Jaboatão - Nova UBS PET

28/07


2021

Assim é se lhe parece

Por Márcio Accioly

Quando Robert Felix morreu nos EUA, dia 10 de junho último, o mundo perdeu um dos mais sérios pesquisadores de fenômenos climáticos, abrindo lacuna de complexo preenchimento. O seu site, Ice Age Now, tornou-se referência compulsória a todos os que o conheciam e acompanhavam o seu trabalho, sendo ponto obrigatório de consulta diária.

Ele escreveu dois livros sobre o assunto (editados apenas em inglês), sendo que um deles se encontra esgotado e pode ser adquirido apenas como e-book: “Not by Fire but by Ice”. O segundo, intitulado “Magnetic Reversals and Evolutionary Leaps”, questiona até mesmo a teoria evolutiva de Charles Darwin e apresenta nova proposta.

As publicações, que podem ser adquiridas no endereço eletrônico iceagenow.info surpreendem os leitores em função de inacreditáveis acertos de suas projeções, pois tomam como base registros prévios e estudos irrefutáveis de expressivas figuras (como Piers Corbyn), a respeito da função do Sol com relação à vida no nosso planeta.

Apesar de o brasileiro em geral não ser adepto de leitura, a internet conseguiu de certa forma bloquear os excessos cometidos pela chamada grande mídia e impedir que as mentiras acabassem por nos soterrar com tanta desinformação. O mundo não está aquecendo e o ser humano não tem nenhuma influência sobre o clima.

O mundo está gelando! Ao publicar o seu livro no final do século XX, garantindo que estávamos mergulhados em nova era glacial, Felix foi ridicularizado pela maioria. Onde estão, agora, os que menosprezavam suas colocações, no instante em que se anuncia 25 graus negativos para algumas localidades no sul brasileiro (RS)?

Isso é clima de Canadá, no Hemisfério Norte, devido à proximidade com o Ártico polar. E enquanto se desentendem por espaços políticos, com alguns querendo impor regime comunista para se apropriarem do fruto do trabalho alheio, seria bom prestar atenção à previsão de Robert Felix que aponta a chegada da fome em curto tempo.

“Não irá demorar muito e as pessoas estarão nas ruas se matando por comida”, alertava. “A escassez na produção agrícola é iminente: teremos cheias, ondas de calor, frio extremo e tudo isso combinado resultará em caos incontrolável”. Basta ver o que já está acontecendo: nos EUA, a inflação vai alcançando índices assustadores!

Toda essa questão climática acontece dentro de ciclo natural. O mundo congela a cada 11 mil e 500 anos. O Sol diminui o ritmo de sua atividade e é ele quem comanda todo o processo. O astrofísico inglês Piers Corbyn, considerado, hoje, o maior estudioso da atividade solar, vem mostrando isso há anos, sem que lhe dispensem atenção.

A imprensa, está comprovado, passou a vida manipulando fatos e oferecendo ao público em geral tão somente aquilo que serve aos seus próprios interesses. A Rede Globo, que vivia falando em “aquecimento global”, muda agora a narrativa e diz que estamos sofrendo “mudanças climáticas”. Mas continua culpando a atividade humana.

Não existem culpados. Tudo faz parte de um ciclo. Nós sabemos estar aqui, agora, mas não temos a menor ideia aonde iremos no instante seguinte. O mundo também tem o seu ciclo e nós, vivendo nele, somos passageiros de viagem onde o que menos importa é a nossa opinião.

Os “administradores” das ações sociais não têm a menor noção do que acontece, mais alienados ainda pelas ilusões que eles próprios criam. Perderam a dimensão crítica. O fato é que estamos bem próximos de encruzilhada decisiva e ninguém sabe que rumo tomar. Só resta nos desejar boa sorte!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Seria o articulista fã de Olavo idiota de Carvalho e do imbecil Trump, ou ainda do acéfalo?


Cabo Agosto 2021

Confira os últimos posts



19/09


2021

O jardineiro que encheu meus olhos de beleza

Cresci ouvindo que só existe um tipo de jardineiro: aquele que chora ao cair uma flor do seu jardim. Assim é Valmir, o cuidador do verde, que zela com carinho os jardins de sua Ouricuri. Eu o conheci regando as plantas da nova praça com pista de cooper da cidade, no Sertão do Araripe, a 660 km do Recife, parada obrigatória da minha rota na Chapada, semana passada.

O bom jardineiro cultiva a terra, planta com amor, chora de emoção ao ver o jardim florir. Sentado no banco da praça, nos primeiros raios de sol em Ouricuri, fiquei contemplando o jeito e a forma diferenciada de Valmir jogar água sobre as espécies que me confessou ter sido plantadas por ele para embelezar o jardim da nova praça.

Ele foi se empolgando com as minhas perguntas curiosas, sem que me apresentasse como repórter, contou detalhes de flores e orquídeas, mais adiante abriu seu baú de fotos sobre seu trabalho e confessou: "Já sofri muito longe da minha terra até abraçar a causa da minha vida, os meus jardins", disse.

Como todo retirante que deixa seu torrão natal num pau de arara, Valmir comeu o pão que o diabo amassou em Rondônia até concluir o curso de jardinagem. Com o canudo nas mãos, de volta a Ouricuri, passou a ganhar o dobro da renda que tinha como empregado em terras do Norte.

Como bom jardineiro, ele faz a flor que cai um dia brotar. Quando ver uma planta morrer, pelos seus olhos jorram lágrimas de dor. Nas fotos do seu trabalho, que me enviou por celular ao cair da tarde de hoje, eu também chorei de emoção e compartilho as imagens com meus leitores.

O jardim ou o jardineiro? É o jardineiro. Havendo um jardineiro, mais cedo ou mais tarde um jardim aparecerá. Mas, havendo um jardim sem jardineiro, mais cedo ou mais tarde o jardim desaparecerá 

Viva Valmir, lição de um jardim de vida!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina Julho 2

19/09


2021

PSDB Paraná declara apoio a Eduardo Leite

O diretório estadual do PSDB no Paraná decidiu apoiar a candidatura do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, nas prévias da sigla. O anúncio foi feito ontem (assista ao vídeo).

Antes, o PSDB de Minas Gerais, que tem influência do deputado federal Aécio Neves, declarou apoio a Leite.

O governador de São Paulo, João Doria, é o seu principal adversário na disputa para definir o nome tucano que concorrerá à Presidência da República no ano que vem.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca - Microempreendedores

19/09


2021

A oportunidade do centenário de Paulo Freire

Por Roberto Cláudio*

O calendário marca hoje, 19 de setembro, o centenário de nascimento do nordestino Paulo Regius Neves Freire, o Paulo Freire, um dos maiores pensadores da educação e da pedagogia no mundo. O centenário acontece em um momento crucial para o Brasil, envolto hoje nas trevas da deseducação. E por isso é necessário, mais que nunca, falar de seu legado.

O legado de Paulo Freire é um dos alicerces da pedagogia crítica, onde o processo de aprendizagem foi redimensionado na formação educacional, descontruindo a educação bancária, substituindo o mero letramento pela compreensão de como “ensinar-aprender”, ou seja, pela sua percepção de dupla conceituação. Paulo Freire dizia que “se ensina aprendendo e se aprende ensinando”.

Considerado um dos brasileiros mais homenageados no mundo, Paulo Freire obteve em sua trajetória de vida 35 títulos de Doutor Honoris Causa, entre os anos de 1988 e 2013, atribuídos por reconhecidas universidades de onze países.  Pelo território brasileiro e em outros países foram criados dezenove “Institutos Paulo Freire”.

Reconhecido como Patrono da Educação brasileira por meio da lei Nº 12.612/2012, Paulo Freire via no ato de alfabetizar “a oportunidade de fazer com que analfabetos e analfabetas resgatassem a sua humanidade roubada”, como definiu a escritora Ana Maria Araujo Freire, sua companheira e biógrafa, autora do livro “Paulo Freire - Uma história de vida”, Prêmio Jabuti de Melhor Biografia no ano de 2007.

No livro Pedagogia do Oprimido, que propõe um método de alfabetização dialético, Paulo Freire se diferenciou dos tradicionais intelectuais de esquerda ao defender o diálogo com as pessoas mais simples não só como método, mas como um modo de ser realmente democrático.

As pesquisas demonstram o impacto de sua obra ao redor do planeta. A Open Syllabus, por exemplo, plataforma que mapeia os livros mais requisitados na Educação, pesquisou em mais de um milhão de programas de estudos de universidades dos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia e descobriu que Pedagogia do Oprimido é o 99º livro mais citado, fazendo do pedagogo o único brasileiro entre os 100 mais citados e o segundo mais bem colocado no campo da educação. Outra pesquisa da London School of Economics revelou que Pedagogia do Oprimido é o terceiro livro mais citado mundialmente na área das Ciências Sociais.

Claro que com todas essas referências já se justificava a homenagem de qualquer texto ao centenário de Paulo Freire. Mas não é só. Neste momento desolador do Brasil, se torna fundamental revisitar Paulo Freire em seu centenário para fazermos um resgate da humanização.

Nunca foi tão vital aplicar Paulo Freire, traduzir seu amor pelos menos favorecidos e construir as bases de uma sociedade mais fraterna e igualitária. No Brasil, felizmente, temos exemplos dos efeitos de Paulo Freire na educação. Eu me orgulho do meu Ceará, que é hoje um estuário do que foi a crença de Paulo Freire. Os resultados obtidos na educação são claros. Vemos as instituições de ensino públicas no Estado do Ceará em destaque no Ideb, o índice que avalia o desenvolvimento da educação básica brasileira.  Nove das 10 melhores escolas do Brasil estão no Ceará.

Fortaleza está em 1° lugar do Norte e Nordeste em matrículas de Tempo Integral e, percentualmente, a capital brasileira líder em matrículas de tempo integral. Também é 1° lugar do Norte e Nordeste em matrículas na Educação Inclusiva. Fortaleza é 1° lugar do Brasil na ampliação de matrículas na Educação Infantil e 1° lugar do País na ampliação de matrículas em creches e já tem mais de 50% das matrículas na rede municipal em tempo integral.

Do Ceará podemos, sem falsa modéstia, celebrar o centenário de Paulo Freire com orgulho. Neste pedaço do Brasil, onde as adversidades campeiam e nossa gente sobrevive em uma terra com 85% do seu território em solo cristalino, semeamos esperança e já começamos a colher os frutos sonhados por Freire quando afirmava “Não sou apenas objeto da história, mas se sujeito igualmente. No mundo da história, da cultura, da política, constato não para me adaptar, mas para mudar”.

*Ex-prefeito de Fortaleza (CE) e presidente do Diretório Municipal do PDT. Médico sanitarista, com PhD em Saúde Pública pela Universidade do Arizona.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/09


2021

Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos

O ator da Globo Luis Gustavo Blanco morreu aos 87 anos hoje. Ele estava em Itatiba cuidando de um câncer no intestino desde 2018 mas não resistiu às complicações. As informações são do Estadão.

O artista tinha como trabalhos de destaque mais recentes participações em Malhação, em 2012, e no seriado As Cariocas: A Invejosa de Ipanema, de 2010. Ele estava vacinado contra a Covid-19 desde fevereiro.

Luis Gustavo era casado com Cris Botelho e pai de Luis Gustavo Vidal Blanco (que tinha como mãe Heloísa Vidal) e Jéssica Vignolli Blanco (fruto do casamento do ator com a atriz Desireé Vignoll). Ele deixa também a neta Marina Hoagland Blanco Buzzone e os sobrinhos Tato Gabus Mendes e Cássio Gabus Mendes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru volta as aulas 2021

19/09


2021

Vulcão nas canárias entra em erupção. O que pode ocorrer?

O Poder

No final da manhã, horário de Brasília, finalmente aconteceu. Uma nuvem de fumaça negra começou a ser expelida, confirmando as previsões e avisos dos especialistas. O vulcão na ilha de La Palma, nas Ilhas Canárias, entrou em erupção hoje, às 11h12 no horário de Brasília (15h12, no horário local). O alerta de risco vulcânico foi acionado ontem pelas autoridades espanholas. De acordo com o pesquisador do Instituto de Ciências do Mar da UFC (Universidade Federal do Ceará), Carlos Teixeira, a erupção até o momento é de pequeno porte e não há qualquer alerta de tsunami.

ACORDOU

O complexo vulcânico de Cumbre Vieja não entra em erupção desde 1971 e voltou a ser notícia nesta semana, ao entrar em alerta amarelo. O vulcão da região ganhou destaque no Brasil, uma vez que seria o único que, em caso de erupção explosiva — nível mais alto de atividade vulcânica —, poderia ser capaz de gerar deslizamentos e provocar um tsunami, com força suficiente para chegar à costa brasileira. Isso na teoria. Na prática, o risco desse cenário acontecer é muito baixo.

*Matéria disponível no site de O Poder.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

19/09


2021

Quem é Paulo Freire, que completaria 100 anos hoje

O educador e filósofo brasileiro Paulo Freire completaria 100 anos hoje. Ele é o patrono da educação brasileira e considerado um dos personagens mais importantes da pedagogia mundial. Possui títulos em 41 instituições de ensino, como nas universidades de Harvard, Cambridge e Oxford.

Nascido no Recife, no Pernambuco, Paulo Reglus Neves Freire é pesquisado até hoje em diferentes partes do mundo. Sua obra de maior destaque é o livro “Pedagogia do oprimido”, lançado em 1968. Nele, Freire propõe um novo formato na relação entre professor, estudante e sociedade.

Com mais de 1 milhão de exemplares vendidos, é o 3º livro mais citado em trabalhos acadêmicos das ciências sociais em todo o mundo. No entanto, o método apresentado na obra não é unânime e gera discussões.

Freire era defensor da necessidade de se compreender a realidade do aluno, da alfabetização de adultos e da formação do senso crítico. Sempre defendeu a educação construída em conjunto. Destacou-se por seu trabalho voltado tanto para a escolarização como para a formação da consciência política.

O educador é considerado o brasileiro mais premiado com o título de Doutor Honoris Causa por universidades do Brasil e do mundo. São ao menos 35 títulos recebidos.

LEGADO E CRÍTICAS

O legado de Freire é alvo de debates da pedagogia mundial. No Brasil, a gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é bastante crítica ao trabalho do filósofo.

Em 2019, Bolsonaro chamou Freire de “energúmeno”. “Tem um monte de formado aqui em cima dessa filosofia aí, de um Paulo Freire da vida aí. Esse energúmeno aí. Ídolo da esquerda”, disse o presidente.

Na última quinta-feira (16), uma decisão da juíza Geraldini Vital, da 27ª Vara Federal do Rio de Janeiro, proibiu o governo federal de “atentar contra a dignidade” do filósofo. De acordo com a juíza, a Constituição garante a todos o direito à livre manifestação de pensamento. No entanto, afirma, esse direito tem limites.

A magistrada fixou multa diária de R$ 50 mil caso a União descumpra a decisão. A ordem é liminar (de caráter provisório) e pode ser revertida.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) criticou a decisão. O congressista disse que a ação é uma “militância doentia”. O filho do presidente disse também que a educação no país é de “péssima qualidade” e questionou: “Não se pode nem criticar o patrono desta bagunça?”.

*Do Poder360


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

19/09


2021

Paulo Freire e a escola que desvendou meus olhos

Costumo me autoclassificar como um cronista do quotidiano, embora com especialidade em política, minha praia profissional. A crônica situa-se entre o jornalismo e a literatura, e o cronista pode ser considerado o poeta dos acontecimentos do dia-a-dia. A crônica, na maioria dos casos, surge por acaso, num olhar simplesmente, num reencontro e em um passado que vive nos remoendo por dentro.

Nos dias de carnavais apagados do calendário pela pandemia, em Afogados da Ingazeira, meu chão seco que beijo sempre inalando inspiração, revi amigos, curti meus filhos, vi a chuva cair sobre o meu telhado e a cada sinal de reminiscência, em refrigério à alma, escrevi crônicas.

A de hoje, a da despedida – pego a estrada daqui a pouco rumo ao Recife para na semana seguinte reencontrar-me com Brasília – surgiu também de um flagrante olhar no passado. Esses olhares são sempre nas minhas corridas diárias de 6 km, em percursos e áreas diferenciadas. Corro no campo, respirando o perfume do marmeleiro, e na cidade, contemplando meu passado de garoto e adolescente.

Na contemplação de ontem, fotografei a velha casa onde funcionou por muito tempo as Escolas Reunidas, defronte à Diocese, 100 metros separada da Rádio Pajeú e do saudoso Cine São José. Deu lugar à Secretaria Municipal de Educação. Ainda bem que o selo permaneceu em educação. Foi lá que descobri o mundo fantástico das letras. Quando o homem aprende a ler, rompe a escuridão que veda os seus olhos. Abre-se o claridão da vida.

Paulo Freire, referência mundial, inspirador até de um método no ensinar, dizia que a educação modela as almas e recria os corações. É a alavanca das mudanças sociais. Rubem Alves disse que há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas. Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo. 

Mas não basta aprender a ler e escrever. É preciso que a escola ensine principalmente aos alunos as lições do aprendizado para se conquistar a cidadania. Formar bons cidadãos para o mundo. E minha Escolas Reunidas ensinava, sim. No amor, no grito e nos puxões de orelhas. 

Levei alguns puxões de Lourdinha de Guaxini, minha professora nesse meu berço mirim do aprendizado. Mas aprendi o bê-a-bá, a somar, dividir e multiplicar. Era uma escola rígida. Havia tempo para tudo: leitura em grupos, tarefas de casa cobradas sem direito a perdão e até a cantar. Cantávamos em uníssono o Hino Nacional, perfilados e com a mão direita sobre o coração em sinal de nacionalismo, amor e respeito à pátria.

A Escola Reunidas era uma só, não me pergunte pelo fato de ser reunidas que não sei. Só sei que nela aprendi a ser sábio na dor. Ajudou-me forçando-me a pensar ao contrário dos meus próprios  pensamentos. Uma escola onde os alunos mandassem seria uma escola triste. Por isso, a luz, a moralidade e a arte serão sempre representadas na humanidade por um conjunto de mestres, uma minoria que guarda a tradição do verdadeiro, do bem e do belo. Nas Reunidas, era assim.

Importante na escola não é só estudar, é também criar laços de amizade e convivência, nos ensinou Paulo Freire. Só tenho que agradecer, por fim, aos mestres da minha primeira escola. Pessoas que passaram em minha vida e que me ensinaram os primeiros passos para me apaixonar pelos estudos e a leitura. 

Nela, aprendi e agora sei o que não quero para mim. Agradeço a eles por tudo que já consegui escrever. A cada um que dedicou seu tempo em vida para me educar a minha eterna gratidão. Vocês me ajudaram a completar um ciclo de crescimento num saber sólido e perene. Agradeço aos puxões de orelhas de Lourdinha de Guaxini: eles tornaram minha vitória mais saborosa.

*Texto publicado no meu livro de crônicas A dor da pandemia


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC Agosto 2021

19/09


2021

Mais um giro pelo Agreste

Cheguei no sábado de manhã do giro pelo Sertão do Araripe, muito produtivo, diga-se de passagem, e já estou de malas prontas para amanhã começar uma nova peregrinação pelo Agreste. Começo por Belo Jardim pela manhã e à tarde vou a Tacaimbó, um dos maiores produtores de maxixe do Estado. Dos estúdios da Bitury 98.3 FM, integrante da Rede Nordeste de Rádio, apresento o Frente a Frente intinerante.

Entre os convidados, os prefeitos Gilvandro Estrela (DEM), de Belo Jardim, e Álvaro Marques (PT), de Tacaimbó. No dia seguinte, chego em João Alfredo para uma pauta de manhã e à tarde já estarei em Limoeiro. Até sexta-feira, cumpro agenda em outros municípios do Agreste Setentrional, entre eles Bom Jardim, Santa Cruz do Capibaribe e Brejo da Madre de Deus, este território do cenário da Paixão de Cristo, no distrito de Nova Jerusalém.

Alguém pode se surpreender com minhas andanças, mas apenas os que não conhecem minha trajetória profissional. Sou um repórter na essência. Ando atrás das notícias nas fontes e valorizo o Interior. Em geral, para o grosso da mídia estadual, a notícia está apenas no Recife, quando são os mais injustiçados e esquecidos pelo poder que precisam do amparo e da atenção da Imprensa. 

Alguns dos meus livros são produtos das viagens, como O Nordeste que deu certo, quando percorri 10 mil km nos nove Estados da região, assim como Reféns da Seca, que me obrigou a usar botas de sete léguas em seis Estados nordestinos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes Agosto 2021

19/09


2021

Voos domésticos crescem 74,6% e NE é melhor destino

Por Mozart Luna, do Circuito Mundo

Na contra mão das notícias de inflação alta, queda na bolsa de valores e subida do dólar, a malha aérea doméstica brasileira não reflete de fato estas informações e apresenta um crescimento incrível de 74,6% em setembro.

Ao contrário das noticias pessimistas a atividade turística vai muito vem obrigado, demonstrando que nem tudo está ruim no Brasil e que ao contrário, deverá até mesmo surpreender até o final, que promete ser um dos melhores para o turismo nacional.

No Nordeste, os principais destinos turísticos como Maceió, Maragogi, Porto de Galinhas, Fortaleza, Salvador e Natal, os indicativos são que a rede hoteleira estará lotada. Isto aponta mais uma vez que a região nordestina, se consolida como o futuro do turismo brasileiro, com muito sol e mar e uma rede hoteleira maravilhosa, que conta com o Grupo internacional Vila Galé. 

O Nordeste será a única região do Brasil a ter voos charter da Europa (Portugal), para as festas de final de ano recebendo os voos da companhia aérea Hy Fly, numa parceria com as operadoras de turismo LusaNova, Alto Astral, Solférias e Soltrópico.

Números

A média diária dos voos doméstico em setembro foi de 1.793 partidas, o equivalente a 74,6% da oferta de voos que as companhias aéreas nacionais operavam antes do impacto da pandemia de covid-19, no início de março de 2020. É o quinto mês consecutivo de crescimento nesse indicador.

Contudo, as companhias aéreas brasileiras são acusadas de estar abusando nos valores das passagens, chegando aumentar os preços em 21%, enquanto as companhias internacionais baixaram em média 23%. O Governo Federal deverá cobrar uma contrapartida das empresas, que foram beneficiada com a MP que prorrogou o reembolso das passagens, durante o período da pandemia e ajudou até mesmo a salvar muitas aéreas da falência.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/09


2021

Bom Jardim integra projeto do Marco da Moda em PE

Bom Jardim está dando um passo importante para impulsionar a indústria da Confecção no município. Na verdade, dois passos. É que a Cooperativa de Trabalho Imperial de Confecções e a empresa Jefferson Cleiton da Silva Santos foram selecionadas para participar do projeto de incubação do Marco Pernambucano da Moda, que oferece consultoria técnica especializada para potencializar os negócios.

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, articulou a parceria para inserir Bom Jardim no polo de confecção do Agreste, de maneira cada vez mais forte e consistente. “É ação prioritária da gestão do prefeito, professor Janjão, gerar empregos, e uma excelente oportunidade para esta meta é o fortalecendo a indústria da confecção em nosso município. Para nós é motivo de alegria dois projetos de Bom Jardim serem selecionados para este programa de incubação, porque vai possibilitar o crescimento do setor de forma consistente”, destaca o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Célio Borges.

COOPERATIVA – A Cooperativa Imperial conta com 28 cooperados, produz mais de cinco mil peças por mês para duas marcas de roupas infantis e tem como principal objetivo criar a própria marca. “Hoje a cooperativa gera renda e movimenta o comércio local, resultando assim em melhores condições de vida e perspectivas de futuro para nossos cooperados”, afirma o presidente, José Amorim. Ele disse ainda que, durante a pandemia, a cooperativa produziu 50 mil máscaras, sendo vinte mil compradas pela Prefeitura de Bom Jardim.

A matéria completa está disponível no Blog de Alberico Cassiano.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
Publicidade

Publicidade

Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Opinião

Publicidade
Apoiadores
Parceiros