FMO

31/03


2012

Deputado ator admite: recebeu dinheiro de Cachoeira

 O deputado federal e ator Stepan Nercessian (PPS-RJ) recebeu R$ 175 mil no ano passado do empresário Carlinhos Cachoeira, acusado de chefiar uma quadrilha que explorava o jogo ilegal. Stepan admitiu ao jornal Folha de S.Paulo que recebeu o dinheiro, após ser informado de que as transações aparecem em grampos da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, que levou à prisão de Cachoeira. Ele confirmou que recebeu do empresário um depósito no valor de R$ 160 mil em 17 de junho no passado.

Segundo Stepan, o montante era para ser usado na compra de um apartamento no Rio, avaliado em mais de R$ 500 mil. No dia 20 de junho, o deputado devolveu o dinheiro para a mesma conta de uma empresa do grupo de Cachoeira, segundo extrato que ele enviou à Folha.  O deputado diz que pode se licenciar. "Qualquer coisa que tenha que fazer, para esclarecer, a primeira coisa que farei é me licenciar. Mesmo eu estando tranquilo, o PPS não merece ser envolvido" .Stepan disse que é amigo de Cachoeira há muitos anos, já que os dois são de Goiás.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE - Redução nos Homicídios

31/03


2012

O novo ministro do Trabalho é mesmo Brizola Neto

 Com a volta da presidente Dilma ao palácio do Planalto, na segunda-feira, imagina-se para a próxima semana a oficialização de Leonel Brizola Neto como ministro do Trabalho. A informação é de Carlos Chagas, na sua coluna destes sábado. ''''Surpresas sempre acontecem, em especial neste governo, onde as notícias são consideradas inimigas quando transmitidas fora da hora. Parecem superadas, porém, as dificuldades que cercavam a nomeação do jovem deputado.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

acolher

31/03


2012

Apenas um espetáculo lamentável

Lamentável. Jovens que nem haviam nascido em 1964, vociferando, cuspindo e jogando ovos em velhinhos saídos da máquina do tempo, empenhados em dar “bananas” aos manifestantes. Bem que poderíamos ter sido poupados do espetáculo encenado na Avenida Rio Branco, no Rio, defronte ao Clube Militar. Porque demonstraram o desejo de voltar à idade da pedra tanto os que exaltavam a Comissão da Verdade quanto os que se reuniram para comemorar o 48 aniversário do golpe militar. Faz parte da democracia exprimir livremente o pensamento. Mas precisava ser na mesma calçada?(Carlos Chagas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

31/03


2012

Presidente do DEM nega ter recebido propina no RN

 O presidente nacional do DEM, senador José Agripino Maia (RN), afirma que as denúncias de que teria recebido R$ 1 milhão em doações para sua campanha eleitoral são infundadas. “É um despautério. Nego peremptoriamente que haja ocorrido algo desse tipo. Não tem o menor fundamento”, esclarece. A denúncia realizada pelo empreiteiro José Gilmar de Carvalho Lopes de que o senador José Agripino Maia (DEM-RN) teria recebido R$ 1 milhão em doações para sua campanha eleitoral, oriundas de um esquema de corrupção do Detran do Rio Grande do Norte, foi remetida para o Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel. Proprietário da Montana Construções, Lopes é acusado de participar de uma organização criminosa que desviou R$ 1 bilhão do Detran potiguar(Epoca - Felipe Patury)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/03


2012

Não é toma lá, da cá; é a defesa do povo

 O líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), aproveitou o plenário cheio para a votação da Lei Geral da Copa e subiu à tribuna para fazer um discurso de campanha a presidente da Casa. Como se sabe, Henrique Alves é candidato à sucessão do atual presidente da Casa, Marco Maia (PT-SP). Enfático, ele defendeu o direito de deputados da base aliada fazerem indicações para o preenchimento de cargos no governo. Se disse farto de responder a críticas de fisiologismo e perguntou:  ''''Quem vai ocupar esses cargos? Algum fantasma?''''. Henrique Alves também disse não aguentar mais as críticas às tentativas dos parlamentares de liberarem verbas no Orçamento. Disse que isso ”não é nenhum toma-lá-dá-cá” e sim a defesa das bases eleitorais dos representantes do povo. Recebeu uma salva de palmas.(Do blog Poder Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

31/03


2012

Ex-ministro defensor de bandidos?

 Marcio Thomaz Bastos, ex-ministro da Justiça e atual advogado de defesa do empresário de jogos Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, já foi chamado de “defensor de bandidos” por um dos parlamentares mais ligados ao contraventor, o senador Demóstenes Torres (DEM-GO). Em uma entrevista concedida em agosto 2003 ao veículo de Goiânia Tribuna do Planalto, Demóstenes afirmou que a vida toda, Thomaz Bastos foi defensor de bandidos: “Precisamos acabar com essa prática de advogado ser ministro da Justiça. Advogado é defensor de bandido. A vida toda ele [Thomaz Bastos] foi defensor de bandido e continua sendo. É o viés dele”.

A dúvida que fica é: será que agora Torres mudou de ideia ou continua pensando o mesmo a respeito de Thomaz Bastos, agora que está nas mãos dele ofuturo do bicheiro e amigo? Seria Carlinhos Cachoeira um “bandido” para o senador?   (Do portal BR247)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Arnaldo Amaral

Até Belzebu tem direito a advogado pra defendê-lo dos seus hipócritas seguidores, como o tal Demóstenes. Que contratou o profissional mais caro do Brasil a ser pago com parte do meu parco dinheirinho surrupiado pelo sacripanta!


Banner de Arcoverde

31/03


2012

Lula vai retomar suas peregrinações pelo País

 Ávido para retomar suas atividades sem o penoso tratamento contra o câncer, Lula avisou aos aliados que vai voltar a percorrer o País em meados de abrir, após o retorno das férias marcadas para a próxima semana. ''Ele está doido para andar o Brasil'', contou o senador Jorge Viana (PT-AC), após visitar o ex-presidente na tarde desta quinta, acompanhado do líder do PT no Senado, Walter Pinheiro (BA).

''A primeira boa notícia é que ele superou o câncer. A segunda é que ele está disponível para entrar em campo'', celebrou Viana. No PT, já se fala até na preparação de um ''grande evento'' em abril para comemorar a recuperação de Lula. ''O ganho dele merece várias comemorações'', pregou Viana.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Arnaldo Amaral

Essa figura desrespeita até os Sinais...

Glauber Honorio Filho

Será que ele vem ao enterro (politico) do Pref. João da Costa?



31/03


2012

OEA quer do Brasil a verdade sobre morte de jornalista

 A Comissão Interamericana de Direitos Humanos aceitou uma petição de grupos de direitos humanos para examinar o assassinato do jornalista Vladimir Herzog na ditadura militar, em 1975, e notificou Brasília a respeito, anunciaram as organizações.

Com isso está oficialmente aberto um processo que pode levar anos, mas culminará em recomendações ao governo brasileiro pela comissão, que é ligada à Organização dos Estados Americanos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/03


2012

Seccionais da OAB se unem para combater calote de precatórios

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, se reuniu com os 27 presidentes das seccionais da entidade para pedir para que todos se engajem na luta contra o calote dos governos estaduais e municipais que deixam de pagar precatórios devidos. A informação é do site de Cláudio Humberto.

 

O presidente nacional da Ordem solicitou que as seccionais participem dos comitês gestores de precatórios que, atualmente, são integrados apenas por tribunais. Isso porque há a expectativa de as seccionais passarem a integrar os comitês, de acordo com entendimentos com o Conselho Nacional de Justiça – CNJ, que também passará a exercer maior atuação na fiscalização do pagamento desses débitos públicos, que hoje somam mais de R$ 100 bilhões.

 

Às seccionais, o presidente da OAB nacional solicitou também que fizessem uma radiografia completa, dentro de 30 dias, com a situação dos precatórios em cada Estado. A finalidade é que esses dados sejam repassados ao CNJ. Ophir citou como exemplo o Estado de São Paulo, onde existe uma fila de mais de 40 mil pessoas esperando uma definição para receber por ações que ganharam na justiça contra o governo.  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/03


2012

Tribunal de Justiça do Rio corta benefícios de magistrados

Juízes e desembargadores fluminenses foram surpreendidos esta semana com o corte de alguns benefícios em seus contracheques, como informa o portal IG de notícias. Segundo magistrados, foram suspensos os pagamentos de acumulações, auxílios, férias e outros subsídios que ultrapassem o teto do funcionalismo. A determinação foi do presidente do Tribunal de Justiça (TJ-RJ), desembargador Manoel Alberto Rebêlo dos Santos.

 

Motivo de revolta de alguns magistrados foi o fato de o corte ter sido feito justamente no período em que o TJ passa pela inspeção da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), já que o ato pode gerar a suspeita de que haja irregularidades.

 

''Isso foi uma medida arbitrária, autoritária e ilegal de confisco'', disse o desembargador Siro Darlan, da 7ª Vara Criminal do Rio. ''Se o objetivo era esconder do CNJ, é uma coisa absolutamente burra. Basta ver o contracheque do mês passado. Todas as verbas que estamos recebendo são legais e constitucionais. Se não fossem, eu não queria ter recebido antes'', afirmou.

 

''Temos compromissos financeiros ajustados anteriormente e qualquer diminuição de parcelas que vinham sendo pagas regularmente há anos representa violação flagrante de nosso direito e invasão indevida de nosso orçamento doméstico'', protestou um magistrado. ''O Estado está falido? Se está, como andam os pagamentos para as obras da Copa e Olimpíadas às respectivas empreiteiras? Foram suspensos?'', questionou um juiz criminal.

 

Presidente em exercício da Associação dos Magistrados do Estado do Rio (Amaerj), o juiz Antonio Augusto Gaspar disse acreditar que os cortes ocorreram por problemas orçamentários. ''Tendo havido esse corte é porque houve motivo para isso. Entendo que deva ter ocorrido uma questão orçamentária'', disse o juiz. ''Esse corte não tem nada a ver com a presença do CNJ. A folha começa a ser elaborada muito antes''.

 

Já o presidente da Associação Nacional dos Magistrados Estaduais (Anamages), Antônio Sbano, disse que pediu esclarecimentos ao tribunal, uma vez que a medida provocou apreensão. ''Essa medida foi tomada sem ouvir o Tribunal. Foi ato pessoal do presidente do tribunal. Há uma apreensão porque as pessoas se programam em função de um valor mensal e o corte torna-se prejudicial'', disse Sbano.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores