Prefeitura do Ipojuca

21/03


2008

Lula: "Avisa lá a oposição que vou ganhar a eleição"

 Coluna Painel - Folha de S.Paulo

De Lula, a dois anos e meio de sua sucessão: “”Pode avisar a oposição: o meu candidato vai ganhar a eleição’’. A frase foi dita à jornalista Maria Lydia, da TV Gazeta de São Paulo, em entrevista que será exibida neste domingo de Páscoa, a partir das 23h45, em edição especial do programa ‘Em Questão’.
O desafio ao campo que hoje lidera as pesquisas para 2010 veio logo depois de o presidente, mais uma vez, afastar a hipótese de disputar um terceiro mandato, tema que o deputado-amigo Devanir Ribeiro (PT-SP) ciclicamente introduz na pauta. “”Eu não acho que seria democrático mudar a lei para permitir o terceiro mandato’’, respondeu Lula.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio J. Cadena Bandeira de Melo

APARECE CADA MASOQUISTA QUE É DIGNO DE PIEDADE POR NÃO TER PIEDADE OS OUTRO SÓ FAZENDO PARTE DA GANGUE.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

... mas já sei a resposta çábia que ele dará, que eu sou um "petista imbecil" tal e qual o presidente da República. Se for essa a resposta agradeço tendo ela partido dele, que se acha um grande expert político. Em tempo: já fui petista, mas há mais de uma década deixei de pertencer ao PT.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

... o Pólo Farmacoquímico terá sua pedra fundamental lançada agora no começo de abril. O senhor Kigrer tem dificuldade de ver as coisas porque ele não quer ver mesmo. Talvez porque não goste do fato do presidente ter inserido o Nordeste no mapa geo-econômico do país...

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Convido o senhor Kigrer para visitar Goiana e in loco verificar algumas das obras e ações do governo Lula que ele diz não perceber a olho nu. Só aqui em Goiana estão em curso a duplicação da BR 101 e o terreno para a instalação do Pólo Farmacoquímico (com a Hemobras, Novartis e Lafepe)...

Paulo Kigrer

Gostaria imenso de adquirir os óculos com os quais são enxergados os tantos feito pelo o Inácio, pois a olho nu tenho bastante dificuldades de perceber as maravilhas que se anunciam...


Prefeitura Camaragibe

21/03


2008

Congresso: ''''O ano acaba em junho''''

Informe JB - Leandro Mazzini

 A frase cunhada no meio desta semana saiu dos lábios experientes de um decano conhecedor dos meandros do Congresso, e tal como dita, pode soar um deboche aos ouvidos dos patriotas. Mas, partindo de um mestre da política, chega aos tímpanos como aviso desanimador de uma verdade que o Congresso evita propalar.  “O ano acaba em junho” – quando começam as campanhas eleitorais – é uma das expressões mais ditas nos gabinetes; frase que passeia pelos corredores das alas vazias das CPIs, dobra a passos largos os plenários e chega à chapelaria do Congresso, onde entra em carros luxuosos que saem a 50km/h. É a expressão que cada parlamentar candidato a prefeito, ou cabo eleitoral de alcaides país adentro, carrega consigo. 

Na terça, um parlamentar soltou esta: “Tomara que José Múcio não me chame para almoçar, porque tenho de viajar hoje”. Como se sabe, o regimento determina aos congressistas que trabalhem de terça a quinta-feira. A tradição reserva para as segundas e sextas as articulações nos redutos. A desfaçatez, a maior de todas as palavras neste calendário semanal, manda para casa centenas deles antes da hora. Ou seja, neste ano eleitoral, a urna ameaça abocanhar os votos das reformas tributária e política.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto de pessoa

Bem, se vai acabar em junho eu não sei, mas que o povo vai continuar morrendo nas filas dos SUS, passando fome pelaas calçadas, chorando por não arrumar emprego e devendo até o cabelo do nariz vai até dezembro, afinal quase ninguém é parlamentar, não é mesmo?


Gravatá

21/03


2008

Lei Seca anulada por liminares em 16 Estados

 A concessão de 217 liminares pela Justiça em 16 estados e no Distrito Federal tornou praticamente sem efeito a Medida Provisória 415, que impôs a lei seca às margens dos 61 mil quilômetros de rodovias federais em todo o Brasil. Com isso, a venda de bebida alcoólica em estabelecimentos ao longo das estradas alcança quase todo o País. Para complicar a situação, a Advocacia Geral da União (AGU), à qual compete recorrer contra liminares desse tipo, está em greve e não há perspectiva de retorno ao trabalho.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) havia montado um esquema gigantesco para pôr em prática na Operação Semana Santa, que se estende até a meia-noite do próximo domingo, de fiscalização dos estabelecimentos que vendem bebida à beira das estradas, sujeitos a multa de até R$ 1.500 quando autuados em flagrante. Resignada, a direção do órgão informou ontem que não lhe resta alternativa senão cumprir as decisões judiciais e concentrar a fiscalização nos estados onde a MP não foi revogada, entre os quais São Paulo.

Os campeões de liminares são Goiás (60), Santa Catarina (45), Piauí (32), Minas Gerais (24) e Rio Grande do Sul (14). A lei seca também está prejudicada na Bahia, recorde em autuações de estabelecimentos por venda ilegal de bebida às margens de rodovias desde a edição da MP, em dezembro, e ainda nos estados do Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Roraima, Rio de Janeiro, Acre, Rondônia, Sergipe, Pará e Alagoas, além de Brasília. (Tribuna da Imprensa)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto de pessoa

sem comentários.


Supranor 1

21/03


2008

FHC agora é contra imposto sobre grandes fortunas

 Responsável, junto com o colega Roberto Campos, pela regulamentação do artigo da Constituição sobre grandes fortunas quando senador, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é um crítico da proposta hoje, principalmente no que diz respeito ao valor a partir do qual os contribuintes seriam considerados ricos. "Este imposto, do jeito que está hoje, penalizaria somente a classe média, que não tem meios de escapar do Fisco. Os ricos mandariam seu dinheiro para paraísos fiscais, nos chamados fundos cegos, e escapariam da tributação", afirmou.

Para FHC, o Imposto sobre Grandes Fortunas incidindo a partir de R$ 940 mil de renda seria um tributo contra toda a classe média brasileira e poderia facilmente ser contestado na Justiça. "Há dois problemas muito difíceis de resolver que são a definição de grandes fortunas, conceito de que trata a Constituição, e o aspecto confiscatório que ele passa a assumir a partir de um determinado momento", disse.

Isso porque como incide todo ano sobre o estoque do patrimônio e não sua variação, vai corroendo a riqueza do contribuinte.

Herança

Em oposição ao imposto, o ex-presidente considera que deveria ser criado o imposto de herança. "Hoje, praticamente não temos tributação sobre herança no Brasil. Nos Estados Unidos, por exemplo, o contribuinte pode destinar, ainda em vida, parte do imposto para universidades, centros culturais e museus, o que ajuda a explicar a grande quantidade de doações naquele país".

O governo terá, na opinião de FHC, grandes dificuldades para aprovar o imposto no Congresso. "Vai suscitar uma reação muito grande", justificou. E por que o imposto não foi regulamentado em seu governo? De acordo com FHC, não havia clima para isso. "No meu período, as confusões eram muito grandes e qualquer medida que se tomasse nesse sentido podia levar à fuga de capitais". Além do mais, a Fazenda sempre se opôs à proposta por seu aspecto confiscatório".    (Da Tribuna da Imprensa)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

FHC, antes de mais nada está preocupado com a fortuna dele, porque no governo dele e dos DEMOS (antigo PFL) o tucano soube muito bem defender a fortuna dos outros afortunados, livrando-os da mesma carga tributária asfixiante que é servida ao povão.

JARBASTA

Cai fora pitaqueiro de plantão, vai vestir o teu pijama e deixa nós brasileiros sossegados, não sabes que teu tempo já passou?

francisco sales

esse é outro que segue a cartilha da metamorfose ambulante ! é incrível como esse pessoal dar um asco !

roberto de pessoa

FHC já teve seu tempo. Agora não adianta dá pitaco. Vai lê um bom livro, meu irmão!!!!



21/03


2008

Lula volta a espinafrar adversários políticos

 O script é sempre o mesmo: uma obra do PAC, um palanque, mãe Dilma a tiracolo e críticas, muitas críticas à oposição. No final da tarde desta quinta-feira (21), o cenário escolhido por Lula para repetir a performance foi a capital de Santa Catarina.

 

A obra não está pronta. Na verdade, nem começou. O presidente assinou uma ordem de serviço. Poderia tê-lo feito no seu gabinete, em Brasília, ou na sala do governador catarinense Luiz Henrique (PMDB). Mas Lula não tem dispensado, em ocasiões do gênero, nem o palanque nem a platéia. 

 

“A oposição quis nos prejudicar [o governo] com o fim da CPMF. Ela não foi aprovada e perdemos mais de R$ 24 bilhões no PAC da Saúde. O que eles não sabem foi que não prejudicaram a mim, mas ao povo desse país. Mas não pensem que eu vou deixar de cumprir esse programa”

 

Aplaudido, o presidente animou-se a criticar também o Ministério Público. Deu-se num instante em que se referia aos entraves burocráticos que retardam as obras que tenciona tocar. Entraves ambientais, por exemplo. “A impressão é que tudo é feito para não permitir que as coisas acontençam.”

 

Mais cedo, de passagem pelo Paraná, o presidente dissera que tachar o PAC de eleitoreiro é uma "cretinice verbal.” Em Santa Catarina, completou o raciocínio. Disse que fez questão de anunciar o programa no ano passado justamente porque já antevia as críticas que ouviria caso deixasse para fazê-lo no ano eleitoral de 2008.

 

“Eu nao podia ficar nervoso, nem errar. Eu sabia que tinha uma missão porque não é em qualquer país que um operário chega à Presidência da República.” De resto, Lula afirmou que, em Santa Catarina, como em outros Estados, as coisas estão “como Deus gosta”. Crescem a agricultura, o comércio e a renda. “As coisas”, no dizer do presidente, “estão arrumadas.”

Do Blog do Josias


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto de pessoa

Porque as frases de Lula não são transmitidas na mesma forma em que ele verbaliza? EU DUVIDO, DEODÓ que ele fale com esse concordancia perfeita na forma em que está escrito. DUVIDEODÓ...


ArcoVerde

20/03


2008

Cresce o emprego formal na Bahia

O saldo de 810 postos no mercado de trabalho formal, registrado em fevereiro, fez o nível de emprego com carteira assinada na Bahia acumular 3.524 novas vagas este ano. Foram 43.998 admissões e 43.188 desligamentos ao longo do mês. A performance de crescimento do emprego no estado continua bastante expressiva no contexto regional. O conjunto da região Nordeste eliminou 14.719 postos de trabalho em fevereiro.

As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho e Emprego, analisadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento.

Dos nove estados nordestinos, apenas Maranhão, Piauí, Sergipe e Bahia contrataram mais que demitiram no mês. O desempenho de grande parte dos estados do Nordeste tem relação direta com os fatores sazonais do complexo sucroalcooleiro. O desempenho da Bahia, que teve crescimento de 0,07  foi bastante inferior ao da média nacional, cuja expansão do nível de emprego foi de 0,70%.

Em termos espaciais, a Região Metropolitana de Salvador (RMS) foi responsável pela criação de 1.241 vagas, enquanto o interior do estado eliminou 431 postos de trabalho. “O desempenho este mês na RMS foi capitaneado pela Construção Civil (925 novos empregos), seguido pelo Comércio (366 vagas) e pela Administração Pública (saldo de 197 contratações). No interior, a Agropecuária colaborou para o resultado negativo com a eliminação de 519 postos de trabalho”, destaca o economista José Ribeiro Soares Guimarães, diretor de Pesquisas da SEI.

A Construção Civil foi o destaque entre os setores de atividade, responsável pelo surgimento de 1.508 novos empregos. Em seguida, o Comércio abriu 708 postos e a Administração Pública, 225 vagas. A Indústria de Transformação eliminou 227 empregos, com destaque para os subsetores de madeira e mobiliário (-130 postos) e borracha, fumo e couros (-139 postos).

O setor de Serviços também teve desempenho negativo, eliminando 764 empregos. O resultado foi bastante influenciado pela performance negativa do subsetor de alojamento, alimentação, reparação e manutenção, que eliminou 1.016 empregos. “É importante frisar que este desempenho foi bastante influenciado pelo término precoce do ciclo das festas de Verão, em função da realização do Carnaval na primeira semana de fevereiro, o que afetou o turismo e os serviços. Em 2007, a Bahia tinha criado 1.290 novos empregos no setor de Serviços em fevereiro, sendo 363 no subsetor de alojamento, alimentação, reparação e manutenção”, explica José Ribeiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bm4 Marketing 7

20/03


2008

Interior baiano ganha núcleos de penas alternativas

Dez cidades-pólo do interior baiano deverão ganhar Núcleos de Apoio e Acompanhamento às Penas e Medidas Alternativas. A iniciativa sinaliza a continuidade da política já implantada em Salvador e Região Metropolitana, onde apenados de pequeno potencial ofensivo (condenados a penas inferiores a quatro anos) pagam por seus delitos sem serem submetidos ao cárcere. A criação dos núcleos é proposta pelo projeto de lei 17.079/2008, encaminhado pelo governador Jaques Wagner, esta semana, à Assembléia Legislativa.  

Os municípios beneficiados são Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Feira de Santana, Ipirá, Ilhéus, Jequié, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista. Os núcleos vão estar vinculados à Central de Apoio e Acompanhamento às Penas e Medidas Alternativas da Bahia (Ceapa), da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH) e funciona no Centro Administrativo da Bahia. 

Cada núcleo vai acompanhar também a execução de medidas e penas alternativas nas cidades vizinhas, que integram a área de abrangência das cidades-pólo – escolhidas especialmente por já sediarem Juizados Especiais Criminais. O núcleo de Juazeiro, por exemplo, vai atuar nas cidades de Campo Alegre de Lourdes e Remanso, entre outras. Já o núcleo de Feira de Santana será responsável pelos trabalhos em mais de dez municípios, entre eles, São Gonçalo dos Campos e Conceição da Feira.

Os núcleos têm o objetivo de dar suporte aos juízes na aplicação das penas e medidas alternativas. “No interior, os juízes encontram dificuldades para aplicar esse tipo de pena porque não há quem as monitore”, afirma a assistente social da Ceapa, Andréa de Araújo. Ela explica ainda que quatro profissionais vão trabalhar em cada núcleo (uma assistente social, uma psicóloga, um advogado e um coordenador), cujo funcionamento será semelhante ao da Ceapa, que funciona em Salvador há seis anos e conta com cerca de mil pessoas cumprindo penas alternativas. “Nossos levantamentos mostram que a reincidência não tem chegado a 10%”, informa Andréa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

20/03


2008

CCJ: pena maior a quem tem curso universitário

 A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou, na quarta-feira (19/3), substitutivo ao Projeto de Lei 1.519/07, do deputado Marcelo Itagiba (PMDB-RJ), que inclui a escolaridade entre os critérios para a definição de penas criminais. A proposta segue agora para análise do Plenário.

A proposta modifica o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40). De acordo com o texto, o juiz vai considerar a escolaridade do agente para aumentar a pena-base, “presumindo a completa consciência da ilicitude do fato quando o condenado possuir grau de ensino superior”.

Em seu parecer, o relator, deputado Regis de Oliveira (PSC-SP), ressaltou que as pessoas com curso superior têm mais condições de discernir a respeito da natureza ilícita de seu comportamento e refletir sobre a gravidade e as conseqüências dessa conduta. Segundo ele, merecem, por isso, ser punidas de maneira mais severa que as pessoas sem instrução. Isso porque têm uma visão mais ampla da realidade. O substitutivo de Regis de Oliveira faz apenas ajustes de redação e de técnica legislativa.

Atualmente, são critérios para a definição da pena: a culpabilidade; os antecedentes; a conduta social e a personalidade do agente; os motivos, circunstâncias e conseqüências do crime; e o comportamento da vítima.(Consultor Jurídico)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Está corretíssima a idéia. Pena que não passará no Congresso.

roberto de pessoa

Boa resoluão. Afinal vai cumprir pena em sela especial. Quem tem o direito ao esclarecimento (educação), tem o dever de ser o exemplo a quem não o tem. PAU NELES.


Versão Agreste Central

20/03


2008

Paulo Rubem não foi discriminado no PT, diz juiz

 A Procuradoria-Geral Eleitoral se posicionou a favor da cassação do mandato do deputado federal Paulo Rubem Santiago (PDT-PE) que migrou do PT para a atual legenda.

A posição foi marcada na fase de alegações finais referente à Petição com pedido de cassação enviada pelo PT ao Tribunal Superior Eleitoral. Agora, de acordo com o rito previsto na Resolução 22.610/07, cabe ao relator, ministro Marcelo Ribeiro, indicar a data para o julgamento da Petição.

No entendimento do vice-procurador-geral, Francisco Xavier Pinheiro Filho, a desfiliação de Paulo Rubem se deu “apenas com o propósito de procurar uma nova legenda para concorrer ao cargo de prefeito do município de Jaboatão dos Guararapes (PE), nas eleições de 2008”.

O vice-procurador também afirmou que não ficou provado que o deputado federal sofreu discriminação, dentro do partido, segundo alegou. De acordo com a PGE, nem mesmo as testemunhas arroladas pelo parlamentar confirmaram a discriminação pessoal.

Alegações do deputado

O deputado acusado sustenta que o TSE não tem competência para julgar, como órgão de origem, pedidos da espécie. Ele alegou também que o PT não poderia ter reivindicado o seu mandato, porque foi feito após 70 dias após o cancelamento de sua filiação ao PT.

Quanto ao mérito, o parlamentar pernambucano relembrou as divergências e perseguições por ele sofridas no PT, durante os cinco últimos anos, mesmo após ter ajudado a criar aquele partido e se manter filiado durante 30 anos.(Do Consultor Jurídico)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulo Kigrer

Pela sua desimportância política será o bode expiatório dos tantos imorais


PropellerAds

20/03


2008

Portugal: morte de brasileiro gera incidente diplomático

 O assassinato de um brasileiro, ocorrido domingo (16/3) em Portugal, está gerando um incidente diplomático, segundo o jornal lisboeta Diário de Notícias. Identificado apenas sob o nome de Moisés, o brasileiro contava 23 anos. Imigrou de Goiana há três anos, vivia na região de Charneca de Caparica e trabalhava em obras públicas. Foi assassinado domingo no Café Johny, freqüentado por brasileiros, quando um homem lhe espetou uma faca no coração. O suspeito é outro brasileiro, identificado apenas como Maurício.

Segundo o jornal, a polícia portuguesa “foi procurar o suspeito do homicídio no Consulado do Brasil, em Lisboa”. A Casa do Brasil protestou contra o que considerou ser “invasão de território brasileiro”. Um cônsul brasileiro diz que, ao entrar na embaixada, policiais portugueses teriam violado território nacional. “Entram três elementos da polícia em território brasileiro, saem e fazem a identificação das pessoas no interior do edifício, tudo isto sem pedir autorização do cônsul-geral'', protesta Carlos Vianna, da direção da Casa do Brasil.

O episódio foi presenciado por Heliana Bibas, representante da comunidade brasileira no Conselho Consultivo para os Assuntos da Imigração, que considerou a ação uma “clara intimidação aos cidadãos brasileiros”. Uma situação que nunca tinha ocorrido, a não ser a pedido das autoridades brasileiras, ressalta ela.

A polícia portuguesa teve de emitir nota de explicação pública do episódio. “A pedido da Brigada de Homicídios da Polícia de Setúbal, três elementos deslocaram-se ao Consulado-Geral do Brasil, com a finalidade de interceptar um indivíduo suspeito de homicídio (perigoso). Entraram na área de atendimento ao público, onde houve necessidade de identificar algumas pessoas. A situação foi devidamente explicada ao senhor cônsul.”

Em declarações à agência Lusa, o cônsul do Brasil em Lisboa, Renan Pais Barreto, considerou que a polícia deveria ter tido “um comportamento mais cauteloso”. Observou que “a atuação da polícia não foi a mais adequada. Até porque não se tratou de nenhum caso relacionado com imigrantes brasileiros, mas sim de alguém que praticou um homicídio”.Segundo a polícia, Maurício, o suspeito, não foi encontrado no Consulado. Mas foi interceptado na zona do Castelo de São Jorge.(Revista Consultor Jurídico)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto de pessoa

O erro da polícia portuguesa foi de ter "adentrado ao recinto" sem as devidas autorizações. Mas, como criminoso, o brasileiro deve ser preso e cumprir as penas aplicadas a ele. CABRA SAFADO, sai do Brasil pra fazer vergonha. PAU NELE.



20/03


2008

BH: Ciro tenta calar opositores de aliança PT/PSDB

O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) conversou nesta quarta-feira com o ministro das Comunicações, Hélio Costa (PMDB), para tentar demovê-lo da intenção de criar uma frente contra a eventual aliança entre petistas e tucanos em Belo Horizonte. Após um encontro com o prefeito da capital mineira, Fernando Pimentel (PT), Ciro disse nesta quinta que o ministro alegou que está "incomodado", porque sofre pressão dos quadros do PMDB.

"Mas o que eu senti, não foi o que ele me disse. O que eu senti é uma vontade, legítima na minha opinião, de também participar desse momento histórico", afirmou o ex-ministro da Integração Nacional, que nesta quarta-feira se reuniu com o governador de Minas, o tucano Aécio Neves.

Costa, junto com o vice-presidente da República, José Alencar, do PRB, ameaçam se unir ao DEM e uma ala do PT mineiro - ligada ao ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias - em oposição à aliança costurada por Aécio Neves e pelo prefeito.

O ministro das Comunicações trabalha para ser candidato ao governo do Estado em 2010 e tenta minar a articulação e os planos de Pimentel, que também se move de olho no Palácio da Liberdade. O sucesso da eventual aliança, para o prefeito, pode representar o cobiçado apoio do governador tucano na disputa na disputa estadual.

Ciro relatou a Costa que é um entusiasta do acordo proposto em Belo Horizonte. O candidato escolhido para o eventual palanque único é o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Márcio de Araújo Lacerda. Filiado ao PSB, Lacerda foi o coordenador geral da campanha presidencial de Ciro em 2002 e ocupou o cargo de secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional, de 2003 a julho de 2005.

"O que Minas está dizendo ao Brasil? Que o interesse público está acima dessas mundanices paroquiais, dessas disputas de grupos e de pessoas, que tanto mal têm feito ao País", afirmou o deputado cearense, que mais uma vez condenou a "radicalização" entre PT e PSDB em São Paulo. Da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/03


2008

CPI vota na próxima semana quebra de sigilo

A CPI dos Cartões Corporativos decide na semana que vem se pede ou não a quebra de sigilo dos gastos da Presidência da República. A presidente da comissão, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), confirmou que colocará em votação na próxima quarta-feira (26) os requerimentos de quebra de sigilo.

Estava previsto o depoimento do ministro Jorge Félix, do Gabinete de Segurança Institucional, na terça-feira, mas o general informou que não poderá atender ao convite para falar à CPI, pois estará de férias a partir de segunda-feira.  Ele foi convidado pelo relator, deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), para esclarecer detalhes de segurança com uma possível quebra de sigilo nos cartões utilizados pela Presidência da República.

Ontem a oposição ameaçou mais uma vez abandonar a comissão caso os sigilos não sejam quebrados. O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), agendou na segunda-feira (24) uma reunião com os tucanos que compõem a CPI para definir uma posição do partido. Do Congresso em Foco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/03


2008

Arrecadação cresce 10,23% mesmo sem CPMF

O fim da arrecadação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) não impediu que a arrecadação da Receita Federal, em fevereiro, fosse maior do que a do mesmo mês do ano passado.

Segundo a Receita, a arrecadação no segundo mês do ano somou R$ 48,1 bilhões, 10,23% a mais que o registrado em fevereiro de 2007, descontada a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Ampliada (IPCA).

A Receita Federal informou, ainda, que esse aumento decorreu principalmente do aquecimento da vendas no mercado interno. O Imposto sobre a Produção Industrial (IPI) dos automóveis teve um crescimento de 21,60%.

O aumento das importações também interferiu no resultado do mês. A arrecadação do Imposto sobre Importações (II) subiu 39,96%, descontado o (IPCA) também em relação a fevereiro de 2007.

De acordo com o Secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, a alteração das alíquotas do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) também contruiu para o resultado de fevereiro. No mês passado, o tributo regitrou arrecadação 176,83% a mais que em fevereiro de 2007. Da Agência Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/03


2008

CMO será renovada e PT quer a presidência

Do Blog do ET

A Comissão Mista de Orçamento será 100% renovada na próxima semana. Apesar das criticas que sempre permeiam a CMO, e do PSDB, que indignado com as "tramitações excusas" se negou a participar, os partidos estão articulando quadros para compor a comissão.

A dobradinha PMDB-PT continuará nos cargos mais importantes. A diferença é que, após o episódio do anexo de metas, duramente criticado pela oposição, os petistas vão querer a presidência e não mais a relatoria. Até porque, o ônus do "anexo contrabandeado" caiu muito mais em cima do deputado José Pimentel (PT-PE) que do presidente da CMO, senador José Maranhão (PMDB).

O assunto vai incomodar o PMDB, que já havia negociado o nome do deputado Mendes Ribeiro (PMDB-RS) para presidir a Comissão. Com isso, a briga entre os aliados será dura na semana que vem, justamente quando o governo terá que fechar com a oposição um acordo para permitir que a votaçção de 14 medidas medidas provisórias seja realizada na na Câmara.

Conhecendo o partido, esse impasse criado pelo PT monta o cenário ideal para o PMDB cobrar faturas do governo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/03


2008

PB: Prefeito faz parceria com o cônsul da Áustria

Do WSCOM

O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho, recebeu no final da manhã desta quinta-feira 20 no Paço Municipal, o cônsul da Áustria, Peter Athanasiadis. Na pauta do encontro, possíveis parcerias nas áreas de meio ambiente, energia, saúde e microeconomia.

“Ouvia falar que João Pessoa era uma das cidades mais bonitas do mundo”, elogiou o cônsul austríaco, durante o início da conversa.

Com relação às experiências bem sucedidas na Áustria, que já foram fruto de parcerias com cidades de outros países, Peter Athanasiadis citou o projeto de aterro de carbono. A iniciativa utiliza o biogás para a geração de energia alternativa, com tecnologia de reaproveitamento dos resíduos gerados pela população.

Na área da saúde, o cônsul lembrou financiamentos realizados por empresas austríacas para desenvolvimento de projetos na África, incluindo construção de equipamentos. “Até o final do ano, vamos reformar todos os hospitais municipais, que são em número de sete. Isso além da construção de um hospital de ortopedia e traumatologia”, citou. “Isso é necessário porque atendemos toda a Paraíba, já que temos gestão plena”, disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/03


2008

PT-SP quer Lula como principal cabo eleitoral de Marta

No aguardo de um anúncio público da ministra do Turismo, Marta Suplicy, sobre sua intenção em concorrer à Prefeitura de São Paulo nas eleições municipais deste ano, o PT na capital paulista quer o presidente Luiz Inácio Lula da Silva como principal cabo eleitoral da ex-prefeita durante a campanha. A idéia é destacar os investimentos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) na cidade.
 
"Acho muito importante a presença do presidente Lula na nossa campanha por conta dos investimentos volumosos que têm sido feitos na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo pelo governo federal. Nós estamos fazendo um levantamento sobre todos os investimentos do PAC e outros investimentos que foram feitos em São Paulo para comparar com outros investimentos feitos por outros presidentes, em particular pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso [PSDB]. A idéia é usar na campanha não só a figura do presidente Lula, mas usar também o que ele está fazendo por São Paulo", afirmou o presidente do Diretório Municipal do PT, José Américo Dias.

O dirigente petista reafirmou que deseja entregar a vice na chapa ao PMDB, que é comandado em São Paulo pelo ex-governador do Estado Orestes Quércia. Além do PT, PSDB e DEM também conversaram com o dirigente do PMDB para tentar fechar um acordo.

"Existe um assédio sobre o PMDB, mas eu tenho a impressão de que a preferência deles é pelo PT, até porque o PMDB integra a coalizão que sustenta o governo do presidente Lula", disse Dias. Do Portal UOL.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio J. Cadena Bandeira de Melo

ESTE " P M D B" TORNOU-SE VERGONHOSAMENTE UM PARTIDO NEGOSIAVEL

joao daniel neto

essa não ganha mas nem pra cafetína de cabaré,tem quer ir rodar à bolsinha na br 116 na rio/bahia....



20/03


2008

"Odacy anda com as pernas de Fernando Bezerra"

 O deputado Gonzaga Patriota(PSB) fez hoje, em Petrolina, pesadas críticas ao secretário Fernando Bezerra Coelho e aos próprios correligionários que atuam no município, a exemplo do próprio prefeito Odacy Amorim. O prefeito, segundo opinião de Gonzaga, não tem pernas, só as mãos, “porque ele anda com as pernas de Fernando Bezerra Coelho”, acrescentando que Odacy “só faz o que Fernando quer, e o que ele manda”, segundo informa a repórter do Blog em Petrolina, Josélia Maria.

 

“O prefeito Odacy Sempre foi uma pessoa humilde; eu o conheço desde menino, mas acho que ele está botando na barriga a arrogância de Fernando e dos cabras dele. Porque na realidade, em maus lençóis estará Petrolina enquanto estiver nas mãos desses que estão aí durante 40 anos”, disse Patriota, em entrevista na Rádio Petrolina FM.

 

Os ataques de Patriota também foram direcionados a outros integrantes da família Coelho, prometendo manter seu nome como pré-candidato à Prefeitura e de lá tirar a influência da família.

 

“A família Coelho é uma família respeitada, mas tem um grupo dentro que eu duvido que apresente uma carteira profissional assinada. Como eu tenho a minha desde os 15 anos, duvido que se apresente alguém desse grupo que dê emprego, o que faz pela comunidade. Há membros da família que vivem de ser vereador, deputado, senador, e a gente não sabe o que essa gente faz  pelo povo de Petrolina”, diz o deputado, que concluíu sua entrevista com uma advertência:

 

“Eu prefeito, nem Fernando nem a família que governou Petrolina durante esses anos todos vão mandar em nada. Quem vai mandar é o programa de governo feito pelo povo”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paizinha Freire

FERNANDO JÁ ESTA NO TIME DE QUEM TIVER ALGO PRA DA A ELE, PULA DE GALHO EM GALHO, É ELE E MACACO, GONZAGA VC TEM 40 ANO DE POLÍTICA BEM 30 NOP PSB, ESTANDO ELE EM CIMA OU EM BAIXO, NUNCA ABANDONOU O SEU PARTIDO, AGORA TEM AVENTUREIRO QUE FICA DE PARTIDO EM PARTIDO SÓ PARA BARGANHAR CARGOS...

Marcelo Araújo

Visitem Petrolina, imaginem ela sem a irrigação e vejam o que ela seria. Gonzaga calado é um poeta. A briga dele é pessoal com Fernando Bezerra. Ele tá enciumado porque Fernando é um escroto. Abandonou Arraes na derrota e foi babar o ovo de Jarbas. Aí agora tá de volta com muito mais poder. Chora!!!

joao daniel neto

gonzaga tem toda razão;os coelhos fecharam à caramuru em petrolina e foi pro espaço centenas de empregos,sem contar que o preço da soja disparou prejudicando os avilcutores da região,isso foi uma sacanagem à moda coelho....



20/03


2008

Lula diz que só vai pensar na sucessão em 2009

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que só vai pensar em um nome para a sua sucessão em 2009, após as eleições municipais deste ano.

- Eu não estou pensando nisso (o melhor nome para a sucessão). Somente a partir de 2009 vou começar pensar em construir a nossa candidatura - afirmou.

O presidente comentou ainda as declarações que fez na última quarta-feira de que ainda enfrenta "problemas sérios" de informação com os ministros, em relação ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Lula afirmou que não fez uma reclamação e quis dizer que é necessário um sistema único de controle para as obras do PAC.

- O que eu disse é que, como nós temos R$ 504 milhões em vários ministérios, nós precisamos ter um único sistema de controle, para que não venha cada um com uma informação. Estamos detectando isso exatamente nas viagens. Porque é muita obra... - afirmou. Do Portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio J. Cadena Bandeira de Melo

QUE ESTA ELE FAZENDO COM A DILMA PARA CIMA E PARA BAIXO DIZENDO QUE É A MÃE DO PAC, FAZENDO DISTRIBUIÇÃO FANTASMAS DE VERBAS.É UMA MANIA DE QUERER NOS ACHAR COM CARA DE TROUXA, QUE NÃO ESTA USANDO A MAQUINA DO GOVERNO.



20/03


2008

Lula: "Gasolina não vai subir com crise financeira"

 O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, que não haverá aumento na gasolina em razão das turbulências nos mercados financeiros. "Se nós não aumentamos a gasolina quando o barril de petróleo chegou a US$ 110, agora que ele caiu por que haveríamos de aumentar?" Ele disse, no entanto, que acompanha com "lupa" o que está acontecendo. "Nós estamos muito tranqüilos e ao mesmo tempo cautelosos", acentuou.

Durante solenidade, em que houve assinatura de acordo para estudo de viabilidade de um alcoolduto entre Campo Grande (MS) e o Porto de Paranaguá (PR), Lula criticou as "intrigas" feitas por outros países contra o Brasil em razão de o Brasil liderar as discussões e investir na área de biocombustíveis. "Quando o País passou a ser competitivo como grande potência do mundo, nós começamos a ser vítimas de ataques", disse.

O presidente reclamou dos que chegam a dizer "no exterior" que há trabalho escravo e que, se o Brasil produzir muito álcool, vai faltar alimento. "Precisamos tomar cuidado com discursos que fazemos aqui dentro porque temos repercussão no exterior", salientou. Lula afirmou ainda que muitos bancos deram palpites durante muitos anos sobre o Brasil, mas, agora, eles levaram uma "bordoada" na crise imobiliária norte-americana. Da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/03


2008

José Queiroz larga na frente em Caruaru com 64%

Do Jornal Vanguarda

 

 

 

 

 

 

 

Na primeira pesquisa de opinião pública para o pleito deste ano, o deputado José Queiroz (PDT) aparece como favorito nas intenções de voto para chegar ao Palácio Jaime Nejaim pela terceira vez. A pesquisa foi encomendada com exclusividade pelo VANGUARDA e realizada nos dias 7 e 8 de março pelo Instituto Plural Pesquisas & Marketing LTDA, sendo registrada no Tribunal Regional Eleitoral. Ao todo foram ouvidas 400 pessoas, numa amostra selecionada de sexo, faixa etária, grau de instrução, renda familiar e local de residência.

A margem de confiabilidade da pesquisa é de 95%, com a margem de erro variando em 4,9% para mais ou para menos. A coleta de dados foi realizada por uma equipe de entrevistadores com experiência e treinamento específico em pesquisa de opinião. A soma dos percentuais em alguns casos não atinge 100% ou ultrapassa esse total, em virtude do arredondamento ocorrido no processo eletrônico. A pesquisa também procurou saber o grau de satisfação dos moradores de Caruaru e avaliou os governos Lula, Eduardo Campos e Tony Gel.

 

 

 

 

 

 

 

Na mostragem estimulada, onde o entrevistado lê o nome dos candidatos, o deputado José Queiroz aparece com 64%, contra 12% de intenções para Roberto Liberato. A vereadora Laura Gomes e o empresário Rivaldo Soares aparecem empatados com 6%. O presidente do PMDB, Reginaldo França, surge em último lugar, com apenas 1%. Cinco por cento do total de entrevistados nesse cenário responderam que não votariam em nenhum dos candidatos, mesmo número para branco e nulos. Os que não sabem em quem vão votar ou não opinaram atingiu um patamar de 3%.

Na pesquisa espontânea, onde o eleitor não tem um questionário com os nomes dos candidatos, José Queiroz também leva grande vantagem, com 31% das intenções de voto. Tony Gel, que não pode disputar a eleição (já foi reeleito em 2004), aparece em segundo lugar, com 9%. O vice-governador João Lyra Neto, que também não está na disputa, apareceu com 6%. Roberto Liberato, Laura Gomes e Rivaldo Soares, que são pré-candidatos este ano, aparecem com apenas 1% das intenções de voto espontâneo. A deputada Miriam Lacerda (DEM) - não pode ser candidata por ser mulher do prefeito reeleito - também tem 1% nesse cenário. Os votos branco e nulo atingiram a marca de 8% e não sabe ou não opinou 43%.
A pesquisa também foi feita em um cenário onde a vereadora Laura Gomes e o secretário Reginaldo França não disputam o pleito majoritário. Nesse caso, a vantagem de Queiroz em cima de Liberato é a mesma da pesquisa estimulada, ou seja, 52%: o pedetista tem 68% x 16% do democrata. Rivaldo Soares consegue seu melhor percentual e chegar aos 7%. Os entrevistados que não votam em nenhum desses candidatos chegam a 4% e nulo e banco 5%. Não sabe ou não opinou 2%.

A Plural Pesquisas também apresentou um cenário onde apenas Liberato e Queiroz aparecem na disputa para prefeito este ano. Nesse caso o ex-prefeito tem sua vantagem reduzida para 48%, ou seja, 69% disseram que votam com José Queiroz, contra 21% do suplente de deputado federal Roberto Liberato. Nesse cenário é levado em consideração os apoios do presidente Lula, do governador Eduardo Campos e do vice João Lyra Neto a José Queiroz e do prefeito Tony Gel e do senador Jarbas Vasconcelos a Liberato. Não votam em nenhum dos dois candidatos chegou a 4%, branco e nulo, 5%, e não sabe ou não opinou, 2%.

Rivaldo Soares lidera rejeição

 

 

 

 

 

 

Rivaldo Soares lidera a lista de rejeição. Segundo a pesquisa, 25% dos entrevistados disseram que não votariam nele de forma alguma. Em seguida, aparecem Roberto Liberato, com 16% de rejeição; Reginaldo França, com 14%; Laura Gomes, com 10%, e José Queiroz, com 7%.

A pesquisa procurou saber também o grau de satisfação dos caruaruenses em relação a sua cidade e a avaliação dos governos Federal, Estadual e Municipal. O Governo Lula tem uma aprovação de 63% ótimo/bom, 26% regular e 4% ruim. Péssimo tem 4% e não sabe ou não opinou apenas 1%. Em relação à aprovação do Governo do Estado, os números são parecidos: 62% dos entrevistados disseram que acham ótimo/bom, com 29% regular e 2% ruim. Já 5% dos entrevistados acham o Governo Eduardo Campos péssimo. Não sabe ou não opinou, 3%.
Já em relação ao Governo Municipal a aprovação de bom/ótimo é de 39%. Acham o Governo Tony Gel regular 29% dos entrevistados, enquanto 32% acham ruim ou péssimo. Não sabe ou não opinou, 1%.

 

 

 

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

francisco sales

Independente do pender dessas pesquisas o fato é que Caruaru é uma forte candidata a se tornar uma nova Jaboatão ! Com Zezinho ou esse pamonha filhote do maior incompetente que Caruaru já viu nos últimos anos a verdade é que o sofrimento será da população de Caruaru ! é muita desgraça Vitalino!

Fabio Leite Macedo

jarbasta leu no mesmo blog, a mesma pesquisa com numeros diferentes, melhor vc ver direito, foi apenas uma empresa mais com dois numeros diferentes, pedimos que outra empresa faça, pois a plural não tem credibilidade .

Severino Aparecido

ahahahahahaha, caruaru está como Belém de Maria: é12,é 12, é 12...

Fabio Leite Macedo

quem errou magno ou o vanguarda,ontem os numeros eram diferentes, nao podemos confiar nem e magno nem no vanguarda, basta olhar a manchete de ontem, numeros tem que ser precisos, de um dia pra outro passa incredibilidade, justifiquem-se por favor.

Fabio Leite Macedo

ontem essa mesma pesquisa dava 68 a 16 hoje os numeros mudaram, pesquisa encomedada pelo cla dos lyra, sem credibilidade.



20/03


2008

Presidente do PSDB não confirma Bruno na vice

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ao visitar, hoje, as instalações deste blog, o presidente do PSDB de Pernambuco, Evandro Avelar, não confirmou que tenha sido batido o martelo em relação à indicação do deputado federal tucano Bruno Rodrigues para compor a chapa na vice do candidato do PMDB a prefeito do Recife, Raul Henry. ''Esse assunto só será definido na semana que vem'', garantiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulo Kigrer

Os atuais políticos brasileiros resolveram fazer pouco, do pouco que resta de vergonha, na cara dos eleitores. Qual significado de importância contém esse cidadão, Avelar? Sei não, mas apresentar homens iguais a esse como "lideres", estaremos mais perdidos que cachorro quando caí da mundança...

joao daniel neto

magno vc precisa convidar os pintos para ir ai,eles são a atração do blog,e aproveita e me liga que mando à ração de galo de briga....

Rafael Luiz Prequé

Oxe quem é esse mesmo...

Concordo, Jarbasta! Ele acabou com Mendoncinha, quando foi escolhido vice.

JARBASTA

Pense num xaropado e apagado, é esse Evandro Avelar, afilhado político Severino Sérgio Estelita Guerra.


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores