Os bastidores do poder e da
política em primeira mão

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Jaboatão - Cão Terapia
27.01.2022 11:00

Sobre a pesquisa Ipespe divulgada hoje

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Por Antônio Lavareda

Segundo pagamento do Auxílio Brasil ainda não melhorou a percepção da economia, nem mudou o quadro eleitoral.

1. Opinião de que a economia vai no “caminho certo” para de subir, mantendo-se em 26%. E o contingente que acha que segue “no caminho errado” continua elevado (65%). Somam 17,5 milhões as famílias contempladas pelo Auxílio Brasil iniciado em dezembro, cujo efeito, como é sabido, se espraia nas localidades onde residem seus beneficiários. Porém, ainda sem consequências visíveis na opinião pública.

2. Avaliação positiva do governo (“o/b”, 23%) oscila um ponto, recuando para o patamar de ago-set 2021, o mais baixo da série. As opiniões negativas (“R/P”) vão a 55%. Na mesma direção, na leitura dicotômica, a aprovação oscila um ponto (29%) e a desaprovação se mantém em 64%.

3. Ômicron: aumentou o número de casos mas a menor letalidade faz o medo da covid, embora elevado, retroceder três pontos (de 71% para 68%). Nessa rodada, a pesquisa não indagou sobre o desempenho do governo Bolsonaro especificamente nesse aspecto. Mas, a deduzir do noticiário, as opiniões não devem ter mudado muito desde o levantamento de quinze dias atrás, quando 25% classificaram-no como “O/B”, enquanto 59% tinham opinião positiva (R/P).

4. No plano eleitoral, a novidade da pesquisa é o empate no terceiro lugar: moro, 8% x ciro, 8%. Afora isso, permanecem as demais posições no ranking. Lula aparece com 44%; Bolsonaro, 24%; Doria, 2%; Rodrigo Pacheco, Simone Tebet e Alessandro Vieira, com 1% cada um. André Janones não foi incluído na lista. Ciro se beneficiou da cobertura pela mídia do lançamento oficial. Não se podendo esquecer que continua liderando o quesito “segunda opção”, com 23%, conforme o levantamento.

No segundo turno, Lula segue à frente de todos: 54 X 30, Bolsonaro; 50 X 31, Moro; 51 X 25, Ciro; e 52 X 19, Doria. Nessas, como nas listas com outros nomes, houve só pequenas alterações, refletindo fatos da pré-campanha. Por exemplo, os duros ataques recentes entre Lula e Moro não os ajudaram, cada qual perdendo um ponto no cenário de segundo turno entre eles. Xingamentos esse ano terão efeito bumerangue. A gramática será diferente daquela de 2018.

5. A preocupação de Lula, fustigado pelos demais candidatos, será muito mais manter o máximo possível das suas intenções de voto atuais do que fazê-las crescer. Se a eleição fosse agora e ele tivesse, de fato, nas urnas esses 44%, o equivalente a mais de 65 milhões de votos – lembremos que é sobre o eleitorado total – isso representaria sete pontos percentuais acima do que obteve no primeiro turno em 2006 (37,1%) e quase 10 pontos sobre a performance de 2002 (34,2%). Para termos uma noção do quanto é superlativa essa hipotética votação baseada nas pesquisas, é bom assinalar que nem FHC, único presidente eleito duas vezes no 1o turno, chegou sequer a 40% do eleitorado total. Foram 36,3% em 1994, e 33,9% em 1998.

6. E qual o problema do presidente Bolsonaro? É que ele perdeu cerca de 15 milhões de eleitores. E o volume das defecções é uma variável decisiva para um incumbente. Votaram nele, em 2018, 34%, arredondados, sobre o total do eleitorado no primeiro turno e hoje ele marca 10 pontos menos. Retomar o máximo possível desse contingente é o seu desafio. Onde isso ocorreu? Não foi no Nordeste, frequentemente apontado como o seu calcanhar. Não é essa região a responsável pelo declínio. Nela, ele tem hoje os mesmos percentuais que o sufragaram no primeiro turno (TSE), perto de 19% dos votos totais. Da mesma forma, não houve redução expressiva do seu apoio entre os mais pobres de todo o Brasil. No segmento de renda inferior a dois salários mínimos ele atinge hoje, praticamente, seu patamar de três anos atrás. Onde está o problema? Os eleitores que o presidente perdeu possuem renda nas faixas de 2-5 SM e +5 SM. Residem sobretudo no Sudeste. E os frustrados são na grande maioria homens. Entre as mulheres, onde seu apoio sempre foi reduzido, a perda foi relativamente menor.

7. Por outro lado, a estabilidade de Bolsonaro nos últimos meses, com cerca de um quarto dos eleitores, desperta inquietação nos candidatos da terceira via. Nesse campo, Sergio Moro voltou a ficar abaixo dos dois dígitos que assinalava em novembro (11%), quando desembarcou, lançou-se na disputa, e empolgou as manchetes. Isso lhe é preocupante. Sua esperança hoje reside: a) em conseguir o tempo de TV e outros recursos do União Brasil; e b) na possibilidade de que o receio da consolidação de Lula produza uma maior vocalização do tema “corrupção” na grande mídia, e isso seja mimetizado no repertório das outras candidaturas, todos passando a jogar água no moinho do “dono” do tema, o juiz da Lava Jato.

A unificação da terceira via aguarda que a volta da propaganda partidária na TV, esse semestre, dê aos que pretendem representá-la o empurrão de que precisam para se tornarem competitivos. Mas nem todos atores pretendem esperar por isso. Dentro de alguns partidos cobiçados para participarem de coligações presidenciais se fortalece o sentimento de que talvez seja mais vantajoso simplesmente não apoiar nenhum nome. Porque nas disputas estaduais, que prometem ser as mais “nacionalizadas” dos últimos tempos, melhor será a legenda do postulante ao governo ficar “sem” candidato presidencial, do que ser carimbada pelo apoio ao candidato “errado” nas circunstâncias locais.

compartilhamentos

Últimos posts

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Petrolina - São João
Brasil 19.05.2022 18:00

Tyndaro Menezes é demitido da Globo sob suspeita de corrupção

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Tyndaro Menezes, ex-chefe do núcleo de jornalismo investigativo da Globo, é alvo de investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) por suspeita de envolvimento com Ângelo Ribeiro de Almeida Júnior, ex-titular da Delegacia Fazendária fluminense, denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro na compra de insumos médicos. De acordo com informações obtidas pelo colunista Lucas Pasin, do UOL, Menezes foi demitido da emissora carioca ontem.

Em trechos de conversas obtidas pelo MPRJ e incluídos em um documento que será enviado ao Ministério Público Federal, o delegado diz que Menezes deve “receber sua parte em dinheiro” apesar de “não integrar nenhuma empresa”.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Ipojuca - Maio 2022
Pernambuco 19.05.2022 17:00

MV Bank vai antecipar recebíveis para setor de saúde

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Em um contexto de carência de parceiros financeiros que trabalham com instituições de saúde, a MV lança amanhã, durante a Feira Hospitalar, em São Paulo, uma “fintech” voltada especificamente para o setor, a MV Bank. Com investimento, nos 12 primeiros meses, de R$ 50 milhões, a plataforma tem objetivo de facilitar rotinas burocráticas, contemplando instituições, profissionais da área e pacientes. A iniciativa é uma parceria com a PeerBnk, empresa de serviços financeiros digitais.

Segundo Paulo Magnus, presidente da MV, que desenvolve softwares para a área de saúde, a fintech atuará, inicialmente, com duas necessidades da área: um serviço de antecipação de recebíveis para profissionais da saúde, que geralmente demoram até 90 dias para receber pagamentos, e a substituição de boletos por PIX.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Caruaru - Aniversário
Pernambuco 19.05.2022 16:45

Isso é cagado e cuspido paisagem do Interior

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Típica família sertaneja em Arcoverde: animal sagrado, conforme canção de Luiz Gonzaga, o jumentinho conduz o pai retirante com os filhos e uma penca de filhotes vira lata. A filha menor, de vermelho, numa mão leva a cachorra mãe, na outra o filhotinho ainda mamando. Poeta e cordelista, Braulio Bessa escreveu:

"Eu lhe digo que aqui no meu Sertão, caráter e honestidade são coisas de criação, tem família que sofre com sede e fome, sem dinheiro, sem luxo e sem “sobrenome”, 12 filhos e nem um vira ladrão".

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Cabo - Unidade de Saúde da Família
Pernambuco 19.05.2022 16:30

Ex-prefeito denuncia perseguição política em Palmerina

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O ex-prefeito de Palmerina Eudson Catão denunciou, hoje, ao blog, uma perseguição política na troca de direção do EREM Regina Pacis, naquele município. Segundo ele, todos os funcionários públicos que não são apoiadores do Governo Estadual estão sendo perseguidos pela atual gestão.

De acordo com Eudson, a Secretaria de Educação e Esportes demitiu o diretor Givaldo Paulo Barbosa e seu assistente que trabalhava na supervisão, José Nilton Ferreira, a pedido, segundo diário oficial, e nomeou Celso Evanderly da Silva Viana. Acontece que, os funcionários em questão negam o pedido de exoneração dos seus cargos, e tinham grande aprovação de funcionários e alunos da instituição. “Isso se deu por mera e completa perseguição política”, declarou o ex-prefeito.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Arcoverde - abril 2022
Pernambuco 19.05.2022 16:00

Marília visita Associação Pernambucana de Cabos e Soldados

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

A pré-candidata ao Governo de Pernambuco pelo SD, Marília Arraes, participou de um encontro na Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados (ACS-PE), na manhã de hoje, para ouvir as principais demandas da categoria. A pré-candidata foi recebida por Luiz Torres, presidente da associação. O delegado Israel Rubis, vice-prefeito de Arcoverde e pré-candidato a deputado federal, também esteve na ACS.

"Para construir o nosso plano de governo, é preciso ter muito diálogo com as categorias. Eu quero dizer para os policiais que a participação de todos é muito bem-vinda. Queremos muito diálogo e participação", afirma Marília.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Camaragibe - Maio 2022
Pernambuco 19.05.2022 15:30

Miguel quer combater burocracia da máquina pública com transformação digital

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O pré-candidato a governador Miguel Coelho visitou, hoje, a sede do Porto Digital, no Recife. O ex-prefeito de Petrolina conversou com o presidente da instituição, Pierre Lucena, e apresentou parte de suas propostas para modernizar a gestão pública e incentivar a inovação em Pernambuco.

Miguel disse, no encontro, que pretende investir na transformação digital do serviço público para diminuir a burocracia, agilizar o atendimento da população e melhorar a eficiência. “A gente quer acabar com aquela papelada toda, tornar tudo digital, para resolver coisas como tirar um documento, emitir licenças, ter exames médicos pelo celular, de forma rápida. Fizemos em Petrolina e deu certo. Isso reduz burocracia, filas, custos e o aborrecimento do cidadão”, explicou o pré-candidato.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Serra Talhada 2021
Pernambuco 19.05.2022 15:00

Prefeito de Toritama tem contas de 2019 aprovadas por unanimidade

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

A Câmara de Vereadores de Toritama aprovou, por unanimidade, as contas de Governo do prefeito Edilson Tavares, referente ao exercício financeiro de 2019, na manhã de hoje. Em agosto de 2021, o Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE) aprovou, também por unanimidade, as contas do prefeito e recomendou, em parecer, a aprovação pelos vereadores.

A sessão contou com o prestígio dos secretários municipais e servidores municipais. Na tribuna, o advogado Walles Couto explanou sobre o cumprimento fiscal da gestão municipal em 2019.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Belo Jardim 2 - Abril
Pernambuco 19.05.2022 14:30

No túnel do tempo

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

A foto é do arquivo do meu amigo Pinga, o empresário recordista de shows com Roberto Carlos. A imagem é de 1973 em Paulo Afonso (BA) na chegada do rei ao show. Se você tem uma foto histórica no seu baú e deseja vê-la postada neste quadro, envie agora pelo WhatsApp: (81) 9.8222-4888.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Bandeirantes Maio 2022
Pernambuco 19.05.2022 14:00

Governo demite filho de vereadora do PSB após anúncio de apoio à Marília

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Marcelo Felipe de Almeida Cardoso, filho da vereadora Célia Galindo, da bancada do PSB de Arcoverde, a 250 km do Recife, foi demitido, hoje, pelo governador Paulo Câmara. Ele ganhava apenas R$ 1.074 e trabalhava pesado numa escola do município. Arcoverde, até as paredes sabem, tem uma ex-prefeita na folha do Estado e um vereador, ambos do PSB, ganhando cinco vezes a mais em relação ao salário de Marcelo, mas nunca deram um dia de expediente. 

Marcelo tem três filhos e não falta um só dia ao trabalho, segundo o diretor da escola Carlos Rios, César Galindo. Seu afastamento foi político. Se deu uma semana após a mãe, decana na Câmara de Vereadores de Arcoverde, declarar seu apoio à candidata do Solidariedade ao Governo do Estado, Marília Arraes.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Nord Hotels
Pernambuco 19.05.2022 13:30

Até em contenção de encosta, Geraldo quer valor sigiloso

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

EXCLUSIVO 

Mais uma licitação por valor sigiloso, na gestão do ex-prefeito Geraldo Júlio (PSB) da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco. Desta vez, a gestão de Geraldo pretende fazer a contratação de serviços para contenção de encosta e drenagem na Vila Gaibu, próximo de SUAPE. O que se destacou na licitação é que, mais uma vez, o valor está contemplado como sigiloso. A justificativa é um artigo da Lei Federal das Estatais. "O Valor será sigiloso conforme art. 34 da da Lei Federal 13.303/2016", diz o edital. No entanto, outros órgãos do Governo do Estado não usam a citada lei, divulgando o valor da licitação com base no princípio da transparência. 

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE SESC - Férias de Janeiro
Pernambuco 19.05.2022 13:00

Nill Júnior é reeleito presidente da Associação das Emissoras de TV e Rádio de PE

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Diretor de jornalismo da Rádio Pajeú, de Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú, o comunicador Nill Júnior foi reeleito presidente da Associação das Empresas de Rádio e TV de Pernambuco, Asserpe. O novo mandato vai até 2025. A nova diretoria, também eleita consensualmente, tem como vice-presidente de TV, Iuri Maia Leite, da Globo Pernambuco. 

O vice-presidente de Rádio é Cléo Nicéas, do Grupo Nordeste de Comunicação; o vice-Presidente Financeiro é Tony Pereira, da Rádio Metropolitana Caruaru; o vice-presidente Agreste, Júnior Almeida, da Rádio Cultura do Nordeste – Caruaru; o vice-presidente Sertão, Ana Amélia Lemos, da Rádio Grande Rio – Petrolina; e o diretor Secretário é Ivan Feitosa – Rádio Liberdade FM – Caruaru.

...



compartilhamentos
Pernambuco 19.05.2022 12:30

Na comemoração do primeiro ano, Sextou revive Gilliard

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Espaço criado na pandemia, diante da ausência dos shows, dos artistas fora de cena, o Sextou completa amanhã um ano. O primeiro entrevistado foi o cantor e compositor Gilliard, um dos maiores astros do romantismo nos anos 80. Em comemoração à data, o Sextou de amanhã traz a reprise da belíssima entrevista do autor e intérprete de “Aquela nuvem”, dentre tantos outros sucessos.

...



compartilhamentos