Coelho pede para TCU fiscalizar obras da transposição

 O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, pediu ajuda nesta terça-feira, 6, ao Tribunal de Contas da União (TCU) para a fiscalização das obras da transposição do Rio São Francisco. A iniciativa é uma reação do ministro diante das evidências de abandono da obra no ano de 2011. Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo domingo mostrou que a obra responsável por parte da votação expressiva de Dilma no Nordeste foi abandonada por construtoras em diversos lotes e que parte do trabalho feito começa a se perder. Estruturas de concreto quebradas, vergalhões de aço expostos ao sol e a chuva e obras deixadas pela metade passaram a fazer parte da paisagem do sertão nordestino. Auditoria do TCU nas obras do eixo leste mostrou ainda uma estimativa de prejuízo de R$ 8,6 milhões com irregularidades no empreendimento.

Pressionado, Bezerra decidiu procurar pessoalmente o presidente do tribunal, Benjamim Zymler. Pediu a ele que designe técnicos para auxiliar a Pasta na fiscalização da obra. Solicitou que auditores do TCU apontem em 30 dias se as medidas adotadas pelo Ministério têm sido suficientes para resolver os problemas no empreendimento.(Informações de O Estado de S.Paulo)

Publicado em: 07/12/2011