Cabo Agosto 2021

05/10


2006

Vale a pena recordar

 Em política, recordar também é viver. Veja o que disse na coluna de Dora Kramer, em 15 de junho passado, o candidato do PSB a governador de Pernambuco, Eduardo Campos, sobre o seu novo aliado Armando Monteiro Neto, que está, neste momento, anunciando sua adesão ao socialista:

"Do candidato ao Governo de Pernambuco, Eduardo  Campos (PSB, ex-ministro de Ciência e Tecnologia), sobre a aliança do petista Humberto Costa com o petebista Armando Monteiro: "Se juntarmos as  derrotas das famílias Monteiro e Costa, construiremos uma longa estrada."


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

sonia lopes

Vida dificil Magno. Teu blog deu que Eduardo fez gol contra Mendonça e a menina ai acha que o Blog so fala bem de Mendoncinha. Que coisa, não?

sonia lopes

vVda dificil essa Magno. Teu Blog deu que Eduardo faz a primeira goleada em Mendonça e a menina ai acha que o Blog só fala bem de Dudu. Que coisa!

Nathália Hozzi

Magno, desse jeito cabe alguém pensar que nesse blog só sai notícia que agrade Mundicinha. Num pode ver Eduardo se dando bem que vai logo uma paulada encima dele. Por quê isso heim? O que está pr trás disso? Hã?

Horacio Filho

Eita Pedro, e tu já mamou com esse povo e foi muito, agora tu vem com essa, de todo jeito esse povo vai sair do cargos pq faz 7 anos que estão lá, mais do que justo sair.Todo governo é assim tem seus preferidos com Eduardo vc sabe quem é em Afogados...

Pedro Araújo

E eu doido pra vê muitos perderem a boquinha que tem no Estado. aquí em Afogados da Ingazeira principalmente, tem um monte. Dudú beleza saberá como tratar a todos, e com a maior delicadeza, pois como são muitos e estão de bucho cheio, eles poderão estranhar e não querer soltar as belas têtas.


Petrolina Julho 2

05/10


2006

Mendonça define seus coordenadores no Sertão

Os coordenadores do Sertão da campanha do candidato do PFL a governador de Pernambuco, Mendonça Filho, começam, amanhã, uma maratona de encontros com prefeitos e lideranças para traçar a estratégia do segundo turno. Estão marcadas reuniões para Salgueiro, Ouricuri, Petrolina e Afogados da Ingazeira.

No Sertão do Araripe, a coordenação ficou entregue ao deputado estadual reeleito Raimundo Pimentel (PSDB) e ao deputado eleito Emanuel Bringel, também do PSDB. No São Francisco, assumiu o deputado reeleito Ciro Coelho, do PFL.

"Vamos definir as prioridades e trabalhar intensamente no Sertão até o último dia da campanha", disse o deputado Raimundo Pimentel (foto), que concentrará seus esforços entre a região do Araripe e o Alto Sertão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

helenosilva

pedro araujo,vê se arruma uns votinhos ai em afogagos para o mendonça,senao o magno ....se afoga.

Drácula

DUDU... EXPLICA POR QUE O TRIBUNAL DE CONTAS DE UNIÃO SENTOU EM CIMA DE UMA AUDITORIA NO MINISTÉRIO QUE VOCÊ OCUPOU????? O QUE TEM NAS INVESTIGAÇÕES...... QUE PODEM ACABAR COM A SUA CAMPANHA SAFADA DE GOVERNADOR?????

Horacio Filho

Eita Pedro tu dinovo tu que já escreveu muito para os jornasis da capital metendo o pau em Arraes e Eduardo é pq tu mamava do outro lado, agora tu tais junto com o povo do prefeito de Afogados mamando tb agora fala mal do lado que tu deitou e rolou...

Thaylise Gomes

Bringel e Pimentel juntos? heheeh só se for por esta causa tão "nobre" que é eleger Mundicinha mesmo pra esses dois se unirem.. Quero ver isto na prática ;) que voltas que o mundo dá... =P

Pedro Araújo

Se preocupa não Heleno, porque aquí em Afogados da Ingazeira foi caco de mendocinha prá tudo que é lado. O prefeito daquí não dá mole não, é chumbo quente para estes enganadores, foi no 1º turno e maior será no 2º esta é do menino dos zóio azú . Que venha o mundicinha e sua trupe, é pisa grande.


Caruaru Novas Creches

05/10


2006

Frossard recua na defesa do voto nulo no Rio

 A candidata do PPS ao governo do Rio, Denise Frossard, recuou e disse que não vai mais votar nulo. A deputada concedeu entrevista de 10 minutos ao Jornal SBT Rio, na tarde desta quinta-feira, e disse que só fez essa declaração na terça-feira porque estava ferida e chocada com o fato de o candidato à Presidência da República Geraldo Alckmin (PSDB) aceitar o apoio de Anthony Garotinho, aliado de seu adversário ao governo do Rio, senador "Serginho Cabral" (PMDB), como foi citado por ela.

Ela ainda ressaltou dizendo que "não existe votar nulo, é um absurdo". A candidata, no entanto, afirmou que não sabe em quem vai votar e que se resguarda no direito de não revelar, pelo menos por enquanto.

Ela confirmou, porém, que vai se reunir nesta tarde com o presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (PE), que vem para o Rio com a missão de tentar convencê-la a manter a aliança com Alckmin.

Frossard disse que houve uma armação odiosa contra o tucano. Segundo ela, "Garotinho, Rosinha e Cabral fazem parte da política da malandragem e estão tentando dar o golpe em Alckmin, que é de Pindamonhangaba e não entende nada de Rio". A candidata ainda fez um alerta para o presidenciável tucano: "Aliança política desse tipo não é saudável".

Perguntada se aceitaria o apoio de Marcelo Crivella (PRP), que teve mais de um milhão e meio de votos no primeiro turno, ela disse que sim, mas com a condição de que ele não concordasse com o modelo de política que se tem visto com essas alianças. As informações são do portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Roberto Freire (desculpe o palavrão) vai tentar fazer a cabeça da juiza. Mas ela já percebeu que com os tucano$ a coisa não é tão diferente quando se trata do jogo bruto pelo poder. A crítica aos petistas fica só na retórica. A "ética" tucana é igualzinha: farinha pouca meu pirão primeiro!

Severino Isidoro Fernandes Guedes

A juiza Frossard é simplória em matéria de política, mas não é tonta o suficiente para ficar acreditando na ética e na moral da aliança tucano-pefelê. Agora com o acordo Alckmin-Garotinho ela percebeu que essa históriá de ética é só parolagem tucana. A ficha caiu e a juiza sumiu! 1x0 pro Lula.

Raimundo Eleno dos Santos

Acho que o gandula de Jarbas vai querer frossard á Denise. Será que vai encarar a magistrada. Com que cara. Ah! Ia me esquecendo, a bandeira dele e furta-cor. Ele é o camaleão neo-liberalista esquerdista transfugal.


Serra Talhada 2021

05/10


2006

Ciro e Tasso se enfrentam no Ceará

 Amanhã, os dois maiores líderes políticos no Ceará vão medir forças. De um lado, o deputado federal eleito Ciro Gomes (PSB), que pretende reunir todos 184 prefeitos cearenses no Hotel Meliá Marquise, em Fortaleza, em prol da reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no segundo turno, em 29 de outubro. Do outro lado, o presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissati, que marcou um almoço no La Maison Dunas Buffet, com os mesmos prefeitos, em favor da eleição de Geraldo Alckmin (PSDB). Tasso espera dobrar a votação de Alckmin no Ceará – que no primeiro turno ficou com 22,79%, contra 71,22% de Lula. Informações da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Criatura versus Criador. Quem é melhor?



05/10


2006

Mantega diz que MP não tem impacto eleitoral

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quinta, em entrevista coletiva, que a edição de medida provisória (MP) que liberou, ontem, R$ 1,5 bilhão do Orçamento para gastos é de rotina e não tem impacto eleitoral e político. "Ninguém está olhando para isso", disse o ministro. "Não vejo como isso pode ter impacto eleitoral", acrescentou, referindo-se à liberação, por exemplo, de R$ 148 milhões para prevenção da gripe aviária e de R$ 539 milhões para pagamento de serviços prestados pela Caixa Econômica Federal ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Segundo Mantega, a MP foi editada com base em avaliações das receitas do governo em setembro, que, segundo ele, apresentaram melhora. Por isso, na avaliação do ministro, não há incoerência da MP com o corte de R$ 1,6 bilhão que o governo fez em setembro. Mantega explicou que o corte foi feito com base em um relatório bimestral de julho e agosto que o governo enviou ao Congresso em setembro. Naquele momento, segundo ele, foi detectada uma queda das receitas em relação ao que o governo havia projetado para o período.

O ministro da Fazenda acrescentou que os gastos autorizados pela MP de ontem estão no "espaço orçamentário" que permite "fechar as contas" com o superávit primário dentro da meta de 4,25% fixada para 2006. Ele disse que, se o próximo relatório de receitas e despesas indicar necessidade, o governo fará outro corte nas despesas, "até maior".  As informações são da Gazeta Web.



Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

05/10


2006

Luís Estevão deve ser transferido para penitenciária

A Polícia Federal (PF) em São Paulo informou nesta quinta-feira que pediu uma vaga no sistema penitenciário do estado para transferir o ex-senador Luiz Estevão de Oliveira. Ele está na carceragem da PF desde quarta-feira, quando foi preso durante audiência na 12ª Vara Cível Federal, em São Paulo.

Ainda na quarta-feira, a defesa do ex-senador entrou com um pedido de habeas corpus, que deve ser julgado nesta quinta-feira. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, a transferência será feita assim que o sistema penitenciário paulista indicar a diponibilidade de vaga. As informações são da Agência Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes Junho 2021

05/10


2006

Ciro Gomes diz que Lula não precisa se licenciar

O ex-ministro e deputado eleito pelo PSB do Ceará, Ciro Gomes, disse nesta quinta-feira que não vê necessidade nenhuma de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se licenciar do cargo para se dedicar à campanha no segundo turno. Segundo ele, todas as atividades que o presidente está desenvolvendo são legítimas.

Ciro Gomes condenou, no entanto, a participação de ministros em campanha em horário de expediente, citando, inclusive, o caso do controlador geral da União, ministro Jorge Hage. "Ministro é funcionário de Estado. Pelo código de ética que nós nos impusemos, ministro só pode fazer campanha fora do horário do expediente. Por exemplo, Jorge Hage não podia ter ido para a reunião ontem com carro oficial. Metam o pau nele", afirmou.

Ele recomendou que os ministros não misturem expediente com campanha, que participem deste tipo de trabalho fora de horário de expediente, de licença ou de férias, mas não no horário de trabalho.

Ainda se referindo ao Jorge Hage, Ciro declarou que o ministro deveria ser obrigado a pagar a gasolina naquele trajeto, a hora extra do motorista e uma taxa de abuso porque moralista tem de ser mais sério que as outros. As informações são do Estadão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Acho que Lula deveria pedir licença de 15 dias para participar mais ativamente da campanha. Visitar mais cidades em todos os Estados, especialmente às que teve percentual menor de votos. Fazer uma cruzada em todos os quadrantes do Brasil. Sua presença é importante.O povo gosta de ver seu líder.



05/10


2006

DF: Abadia se recusa a subir no palanque com Arruda

Depois de cogitar a possibilidade de subir no mesmo palanque do governador eleito José Roberto Arruda (PFL) a fim de pedir votos para o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB), a chefe do Executivo, Maria de Lourdes Abadia (PSDB), voltou atrás. Em reunião da Executiva local, na manhã desta quinta-feira, a tucana jogou a responsabilidade para os eleitores. “É um apelo dos meus eleitores. Eu não teria argumentos para eles, caso eu esteja no mesmo palanque de meu adversário”, disse.

Nesta quarta-feira, no primeiro encontro com o pefelista após sua derrota nas urnas, Abadia chegou a confirmar, de forma constrangedora, que poderia estar junto de Arruda em um mesmo palanque pró-Alckmin. No entanto, na reunião de hoje, a Executiva do partido liberou a tucana para decidir como gostaria de demonstrar apoio ao presidenciável.

Ontem, de forma cordial, Abadia garantiu que a transição entre as gestões vai ocorrer sem dificuldades. Prometeu abrir as portas do Executivo para que a nova equipe trabalhe. A governadora afirmou não guardar mágoas, desejou boa sorte a Arruda e reafirmou que será uma fiscalizadora do governo do ex-adversário de campanha. As informações são do Correio Web.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

O PFL, PSDB, PPS e PMDB... estão se engalfinhando.Também no Rio de Janeiro, ninguém se entende. César Maia, Frossard, Garotinho, Rosinha. Parece fogo de monturo. Alckmin é um pateta trapalhão.

Fernando Vieira

Imaginem!!! Paulo 100 Octávio e Arrudinha Arrependido vão tomar conta dos cofres do Distrito Federal. Vai ser uma administração muito profícua!!!



05/10


2006

Sanguessugas: depoimento desmente Magno Malta

Um depoimento dado nesta quinta-feira ao Conselho de Ética do Senado complica ainda mais o processo contra o senador Magno Malta (PL-ES), acusado de envolvimento com a máfia dos sanguessugas.

Uma contradição envolve um Fiat Ducato, principal ponto da investigação. Magno Malta teria recebido em 2003 o carro da Planam, empresa que comandou o esquema de compra de ambulâncias superfaturadas com emenda parlamentar. Malta sempre alegou que o carro foi emprestado a ele pelo deputado Lino Rossi (PP-MT) em 2003 e diz que nunca soube que o veiculo era da Planam.

A versão já foi confirmada pelo próprio Rossi no mês passado ao Conselho de Ética. Segundo o deputado, o veiculo foi doado pela Planam para campanha eleitoral em 2002. Depois, Rossi diz que vendeu o veiculo para uma factoring e o recomprou da mesma em 2003, repassando-o para Malta, sem qualquer participação da Planam.

O problema é que Luiz Antônio Vedoin, dono da Planam, desmentiu Rossi no mesmo conselho. Disse, em setembro, que foi ele quem comprou o carro da factoring em 2003 e o entregou a Malta em troca de promessas de emenda para ambulâncias. Emendas, porém, que nunca foram apresentadas.

E quem depôs nesta quinta foi o dono da factoring, Valcir Piran. Ele confirmou a versão de Vedoin. Disse que vendeu o carro para a Planam em 2003, sem qualquer contato com Lino Rossi. Por quê Rossi estaria mentindo? “A motivação é proteger alguém”, acredita o senador Demóstenes Torres (PFL-GO), relator do processo contra Malta.  As informações são do Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/10


2006

Vassourada atingiu parentes de Inocêncio e Sebastião

 O deputado estadual Sebastião Oliveira (PL) rompeu com o prefeito de Serra Talhada, Carlos Evandro, por causa das demissões dos cinco secretários e 17 diretores do segundo escalão. Na lista, estavam até parentes do parlamentar, como o diretor da Secretaria de Agricultura, Rafael Oliveira, tio do deputado, além de um amigo muito próximo, o advogado Paulo Moura.

O deputado garantiu, também, que seu rompimento foi acompanhado pelos vereadores João Rafael, o mais votado na eleição passada, e Paulo Melo, presidente da Câmara de Vereadores do Município. "O rompimento do nosso grupo político com o prefeito é irreversível", afirmou, acrescentando que Inocêncio Oliveira também está de relações rompidas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Carlos-Serra Talhada

até porque tenho respeito a vcs.

José Carlos-Serra Talhada

tudo bem, cada qual tem suas opiniões, não vou polemizar.

osgone

Quem sabe responder qual o grupo politico que pertence o prefeito de >Serra Talhada? Foi eleito por qual Grupo? Quem Elegeu? Quem é o judas ? Mediu forças com o gago dançou.

caca di serrat

Tenho que discorda com o amigo que vem afirma que atraição é de Inocêncio. Por a caso quem usa de autoritarismo é o prefeito ao tomar essa atitude e não deixar os cargos comissionados decidirem em quem desejam vota. Vivemos em uma democracia e todos tem direito de escolha.

José Carlos-Serra Talhada

Na Camara tinha o Sr Paulo Melo como presidente, só não colocou a familia toda por conta da lei de responsabilidade fiscal e as demissões que o prefeito fez hj.


Coluna do Blog
Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores