Liminar suspende cobrança de aumento da Celpe

O procurador geral do estado, Thadeu Alencar, informou que a Procuradoria e o Procon conseguiram no final da tarde desta terça-feira (6) uma liminar suspendendo a cobrança da Celpe nas faturas de janeiro.

Nenhum diretor da empresa de energia quis se pronunciar sobre o caso. A Celpe informou, através de nota, que só vai se manifestar depois de ser notificada oficialmente pela justiça.

Na tarde desta terça-feira a Celpe tinha divulgado nota informando sobre o parcelamento em 12 meses do ICMS que incidiu na fatura de janeiro, obedecendo ao decreto do governo do estado.Na nota, a empresa informou também que a fatura deste mês poderia ser dividida em cinco parcelas.

Com a liminar da justiça, a cobrança deverá ser cancelada. O procurador Thadeu Alencar disse que caberá a Celpe informar aos clientes como eles devem proceder quanto ao pagamento da fatura de janeiro. E informar ao consumidor se será expedida uma nova fatura.
Pe360graus

Publicado em: 06/01/2009