FMO janeiro 2020

17/04


2012

Sarney pede licença do Congresso por 15 dias

 O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), encaminhou nesta terça-feira (17) à Mesa Diretora da Casa o pedido de licença por 15 dias, de acordo com o site do Correio Braziliense. O presidente do Senado está internado no Hospital Sírio-Libanês desde o último sábado (14), quando passou por um cateterismo e um procedimento no coração para liberar o fluxo sanguíneo em uma das artérias.

Pelo afastamento do senador que também é presidente do Congresso Nacional, a primeira vice-presidente da Câmara dos Deputados, Rose de Freitas (PMDB-ES), assumirá o cargo interinamente. O Senado será presidido pela senadora Marta Suplicy (PT-SP) até a volta de Sarney.

A expectativa dos deputados e dos senadores é que a deputada Rose de Freitas convoque uma sessão conjunta do Congresso Nacional, ainda esta semana, para ler o requerimento de instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que irá investigar a relação do bicheiro Carlinhos Cachoeira com agentes públicos e privados.

No Senado, o líder do PT, Walter Pinheiro (BA), anunciou que já tem 60 assinaturas de apoio ao requerimento de criação da CPMI – são necessárias 27 assinaturas de senadores. Segundo Pinheiro, até a próxima quinta-feira os líderes partidários na Câmara deverão entregar o requerimento subscrito por no mínimo 171 deputados. Com isso eles poderão protocolar o requerimento e aguardar apenas a sessão conjunta para que a CPMI seja criada. Pinheiro acredita que a ausência do presidente do Congresso não será empecilho para o início dos trabalhos de investigação da comissão. “Nenhum problema o presidente Sarney afastado. Enquanto ele descansa, nós continuamos tocando os trabalhos”, disse o líder do PT.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

IPTU Cabo

17/04


2012

Salgueiro está entre as cidades que mais demitiram em março

Depois de aparecer na 12ª colocação entre os municípios que mais demitiram em fevereiro, a cidade de Salgueiro, no Sertão pernambucano, passou para o 17° lugar entre os municípios que mais perderam postos de emprego no mês de março. A informação é do Cadastro geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho e foi publicada pelo blog do Alvinho Patriota.

 

De acordo com os dados da CAGED, a diferença entre contratações e demissões resultou em um saldo negativo de menos 834 postos de trabalho formais. O alto número de pessoas desempregadas deve-se, principalmente, ao fato das demissões em massa feitas pelas empresas que estão executando as obras federais na região. Com a conclusão dos trechos da Transnordestina em Salgueiro e paralisação total da Transposição do Rio São Francisco, os salgueirenses começam a vivenciar a depressão do “boom econômico” vivido pelo município em 2010, quando Salgueiro figurou entre os 50 municípios que mais admitiram trabalhadores no Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

otavio maia

As autoridades municipais, não aproveitaram os dois grandes empreendimentos do Governo Federal, para atrair industrias, a única industria cooptada para o municipio foi a fabrica de dormentes que tem dia e hora para fechar, ou seja, tão logo termine a transnordestina ela fecha!


Governo de PE - Decimo Terceiro

17/04


2012

Obras da cadeia de Santa Cruz do Capibaribe serão retomadas

Técnicos da secretaria estadual de Ressocialização (Seres) realizaram, nesta terça-feira (17), uma vistoria no local onde será erguida a cadeia pública de Santa Cruz do Capibaribe. As obras estavam suspensas porque a empresa que ganhou a licitação decretou falência. Um novo processo licitatório foi realizado e as obras serão reiniciadas pela empresa Quality Empreendimentos que, inicialmente, fará uma vistoria das condições atuais da obra e, em seguida, realizará a contratação de pessoal da região.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A retomada dos trabalhos no local foi consolidada durante reunião entre a secretária de Desenvolvimento Social de Direitos Humanos (SDSDH) Laura Gomes, o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Francisco Ricardo (PSDB).

 

A ação beneficiará diretamente inúmeras famílias que têm parentes em unidades prisionais distantes de suas casas, o que dificulta a ressocialização desses detentos. “Não adianta apenas prender, temos que dar condições para que se recuperem e a proximidade com a família é importante”, afirmou o deputado Diogo Moraes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOSÉ FABIANO

Em ano de eleição é assim mesmo,esta cadeia já era para está funcionando,só que no Brasil não existe JUSTIÇA para exigir que político cumpra suas obrigações,mais uma promessa para ver se ganha a eleição Mun.,depois promete duplicar a PE 160, iniciar a duplicação da 104(Pão de açucar a Toritama)etc.


acolher

17/04


2012

Deputado diz que Wagner é culpado por greve na Bahia

O deputado estadual Bruno Reis (PRP-BA), vice-líder da oposição, disse durante discurso no plenário da Assembleia Legislativa, que o governador Jaques Wagner é o culpado pela greve dos professores no Estado. Na ocasião, o deputado fez uma comparação entre o reajuste concedido pela Prefeitura de Salvador e o Governo do Estado.

 

“A prefeitura de Salvador, que está em situação financeira complicada, concedeu ao professor um aumento que variou de 22,22% a 54%. Tem profissional de ensino na capital que vai ganhar até R$ 9,5 mil. Por que o governo não pode fazer o mesmo? Por que o governo não cumpre o acordo assinado em novembro do ano passado com os docentes? A resposta é: por falta de vontade política. O governador Jaques Wagner está reprovado quando o assunto é educação”, afirmou Bruno Reis.

 

Os docentes ocuparam as dependências do Legislativo para cobrar o cumprimento do acordo firmado em 2011 que prevê reajuste de 22,22%, equiparando os vencimentos na Bahia ao piso nacional. “Não há outro culpado pela greve senão o governador. Imagino que, nos tempos em que era sindicalista, Wagner tinha palavra e exigia que os acordos com os patrões fossem cumpridos. Agora que é patrão, que mora no palácio, não respeita nem decisões da Justiça e muito menos a os acordos com os servidores”, acrescentou o parlamentar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/04


2012

Secretária defende direitos da criança e adolescente em evento

Nesta terça-feira (17), a secretária estadual da Criança e da Juventude, Raquel Lyra, participou da abertura da 9ª Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente. O evento foi realizado no Centro de Convenções de Pernambuco. No evento, serão discutidas propostas em torno dos eixos: Proteção e Defesa dos Direitos, Protagonism, Controle Social da Efetivação dos Direitos e Gestão da Política Nacional dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes.

 

“Nós da Secretaria da Criança e da Juventude temos um enorme desafio pela frente que é garantir um presente e um futuro e criar um modelo efetivo de Políticas Públicas para crianças e jovens do nosso Estado. Por isso, o governador Eduardo Campos tem investido fortemente nessa área”, disse a secretária Raquel Lyra.

 

Todas as propostas provadas serão apresentadas durante a Conferência Nacional que ocorrerá no mês de julho. Também estiveram presentes na abertura o presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – CEDCA/PE e secretário executivo da SCJ, Fernando Silva,  a representante da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, Nadine Borges, o juiz Humberto Vasconcelos e a promotora Ana Carolina Sá.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

adriano da mota silveira

É cascata da secretaria Raquel Lyra Ela quer ser dona da secretaria e ñ admite a participação dos dirigentes d sua área. Se prevalece de ser filha do vice-governador p/exercer seu autoritarismo no governo. Raquel trabalha contra a orientação do governador Eduardo Campos d compartilhar responsabilide


Cúpula Hemisférica

17/04


2012

Secretário garante sede do Batalhão da PM em Belém

O secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, disse há pouco ao blog que não há nenhuma decisão do governo em transferir a sede do comando da Polícia Militar de Belém do São Francisco para o município de Floresta. Segundo ele, o que há é a execução, no momento, de um plano para reforçar o policiamento em Floresta devido à identificação de um problema que ele não quis revelar por uma questão de estratégia policial.

 

Damázio tranquilizou a população de Belém do São Francisco ressaltando que o Batalhão vai permanecer naquela cidade sem que isso implique qualquer prejuízo da operação policial que está sendo montada em Floresta. “Estamos focando, no momento, nossa ação em Floresta. Se houver uma transferência do comando para Floresta será provisório e não permanente” disse Damázio.

 

Majoritário em Belém do São Francisco, o deputado Rodrigo Novaes ligou há pouco ao blog para confirmar que recebeu a garantia do secretário de Defesa Social de que o Batalhão permanecerá naquele município. “Não sei de onde partiu a informação de uma mudança do Batalhão para Floresta. Isso nunca passou pela cabeça do secretário Damázio”, disse o deputado.

 

Apesar das garantias oficiais, a população de Belém do São Francisco, desconfiada, está anunciando para amanhã, uma manifestação pelas ruas em defesa da manutenção do Batalhão na cidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

17/04


2012

Câmara de Serrita aprova contas de Carlos Cecílio

A Câmara de Vereadores do município de Serrita aprovou, por unanimidade, na manhã desta terça-feira (17), a prestação de contas referente ao exercício de 2000 da Prefeitura da cidade.

 

As contas foram aprovadas pelos vereadores Isac Sampaio, Chico de Nil, Carlos Peixoto, Carlos Cruz, Ronildo, Luiz Martins Buda e Arraes Sampaio. Apesar de apto e elegível, o prefeito Carlos Cecílio não manifesta interesse em nova candidatura. Inclusive, disse que só se manifestará sobre uma possível reeleição no mês de junho.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

17/04


2012

Governadores pressionam Governo Federal por mais investimentos

Governadores dos estados de Goiás, Pará, Paraná, Roraima, Minas Gerais, São Paulo e Tocantins, todos administrados pelo PSDB, estiveram reunidos nesta terça-feira (17), em Curitiba, durante um encontro que teve como foco traçar alternativas para recuperar a capacidade gestora frente à falência administrativa e a redução do poder de investimento dos estados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na ocasião também foram discutidos investimentos públicos, a unificação de alíquotas de importação, repasses de recursos do governo federal, além que questões ambientais como o novo Código Florestal e a Conferência Rio+20.

 

Os governadores tucanos apontaram a perigosa omissão da União diante do compromisso pelo financiamento dos serviços públicos, notadamente na Saúde, Educação e Segurança, onde os Estados são permanentemente obrigados a novos custeios sem o correspondente repasse por parte da receita concentrada pelo Governo Federal.

 

Os governadores discutiram com profundidade os riscos para a sustentabilidade econômica e social do país, hoje vulnerável diante da falta de uma política industrial consistente, permitindo o desmonte gradativo do parque nacional, exigindo uma nova abordagem da política econômica nacional.

 

Presentes no esforço pela sustentabilidade fiscal do país, os governadores defendem agenda emergencial e sincera com o Governo Federal, para um reposicionamento nacionalista em torno de temas como a redução dos encargos e do comprometimento dos estados com o pagamento da dívida com a União, novos critérios para distribuição do FPE, a origem e o destino tributário do Comércio Eletrônico, além de temas crônicos como a distribuição dos royalties de petróleo e as compensações financeiras decorrentes das perdas com a Lei Kandir.

 

Entre os presentes estiveram Marconi Perillo (GO), Simão Jatene (PA), Beto Richa (PR), José de Anchieta Júnior (RR), Antonio Anastasia (MG), Geraldo Alckmin (SP) e Siqueira Campos (TO).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

17/04


2012

CGU vai ajudar CPI a investigar Cachoeira

A Controladoria-Geral da União (CGU) ajudará a CPI mista na investigação contra o bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, inclusive se for necessário maior aprofundamento de investigações de contratos, disse o ministro-chefe da CGU, Jorge Hage. “Se for instalada uma CPI e a CPI solicitar um maior aprofundamento, sem dúvida nenhuma será feito, como tem sido", disse Hage. O ministro participou da abertura da Primeira Conferência Anual de Alto Nível da Parceria Para Governo Aberto, onde estiveram presentes a presidente Dilma Rousseff e a secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

cristiano lins de amorim

REALMENTE A CGU VAI AJUDAR O QUE ????? GRANDE PIADA AS CONTAS PASSARAM POR ELA E ELA APROVOU AGORA VAI AJUDAR, SO SE FOR PRA SALVAR O CACHOEIRA.



17/04


2012

Oposição colhe assinaturas para pedir CPI no caso Cachoeira

Um ato simbólico foi realizado nesta terça-feira (17) pelas lideranças do DEM, PSDB e PPS para marcar o início da coleta de assinaturas que vão pedir a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para o caso de Carlinhos Cachoeira. A oposição está preocupada com manobras governistas para atrasar instalação da CPI.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ao todo, são necessárias 171 assinaturas de deputados e 27 de senadores para a criação da Comissão. No Senado, no entanto, 28 senadores já assinaram o requerimento. Ainda não há levantamento preliminar na Câmara com o número de deputados que apoiaram o requerimento para a criação da comissão. "Pela segunda vez um dos nossos é defenestrado do partido", disse o presidente nacional do Democratas, senador José Agripino Maia (RN), referindo-se ao senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) flagrado pela Operação Monte Carlo da Polícia Federal em conversas telefônicas com o contraventor Carlinhos Cachoeira. As lideranças dos três partidos de oposição garantiram que suas bancadas de deputados e senadores vão assinar em peso o pedido de CPI. "Essa CPI não vai ser fácil. Setores do governo não querem a instalação dessa CPI", observou o presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (SP). "O governo está agora com uma postura claudicante em relação à CPI. Temos de evitar que a CPI termine em pizza", emendou o líder do DEM na Câmara, deputado ACM Neto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha