16/10


2012

Coluna da terça-feira

       Memórias sem polêmica

De um fôlego só, aproveitando a monotonia do feriadão, li o livro recentemente lançado pelo ex-governador Roberto Magalhães. Em “Memórias, as virtudes do tempo”, Magalhães mergulha fundo no seu passado, de garoto pobre no Interior até sua ida para o Rio de Janeiro, onde cursou Direito.

Rememora episódios que vivenciou na vida pública, desde o momento em que, convocado pelo ex-governador Nilo Coelho, assume a Secretaria de Educação.

Ex-vice-governador de Marco Maciel, governador eleito numa disputa história na qual derrotou o então senador Marcos Freire, prefeito do Recife e deputado federal, Magalhães honrou todos os seus mandatos.

Tem, portanto, ficha limpa, nunca se envolvendo em nenhum tipo de falcatrua. Sua obra não é bombástica nem reveladora em relação aos bastidores que, por um motivo ou outro, evitou, certamente para não ferir suscetibilidades.

Dois fatos, no entanto, me chamaram a atenção. O reconhecimento ao erro cometido pela invasão à redação do JC, quando ameaçou o colunista Orismar Rodrigues, já falecido, e o episódio da renúncia à disputa pela Vice-Presidência na chapa do tucano Mário Covas, ex-governador de SP, também já falecido.

MACIEL NÃO APOIOU– Quando convidado para vice de Covas na campanha presidencial de 1989, por uma iniciativa da direção nacional do PSDB, Roberto Magalhães foi hostilizado pelas lideranças tucanas no Estado, entre elas a deputada Cristina Tavares. Imaginei, na época, que o seu recuou teria sido por este motivo, mas no livro ele deixa claro que deu a palavra a Covas e depois desistiu porque não contou com o apoio do seu partido, a começar por Marco Maciel.

A vingança dos vices - Em pelo menos três municípios do Agreste, prefeitos que brigaram com seus vices se deram mal nas urnas e perderam justamente para os ex-aliados (os vices). Foi assim em Altinho, Agrestina e Tracunhaém. Certamente, a maldição dos vices deve ter rondado outros municípios no Estado.

 

Quem vai levar? - Cinco municípios do sertão travam uma guerra para sediar uma biofábrica destinada à produção de mudas e sementes. São eles: Araripina, Ibimirim, Serra Talhada, Sertânia e Belém do São Francisco. A decisão final será do governador Eduardo Campos.  O deputado Rodrigo Novaes, da bancada do PSD na Alepe, foi à tribuna, ontem, pedir pelo município de Belém.

Inocêncio detonado - Indicado pelo deputado Inocêncio Oliveira para compor a chapa da candidata do PSDB à prefeita de Afogados da Ingazeira, Giza Simões, derrotada pelo socialista José Patriota, o poeta Diomedes Mariano bate no líder republicano sem piedade. Afirma que Inocêncio não cumpriu o que ficou acertado, não gravou para o guia e nem sequer deu as caras durante a campanha.

Candidato a governador - Em entrevista, ontem, ao Frente a Frente, o prefeito reeleito de Petrolina, Júlio Lóssio, deixou a entender que pode disputar o Governo do Estado em 2014, caso seja convocado pela direção nacional do PMDB. Lóssio é, na verdade, hoje, uma revelação no campo da oposição e saiu como um dos políticos mais vitoriosos nessas eleições municipais.

 

CURTAS

SEM APOSTAS– O prefeito de Itapetim, Adelmo Moura (PSB), diz que não induziu ninguém a fazer apostas garantindo que o seu candidato venceria com uma frente acima de quatro mil votos. Ressalta ser um vitorioso no Alto Pajeú, região em que muitos prefeitos já reeleitos não conseguiram fazer o sucessor, como São José do Egito, Tabira e Tuparetama.

IRMÃO ELEITO– O presidente do Lafepe, Luciano Vasquez, que deve sair candidato a deputado estadual em 2014, comemora a vitória do irmão em Tracunhaém. Belarmino Vasquez, do PR, derrotou a prefeita Graça Lapa, esposa do ex-deputado Carlos Lapa.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Joaquim Barbosa foi picado pela mosca azul e já disputa o Planalto em 2014?

''O hipócrita com a boca destrói o seu próximo, mas os justos se libertam pelo conhecimento''. (Provérbios 11:9)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ana claudia de queiroz

Esse milton tenório, pelo sobrenome faz jus aos seus VENENOS, faço uma aposta senhor milton, em toda sua vida pública se vc encontrar alguma falcatrua ou envolvimento de ROBERTO MAGALHÃES em algo parecido, vou esquecer o MENSALÃO do seu LULA LÁ e passarei a apoiar o seu PT, TRATO FEITO? Aguardo resp

Lucas Padilha

Tenho acompanhado o trabalho de Julio Lossio a frente da prefeitura de Petrolina. Um homem extremamente competente. Enfrentou o Governador, ministro, deputados, presidente e venceu as eleições. Pernambuco precisa de um governador como ele. Que trabalhe por completo. Não pensando só na capital.

milton tenorio

O homem forte do Interior chama-se Zeca...

o povo da de olho

DIGO: LÓSSIO.

o povo da de olho

Estou admirando cada vez mais prefeito locio. ja tem meu voto para governador so pelo fato de encarar o reizinho e mostrar-lhe que não é o dono do mundo

milton tenorio

Será que nesse livro tem alguma passagem com relação ao Bandepe? Fiquei curioso...

Ari Bahia

Esse Lóssio é um ¨retado¨, criativo, dinâmico, humano e carismático, seria uma grande novidade e um contra ponto importante na política de pernambuco. Se tem apoio e estrutura pode chegar sim, capacidade sobra.

Tajmahal Cruz

Adelmo Moura é um contumaz fanfarrão. Dizia isso mesmo que a pisa seria de mais de 4 mil votos. Agora, passou um susto e tira o corpo deixando os correligionários no prejuízo. Essas coisas não esquecidas facilmente.


Cabo 2021

Confira os últimos posts



03/03


2021

FBC: Não há espaço para aventuras

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), defendeu, hoje, a retomada do pagamento do auxílio emergencial com a definição de contrapartidas fiscais para garantir a sustentabilidade da dívida pública. Segundo ele, sem renovar o compromisso com a responsabilidade fiscal, a economia brasileira pode sofrer “consequências desastrosas”, como aumento da inflação e dos juros, redução do poder de compra das famílias, baixo crescimento e desemprego. 

Durante a discussão da PEC Emergencial no plenário do Senado, Fernando Bezerra citou a retração de 4,1% do PIB em 2020, contrariando “as projeções mais pessimistas”, e alertou que “não há espaço para aventuras”.

“Com fundamentos sólidos e estímulos adequados, a economia brasileira foi capaz de amortecer o choque da primeira onda, mas não há espaço para aventuras. Sabemos que a retomada do pagamento do auxílio emergencial é medida inadiável no momento que Estados e municípios endurecem as regras de distanciamento para conter a transmissão do vírus. Mas faremos isso com responsabilidade, respeitando o arcabouço fiscal vigente”, disse o líder. 

Ao lembrar que a adoção de gatilhos é matéria exaustivamente debatida, Fernando Bezerra ressaltou que o objetivo da PEC Emergencial é aperfeiçoar os mecanismos de controle dos gastos públicos, estendendo as medidas a Estados e municípios.

“Destaco a dimensão federativa da crise fiscal. Para se ter uma ideia, nove Estados encerraram 2020 em situação de emergência fiscal e 14 em estado de alerta, ou seja, com indicador de despesa acima de 85%. Nos municípios, as finanças encontram-se em situação igualmente alarmante”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/03


2021

PE decreta pandemia da fome, desabafa deputado


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca 2021

03/03


2021

Governo vai comprar vacinas da Pfizer e Janssen

O Ministério da Saúde decidiu, hoje, assinar contratos para compra de vacinas contra a Covid-19 dos laboratórios Pfizer e Janssen. Os contratos estão em fase de elaboração e devem ser assinados até o início da próxima semana, com determinação da quantidade de doses a serem entregues.

Em reunião nesta quarta com representantes da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou à entidade que a elaboração do contrato com a Pfizer está em andamento e que o ministério está em negociações com a Janssen.

À tarde, o ministro Pazuello e membros da cúpula do ministério se reuniram por videoconferência com representantes da Pfizer. "Vamos fazer uma divulgação conjunta de um documento mostrando que estamos nessa fase da negociação. A proposta de cronograma que está sendo apresentada para nós é uma boa proposta, e a partir de agora a gente segue os trâmites de fazer esse contrato o mais rápido possível", disse o ministro Pazuello em vídeo divulgado após a reunião pela assessoria do ministério.

A vacina da Pfizer é a única que tem registro definitivo aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A da Janssen recebeu aprovação de autoridades sanitárias de outros países. Outras vacinas avaliadas pela Anvisa – como a CoronaVac e de Oxford, as duas que atualmente estão sendo aplicadas no Brasil – receberam somente a autorização para uso emergencial.

O governo vinha resistindo à compra de vacinas da Pfizer sob o argumento de que o laboratório impunha condições "draconianas". A principal queixa do Ministério da Saúde era a de que a Pfizer não se responsabiliza por eventuais efeitos colaterais da vacina.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/03


2021

Fundaj vai reeditar CD para homenagear Edson Nery

O Dia Mundial do Livro é celebrado em 23 de abril. Na data, a Fundação Joaquim Nabuco vai homenagear, in memoriam, o professor e bibiotecário pernambucano Edson Nery da Fonseca (1921-2014). Uma das ações anunciadas pelo presidente da Fundaj, Antônio Campos, consistirá na reedição de um CD em que Edson Nery declama poesias de Manuel Bandeira. A produção foi de Maria Teresa Costa Lima (foto), que também empresta sua voz à obra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina 2021

03/03


2021

Editorial analisa sofrimento do setor de eventos

No Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, o meu editorial foi sobre o sofrimento que os setores de eventos, turismo e entretenimento vem sofrendo diante da pandemia do novo coronavírus. Vale a pena conferir!

O Frente a Frente tem como cabeça de rede a Rádio Hits 103,1 FM, em Jaboatão dos Guararapes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

03/03


2021

ACP quer integrar comitê estadual de combate à Covid

Representantes da Associação Comercial de Pernambuco (ACP) estiveram no Palácio do Campo das Princesas, na tarde de hoje, para apresentar um ofício solicitando participação no Comitê Especial Intermunicipal de Enfrentamento ao Coronavírus. O documento foi direcionado ao secretário estadual da Casa Civil, José Francisco Neto.

A ACP quer ter acesso às pautas discutidas. “Para levar aos empresários e à população as informações sobre o enfrentamento ao coronavírus. Além de buscarmos as informações, poderemos contribuir nas tomadas de decisão do Governo do Estado”, afirma o presidente da Associação, Tiago Alencar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

03/03


2021

Olinda assina manifestação para compra de vacinas

Com o objetivo de acelerar a imunização em Olinda, a Prefeitura Municipal se inscreveu no Consórcio Público realizado pela Frente Nacional dos Prefeitos para aquisição de mais vacinas contra o covid-19. Serão investidos, no mínimo, 3 milhões de reais para que as doses cheguem à cidade.

Essas vacinas serão destinadas, prioritariamente, para mais idosos e também professores, motoristas de transporte escolar, táxi e aplicativos, além de motoristas de transporte público e cobradores.

A intenção é quebrar o ritmo de contágio aos trabalhadores que convivem diariamente com centenas ou até milhares de pessoas. Na medida do possível, a ideia é que avance o plano de imunização para atender mais trabalhadores que atuam nos serviços essenciais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

03/03


2021

Paulista adere ao programa Moradia Legal do TJPE

Na manhã de hoje, o secretário de infraestrutura do Paulista e coordenador da Regularização Fundiária (Reurb) do município, engenheiro civil Jorge Carreiro (PV-PE), juntamente com parte da equipe destinada a cuidar da Reurb local e representando o prefeito Yves Ribeiro (MDB-PE), participaram de uma reunião que marcou o ato da assinatura do protocolo com a UFPE e a adesão da Prefeitura do Paulista ao programa de Regularização fundiária Moradia Legal, oferecido pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

A reunião aconteceu de forma remota e, além da presença de diversos municípios, contou também com a participação de representantes do Tribunal de Justiça de Pernambuco, da Associação dos Registradores Imobiliários de Pernambuco (Aripe), da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), do reitor da UFPE, da secretaria da Fazenda, dentre outras entidades.

O Moradia Legal é um programa de regularização fundiária do Poder Judiciário de Pernambuco e da Corregedoria Geral da Justiça que visa orientar os entes públicos sobre o procedimento de regularização fundiária de núcleos urbanos informais, ocupados por população de baixa renda, nos moldes da Lei 13.465/2017 e do Decreto 9.310/2018. Busca, ainda, efetivar medidas jurídicas e administrativas junto aos cartórios de registro imobiliário.

Visa também dar efetividade à legislação brasileira que garante o direito à posse e à propriedade plena às famílias que ocupam áreas, públicas ou privadas, para construírem suas residências, assegurando o direito constitucional à moradia digna, segurança jurídica e paz social. Portanto, trata-se de um Programa de Regularização Fundiária de Interesse Social (Reurb-S), previsto na Lei 13.465/2017, operacionalizado em parcerias com os Municípios, Estado e Associação de Registradores de Pernambuco.

De acordo com prefeito Yves Ribeiro, essa será uma política pública prioritária da Secretaria de Infraestrutura. O secretário Jorge Carreiro aproveitou para destacar a relevância social do programa. “O nosso propósito é trabalhar por quem mais precisa. Muitas pessoas têm a posse, mas não têm condições de regularizar o imóvel e justamente por isso é muito importante promover a inclusão social desses novos proprietários que, até então, só tinham a posse”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

03/03


2021

Revista Ciência & Trópico está recolhendo artigos

A Revista Ciência & Trópico, da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), está com chamada para artigos. Os textos selecionados irão compor o volume nº 45.1 da publicação digital. Os interessados em submeter um trabalho na C&Trópico têm até o dia 15 de abril de 2021 para enviar pelo link https://periodicos.fundaj.gov.br/CIC/about/submissions.

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso, onde também estão as normas de submissão.

As contribuições para a C&Trópico podem ser feitas desde que os artigos sejam inéditos e em português, inglês, espanhol ou francês. O arquivo deve ser enviado em formato Microsoft Word ou equivalente e a divulgação acontece de forma padronizada, de acordo com critérios nacionais e internacionais.

O periódico semestral tem como objetivo divulgar conhecimento interdisciplinar e vem sendo publicado em parceria com centros de estudos do Brasil e do exterior. De acordo com Alexandrina Sobreira, editora chefe da revista e pesquisadora da Fundaj, as expectativas para a edição são positivas. "A experiência do semestre passado demonstrou que durante a pandemia a submissão de artigos foi alta. Foi muito importante termos conseguido a contribuição de tantos autores para manter um padrão de qualidade internacional", comenta.

Criada em 1973 com idealização do sociólogo Gilberto Freyre, a Revista Ciência & Trópico era, antes, chamada de Boletim do Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais. Hoje, os ensaios, pesquisas, avaliações e estudos comparativos publicados são disseminados dentro de um contexto nacional e internacional.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/03


2021

Acidente deixa jovem morto na PE-365

Um acidente trágico, no último fim de semana, envolvendo um morador da região da Fazenda Nova, na PE-365, em Serra Talhada, reacendeu a discussão polêmica sobre a necessidade urgente de recapeamento da estrada. As informações são do Farol de Notícias.

Dessa vez, o apelo angustiado partiu do vereador governista Zé Raimundo (PP), durante discurso na Tribuna da última sessão da Câmara Municipal, ocorrida na segunda-feira.

“Eu gostaria só de adiantar aqui, com tristeza, mais uma vez, a perca de um jovem cidadão serra-talhadense, dessa vez de um morador da Fazenda Nova, da Fazenda Alegre, onde teve sua vida ceifada pelas péssimas condições da estrada que liga Serra Talhada a Triunfo. Dois recapeamentos já foram feitos, consertos, mas, infelizmente, cada dia que se passa e com o início das chuvas, a buraqueira toma conta dessa estrada”, disse Zé Raimundo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha