FMO janeiro 2020

26/02


2009

Frente a Frente aborda violência praticada pelo MST

O Frente a Frente, que volta hoje depois da paradinha do Carnaval, repercute o conflito de terra em São Joaquim do Monte, que resultou na morte de quatro seguranças de uma fazenda. Falam sobre o assunto o superintendente do Incra, Abelardo Siqueira; o líder do Governo na AL, Isaltino Nascimento; e a vice-líder da oposição na AL, Terezinha Nunes.

Outro convidado é o prefeito em exercício de São José do Egito, Eclériston Ramos, que tratará dos preparativos para as comemorações do centenário do município em 9 de março. O Frente a Frente é retransmitido, hoje, por uma rede estadual com 17 emissoras. Veja a lista das rádios abaixo:

Liberdade FM de Caruaru

Pajeú de Afogados da Ingazeira

Integração FM de Surubim

Vila Bela de Serra Talhada

Gazeta FM de São José do Egito

Itaquitinga FM

Bitury de Belo Jardim

Vida FM de Salgueiro

Portal digital de Paulista

Arcoverde FM

Gameleira FM de Ibirajuba

Papacaça de Bom Conselho

Cardeal de Arcoverde

Serrinha FM – Serrita

Canaã FM de Palmares

Farol FM de Taquaritinga do Norte

Rádio Calheta FM


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

emmanuel soares

hoje finalmente eu poderei escutar o programa, caro magno gostaria q vc me mandasse um abraço e também pra minha cidade do coração SERRITA


IPTU Cabo

26/02


2009

Governo concorda em retirar cobrança de IOF do leasing

Após a reação negativa do mercado financeiro e dos partidos de oposição, o governo acabou aceitando retirar da Medida Provisória 449/09 os três artigos que instituíam a cobrança de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre as operações de leasing.

 

A MP 449 tranca a pauta da Câmara a partir deste sábado (28) e será o primeiro item a ser examinado pelo Plenário na próxima terça-feira (3), quando os deputados voltarão do recesso branco de carnaval.O relator da MP, deputado Tadeu Filippelli (PMDB-DF), passou esta manhã reunido com a equipe econômica do governo para tratar do tema e conseguiu acertar a retirada dos artigos 40, 41 e 42, que criavam o primeiro passo para a taxação do IOF sobre o leasing.

 

As operações com leasing cresceram 67,2% em 2008. A carteira de crédito dessa modalidade de financimento foi de R$ 106,67 bilhões. Os novos negócios chegaram a R$ 79,63 bilhões, valor 46,27% superior ao registrado em 2007. Os dados são da Associação Brasileira das Empresas de Leasing (Abel), que considerou 2008 o melhor ano para essa indústria.( Congresso em Foco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/02


2009

Inadimplência atinge maior nível em sete anos

Apesar de ter atingido no mês passado o patamar mais elevado desde maio de 2002, a inadimplência bancária de pessoas físicas não preocupa o Banco Central (BC), que a classifica como ''sazonal'' para janeiro. O BC garante ainda que esses atrasos já estão embutidos na puxada das taxas de juros dos empréstimos que os bancos fizeram desde o auge da crise mundial em setembro do ano passado.

''A inadimplência não explodiu'', rebateu o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes. A taxa de atrasos entre 15 e 90 dias em operações de pessoas físicas subiu a 8,3%, ante 8,0% em dezembro e 7,1% em janeiro de 2008. É o índice mais alto desde os 8,4% registrados em maio de 2002.

Para Lopes, há dois fatores importantes sobre esse comportamento: o peso forte da carteira de crédito ao consumidor (CDC) de veículos que concentram operações antigas e o fato de que ''a inadimplência sempre sobe em janeiro''. (Valor Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

acolher

26/02


2009

UE busca relação "forte, adulta e madura" com Brasil

O diretor para a América Latina da Comissão Europeia (CE), Stefano Sannino, destacou hoje a importância de a União Europeia (UE) manter com o Brasil uma relação "forte, adulta e madura", em razão do peso mundial da economia brasileira, que qualificou como "emergida, e não emergente".

Sannino disse em entrevista à Agência Efe que o Brasil, parceiro estratégico do bloco europeu desde 2007, não pode ser considerado apenas um "ator regional, em função de suas dimensões, tamanho e força econômica"."(O Brasil) não é uma economia emergente, é uma economia emergida, e é normal que se crie uma relação de paridade entre esse país e a UE", acrescentou.

Sannino afirmou ainda que o Brasil "não é somente um país receptor de investimentos, mas é também um investidor, não é somente agrícola, mas é industrial e oferece serviços". O diretor da CE disse que, por esse motivo, é preciso "um relacionamento adulto e maduro com o Brasil", que também deve assumir suas "responsabilidades, como é normal em um país com tanta capacidade". (EFE)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/02


2009

Turistas visitam Congresso vazio

 

 

 

 

 

 

 

 

Com o Congresso sem previsão de sessões deliberativas nesta semana, turistas aproveitam esta quinta para fazer fotos no plenário vazio da Câmara dos Deputados. (Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Casa de Noca, casa de Mãe-Joana, para ficar só nestes dois. Pois ainda teria: ANTRO, COVIL...

Lêda Rivas

Na verdade, Magno, com ou sem a presença dos parlamentares, o Congresso é um grande espaço vazio.


Cúpula Hemisférica

26/02


2009

PMDB deve manter Temer na presidência do partido

 A cúpula do PMDB da Câmara já decidiu: quem estará no comando do partido na sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o deputado Michel Temer (SP). A notícia agrada aos tucanos que querem a candidatura presidencial do governador de São Paulo, José Serra. Eles vêm em Temer não só um interlocutor confiável, como um aliado que pode ter papel estratégico em 2010, ajudando a ampliar o número de serristas no PMDB.

"Não há a menor possibilidade de o PMDB interromper o mandato de Michel Temer à frente do partido. Ele fica na cadeira de presidente até março de 2010", disse o líder peemedebista na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN). Depois desse prazo, seria "reconduzido" a mais um mandato. "Não só fica, como é candidato natural à reeleição", disse Alves. Temer está licenciado do comando da legenda desde que assumiu a presidência da Câmara e vinha negando a intenção de acumular os dois cargos. Mas agora seus aliados argumentam que abrir uma nova disputa interna só serviria para aprofundar as mágoas e o racha provocado pela eleição para o comando das duas Casas no Congresso.

A candidatura vitoriosa de José Sarney (AP) à presidência do Senado foi vista como prejudicial à de Temer - havia resistências a uma dupla vitória peemedebista no Congresso -, mas mesmo assim ele acabou eleito. O PMDB da Câmara, unido, possui força suficiente para impor o nome de Temer, mesmo contra a vontade de senadores do partido. (Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

26/02


2009

Líderes indicam nomes para comissões da Câmara

Após o feriado do Carnaval, os líderes partidários retornarão à Câmara com a determinação de encerrar a polêmica sobre os principais cargos na Casa, especialmente os de comando das comissões permanentes. Na divisão de funções seguiu-se ordem da proporcionalidade, deixando o PMDB, PT, PSDB e DEM com os principais comandos. Porém, o fato não põe fim às críticas e ameaças de denúncias.

O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), marcou para a próxima terça-feira com os líderes partidários para receber as indicações dos nomes que vão compor as comissões permanentes na Casa. Na quarta-feira (4), ocorrerão as eleições para os cargos de presidente e vice-presidente de cada comissão.

Para a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), deverá ser indicado o deputado federal Tadeu Filippelli (PMDB-DF). O PMDB vai comandar a Comissão de Minas e Energia sob comando do deputado Bernardo Ariston (PMDB-RJ). A terceira comissão que ficará sob responsabilidade do PMDB é a de Seguridade Social, ainda sem definição de nomes. O PT será responsável por três presidências, incluindo a de Finanças e Tributação que ficará sob comando do deputado Vignatti (PT-SC). O PSDB presidirá a Comissão de Fiscalização e Controle e a Comissão de Ciência e Tecnologia.

Com o PSDB, o DEM, PP e PSB ficaram com duas presidências. O DEM será responsável pelos comandos das comissões de Agricultura e Desenvolvimento Urbano mantendo as críticas ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e ao sistema de reforma agrária definido pelo governo federal. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

26/02


2009

Funcionários de Furnas fazem paralisação

Representantes de mais de 20 entidades sindicais e de associações de funcionários, aposentados e pensionistas estão reunidos com o presidente de Furnas, Carlos Nadalutti Filho, desde as 9h, no Rio. Os funcionários, que paralisaram os serviços da empresa até o meio-dia desta quinta-feira (26), se mobilizaram contra o que chamaram de manobra do governo federal e do ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, para mudar a direção do fundo de pensão dos eletricitários, a Fundação Real Grandeza.

De acordo com o conselheiro eleito em 2005, Jeovah Machado, há uma manobra política para substituir a atual direção, eleita em 2005, por quadros do PMDB. Eles dizem que estão lutando pelo patrimônio da Fundação Real Grandeza. "Essa diretoria que está aí conseguiu recuperar o patrimônio da Real Grandeza. Esse fundo não é de Furnas, não é do governo, é dos funcionários e pensionistas. Não há motivo para mudar a direção quando ela está defendendo o nosso patrimônio. Se há uma quadrilha, como disse um senador do PMDB, ela está cercando o ministro. Ela não está na Fundação", disse Machado.

Os manifestantes prometem permanecer mobilizados até o final desta reunião. E dizem que vão se manter alertas até a próxima quarta-feira, quando será realizada uma reunião em Furnas. (G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

26/02


2009

GM do Brasil coloca mais 300 funcionários em licença

A unidade brasileira da montadora norte-americana General Motors (GM) dará, a partir de hoje, licença remunerada a 300 funcionários da produção da fábrica de São Caetano do Sul (SP), para retorno no fim de março. Hoje também vencem os contratos de cerca de 600 de um grupo de 1.633 trabalhadores temporários que estão em licença desde o mês passado.

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano realiza hoje, nos portões da fábrica, manifestação para reivindicar a renovação dos contratos. Na última sexta-feira (dia 20), em reunião com sindicalistas, executivos do setor de Recursos Humanos informaram que a empresa deve dispensar a maioria dos temporários. "Disseram que o mercado de carros ainda não reagiu o suficiente para manter esse pessoal", disse o vice-presidente do sindicato, Francisco Nunes. Segundo ele, no máximo 30 pessoas contratadas para a área de manutenção deverão permanecer.

Além dos 600 contratos que vencem hoje, a partir da próxima segunda-feira (dia 2) vencem em média 50 contratos ao dia, até totalizar os 1.633 funcionários que foram selecionados para atuar no terceiro turno de trabalho criado no ano passado, mas suspenso em janeiro. (Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/02


2009

Padre deputado desafia arcebispo: vai celebrar missa

 O deputado federal e padre, Luiz Couto (PT-PB), (foto), rebateu a decisão da Arquidiocese da Paraíba de suspender suas atividades enquanto sacerdote e disse que não foi notificado da decisão. “Vou continuar celebrando missas em casa, entre amigos”, afirmou.

O arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, emitiu uma nota oficial nesta quarta-feira (25) comunicando a suspensão do padre-deputado sob a alegação de que Luiz Couto estaria defendendo explicitamente princípios contrários ao Vaticano, como por exemplo o uso de camisinha e a defesa às uniões homossexuais.

Luiz Couto disse ainda que defende sim essas orientações, mas enquanto parlamentar e não como sacerdote. A proibição é válida apenas para as 75 paróquias subordinadas ao arcebispo dom Aldo Pagotto. Para celebrar em outras igrejas, Couto poderá pedir permissão antes.

O arcebispo explica: o padre deputado pode voltar a exercer a função de sacerdote, desde que se retrate publicamente.(Portal Paraiba 1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

O arcebispo precisa urgentemente deixar a idade medieval. Estamos em pleno século 21 e tais entendimentos não condiz com a modernidade. Além do mais, desde os primórdios da civilização que há homessexuais, e todos os seres vivos são filhos de DEUS.Não há no seu Reino nenhuma distinção entre os seres


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores