Lavareda

01/10


2020

Aos leitores

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não pousou fora da agenda em Santa Cruz do Capibaribe para conhecer o polo de confecções da cidade. O blog postou um vídeo confiando na informação de um leitor que nos enviou, mas, em seguida, o mesmo pediu desculpas dizendo que as imagens foram feitas no distrito de Queimadas, nas proximidades da cidade de Campina Grande, na Paraíba. Pedimos desculpas aos leitores.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

Confira os últimos posts



30/10


2020

A TV continua decisiva

Por Antônio Lavareda*

Estava errado quem apostou, à luz de interpretações equivocadas do que ocorreu em 2018, que seu papel, onde existe, seria substituído pela mídia digital nas eleições deste ano. A partir do início da campanha nesse veículo aumentou a volatilidade das preferências e houve até o momento 28 mudanças de posição apenas no pelotão da frente que trazemos no quadro ao lado.

Mais de 60% dos eleitores lembram de propagandas que assistiram na TV.

Pesquisas do IPESPE em algumas capitais mostram que mais de 60% dos eleitores lembram de ter assistido a propagandas na TV; 53% reconhecem que elas são importantes para a sua escolha; e o acompanhamento dos candidatos por essa plataforma tem maior correlação com as intenções de voto do que o das redes sociais. A propósito, na atual guerra eleitoral nos EUA, berço do marketing político e da internet, os dois lados somados estão gastando em televisão, segundo a consultoria Kantar, 4.7 bilhões de dólares; e no digital, 1.8 bilhão. Deve significar algo, já que americanos não costumam rasgar dinheiro.

*Cientista político


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

30/10


2020

Marília também suspende campanha de rua

Comunicado oficial

Em respeito à Resolução do TRE-PE que proíbe atos de campanha de rua em todo o Estado, a Coligação Recife Cidade da Gente, da candidata a Prefeita Marília Arraes (PT), comunica o cancelamento da Caminhada Lilás que seria realizada nesta sexta-feira (30), a partir das 15h, no Centro do Recife.

Mesmo entendendo que a decisão extrapola as funções constitucionais do TRE-PE, e que também está em desacordo com o calendário de flexibilização do Poder Executivo Estadual, com previsão inclusive de volta às aulas nos próximos dias, e com festas, shows e atividades de lazer já acontecendo em todo o Estado, a Coligação Recife Cidade da Gente seguirá rigorosamente o que determina a resolução.

Por fim, destacamos que a candidata Marília Arraes continuará a debater e dialogar com os recifenses, apresentando as melhores propostas para a cidade, respeitando a lei eleitoral e as normas sanitárias, dando continuidade à campanha que mais tem crescido no Recife.

Atenciosamente,

Coligação Recife Cidade da Gente


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

30/10


2020

Percentual dos que não aprovam Geraldo sobe para 60%

JC Online

A terceira rodada da Pesquisa Ibope/JC/Rede Globo, divulgada ontem, mostrou um crescimento do percentual dos que não aprovam a gestão do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB). O índice subiu de 55% no levantamento anterior, em 15 de outubro, para 60%. Já a aprovação do prefeito caiu de 40% para 36%. A parcela dos entrevistados que não souberam ou não quiseram responder oscilou negativamente de 5% para 4%.

A aprovação do governo do socialista no Recife é maior entre as mulheres (38%) do que homens (34%). Considerando o recorte de idade, ele tem maior aprovação entre os mais velhos: 42% dos entrevistados de 45 a 54 anos e 48% dos com 55 anos ou mais.

Do universo que desaprova a atual gestão, o maior índice é entre os homens, de 62%, e entre as mulheres é de 58%. Considerando a idade, o maior percentual de desaprovação está entre os entrevistados com idade de 35 a 44, de 70%.

No recorte de raça, os índices são equilibrados, com diferença igual ou inferior a três pontos percentuais, como é o caso dos que aprovam a gestão: brancos (36%), pretos/pardos (36%) e outros (39%). Já no quesito religião, Geraldo tem o maior índice de aprovação entre os católicos (40%) e o maior índice de rejeição entre os evangélicos (64%).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/10


2020

Ministro pressionado a revogar decisão do TRE

Por Hylda Cavalcanti, de Brasília

Fontes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dizem que a decisão do TRE de Pernambuco de proibir eventos eleitorais diversos no Estado pode não ser revogada em definitivo nesta sexta-feira. Muitos apostam que o relator do recurso apresentado à corte superior para reverter a proibição, ministro Tarcísio Vieira de Carvalho, pode pedir que o caso seja julgado pelo plenário do Tribunal, na próxima semana, diante das divisões internas dentro do colegiado sobre a questão.

Isto porque não se trata de uma proibição resultada por brigas ou observações de ilegalidades na disputa eleitoral em si, mas do aumento dos casos de Covid no Estado. Sem falar que os relacionados às denúncias dizem respeito ao descumprimento das regras sanitárias, tais como aglomeração e ausência do uso de máscaras pelos participantes.

Segundo um analista judiciário do TSE, que pediu para não se identificar, neste caso específico têm sido comuns críticas de magistrados do Tribunal à postura de políticos que têm menosprezado a pandemia. Sem falar no esforço que tem sido feito na organização destas eleições para que as regras sanitárias sejam cumpridas. O que faz, em sua avaliação, com que qualquer decisão que não seja no sentido de manter a proibição possa vir a ser considerada “um tiro no pé para a Justiça eleitoral inteira”.

Esse mesmo analista, entretanto, confirmou que, desde o início da manhã, choveram ligações de políticos e magistrados de Pernambuco para pedir ao relator da matéria e a outros ministros próximos a ele que conceda decisão favorável ao recurso e revogue a proibição do TRE. E todos sabem que, tecnicismos à parte, o componente político é importante nestas horas.

Pesa em torno do caso, ainda, o fato de a decisão do TRE ter sido baseada em parecer do procurador regional eleitoral em Pernambuco, Wellington Saraiva, que é muito bem quisto em Brasília. Saraiva teve boa atuação no Conselho Nacional de Justiça, onde foi conselheiro, e no Superior Tribunal de Justiça, onde atuou anteriormente.

Como os entendimentos jurídicos do procurador são sempre muito bem fundamentados, o argumento apresentado por ele é outra questão a ser pesada na hora da decisão do ministro relator do caso.

Mas como também foi apresentado pelos responsáveis pelo recurso ao TSE outro argumento – bastante forte, por sinal – de que as carreatas, passeatas, bandeiraços e demais modalidades de campanha que foram proibidas “coíbem o exercício da democracia”, a questão fica ainda mais difícil.

Todos sabem das várias declarações feitas pelo presidente da corte, Luiz Roberto Barroso, pela preservação das regras democráticas nestas eleições. A aposta até de magistrados de Brasília e operadores de Direito eleitoral é de que o confronto de argumentações levou o caso a uma relevância maior do que se esperava.

Dependendo da forma como sair, a decisão vai repercutir junto ao formato das campanhas, neste pleito, em muitos outros estados, motivo pelo qual a expectativa é grande não apenas em Pernambuco, mas perante advogados e o próprio TSE. 

Espera-se que a decisão do ministro, qualquer que seja, saia esta tarde, mas segundo informações da assessoria de imprensa do TSE, não há confirmação disso junto ao gabinete do magistrado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

30/10


2020

Procurador-geral torra dinheiro público em júri fictício

EXCLUSIVO

Em tempos de pandemia, o procurador-geral do Ministério Público de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros, convocou quatro promotores, pagando passagens e diárias, para enviar a um júri fictício em Petrolina, amanhã, das 9 h às 18h. O personagem fictício é João Grilo, do clássico "O auto da Compadecida", de Ariano Suassuna, que figura como réu. A iniciativa é da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) e da Universidade Faculdade de Tecnologia e Ciência (UniFTC) de Petrolina.

No entanto, o custeio das diárias e das passagens aéreas ficará por conta do próprio MPPE. O blog teve acesso à edição do Diário Oficial do último dia 13 de outubro, que detalha os recursos disponibilizados para os promotores André Múcio Rabelo de Vasconcelos, Ângela Márcia Freitas da Cruz, Antônio Augusto de Arroxelas Macedo Filho e Elaine Gaia Alencar. Cada um terá à disposição R$ 583,89, além de passagens de avião ida e volta entre Recife e Petrolina, nos dias 31/10 e 1°/11.

Os quatro farão parte do corpo jurídico do tribunal fictício, composto por 11 participantes ao todo. Esta é a segunda edição do evento. No site oficial, os organizadores justificam a realização.

"Presente na obra de Ariano Suassuna e na literatura de cordel, a figura de João Grilo envolve dilemas éticos, tramas e o cometimento de crimes para a sobrevivência em situação de miserabilidade. Gerar interdisciplinaridade entre o Direito, a Cultura e arte, estão entre os objetivos do encontro, além de promover a pedagogia jurídica através de metodologias ativas", argumenta.

Ainda de acordo com os idealizadores, "o evento será presencial, mas terá o número de participantes reduzido, conforme o protocolo do governador do Estado, em virtude da pandemia da Covid-19". Além do MPPE, a Ordem dos Advogados de Pernambuco (OAB/PE), a Defensoria Pública de Pernambuco e o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) apoiam a iniciativa.

O blog procurou a assessoria do Ministério Público para que se pronunciasse sobre o assunto, mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/10


2020

TSE pode revogar decisão de suspender campanha

O candidato à Prefeitura de Catende pelo PSC, Rinaldo Barros, que também é advogado, apelou ao Tribunal Superior Eleitoral para derrubar a decisão do Tribunal Regional Eleitoral, que suspendeu, ontem, os atos presenciais de campanha no Estado. O recurso se deu através de um mandado de segurança com pedido de medida liminar de urgência. Segundo ele, a decisão do pleno é “abusiva e teratológica”.

Na sua interpretação, a decisão vai de encontro aos atos democráticos do período de campanha e fere, principalmente, as candidaturas que necessitam ir às ruas para obter votos. “É no período no qual a democracia reverbera seu apogeu que o Egrégio Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco traz à tona uma Resolução que promove acintes diretos aos princípios caros ao Direito Eleitoral e à democracia, mormente porque subverte a lógica da normalidade das campanhas eleitorais com a imposição extremada e inconsequente de atos de exceção em ambiente virtual. Sustente-se, por seu turno, que a Resolução nº 372/2020 vai além de todas as medidas sanitárias impostas pelo Governo do Estado e pelo Municípios, para impor um protótipo de lockdown de cariz político, especificamente para silenciar as campanhas que necessitam ir às ruas para a consecução inexorável de oxigenar o regime democrático” diz um trecho da contestação.

A decisão foi parar nas mãos do ministro Tarcísio Vieira de Carvalho, designado relator. Clique aqui e confira o documento na íntegra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/10


2020

Decisão do TRE leva Miguel a fazer lives

Após ter suspendido caminhadas e reduzido o volume de carreatas nas últimas semanas, o candidato à reeleição pelo MDB, Miguel Coelho, decidiu encerrar a campanha de rua, a partir de hoje. Assim, o político sertanejo deixará de realizar reuniões com apoiadores, visitas a estabelecimentos comerciais, fazendas e qualquer ato público que gere aglomerações. A decisão cumpre orientação do Tribunal Regional Eleitoral, que determinou aos candidatos dos municípios pernambucanos o encerramento das campanhas de rua.

Miguel, a partir de agora, irá reforçar as ações virtuais. Na próxima semana, o candidato do MDB promoverá bate-papos diários com a população pelo Facebook e Instagram. Miguel pretende direcionar esforços também na gravação de vídeos, além de aumentar as interações com os eleitores pelo WhatsApp.

O emedebista se pronunciou sobre o assunto em vídeo publicado nas redes sociais e pediu para a militância azul se dedicar à campanha virtual. "Há cerca de um mês, decidimos não realizar caminhadas. Nas últimas semanas, reduzimos as carreatas para evitar aglomerações. Agora, estamos decidindo encerrar qualquer ato de rua presencial. Nossa conversa com o eleitor, portanto, será pela TV, rádio e redes sociais, sempre de forma propositiva, prestando contas de tudo que fizemos nesse primeiro mandato e mostrando nossas ideias para os próximos quatro anos", informou o candidato.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/10


2020

Zeca lidera em Arcoverde com frente de 6 pontos

O candidato do PTB a prefeito de Arcoverde, Zeca Cavalcanti, seria eleito se a eleição fosse hoje, conforme atesta pesquisa do Instituto Opinião em parceria com este blog. O trabalhista, que já foi prefeito, teria 41,7% dos votos, enquanto o candidato do MDB, Wellington da LW, apoiado pela prefeita Madalena Brito (PSB), ficaria no segundo lugar, com 35,7%, uma frente de seis pontos percentuais. Cybele Roa, do Avante, seria a terceira, com 9,7% dos votos. Francisco Leite, do PSL, pontuou apenas 0,3%. Brancos e nulos somam 4% e ainda existem 8,6% de eleitores indecisos.

Na espontânea, modelo pelo qual o entrevistado é forçado a lembrar o nome do seu candidato preferido sem o auxílio do disquete contendo todos os nomes dos postulantes, Zeca cresce um ponto e eleva a vantagem para sete pontos em relação a Wellington. Aparece com 37,7% ante 30,6% do adversário. Cybele desponta com 6,6%, brancos e nulos são 2% e indecisos chegam a 23,1%.

No quesito rejeição, Zeca e Wellington aparecem empatados, estando o trabalhista, numericamente, à frente. Entre os eleitores entrevistados, 22% disseram que não votariam no trabalhista de jeito nenhum, enquanto 18,6% afirmaram a mesma coisa em relação ao candidato que tem o apoio da prefeita. Já Francisco Leite vem em seguida com 17,7% e Cybele é a última, com 10,3%. Ainda entre os entrevistados, 3,7% disseram que rejeitam todos e 27,7% afirmaram que não rejeitam nenhum dos nomes postos na disputa.

A pesquisa foi a campo entre os dias 26 e 27 deste mês, sendo aplicados 350 questionários. O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 5,2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Seu registro na justiça eleitoral tem o protocolo de número 03343/2020.

Estratificando a pesquisa, Zeca tem suas melhores indicações de voto entre os eleitores jovens, na faixa etária de 16 a 24 anos (50,9%), entre os eleitores com grau de instrução até a 9ª série (47,2%) e entre os eleitores com renda familiar até dois salários-mínimos (43,5%). Por sexo, entre os eleitores que foram entrevistados, 43,7% são homens e 40,1% são mulheres.

Já Wellington apresenta as mais acentuadas taxas de aceitação entre os eleitores na faixa etária entre 35 a 44 anos (43,1%), entre os eleitores com renda familiar entre dois e cinco salários-mínimos (39,5%) e entre os eleitores com grau de instrução no ensino médio (38,1%). Por sexo, entre os eleitores entrevistados e que manifestaram o voto, 37,5% são mulheres e 33,5% são homens.

AVALIAÇÃO DE GESTÃO

O Instituto Opinião, de Campina Grande (PB), sondou também a população de Arcoverde sobre as gestões da prefeita, do governador e do presidente da República. O Governo de Madalena Brito tem mais desaprovação do que aprovação. Mais da metade dos entrevistados desaprovam – exatos 51,4%, enquanto 40,9% aprovam e 7,7% não souberam responder.

O governador Paulo Câmara vai na mesma tendência da prefeita em desaprovação da sua gestão. Entre os entrevistados, 45,7% disseram que desaprovam e 39,4% afirmaram que aprovam, enquanto 14,9% não souberam responder. O Governo Bolsonaro, por fim, tem 54% de desaprovação e 35,4% de aprovação, enquanto os que não souberam responder somam 10,6%.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/10


2020

FBC visita Barragem da Ingazeira, no Sertão do Pajeú

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB), visitou, ontem, a Barragem da Ingazeira, uma obra do governo federal com capacidade para atender 50 mil pessoas que vivem na região de Tabira, município do Sertão do Pajeú. Construída pelo Dnocs e concluída em 2019, a obra foi iniciada por Fernando Bezerra quando esteve à frente do Ministério da Integração Nacional. No total, o empreendimento recebeu R$ 73,1 milhões em investimentos federais.

“Fiz questão de vir aqui para ver a beleza dessa obra. São 48 milhões de m³ que podem ser acumulados aqui na Barragem da Ingazeira, no Pajeú de Pernambuco. Quando ministro da Integração Nacional, a gente viabilizou essa importante obra hídrica para o nosso estado. E quero aqui dar um testemunho. Essa obra saiu porque as lideranças políticas do Pajeú se mobilizaram, entre elas o meu amigo Dinca Brandino. E eu como ministro consegui viabilizar. Que alegria. Pernambuco assim segue em frente”, disse o senador.

A visita à Barragem da Ingazeira faz parte da agenda que Fernando Bezerra cumpre no interior do estado nesta semana. Em Tabira, junto com o deputado federal Fernando Filho (DEM) e o deputado estadual Antonio Coelho (DEM), o senador reafirmou o compromisso com a candidatura de Nicinha de Dinca (MDB), que disputa a prefeitura do município.

Antes, a comitiva esteve em Sertânia, onde participou de atividade de campanha com Luiz Abel, candidato do DEM a prefeito, e em São José do Egito, para renovar o apoio a Roseane Borja (MDB), candidata a prefeita do município.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/10


2020

Carlos Santana vira réu por espalhar fake news

Por decisão da Justiça, Carlos Santana, candidato a prefeito de Ipojuca pelo PSB, virou réu no processo em que é denunciado por crime de difamação contra a atual prefeita da cidade, Célia Sales. O crime está previsto no Artigo 325 do Código Eleitoral.

Se for condenado, Carlos Santana poderá pegar uma pena que pode variar de três meses a um ano de detenção.

A juíza Ildete Veríssimo de Lima, da 16ª Zona Eleitoral, que está julgando o processo, ofereceu a Carlos Santana uma alternativa para ele se livrar da pena. Mas para isso ele terá que voltar para casa todos os dias às 11 horas da noite e não frequentar bares e restaurantes.

Esse processo é fruto de uma denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual, a partir de uma representação apresentada pela prefeita Célia Sales.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/10


2020

Pesquisa para prefeito de Arcoverde sai pela Itapuama

Em razão da parceria com a Rádio Itapuama FM, que retransmite o Frente a Frente em Arcoverde, a pesquisa do Opinião sobre a corrida eleitoral naquele município, porta de entrada do Sertão, será postada daqui a pouco, exatamente às 11h30, horário da primeira edição do Jornal Itapuama, líder de audiência na região.

O levantamento traz não apenas o cenário da disputa pela Prefeitura, mas também a rejeição dos candidatos e a avaliação das gestões da prefeita Madalena Britto, de Paulo Câmara e do Governo Bolsonaro. Estarei participando do programa ao vivo com o radialista e empresário João Ferreira e seu filho, o também radialista João Ferreira Filho.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/10


2020

Bolsonaro dá vice-liderança no Congresso ao PL

Em mais um gesto de aproximação com o centrão, o presidente Bolsonaro avalizou o nome do senador Jorginho Mello (PL-SC) para a vice-liderança no Congresso. As informações são do Blog da Andréia Sadi.

O posto estava vago desde a saída do deputado Ricardo Barros (PP-SC), que virou líder do governo na Câmara.

As lideranças e vice-lideranças são, além de cargos de confiança do governo, responsáveis pela articulação política de projetos que interessam ao governo no Congresso.

Jorginho Mello foi escolhido pelo líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO). “É um nome excelente e foi responsável pelo Pronampe (programa de apoio às microempresas e pequenas empresas)”.

A distribuição de postos como a vice-liderança para partidos do centrão faz parte da estratégia do governo de buscar apoio entre parlamentares do bloco para garantir a sobrevivência política do governo em caso de crise, além de votação de matérias importantes.

O PL (antigo PR) tem como seu principal líder Valdemar Costa Neto, que chegou a ser condenado no escândalo do mensalão do PT.

Ainda falta o governo decidir quem assumirá a vaga do senador Chico Rodrigues (DEM) na vice-liderança do Senado. O centrão também pleiteia a vaga deixada pelo parlamentar, que foi flagrado com dinheiro na cueca pela Polícia Federal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/10


2020

Osvaldo Coelho é declarado patrono da Irrigação

O ex-deputado federal Osvaldo Coelho, que faleceu em novembro de 2015, foi declarado patrono dos Projetos de Irrigação do Estado de Pernambuco. O governador Paulo Câmara sancionou a Lei nº 17.086 n último dia 20. O projeto, que já havia sido aprovado na Assembleia Legislativa, é de autoria do deputado estadual Clodoaldo Magalhães (PSB).

Osvaldo Coelho fez uma extensa carreira na política em Petrolina, no Sertão pernambucano, mas teve feitos que refletiram em todo o estado e até mesmo pelo Brasil. O ex-deputado foi um dos grandes nomes defensores da irrigação e da educação para o Vale do São Francisco. Foram mais de 40 anos dedicados às políticas pelo Nordeste, para desenvolvimento do Semiárido.

Conhecido como o “Deputado da Irrigação”, Osvaldo Coelho era visto como a “Força do Sertão”, justamente por priorizar o homem sertanejo nos projetos de desenvolvimento. Em um dos artigos, que frequentemente publicava, Osvaldo Coelho finalizou com a frase: “Espero que as pessoas lembrem de mim como aquele que fez de tudo para fortalecer os mais fracos”.

Em Petrolina, foi de Osvaldo Coelho a luta pela implantação do Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho, que transformou o cenário local em uma das maiores potências na fruticultura irrigada do país. A produção em larga escala de frutas, como manga e uva, fez do Vale do São Francisco um local atrativo para grandes investidores.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/10


2020

Decisão do TRE prejudica João, segundo aliados

Aliados do candidato do PSB a prefeito do Recife, João Campos, receberam como uma ducha fria a decisão do pleno do Tribunal Regional Eleitoral, proibindo atos de campanha no Estado a partir de hoje por causa de uma nova fase, desta feita com mais intensidade, da pandemia do coronavirus. Eles acham que o socialista vinha crescendo por apresentar nas ruas a campanha com maior presença e visibilidade.

“Com isso, sua campanha será reduzida a campanha de Feitosa ou Mendonça”, interpreta um desses aliados, adiantando que sai perdendo em qualquer cidade o candidato que vinha tendo melhor desempenho de rua, com maior número de candidatos a vereador pedindo voto para ele, como é o caso de João, no Recife, que tem a maior coligação, o maior número de partidos fechados com sua candidatura.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/10


2020

Decisão do TRE só beneficia João Campos

A resolução do Tribunal Regional Eleitoral suspendendo todo e qualquer ato de campanha no Estado, sob a alegação da volta da pandemia do coronavírus com mais intensidade, só traz benefícios a quem está na liderança das pesquisas.

O que se ouve nos bastidores, diante do impacto da medida, é que foi tomada para evitar o crescimento dos candidatos da oposição no Recife.

Polêmica à parte, a medida, na verdade, coincide com a estagnação do candidato do PSB, João Campos, constatada em pesquisa do Ibope divulgada, há pouco, na TV Globo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Rafael C.Soares Quintas

Em 2018 pelo Ibope Dilma tava eleita senadora por MG, Bolsonaro perdia no 2.turno para qualquer candidato que disputasse com ele, ainda vamos acreditar no Ibope?

Carlos

Os candidatos da oposição precisam recorrer imediatamente ao TSE, isso é um GOLPE, um ato de desespero da turma do PSB. Essa decisão não tem o menor cabemento, já que o próprio governo do Estado anunciou hoje a entrada, na próxima semana, na última fase de reabertura das atividades econômicas. ABSURDO! Querem ganhar no tapetão.


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores