A Taverna Suíça também é nota mil

Fim de semana em Gravatá é para curtir intensamente a sua culinária chic, top, para recorrer a uma terminologia mais atual. Ontem, numa postagem, falei de três restaurantes que gosto muito, mas por um lapso omiti o quarto: a Taverna Suíça, da minha amiga Anna Truan e seu filho Joe, que foi colega do meu primogênito Felipe, bem garotinhos, na Escola Americana do Recife.

Almocei lá hoje com meus filhos Magno Martins Filho e João Pedro. Não tinha ido lá depois da reabertura da fase aguda da pandemia. Continua maravilhoso, referência no Turismo e na Gastronomia do Nordeste.

Está celebrando 52 anos de existência. Fundado em 20 de agosto de 1968, pelo suíço José Luiz Truan, in memoriam, foi o responsável por inserir a cultura do fondue em Pernambuco e, segundo pesquisas da família, foi o primeiro restaurante aberto ao público no Brasil a servir a iguaria. “Meu pai buscava um lugar de clima agradável aqui em Pernambuco e acabou gostando daqui de Gravatá. Ele construiu o primeiro hotel da cidade e em seguida fundou o restaurante. Ele foi pioneiro ao servir a fondue pela primeira vez no Nordeste e um dos primeiros no Brasil. Era um prato suíço que ninguém conhecia e hoje faz sucesso da Taverna Suíça. Ele virou um marco no turismo interiorano de Pernambuco", diz ela.

Como eu, as pessoas vão à Taverna saborear o prato diferente e curtir o clima frio da cidade. O cardápio tem novidades, mas mantém os pratos originais, a começar do fondue de queijo (que tem entre os segredos que Truan me contou, o queijo do Reino) e de carne e uma novidade de comer ajoelhado: o fundue de doce de leite.

Entre as novidades, para atrair especialmente os jovens, o Best Love, para os casais, que consiste em um combo composto por um fondue de queijo ou carne e um fondue de doce de leite com churros e frutas, acompanhados por uma garrafa de vinho chileno por R$109, sempre às quintas-feiras. Outra novidade do espaço é o fondue Pantanal, com variedade de carnes que inclui filé de cauda de Jacaré, pernil de javali, alcatra e camarão. E tem almoço executivo por R$ 29,90.

Voltou, portanto, a ser uma das principais atrações gastronômicas de Gravatá, sempre cheio de turistas.

SERVIÇO
Taverna Suíça
Endereço: Av. Cícero Batista de Oliveira - Alpes Suíços, Gravatá - PE, 55645-000
Horário de funcionamento: Dom a qui, das 11h30 às 22h; Sex e sab, das 11h30 à 0h. 
Outras informações: (81) 3533-0299

Publicado em: 20/09/2020