Ao visitar comércio de Água Fria, Mendonça cutuca João

O candidato à Prefeitura do Recife Mendonça Filho (DEM) visitou, hoje, o Centro Comercial de Água Fria, onde conversou e ouviu queixas de comerciantes, como o vendedor de frutas José dos Santos, conhecido como Peri, há 40 anos vivendo no bairro. “Eles sempre chegam, tomam tudo, não querem conversa. Precisamos viver fugindo e com medo”, queixa-se sobre a fiscalização municipal.

Mendonça Filho prometeu aos comerciantes, se eleito, valorizar as feiras e o comércio de bairro com diálogo e estímulo à geração de emprego e renda e bateu em João Campos, candidato do PSB a prefeito. "O apoio ao empreendedor anunciado por João Campos é uma jogada de marketing. Ao invés de prometer, João devia explicar porque tanto imposto, tanta taxa e tanta perseguição com quem gera emprego e renda”, criticou.

A fiscalização ostensiva também foi queixa constante, durante a caminhada de Mendonça, dos mototaxistas do entorno do Mercado de Água Fria. “Queremos trabalhar em paz”, disseram alguns deles. Na Feira Nova do bairro, o candidato ouviu de feirantes que o ideal seria o local funcionar até mais tarde, para haver mais renda aos negócios, pois são forçados a encerrar as atividades ainda com o dia claro. Mendonça Filho garantiu que isso será discutido e se comprometeu em valorizar o comércio de bairro e incentivar o pequeno empreendedor e o comerciante. 

Mendonça também repudiou a carga tributária cobrada na capital. “O recifense é um dos maiores pagadores de impostos do Brasil. Uma pessoa que faz bolo em casa para vender, se criar uma microempresa, vai pagar IPTU mais caro. Isso é um desestímulo a quem quer empreender e gerar empregos", bateu o demista.

Publicado em: 19/09/2020