Ministério: puxões de orelha mas sem cartão vermelho

 Um arrocho geral no governo — esse é o saldo dos despachos setoriais realizados pela presidente Dilma Rousseff com seus ministros para preparar a solene reunião ministerial agendada para hoje à tarde, informa Luiz Carlos Azedo, no Correio Braziliense. ''''Houve puxões de orelhas pra todo lado. O vice-presidente Michel Temer pediu aos correligionários para não fazerem marola. Na conversa com Dilma, soube que não haverá mudança na participação do PMDB no governo: “Ninguém sai, ninguém entra na Esplanada dos Ministérios”, avisou.''''

Publicado em: 23/01/2012