Os bastidores do poder e da
política em primeira mão

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Jaboatão - Cão Terapia
19.01.2022 12:00

Por que o cidadão iria preferir serviços do governo através dos bancos?

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Por Luiz Queiroz*

A Secretaria de Governo Digital (SGD) sustentou ontem (18) em nota oficial, que não estará “repassando dados dos cidadãos brasileiros” através da validação biométrica e biográfica, já que tudo será um processo “automatizado”. E apresentou justificativas questionáveis. A primeira delas é que objetivo dos acordos com a Associação Brasileira de Bancos (ABBC – assinado no dia 7 de janeiro, por 12 meses) e a Febraban (renovado no dia 12 deste mês, por mais seis meses), visam “possibilitar que os cidadãos tenham mais opções de acesso por meio de credencial bancária aos serviços da plataforma que exigem níveis maiores de segurança”.

Segundo dados da própria SGD, isso significa que pelo menos 117 milhões de brasileiros terão essa “comodidade”, pois estão registrados na plataforma Gov.br e de alguma forma interagem com bancos, além dos que constam nas bases de dados do TSE e futuramente aqueles que se registrarem para obter a da Identidade Civil Nacional (ICN).

Indaga-se:

1 – Por que bancos?

2 – Por que não os Cartórios ou qualquer outro setor que já invista em certificados digitais e procedimentos de validação biométrica e biográfica dos brasileiros?

3 – Por que o cidadão iria preferir interagir com a plataforma Gov.br – do governo – através de credenciais emitidas por bancos?

4 – E por que os bancos ganharam sozinhos essa exclusividade e iriam querer ter o trabalho além do custo de monitorar tais credenciais para o governo, sem nenhum interesse comercial?

5 – Não há nos acordos assinados com a Febraban e a ABBC, nenhuma cláusula que impeça aos bancos de transferirem esses custos operacionais para os clientes na forma de tarifas bancárias. Nem poderia, pois o governo constitucionalmente está impedido em interferir em atividade econômica privada. Então indaga-se, o cliente “gov.br” vai pagar a conta?

O que se sabe desses acordos entre o Ministério da Economia e os bancos é que eles não envolverão transferência de recursos públicos, nem tampouco os bancos pagarão pelo acesso às bases de dados do TSE, Gov.br e futuramente da Identidade Civil. Será mesmo?

Em agosto de 2020 este blog denunciou uma prática abusiva da Serasa Experian contra quem se cadastrava no Cadastro Positivo para obter score de crédito. Bastava a pessoa manifestar o interesse visando a informar ao mercado financeiro que era um “bom pagador”, que imediatamente a Serasa atuava como intermediária na captação de novos clientes para os bancos. Em nenhum momento do cadastramento da pessoa foi informado pela Serasa que esses dados dela poderiam ser usados para efeito de intermediação comercial para bancos:

A prática somente cessou a partir da entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Pelo menos o autor deste blog nunca mais recebeu e-mail deste gênero. Então cabe ainda mais algumas indagações ao Ministério da Economia:

1 – os bancos que já contavam com o apoio da Serasa, precisariam desses acordos de validação biométrica e biográfica com o governo?

2 – Por que o governo precisaria dos bancos e, somente deles, para ter confiabilidade no credenciamento que faz dos brasileiros para acesso à sua plataforma de serviços?

Dizer que os bancos não terão acesso aos dados de brasileiros, depois da implantação do Open Banking, parece piada de mau gosto da parte da SGD. Soma-se à isso o acesso agora ao Imposto de Renda e a possibilidade de rastreamento que os bancos poderão fazer das andanças dos cidadãos pelas páginas do governo, tal como faz o Facebook, quando garante a identificação segura de pessoas que acessam páginas contendo oferta de informação, bens e serviços na Internet.

Esses acordos vão ao encontro de outra denúncia feita por esse blog e somente servem para dar um ar regulatório a algo que já pode estar sendo posto em prática: os bancos, que já tinham as informações pessoais de clientes, passaram a contar, também, com o acesso aos bens declarados no Imposto de Renda das Pessoas Físicas e Jurídicas. Isso foi autorizado pela Receita Federal do Brasil em sua Portaria nº 81, de 11 de novembro de 2021. A RFB apenas impôs uma condição: que os donos dos bens declarados autorizem o acesso das instituições às informações armazenadas no Serpro. Tudo dentro das “boas práticas” previstas no Artigo 8º da Lei Geral de Proteção de Dados.

Portanto, afirmar que não repassa dados de brasileiros para bancos não condiz com a realidade e nem explica tal privilégio concedido a apenas este setor econômico. Há um claro desvio de finalidade além de ferir o caráter da “impessoalidade” prevista na legislação de compras brasileira. Só bancos ganham o privilégio de ter o validador biométrico e biográfico de cidadãos que acessam ao Gov.br, quando estes não fizerem o cadastramento diretamente na plataforma.

Esse acesso aos dados só dependerá apenas de uma simples palavra que está descrita no artigo 8º da Lei Geral de Proteção de Dados: “consentimento”. Mas como garantir a liberdade do detentor dos dados pessoais de não ceder suas informações para os bancos, quando ele for renovar cheque especial, cartão de crédito ou pedir um empréstimo?

A Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia alegou ainda como benefício para os bancos, que graças à ele as instituições financeiras “poderão testar a tecnologia de validação biométrica para fins da identificação segura de seus clientes”.

*Que beleza! Graças ao “governo digital”, somente agora os bancos conseguirão saber com 100% de certeza quem é o seu cliente.

*Jornalista

compartilhamentos

Últimos posts

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Petrolina - São João
Coluna 20.05.2022 00:00

Coluna da sexta-feira

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Uma postura coerente

Na entrevista exclusiva que concedeu, ontem, ao Frente a Frente, o pré-candidato do PSB ao Governo do Estado, Danilo Cabral, foi coerente. Em nenhum momento, quando forçado a falar sobre o desgaste do Governo e do próprio governador Paulo Câmara, tergiversou. Defendeu com ênfase o Governo e disse que Câmara fez muito, não avançando mais, segundo ele, por retaliação do presidente Bolsonaro.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Ipojuca - Maio 2022
Pernambuco 19.05.2022 23:00

Miguel e Raquel desistem de aliança e permanecem no páreo

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Após reunião, hoje, os pré-candidatos ao Governo do Estado Miguel Coelho (UB) e Raquel Lyra (PSDB) chegaram ao entendimento de que a melhor estratégia para garantir a mudança, tirando a hegemonia do PSB, é ter múltiplas candidaturas. Sendo assim, Miguel e Raquel permanecem candidatos. As informações são do Diário de Pernambuco.

A decisão foi tomada durante reunião ocorrida no Recife e dá um ponto final às rodadas de negociações que já se arrastavam há mais de um mês entre os pré-candidatos. "Tivemos uma conversa importante e chegamos ao entendimento que o melhor caminho para a mudança é um cenário com múltiplas candidaturas. Então, seguiremos com nossa pré-campanha ao Governo de Pernambuco consolidada e crescente. E, ao mesmo tempo, respeitamos a posição da ex-prefeita Raquel de se colocar como opção também. Hoje, o foco é construir um projeto que faça Pernambuco sair dessa situação de atraso, onde viramos referência em miséria, desemprego e violência. Só com a mudança, Pernambuco poderá voltar a ter seu lugar de destaque com prosperidade e esperança", disse Miguel Coelho.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Caruaru - Aniversário
Pernambuco 19.05.2022 21:00

Moraes multa Daniel Silveira em R$ 105 mil por não uso de tornozeleira eletrônica

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes multou, hoje, em R$ 105 mil o deputado Daniel Silveira (PTB-RJ). O valor se refere ao descumprimento de medidas cautelares em sete ocasiões distintas.

Essa é a terceira vez que o parlamentar é multado pelo STF por desrespeitar as determinações do tribunal. Na semana passada, Silveira foi multado em R$ 135 mil, e no início do mês em R$ 405 mil por não cumprir as restrições de deslocamento e participação em eventos. Com a nova multa, o valor total determinado de bloqueio por Moraes é de R$ 645 mil.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Cabo - Unidade de Saúde da Família
Pernambuco 19.05.2022 20:30

Direto do túnel do tempo

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

No final dos anos 80, o ex-deputado federal Ricardo Fiúza e o então deputado estadual Severino Cavalcanti, o velho Zito, como era conhecido. A foto é do arquivo do jornalista Dimas Santos, de João Alfredo. Se você tem uma foto histórica no seu baú e deseja vê-la postada neste quadro, envie agora pelo WhatsApp: (81) 9.8222-4888.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Arcoverde - abril 2022
Pernambuco 19.05.2022 20:00

Liderança do Avante no Agreste anuncia apoio à Marília

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Ex-vice-prefeito de Limoeiro, um dos mais importantes municípios do Agreste Setentrional, Marcelo Motta anunciou, hoje, apoio à candidata do Solidariedade ao Governo do Estado, Marília Arraes. Filiado ao Avante, do deputado federal Sebastião Oliveira, nome confirmado na vice de Marília, Motta é candidato a deputado federal.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Camaragibe - Maio 2022
Pernambuco 19.05.2022 19:30

Raquel Lyra participa de evento na Associação dos Defensores Públicos

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

A pré-candidata ao Governo do Estado pelo PSDB, Raquel Lyra, marcou presença no almoço que comemorou o Dia do Defensor Público, celebrado hoje, na sede da Associação dos Defensores Públicos do Estado de Pernambuco (ADPEPE). A tucana foi recebida pelo presidente da casa, Edmundo Siqueira Barros. O defensor público-geral, José Fabrício, também esteve presente no evento.

“Acompanho muito de perto a luta dos defensores. Estamos vivendo o pior momento da história de Pernambuco, e no que diz respeito ao empobrecimento da população. O próximo governador ou governadora terá o desafio do combate à pobreza e nada melhor do que instituições como esta para poder garantir a diminuição do empobrecimento da população”, destacou Raquel Lyra.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Serra Talhada 2021
Pernambuco 19.05.2022 19:00

Em ato inédito, presidente da Câmara de Brejo da Madre de Deus concede vista de um projeto sobre votação de contas

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O município de Brejo da Madre de Deus viveu, nos últimos anos, a dúvida de quando entraria em pauta a votação das contas dos ex-prefeitos Hilário Paulo e Dr. Edson de Souza. Manobras foram realizadas por parlamentares e a primeira comissão não conseguiu finalizar o processo de análise.

Por isso, uma nova comissão foi montada para avaliar a decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o vereador Dr. Jam ficou como presidente, Marcelo de Don Don foi o relator e Maria José do Tambor membro.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Belo Jardim 1 - Abril
Pernambuco 19.05.2022 18:30

STF decide por unanimidade que é legal punição a motorista que recusar bafômetro

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, hoje, por unanimidade, validar a punição administrativa prevista no Código de Trânsito Brasileiro ao motorista que se recusar a fazer o teste do bafômetro. A decisão tem repercussão geral, isto é, deverá ser seguida pelos demais tribunais no país. Ao todo, mais de mil processos aguardavam um posicionamento do plenário do STF sobre o tema.

O Código de Trânsito prevê multa administrativa para quem se recusa a fazer "teste, exame clínico, perícia ou outro procedimento que permita certificar influência de álcool ou outra substância psicoativa". Além de multa, há suspensão do direito de dirigir por 12 meses, recolhimento da habilitação e retenção do veículo.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Bandeirantes Maio 2022
Brasil 19.05.2022 18:00

Tyndaro Menezes é demitido da Globo sob suspeita de corrupção

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Tyndaro Menezes, ex-chefe do núcleo de jornalismo investigativo da Globo, é alvo de investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) por suspeita de envolvimento com Ângelo Ribeiro de Almeida Júnior, ex-titular da Delegacia Fazendária fluminense, denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro na compra de insumos médicos. De acordo com informações obtidas pelo colunista Lucas Pasin, do UOL, Menezes foi demitido da emissora carioca ontem.

Em trechos de conversas obtidas pelo MPRJ e incluídos em um documento que será enviado ao Ministério Público Federal, o delegado diz que Menezes deve “receber sua parte em dinheiro” apesar de “não integrar nenhuma empresa”.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Nord Hotels
Pernambuco 19.05.2022 17:30

MV Bank vai antecipar recebíveis para setor de saúde

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Em um contexto de carência de parceiros financeiros que trabalham com instituições de saúde, a MV lança amanhã, durante a Feira Hospitalar, em São Paulo, uma “fintech” voltada especificamente para o setor, a MV Bank. Com investimento, nos 12 primeiros meses, de R$ 50 milhões, a plataforma tem objetivo de facilitar rotinas burocráticas, contemplando instituições, profissionais da área e pacientes. A iniciativa é uma parceria com a PeerBnk, empresa de serviços financeiros digitais.

Segundo Paulo Magnus, presidente da MV, que desenvolve softwares para a área de saúde, a fintech atuará, inicialmente, com duas necessidades da área: um serviço de antecipação de recebíveis para profissionais da saúde, que geralmente demoram até 90 dias para receber pagamentos, e a substituição de boletos por PIX.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE SESC - Férias de Janeiro