Ministro quer mais rigor nas licitações dos Transportes

 O governo vai reduzir as restrições nos editais de licitações do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e da estatal ferroviária Valec para aumentar o grau de concorrência e diminuir os riscos de conluio entre as empresas, disse hoje, o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. “Vamos aprimorar os editais de licitação para minimizar a possibilidade de conluio e aumentar a concorrência. Com isso, teremos preços finais menores”.

O ministro deu entrevista após o relatório da CGU (Controladoria-Geral da União) que estimou em R$ 682 milhões os prejuízos com as irregularidades no Dnit e na Valec. Segundo o portal R7, o ministro admitiu que a fiscalização anterior do setor era deficiente, mas sublinhou que havia fiscalização. “Havia fiscalização antes. O que estou dizendo é que podemos avançar para mecanismos mais rigorosos”, afirmou.

Publicado em: 09/09/2011