Lavareda

08/02


2013

Palmeirina: prefeito impede que orquestra ensaie ao ar livre

palmeirina gde

Ontem (7), por volta das 20 horas, a Orquestra de Frevo Manoel Lafaiete realizava, como de costume, seu último ensaio na praça central do município de Palmeirina, no Agreste do Estado, quando o prefeito Renato Vicente (PMDB) e o vereador Márcio Timóteo Vicente (PMN) – o Xerife – mandaram que a Polícia Militar interrompesse o ensaio, impedindo que a banda realizasse seus últimos preparos para se apresentar na capital pernambucana.

A orquestra, que existe desde 1983 e se apresenta no Recife desde 2009, tentava manter a tradição de ensaiar ao ar livre, proporcionando à população do município uma prévia de como seriam suas apresentações ao longo do período carnavalesco, um ato que, pelo visto, será fortemente combatido pela gestão peemedebista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ALEXANDRE JOSÉ DIAS

POLITICAGEM BARATA; MAIS NA DEMOCRACIA CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE.

Jairon Pacheco

Impedir que manifestações culturais como está seja feitas em praça publica e um abuso de autoridade que esse prefeito pensa que tem essa cidade não tem promotor de justiça nem juiz de direito não ? que vergonha para PE.

enoque viana de oliveira filho

A MERTA O SEU PREFEITO JÁ FEZ. NÃO TEM VOLTA.

CELSO EVANDERLY DA SILVA VIANA

Acho engraçado é que se publica o que se paga, sobre o fato quem denunciou foi a população que estava encomodada com as bombas, e o ex-prefeito Eudson Satã, usou deste ato para fazer desordem e ato politico. Mais e mais facil publicar que perguntar. Fica da dica

JORGE GUERREIRO

A culpa é de quem VOTOU nesse IMBECIL.


ALEPE

08/02


2013

Carpina: servidores denunciam atraso nos salários

Em contato com o blog, há pouco, funcionários efetivos da Prefeitura de Carpina denunciaram o não pagamento do salário referente ao mês de dezembro do ano passado e relataram não haver, até o presente momento, qualquer sinalização de que o débito possa vir a ser quitado em curto espaço de tempo.

Ainda de acordo com os denunciantes, o salário de mês de janeiro encontra-se defasado em cerca de 34% e, em alguns setores do funcionalismo, sequer houve pagamento. Ou seja, os trabalhadores vinculados a administração municipal estão a dois meses sem receber a remuneração que, por lei, têm direito.

Por fim, os funcionários, que não quiserem ter suas identidades reveladas com medo de represálias, informaram que, após diversas tentativas frustradas de comunicarem-se com o departamento de recursos humanos e com a assessoria jurídica da prefeitura, pretendem agora acionar os órgãos competentes para que estes obriguem o prefeito Carlinhos do Moinho (PSB) a cumprir a legislação trabalhista com o zelo e a dignidade que o funcionalismo tem direito.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ALEXANDRE JOSÉ DIAS

UMA VERGONHA MINISTÉRIO PÚBLICO SE MANIFESTE. NÃO ENTENDO COMO POR EXEMPLO VERBAS DO FUNDEB, CARIMBADA, NÃO ATRASA, 60% PARA VENCIMENTOS DOS PROFESSORES E SE ATRASA SALÁRIOS; NINGUÉM VAI PRESO QUE PAÍS É ESSE. É SÓ PROPAGANDA E O GOVERNADOR APADRINHANDO ESSES PREFEITOS.

Ramilson Correia de Carvalho

O governador é também errolam feito ele. Fez um plano de carreira fajuto nas repartiçoes públicas. Tem muitos funcionários com vinte e cinco anos na repartição que trabalho recebendo como dez anos de serviço. É só enrolação. E ainda quer ser presidente!!!

ORLANDO FRANCISCO DA SILVA

O POVO DE CARPINA SABIA QUEM ERA CARLINHOS DO MOINHO TROCARM O CERTO PELO DUVIDOSO ELE É DO PSB PARTIDO DO GOVERNADOR QUE MAU EXEMPLO


O Jornal do Poder

08/02


2013

PDT articula ataque com Edmundo e Romário












A política poderá unir uma dupla que passou anos brigando no futebol. O PDT está montando uma chapa com Romário e Edmundo para a eleição de deputados federal e estadual no Rio de Janeiro.

A filiação de Edmundo só não está totalmente sacramentada porque nos últimos dias PMDB e PSD entraram na briga por sua filiação. Insatisfeito no PSB, Romário ligou para Carlos Lupi e disse que quer sair do partido.

Segundo Lauro Jardim, a dificuldade será convencer a cúpula do seu partido a não reivindicar judicialmente o mandato baseado na lei da infidelidade partidária.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ERILIO LIMA SANTOS

Ainda dizem que brasileiro nao sabe votar, como não sabe? Os partidos compram os votos dos incautos, tolos, bestas torcedores, para votarem nesses delinquentes a serviçodo capital. salve-nos DEUS.


Abreu no Zap

08/02


2013

PSB lança candidato à presidência da UVP















A eleição para a presidência da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP) segue causando polêmica. Em São José do Egito, o vereador Flávio Jucá (PSB) se manifestou publicamente e resolveu colocar seu nome na disputa pelo cargo. “A UVP precisa de renovação e não pode acontecer como na Assembleia Legislativa, onde o presidente está se perpetuando no mandato. O deputado Guilherme Uchôa (PDT) é um péssimo exemplo para o rodízio de poder. [...] Estamos nos articulando, a começar pelo Pajeú, onde termos [o PSB] tradição na política pernambucana”, frisou o socialista.

Para os membros da sigla, a candidatura de Flávio Jucá é vista como o “início de uma luta de todo pajuzeiro” e que, por isso, a legenda irá se articular para iniciar uma conversa com os vereadores da região e pedir votos para Jucá.

Sobre a Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE), Gilberto Rodrigues, membro do PSB, disse que o apoio a José Patriota, prefeito de Afogados da Ingazeira, é irrestrito e que sua candidatura “estará representando muito bem os prefeitos de Pernambuco”. Por fim, Gilberto fez questão de falar sobre a possível candidatura do governador Eduardo Campos para presidência da República: “O povo está começando a entender que é um grande nome para 2014. O mais preparado e dinâmico e que representa o modo gestor de governar”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Glaucio Clésio Verçosa Souto

bom dia! caros leitores, com tanta preocupação da sigla PSB, preciso de uma ajuda para lançarmos um candidato a Presidente de sala de aula nas escolas Brasileiras????? é a sigla tudo é meu, mando e posso!!!



08/02


2013

AMPPE emite nota de repúdio contra vice-prefeito de Jaboatão

Em contato com o blog, a Associação do Ministério Público de Pernambuco (AMPPE) enviou nota de repúdio com relação aos esclarecimentos prestados pelo vice-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Heraldo Selva (PSB), quanto a sua decisão de renunciar à nomeação para presidência da URB, oportunidade em que atribuiu sua postura à perseguição de adversários políticos e às ações manejadas pelo MPPE e que, por não ter tido “coragem de citar nominalmente” os envolvidos na suposta perseguição, levou o promotor Antônio Fernandes Oliveira Matos Junior a se posicionar, em nome do órgão, perante tais acusações.

Segue a íntegra:

"NOTA DE REPÚDIO
 
A Associação do Ministério Público de Pernambuco – AMPPE- entidade que congrega os Promotores e Procuradores de Justiçado Estado de Pernambuco, fundada no dia 17 de junho de 1946, por força do que disciplina o art.2º, alíneas “a” e “f”, do seu Estatuto Social, vem a público apresentar NOTA DE REPÚDIO aos esclarecimentos prestados pelo Vice-Prefeito do Município de Jaboatão dos Guararapes, Sr. HERALDO SELVA, reproduzida na data de ontem por toda imprensa pernambucana, diversos blogs e redes sociais, quanto a sua decisão de renunciar à nomeação para assumir a presidência da URB, sediada nesta cidade, oportunidade em que atribuiu a sua postura à perseguição de adversários políticos e às ações manejadas por Membro do Ministério Público de Pernambuco, que não teve a coragem de citar nominalmente, pois conhecedor da honradez, postura ética e credibilidade de que desfruta o Promotor de Justiça, Dr. Antônio Fernandes Oliveira Matos Junior, não apenas em Jaboatão dos Guararapes, mas em todas as Comarcas do Estado nas quais trabalhou e também entre os seus pares, cabendo ainda esclarecer à sociedade pernambucana:

1. O Sr. HERALDO SELVA foi eleito democraticamente pelo povo do município de Jaboatão dos Guararapes para ocupar o cargo de Vice-Prefeito, tendo sido candidato por vontade própria nas últimas eleições municipais. Após tomar posse no citado cargo público, recebeu convite para assumir a presidência da Empresa de Urbanização do Recife, empresa pública sediada no município do Recife, vinculada ao Poder Executivo Municipal.
 
2. Nesse sentido, encaminhou à Câmara Municipal de Jaboatão pedido de autorização de afastamento para ocupar o cargo para o qual foi convidado no Poder Executivo do Município do Recife. Com esse movimento, pretendia o citado gestor acumular os cargos de Vice-Prefeito e Presidente da URB, situação inconciliável por impedimento expresso previsto na Constituição Federal (§ 1º do art. 28 c.c o 38 e seus incisos).

3. O impedimento constitucional previsto no § 1º do art. 28 da Constituição Federal, que se aplica aos Governadores, Prefeitos e respectivos vices impõe a perda do mandato ao agente que “assumir outro cargo ou função na administração pública direta ou indireta, ressalvada a posse em virtude de concurso público e observado o disposto no art. 38, I, IV e V”.

4. Diante da situação descrita, a Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e Social de Jaboatão dos Guararapes, por ação constitucional e legal do Promotor de Justiça, Dr. ANTÔNIO FERNANDES OLIVEIRA MATOS JÚNIOR, instaurou procedimento próprio que resultou na RECOMENDAÇÃO Nº 01/13 – PP Nº 005/2013, datada de 01/02/2013, direcionada à Câmara Municipal para que seus integrantes se abstivessem de autorizar o Senhor Vice-Prefeito a exercer qualquer outro cargo público na Administração Pública Federal, Estadual ou Municipal, sob pena de incidirem em improbidade administrativa.
 
5. Ocorre que o expediente sequer chegou a ser deliberado pela Câmara Municipal de Jaboatão dos Guararapes, haja vista que o próprio Senhor Vice-Prefeito declinou do convite, reconhecendo assim a supremacia da Constituição Federal e a incidência de impedimento intransponível à acumulação de cargos públicos. Mas o fez, entretanto, de forma contrariada. Deu vazão a mágoas infundadas decorrentes de ação legítima do Membro do Ministério Público Estadual ao taxar sua ação de “deletéria” e fruto de “incontrolável desejo de conquistar notoriedade a qualquer custo”, chegando ao final ameaçar o Promotor de Justiça com uma representação formal junto ao Conselho Nacional do Ministério Público.

6. A ação do Promotor de Justiça Dr. ANTÔNIO FERNANDES OLIVEIRA MATOS JÚNIOR nada teve de deletéria, pois calcada na defesa da legalidade, moralidade, impessoalidade, eficiência administrativa e da ordem jurídica, a qual cabe zelar por força do disposto nos arts. 127 e 129, inciso III, da Constituição Federal. Teve como centro, a certeza de que a anterioridade da Lei e a consequente preservação e observância das normas constitucionais constituem a segurança jurídica do cidadão contra o poder do Estado e seus agentes, especialmente no que diz respeito à preservação dos seus direitos e garantias e contra o patrimonialismo que tanto dano tem causado ao País ao longo da sua história.

7. Por outro lado, merece ser ressaltado que o Membro do Ministério Público, diferentemente dos ocupantes de cargos eletivos, assumem seus cargos mediante a aprovação em concurso público de provas e títulos nos quais a notoriedade pública não tem poder de influência, porquanto sob a gênese do mérito.

8. Não se pode confundir credibilidade com notoriedade pública, pois a primeira é fruto do trabalho ético, sério, determinado e impessoal, como conquistada pelo Dr. ANTÔNIO FERNANDES OLIVEIRA MATOS JÚNIOR, cuja postura profissional honra os seus pares e a sociedade pernambucana; a segunda, por vezes, é filha do acaso e da generosidade de terceiros, não demandando, necessariamente, esforços e sacrifícios pessoais.

9. Quanto à ameaça de representação, tranquilize-se a população de Jaboatão dos Guararapes, pois de modo algum irá intimidar ou repercutir negativamente no trabalho da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e Social daquela Comarca. A mesma diligência, cuidado e o trabalho ético, destemido e combativo serão mantidos pelo Dr. ANTÔNIO FERNANDES OLIVEIRA MATOS JÚNIOR ou por qualquer outro Membro do Ministério Público que venha a ocupar o cargo.

10. Daí porque, espera ansiosamente a Associação do Ministério Público de Pernambuco pela impetração da representação do Senhor Vice-Prefeito junto ao Conselho Nacional do Ministério Público por ter certeza de que, uma vez apurados os fatos que a originaram, transformar-se-á em voto de louvor pelo excelente trabalho que vem desenvolvendo o Dr. ANTÔNIO FERNANDES OLIVEIRA MATOS JÚNIOR à frente da Promotoria de Defesa da Cidadania e do Patrimônio Público e Social de Jaboatão dos Guararapes, bem assim por propiciar os elementos necessários para que busquemos em todas as vias as reparações devidas.
 
Recife, 07 de fevereiro de 2013.
A DIRETORIA"


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernando José de Albuquerque lins

ESSE RAPAZ É CRIA DO SR. EDUARDO CAMPOS(GOVERNADOR),NÃO TEM NENHUM ESCRUPULOS. PARABÉNS DR. ANTÔNIO FERNANDES.

JORGE GUERREIRO

Esse RAPAZINHO (Selva), não é nada BESTA, queria ficar nos DOIS CARGOS recebendo os respectivos SALÁRIOS. Ôh meu DEUS!!!

EDVALDO LIMA FILHO

Este promotor é tão preocupado com a população de Jaboatão deveria andar mais pelo município para ver se encontra algo para ajudar e não ficar atras de gabinetes esperando algo acontecer para poder aparecer. sei que vocês não são eleitos e nem poderiam não tem respaldo popular para tal.

roberto lima

Retificação. onde se lê no comentário "Engenheiro Civil muito competente e honesto (coisa rara)" leia-se "Engenheiro Civil muito competente e uma pessoa honesta (coisa rara). Expressei-me mal. O "raro" refere-se ao "honesto". Obrigado ao Azevedo pelo alerta !

azevedo

Engenheiros civis competentes e honestos são a maioria. Poucos porém caem nas graças de políticos...


Banco de Alimentos

08/02


2013

PCR transformará Geraldão em arena multiuso

O prefeito Geraldo Julio (PSB) assinou, na última quinta-feira (7), o edital de licitação para as obras de reforma e modernização do Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães, o Geraldão, que será transformado em uma arena multiuso de altíssimo padrão. O aviso de edital será publicado no Diário Oficial do próximo sábado (9), prevendo investimentos de R$ 38,9 milhões no ginásio, na área externa e no parque aquático. O contrato deve ser assinado dentro de 120 dias e o prazo de conclusão das obras é de 18 meses a partir da ordem de serviço.

De acordo com o prefeito, as obras terão recursos do município e do Governo Federal. “Mais do que uma simples reforma, o Geraldão dará um salto de padrão. O ginásio vai se integrar à cidade, ganhando uma praça na parte da frente para facilitar o acesso das pessoas, sem muros e grades. Esse ato me emociona de várias maneiras, pois já fui atleta e cheguei a disputar de handebol e hóquei sobre patins aqui nesta quadra”, afirmou Geraldo.

A intervenção transformará o equipamento numa moderna arena para eventos poliesportivos e shows, garantindo a recuperação da estrutura física, acessibilidade, climatização, instalação de cadeiras ergonômicas, melhorias na iluminação e nos sistemas elétrico e hidráulico; readequação da quadra aos novos padrões internacionais e implantação de alojamentos, refeitório, restaurante, oito camarotes e tribuna de honra.

O projeto inclui também a colocação de um placar eletrônico com quatro faces e uma nova coberta. A capacidade do ginásio passará a ser de 10 mil pessoas, todas instaladas em cadeiras com conforto e segurança.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Josadaque Vieira

Este dinheiro ja tava destinado,todo mundo já sabia colocar isto como conquista de Geraldo é abusar da integência do leitor.

Diego da Silva Araújo

Isso é crime administrativo, Geraldo investindo no Geraldão.



08/02


2013

Ex-marido de Rose Noronha recebeu R$ 132 mil sem trabalhar













A proximidade com o ex-presidente Lula (PT) não garantiu à notória Rosemary Noronha apenas favores, passeios em navios e indicações para cobiçados cargos no serviço público. Entrar para a lista dos afilhados de Rose valia um passaporte para a vida mansa, que o diga o seu ex-marido José Cláudio Noronha.

Nos três anos e meio em que integrou conselhos administrativos da Brasilprev e da antiga Aliança do Brasil, Noronha recebeu R$ 132 mil reais sem precisar sair de casa.

Como era suplente nos dois colegiados e o titular nunca faltou, Noronha jamais participou de uma reunião sequer, mas a remuneração era depositada em sua conta corrente todos os meses, religiosamente. Segundo o Radar Online, receber esse dinheiro, ressalte-se, não é ilegal; é apenas imoral, dada a forma como conseguiu ser nomeado.

A renda complementar só foi cortada quando as tramóias de sua madrinha foram descobertas pela PF. Os números que engordaram o caixa do marajá José Noronha foram enviados pelo próprio Banco do Brasil ao gabinete do deputado Rubens Bueno (PR).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Josadaque Vieira

Que é imoral é,me diga a quanto tempo isto é pago,O sogro de Dudu é do Conselho da COMPESA.O Genro de Roberto macaxeira era do da EMLURB e vai por ai.o erro é continuar.será que o Blogueiro sabe de mais gente.

enoque viana de oliveira filho

Eu sou primo da rapariga do cabo, tenho algum direito ?

Jânio Nunes

esse é o grande "MODELO" de gestão da TURMINHA do PT, é assim que querem ver o Brasil, sempre o quanto pior melhor, braZZZil um país de TOOOOLOS!!!!

Paulo Henrique Maciel

Esse corno manso teve uma muito remuneração pequena. Chifre posto por presidente, deveria render mais. Parece que ele é um corno mequetrefe.

roberto lima

Bem que a concumbina poderia abrir o bico!



08/02


2013

A charge do dia

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/02


2013

No túnel do tempo

A imagem ao lado registra um grupo de militantes ligados a diversos movimentos estudantis prestes a embarcar rumo ao exílio político por ordem do governo ditatorial brasileiro. Entre os que aparecem na fotografia está o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, o dirigente nacional da União Geral dos Trabalhadores, José Ibrahim, e o ex-deputado petista Ricardo Zarattini.

Em 1969, grupos guerrilheiros marxistas-lenistas conhecidos como MR-8 e ALN sequestraram o embaixador dos Estados Unidos da América, Charles Burke Elbrick. Os revolucionários exigiram a libertação de uma lista de prisioneiros políticos, entre eles, José Dirceu. O incidente foi relatado no livro “O que é isso, companheiro?”, de autoria do deputado Fernando Gabeira.

Os presos trocados pelo embaixador, deportados do Brasil, seguiram para o México a bordo do avião da Força Aérea C-130 Hércules. De lá, seguiram para Cuba e Paris. Durante o tempo em que esteve exilado em território cubano, Dirceu trabalhou, estudou e recebeu treinamento militar.

Foto do acervo do blog. Se você tem uma foto histórica em seus arquivos e deseja vê-la postada neste quadro nos envie: [email protected]

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

MARCOS BARBOSA

Nessa foto falta o pernambucano Gregório Bezerra e mais outro preso, que pegaram o voo com destino ao méxico após essa foto, no Galeão sob ameaças de terem o avião invadido por paraquedistas e matarem todos os libertados.

Josadaque Vieira

continue com saudade da ditadura,pois ela não volta mais.

Miguel Breckenfeld

Não se falava em corrupção porque os milicos não deixavam; quem queria falar morria.

enoque viana de oliveira filho

Sinceramente, tenho saudades da ditadura, naquela época não se falava em corrupção ativa nem passiva nem muito menos em roubalheira.

roberto lima

Essa turminha era da pesada. A grande maioria da população a detestava . Nessa época , ao se falar certas pessoas (como a do então gov de pernambuco , gregório e tantos outros) falava-se em voz baixa e tirava-se as crianças da sala