Congresso Nordestino de Educação Médica

08/08


2012

Partidos reafirmam acordo para presidir Câmara

 

 

 

 


 

Seis meses antes da eleição para a presidência da Câmara dos Deputados, o comando do PT reafirmou o apoio ao candidato do PMDB em um ato no qual procurou afastar as dúvidas peemedebistas e manifestar publicamente o cumprimento de acordo com o partido. Unidos ao PT, líderes peemedebistas anunciam Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) como candidato à sucessão de Marco Maia, segundo o Estado de S. Paulo.

Embora as duas legendas tenham assinado um protocolo de apoio mútuo para a eleição da Mesa durante este mandato, as inseguranças do PMDB cresceram na mesma medida que setores petistas passaram a defender uma candidatura própria.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

08/08


2012

Defesa: declaração de inocência e não absolvição

 

 






A defesa do ex-ministro da Comunicação Social Luiz Gushiken rejeitou no Supremo Tribunal Federal a absolvição por falta de provas, como foi pedido pela Procuradoria-Geral da República (PGR). Os advogados pediram aos ministros que declarem a inocência do ex-ministro. Gushiken foi o único réu até agora que teve dois defensores se pronunciando em plenário. De acordo com os advogados, o Ministério Público sabia que o réu era inocente quando a denúncia foi aceita, segundo o Estado de S. Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Caruaru

08/08


2012

Petistas preparam representação contra Gurgel

 

 


 

 

 




Integrantes do PT apresentam nesta quinta-feira (9) representação contra o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, no Conselho Nacional do Ministério Público Federal. O motivo é a cartilha produzida pelo Ministério Público para explicar o escândalo do mensalão a crianças.

A representação foi elaborada pelo coordenador do setorial jurídico do PT de São Paulo, Marco Aurélio de Carvalho, e será apresentada por um parlamentar do partido. O PT questiona o gasto da instituição com a confecção da cartilha e mensagens de apoio a Gurgel, além do motivo de a Procuradoria não ter feito o mesmo com o chamado mensalão mineiro, nem o caso Cachoeira.

A petição afirma que na pagina oficial do Ministerio Público, "custeada com recursos do erário, colhe-se propaganda pronta e acabada sobre os fatos em julgamento, como se verdadeiros fossem e, pior, em linguagem dirigida a menores de idade".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Gravatá

08/08


2012

Advogado recorre a discurso de ministro

 

 









O advogado Alberto Toron, que defende o deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP), recorreu a um depoimento do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e à contratação no passado de um jornalista pelo agora senador Aécio Neves (PSDB-MG) para defender Cunha de uma acusação de peculato no processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal, segundo o Estado de S. Paulo.

Cunha é o único dos 38 réus candidato nas eleições de outubro. Ele disputa a prefeitura de Osasco (SP).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/08


2012

Ex-dirigentes do Rural negam elo com mensalão

 

 









Advogados de três ex-dirigentes do Banco Rural afirmaram, nesta quarta-feira (8), que seus clientes não tiveram participação nas irregularidades apontadas pela denúncia da Procuradoria Geral da República, de que a instituição deu empréstimos fictícios ao grupo de Marcos Valério e financiou a compra de votos no Congresso. No terceiro dedicado à defesa dos réus, os ministros ouviram ainda os defensores do deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) e do ex-ministro Luiz Gushiken.

A defesa de Cunha confirmou que o parlamentar recebeu dinheiro do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, mas negou desvio de recursos públicos. O deputado foi acusado de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato. Segundo a denúncia, Cunha – na época em que presidiu a Câmara dos Deputados – recebeu R$ 50 mil para beneficiar a agência de publicidade SMP&B, de Marcos Valério. O valor teria sido sacado pela mulher dele.

O advogado de Luiz Gushiken disse que seu cliente é inocente e que não há provas de sua participação no esquema do mensalão. Além da absolvição de Gushiken, o defensor pediu ao Supremo “o reconhecimento de sua inocência”. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pediu a absolvição do ex-ministro por "insuficiência" de provas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

08/08


2012

Petrolina: servidor é exonerado e alega perseguição

 












Funcionário da Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe) há 20 anos, José Dias Nunes foi exonerado do cargo administrativo onde ocupava, em Petrolina, e atribui o fato a perseguição política.

Em entrevista à Rádio Grande Rio, hoje, o ex-funcionário contou que foi informado por terceiros da exoneração, nesta quarta-feira, quando estava a caminho do trabalho. “Cheguei para trabalhar esta manhã e fui informado por um amigo do Recife de que tinha sido exonerado do cargo”.

José Dias diz que não recebeu nenhum comunicado formal da demissão e justificou o ato. ''Eu fui demitido pelo Governo do Estado, mas a mando de alguém daqui de Petrolina, do senhor Fernando Bezerra e do seu filho, que, inclusive, têm dois anos de mandato pela frente e que eu e meu pai ajudamos a eleger deputado federal, e ele tirou meu emprego e o sustento dos meus três filhos”, desabafou José, informando que um primo de Fernando Bezerra Filho foi admitido no seu lugar.

Segundo fontes locais, a esposa de José Dias é candidata a vereadora pelo PMDB. ''Escolhemos apoiar outro candidato a prefeito, que está fazendo muito por Petrolina. Então foi um pedido de apoio político, que nossa família acabou recusando e fazendo outra opção”, disse. José Dias tem 51 anos e é deficiente físico.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Edivaldo Cavalcanti

Isso mostra mais uma vez como Eduardo campos e sua trupe Fernandista agem aqui em Petrolina. Aos babões a mamata e aos destemidos e verdadeiros a perseguição. Chega de coronelismo, Petrolina quer ir pra frente!É Julio 15.

Randineli

Comportamento típico e natural dos aliados do Governador aqui em Petrolina, isso vale também em relação a funções gratificadas nos orgãos estaduais, onde o que vale é o QI.

paulo guilherme de alcantara

CORRIGINDO QUE NUNCA DEU UM DIA DE EXPEDIENTE NO FUNTEPE ATÉ PORQUE SEU CARGO É DE RECIFE!

paulo guilherme de alcantara

É Nunes conheço sua competencia e dedicação. Pra esse governo que se diz socialista competencia não é tudo. Sou da Região e venho tentando sem sucesso uma função gratificada, enquanto isso existe um comissionado no Funtepe de Petrolina trabalhando pra GONZAGA PATRIOTA. Fé em Deus Companheiro!

josival Coelho de Amorim

Sabe perfeitamente como funcionam estes cargos de confiança e ainda toma posições políticas consideradas provocadoras. Esperava o que?


Asfaltos

08/08


2012

PT nacional quer limitar imagem de Dilma e Lula

 


 


 

 

 


Durante encontro realizado no final desta tarde (8), em Brasília, com o candidato petista à prefeitura do Recife, Humberto Costa, e o seu vice, João Paulo, o presidente nacional da sigla, Rui Falcão, fez questão de ressaltar que só os partidos coligados com o PT poderão usar o nome e a imagem da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula em suas campanhas.
 
No encontro, ainda ficou acertado que até a próxima semana Rui Falcão deverá conversar com a presidente Dilma e o ex-presidente Lula para marcar as datas das gravações dos dois para o guia eleitoral de Humberto e João Paulo. Nesse momento também deverão ser definidas as formas de participação de Dilma e Lula em atos públicos de campanha na cidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josival Coelho de Amorim

Esperem logo pra depois das eleições. Eita povo devagar, quase parando!

Republicano

Ah, Liz Ináçu...tua suprema e supimpa sorte é ter nascido em país de néscios e obtusos. Como se pretender que o Liz Ináçu, uma figura tosca e sem nenhum rumo intelectual possa ser avistado como um polivalente gestor? O que o Liz Ináçu sabe, e muito pouco, é de gestação: de jumentos!



08/08


2012

Relator vota pelo ressarcimento em conta de luz

 

 






O ministro Walmir Campello, relator no Tribunal de Contas da União (TCU) da ação que pede a devolução do que foi pago a mais na conta de luz, votou hoje pelo ressarcimento. De acordo com o ministro, o consumidor tem, sim, o direito de receber de volta tudo o que as empresas de energia cobraram indevidamente na conta de energia elétrica.

“Devolver uma cobrança indevida não é quebra de contrato. As empresas é quem quebraram os contratos quando arrecadaram indevidamente os valores na conta de luz, com a conivência da Aneel, que se recusou a defender os consumidores” afirmou o deputado federal Eduardo da Fonte, autor da ação no TCU.

Logo após o voto do relator, o ministro Raimundo Carreiro pediu vistas do processo, e a análise foi interrompida. Haverá uma nova sessão plenária após o período de vistas, para o voto dos outros oito ministros do TCU.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 5