Lavareda

21/09


2020

Netinho: Deus me deixou vivo para cantar e ajudar o País

Por Hylda Cavalcanti

O cantor baiano da axé music Netinho, que passou cinco anos se recuperando de sérios problemas de saúde, está saudável, cheio de energia e mais ativo do que nunca, na profissão e na política. Ele prepara um show novo para apresentar após a pandemia, tem atuado como apoiador do Governo Bolsonaro e, inclusive, está disposto a ajudar candidatos bolsonaristas no segundo turno. Em live, há pouco, neste blog, Netinho abriu o coração e rompeu um longo período de abstinência com a mídia nacional.

Contou detalhes pessoais da sua vida poucas vezes revelados. Disse que, embora não tenha vontade de assumir qualquer órgão público, se vier a ser chamado, encara o convite como “uma missão” e entrará “de cabeça”.

Polêmico, o artista se expressou, durante toda a live, de forma doce como são suas músicas. E adotou um tom amigável e diplomático, evitando citar nomes de alguns colegas com quem se diz decepcionado.

Mas ao mesmo tempo, admitiu que bloqueia pessoas que façam comentários antipáticos ou agressivos a ele nas redes sociais e que nunca se incomodou com o que pensam os colegas por sua posição de apoiar o presidente da República.

"Não dou entrevistas desde 2018. Quem quiser saber de mim que entre nas minhas redes sociais, leia o que escrevo para conhecer minhas verdades. Todo o restante que não estiver lá são mentiras”, afirmou.

O cantor e compositor explicou que deixou de dar entrevistas porque no período em que esteve doente sua mãe e sua filha sofreram muito com informações falsas e não checadas que noticiaram pioras do seu quadro de saúde e até mesmo sua morte. “Foram informações repassadas por jornalistas irresponsáveis. A falta de caráter das pessoas independe de profissão”, ressaltou, ainda em tom magoado.

Netinho é crítico, hoje, em relação ao carnaval. Ele contou que iniciou a carreira nos anos 80 e 90, mas com o tempo começou a surgir uma nova política empresarial nos carnavais, que o desagradou. “Em 2012 entendi que o carnaval de Salvador não era mais o dos anos 90. A música foi desvirtuada. Não me senti mais um artista participando do carnaval de Salvador”, afirmou.

O cantor, entretanto, parou duas vezes a carreira, retomada em 2017. Primeiro, em função de uma situação pessoal, de busca por autoconhecimento. E depois, em função do problema de saúde pelo qual passou. "Em 2003, descobri que tinha tudo o que o sucesso podia me dar, mas me sentia vazio por dentro. Então, parei a carreira para me encontrar. Fui para a Europa e na volta reencontrei com antigos parceiros e lancei um CD de música pop. Muita gente no Brasil achou que eu tinha largado o Axé para virar um cantor pop. Voltei em 2006 a fazer o carnaval, mas fui deixando de fazer. Em 2012, vi que o carnaval estava diferente. E em 2013, adoeci, perdi a voz, os movimentos do corpo e a memória recente. Fiquei cinco anos impedido de trabalhar”, relatou.

Foram momentos muito difíceis, em que ele precisou vender dois imóveis para pagar as contas, ficou no hospital, teve três Acidentes Vasculares Cerebrais (AVCs) ao longo do período e tentou duas vezes acabar com a própria vida. Mas tudo isso ficou no passado.

Sobre a aproximação com o presidente Jair Bolsonaro, afirmou que tudo começou depois do atentado sofrido pelo presidente. Netinho fez uma cirurgia agressiva no intestino e passou por esse processo de recuperação.

“Em 2018, estava na casa de um amigo em Salvador quando vi na TV que Bolsonaro tinha levado uma facada, tinha feito uma cirurgia igual à que eu fiz no intestino e estava com medo de morrer. Achei que precisava falar com ele. Consegui o contato e viajei até sua casa, no Rio de Janeiro para lhe tranquilizar, dizer que também fiz essa cirurgia. Encontrei lá não o político, mas o ser humano. Vi uma pessoa transparente, alguém muito verdadeiro”, destacou.

O artista disse que considera como uma missão dar continuidade à música e continuar tendo uma atuação política, como forma de ajudar o País. “Amo o Brasil e sou muito agradecido ao povo que me fez construir minha vida. Depois de uma vida maravilhosa até os 43 anos, de ter tido vários problemas de saúde e até tentado me matar, se não morri é porque Deus me deixou vivo para continuar fazendo tudo isso. Seguirei até o fim, cantando e também apoiando o presidente”, frisou.

Sobre a reação dos colegas artistas, ele demonstrou não se incomodar.  “Nunca participei de grupos, nunca andei em casa de artistas ou participei de patotas. Sou independente e sempre pensei por mim mesmo. Não devo satisfações a ninguém, a grupo algum”, disse.

Contou, também, que fazia Engenharia Civil e deixou para abraçar a música inspirado por quatro grandes artistas, com quem se decepcionou posteriormente. “Depois que fiquei doente entendi que eles financiaram suas carreiras a vida inteira. São gênios da música, mas não de caráter”, reclamou, evitando citar nomes.

“Soube que a comunidade artística inteira da Bahia está contra mim. Não estou preocupado com isso. Há uma frase de Divaldo Franco, médico espírita baiano, que diz: ‘Se alguém não gosta de você o problema é dele, mas se você não gosta de alguém o problema é seu, então ame’. Eu durmo todo dia bem feliz, leve, porque não sinto ódio por ninguém”.

Sobre a exposição, o cantor ao mesmo tempo em que afirma que sua vida, até em função da profissão que escolheu, é muito exposta, gosta de adotar uma postura mais reservada. Ele tem críticas ao movimento LGBT, por exemplo, que avalia como um movimento que adota comportamentos muito radicais em relação aos homossexuais e bissexuais.

“Minha vida sempre foi exposta, nunca escondi nada. Só contei que sou bissexual numa entrevista que concedi para a Revista Quem. Fiz isso anos depois que me divorciei, quando tive um relacionamento com uma pessoa. Os LGBTs querem que todos se exponham e todos batam palmas. Cada pessoa pode ser o que for, só não pode levar isso para crianças de quatro, cinco anos de idade. Os LGBTs, com essa forma de agir, estão afastando as pessoas”, afirmou.

“Se você é gay a esquerda diz que tem que ir para a putaria e subir em cima de um caminhão na parada gay. As pessoas acham que o gay tem que se empoderar, quando cada um tem que se comportar como achar melhor”, acrescentou, descartando rótulos.

Da mesma forma que abriu sua vida neste quesito, Netinho revelou que desde 2016 não faz sexo, determinação que disse ter adotado para o resto da vida. Contou que não tem uma pessoa com quem se relacione como marido ou companheiro. “Estou apaixonado, vivendo uma relação lindíssima comigo mesmo. Algo chamado autoamor. Amo ficar sozinho”.

Sobre Bolsonaro ser considerado homofóbico, o artista afirmou: “Gargalho com isso”, ressaltando não concordar com as declarações que são feitas até mesmo por ex-apoiadores do presidente. “O nome disso é idiotice, doutrinação. O melhor amigo de Bolsonaro é o deputado Hélio Lopes, que é negro. Genocida é aquele que favorece a matança de certo grupo étnico, me diga se Bolsonaro fez isso. As pessoas precisam sair dessa bolha de idiotia”, destacou.

Ele também demonstrou receptividade caso seja convidado para assumir algum órgão no governo. “Minha intenção quanto a isto é zero, porém, se chegar o dia em que Jair precisar de mim para alguma coisa, vou e me jogo de cabeça. Nem penso duas vezes”, disse.

Netinho contou ainda que vai se envolver nas eleições municipais seguindo a orientação que o presidente der. “Não vou apoiar ninguém no primeiro turno, mas se no segundo turno os candidatos apoiados pelo presidente acharem que precisam da minha presença, darei meu apoio e vou até onde estão para fazer campanha”.

No Recife ele frisou que apoia os candidatos a vereador Maria Ferraz, Osvaldo Neto e Coronel Meira, todos bolsonaristas. Torce, ainda, pela candidatura do coronel Alberto Feitosa à Prefeitura do Recife.

Netinho está com um show inédito, totalmente pronto para apresentar assim que acabar a pandemia da Covid, intitulado Volares (voar em italiano). Pretende cantar, nestas futuras apresentações, antigos sucessos e cinco músicas internacionais em ritmo de axé. “O mundo pós-covid será mais amoroso e mais positivo. Só depende de nós”, ressaltou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

Confira os últimos posts



25/10


2020

FBC reforça a campanha de aliados no Agreste

Após participar de atos políticos no Grande Recife, o líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB), segue viagem rumo a municípios do Agreste amanhã. Acompanhado do deputado federal Fernando Filho e do deputado estadual Antonio Coelho (ambos do DEM), FBC participa de atividades de campanha em cinco municípios da região. O primeiro compromisso será em Caruaru, onde o senador inicia a agenda com entrevista a uma rádio local e, às 9h, tem encontro com a prefeita e candidata à reeleição, Raquel Lyra (PSDB). 

Da capital do Agreste, os parlamentares partem para Santa Maria do Cambucá para participar de uma reunião com o candidato a prefeito Mário Filho (PSDB) às 11h30. Também estão programadas visitas ao Mercado Público e ao Mercado de Frutas, e entrevista à emissora local. O município de Frei Miguelinho vem na sequência, onde, a partir das 14h30, concedem entrevista a uma rádio da cidade e participam de uma live com o vice-prefeito José Lindonaldo (MDB).

As atividades prosseguem, ainda na segunda, na cidade de Brejo da Madre de Deus com uma caminhada, às 17h, ao lado do prefeito Hilário Paulo (PSD), que busca a reeleição. O último compromisso do dia será em Toritama, às 20h, com uma reunião com lideranças políticas da região e o prefeito Edilson Tavares (MDB), que busca renovar seu mandato à frente da administração municipal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

25/10


2020

Ação de Sérgio Leite retira enquetes falsas do ar

A Justiça Eleitoral decidiu, ontem, que perfis anônimos em redes sociais retirassem do ar enquetes que distorciam o cenário para a eleição de prefeito do Paulista. A representação foi impetrada pelo candidato à Prefeitura Sérgio Leite (PP), na última quinta-feira (22). No processo (nº 0600653-36.2020.6.17.2012), solicitou a retirada do ar de duas enquetes realizadas por contas anônimas no Instagram e Facebook sobre a corrida eleitoral no município. A prática é vedada pela lei eleitoral e mesmo assim vem se tornando corriqueiras sem o preenchimento de critérios como o registro na justiça e a transparência dos dados.

“Muitas pesquisas em redes sociais são manipuladas. É comum que uma pessoa vote mais de uma vez, criando perfis falsos para favorecer o candidato do seu agrado. Uma prática que induz o eleitor a um cenário que não existe, totalmente fora da realidade, e que pode estar escondendo os interesses de grupos políticos”, afirmou Sérgio Leite, que diz ainda que não é a primeira vez que usam desse artifício para prejudicar sua candidatura.

"Nas últimas eleições fui vítima de boatos espalhados pela cidade que tiveram o objetivo de desidratar meu grupo político. Até avião com faixas mentirosas sobrevoou a orla buscando denegrir minha imagem. Não vamos nos calar. Para cada mentira que surgir, acionaremos a Justiça. Um ex-prefeito tenta de todas as formas voltar ao poder e faz uso dos mais ardilosos esquemas para tentar apagar minha candidatura porque sabe que sou a verdadeira oposição em Paulista", acusou. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

25/10


2020

BR-232 vai passar por reconstrução em 2021

Tormento para muitos condutores, a BR-232 será reconstruída em 2021, no trecho que vai do Recife a Caruaru, compreendendo 134 km. A novidade foi trazida em primeira mão pela jornalista Roberta Soares, em matéria publicada no Jornal do Commercio hoje. O valor inicial projetado pela Secretaria de Infraestrutura de Pernambuco (Seinfra) é de R$ 100 milhões.

A via passou por duplicação em 2004, com o dinheiro da privatização da Celpe, ao custo de R$ 400 milhões. Ainda segundo Roberta, a decisão de refazer a BR-232 foi acertada entre o Governo do Estado, que é responsável pela rodovia até 2027, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) e o Ministério da Infraestrutura.

Para mais detalhes, basta acessar o portal do Jornal do Commercio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/10


2020

Celso Muniz ouve comerciantes em Peixinhos

O candidato a prefeito de Olinda, Celso Muniz e sua vice, Patrícia Henry (ambos do MDB), estiveram na Feira de Peixinhos, hoje. Os candidatos da coligação "Mais Olinda: mudança e desenvolvimento" conversaram com feirantes e moradores da localidade, ouvindo as diversas cobranças. A começar pelos valores dos aluguéis do espaço para as mais de 200 bancas na feira. A infraestrutura também foi alvo de reclamação. Celso relata que não existe banheiro público, além de não haver piso nem coberta para proteger feirantes e a população.

Como proposta, o prefeiturável do MDB quer transformar o espaço em um mercado público, com todas as condições para que os comerciantes possam trabalhar com mais dignidade. “Com nossas propostas para enxugar a máquina, reduzindo cargos comissionados, criando um centro administrativo e acabando com os aluguéis de tantos prédios públicos e carros alocados, vamos ter uma economia de cerca de R$ 30 milhões. Dinheiro que pode ser aplicado para a construção do mercado e de uma estrutura decente para os comerciantes”, comentou Celso Muniz.

Ele ressaltou que, se eleito, dará total apoio a criação da Associação dos Feirantes de Olinda, uma reinvindicação antiga dos comerciantes do espaço. Em seguida, Celso Muniz e a vice, Patrícia Henry, foram conversar com os moradores próximos à feira e, mais uma vez, ouviram queixas sobre o que chamou de "falta de atenção da Prefeitura na localidade". Celso projeta colocar três subprefeituras na cidade, uma em cada zona eleitoral, para que os problemas de cada localidade possam ser solucionados com o menor tempo possível.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/10


2020

Mendonça e Priscila lideram grande bicicleata no Recife

O candidato a prefeito do Recife Mendonça Filho (DEM) liderou, na manhã de hoje, ao lado de sua vice, a correligionária Priscila Krause, uma grande bicicleata, que contou com a participação de diversos ciclistas. “Foi uma festa importante para mostrar nosso compromisso em, assim que formos eleitos, assumirmos a chance de pensar e realizar um novo plano de mobilidade urbana, com foco nas necessidades do recifense”, disse Mendonça, que tem enfatizado que a capital pernambucana tem um dos piores trânsitos do mundo. 

Presente no evento, o senador Fernando Bezerra Coelho, líder do Governo Bolsonaro no Senado, afirmou que o democrata contará com o apoio de Brasília para realizar importantes obras que estão no plano de governo da aliança Recife Acima de Tudo (DEM, PSDB, PTB e PL). “Estaremos ao seu lado para ajudar a construir pontes com Brasília, para que aconteça uma transformação real no Recife” prometeu o senador por Pernambuco. 

O passeio ciclístico partiu do Parque Caiara, na Iputinga, passando pela Praça da Torre, Mercado da Madalena, Museu da Abolição, Clube Internacional, Ponte da Torre e finalizando, já por volta do meio-dia, no comitê da campanha dos candidatos da coligação Recife Acima de Tudo, na Rua Real da Torre, onde o ex-ministro da Educação assinou documentos de compromisso com diversos grupos ciclistas. Para Priscila Krause, o “passeio teve seu percurso como uma forma de denunciar várias vias importantes que não têm ciclofaixa, revelando a importância desse modal de mobilidade e os perigos que os ciclistas enfrentam diariamente pela cidade”.

Mendonça Filho aproveitou o evento para acrescentar, em discurso aos militantes e ciclistas, que estimular o uso de bicicletas como locomoção é um dos vários aspectos a serem trabalhados para melhorar a mobilidade recifense. “Sem falar nos ônibus cheios, irregulares, sem ar condicionado. E do abandono em que se encontra o BRT. A única coisa que esse pessoal do PSB é competente, que é cobrar imposto e taxa. A cidade não aguenta mais”, disparou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/10


2020

Olinda: Guto visita feira de Peixinhos

"Muita lama, cobrança indevida do espaço público, desorganização e revolta de trabalhadores e clientes". É o que relata o candidato à Prefeitura de Olinda pelo PDT, Guto Santa Cruz, sobre a visita que fez na manhã de hoje à feira de Peixinhos. De banca em banca, o prefeiturável ouviu os trabalhadores e falou sobre as propostas para o comércio local. Apesar do tempo de existência da feira, parte dos comerciantes chegou ao local há cerca de 15 dias.

Nas palavras do prefeiturável, "foram retirados de maneira arbitrária dos arredores do mercado na Avenida Presidente Kennedy". O grupo foi instalado no local conhecido como Areial, "mas sem a estrutura correta para recebê-los. Com toldos pequenos sobre as barracas, os comerciantes ficam expostos a sol e chuva durante todo o dia", completa.

Ainda segundo Guto, a feira de Peixinhos não é diferente das demais feiras da cidade. "Falta estrutura, organização, padronização e investimentos no piso, cobertas e limpeza frequente, entre outros". Para ele, “as feiras e mercados públicos têm grande potencial para ser, além de lugar de compras, excelentes espaços de cultura, gastronomia e lazer. Mas, para isso, é preciso modernizar, melhorar a infraestrutura e capacitar os comerciantes”, conclui.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/10


2020

Wesley Safadão: Não pode show, mas pode comício

Jornal de Brasília

O cantor Wesley Safadão, 32, fez um apelo aos políticos do país, na noite deste sábado (24), e pediu o retorno das apresentações artísticas. “A gente precisa sentir essa energia novamente”, afirmou ele se referindo ao pequeno público de 300 pessoas que ele foi autorizado a receber na live “Garota Vip”, realizado no Recife.

“O meu apelo aos governadores, aos prefeitos de todas as cidades: Olhem um pouco para o entretenimento. Não pode fazer show, mas pode fazer comício. Não pode fazer show, mas praia está lotada. Não pode fazer show, mas voo comercial está lotado. Não pode fazer show, mas os cabarés estão funcionando. Olhem para o entretenimento!”.

O cantor ainda continuou:

“Pelo o amor de Deus, a gente precisa voltar a trabalhar. A gente precisa sentir essa energia novamente. Perguntem ao povo, se o povo quer show ou se não quer também”, concluiu ele, que fez uma apresentação de mais de cinco horas entre a noite de sábado e a madrugada deste domingo (25).

A matéria completa está disponível no site do Jornal de Brasília.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/10


2020

Em encontro com artistas, João fala em priorizar cultura

A Frente Popular do Recife promoveu, na manhã de hoje, o evento “Arte na Praça”, com artistas da Região Metropolitana do Recife (RMR) na Praça de Casa Forte. O objetivo é abrir espaço para que os profissionais exponham suas obras. Nesta edição, cerca de 70 artistas participaram, exibindo mais de 200 peças. O prefeiturável João Campos (PSB) acompanhou a ação.

Ele cumprimentou os artistas locais participantes e diversas pessoas que prestigiaram o evento, destacando a importância da cultura e garantindo que será uma prioridade, caso eleito. “A responsabilidade de valorizar a cultura é de todos nós e quero dizer que vocês podem contar comigo para investir nesse segmento fundamental”, discursou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/10


2020

Belarmino promete incentivar comerciantes de Jaboatão

"O comércio de Jaboatão é o coração do setor econômico da cidade". É assim que o candidato a prefeito de Jaboatão dos Guararapes Belarmino Silva (Avante) encara o setor e, por isso, dedicou sua agenda neste final de semana para a área comercial. Nas plenárias de sábado e domingo, o prefeiturável reforçou suas propostas para o crescimento local, em especial para as feiras e mercados. Nos dois dias, ele circulou por bairros como Jaboatão Centro, Tejipió, Cavaleiro e Curado.

Um dos pontos do plano de governo do candidato é apoiar a organização de feiras livres e a criação do programa "MEI vende +", visando que os microempreendedores individuais estejam em condições de fornecer melhores produtos e serviços. Belarmino conta que ouviu diversas reclamações de moradores, como falta de estrutura para acomodá-los, desorganizada circulação entre veículos e pedestres, ausência de saneamento básico e mau cheiro.

“Precisamos criar espaços de qualidade para os comerciantes, cuidar, apoiar e incentivar o comércio local”, pontuou o prefeiturável do Avante.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/10


2020

Anderson acompanha carreatas de aliados em Jaboatão

O prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PL), aproveitou a manhã de hoje para acompanhar carreatas de candidatos a vereador da coligação “Jaboatão - O trabalho faz a diferença”, que apoia a candidatura à reeleição do gestor municipal. Em um Fusca azul, adesivado com as cores da campanha, ele percorreu ruas e avenidas dos bairros de Barra de Jangada, Candeias e Piedade. A novidade atraiu a atenção das pessoas e movimentou o circuito.

“Fazer diferente é a grande marca da nossa gestão. Apesar das restrições que esse momento de pandemia nos impõe, temos conseguido levar nossa mensagem, nosso compromisso com um novo Jaboatão, de protagonismo, de grandeza, de continuar trabalhando para que possamos multiplicar tudo isso que alcançamos até agora. Cada gesto de apoio que temos recebido nessa nossa trajetória se transforma em combustível para continuar buscando sempre o melhor para nossa cidade”, disse Anderson.

Caminhada em Dom Hélder

Houve uma grande caminhada, ontem, em Dom Hélder, nas imediações do bairro de Piedade. A concentração teve início às 9h, no Campo da Liberdade, e terminou por volta do meio-dia. Um grande percurso marcado pelo entusiasmo da militância. Anderson também relata que sentiu receptividade dos moradores, que, de acordo com ele "faziam questão de abrir as portas de suas casas para apoiar a gestão que fez Jaboatão dos Guararapes ser uma cidade reconhecida pelo mundo inteiro como sinônimo de luta e trabalho”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/10


2020

Wellington da LW descumpre de novo lei em evento

A Justiça Eleitoral de Arcoverde determinou a proibição de eventos que aglomerem pessoas, a exemplo dos comícios, carreatas, caminhadas e mais recentemente drive-in. A decisão não impediu que o candidato da coligação União por Arcoverde, Wellington da LW, cometesse na manhã de hoje mais uma irregularidade, descumprindo sentença do juiz eleitoral da 57ª Vara ao promover evento no residencial Maria de Fátima. 

De acordo com relato de moradores, o evento, que seria um torneio esportivo, na realidade estava servindo de pano de fundo para a realização de ato político com direito a bandeiras de candidatos a vereador, prefeito e carros de som tocando as músicas da campanha, como é possível constatar em fotos. Ainda segundo informação, no momento da chegada da Polícia Militar, que cumpria a determinação da Justiça Eleitoral, o candidato Wellington estava fazendo o corpo a corpo com os eleitores num evento tipicamente político, tendo o torneio apenas como mote para aglomerar as pessoas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/10


2020

Nas fotos de Teixerinha até as sombras se iluminavam

Soube, há pouco, da morte do meu amigo Carlos Teixeira, arrastado pela Covid-19 aos 64 anos. Fotógrafo de mão cheia, profissional que marcou muito o início da minha carreira no Diário de Pernambuco nos anos 80. Teixerinha, como era conhecido, viveu comigo grandes emoções em reportagens sobre as desigualdades sociais do Nordeste. Era o repórter fotográfico da seca, prêmio Esso em dupla com Gildson Oliveira, já falecido também, meu primeiro chefe em Jornalismo.

Teixerinha viajou 10 mil km comigo entre os nove Estados nordestinos para produção da série de reportagens com a temática "O Nordeste que deu certo", finalista do Esso, que acabou virando livro. Era uma figura extrovertida, fumante inveterado, hipertenso e adepto de uma geladinha.

Gordo, tinha picos de pressão que vez por outra provocavam sua ida a uma emergência. Certa vez, abandonou uma pauta comigo em Ouricuri sem avisar. Fui encontrá-lo no hospital da cidade. Teixerinha tinha um olho mágico. Suas fotos, ainda em preto e branco naquela época, ilustravam a primeira página do velho DP frequentemente. 

Foi companheiro também de rondas policiais no start da minha chegada ao DP. Na redação, dividia os momentos de diversão com outro fotógrafo: Rodger Rodrigues, grande lente angular, premiadíssimo. Rodger e Teixerinha eram de direita, mas faziam juras ao comunismo. Nos momentos de maior tensão de fechamento da edição, nos surpreendiam gritando: "Abaixo a ditadura! Viva Che".

Uma alusão a Che Guevara, revolucionário marxista, médico, autor, guerrilheiro, diplomata e teórico militar argentino. Uma figura importante da Revolução Cubana. Seu rosto estilizado tornou-se um símbolo contracultural de rebeldia e insígnia global na cultura popular. Rodger tinha a exata noção de que o jornal era conservador, temente ao regime militar.

Teixerinha deixa um grande vácuo, cinco filhos e uma legião de amigos. Suas fotos sobre seca varreram o mundo. Quando as minhas palavras não ficavam claras, os leitores tiravam as dúvidas concentrados nas fotografias dele. Aprendi com ele que uma imagem vale mais que mil palavras. Meu amigo exercitava com fidelidade o preceito máximo de que o objetivo de tirar fotos é para que não seja necessário explicar as coisas com palavras. Depois que conheci Teixerinha passei a acreditar que há coisas que ninguém veria se não as que fossem fotografadas por ele. 

Boas fotografias como as dele são aquelas que comunicam um fato, toca o coração e deixa o espectador uma pessoa mudada por tê-la visto. Nas fotos dele não haviam sombras que não pudessem ser iluminadas.

Que Deus o tenha!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/10


2020

Com Lupércio ausente, aliados promovem buggyata

O prefeito de Olinda e candidato à reeleição, Professor Lupércio (SD), está ausente dos atos de campanha após ser diagnosticado com a Covid-19. Mesmo assim, a agenda seguiu na Marim dos Caetés com uma grande "buggyata" promovida por aliados e demais apoiadores. O ponto de partida foi a Avenida Pedro Álvares Cabral, em Jardim Atlântico.

A equipe do gestor destaca que a via é uma das mais de cem que foram requalificadas durante a administração de Lupércio, com pavimentação, acessibilidade, nova sinalização, sistema de drenagem e reforço na iluminação. O encerramento foi no comitê central da campanha, localizado na Avenida Presidente Kennedy. Passando por bairros como Jardim Atlântico, Casa Caiada, Bairro Novo, Bultrins, Peixinhos e Caixa D'água.

Moradora da cidade há mais de 30 anos, a comerciante Marina Silva aproveitou para mandar uma mensagem de apoio ao prefeito, que se recupera da Covid-19. "Nunca vi melhor prefeito nesses anos todos. Deus permita que ele se recupere logo e a gente possa voltar a ver Lupércio pelas ruas, conversando e trabalhando pela gente", afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/10


2020

Marília participa de carreata na Zona Sul do Recife

Candidata a prefeita do Recife pelo PT, Marília Arraes promoveu novamente uma grande carreata na Zona Sul da cidade, na manhã de hoje. A prefeiturável esteve acompanhada do vice de chapa, José Arnaldo (PSOL).

"A carreata de hoje mostrou, mais uma vez, que os recifenses acreditam no nosso projeto. Passamos por bairros como Imbiribeira, Jordão, Ipsep e vimos que as pessoas querem uma cidade mais amiga, mais justa, menos desigual. Foi assim nos tempos do PT e será assim a partir de 2021", disse Marília.

Porta a porta na Imbiribeira

Antes da carreata, Marília participou de uma atividade na comunidade do Coqueiral, na Imbiribeira. No porta a porta, a candidata do PT ouviu depoimentos dos moradores do local sobre a falta de saneamento básico, as filas absurdas nos postos de saúde e a falta de creche dentro da comunidade. 

"É um absurdo que em pleno 2020 as pessoas tenham que dormir em uma fila para tentar marcar uma consulta. É um absurdo que uma mãe não possa trabalhar porque não há creche para o filho. Vamos mudar essa situação a partir do ano que vem", assegurou a prefeiturável.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Tem calma marcos de camaragibe, queima rosca.

marcos

Essa Marília é muito fraca, só entende de botar gaia.



25/10


2020

Paulista: militância da coligação de Padilha briga entre si

Em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, os últimos acontecimentos da política esquentaram de vez a campanha. Após a mudança na chefia do Executivo e a consequente demissão em massa de comissionados, foi a vez de a militância da coligação "Paulista com nossa cara", encabeçada pelo prefeiturável Francisco Padilha (PSB) – nome apoiado pelo prefeito afastado, Junior Matuto –, brigar entre si.

Um vídeo registra troca de socos e empurrões entre militantes de candidatos a vereador que apoiam o socialista. Conforme o blog apurou, as agressões ocorreram ontem no bairro de Paratibe, onde Padilha liderou uma caminhada. Nas imagens, é possível ver a confusão generalizada, com bandeiras de postulantes à Câmara Municipal de Paulista sendo arrancadas.

O blog procurou a assessoria de Francisco Padilha para que ele se pronunciasse sobre a situação. "O vídeo mostra que (a briga) não foi dentro da caminhada. A rua está deserta e só tem alguns militantes de proporcionais que se desentenderam. A militância da majoritária é responsabilidade da coordenação da campanha. Mas cada proporcional tem sua própria militância. Como são mais de 280 candidatos, fica muito difícil nos responsabilizarmos pelo comportamento de todos", explicou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha