PSB). Ela também era apoiada pelo ministro da Educação, Camilo Santana, e pelo Partido dos Trabalhadores.

Olinda, capital do roubo de celulares – O Brasil registrou média de praticamente dois roubos ou furtos de celular por minuto no ano passado, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado ontem. Ao todo, quase um milhão de aparelhos foram subtraídos em 2023. Em Pernambuco, Olinda aparece como epicentro dos ladrões, sendo a oitava no ranking nacional, acima do Recife, que ocupa a 10ª posição. Os celulares oferecem outras oportunidades para os bandidos. Além do valor do aparelho em si, os criminosos muitas vezes visam os smartphones como ferramenta para aplicar golpes virtuais.

Chá de camomila para Lula – O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, sugeriu ontem que “quem se assustou” com suas declarações tomasse um “chá de camomila”, um dia depois do presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva ter questionado os avisos do mandatário venezuelano sobre um “banho de sangue”, caso a oposição vença as eleições marcadas para o próximo domingo. “Eu não disse mentiras. Apenas fiz uma reflexão. Quem se assustou que tome um chá de camomila”, afirmou Maduro, sem mencionar diretamente Lula. “Na Venezuela, irá triunfar a paz, o poder popular, a união cívico-militar-policial perfeita”, acrescentou.

CURTAS

JABÁ 1 – Tiago Eltz foi chamando atenção pela TV Globo. É que o repórter do Jornal Nacional foi acusado de violar os Princípios Editoriais da emissora, depois de usar as redes sociais para fazer o famoso jabá. A prática é proibida e acabou gerando uma investigação no departamento de Compliance.

JABÁ 2 – De acordo com o site Pop TV, o jornalista foi flagrado trocando diárias em um hotel de luxo por divulgação. O caso aconteceu no último domingo. No entanto, após o canal constatar a publicidade, feita nos stories do Instagram, exigiu que Eltz retirasse as postagens do ar, sob pena de ser demitido.

VICES INDEFINIDOS – O ex-prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), aguarda apenas o desfecho da composição da chapa do prefeito Rodrigo Pinheiro (PSDB) para bater o martelo do seu companheiro de chapa. Estão cotados Eric Lessa (PP), Raffiê Dellon (UB), Armandinho (SD) e o ex-senador Douglas Cintra (PSB).

Perguntar não ofende: Dos nomes acima, quem soma mais como vice de Zé Queiroz?

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Cármen Lúcia, afirmou, nesta terça-feira, considerar o discurso de ódio contra a mulher “muito cruel”. Ela fez uma comparação entre os ataques sofridos por homens e mulheres para dar dimensão da situação.

“Contra o homem, ‘é ladrão, é preguiçoso, é vagabundo’. Contra nós, [o discurso] é sexista, misógino e machista. E esse discurso não afeta só a mulher, mas toda a sua família. Aí muitas vezes a família, os filhos, acabam pedindo para que a mulher não continue na carreira política”, disse a ministra, que esteve hoje no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP).

A ministra também afirmou ser necessário lembrar os eleitores brasileiros – diante da proximidade do pleito municipal em outubro próximo – de que o voto é sigiloso e que ninguém deve ser submetido a algum tipo de pressão. “Ninguém pode entrar com o celular na cabine de votação e ninguém pode saber em quem você votou. Isso precisa ficar claro para o eleitor”, disse.

Presidente da Corte Eleitoral paulista, desembargador Silmar Fernandes, e o vice-presidente, desembargador José Antonio Encinas Manfré, entregaram para a ministra um levantamento que mostra que 63% do corpo funcional do tribunal paulista é formado por mulheres.

O percentual é maior do que a média nacional de servidoras no Poder Judiciário (56,2%), segundo pesquisa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com 68 Tribunais, considerando dados de 2009 a 2018. Dos 4.071 servidores que atuam no TRE-SP, incluindo os servidores próprios e os requisitados de outros órgãos, 2.501 são mulheres. A grande maioria das servidoras (77%) trabalha nos cartórios eleitorais.

Do Estadão.

A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, aparece com vantagem de 2 pontos percentuais sobre Donald Trump em pesquisa divulgada pela agência de notícias Reuters e pelo Instituto Ipsos nesta terça-feira.

Segundo o levantamento, Harris tem 44% das intenções de voto, contra 42% de Trump. A diferença está dentro da margem de erro, que é de 3 pontos percentuais.

A pesquisa foi realizada nas últimas 48 horas e contabiliza, portanto, o efeito da Convenção Nacional Republicana, encerrada na quinta (18), quando Trump aceitou formalmente sua candidatura.

O levantamento traz ainda o impacto do anúncio de desistência de Joe Biden no domingo, 21, dia em que o presidente também anunciou que apoiaria Kamala Harris.

Em sondagem anterior, feita entre 15 a 16 de julho, ambos apareceram com o mesmo percentual, de 44%.

Há, porém, importante nuance sobre os resultados das sondagens americanas. Embora as pesquisas nacionais forneçam a temperatura do eleitorado, apenas um punhado de estados deve decidir as eleições de fato.São os swing states, ou estados pêndulo, em que não há maioria republicana ou democrata e que podem, portanto, pender para ambos os lados.

Nessa categoria estão Arizona, Georgia, Michigan, Nevada, Carolina do Norte, Pensilvânia e Wisconsin.

Em outra pesquisa recente, 56% dos eleitores registrados concordaram com a afirmação de que Harris é “mentalmente capaz de lidar com desafios”, em comparação com 49% que disseram o mesmo sobre Donald Trump.

Somente 22% dos eleitores avaliaram Biden dessa forma.

Da Revista Veja.