Lavareda

21/10


2020

RealTime Big Data: João lidera com 28% no Recife

Portal CNN

Pesquisa do instituto RealTime Big Data/CNN Brasil aponta que o candidato João Campos (PSB) lidera as intenções de voto para a Prefeitura do Recife, com 28%. Ele é do mesmo partido do atual prefeito da cidade, Geraldo Júlio.

Em seguida estão os candidatos Marília Arraes (PT), com 14%; Mendonça Filho (DEM), com 13%; Delegada Patrícia (Podemos), com 11%; Coronel Feitosa (PSC), com 2%; Marco Aurelio Meu Amigo (PRTB), com 1%; Charbel (Novo), com 1%; Carlos (PSL), com 1% e Thiago Santos (UP), com 1%.

Os candidatos Cláudia Ribeiro (PSTU) e Victor Assis (PCO) não pontuaram. A pesquisa identificou ainda 11% de nulos e brancos e 17% que não souberam responder.

O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número de identificação PE02586/2020. Foram entrevistadas 1.050 pessoas, por telefone, entre os dias 14 e 17 de outubro.

A margem de erro é de três pontos (para mais ou para menos) e o nível de confiança é de 95%. Isto significa que se a mesma pesquisa fosse feita 100 vezes, o resultado seria o mesmo, dentro da margem de erro, em 95.

A pesquisa, amostral, é representativa da população do município com 16 anos ou mais. Ou seja: os entrevistados seguem um padrão semelhante ao da população total, respeitando-se a proporção por idade, região geográfica e sexo.

Pesquisa estimulada

  • João Campos (PSB) - 28%
  • Marilia Arraes (PT) - 14%
  • Mendonça Filho (DEM) - 13%
  • Delegada Patrícia (Podemos) - 11%
  • Coronel Feitosa (PSC) - 2%
  • Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB) - 1%
  • Charbel (Novo) - 1%
  • Carlos (PSL) - 1
  • Thiago Santos (UP) - 0
  • Cláudia Ribeiro (PSTU) - 0%
  • Victor Assis (PCO) - 0%
  • Nulo/Branco - 11%
  • Não sabe - 17%

Esta é a primeira de uma série de rodadas de pesquisas a serem realizadas com exclusividade pela CNN nas próximas semanas, em 11 capitais brasileiras, além de Recife: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza, Curitiba, Belém, Palmas, Goiânia, além das cidades paulistas de Campinas e Guarulhos. Juntas, essas cidades concentram 26,9 milhões de eleitores, que correspondem a 18,23% do eleitorado brasileiro.

Campos empata tecnicamente com Mendonça Filho em rejeição

Em rejeição, João Campos empata tecnicamente, dentro da margem de erro, com o candidato a prefeito e ex-ministro da Educação Mendonça Filho (DEM). O ex-ministro tem 38% e Campos, 37%. Nesta pergunta os entrevistados poderiam escolher quantas opções quisessem. Veja abaixo a rejeição por candidato (em %):

Rejeição

  • Mendonça Filho (DEM) - 38%
  • João Campos (PSB) - 37%
  • Marilia Arraes (PT) - 31%
  • Delegada Patrícia (Podemos) - 22%
  • Coronel Feitosa (PSC) - 21%
  • Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB) - 20%
  • Charbel (Novo) - 16%
  • Thiago Santos (UP) - 16%
  • Carlos (PSL) - 15%
  • Cláudia Ribeiro (PSTU) - 15%
  • Victor Assis (PCO) - 15%

 

 Campos também lidera em pesquisa espontânea

João Campos (PSB) também está no topo da lista na pesquisa espontânea, quando se pergunta o candidato favorito do entrevistado sem apresentar uma lista de opções, com 19%.

Em segundo lugar aparecem empatados, dentro da margem de erro, os candidatos Mendonça Filho (DEM, 9%), Marilia Arraes (PT, 8%) e Delegada Patrícia (Podemos, 7%), seguidos pelo Coronel Feitosa (PSC), com 1%. Outros nomes foram mencionados por 3% e houve ainda 21% de nulos/brancos e 32% que não souberam responder. Confira a lista das citações espontâneas:

Espontânea

  • João Campos (PSB) - 19%
  • Mendonça Filho (DEM) - 9%
  • Marilia Arraes (PT) - 8%
  • Delegada Patrícia (Podemos) - 7%
  • Coronel Feitosa (PSC) - 1%
  • Outros - 3%
  • Nulo/Branco - 21%
  • Não sabe - 32%

Maioria no Recife desaprova Bolsonaro, governador Paulo Câmara e prefeito Geraldo Júlio

A pesquisa também incluiu perguntas sobre aprovação do prefeito Geraldo Júlio, do governador Paulo Câmara e do presidente Jair Bolsonaro. Veja os resultados:

Avaliação do presidente Jair Bolsonaro no Recife

  • Desaprova - 54%
  • Aprova - 41%
  • Não sabe - 5%

Avaliação do governador Paulo Câmara no Recife

  • Desaprova - 58%
  • Aprova - 34%
  • Não sabe - 7%

Avaliação do prefeito Geraldo Júlio

  • Desaprova - 55%
  • Aprova - 40%
  • Não sabe - 5%


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

Confira os últimos posts



30/11


2020

Defensoria Pública inaugura novo núcleo em Bezerros

A Defensoria Pública de Pernambuco inaugurou a nova unidade de atendimento do Núcleo de Bezerros, no Agreste do Estado. Recebido através de uma parceria entre a Defensoria e a Prefeitura local, o Núcleo na Terra dos Papangus disponibilizará para a população um amplo espaço de atendimento na região central da cidade, com quatro ambientes nos quais estão distribuídos a triagem, sala de atendimento e sala de conciliação, elevador especial para cadeirantes, com também uma copa.

Para o defensor público-geral José Fabrício, propiciar para a população vulnerável uma estrutura de atendimento bem localizada e moderna e a custo zero é a missão da Defensoria Pública. “Quando a gente fala de acesso à justiça, sabendo que nosso país tem uma desigualdade tamanha, uma das maiores do mundo, imagine você que é pobre, tendo um direito seu relegado a segundo plano e não ter a quem recorrer. A Defensoria Pública entra aí, pra fazer essa ponte, para que o cidadão vulnerável possa fazer valer os seus direitos através de uma estrutura oficial do Estado acessível e bem equipada”, disse.

De acordo com a chefe do Núcleo de Bezerros, Cláudia Xenofonte, a nova sede vai facilitar o acesso à população local devido a sua localização. “Esse novo núcleo, localizado na região central, vai facilitar o acesso para toda população. Além da localização, uma estrutura nova, moderna, tem o aspecto acolhedor para a população e ao mesmo tempo facilitador para o Defensor desempenhar o trabalho da melhor formas possível e Bezerros merece uma Defensoria com essa qualidade”, afirmou.

A cerimônia de inauguração foi conduzida pelo defensor público-geral Fabrício Lima e contou com a presença do subdefensor Geral Henrique Seixas, do subdefensor Cível e Criminal da Região Metropolitana José Wilker, o defensor público João Duque e a chefe do Núcleo de Bezerros, Cláudia Xenofonte. Ainda participaram da inauguração José Cícero Lima (representante da Prefeitura), o vereador Eliel Vieira (presidente da Câmara), Marconi Andrade (secretário do Governo do Estado), Cleonildo Lopes, em nome da Faculdade Vale do Pajeú, bem como o magistrado Paulo Alves de Lima (Ministério Público).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

30/11


2020

PSB abre processo contra blogueiro

Estou, neste momento, no Terceiro Juizado Especial Criminal do Recife, no bairro de Afogados, na primeira audiência em processo no qual o PSB quer me condenar por postagem na qual questionei o fundo partidário estadual da legenda. Na audiência, o partido foi representado pelo presidente estadual da legenda, Sileno Guedes. Além de dirigente partidário, Sileno, um dos homens fortes do staff do Governo do Estado, ocupa uma secretaria na gestão Paulo Câmara.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

30/11


2020

PT deve cobrar de Lula fatura pelo desempenho eleitoral

Dirigentes petistas ouvidos pelo Blog do Camarotti avisam que será necessária uma “imensa avaliação política” da legenda, depois da derrota expressiva das eleições municipais de 2020. E cobram essa fatura do ex-presidente Lula e da presidente da sigla, a deputada Gleisi Hoffmann.

Na manhã dessa segunda-feira (30), o clima era de ressaca no PT. Pela primeira vez desde a redemocratização em 1985, quando elegeu Maria Luiza Fontenelles em Fortaleza, o partido não fez nenhum prefeito de capital. Os petistas lembram que nem no pós-Dilma, em 2016, o desempenho foi tão ruim.

“Essa derrota será cobrada de Lula e Gleisi. Essa estratégia eleitoral se mostrou retumbantemente errada. Lançar candidatos nas grandes cidades a despeito de alianças, defender “direitos políticos de Lula”, tudo isso se mostrou um enorme equívoco”, ressaltou um integrante do PT.

“O partido terá que fazer uma imensa avaliação de tudo. Há uma queda livre de votos que insiste em não ser percebida por alguns caciques”, completou.

A percepção interna é que o PT deveria ter feito mais alianças com a esquerda e a centro-esquerda, pensando nas eleições de 2022. Dirigentes do partido acreditam que foi um erro não ter fechado aliança no primeiro turno com o PDT de Ciro Gomes, em Fortaleza, e não ter apoiado no primeiro turno o PSOL de Guilherme Boulos, em São Paulo.

“Por que o PT insistiu em ficar isolado? Em Belém, onde fez aliança, o PT avançou com a eleição de Edimilson Rodrigues (PSOL) e quase levou em Porto Alegre, com a candidatura de Manuela Dávila (PC do B). Resultado: Boulos virou a referência para o campo da esquerda em 2022”, reforça outro dirigente petista, reconhecendo a dificuldade de renovação na legenda.

Outro erro atribuído ao ex-presidente Lula foi a insistência em lançar a candidatura da deputada Marília Arraes, no Recife, contra João Campos, do PSB, filho do ex-governador Eduardo Campos.

“O PT não levou o Recife e ainda perdeu o apoio do PSB para 2022”, lamentou um petista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Dalva

Esse tipo de comentário é a cara de Humberto Costa e Camilo Santana, dois traidores dentro do PT. Sobre o apoio, ninguém perde o que nunca teve, só lembrar que em 2018 o PSB/PE abandonou o Haddad no segundo turno. São apenas oportunistas. O erro do PT foi ter feito acordo com os golpistas de PE em 2018, quando Marilia seria eleita governadora. Apoiou golpista ingrato em 2018 e levou o troco em 2020. LAMENTÁVEL! O outro erro do PT, foi não ter apoiado Lídice da Mata a prefeitura de SSA em 2020, uma das raras pessoas que presta o PSB. No mais, o PSB/PE precisa ser exterminado e a direita pernambucana já se mostrou incompetente para tal tarefa. MARILIA É O FUTURO.

Osmar Costa Lima

Até parece que não houve truculência, nem boca de urna, nem compra de votos, em pleno dia da eleição, à luz do dia e nas barbas dos juízes eleitorais. https://www.diariodocentrodomundo.com.br/boulos-marilia-e-manuela-saem-da-eleicao-de-2020-maiores-do-que-entraram/



30/11


2020

Petrolândia: Mulheres ocupam 50% do novo secretariado

Ainda ontem, o prefeito eleito de Petrolândia, Sertão de Pernambuco, Fabiano Marques (PTB), anunciou o novo secretariado que tomará posse no dia 1º de janeiro. Do total de 12 secretários que comporão o novo governo de Petrolândia, 50% será ocupado por mulheres (Saúde, Desenvolvimento Social, Cultura, Finanças, Administração e Assuntos Jurídicos).

O anunciou foi feito após reunião no Projeto Apolônio Sales com o vice-prefeito eleito Rogério Novaes (PSD) e seu grupo político.

Os novos secretários anunciados são os seguintes:

  1. Secretário de Governo – Igor Nogueira
  2. Secretária de Assuntos Jurídicos – Mayara Inês
  3. Secretária de Administração e Planejamento – Janilde Carvalho
  4. Secretária de Finanças e Receita Municipal – Eliana Carvalho Marques
  5. Secretário de Educação – Evaldo Nascimento
  6. Secretária de Saúde – Ana Patrícia
  7. Secretário de Agricultura e Meio Ambiente – Eder Campos
  8. Secretária de Desenvolvimento Social, Cidadania e Juventude – Meirielly Cruz
  9. Secretária de Cultura, Esporte e Lazer – Maria Helena
  10. Secretário de Infraestrutura – Bernardo Afonso
  11. Secretário de Segurança Cidadã – Cléber Diniz
  12. Secretário de Serviços Urbanos – Janailson Avianez

Fabiano Marques foi eleito com 38,01% dos votos (7.060), vencendo os candidatos Jane Souza (PSB), atual prefeita, que obteve 4.931 votos (26,55%), Dr. João (PT) com 4.556 votos (24,53%) e Fabiano Oliveira (Pros) que terminou em quarto lugar com 1.997 votos (10,75%). Venceu com uma vantagem de 2.129 votos para o segundo lugar, a atual prefeita.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

30/11


2020

Geração e Transmissão da Chesf em alta

A geração e a transmissão de energia elétrica da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) têm sido fundamentais para a segurança do abastecimento elétrico do País, devido à situação de escassez hídrica no Sul e Sudeste, regiões que estão importando energia. “O Nordeste está exportando cerca de 5 mil megawatt (MW) de energia elétrica, principalmente com geração hidráulica da Chesf e com a geração de parques eólicos privados, mas que contam com a transmissão feita pela Companhia”, explicou o diretor de Operação da Chesf, João Henrique Franklin.

Atualmente, segundo João Franklin, 40% da energia gerada no Nordeste é das hidrelétricas da Chesf, outros 40% são gerados pelos parques eólicos e interligados ao Sistema Interligado Nacional (SIN) pelas linhas de transmissão de alta tensão da Empresa e os 20% complementares são de termelétricas e energia solar. “O Nordeste já passou por escassez hídrica e precisou de energia em períodos anteriores”, disse.

João Henrique Franklin voltou a ressaltar a importância do Reservatório de Sobradinho, que encontra-se com 51% de seu volume útil e liberando cerca de 1.700 metros cúbicos por segundo (m³/), o que representa uma situação de segurança hídrica para o Nordeste, tendo em vista que iniciou neste mês o período úmido na Bacia Hidrográfica do São Francisco e a previsão é de chuvas. Ele reafirmou a segurança da Barragem de Sobradinho, rechaçou boatos que circularam na região, e afirmou que todos os treinamentos realizados pela Chesf em suas instalações são feitos com regularidade, previstos em legislação e fiscalizados por órgãos reguladores. “Estamos numa situação de inteira tranquilidade em Sobradinho”, declarou.

O diretor participou, hoje (30), de entrevista no Programa Nossa Voz, da Rádio Grande Rio FM.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/11


2020

João promete implantar Crédito Popular no primeiro trimestre

Do G1/PE

Prefeito eleito do Recife, com 56,27% dos votos válidos, João Campos (PSB) afirmou, hoje, que vai implementar o Crédito Popular, uma de suas propostas de campanha, nos primeiros 90 dias de gestão. Campos também disse que, nos quatro anos de mandato, vai aumentar em 50% a área de saneamento na capital pernambucana.

O engenheiro alegou, ainda, que vai destinar 50% dos cargos de liderança para mulheres e que a primeira reunião de transição da equipe ocorre na terça (1º), com o prefeito Geraldo Julio (PSB).

Segundo João, o Crédito Popular busca beneficiar trabalhadores que desejam investir ou já têm algum negócio montado. “Serão R$ 3 mil à disposição de quem quer começar a investir ou já tem algum negócio. A gente vai poder dar acesso também a quem está negativado para receber, com aquele período de carência. Nós vamos fazer no mínimo dez mil operações de crédito dessa por ano”, disse.

O prefeito eleito do Recife também anunciou que vai investir R$ 70 milhões na recuperação de calçadas da cidade e a expansão de 50% da rede de saneamento na capital pernambucana nos próximos quatro anos.

“A gente vai fazer nas áreas mais vulneráveis, as áreas que não são saneadas, não-urbanizadas. E a prefeitura ela vai fazer a ligação hidrossanitária, que muitas vezes tem muitas ruas na cidade que você tem a rede coletora, mas não tem a ligação da casa para a rede. Então a Prefeitura vai ajudar a fazer essa ligação para garantir que o saneamento efetivamente chegue, e a gente vai conseguir com isso, nos próximos quatro anos, expandir em 50% a cobertura na cidade”, afirmou.

A tecnologia, segundo o prefeito eleito, também vai ter vez durante a gestão, seja para o combate à corrupção, a geração de empregos, com a criação de centros de empreendedorismo nas Zonas Sul e Norte e no Centro da Cidade, ou com a comunicação com a gestão.

“O meu compromisso é de não tolerar nenhum ato desse tipo [de corrupção] na nossa gestão. Segundo, é fortalecer os mecanismos de controle interno. [...] Nós vamos fazer com que a Prefeitura do Recife tenha um modelo de gestão, um grande choque de gestão para transformação digital que vai ser referência no Brasil. Isso vai possibilitar que a gente melhore mecanismos de segurança e que a gente otimize, consiga economizar recursos, porque a eficiência deve ser um elemento presente na vida pública”, disse.

Sem adiantar nomes da nova equipe, João afirmou que, mesmo com o partido à frente da gestão municipal por oito anos, vai imprimir sua marca pelos próximos quatro anos e que a prefeitura vai contar com a participação de mulheres em cargos de liderança.

“Fomos a única candidatura que apresentou o compromisso de metade dos cargos de liderança da gestão serem ocupados por mulheres. Nós vamos ter uma ampla participação feminina na nossa gestão, entendendo que isso é mais do que um compromisso simbólico. A gente vai poder trazer a disciplina, o perfeccionismo, a boa qualidade de gestão e de cuidado que é particular das nossas mulheres da nossa cidade”, disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/11


2020

Fórum de Desenvolvimento do Semiárido começa quinta-feira

O Fórum de Desenvolvimento do Semiárido 2020 vai acontecer na semana que vem, entre os dias 3 e 5 de dezembro, em Mossoró (RN), com objetivo de promover um amplo debate para fomentar o Plano de Desenvolvimento do Semiárido (PDS). O evento acontecerá no Teatro Municipal Dix-Huit Rosado Maia e Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa).

A programação do evento conta com a participação de várias autoridades do país, dentre elas, o vice-presidente, Hamilton Mourão, que marcará presença na abertura do Fórum.

O desenvolvimento do PDS está em curso e, com a sua implementação, estima-se que 1 milhão de hectares poderão se beneficiar com a produção irrigada e alta tecnologia, principalmente com a ampliação de fruticultura irrigada podendo gerar anualmente um valor bruto de R$ 70 bilhões, injetando cerca de R$ 10,5 bilhões em impostos e pelo menos três milhões de empregos diretos. Se agregar alta tecnologia e grandes indústrias, a flutuação de mão de obra pode ser ainda maior.

O Fórum irá promover dois dias de debates e discussões sobre os 13 Eixos Temáticos selecionados: Recursos Hídricos, Energia, Agronegócio, Mercado, Relações Exteriores (comércio), Recursos Minerais, Segurança - Jurídica e Fundiária, Educação - Capacitação Turismo, Transporte e Logística, Novas tecnologias e Inovação, Comunicação -TI e Meio Ambiente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/11


2020

Armando testa positivo para o coronavírus pela 2ª vez

Ex-senador por Pernambuco, Armando Monteiro testou positivo para o novo coronavírus no último dia 24. Monteiro está clinicamente bem, sendo medicado e acompanhado mais de perto por médicos no Hospital Português, onde foi internado ontem. A medida de internação é preventiva e se deu por se tratar de um paciente que apresenta a doença pela segunda vez.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/11


2020

Abstenção de 30% nas eleições surpreende

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, lamentou o alto índice de abstenção dos eleitores (cerca de 30%), no segundo turno das eleições municipais. As informações são do Blog do Riella.

É um percentual bem maior do que o desejável.

Barroso acha que a pandemia pode ter sido fator determinante para a ausência dos eleitores.

Nas cidades de Rio de Janeiro e Goiânia, os não-votantes “ganharam” dos candidatos eleitos a prefeito, o que surge como um resultado surpreendente e frustrante.

Nas principais cidades, São Paulo e Rio, a abstenção ultrapassou a média de 30%.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Osmar Costa Lima

Enquanto estava prestando atenção a quem não foi às urnas, fez de conta que não viu a boca de urna e a compra de votos, pelo PSB. Inocência ou conivência?



30/11


2020

No Rio, abstenção, brancos e nulos ganharam de Paes

Grande vencedor das eleições de segundo turno, brancos, nulos e abstenções vão entrar para a história. Se no Recife, a soma dos três ingredientes derrotou Marília Arraes, no Rio esse fenômeno foi muito mais cruel: ganhou do prefeito eleito Eduardo Paes.

Já em São Paulo, maior colégio eleitoral do País, bateu um recorde: quase 30% de abstenção. Para o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luis Roberto Barroso, o grande número de eleitores ausentes das urnas se justifica pelo temor da pandemia do coronavírus. 

Será mesmo ou o povo está de saco cheio de político?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha