O Jornal do Poder

21/11


2011

Dilma garante revisão dos critérios do Garantia Safra

O deputado estadual Odacy Amorim (PT) recebeu na última quinta-feira (17) resposta da presidente Dilma Rousseff (PT) sobre a indicação que apresentou na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para que o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) envie técnicos da pasta para reavaliarem junto com o Comitê Gestor do Programa Garantia Safra as recentes alterações proposta para o programa, a fim de não dificultarem o acesso ao beneficio pelos agricultores familiares.

No ofício assinado pelo chefe do gabinete pessoal da presidente Dilma, é informado ao parlamentar que a demanda já foi encaminhada pela presidente ao MDA. Na indicação aprovada na Assembléia, Odacy lembra que o Garantia Safra é uma ação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) com características de seguro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Potencial Pesquisa & Informação

21/11


2011

Antônio Campos defende investigação da Operação Condor

Presidente do Instituto Miguel Arraes, o advogado Antônio Campos, neto de Arraes e irmão do Governador Eduardo Campos, um dos maiores entusiastas no Estado da Comissão da Verdade, irá protocolar representação para que a comissão, assim que for instalada, investigue e torne públicas as violações de direitos humanos cometidas pela chamada Operação Condor, durante a ditadura militar. A operação é acusada de ter sido responsável pala morte de importantes líderes e militantes políticos, dentre eles João Goulart, Juscelino Kubitschek e Carlos Lacerda. Confira nota enviada pelo advogado:

"Como cidadão brasileiro, advogado militante e presidente do Instituto Miguel Arraes, protocolarei uma representação perante a Comissão Nacional da Verdade assim que efetivamente instalada, cuja lei criadora foi objeto de sanção presidencial na última semana, para investigar, esclarecer e tornar públicas as graves violações de direitos humanos cometidas pela chamada Operação Condor, no Brasil, que teria eliminado líderes e militantes políticos, dentre eles, possivelmente, João Goulart, Juscelino Kubitschek, Carlos Lacerda, entre outros.

Tal representação é instruída com importante depoimento de Miguel Arraes perante a Comissão do Congresso Nacional que investigou as circunstâncias da morte do presidente João Goulart, à época presidida pelo Deputado Federal Miro Teixeira, depoimento que confirmou a existência de tal operação repressora e que Arraes também foi quase vítima.

Na referida representação, junto outras provas, peço para convocar depoimentos, requeiro diligências, peço para serem requeridos, dentre outros documentos, as conclusões das Comissões Especiais perante o Congresso Brasileiro que investigaram as mortes de João Goulart e Juscelino Kubitschek, como também que se oficie e requisite documentos aos governos do Chile, Argentina e Uruguai acerca das conclusões e evidências da Operação Condor também naqueles países, onde igualmente funcionaram Comissões da Verdade.

É uma forma de colaborar e dar foco a Comissão Nacional da Verdade para apurar uma das operações mais relevantes da história recente da América Latina, a chamada Operação Condor, que demonstrará que, em um certo período da história, existiu a interligação de aparelhos repressores em países como o Brasil, o Chile, a Argentina e o Uruguai.

Darei conhecimento da representação à alta Comissária dos Direitos Humanos da ONU, a indiana Navi Pillay, que pediu “adotar medidas adicionais que facilitem a punição daqueles que foram responsáveis pela violação de direitos humanos no passado”. Tal comissária defendeu: “Tais medidas devem incluir a aprovação de uma nova legislação para revogar a Lei da Anistia ou declará-la inaplicável, pois impede a investigação e o fim da impunidade de graves violações dos direitos humanos”.

O Brasil é signatário de acordo da Corte Internacional de Direitos Humanos, vinculada à OEA, que considera crimes contra os direitos humanos crimes contra a humanidade imprescritíveis. Também não aceita a chamada autoanistia, no qual o regime ditatorial perdoou atos dos seus agentes, sendo a Lei de Anistia de 1979, ainda no regime militar, inaceitável nesse aspecto.

Darei conhecimento, também, ao Procurador Geral da República para que tome as providências cabíveis e enviarei uma carta aos membros do Congresso Nacional com a cópia da representação e defendendo a revisão da Lei da Anistia. Pedirei a colaboração de diversas entidades de direitos humanos. Não é revanchismo. É um direito democrático e de Justiça.

Não podemos cair no pecado da omissão nesse momento histórico. A verdade há de aparecer e prevalecer. Um país não pode desconhecer ou renunciar a sua história.”

Antônio Ricardo Accioly Campos


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Francisco Sena

Marcilio, não misture lado pessoal com opinião política...

Francisco Sena

Boa iniciativa de Miguel Arraes

Marcilio Paulino dos Santos

Quero só lembrar aqui, que seu avô, como governador, determinou que os camponeses armados com facões, estrovengas, enxadas, picaretas etc. invadisse o quartel do Comando Geral da Polícia militar e retirasse dali apulso, os soldados que estavam de prantão. inclusive meu pai foi um desses soldados.

Marcilio Paulino dos Santos

Sr. Antonio Campos, é louvavel a sua iniciativa.Mais, é preciso dar também os nomes daqueles que incitaram os camponeses a se armar e vim assassinar pais de família aqui em Recife. Por ex. O então Govermador Miguel Arraes, foi um desses que armou os camponeses e proclamou a bagunça armada.


Banco de Alimentos

21/11


2011

Ministro da Agricultura reassume após cirurgia

 

 

 

 

 

 

 

 

Após 39 dias de afastamento por licença médica, o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, retornou ao trabalho. Seu primeiro compromisso no retorno foi a participação da abertura do programa "Imersão no Agronegócio Brasileiro".

O ministro Mendes Ribeiro retoma as atividades após licença médica decorrente da cirurgia à qual foi submetido no dia 15 de outubro, para remover a recorrência de um tumor no cérebro (oligodendroglioma). O ministro teve alta no início de novembro, mas seu afastamento foi prorrogado por 15 dias porque voltou a ser internado para reforçar os pontos da cirurgia. Apesar de licenciado, na semana passada o ministro esteve em Brasília, para participar das articulações junto à base governista pela aprovação da reforma do Código Florestal ainda neste ano.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Pode ser que esse ministro seja alvo dos demos e tucanos, e do PPS como coadjuvante.Vai ver , ele já está contaminado com alguma bactéria resistente e definhará até dizer tchau!



21/11


2011

Prefeito forasteiro desabafa: "Vou convencer Garanhuns"

Rivânia Queiroz, repórter especial

Visto como forasteiro desde que pediu a transferência do domicílio de Lajedo para a cidade vizinha de Garanhuns, Antônio João Dourado tem sido considerado um político forasteiro. Em Garanhuns, até protesto fizeram contra o que denominaram de ‘intervenção branca’ do Palácio do Campo das Princesas. Alheio aos comentários e insatisfações, Dourado está disposto a brigar pela prefeitura da cidade e garante que terá tempo para convencer o eleitor.

O que fará para se aproximar do eleitor de Garanhuns?

Temos tempo de fazer as nossas amizades com o povo de Garanhuns. De conhecer mais detalhadamente os procedimentos e as necessidades da cidade.

E o que o senhor traz de diferente para a cidade?

Temos uma experiência de gestão. Tenho 35 anos de serviço público. Já enfrentei várias dificuldades e desafios. Também fiz parte da vida privada e tenho uma história de sucesso do ponto de vista da administração pública e privada. Acho que a nossa experiência, associada a todo um conjunto de discussão, e com a proximidade que nós temos com o governo do Estado e com o governo federal, nós dá as condições para que Garanhuns tenha um governante à altura de suas necessidades.

O que o eleitor de Lajedo pensa acerca do prefeito que deixou de se candidatar à reeleição para disputar a prefeitura vizinha?

Não discutimos nominalmente essa questão. Do mesmo jeito que foi surpresa aqui (em Garanhuns), existiu uma grande surpresa lá (Lajedo). Mas da mesma maneira que Garanhuns vai assimilando a situação, a população de Lajedo também o tem feito. O que eu tenho colocado é que o crescimento da nossa região se dá a partir de Garanhuns. Lajedo começa a ter a visão de que precisamos crescer juntos.

O que deixa para Lajedo e quais os planos para Garanhuns?

Poderia enumerar várias coisas. Mas só esse ano eu recebi quatro prêmios internacionais do ponto de vista administrativo. Ontem, recebi um livro do Fundo Nacional de Meio Ambiente que escolheu, em 20 anos, os projetos de sucesso do País. Foram selecionados 14 projetos. Desses, quatro de municípios e dez de Organizações Não Governamentais. Nós fomos premiados pelo aterro sanitário. Temos investido em meio ambiente. Na próxima semana a gente começa o saneamento de lajedo e, dentro de dois ou três anos, a cidade estará totalmente saneada. Temos avançado na mortalidade, no IDH, e nos nossos números. Também temos a confiança no governo estadual e federal.

*Colaboração do blog de Kleber Cisneiro


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Djalma Coriolano da Silva Junior

Essa que o critério para que um político seja prefeito ou não deve ser sua competência e lisura e não se é da cidade ou não. Isso é um discurso muito atrasado.Estamos num mundo globalizado...

Tajmahal Cruz

Os "títulos" ao que o prefeito se refere são como os bailes de "personalidades" que o sujeiro compra a mesa e recebe a tal "comenda". Conta outra que essa é fajuta e muito manjada...Quer mesmo é imitar Ives Riberio e ser prefeito ambulante. Garanhuns saberá rechaçá-lo!

Joao Paulo Ferreira

João Dourado, esses prêmios que vc diz ter ganho por uma boa gestão, não passam de enganação. Vc pega muito dinheiro da prefeitura e dá aos donos dessas picaretas ONGs e eles, em troca, sem nenhuma medição científica, lhe concedem todo tipo de título, inclusive o de F da P.ta!

Joao Paulo Ferreira

João Dourado, esses prêmios que vc diz ter ganho por uma boa gestão, não passam de enganação. Vc pega muito dinheiro da prefeitura e dá aos donos dessas picaretas ONGs e eles, em trocam, sem nenhuma medição científica, lhe concedem todo tipo de título, inclusive o de F da P..a!



21/11


2011

Ao inferno com a equipotência dos poderes

Equipotência de Poderes significa a capacidade de controle mútuo entre executivo, legislativo e judiciário. Montesquieu foi o seu criador. Para ele, o poder executivo assumiria as responsabilidades pela condução política e administrativa do Estado e os poderes legislativo e judiciário funcionariam como contrapeso no jogo de equilíbrio do poder.

Seu pensamento forneceu os elementos necessários para que a teoria da separação de poderes evoluísse, resultando no que hoje é consensual quando nos referimos às chamadas democracias modernas.

Para Montesquieu, as repúblicas são fracas porque dependem exclusivamente das virtudes dos cidadãos. Ou seja, para que as repúblicas existam é necessário que os cidadãos se disponham a colocar o interesse público acima do interesse particular.

Como isso raramente ocorre, tendo em vista que as paixões humanas quase sempre prevalecem sobre o exercício da razão, as repúblicas apresentam uma forte tendência em direção ao mandonismo e ao despotismo.

E, sem surpresa para ninguém, este parece ser o caso emblemático do Brasil. Aqui, o poder executivo dá todas as cartas. O poder legislativo emudece e o poder judiciário aquiece.

No campo político, o chamado governo de coalizão é distorcido quando entrega aos partidos, de porteira fechada, os cargos executivos; e, seus representantes assumem o poder não com responsabilidade de servir a sociedade, mas de servir ao próprio partido. A íntegra deste artigo, do professor Carlos Alberto Fernandes, você confere no menu Opinião. Vale a pena!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Igor Mesquita

Professor, parabéns pelo excelente texto. Pena que o problema não é o tão somente o sistema de checks and balances, mas, como o senhor e montesquieu bem ressaltaram, a incapacidade dos cidadãos (inclusive nos mesmos) em colocar o interesse público acima do interesse particular. Isso é uma coisa impr

Raimundo Eleno dos Santos

São três cachorrões brigando pelo mesmo osso. Os cachorros brigam e brigam, e se mordem... mas no final cada um lambe a sua parte no osso. O estrago que é feito no meio ambiente, não tem importância. Quem paga pela limpeza é tungado pelo Leão do IR... reclama mas paga kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk



21/11


2011

Lupi não teme saída do Ministério

 

 

 

 

 

 

 

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, alvo de denúncias de irregularidades, disse nesta segunda-feira (21) estar "pronto para a luta", um dia antes de seu partido, o PDT, realizar um encontro em que seu futuro à frente da pasta deve ser o principal tema. O ministro garantiu que está preparado para responder a todos os questionamentos do partido na reunião de terça-feira. “O que vai haver na reunião é um debate. Não temo perder o ministério. O PDT apoia o governo Dilma com ou sem ministérios”, disse. A declaração foi feita após evento na sede do Ministério do Trabalho, no Rio de Janeiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Canastrão, safado, corrupto e agora cheio de CONTRADIÇÃO. Fora LADRÃO!!!



21/11


2011

Tribuna do leitor: Estado distribui tablets e esquece a educação

“Enquanto o Governo de Pernambuco faz doação de vários equipamentos sofisticados para navegação pela internet aos alunos da rede pública, em matéria de educação o ensino deixa a desejar. Raramente, a não ser por sistema de cotas, um aluno dessas instituições consegue passar no vestibular ou ter carreira promissora na vida adulta. Os professores estaduais, coitados, relegados aos baixíssimos e indignos salários, violência constante, ameaças de morte, não têm motivação para dar aulas nestas escolas desaparelhadas de tudo. Não podem sequer se especializar, pois o contra cheque não permite.

Ao invés de presentear alunos com alta deficiência em educação de todos os tipos, o Governo deveria antes aparelhar as escolas com segurança, educação de qualidade, qualificar os professores, incentivá-los, para depois, com a missão cumprida, doar computadores modernos aos alunos para angariar a simpatia dos pais com vistas às eleições futuras. É isso que parece ser, já que não se justifica tamanho gasto com aparelhos deste tipo para alunos que mal sabem escrever ou fazer contas básicas.”

Júlia Nascimento
Recife-PE


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

suricato

olhe , senão trocarem por crack.Lembro que a avó do governador Sra.Arraes ia para tv dizer que: não dê esmola a pobre.

suricato

Até agora não vi aparecer uma só voz destoante dos projetos , ao meu ver absurdos , deste governo perdulário.As modificações que eles pensam em fazer na av.caxangá vai estrangular o trânsito mais na frente.Este negócio de tablet é só para fins eleitoreiros, acho que os alunos vão trocar por bobagens

andre regidwitz

O tablet é o "chapéu de palha " da era digital. O que agrega valor à educação são bons professores e como consequencia boas escolas.

andre regidwitz

Com o tablet ele (o gov) fideliza o cliente a votar nele.



21/11


2011

Dourado quebra o silêncio e diz que não deixa disputa

Rivânia Queiroz, repórter especial

Presente ao evento do PSB de Garanhuns, no último sábado, o pré-candidato do PSB à sucessão municipal e atual prefeito de Lajedo, Antônio João Dourado, quebrou o silêncio. Falou da sua disposição de largar a cidade que governa e que, inclusive, poderia disputar à reeleição, para se aventurar na vizinha que não o recebeu de braços abertos.

Ele disse que não há perigo de retirar o seu nome da disputa e que tem condições de governar a cidade, já que tem experiências públicas e privadas, acumuladas ao longo de sua história. “Meu nome está posto. É evidentemente que isso terá que ir para a convenção, que acontecerá em meados do próximo ano, mas eu vou trabalhar para que o meu partido possa levar o nosso nome para a convenção. Estamos decididos e colocamos hoje o nosso nome à disposição do partido”.

Ele informou que está trabalhando junto com o PSB para buscar o apoio dos partidos da base do Governo do Estado. “Estamos trabalhando e vamos buscar os partidos da base para trabalhar  e construir a nossa candidatura”. João Dourado ainda admitiu que a mudança do seu domicílio eleitoral passou pelo crivo do Palácio do Campo das Princesas. “É evidente que a minha vinda para Garanhuns é do conhecimento do governador, que é presidente nacional do partido. Eu não poderia, até como amigo pessoal, mudar o meu domicílio sem antes conversar e comunicar a ele e a alguns amigos mais próximos”, revelou.

João Dourado disse está habilitado para a disputa e que só precisa abrir mais a discussão dentro da legenda, o que teria sido iniciado no sábado. “Agora, vamos partir para discutir com outros partidos e com a população a questão do futuro candidato do PSB e das coligações que devem ser feitas. Vamos entrar num processo político e não podemos esperar muito”.

*Colaboração do Blog de Kleber Cisneiro


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Vamos conversar no momento certo, e partir celere para pragmatizar em Pernambuco com o modelo de governo que Eduardo implantou, os eleitores irão tomar conhecimento e farão sua escolha.

Joao Paulo Ferreira

Esses "cabras" de Garanhuns são "maricas" do reizinho Eduardo Campos I, inclusive um blogueirozinho de merdha chamado Roberto Moraes, pois todos vão apoiar João Dourado de bico calado e rabinho dentro das pernas. Quem manda nessa terra é a estirpe dos Arraes, o resto abedece.



21/11


2011

Minha Casa Minha Vida 2 beneficiará pessoas com deficiência

A presidente Dilma Rousseff anunciou, na manhã desta segunda-feira (21), durante seu programa de rádio “Café com a presidenta”, que o programa Minha Casa Minha Vida 2 também irá beneficiar as pessoas com deficiência por meio da construção de imóveis adaptados. “Todas as casas destinadas às famílias que ganham até R$ 1.600,00 serão adaptáveis. Todas elas terão portas mais largas e corredores e banheiros mais amplos para facilitar a locomoção das pessoas com deficiência”, disse. O Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência destinará R$ 7,6 bilhões, até 2014, em ações na área de educação, saúde, inclusão social e acessibilidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/11


2011

Caruaru recebe programas do Governo Federal

O município de Caruaru, Capital do Agreste, irá receber recursos e ações de três importantes programas do Governo Federal: Melhor em Casa e SOS Emergências, ambos do Ministério da Saúde, e o Segundo Tempo, desenvolvido pelo Ministério dos Esportes.

O programa Melhor em Casa vai realizar tratamento domiciliar em idosos, doentes crônicos, pacientes que estão se recuperando de cirurgias simples e pessoas com necessidade de reabilitação motora. O acompanhamento será feito por equipe composta por médico, enfermeiro, assistente social, fisioterapeuta e técnicos de enfermagem. Já o SOS Emergências tem como objetivo a melhoria das emergências dos grandes hospitais públicos. Apenas a rede pública municipal atende em Caruaru uma média de 850 casos/dia em urgência e emergência.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ILDA CARUARU

O PRESTIGIO DO ZÉ ESTÁ TÃO GRANDE COM EDUARDO, QUE O GOVERNADOR QUER COLOCAR LAURA GOMES PARA SER A CANDIDATA. DEIXA DE SER RIDICULO CARA. O ZÉ TÁ MAIS FRACO DO QUE NUNCA.

ILDA CARUARU

EITA POVO PRA GOSTAR DE PEGAR CARONA NAS COISAS DOS OUTROS É ESSE QUE ACOMPANHA O ZÉ DO LEITE VIU. COMO NÃO TEM NADA PARA MOSTRAR. VIVEM AGARRANDO-SE NAS COISAS DO GOVERNO FEDERAL. PENSE NUM PREFEITO IMCOMPETENTE. É POR ISSO QUE NA PESQUISA DO PALÁCIO O ZÉ NÃO SAI DE 22 POR CENTO.

Gilmadson Lins

É o trio parada dura, Queiroz, Eduardo e Dilma, fazendo uma Caruaru mais forte que nunca. Parabéns pela iniciativa dos novos programas.

Pablo Gomes

Por essas e outras que eu Tô com ELE de NOVO!

Marcilio Diniz

Com o prestígio que Zé tem com Dilma, a tendência é que cada vez mais cheguem novos recursos aqui pra Caruaru. Muito bom isso!