Lavareda

24/10


2020

Matuto vai ao STJ para voltar à Prefeitura de Paulista

Está nas mãos do vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Jorge Mussi, a decisão de manter ou não o prefeito de Paulista, Junior Matuto (PSB), afastado do cargo. Pela segunda vez, a Justiça determinou sua saída da administração municipal devido às operações Chorume e Locatário, deflagradas pela Polícia Civil em julho.

A defesa de Matuto entrou com um pedido de suspensão de liminar e de sentença no STJ, na última quinta-feira (22), para tentar retornar à Prefeitura. Ontem, o vice-prefeito de Paulista, Jorge Carreirro (PV), foi empossado na Câmara Municipal como novo chefe do Executivo.


 
 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

Confira os últimos posts



03/12


2020

Sucessão na Câmara também é explosiva

Perto de perder o poder no comando da Assembleia Legislativa, o PSB também corre enormes riscos na Câmara Municipal do Recife. Recém eleito, João Campos (PSB) está focado na transição e em conceder entrevistas para diversos veículos nacionais de comunicação. 

Enquanto isso, as costuras nos bastidores pelo controle da Casa de José Mariano seguem a todo vapor. O atual presidente, Eduardo Marques (PSB), pretende disputar a reeleição, já que a legislação permite novo mandato. No entanto, ele pode enfrentar o colega de partido Romerinho Jatobá, que segue montando chapa dia a noite, inclusive com a presença de oposicionistas na Mesa Diretora, como é o caso de Marco Aurélio Filho (PRTB), que vai estrear na CMR. 

Com a oposição renovada e ampliada, a Câmara deve enfrentar fortes turbulências a partir de janeiro e não seria surpreendente se o comando da Casa também fosse parar nas mãos de um rival do PSB. Ou pelo menos de algum parlamentar que não seja fiel aos socialistas. 

Embora a eleição para a Mesa só vá acontecer em janeiro, os acordos para ocupar postos nas principais comissões devem ser selados nas próximas semanas, incluindo as conversas com os novatos, que também buscam espaços.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

03/12


2020

Interrogatório de Sari Corte Real é hoje

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) realiza, hoje, a primeira audiência de instrução e julgamento do Caso Miguel, criança de 5 anos que morreu após cair do prédio de luxo em que sua mãe, a ex-empregada doméstica Mirtes Renata, trabalhava, no Recife.

A audiência, que acontece seis meses e um dia após a morte do menino, em 2 de junho, prevê o interrogatório de Sari Corte Real, ex-patroa de Mirtes, e testemunhas.

A sessão ocorre a partir das 9h, na 1ª Vara de Crimes contra a Criança e o Adolescente da Capital, na Boa Vista, no Centro do Recife. A audiência será conduzida pelo titular da unidade, o juiz José Renato Bizerra.

O pai de Miguel Otávio, o agricultor Paulo Inocêncio, chegou pouco antes das 9h ao local da audiência. Muito emocionado, ele afirmou apenas querer que seja feita justiça pelo que ocorreu com o filho. A mãe do menino, Mirtes de Souza, não falou com a imprensa antes de entrar no prédio.

Outros parentes acompanharam os dois, também com pedidos de que seja feita justiça. "Ela [Sari] vai responder presa, porque ela tem que pagar pelo que ela fez. Ela podia ter tirado ele [Miguel], ligado para a minha sobrinha [Mirtes]. Se fosse filho dela, ela não faria o que ela fez", disse Sandra Maria Santana, tia de Mirtes.

Representantes do Instituto Menino Miguel, da Universidade Federal Rural de Pernambuco, exibiram uma faixa em frente ao local da audiência. Faixas com os dizeres "vidas negras importam" foram levadas por manifestantes, que ficaram na rua em frente ao fórum.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

03/12


2020

Tempo de celebrar a vida

Os dias agitados e frenéticos do novembro das urnas me fizeram dar as boas vindas a dezembro, o último e mais reflexivo mês do ano, que descortinou na terça-feira ainda da ressaca cívica eleitoral, atrasado. Hoje já vivemos o terceiro dia do mês que acende o fogo da hospitalidade e da caridade no coração.

Bem-vindo, dezembro! Mês das festas, presentes, família reunida, amigo secreto. Mês de reflexão. Que, além de tudo isso, seja  repleto de saúde, amor, paz e bênçãos! Dezembro chegou com a melhor notícia do ano: já na segunda semana do mês, a que começa domingo, o Reino Unido instala o reinado da vacina contra a Covid-19. Que maravilha! Que aporte logo neste Brasil da mortandade pelo mal do século.

Estamos tristes e abatidos. O vírus chinês isolou os homens, deu fim aos abraços, botou mais álcool em nossas mãos do que no fígado e na corrente sanguínea da alegria. Não viveremos o dezembro da troca de afetividades, da mão estendida a quem tem sede, das confraternizações entre amigos, das filas do reino encantado de Papai Noel, dos sinos a badalar esperança, a renovação da vida para o enfrentamento de um novo ano.

Não teremos a tradição da doçura do Natal e a folia do Réveillon. Dezembro de pandemia chega com mais dores do que sorrisos, mas sempre com a lição de que enseje em todos nós a medida certa das nossas necessidades, deixando espaço para realizar sonhos que foram adiados pelo isolamento social, que escondeu por trás das máscaras o que há de mais belo nesse País tropical: a mulher brasileira.

Bem-vindo, dezembro! Tenho certeza que vais trazer coisas boas, como a vacina. Sensações maravilhosas, cores e odores inesquecíveis. Que repita os dezembros do colorido, cheio de vida, repleto de energia positiva. O último mês é sempre mais belo e especial, de  pensamentos positivos e sensação de dever cumprido. É ao seu lado, dezembro, que todos nós queremos ser felizes para sempre. Dezembro nunca vai deixar de ser o mês do amor, da harmonia entre os homens, da fé em Cristo, do Natal de seu nascedouro para salvar vidas, curar enfermos e abrir a janela da eternidade.

Às vezes, a melhor parte fica guardada para o final, quando menos esperamos as coisas mudam e tudo ganha o rumo certo. E é por acreditar nisso, por ter fé e esperança em finais felizes que abraço dezembro com o maior dos carinhos.

Dezembro, tire o peso da minha alma que ficou para trás. Quero sol, calor, luzes, alegria renovada. Sensações belas, quentes e inesquecíveis. Quero estar perto de quem amo,  perdoar pelos erros, tentar fazer melhor sempre. 

Dezembro é tempo de celebrar a vida!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/12


2020

Fátima Bernardes tem diagnóstico de câncer no útero

A apresentadora de TV Fátima Bernardes revelou, hoje, por meio de sua conta oficial no Instagram, que foi diagnosticada com câncer de útero em estágio inicial. Aos seguidores, ela disse que vai se submeter a uma cirurgia e que, por isso, ficará afastada do programa que conduz na Rede Globo.

"Estou bem. Depois de uma série de exames de rotina, hoje recebi o diagnóstico de um câncer de útero em estágio inicial. Vou me afastar por uns dias do trabalho pra fazer a cirurgia. Como sempre usei minhas redes com total franqueza e verdade, preferi eu mesma passar essa informação para todos que me acompanham", escreveu Fátima.

"Enquanto isso, aproveito o aconchego dos meus pais, filhos, do meu amor e dos amigos próximos. E já agradeço pelo carinho, pelas boas energias de todos aqui. Logo, logo estarei de volta para nossos encontros", concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

02/12


2020

Arcoverde: Delegado arquiva investigação sobre corrupção eleitoral

O delegado de Polícia de Arcoverde, Rafael Henrique de Sena Oliveira, decidiu arquivar uma denúncia de corrupção eleitoral sobre um flagrante que ocorreu no último dia 15 de novembro, poucas horas antes das eleições. O blog teve acesso ao boletim de ocorrência, que traz as informações detalhadas acerca do caso.

Na ocasião, uma equipe da Rocam abordou o agente penitenciário Gleyson Rogerio Martins de Oliveira e encontrou com ele uma pistola calibre 40, que pertence à Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba, um carregador e 15 munições, R$ 3,2 mil, além de 800 santinhos de Wellington da LW (MDB), prefeito eleito de Arcoverde.

Gleyson estava em um Ford Fusion e acompanhado de uma outro homem. Ambos foram conduzidos à Delegacia. Há imagens que mostram o que foi apreendido na abordagem policial. Na quarta-feira passada (25), contudo, o delegado Rafael Henrique alegou “inexistência de elementos informativos mínimos para a instauração de inquérito policial” e, além de arquivar, devolveu o material encontrado com os suspeitos.

Diante da decisão do delegado, o ex-candidato a prefeito Zeca Cavalcanti (PTB) foi à Corregedoria de Polícia e ao Ministério Público pedir providências para que as investigações prossigam.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/12


2020

Vergonha na cara

Se tivesse vergonha na cara, o que não tem, o secretário de Agricultura, Dilson Peixoto, e os petistas da claque de Humberto Costa entregariam os cargos no Estado e na Prefeitura de imediato diante de tudo que aconteceu na eleição no Recife e das declarações do prefeito eleito João Campos pós eleição. Dilson, além de não ter expressão nem envergadura física, até porque só tem um metro e meio de altura, ouviu calado as críticas ao PT e a Humberto Costa. Não existe cargo que valha a pena tamanha humilhação!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/12


2020

Em Bom Jardim, Bonfim agora é bairro Deputado Severino Cavalcanti

No município de Bom Jardim, o atual aglomerado urbano conhecido como "Bonfim" passou a ser denominado, oficialmente, bairro Deputado Severino Cavalcanti. A lei entrou em vigor no último 24 de novembro ao ser publicada no Diário Oficial dos Municípios da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe). O Projeto de Lei havia sido aprovado pela Câmara de Vereadores de Bom Jardim e sancionado pelo prefeito João Lira (PSD).

Severino José Cavalcanti Ferreira faleceu no dia 15 de julho de 2020 aos 89 anos. Também conhecido como "Seu Zito", ele militou politicamente em vários partidos. Oriundo de uma família de pequenos agricultores, foi deputado estadual por sete legislaturas e federal em três, além de prefeito de João Alfredo, sua cidade natal, por dois mandatos. Em sua carreira política, chegou a ocupar a presidência da Câmara dos Deputados.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/12


2020

Silvio parabeniza Ana Arraes por presidência do TCU

O deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos) parabenizou a nova presidente eleita do Tribunal de Contas da União, Ana Arraes. O parlamentar destaca que a ministra sempre realizou um belo trabalho em defesa do Brasil, enquanto deputada federal e ministra. Arraes, que integra o Tribunal desde 2011, foi eleita por unanimidade. Ela é a primeira nordestina a presidir o TCU.

“Não tenho dúvidas de que a ministra Ana Arraes fará um belo trabalho. O TCU tem um papel fundamental para o país e um papel pedagógico de fiscalização. O Tribunal precisa, cada vez mais, atuar no fortalecimento das boas práticas da gestão pública", disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/12


2020

Patrimônio declarado não dá nem para pagar carros de políticos

Por José Maria Trindade

Constrange saber que temos mais patrimônio do que políticos famosos. Será incompetência deles em lidar com os próprios recursos ou pura malandragem para fugir de ações de recuperação de bens? A resposta não é difícil, as aparências, neste caso, não enganam. Costumo dizer que não há nada no mundo mais difícil de esconder do que dinheiro. Ele grita. Quem fica rico muda tudo, o carro, a casa, a roupa, o salão de beleza, o sabonete e a pasta de dente. Tudo é diferente. Os vizinhos sabem e desconfiam. “Se não for para ostentar, não adianta roubar”, diz um amigo meu sobre os ricos da política. Mas onde está o dinheiro? Fica difícil responder. Ele some como poeira, mas está em todo lugar.

É assim que constatei que o meu patrimônio é maior do que o declarado por Romero Jucá. Homem forte em todos os governos, foi ministro e senador. Líder do governo em todos os governos recentes e declarou um patrimônio de R$ 194.802,49.  O patrimônio do presidente do MDB até ficou menor com o poder. Caiu 80,3% da última declaração, ou seja, ficou mais pobre com a atividade política. É sempre assim. Quem conhece os senadores e visita as casas, conhece a estrutura com funcionários, carros, barcos e aviões, e se assusta com a pobreza nas declarações. Parece muito, um patrimônio de quase R$ 200 mil, mas a realidade é diferente. Este patrimônio não seria suficiente para pagar o carro que ele usa. Apartamento, nem pensar. Casa, nem a do funcionário dele seria comprada por este valor. Tomei a declaração do ex-senador Romero Jucá por ser ele conhecido, mas é assim na política.

Vamos aos prefeitos eleitos agora. A exigência legal para declaração de bens não é só para políticos, mas também para funcionários públicos. O objetivo é comparar o antes e o depois do poder. A pobreza na política é tão grave que o candidato a prefeito de Goiânia, Vanderlan Cardoso, do PSD, declarou prejuízo. Depois de um mandato, a declaração dele apresenta um buraco de R$ 12 milhões. Isso mesmo, Vanderlan declara que perdeu quase R$ 12 milhões exercendo o poder. Ele tinha um patrimônio de R$ 26 milhões e ficou com R$ 14,7 milhões. Mas o comum é o prefeito já entrar pobre. O prefeito de Boa Vista, em Roraima, Arthur Henrique, declarou zero. Não tem nada. Nem uma bicicleta, aparelho de som, canoa ou carro e muito menos casa. Zerado, entra para quatro anos de mandato como prefeito da capital. Não é crível, ou é no mínimo estranho que o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, tenha um patrimônio de R$ 104.966, 68. Um profissional como ele, economista, advogado, foi deputado federal e vice-prefeito e depois prefeito e não tenha dinheiro para comprar um bom apartamento é de dar pena. Ou é altruísmo demais ou incompetência financeira. Esse patrimônio é inferior ao valor de um carro médio. Não estamos falando de um cidadão comum, mas de um integrante da elite financeira de São Paulo.

João Campos acaba de ser eleito prefeito de Recife, em Pernambuco. O patrimônio declarado por ele é de R$ 242.769,80. Só que, apesar de jovem, com seus 27 anos, ele já foi chefe de gabinete do governador Paulo Câmara e é deputado federal com um bom salário. Herdeiro de um ex-governador e influente político que morreu a bordo de um jatinho próprio e deixou uma herança respeitável. Onde está o dinheiro? Sabe-se lá. Pelo menos o patrimônio do João Campos é mais do que o dobro do patrimônio do prefeito de São Paulo, Bruno Covas.

O prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, também já está com uma vida profissional longa. Foi secretário de estado, deputado federal e duas vezes prefeito. O patrimônio é um pouco maior, R$ 478.358,42.  Um valor insuficiente para uma casa própria. Um apartamento, por menor que seja, não pode ser comprado com este valor num local bom do Rio de Janeiro. O bom mesmo é Porto Velho. Por lá, no estado de Rondônia, a situação muda. O prefeito eleito, Hildon Chaves não se envergonha do patrimônio e exibe a declaração de mais de R$ 20 milhões. Ele administra um complexo educacional que evidentemente vale mais, mas pelo menos não está tão longe da realidade. Hildon Chaves chegou na cidade como promotor. Para se ter uma ideia, o ex-presidente Lula, quando registrou a candidatura à presidência da República, marcou lá que tinha um patrimônio de mais de R$ 7 milhões. A maior parte em aplicações. Este cresceu o patrimônio que consta ainda apartamentos de R$ 80 mil reais. A conclusão que o melhor negócio do mundo é comprar patrimônio de político pelo valor declarado e depois vender por metade do valor real.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/12


2020

Ibope pede desculpa por pesquisa em Porto Alegre

A CEO do Ibope Inteligência, Márcia Cavallari, admitiu que a pesquisa de intenção de voto do instituto em relação ao segundo turno em Porto Alegre, divulgada um dia antes do pleito, “não foi boa”. Ela pediu desculpas aos porto-alegrenses pelo fato e disse que a empresa está estudando os motivos que podem explicar a diferença.

A Pesquisa Ibope para o segundo turno em Porto Alegre, divulgada no último sábado (28), um dia antes da eleição, apontou Manuela D’Ávila (PCdoB) com 51% e Sebastião Melo (MDB) com 49% dos votos válidos.

“O que a gente vê é, primeiro, uma abstenção altíssima. Isso é um dado que infelizmente a gente não consegue avaliar de forma mais profunda, porque você não tem a informação de quem é essa abstenção. (…) Para avaliar um possível impacto disso. Tem a questão também, que eu acho importante ressaltar, que essa eleição foi muito curta e o eleitor se envolveu no processo eleitoral muito tardiamente”, disse Márcia em entrevista à Timeline, da Rádio Gaúcha.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Todos os Institutos de pesquisas sempre erram em favor da esquerda. Qual motivo? Ou são incompetentes ou comprados. Felizmente eles deixaram de influenciar o eleitor, assim como a imprensa desacreditada e desmoralizada.