Lavareda

20/09


2020

Zeca recebe apoio de líder do Grupo Cruzeiro

Depois de percorrer durante toda a semana vários bairros da cidade, reforçando apoios populares e de lideranças de vários bairros, a exemplo da Boa Vista, São Cristóvão, São Miguel, Boa Esperança e JK, o ex-prefeito de Arcoverde Zeca Cavalcanti (PTB), candidato a prefeito pela terceira vez, reforçou sua rede de apoio na tarde de ontem com o engajamento do empresário Airon Duarte à sua pré-campanha. Proprietário do Grupo da Rede de Postos Cruzeiro, Airon tem a cidade como seu maior foco de investimentos na região.

Para o ex-prefeito, que esteve acompanhado do candidato a vice, Eduíno Filho (Podemos), e do ex-deputado Eduíno Brito, o apoio do empresário, que foi destaque recente no Estado ao doar mil refeições para os caminhoneiros durante o período mais crítico e restritivo da pandemia da Covid-19, reforça a esperança de mudar Arcoverde. 

“Em nossa caminhada para ver Arcoverde voltar a sorrir, recebemos neste sábado o apoio do amigo e empresário Airon Duarte, da rede de postos Cruzeiro e do Hotel Cruzeiro IV. Ele nos falou dos investimentos, do apoio que o empresariado precisa dos órgãos oficiais para criar empregos e oportunidades para nossa população. Airon é um símbolo de trabalho e dedicação à cidade de Arcoverde, onde gera oportunidades de trabalho e investimentos em nosso setor de serviços”, afirmou Zeca em suas redes sociais.

O candidato do PTB à Prefeitura também agradeceu o apoio e declarou que seguirá "agregando mais pessoas, amigos de todos os segmentos, bairros, distritos e sítios para construir uma Arcoverde melhor”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

Confira os últimos posts



31/10


2020

“O direito de viver em paz”

Por Weiller Diniz*

Jair Bolsonaro, por ócio improdutivo ou obsessão mórbida, tem como receita sádica atormentar a rotina dos brasileiros e cultuar a morte. Antidemocrático, eleito com apenas 39,3% do total de eleitores, Bolsonaro se esfalfa para torturar a maioria dos brasileiros, gerar pânico e criar incertezas. Seus alvos recorrentes são: democracia, instituições, negros, gays, ONGs, estudantes, mulheres, jornalistas, nordestinos, a esquerda, governadores, a ciência, direitos individuais, a saúde e a vida. Só faz mesuras a torturadores e acoberta os filhos encrencados. A meta é nos empestear com retrocessos civilizatórios e destruir o Estado de direito. Homeopaticamente vai trocando a retórica do cercadinho por tentativas concretas de implosão do País e o cerco à democracia. Só recua quando fica acossado, como nas predicações golpistas do meio do ano.

UBS em Brasília – Foto Gabriel Jabur.

Os espirros fascistas pelo mundo têm vetores comuns. O capitão já manipulou alguns ingredientes: deslegitimar as instituições, encorajar o enfrentamento, polarizar com a esquerda, solapar direitos, terceirizar fracassos, atacar a liberdade de expressão e jornalistas, impulsionar milícias e, sobretudo, mentir. A desarticulação da União em ações a favor do bem-estar coletivo, associada a desconexão com a verdade através da propaganda, completa a bula totalitária. Os disparates sobre a vacina chinesa e o desmonte do SUS expõem as vísceras do receituário macabro. O decreto privatizando as unidades básicas de saúde era natimorto. Seria neutralizado no Congresso, por abusivo, ou no STF por inconstitucional. A derrota iminente forçou o recuo. O novo revés virá na vacina.

Enquanto o mundo detalha a logística – armazenagem, distribuição, aquisição, produção – para o maior programa de vacinação da história da humanidade, o Brasil rasteja na irresponsabilidade febril do capitão. Ele desperdiçou 8 meses sabotando o isolamento, convocando aglomerações, minimizando a Covid 19, escarnecendo da vida, e prescrevendo ilegalmente remédios inúteis. Agora o hospedeiro da incúria se insurge contra a vacina chinesa em razão da procedência. A xenofobia e o preconceito deveriam afastá-lo das armas. A pólvora foi inventada na China e um insumo da vacina do Reino Unido é igualmente chinês.

O funesto histórico de desdém comprova que o capitão zombou da vida dos brasileiros e se transformou em um mascate da morte, empilhando cadáveres em uma necrópole infame e repulsiva. Eis a sequência fúnebre: em março, com a primeira morte, disse que era “histeria”. Em pronunciamento ao País, em 14 do mesmo mês, classificou a pandemia de “gripezinha”, “resfriadinho”. Após ultrapassarmos a marca de mortes na China, desprezou vidas com “e daí?” (5 mil mortes). Dias antes excrementara: “Brasileiro tem que ser estudado. O cara não pega nada. Eu vi um cara ali pulando no esgoto, sai, mergulha… E não acontece nada com ele”.

Em 12 de abril, recendendo a fedentina dos bueiros, foi igualmente negacionista e, novamente, equivocado: “Parece que está começando a ir embora essa questão do vírus”. Outras torpezas vieram. “Eu não sou coveiro” (10 mil mortes). “Quem é de direita toma cloroquina, quem é de esquerda toma tubaína (18 mil mortes). Também estimulou a invasão de hospitais para filmar fictícios leitos vazios (40 mil mortes). Diante das vacinas, completou o ataque viral da ignorância: “Eu não sei porque correr agora”. No mesmo dia palpitou, de novo errado, que o desenvolvimento de medicamentos é mais barato que vacinas. Talvez seja o único presidente no mundo incapacitado para entender o óbvio. Aqui já são quase 160 mil mortes e mais de 5,5 milhões de infectados. O descaso genocida não será esquecido.

O debate sobre a vacinação compulsória chegou ao STF, onde o retrospecto de derrotas da atual gestão é vexatório. As maiores foram no reconhecimento da autonomia a Estados e Municípios nas ações contra a pandemia, na manutenção das regras da lei de acesso à informação, na derrubada das bisbilhotices e dossiês do Ministério da Justiça e da Abin, na proibição de campanhas publicitárias fascistas , nos inquéritos sobre fake news e golpe, além do veto à posse de Alexandre Ramagem no comando da PF. São terapias que o STF vem aplicando contra moléstias autoritárias.

Em suas lives mambembes e delírios jocosos, o capitão desafiou várias vezes o Judiciário: “Duvido que a Justiça vá obrigar alguém a tomar a vacina”. Repetiu: “não será obrigatória e ponto final”. “Não pode um juiz decidir se você vai ou não tomar a vacina”. A bravata lembra o “acabou, porra”, do período em que apoiadores queriam lacrar o STF. Em fevereiro várias normas de combate à pandemia foram sancionadas. Uma delas, a Lei 13.979, estabelece que as “autoridades (governadores e prefeitos têm autonomia) poderão adotar, no âmbito de suas competências… realização compulsória de vacinas e outras medidas profiláticas”. A politização da vacina é inútil e irracional. Só irá retardar o calendário de imunização assim que ela estiver aprovada.

O negacionismo agrega um componente político. O governador de São Paulo, potencial candidato à presidência, firmou acordos entre a China e o Instituto Butantan. O laboratório chinês é o mesmo que, em um ano, produziu a vacina contra a gripe suína. Sendo eficaz, Dória conquistará espaço ao comandar o maior programa de imunização no Brasil. Depois de fechar a compra de 40 milhões de doses para o SUS, o ministro da Saúde, general de 3 estrelas, foi humilhado por Bolsonaro e a compra desautorizada. As primeiras doses desembarcam em SP nos próximos dias. Até o aliado do capitão na disputa pela prefeitura, Celso Russomano, derretendo nas pesquisas, se descolou e defendeu a ciência.

Em setembro o STF deu uma sinalização ao adotar a repercussão geral na vacinação de crianças. O mérito ainda será julgado e se refere a demandas de pais que não querem ser obrigados a levar o filho para vacinar. A maioria dos ministros, embora disponham de tempo para decidir até a validação da primeira vacina, tende a entender que, em pandemias, o direito coletivo de proteção à saúde ultrapassa as liberdades individuais.

Deve prevalecer a discussão sobre saúde pública em detrimento de escolhas pessoais. Sem uma maciça adesão à vacinação, os riscos das contaminações e mortes se prolongam.

Os critérios que devem reger a discussão são os níveis de eficácia e a segurança. O Brasil tem o maior programa de imunização gratuito e é referência mundial. As pesquisas apontam que 89% dos brasileiros estão dispostos a tomar a vacina. É previsível ela seja precondição para rotinas como viagens, trabalho, clubes, escolas, restaurantes, estádios, como é a máscara hoje, obrigatória. Em 1904, Oswaldo Cruz enfrentou a revolta da vacina no Rio de Janeiro no combate à varíola. Ela só foi erradicada após a vacina. O mesmo ocorreu com a pólio e o sarampo. O número de casos recrudesce quando se afrouxa a vacinação.

O capitão é um mandatário mal-intencionado que, entre muitas demências, torce insanamente pela pandemia. Nada ilustra mais o desprezo do que a foto defendendo vacinação obrigatória apenas para cães. Seu adestramento revela descompromisso com a democracia, com o bem-estar coletivo, com as liberdades individuais, com a ética e com a vida dos brasileiros. As imunizações que ele persegue são: a penal, para os filhos, e a do impeachment, para si e não ter que explicar os R$ 89 mil do miliciano Fabrício Queiroz para Michele Bolsonaro. Por estas vacinas ele não mede esforços. Em nome desses imunizantes faz estragos estuprando as instituições, leiloando o governo, mentindo, patrocinando conchavos espúrios e aterrorizando diariamente a tranquilidade da Nação.

“O direito de viver em paz” era cantado pelo compositor, músico e diretor chileno Victor Jara, vítima do sadismo, da tortura e dos assassinatos do terror implantado por Augusto Pinochet a partir do golpe 1973.O ditador sanguinário, assim como outros facínoras, é ídolo de Bolsonaro. Pinochet só começou a ser enterrado 47 anos depois do golpe, quando o plebiscito chileno aprovou uma nova Constituição. Se o Brasil não reagir ao “cocô dia sim, dia não”, em breve estará soterrado nos escombros da barbárie, carcomido pelos vermes do passado e pela idiotia oficial.

*Jornalista. Artigo publicado originalmente no site Os divergentes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

31/10


2020

Justiça manda Marcelo Gomes tirar inserção com Queiroz e Tony

O juiz da 106ª Zona Eleitoral, Eliziongerber de Freitas, determinou que o candidato a prefeito de Caruaru Marcelo Gomes (PSB) retire, em até 24 horas, as propagandas eleitorais no rádio e na TV em que os ex-prefeitos Tony Gel e José Queiroz aparecem além do tempo permitido pela legislação, que é de 25% para apoiadores. A sentença proferida ontem atende parcialmente a uma representação feita pela prefeita e candidata à reeleição, Raquel Lyra (PSDB).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

31/10


2020

Júri fictício acaba em forró

Como se sabe, as campanhas eleitorais estão suspensas pela resolução 372/2020 do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) com a anuência do Ministério Público. Por isso mesmo, promotores deveriam dar o exemplo e evitar aparecer em situações que despertem controvérsias. O procurador-geral do Estado, Francisco Dirceu Barros, não levou em conta isso e cedeu quatro membros do Ministério Público de Pernambuco lotados no Recife para participar, hoje, de um júri fictício em Petrolina, cujo réu foi João Grilo, protagonista de "O auto da Compadecida", obra de Ariano Suassuna.

Conforme o blog noticiou, eles tiveram diárias e passagens custeadas com dinheiro público, apesar de ser um evento privado. A iniciativa passaria despercebida não fosse o cenário pandêmico enfrentado no Brasil e as inúmeras restrições a que a população está submetida devido à Covid-19. Para completar, o júri fictício terminou em forró, com promotores dançando até de rosto colado, como é possível assistir em vídeo. Nem fizeram questão de esconder ao aparecerem na conta do júri Instagram (@jurihistorico.pnz). Por tudo isso, a atitude soa bastante imprudente. Para esta situação, cabe parafrasear Chicó, o melhor amigo de João Grilo: "Não sei, só sei que foi assim."


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2020

Raquel promete expandir serviços médicos em Caruaru

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), falou sobre ações que pretende implantar na saúde caso seja reeleita. Em uma live realizada na noite de ontem, prometeu expandir e a humanizar a rede municipal de saúde.

"Vamos trabalhar a inovação, investir ainda mais nas teleconsultas, expandir os serviços médicos especializados - os exames e consultas para as mulheres, cuidando dos nossos idosos, fortalecendo o programa Remédio na Porta", pontuou Raquel.

A prefeiturável também incluiu na pauta a Maternidade municipal de Caruaru e.apresentou outras propostas, como a construção do bloco cirúrgico do Hospital Manoel Afonso, Via Saúde, com transporte de pacientes da zona rural e dos residenciais, e prontuário eletrônico em 100% das unidades.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

31/10


2020

Mendonça reforça intenção de valorizar mercados

O candidato a prefeito do Recife Mendonça Filho (DEM) cumpriu uma agenda adequada às novas normas do TRE, hoje. Pela manhã, visitou o Mercado de Boa Viagem, na Zona Sul. No centro comercial, que era administrado pela Prefeitura, mas há três anos foi revitalizado e modernizado através de um mutirão dos proprietários dos cerca de 210 boxes, o democrata reafirmou seu compromisso de simplificar a abertura dos pequenos negócios.

“O Mercado de Boa Viagem concentra uma importante variedade de atividades comerciais, como artesanato e culinária, gerando emprego e renda. Na minha gestão, vamos simplificar a abertura de negócios, valorizar os empreendedores. A Prefeitura será parceira nas demandas do setor para que a economia do Recife volte a crescer”, afirmou.  

No fim da manhã, Mendonça seguiu para o comércio de Dois Unidos, na Zona Norte, onde ouviu queixas dos trabalhadores do local, principalmente em relação à sujeira na principal avenida, que acumula esgoto a céu aberto e é agravada na época das chuvas, com a falta de manutenção e limpeza de um canal próximo ao local. “Esse abandono é o retrato das gestões do PSB, que além de não valorizarem os comerciantes de bairros, só pensam em arrecadar impostos, sufocando os empreendedores, sem dar retorno à população com serviços de qualidade. Na minha gestão, os pequenos comerciantes serão valorizados e respeitados”, prometeu. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2020

Marília promete posto de saúde na Vila Cardeal

A candidata a Prefeita do Recife Marília Arraes (PT) esteve na Vila Cardeal, na manhã de hoje, com um candidato a vereador e firmou um compromisso de construir um posto de saúde na comunidade. "A gente tem essa proposta de construir um posto de saúde na Praça dos Heróis, na Vila Cardeal. Vamos articular para que o terreno abandonado, que é da União, seja cedido à Prefeitura para essa finalidade", declarou

Durante a visita ao bairro, Marília também reforçou o seu compromisso de fortalecer a atenção básica de saúde e de aumentar as Unidades de Saúde da Família no Recife, projetos que fazem parte do Recife Cidade Inteligente. "O que a Vila Cardeal passa, metade da cidade também passa. A atual gestão municipal desmontou a atenção básica à saúde. Temos o compromisso de investir na atenção básica e com as equipes de saúde da família. Saúde será uma das prioridades da nossa gestão", acrescentou.

Marília Arraes ouviu de moradores da Vila Cardeal que, quem precisa de atendimento básico de saúde, tem que ir até o bairro do Barro para tentar marcar uma consulta. "É inadmissível que em 2020 as pessoas não tenham a chance de ser atendidas no próprio bairro e tenham que esperar horas e horas numa fila para buscar uma ficha de atendimento", concluiu a petista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2020

Candidata a vereadora em Cambucá denuncia atentado

A candidata a vereadora de Santa Maria do Cambucá Aline Vieira (PSDB) prestou queixa na Delegacia de Polícia de Surubim, na tarde de hoje, sobre um atentado sofrido enquanto estava no Sítio Baixio, na zona rural da cidade. O blog teve acesso a uma imagem que mostra o veículo dela com várias marcas de bala.

Tudo isso horas depois de o prefeiturável tucano Mário Filho relatar que teve a casa invadida de madrugada por dois criminosos encapuzados. Segundo Mário, o governador Paulo Câmara foi acionado sobre os dois casos. Aline é irmã do prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (também do PSDB). "Estamos preservando nossa mãe. Foi um susto, mas está tudo bem", informou o gestor. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2020

Pesquisa só tem credibilidade quando agrada um lado

Em Arcoverde, o candidato a prefeito pelo MDB, Wellington da LW, escolhido de última hora pela prefeita Madalena Britto (PSB), passou a usar em suas redes sociais a última pesquisa do Instituto Opinião, em parceria com este blog, como referência legítima para incutir na população a ideia de que é competitivo. Mais do que isso, para mentir.

Porque ao mesmo tempo em que recorre ao levantamento, feito com critério e histórico de 100% de acertos em eleições passadas em Arcoverde e mais de 80 municípios do Estado, carimba de "pesquisa do adversário". Quem é o adversário, Wellington? Quando e em qual instante da campanha o Opinião assumiu o protagonismo com viés de confronto ou oposição à sua candidatura?

Nem o Opinião nem o blog. Não versamos nossas atividades olhando do umbigo para baixo. O Opinião, para seu conhecimento, tem 30 anos de credibilidade. Faz pesquisas eleitorais e de mercado em todo o País, com destaque no Nordeste. Já o meu blog, pioneiro no Nordeste, não é líder de acessos por acaso.

Temos mais de 1 milhão de acessos por mês. Assumimos, há pouco, a liderança nacional em lives, entrevistando desde o presidente da República aos mais notáveis personagens do processo eleitoral nas eleições 2020, como o presidente do TSE. Foi ao meu blog e à Rede Nordeste de Rádio que o ministro Luís Roberto Barroso revelou em primeira mão todo o esquema montado para o pleito municipal, infelizmente sob símbolo da pandemia. 

Nosso compromisso é com os fatos, a verdade. Arcoverde sempre esteve presente em nossa pauta por ser um município importante, palco de eleições acirradas, com disputas voto a voto. Pesquisa retrata uma foto do momento, um cenário que muda de acordo com o andamento da campanha.

Só uma perguntinha ao candidato que agora tira proveito de uma pesquisa do mesmo instituto que sugeriu ser fake e manipulado lá atrás: quando os números convêm, deixamos - o Opinião e o blog - de ser porta-vozes de mentira?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2020

Lupércio volta a cumprir agenda presencial em Olinda

Depos de cumprir quarentena por conta da Covid-19, o prefeito de Olinda e candidato à reeleição, Professor Lupércio (SD), participou presencialmente de um ato de campanha, na manhã de hoje, no bairro de Jardim Atlântico. Ele esteve com o vice, Márcio Botelho, que também está recuperado do novo coronavírus. 

A reunião foi realizada sem aglomeração, seguindo todos os protocolos de saúde. Durante os 14 dias de isolamento, Professor Lupércio e Márcio Botelho continuaram cumprindo expediente da Prefeitura de forma remota. Além disso, estiveram virtualmente nos atos de campanha, conversando com a população. 

"Mas a saudade de estar nas ruas estava grande. Trabalhar nas ruas, ouvindo a nossa gente, me faz bem, sempre fez e é parte fundamental para administrar bem a nossa cidade. Recebi muitas fotos de pessoas fazendo o 'L' com as mãos, vídeos, mensagens, todas desejando boa recuperação e confiança na nossa campanha. Desejando que Olinda siga no caminho do desenvolvimento", disse Lupércio, em referência ao período em que esteve afastado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2020

Criminosos incendeiam galpão do PT em Águas Belas

Em Águas Belas, no Agreste Meridional, o galpão que armazenava material de campanha do PT foi incendiado na madrugada da última quinta-feira (29). Informações dadas por testemunhas à Polícia Militar apontam que dois rapazes, com idade aproximadas a 18 e 20 anos, arrombaram a porta do local por volta das 00h30 e atearam fogo.

Vigilantes do Hospital Municipal João Secundino de Souza foram os primeiros a perceber o incêndio ao sentir o cheiro de fumaça e ouvir estalos do material em chama. O corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas as chamas foram controladas por populares. O partido estima que o fogo tenha destruído três mil bandeiras. O representante da coligação petista registrou um boletim de ocorrência e o caso segue sob investigação.

*Com informações do portal Agreste Violento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2020

Moneta promete criar Fundação de Cultura de Abreu

A candidata do PSB à Prefeitura de Abreu e Lima, Cristiane Moneta, afirmou que, caso eleita, criará a Fundação de Cultura de Abreu e Lima. A declaração foi dada em uma reunião plenária realizada na quadra do Colégio São José, na última quinta-feira (29).

Na ocasião, a postulante socialista reuniu diversos fazedores de cultura do município, dos mais diversos segmentos. Terra que o mestre da ciranda, Antônio Baracho, escolheu para viver, Abreu e Lima ainda não conta com uma Fundação. Moneta também disse aos presentes, que em seu plano de governo, intitulado Inova Abreu e Lima, há a proposta da criação um prêmio anual de valorização do patrimônio cultural de Abreu e Lima que carregará o nome do mestre da ciranda.

Além de Moneta e do seu candidato a vice, Pastor Marcos Leite, estavam presentes no encontro, Dona Biu Baracho (filha de Antônio Baracho); a presidente do grupo Bacamarteiro Mandacaru, Marleide Tenório; a coordenadora do Instituto Passo de Anjo, Dinha Cavalcanti; o historiador Reginaldo Silva; o presidente do Conselho de Cultura, Anderson Pierre; além do secretário de Cultura do município, Wellington Tiago.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2020

Bolsonaro rebate Mourão sobre vacina chinesa

Por Leandro Magalhães, da CNN Brasil

O presidente Jair Bolsonaro não quis comentar diretamente a declaração do vice-presidente, Hamilton Mourão, à revista Veja de que o Brasil vai comprar a vacina chinesa. 

À CNN, Jair Bolsonaro afirmou que ele [Bolsonaro] não delega assuntos de competência do presidente da República a ninguém.

"Eu não delego a ninguém tratar sobre qualquer outro assunto relacionado ao presidente da República. E a caneta BIC é minha e ainda tem tinta".

O presidente também reafirmou que a vacina escolhida pelo governo não será obrigatória e que não é atribuição da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) pagar pela vacina.

"A vacina escolhida pelo governo não será obrigatória, e a Anvisa não paga a conta, ela apenas autoriza", destacou Bolsonaro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2020

Justiça atende Sérgio Leite e tira pesquisa falsa do ar

A Justiça determinou a retirada de uma pesquisa falsa publicada pela conta @paulista_conectado no Instagram sobre a corrida eleitoral à Prefeitura de Paulista. O juiz substituto da 12ª Zona Eleitoral, Eugênio Cicero Marques, atendeu, ontem, a uma representação feita pelo candidato a prefeito Sérgio Leite (PP). Além disso, a sentença obriga o Facebook - responsável por gerir o Instagram - a identificar o responsável pelo perfil em um prazo máximo de três dias.

Esta é a segunda vez que Sérgio Leite vai à Justiça e consegue retirar do ar pesquisas irregulares. “Manipular a opinião púbica com a divulgação de pesquisas falsas é crime. Não vamos descansar enquanto essa prática estiver ocorrendo em Paulista, quem está por trás desse jogo de mentiras deve ser exemplarmente punido”, afirma o prefeiturável.

A ação foi baseada na resolução do TSE 23.624/2020, que proíbe a realização de pesquisas e enquetes sem registro a partir do dia 27 de setembro. “Está claro que o perfil que manipulou os dados tem preferência política e está a serviço de um grupo, assim como outros perfis que compartilharam a informação mentirosa e criminosa. É uma tática desesperada de tentar induzir o eleitor a erro. Já fui vítima dessas armações em outras ocasiões e sempre estive do lado da verdade. Seguirei cumprindo meu compromisso com a população, levando propostas que vão melhorar a cidade e livrar Paulista de um passado que ninguém quer mais”, acrescentou Sérgio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2020

Líder do PSDB-PE se solidariza com vice de Cambucá

A presidente do PSDB Pernambuco, deputada Alessandra Vieira, se solidariza e pede apuração sobre o caso envolvendo Mário Filho, vice-prefeito e candidato tucano à Prefeitura de Santa Maria do Cambucá, no Agreste pernambucano. De acordo com relato do candidato ao blog, dois homens encapuzados tentaram invadir sua residência por volta de 1h da madrugada hoje. 

“O PSDB repudia qualquer tipo de violência porque política se faz com respeito, propostas e diálogo. Vamos cobrar esclarecimento das autoridades policiais. O radicalismo não pode tomar conta da democracia”, declara Alessandra Vieira.

Mário Filho registrou a situação em boletim de ocorrência na Delegacia de Santa Maria do Cambucá. “Na hora que pularam o muro, nossos cachorros deram sinal e quando avistaram nossos seguranças particulares, (os criminosos), os dois efetuaram seis disparos, que atingiram um dos carros que presta serviço à nossa campanha”, disse o prefeiturável do PSDB.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/10


2020

PSD se alia a Marcos Argemiro em Betânia

Em Betânia, no Sertão do Moxotó, o Partido Social Democrático resolver aderir ao projeto encabeçado pelo candidato a prefeito Marcos Argemiro (DEM), que integra a oposição. Quatro vereadores e outros três candidatos à Câmara Municipal pela legenda se aliam do prefeiturável demista. Um deles é o vereador Anael Lima, que preside o PSD no município. "A união era uma nescessidade que já vinha sendo discutida há muito tempo. Todos os levantamentos internos apontavam que o povo queria e o povo quem nos uniu”, declarou.

A aliança fortalece a candidatura de Marcos, que tem o apoio do ex-prefeito Val Araújo e de nomes com relevância dentro e fora de Pernambuco, a exemplo do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), do deputado federal Fernando Filho (DEM) e dos deputados estaduais Alessandra Vieira (PSDB) e Antônio Coelho (DEM).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha